Página 1 dos resultados de 11313 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

O nordeste nos livros didáticos de geografia de 1905-1950; The Northeast in Geography textbooks from 1905 to 1950

Silva, Maria Ediney Ferreira da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.79%
Esta pesquisa surge como possibilidade de investigação sobre como determinadas ideias passaram a ser atreladas a esta região do país, a partir dos livros didáticos de geografia. Buscando problematizar na da região Nordeste os motivos que acabaram por dar conformação a um conjunto de imagens e discursos que passam a configurar uma determinada representação sobre este recorte espacial. Em alguns casos, tomadas como essência deste espaço. No sentido de entender o que ainda se fazia presente nestes discursos, busquei revisitar o passado, reconhecendo que a compreensão deste recorte espacial passa necessariamente pelo resgate da complexidade histórica que envolve sua existência. A pesquisa prioriza a metade da década do século XX, mais precisamente de 1905, ano no qual Said Ali sugere no livro didático Geografia Elementar uma divisão do Brasil, onde dentre as porções encontramos Brasil de Nordeste e prosseguimos até 1950, data onde as discussões sobre o Nordeste se intensificam. Os livros didáticos surgem como fontes para esta apreensão, já que possibilitam perceber o que foi enunciado como sendo o Nordeste em um dado período da história da geografia escolar. Pensar na construção e consolidação de uma região como o Nordeste...

Desenvolvimento econômico e mercado de trabalho urbano no nordeste brasileiro

Lira, Fernando José de
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Relevância na Pesquisa
36.82%
A história recente do Nordeste caracteriza-se por uma primeira fase de isolamento e outra de articulação. Nessa segunda fase, o dinamismo que se instala a partir da década de sessenta provocou profundas transformações na economia da região. Essas transformações implicaram em elevadas taxas de expansão do produto regional, alterações na estrutura produtiva através da adoção de novos processos de trabalho que implicou de um lado, na redução da demanda por trabalho e de outro, na sua expansão. Registrou-se, também, mudanças bastante significativas nos gêneros industriais reduzindo a participação na produção das indústrias de bens de consumo não-duráveis e aumentando de modo importante a participação das indústrias de bens intermediários voltadas para o mercado nacional e internacional, o que contribui para aumentar a dependência do Nordeste em relação as regiões mais ricas. As mudanças iniciadas no setor industrial se propagam para os setores primários, secundários e terciários. No setor agrícola, as transformações dificultaram a sobrevivência do trabalhador, ampliaram as relações capitalistas no setor manifestas na maior proletarização da mão-de-obra rural; estimularam as emigrações para. as cidades e elevaram consideravelmente a participação da população ocupada em atividades predominantemente urbanas. No setor terciário...

Turismo no nordeste brasileiro : mudanças nas políticas de desenvolvimento a partir do PRODETUR/NEI

Petter, Pedro Henrique da Cruz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.82%
A região Nordeste do Brasil envolve nove, dos vinte e seis estado do País: Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia, cobrindo território de 1,5 milhões de Km2. Apesar de ser uma das primeiras regiões economicamente estabelecidas no País, o Nordeste perdeu sua posição de centro de crescimento após a industrialização do Brasil, ocorrida no início do século XX. Além dos impactos negativos cíclicos causados pelas secas (principalmente no interior semi-árido), o Nordeste como um todo apresenta baixos índices sociais com relação à média nacional e enfrenta sérios problemas macroestruturais, configurando-se como uma das regiões mais pobres do País. Entre as alternativas recomendadas para solucionar tais problemas, o desenvolvimento do turismo foi apontado como meio para criação de oportunidades de emprego e para o aumento da renda per capta. Diante de uma clara indicação do potencial turístico da região, sobretudo na faixa litorânea, e de acordo com a política de desenvolvimento do turismo do País, o Governo Federal e os Governos Estaduais reuniram-se para elaboração conjunta de um plano de ação para o desenvolvimento do turismo no Nordeste, parte do qual seria financiado por um amplo projeto que foi especialmente criado para essa finalidade. Assim nasceu o Programa de Desenvolvimento do Turismo no Nordeste do Brasil – PRODETUR/NE...

