Página 1 dos resultados de 87 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Envelhecimento e sociabilidades nos espaços da cidade: modos de romper a solidão

Galante, Marisa Cristina Dias dos Santos
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.45%
A presente dissertação de mestrado é um estudo exploratório e compreensivo do fenómeno da solidão, que problematiza a relação entre o envelhecimento e as sociabilidades, em contextos actuais de vida de pessoas idosas a viver sós. Entende-se que a tentativa de definir solidão de forma única e definitiva é um risco onde se perdem os múltiplos rostos de significados, simbologias e vivências diversas das pessoas idosas. A solidão é um sentimento que se revela de forma diferenciada e única em cada pessoa, pelo que perceber a heterogeneidade do significado persegue a diversidade de formas de sentir e viver a solidão, bem como os diferentes modos de romper e de encontrar alternativas para ultrapassar a situação de isolamento. A investigação apresenta uma abordagem qualitativa e exploratória, concretizada sobretudo através da observação focalizada nos espaços de estar e conviver e na análise de histórias de vida narradas pelos próprios sujeitos entrevistados. A pesquisa empírica privilegiou o significado que oito pessoas idosas, residentes na cidade de Lisboa, Freguesia de Benfica, atribuem às suas situações de vida, aos contextos sociais e espaciais e às actividades que frequentam em ambientes institucionais. A solidão nas pessoas idosas é um fenómeno social das sociedades modernas que é sobretudo afectado pela ausência de convivialidades e sociabilidades. Através dos testemunhos obtidos constatou-se a importância que têm os espaços de lazer...

Entre o "movimento" e a "calmaria": os ritmos das sociabilidades dos jovens na praia de Flecheiras; Between the "movement" and the "calm": rhythms of youth sociability in Flecheiras beach

Sousa, Flávia Alves de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
26.59%
Esta tese se propõe a refletir sobre as experiências de sociabilidade dos jovens que vivem em uma pequena localidade litorânea em processo de urbanização, desencadeado principalmente pela inserção do turismo nos últimos anos. As mudanças que ocorrem no distrito de Flecheiras, localizado no município de Trairi, no estado do Ceará, compreendem a ampliação e reestruturação dos espaços de lazer, bem como às relacionadas aos aspectos socioespaciais, culturais e econômicos. A presença do outro, entre estrangeiros e brasileiros de outras regiões, representou a novidade e potencializou novos processos interativos, privilegiados nos momentos de lazer. A partir de várias estratégias metodológicas, com base na abordagem do estudo de caso, a pesquisa teve como objetivo compreender como essas mudanças alteram as sociabilidades dos jovens e como essas experiências se relacionam com outras dimensões de sua vida, uma vez que nesses momentos interativos são mobilizados conteúdos e formas diversos. O campo possibilitou pensar que as mudanças geraram novas formas de sociabilidades, manifestando tensões e conflitos entre esses jovens, observadas nas "relações jocosas" entre aqueles moradores do centro de Flecheiras e Barreiro e nas interações afetivas...

Tecnologias de informação e comunicação : novas sociabilidades nas bibliotecas universitárias; Technologies of information and communication: new forms of sociability in the university libraries

Morigi, Valdir Jose; Pavan, Cleusa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.31%
A utilização das tecnologias de informação e comunicação na vida cotidiana criou novas formas de interação entre as pessoas, que implicam o redimensionamento das funções e dos papéis sociais. O objetivo deste estudo foi verificar como são percebidas as novas formas de sociabilidade pelos bibliotecários e analisar, nas relações entre tais profissionais e os usuários, as mudanças decorrentes do emprego das tecnologias de informação e comunicação. Os dados foram obtidos em entrevistas com profissionais das bibliotecas universitárias públicas e privadas de Porto Alegre-RS. Concluiuse que os bibliotecários percebem claramente as novas formas de sociabilidade no seu ambiente de trabalho, considerando a tecnologia um fator de interferência na relação com os usuários. Outro elemento identificado foi a existência de zonas de conflito introduzidas pela mediação das tecnologias de informação e comunicação nas bibliotecas universitárias, comuns no jogo da sociabilidade.; The use of new communication and information technologies in daily life has created new forms of interaction between people. These new forms of sociability cause changes on both the functions and social roles. In this study, the goal was to verify how those new forms of sociability...

