Página 1 dos resultados de 458 itens digitais encontrados em 0.021 segundos

Visualização computacional como apoio à identificação do interesse do aluno em ambientes de EAD

Amorim, Maurício José Viana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.14%
Este estudo apresenta uma investigação de como o uso das técnicas de Visualização Computacional (VC) podem servir no apoio à identificação do interesse do aluno em ambientes de Educação a Distância (EaD). Esta pesquisa se fundamenta nas premissas de que grande parte da comunicação ocorre através da Comunicação Não-Verbal e o estado afetivo de interesse pode ser reconhecido através da visualização interpessoal. Na realização deste trabalho, foi necessária uma revisão da literatura relacionada aos temas Afetividade, especificamente, Estado Afetivo de Interesse, Comportamento Visualizável, Comunicação Não Verbal, Análise de Expressões Faciais, Análise de Gestos e Posturas, Cognição e Técnicas de Sensoriamento Visual. A teoria da Aprendizagem Significativa responde pela concepção epistemológica, metodológica e experimental. Sob sua ótica foram preparados os materiais didáticos que compuseram os experimentos e o objeto de aprendizagem SQLOA. Foram construídos artefatos de software que apoiam a captura dos vídeos dos alunos durante atividades de aprendizagem e que permitiram a realização dos experimentos. Os artefatos desenvolvidos são: um framework, uma ferramenta e um objeto de aprendizagem...

Musicoterapia aplicada à avaliação da comunicação não verbal de crianças com transtornos do espectro autista : revisão sistemática e estudo de validação

Gattino, Gustavo Schulz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.21%
Introdução: os transtornos do espectro autista (TEA) representam uma desordem comportamental complexa, com etiologias múltiplas e diferentes níveis de severidade. Indivíduos com TEA compreendem e expressam melhor a comunicação não verbal na presença da música. A musicoterapia improvisacional é uma das principais abordagens nesse campo para avaliar as habilidades de comunicação não verbal. Justificativa: a música se torna uma ferramenta relevante para avaliar a comunicação não verbal em pessoas com TEA, principalmente relacionada à musicoterapia improvisacional. No entanto, não há instrumentos de avaliação da musicoterapia improvisacional validados para esse fim. Objetivos: verificar os efeitos da improvisação musical em desfechos oriundos de ensaios controlados randomizados (ECRs) através de uma revisão sistemática. Ainda, traduzir e validar para uso no Brasil um instrumento específico de musicoterapia que avalia a comunicação de crianças com autismo: o Category System for Music Therapy (KAMUTHE). Metodologia: na revisão sistemática, foram analisados ECRs entre os anos de 1989 e 2011 a partir da busca em 13 bases de dados. A tradução e validação da KAMTUHE foi realizada através de um estudo transversal e analisou as propriedades psicométricas de validade de conteúdo...

Verbal and Non-Verbal Communication in Second Life

Pita, Sara; Pedro, Luis
Fonte: IGI Global Publicador: IGI Global
Tipo: Parte de Livro
ENG
Relevância na Pesquisa
76.19%
In the last few years several studies concerning the advantages and potentialities of using Second Life in education came to spotlight. To identify which type of communication is most common among avatars and to understand if there is any similarity with communication in real life a case study was developed in order to analyse both verbal and non-verbal communication among master degree students. This chapter will explain how this study was conducted, as well as the results and the conclusions drawn from it. After the data analysis we concluded that avatars rarely use kinesic communication - although there is, in Second Life, an inventory full of gestures - using instead verbal communication. In fact, it was very clear that individuals use written code to express their emotions, thus increasing the number of participations. Non-verbal communication had a small role in interaction, proxemics was influenced by space and finally appearance didn’t reveal the true personality of the user.