O engenho anti-moderno : a invenção do Nordeste e outras artes

Durval Muniz de Albuquerque
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/1994 PT
Relevância na Pesquisa
36.84%
Este trabalho trata da emergência de um objeto de saber e um espaço de poder, a regiào Nordeste. Atraves de que práticas regionalizantes e de que discursos regionalistas se gestou no começo deste século a idéia de Nordeste. Como os discursos, sejam acadêmicos, sejam artisticos, foram dotando este recorte espacial de uma imagem e de um texto, uma visibilidade e uma dizibilidade, que lhe deram conteúdo e o tornaram uma poderosa arma nas lutas políticas nacionais. Como estes discursos construiram esta identidade espacial, formularam a idéia de uma cultura regional diferenciada que foi subjetivada por todos que habitam este espaço. Este trabalho busca entender como esta regiâo foi sendo reelaborada permanentemente pelos vários movimentos culturais do país, começando pelo regionalismo e tradicionalismo, no seu embate com o modernismo, até o tropicalismo, que significou a problematização mais radical desta idéia de uma cultura regional e de uma cultura nacional que o Nordeste representaria. O tropicalismo que rompeu com a formaçâo discursiva nacional-popular e o dispositivo das nacionalidades, condições fundamentais para que fosse possível a emergência do Nordeste, vai significar politicamente o próprio questionamento da função conservadora e anti-moderna que esta construção imagético-discursiva representava...

Avaliação de desempenho ambiental do sistema de gestão de resíduos de Nordeste (São Miguel)

Neves, André Iglésias
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 08/02/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Dissertação de Mestrado em Ambiente, Saúde e Segurança.; Sendo os resíduos sólidos urbanos uma consequência directa das actividades diárias das sociedades, urge compreender de que modo evoluem no tempo as suas características principais, quer quantitativamente, quer qualitativamente, uma vez que têm profundas implicações na saúde pública e na qualidade dos ecossistemas. Modelos de gestão de resíduos sólidos urbanos adequados e eficientes, nomeadamente, em matéria de recolha, transporte, tratamento, valorização e eliminação dos resíduos produzidos, permitem uma mitigação substancial, ambiental e económica, dos impactes adversos decorrentes da sua inevitável produção. No sentido de avaliar o Desempenho Ambiental do Sistema de Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos do concelho de Nordeste (São Miguel) foi aplicado um Modelo de Avaliação do Desempenho para Sistemas de Gestão de Resíduos Sólidos, considerando como referência o ano 2010. O Modelo de Avaliação do Desempenho Ambiental utilizado foi o Integrated Solid Waste Management (ISWM) (EPIC, 2002). Produziu-se um documento final, o Inventário Ambiental – Sistema de Gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos (MSW), o qual contempla uma Análise de Inventário de Ciclo de Vida (ICV) para a energia consumida...

GIS para meio ambiente: aplicações no Nordeste do Brasil.

MATTOS, C.; MIRANDA, E. E. de.
Fonte: In: GIS NORDESTE 97: Encontro de Usuários de Geoprocessamento, 1997, Recife. Anais... Curitiba: Sagres, 1997. Publicador: In: GIS NORDESTE 97: Encontro de Usuários de Geoprocessamento, 1997, Recife. Anais... Curitiba: Sagres, 1997.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: folhas avulsas; 15 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.66%
Este trabalho apresenta uma breve análise e alguns exemplos das aplicações dos sistemas de informações geográficas para meio ambiente. Inicialmente utilizados apenas como ferramentas para a geração automatizada de mapas temáticos isolados, posteriormente, acompanhando as mudanças nas concepções teóricas das ciências ambientais e os progressos tecnológicos e computacionais das últimas décadas, os SIGs passaram a ser empregados em análises e modelagens espaciais. Tornaram-se ferramentas fundamentais para estudos de funções complexas ao longo do tempo e do espaço, para a caracterização e integração de várias informações espaciais, como necessários em ordenamentos territoriais, planejamentos e manejos de recursos naturais. No Nordeste do Brasil, a Cartografia Digital da Sócio-Economia dos Estados do Nordeste Brasileiro, o Monitoramento Orbital de Queimadas e a Cartografia Ecológica do Arquipélago de Fernando de Noronha-PE e da região de Vitória da Conquista-BA exemplificaram como estes sistemas contribuem para a reunião, análise e disponibilização de dados ambientais sobre a região, para a produção de informações derivadas de sua aplicação e para sua utilização em diversas áreas do conhecimento.; 1997