Assédio moral: lesão aos direitos humanos e à saúde do trabalhador

Freire, Paula Ariane
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 148 f.
POR
Relevância na Pesquisa
26.45%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Sociais - FFC; A globalização e o neoliberalismo ensejaram uma reestruturação produtiva e, por conseguinte, a desregulamentação das leis trabalhistas, norteada pelos padrões de gestão taylorista/fordista e toyotista, engendrando novas sociabilidades no ambiente de trabalho. Essa nova gestão se traduz em uma série de exigências, como por exemplo, cobranças por resultados e maior controle do tempo. Caracteriza-se também por mitigar a divisão entre os períodos da jornada de trabalho e o período interjornada. Essas novas sociabilidades têm contribuído para a tessitura de um novo ambiente de trabalho mais agressivo, hostil e desumano. O fenômeno que notadamente se observa nesse novo cenário laboral se denomina assédio moral, e é caracterizado pela forma sutil de violência psicológica na gestão do trabalho, constituindo-se num fator estressor crônico, comprometendo a saúde mental do trabalhador e atentando contra sua dignidade. Nesse diapasão, podemos concluir que o fenômeno do assedio afronta os direitos humanos fundamentais do trabalhador, causando-lhe danos à sua saúde física, mental e social. Sendo o assedio moral um fenômeno que degrada o ambiente de trabalho...

Sociabilidades em volta da mesa

Mascarenhas, Maria Paula de Vilhena
Fonte: Associação Portuguesa de Sociologia Publicador: Associação Portuguesa de Sociologia
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.68%
Nesta comunicação, pretendemos apreender algumas formas diferenciadoras de sociabilidades alimentares, em Cascais, que se verificam à volta das refeições geridas por convites ou à volta de alimentos específicos. Concentrando-nos no conceito de “sociabilidade”, entendido como processos interativos em que os indivíduos escolhem as formas de comunicação e as trocas que os ligam aos outros, em contextos delimitados no espaço e no tempo. É em volta da mesa que estas sociabilidades se afirmam, teatralizando as normas e regras impostas pela “socialidade”. Inspirando-nos em Jean Pierre Poulain (2006), procuramos demonstrar qua as sociabilidades se diferenciam em função dos grupos sociais, dos espaços e das situações em que se desenrolam os encontros e as partilhas, em contextos sociais identificados, durante as refeições ou fora delas, revelando os impactos cristalizados de um universo sociocultural dos contextos que pesam sobre o ator social, quer ele tenha consciência disso ou não. Considerando as situações e o tipo de convite, destacamos três dimensões configuradoras de sociabilidades alimentares: a dimensão espaço-situacional, a dimensão qualitativa e a dimensão quantitativa. Os resultados deste estudo reforçam a relevância deste tipo específico das refeições enquanto espaço de sociabilidades. Foi ainda possível verificar...

A adolescência e a juventude como culturas

Teixeira, Alfredo
Fonte: Universidade Católica Portuguesa, Faculdade de Teologia-Braga Publicador: Universidade Católica Portuguesa, Faculdade de Teologia-Braga
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.19%
A reflexão que aqui se propõe parte da identificação dos traços caracterizadores do que se possa designar de cultura adolescente, observando como aí se configura uma determinada imagem de si, uma certa relação com o mundo (na sua complexidade) e uma forma de construir o vínculo social. Estes pressupostos são essenciais para a compreensão da forma como nas novas adolescências se pode construir a experiência da confiança.