A comunicação da família, enquanto fator de (des)construção da vivência e conceito de sobrevivência, do jovem adulto sobrevivente a um cancro

Caleiras, Maria Luísa Bravo Madeira
Fonte: ISPA - Instituto Universitário das Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: ISPA - Instituto Universitário das Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.11%
Nos últimos anos os avanços e a compreensão da etiologia e tratamento do cancro contribuíram para o aumento dos sobreviventes. O cancro, para além de ser uma doença potencialmente mortal, passou a ser também considerado como uma doença crónica, sendo a sobrevivência entendida como um período longo que não é isento de situações potencialmente ameaçadoras e que é concebida pela forma como o doente e o sistema familiar comunicam entre si. O presente estudo tem como objetivo conhecer e compreender, segundo uma abordagem qualitativa e uma orientação teórica sistémica, a vivência subjetiva dos sobreviventes de cancro e as perceções que estes possuem acerca do modo como a comunicação com os seus familiares, condiciona o conceito que têm de sobreviventes. Participaram neste estudo 3 sobreviventes de cancro, entre os 25 e os 29 anos. Em relação aos resultados obtidos, constata-se que o conceito de sobrevivência, que os participantes possuem, é idêntico ao dos seus familiares, o qual foi percecionado pelos mesmos como sendo resultante da influência do comportamento e da comunicação não-verbal e verbal dos seus familiares. Os resultados revelam a importância a ser dada à comunicação com os jovens adultos durante o processo de doença e o período de sobrevivência...

Non-verbal mother-child communication in conditions of maternal HIV in an experimental environment

Paiva,Simone de Sousa; Galvão,Marli Teresinha Gimeniz; Pagliuca,Lorita Marlena Freitag; Almeida,Paulo César de
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2010 EN
Relevância na Pesquisa
66.18%
Non-verbal communication is predominant in the mother-child relation. This study aimed to analyze non-verbal mother-child communication in conditions of maternal HIV. In an experimental environment, five HIV-positive mothers were evaluated during care delivery to their babies of up to six months old. Recordings of the care were analyzed by experts, observing aspects of non-verbal communication, such as: paralanguage, kinesics, distance, visual contact, tone of voice, maternal and infant tactile behavior. In total, 344 scenes were obtained. After statistical analysis, these permitted inferring that mothers use non-verbal communication to demonstrate their close attachment to their children and to perceive possible abnormalities. It is suggested that the mother’s infection can be a determining factor for the formation of mothers’ strong attachment to their children after birth.

The Use of Virtual Characters to Assess and Train Non-Verbal Communication in High-Functioning Autism

Georgescu, Alexandra Livia; Kuzmanovic, Bojana; Roth, Daniel; Bente, Gary; Vogeley, Kai
Fonte: Frontiers Media S.A. Publicador: Frontiers Media S.A.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 15/10/2014 EN
Relevância na Pesquisa
66.14%
High-functioning autism (HFA) is a neurodevelopmental disorder, which is characterized by life-long socio-communicative impairments on the one hand and preserved verbal and general learning and memory abilities on the other. One of the areas where particular difficulties are observable is the understanding of non-verbal communication cues. Thus, investigating the underlying psychological processes and neural mechanisms of non-verbal communication in HFA allows a better understanding of this disorder, and potentially enables the development of more efficient forms of psychotherapy and trainings. However, the research on non-verbal information processing in HFA faces several methodological challenges. The use of virtual characters (VCs) helps to overcome such challenges by enabling an ecologically valid experience of social presence, and by providing an experimental platform that can be systematically and fully controlled. To make this field of research accessible to a broader audience, we elaborate in the first part of the review the validity of using VCs in non-verbal behavior research on HFA, and we review current relevant paradigms and findings from social-cognitive neuroscience. In the second part, we argue for the use of VCs as either agents or avatars in the context of “transformed social interactions.” This allows for the implementation of real-time social interaction in virtual experimental settings...