Desenvolvimento de atividades convectivas sobre a região nordeste do Brasil, organizadas pela extremidade frontal; Development convection over northeast of Brazil, organized by frontal extremity

Veber, Maicon Eirolico
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Este trabalho tem como objetivo estudar as influências frontais sobre a Região Nordeste do Brasil. Procurando-se encontrar quais fatores são responsáveis pela formação de processos convectivos sobre esta Região, organizados pela extremidade frontal sobre o Atlântico Tropical Sul (ATS). Buscando-se, dessa forma, estabelecer um padrão de circulação para esses casos, o que poderá facilitar a previsão desses eventos. Assim, foi realizada a análise de 103 eventos de sistemas frontais, que influenciaram as condições de tempo sobre a Região Nordeste do Brasil, para o período de dez anos (2000-2009). Os casos foram divididos em dois grupos (G), de acordo com desenvolvimento ou não da convecção. G1- atividades convectivas sobre a região Nordeste do Brasil, organizadas pela extremidade frontal sobre o Atlântico Tropical Sul (ATS); G2 - banda de nebulosidade pouco ativa sobre a Região Nordeste do Brasil, organizada pela extremidade frontal, sobre o ATS. As frentes foram identificadas, utilizando-se métodos sinóticos clássicos e imagens de satélite. Foram utilizados dados de reanálise do modelo global do NCEP/NCAR, imagens de satélite do canal infravermelho e dados de radiossondagens. Após uma comparação entre os dois grupos foram definidos oito fatores dinâmicos (F) que influenciaram na formação de atividades convectivas associadas à extremidade frontal. Sendo esses fatores em baixos níveis: F1 Zona de Convergência Intertropical (ZCIT); F2 fluxo bifurcado sobre o Atlântico e convergência sobre o Nordeste; F3 borda oeste da Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS). Em níveis médios: F4 convergência e cavado sobre o NEB; F5 cavado com eixo NW-SE; F6 cavado ciclone do HN. Em altos níveis: F7 cavado em 200 hPa; F8 Interação entre a AB e o VCAN. Foram analisados perfis termodinâmicos SkewT-LogP e os índices de instabilidade CAPE...

A inadimplência em financiamentos de projetos para o desenvolvimento do Nordeste

Eduardo Tavares Sobral, Fábio; Ulises de Montreuil Carmona, Charles (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Por sua atuação na região Nordeste, SUDENE, Banco do Nordeste e Banco do Brasil S.A. podem ser caracterizadas como instituições de fomento. De fato, ao analisarmos suas histórias nos últimos cinqüenta anos, verifica-se que vários empreendimentos nordestinos foram financiados por seus intermédios. Ao fomentar o desenvolvimento da região Nordeste, as instituições citadas incorreram em erros e acertos. O acerto referido diz respeito a operações de crédito e financiamento que receberam aporte de recursos e que posteriormente, foram ressarcidos aos seus cofres pelos beneficiários. Quanto ao erro, é aqui caracterizado pelas operações que se tornaram inadimplentes, ou seja, não foram pagas integralmente. Portanto, SUDENE, Banco do Nordeste e Banco do Brasil S.A., ao efetuarem inversões em diversos empreendimentos no Nordeste tornam-se sujeitas ao risco do não retorno de seus capitais. O risco, enquanto variável do retorno, está diretamente ligado à geração de resultados das empresas. Com o avanço da globalização uma maior necessidade de controle do risco passou a ser exigência de autoridades nacionais, como também, de entidades e governos de outros países. Várias resoluções que procuraram reduzir a exposição ao risco foram emitidas pelo Banco Central do Brasil e pelo Bank For International Settlements. Este trabalho apresenta definições dos diversos tipos de risco enfrentados por qualquer instituição creditícia e os modelos de mensuração de risco de crédito mais utilizados pelo mercado. Porém...