Novas linguagens e sociabilidades: como uma juventude vê novas tecnologias

Sousa, Carlos
Fonte: Instituto Politécnico de Santarém. Escola Superior de Educação Publicador: Instituto Politécnico de Santarém. Escola Superior de Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
26.62%
O trabalho apresenta as visões de jovens universitários sobre as novas tecnologias, especialmente a Internet, e sua relação com o desenvolvimento de uma sociedade democrática. Os dados da pesquisa foram coletados a partir de postagens em um fórum virtual, com a participação de 38 jovens do curso de Ciência da Informação, na modalidade de ensino presencial, de uma instituição de educação superior privada do Distrito Federal do Brasil, no ano de 2008. A leitura das postagens nos permitiu constatar que para esses jovens as novas tecnologias, especialmente a Internet, são uma realidade irreversível na vida contemporânea, não obstante apresentarem aspectos contraditórios para a construção de relações sociais justas e igualitárias em vista da democracia. Os dados mostram um posicionamento que vê na sociabilidade virtual e suas linguagens formas de interações passageiras, frágeis e descartáveis e novas formas de exclusão e preconceitos, em suma, geralmente negativas; por outro lado, os dados patenteiam uma visão otimista, de possibilidade de personalização, ampliação dos contatos com o Outro, e o destaque à sua dimensão utilitária, prática, ágil e de acesso direto. Tais visões têm notórias implicações na vida social juvenil contemporânea...

Clubes nocturnos modernos em Lisboa: sociabilidade, diversão e transgressão (1917-1927)

Vaz, Cecília Santos
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
26.31%
Mestrado em História Moderna e Contemporânea Especialidade em Cidades e Património; Os anos 1920 entraram para o imaginário ocidental como os “loucos anos 20”, conhecidos pela busca desenfreada do prazer e do divertimento, que se segue aos críticos anos de guerra, mas também da vontade de inovar, modernizar e liberalizar costumes e comportamentos. Os clubes nocturnos e os cabarets marcam presença e são apontados como um exemplo do espírito dos tempos então vividos. Partindo do inventário dos clubes nocturnos modernos existentes em Lisboa entre 1917 e 1927, estabelece-se a cronologia da sua existência, o processo de implantação na cidade, identificando os agentes envolvidos e as vivências decorrentes das novas práticas de sociabilidade, averiguando a mudança ou a continuidade das mesmas, facilitando uma apreciação sobre a sua importância e significado na vida urbana e na definição da cidade enquanto espaço cosmopolita, moderno e boémio. Para tal percorrem-se diversos aspectos da vida e existência destes estabelecimentos, o tipo de actividades e sociabilidades que promovem, a caracterização e motivação de quem os frequenta, identificando os actores e seus objectivos, as relações que estabelecem entre si...

Novas sociabilidades e miscigenação urbana: segregação social e territorial. Portugal e França em confronto

Villanova, Roselyne de
Fonte: CET - Centro de Estudos Territoriais Publicador: CET - Centro de Estudos Territoriais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 05/03/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.31%
A reflexão que se segue, suscitada pelo crescimento urbano periférico, organiza-se em torno de três noções: segregação, miscigenação e evolução da sociabilidade urbana. É uma reflexão que se desenvolve num vai e vem entre França e Portugal. Trata-se de propor instrumentos de reflexão e de intervenção, susceptíveis de favorecer as dinâmicas sociais e a evolução das sociabilidades, podendo assegurar a renovação da cultura urbana nos contextos de grande mobilidade geográfica.

Subculturas juvenis e novos media: a participação dos jovens nas comunidades de cosplay em Portugal

Pinto, Miguel Afonso Fernandes Bouzada e
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
26.45%
Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação; É nosso objectivo, na investigação que dá corpo a esta dissertação, explorarmos as comunidades de cosplay em Portugal, assim como o seu significado e contributo para a vida dos jovens portugueses. A análise deste estudo centra-se no desenvolvimento de sociabilidades na subcultura cosplay tendo como áreas de análise a cultura participativa em ambas as dimensões, online e offline; a criação de identidades subculturais que se encontram ancoradas em dinâmicas de consumos colectivos e singulares comuns aos participantes da comunidade cosplay com particular foco na cultura popular japonesa; e a aprendizagem de novas competências que surgem do envolvimento em comunidade, tais como sociais, artísticas e profissionais atribuindo aos participantes um carácter empreendedor, autodidata, e hipersocial capazes de sustentar e gerir por si próprios o desenvolvimento da subcultura cosplay.; It is our objective, in the research that embodies our investigation to explore the cosplay communities in Portugal and its significance and contribution to the lives of Portuguese young people. The analysis of this study focuses on the development of sociabilities in the cosplay subculture as having areas of analysis such as participatory culture in both dimensions...