Paradigmas do desenvolvimento no Nordeste : Do GTDN ( Grupo de Trabalho para o Desenvolvimento Econômico do Nordeste) ao GTI (Grupo de Trabalho Interministerial para recriação da SUDENE)

Maria Imbelloni, Rosa; Antônio Mondaini de Souza, Marco (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.86%
Neste trabalho construímos reflexão sobre as transformações ocorridas no Nordeste, com enfoque na questão das desigualdades regionais. Para tanto, analisamos as propostas de políticas de desenvolvimento direcionadas à SUDENE (Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste). Um marco para análise refere-se à primeira proposta de criação da SUDENE, elaborada pelo Grupo de Trabalho para o Desenvolvimento do Nordeste (GTDN) no final da década de 50 e, portanto, refere-se ao modelo desenvolvimentista, com a proposta Uma Política de Desenvolvimento Econômico para o Nordeste . Outro marco de análise refere-se à proposta de recriação da SUDENE, elaborada pelo GTI (Grupo de Trabalho Interministerial para Recriação da SUDENE), em 2003 e apresenta um novo modelo de desenvolvimento para o Nordeste com a proposta Bases para a Recriação da SUDENE Por uma Política de Desenvolvimento Sustentável para o Nordeste . A pesquisa é qualitativa com análise de conteúdo e tem como referência os documentos que apresentam as duas propostas de política de desenvolvimento para o Nordeste no processo de criação e recriação da SUDENE. O propósito é refletir os dois modelos de desenvolvimento implantados na região assim como...

A imagem do Nordeste no jornalismo brasileiro no contexto dos anos 70 e 80 através de fotografias e textos do Jornal do Brasil

Caravelas Cesar Guedes, Luciana; Maria Junqueira, Lília (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.91%
O objeto deste estudo é analisar que imagem o Jornal do Brasil veiculou sobre o Nordeste brasileiro nos anos 70 e 80. Procura verificar como o contexto social e político influenciaram nas representações sociais do Nordeste brasileiro na imprensa nacional; detectar de que forma o campo jornalístico contribuiu na construção da identidade nordestina e na reprodução de estereótipos; identificar como as fotografias e as matérias jornalísticas revelam o cotidiano, o povo, os políticos, a cultura e a economia nordestina. Trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativo, documental, feita a partir da análise de conteúdo de cerca de 500 reportagens veiculadas no Jornal do Brasil sobre a região, produzidas pela sucursal de Recife; bem como foi examinado o suplemento especial anual do jornal, chamado Caderno Nordeste, do período de 1975 a 1981. O estudo analisa, ainda, 60 fotografias do repórter fotográfico Natanael Guedes, buscando identificar as representações sociais contidas nas imagens e de que maneira seu estilo profissional, seu apego à região interferem na produção dessas imagens. A pesquisa ancorou-se em abordagens sociológicas da contemporaneidade, como, por exemplo, e a idéia de identidade cultural múltipla...

Análise da multidimensionalidade da pobreza no nordeste

Caldas, Renata de Melo; Sampaio, Yony de Sá Barreto (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
36.79%
A pobreza vista apenas como insuficiência de renda já tem sido questionada há muitos anos na literatura. Muitos trabalhos tentaram entender a pobreza, criando índices de multidimensionalidade, incluindo variáveis de educação, trabalho, habitação, entre outros, em um único indicador. Este trabalho, no entanto, tem o objetivo de mapear a pobreza no Nordeste do Brasil no que concerne à carência de itens de consumo e habitação, além de contrastá-los com a insuficiência de renda, de tal modo que não torne a mensuração da pobreza uma questão arbitrária. Para tanto, foram utilizados dados da Pesquisa Nacional por Amostra de domicílios (PNAD), fornecida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), para o ano de 2009, o mais recente disponibilizado pelo instituto. Foram estimadas sobreposições entre três variáveis de habitação (acesso a energia elétrica, saneamento e água canalizada) e consumo de bens duráveis (geladeira, televisão e fogão), de modo que se pudesse observar tanto em termos percentuais quanto absolutos, aqueles domicílios que não possuem acesso a esses bens. Dentre os principais resultados, destacam-se a as regiões Norte e Nordeste como as que apresentam maiores percentuais de domicílios sem acesso aos itens de habitação e consumo...

Setor de turismo, desenvolvimento econômico e desigualdade de renda: um estudo para a Região Nordeste do Brasil, a partir da matriz insumo-produto inter-regional

Souza, Poema Isis Andrade de; Silveira Neto, Raul da Mota (Orientador); Guilhoto, Joaquim José Martins (Co-orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
36.82%
O setor de turismo tem chamado atenção no cenário internacional devido ao elevado crescimento das atividades turísticas no mundo. Nesse contexto, o Nordeste do Brasil possui grandes vantagens comparativas, pois é uma região com dotação de fatores propícios ao aproveitamento econômico dessas atividades, como, por exemplo, o litoral extenso formado por belas praias. Assim, neste estudo foram analisadas as participações das atividades turísticas na economia do Nordeste e suas relações intersetoriais, a partir de uma matriz insumo-produto inter-regional, referente ao ano de 2009, de forma inédita. Também foram levantadas informações referentes às características da mão de obra empregada no setor de turismo, com ênfase no estudo do nível de informalidade observada nas atividades turísticas. Por fim, foram investigados os impactos do aumento da demanda do turismo no Nordeste sobre a desigualdade de renda na região e no Brasil. Os resultados encontrados mostram uma participação do setor de turismo equivalente a 2,77% do PIB do Nordeste, enquanto que no Brasil essa participação foi de 2,27%. Assim, o setor de turismo foi mais importante para a economia nordestina, se comparado às demais regiões do país. Verificou-se...

Estado desenvolvimentista e o Nordeste :o BNB na busca de um modelo de desenvolvimento regional

Cardoso, Gil Célio de Castro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.82%
This research tried to follow up with the way of intervention that a developing State promotes it regional development, once its action departs from a quantitative conception until its acting focused in maintenance, like the strategy of local development input in the Northeastern of Brazil in the 90 s. particularly, the attention was focused onto Banco do Nordeste which, between 1995 and 2002, achieved a organization changing process to get fit itself to the new conception of development and State, that advocates the maintenance and the participation of the society in its accomplishment, becoming itself the main agent of the Federal Government in the Region. By taking over the strategy of local development, Banco do Nordeste starts, at least in speech, to be less of a bank to become more of a development agent , representing some development and hope to overcome the social and economical inequalities of the Region. The hypothesis that surrounds this essay is that this reorientation experienced at Banco do Nordeste is related to three factors: timing; the Institution of a project of international technical cooperation with PNUD; the unrest of an employees group, who used to fight for the acting increase of the Bank to beyond the credit acting; and...

Sistemática integrativa de Cichlasoma orientale Kullander 1983 e Crenicichla menezesi Ploeg 1991 (Teleostei: Cichlidae) das bacias hidrográficas do Nordeste do Brasil

Berbel Filho, Waldir Miron
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Sistemática e Evolução; Ciências Biológicas Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Sistemática e Evolução; Ciências Biológicas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Understanding the historical and ecological relationships which are influent in current biological diversity is one of the most challenging tasks of evolutionary biology. Recent systematics emphasizes the need of integrative approaches to delimit different lineages and species. The northeastern Brazil, mostly placed in Caatinga biome, is characterized by a semi-arid weather, low precipitation and seasonal behavior of rivers. This region is regarded lacking as ichthyological knowledge and one of the most threatened by anthropic activities. Further, will be affected by a massive water diverpsion work that will transfer waters from São Francisco basin, to other major four basins: Jaguaribe, Apodi-Mossoró, Piranhas-Açu and Paraiba do Norte. Loss of diversity and richness, hibridizitation, community interactions changes, population homogenization, changes in water quality and flow regime, are examples of environmental impacts already related with similar works. The present study aims to investigate morphological and molecular variation of Cichlasoma orientale Kullander 1983 and Crenicichla menezesi Ploeg 1991, two cichlid species present in northeastern Brazil basins. Further, the study aims to evaluate the influence of geomorphological and climatic processes in this variation...