Tecnologias de informação e comunicação: novas sociabilidades nas bibliotecas universitárias

Morigi,Valdir José; Pavan,Cleusa
Fonte: IBICT Publicador: IBICT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 PT
Relevância na Pesquisa
56.6%
A utilização das tecnologias de informação e comunicação na vida cotidiana criou novas formas de interação entre as pessoas, que implicam o redimensionamento das funções e dos papéis sociais. O objetivo deste estudo foi verificar como são percebidas as novas formas de sociabilidade pelos bibliotecários e analisar, nas relações entre tais profissionais e os usuários, as mudanças decorrentes do emprego das tecnologias de informação e comunicação. Os dados foram obtidos em entrevistas com profissionais das bibliotecas universitárias públicas e privadas de Porto Alegre-RS. Concluiu-se que os bibliotecários percebem claramente as novas formas de sociabilidade no seu ambiente de trabalho, considerando a tecnologia um fator de interferência na relação com os usuários. Outro elemento identificado foi a existência de zonas de conflito introduzidas pela mediação das tecnologias de informação e comunicação nas bibliotecas universitárias, comuns no jogo da sociabilidade.

Isolamento social, sociabilidades e redes sociais de cuidados

Cavaliere,Ivonete Alves de Lima; Costa,Suely Gomes
Fonte: IMS-UERJ Publicador: IMS-UERJ
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
26.45%
Este trabalho examina, em caráter exploratório, experiências de isolamento social vividas por indivíduos portadores de hanseníase, internados na ex-colônia Tavares de Macedo, em Itaboraí, onde foram mantidas da década de 1930 até os dias de hoje, para problematizar noções sobre segregação e discriminação social presentes nesse meio. Para tanto, examina sociabilidades e redes sociais de cuidados estabelecidas na vida em comum nessa "ex-colônia de leprosos", quase sempre como alternativas às condições oferecidas pelos sistemas públicos de proteção social. Faz isso com base em narrativas de alguns desses sujeitos, vistos em suas diferenças - nas interseções das relações por sexos, classes, raças/etnias, gerações, e também por religiões e graus de escolaridade. Recorre à história oral, modo de oferecer novas interpretações qualitativas de processos histórico-sociais evidenciados nessas sociabilidades e redes, nem sempre visíveis como formas singulares de proteção social da vida em comum.

Casamentos mistos: novas sociabilidades e quadros coletivos. Aspectos da imigração de brasileiras na Itália

Tedesco,João Carlos
Fonte: Centro de Filosofia e Ciências Humanas e Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Centro de Filosofia e Ciências Humanas e Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.31%
O texto analisa aspectos da imigração de brasileiras para a Itália dando ênfase para as uniões conjugais com italianos; localiza o horizonte do trabalho no interior das famílias italianas como um cenário que viabiliza essa possibilidade e demonstra que os casamentos mistos revelam múltiplos horizontes subjetivos, preconceitos, redes de sociabilidades étnicas, integrações transfronteiriças e reconfigurações de famílias.

A vida condominial e as sociabilidades: estudo de caso do PAR Quer??ncia, Pelotas, RS. 2008. 103f. Disserta????o (Mestrado) Programa de P??s-gradua????o em Ci??ncias Sociais. Universidade Federal de Pelotas, Pelotas

CHAIGAR, Silvio Frederico da Silva
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Ci??ncias Huamnas; Programa de P??s-Gradua????o em Ci??ncias Sociais; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Ci??ncias Huamnas; Programa de P??s-Gradua????o em Ci??ncias Sociais; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.45%
Morar em condom??nio tornou-se extremamente urbano e contempor??neo. Isto porque o condom??nio consegue abarcar, ao mesmo tempo, os pressupostos da racionalidade e do culturalismo. Racionalidade, enquanto possibilidade do uso intensivo de t??cnicas projetuais, construtivas e de gest??o determinadamente dirigidas a um padr??o espec??fico de habitat. Culturalismo, no sentido de se reproduzir ante aos olhos dos diferentes segmentos da sociedade como um aparato de servi??os b??sico e ambi??ncia controlados. Desse modo, desvelar como se d?? a apropria????o dos espa??os de uso coletivo por moradores de condom??nios habitacionais , al??m de prestar um esclarecimento sociol??gico quanto ??s novas formas sociabilidades, que se formam a partir desse novo modo de morar, atende tamb??m o requisito atual da avalia????o de pol??ticas p??blicas habitacionais que, na cidade de Pelotas-RS, ganhou destaque atrav??s da ado????o em grande escala do Programa de Arrendamento Residencial PAR. O trabalho analisa a rela????o dos moradores com as caracter??sticas dos espa??os abertos e de uso comum, produzidos no interior de um condom??nio habitacional e, tamb??m, como se processa a rela????o entre os cond??minos, focalizando com destaque o uso e a apropria????o desses espa??os. O condom??nio estudado - Condom??nio Residencial Quer??ncia - tornou-se objeto de an??lise...

Novas Sociabilidades e Miscigenação Urbana: Segregação Social e Territorial - Portugal e França em confronto

de Villanova, Roselyne; DINÂMIA'CET-IUL
Fonte: DINÂMIA'CET-IUL Publicador: DINÂMIA'CET-IUL
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2012 FRA
Relevância na Pesquisa
36.31%
A reflexão que se segue, suscitada pelo crescimento urbano periférico, organiza-se em torno de três noções: segregação, miscigenação e evolução da sociabilidade urbana. É uma reflexão que se desenvolve num vai e vem entre Franga e Portugal. Trata-se de propor instrumentos de reflexão e de intervenção, susceptíveis de favorecer as dinâmicas sociais e a evolução das sociabilidades, podendo assegurar a renovação da cultura urbana nos contextos de grande mobilidade geográfica.

Novas linguagens e sociabilidades: como uma juventude vê novas tecnologias

Sousa, Carlos Ângelo de Meneses; Cátedra UNESCO de Juventude, Educação e Sociedade, Universidade Católica de Brasília
Fonte: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 07/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
26.62%
O trabalho apresenta as visões de jovens universitários sobre as novas tecnologias, especialmente a Internet, e sua relação com o desenvolvimento de uma sociedade democrática. Os dados da pesquisa foram coletados a partir de postagens em um fórum virtual, com a participação de 38 jovens do curso de Ciência da Informação, na modalidade de ensino presencial, de uma instituição de educação superior privada do Distrito Federal do Brasil, no ano de 2008.  A leitura das postagens nos permitiu constatar que para esses jovens as novas tecnologias, especialmente a Internet, são uma realidade irreversível na vida contemporânea, não obstante apresentarem aspectos contraditórios para a construção de relações sociais justas e igualitárias em vista da democracia. Os dados mostram um posicionamento que vê na sociabilidade virtual e suas linguagens formas de interações passageiras, frágeis e descartáveis e novas formas de exclusão e preconceitos, em suma, geralmente negativas; por outro lado, os dados patenteiam uma visão otimista, de possibilidade de personalização, ampliação dos contatos com o Outro, e o destaque à sua dimensão utilitária, prática, ágil e de acesso direto. Tais visões têm notórias implicações na vida social juvenil contemporânea...

Aparência e poder : novas sociabilidades urbanas, em Florianópolis, de 1950-1970

Sant'Anna, Mara Rúbia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.19%
Investiga a pertinência de considerar a configuração social contemporânea como sendo uma sociedade de Moda, na qual os sujeitos sociais são desencaixados de suas experiências diretas e reencaixados por imagens, que os significam. O maior significante dessas imagens encontra-se no novo, e a sua manipulação permeia a busca de ser um outro, para qualificar o mesmo. Analisa as transformações que Florianópolis passou entre os anos de 1950 a 1970, evidenciando a busca da modernidade como meio de assemelhar-se a outras cidades consideradas modernas, especialmente, o Rio de Janeiro. Apresenta tal historicidade como processo de emersão, tendo em vista que, os discursos propaladores da cidade moderna, foram considerados centrais na constituição da imagem de Florianópolis “realizada”. Analisa a constituição da poética moderna da aparência, ressaltando o papel da publicidade, lato sensu, na instituição dos padrões de elegância e beleza e seus vínculos com a estratificação social. Salienta a presença da cultura francesa na instituição desses padrões e relaciona-os a reconversão das elites contemporâneas. Investiga os processos de recepção da poética da aparência, no contexto florianopolitano, destacando a ação do cronismo social...