Fundos constitucionais e Banco do Nordeste: uma análise das liberações considerando a lógica de operação do sistema bancário nacional

Quiante, Wynghpal
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.84%
O presente trabalho tem por objetivo analisar os fundos constitucionais de desenvolvimento do Norte e do Nordeste, para tanto iremos considerar o perfil dos municípios receptores dessas regiões. Para realizar essa análise, dividiu-se o trabalho em cinco capítulos. O primeiro capítulo irá realizar uma reflexão sobre as economias monetárias de produção, a fim de observar como essas afetam as decisões dos agentes econômicos no momento de suas decisões. Assim, procuramos desenvolver nesse capítulo quais são os estágios da evolução bancária. Enquanto que, o segundo capítulo discorre sobre as evoluções de crédito dos bancos públicos e privados, do crédito direcionado, créditos livres e créditos de investimento, o custeio e a comercialização, de forma que se possam destacar quais desses dois tipos de bancos lideraram na liberação do crédito. Além disso, procuramos avaliar a lógica de operação do sistema bancário e o ajuste de portfólio de cinqüenta maiores bancos do Brasil. Já o terceiro capítulo apresenta a nova conformação do sistema financiamento agrícola, a evolução do Sistema Nacional de Credito Rural e a distribuição do mesmo para as regiões Norte Nordeste. O quarto capítulo analisa a evolução da legislação...

Farol do desenvolvimento Banco do Nordeste

Banco do Nordeste do Brasil S/A
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Relato de Experi??ncia
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
46.59%
Trata-se da implanta????o, nos 1.955 munic??pios do Nordeste, Norte de Minas Gerais e Norte do Esp??rito Santo, de um espa??o de interlocu????o com representantes da sociedade, lideran??as e institui????es locais, utilizando-se conceitos tais como o de empresariamento, parceria, comprometimento comunit??rio, valoriza????o da cultura e do potencial humano locais. S??o considerados desafios da atualidade, como a concorr??ncia global, a prem??ncia de inser????o da vari??vel ambiental, de estrutura????o de cadeias produtivas, de implementa????o de processos de capacita????o, de ado????o do modelo de desenvolvimento local, com a transforma????o das voca????es econ??micas em pr??ticas empresariais, o desenvolvimento da habilidade e postura negocial nos agentes produtivos e, em decorr??ncia, o melhor aproveitamento dos recursos financeiros alocados. Concomitante ao impulso econ??mico, iniciado com a cria????o de Comit??s como inst??ncias consultivas e deliberativas para o financiamento de organiza????es associativas, com vis??o de desenvolvimento sustent??vel, est??o sendo discutidas e implementadas a????es envolvendo educa????o, sa??de, seguran??a, saneamento b??sico, infra-estrutura de estradas e de energia, conscientizando os atores locais da necessidade de sua participa????o e refor??ando as voca????es e aspectos culturais locais. Dessa forma...

Programa de cr??dito produtivo popular Crediamigo: central de microcr??dito do Nordeste

Banco do Nordeste do Brasil S/A
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Relato de Experi??ncia
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
46.66%
As pol??ticas de desenvolvimento consideram que um dos principais obst??culos para o crescimento dos microeempreendimentos ?? a falta de acesso ??s fontes de financiamento, principalmente ??queles emergidos como formas alternativas de ocupa????o e renda. Esses pequenos neg??cios, em sua maioria informais, vem apresentando n??veis de alto crescimento em todo o Pa??s, em especial na regi??o Nordeste, principalmente nos grandes centros urbanos, comprovada por pesquisas cient??ficas realizadas. Considerando que o acesso dessa camada da popula????o ao sistema banc??rio ?? dif??cil, devido ao baixo n??vel operacional, ao tamanho dos neg??cios e ?? qualidade ou inexist??ncia de garantias, o Banco do Nordeste lan??a o Programa CrediAmigo com o objetivo de contribuir para o crescimento de microempresas, mediante a oferta de cr??dito para atividades produtivas e servi??os de capacita????o, de forma a garantir ao agente produtivo condi????es para ele gerir bem seus neg??cios, atrav??s da melhoria da competitividade e integra????o ao mercado globalizado. Dessa forma, o CrediAmigo permite f??cil acesso a esse segmento da popula????o marginalizada do sistema financeiro formal e que recorrem e dependem de agiotas e fornecedores que lhes cobram taxas de juros bem acima do mercado. Para atender esses agentes produtivos o CrediAmigo utiliza uma metodologia inovadora de concess??o de cr??dito que permite a libera????o dos recursos de forma ??gil...