Casamentos mistos: novas sociabilidades e quadros coletivos. Aspectos da imigração de brasileiras na Itália

Tedesco, João Carlos; Universidade de Passo Fundo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/05/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.31%
http://dx.doi.org/10.1590/S0104-026X2014000100007O texto analisa aspectos da imigração de brasileiras para a Itália dando ênfase para as uniões conjugais com italianos; localiza o horizonte do trabalho no interior das famílias italianas como um cenário que viabiliza essa possibilidade e demonstra que os casamentos mistos revelam múltiplos horizontes subjetivos, preconceitos, redes de sociabilidades étnicas, integrações transfronteiriças e reconfigurações de famílias.

Between ontological shudders and new pulsations: a postmodern society and the required reconceptualization of human rights.; Entre conmociones ontológicas y nuevas pulsaciones: la sociedad posmoderna y la necesaria reconceptualización de los derechos humanos; Entre abalos ontológicos e novas pulsações: a sociedade pós-moderna e a necessária reconceitualização dos direitos humanos

Barbosa, Agnaldo Sousa; Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Franca, SP; Colombaroli, Ana Carolina Morais; Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Franca, SP
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Ensaio; Revisão de Literatura; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.31%
http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2014v11n2p229This article aims to undertake a reflection on the ups and downs of Postmodernity, considering the dynamics of social change wrought in their context and the modification of the parameters of sociability of the postmodern man, seeking to relate them to a practical, multicultural and especially effective conception of the human rights. In Postmodernity, a growing power of the social actors and emancipation from the traditional structures become evident. The space occupied by the traditional modern structures is reduced daily. The individual is becoming less controlled by the tradition and the convention, the modernization requires from them more information, education and democratization, what allows a criticism of the reality and a reflection on himself. The identities aren’t bound exclusively to the conflicts between capital and work but, but are closely linked to the conflict “emancipation X oppression”. These diverse emancipations are precisely the expression of the Postmodernity. The society can’t stand a linear, homogenizing, monocentric cultural view. The legal-positive and formalistic conception of the fundamental rights aren’t sufficient to the new society. The human rights must be faced as fruit of our social practices and human relations...

Entre o "tardicional" e o "virtual": o uso das tecnologias de informação e comunicação e as mudanças nas bibliotecas universitárias Between the traditional and the virtual: the use of information and communication technologies and the changes in university libraries

Morigi, Valdir José; Pavan, Cleusa
Fonte: Associação Catarinense de Bibliotecários Publicador: Associação Catarinense de Bibliotecários
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Investigação histórica; Descritiva Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 26/08/2005 POR
Relevância na Pesquisa
36.26%
A partir do cenário a Sociedade da Informação procurou-se identificar de que forma os usos das tecnologias de informação e comunicação nas bibliotecas universitárias provocam mudanças nas práticas profissionais dos bibliotecários, alterando as relações destes com os usuários. Mostra como são percebidas pelos bibliotecários as mudanças nas relações entre tais profissionais e os usuários decorrentes do emprego das tecnologias de informação e comunicação. A pesquisa utiliza uma abordagem qualitativa e quantitativa, os dados foram coletados através de entrevistas com profissionais das bibliotecas universitárias públicas e privadas do município de Porto Alegre/RS. Concluiu-se que, em tais ambientes, as atividades "tradicionais" do trabalho dos bibliotecários convivem com as novas tarefas surgidas pelo advento do virtual, ao mesmo tempo que a utilização das ferramentas tecnológicas trouxeram novas formas de sociabilidade entre os bibliotecários e os usuários. Abstract: Based on the Information Society scenario, our aim is to identify the ways by which the use of information and communication technologies in university libraries causes changes on the librarians professional practices, altering their relationship with library users. This paper shows how those changes...