Cyanobacteria y cianotoxinas en una laguna somera del nordeste de Argentina

Forastier, Marina; Zalocar, Yolanda; Sedan, Daniela Yazmine; Andrinolo, Dario
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales y Agrimensura, Universidad Nacional del Nordeste Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales y Agrimensura, Universidad Nacional del Nordeste
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:ar-repo/semantics/artículo; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
46.66%
El objetivo de este trabajo fue analizar las variaciones temporales del fitoplancton e identificar y cuantificar las cianobacterias y cianotoxinas de la laguna Aeroclub (27º28´ S-58º43´ W), entre octubre de 2005 y mayo de 2008. La densidad del fitoplancton osciló entre 59 y 7113 ind.ml-1 y estuvo representado por ocho grupos taxonómicos, con dominancia de Cyanobacteria > Chlorophyceae > Cryptophyceae. Las cianobacterias predominaron durante la mayor parte del estudio (48% de los muestreos) con un rango de variación entre 3 (25-10-07) y 6741 ind.ml-1 (17-03-06). Su densidad presentó correlación estadísticamente significativa con la temperatura del agua (rs= 0,511; pLa identificación de cianotoxinas se realizó con material concentrado de Microcystis aeruginosa (Kütz.) Kütz. y M. wesenbergii (Kom.) Kom. Los resultados del análisis en HPLC mostraron cuatro variantes de microcistinas: LR, RR, YR y [D-Leu1] LR. Durante el estudio, en tres ocasiones las cianobacterias superaron el límite máximo establecido por la OMS para un Nivel de alerta I (20000 cél. ml-1). Debido a la escasa acción antrópica en suelos circundantes de la laguna y, la baja concentración de nutrientes detectada en sus aguas, es posible que las floraciones de cianobacterias no superen este nivel de alerta. Sin embargo...

Bibliografía referida al nordeste, 2012-2013

Buompadre, Maria Lidia
Fonte: IIGHI, Instituto de Historia de la Universidad Nacional del Nordeste Publicador: IIGHI, Instituto de Historia de la Universidad Nacional del Nordeste
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:ar-repo/semantics/artículo; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
46.66%
Se pone a disposición de investigadores, docentes, estudiantes y público en general, publicaciones referidas a las temáticas de ciencias humanas y sociales. El contenido de esta bibliografía se reduce a las publicaciones en distintos formatos ingresadas a la biblioteca del Instituto de Investigaciones Geohistóricas (CONICET-UNNE). La cobertura geográfica se extiende a la región nordeste de Argentina y aquellas relacionadas como Paraguay y sur de Brasil; países y áreas con estrechas relaciones desde tiempos pasados, y que en la actualidad se van afianzando como resultado de los procesos de integración regional de las últimas décadas. Los datos bibliográficos de los registros se adecuaron y adaptaron a las directrices de la norma ISO 690:2010.; Fil: Buompadre, Maria Lidia. Consejo Nacional de Invest.cientif.y Tecnicas. Centro Cientifico Tecnol.conicet - Nordeste. Instituto de Invest.geohistoricas (i); Argentina;

“Nordeste Criativo” e desenvolvimento regional: esboço de uma metodologia para o fomento da economia criativa no nordeste brasileiro; “Nordeste Criativo” e desenvolvimento regional: esboço de uma metodologia para o fomento da economia criativa no nordeste brasileiro

Leitão, Cláudia Sousa; Guilherme, Luciana Lima; Oliveira, Luiz Antônio Gouveia de; Gondim, Raquel Viana
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa acadêmica; Description Formato: application/pdf
Publicado em 25/11/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.82%
This articles begins with a reflection on the meanings of development and its connections with creativity and innovation. The research is structured over two main axes: the first one deals with the concept of creative industries and with the report of its potential in generating economic, cultural, social and technological positive impacts in order to leverage the international and the domestic trade; the second axe introduces the concept of “creative basin” in order to redesign the boundaries of the Brazilian northeast territory. From those axes it is introduced and proposed the Creative Northeast Program, which consists of two projects: the Center for Creative Industries in the northeastern region of Brazil; and the Creative Business Bureau. Additionally, the research proposes an outline of mapping methodology focused on the Brazilian Northeast, supported by the concepts of creative territories and creative basins.DOI: 10.5841/extraprensa.v1i1E.55; O presente artigo inicia-se com a reflexão sobre os significados do desenvolvimento e suas conexões com a criatividade e a inovação. O trabalho está estruturado em dois grandes eixos: o primeiro trata do conceito de indústrias criativas e do relato de suas potencialidades na geração de impactos econômicos...