Achieving visibility? Use of non-verbal communication in interactions between patients and pharmacists who do not share a common language

Stevenson, Fiona
Fonte: BlackWell Publishing Ltd Publicador: BlackWell Publishing Ltd
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN
Relevância na Pesquisa
66.09%
Despite the seemingly insatiable interest in healthcare professional–patient communication, less attention has been paid to the use of non-verbal communication in medical consultations. This article considers pharmacists′ and patients′ use of non-verbal communication to interact directly in consultations in which they do not share a common language. In total, 12 video-recorded, interpreted pharmacy consultations concerned with a newly prescribed medication or a change in medication were analysed in detail. The analysis focused on instances of direct communication initiated by either the patient or the pharmacist, despite the presence of a multilingual pharmacy assistant acting as an interpreter. Direct communication was shown to occur through (i) the demonstration of a medical device, (ii) the indication of relevant body parts and (iii) the use of limited English. These connections worked to make patients and pharmacists visible to each other and thus to maintain a sense of mutual involvement in consultations within which patients and pharmacists could enact professionally and socially appropriate roles. In a multicultural society this work is important in understanding the dynamics involved in consultations in situations in which language is not shared and thus in considering the development of future research and policy.

21F.019 / 21F.021 Communicating Across Cultures, Spring 2003; Communicating Across Cultures

Widdig, Bernd; Breslow, Lori
Fonte: MIT - Massachusetts Institute of Technology Publicador: MIT - Massachusetts Institute of Technology
EN-US
Relevância na Pesquisa
66.15%
In an increasingly interconnected world, communicating across cultures is a crucial skill in the international networks of business, science, and technology. Subject examines a range of communication styles and techniques resulting from different cultural norms and traditions. It begins with a general theoretical framework and then moves into case studies. Topics include understanding the relationship between communication and culture, differences in verbal and non-verbal communication styles, barriers to intercultural communication, modes of specific cross-cultural communication activities (e.g. argumentation, negotiation, conflict resolution) and intercultural adjustment. Case studies explore specific ways of communicating in Asian and European cultures. Graduate students are expected to complete additional assignments. Taught in English. From the course home page: Course Description It has become commonplace knowledge that globalization is one of the major forces shaping our world. If we look at the spread of information, ideas, capital, media, cultural artifacts--or for that matter, people--we can see the boundaries and borders that have historically separated one country or one group from another are becoming more and more permeable. For proof of this close to home...

Aportaciones de la comunicación no verbal y del Silent Way a la enseñanza de idiomas

Rangel Palazuelos, Gema
Fonte: Universidade de Cantabria Publicador: Universidade de Cantabria
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
SPA
Relevância na Pesquisa
76.13%
RESUMEN Este trabajo pretende establecer las posibles relaciones entre un método de enseñanza de idiomas como es el “Silent Way” y un elemento de gran trascendencia en cualquier idioma como es la comunicación no verbal, con la idea de ver hasta qué punto dichos vínculos pueden aportar un enfoque novedoso y útil a la enseñanza de E/LE. Se analizan, por un lado, las características del método silencioso, sus elementos principales y sus posibilidades; por otra parte, se expone la definición de la comunicación no verbal, su clasificación y los componentes esenciales que participan en el lenguaje. Además, se añade un apartado específico donde se comentan los posibles nexos entre ambos temas, derivadas de su naturaleza y características comunes. A ésta parte más teórica le sigue un apartado en el cuál se proponen ejemplos o propuestas prácticas en las que se manifiestan las relaciones incipientes, como es la importancia del silencio y de la utilidad básica del lenguaje. Hemos trabajado en buscar una vía novedosa que aportara elementos positivos a las metodologías que se utilizan en la enseñanza de idiomas.; ABSTRACT This work attempts to establish the possible relations between a language teaching method as is the "Silent Way" and an element of great significance in any language as it is non-verbal communication...

La comunicaci??n no verbal. Interrelaciones entre las expresiones faciales innatas y las aprendidas

??lvarez de Arcaya Ajuria, Helena
Fonte: Pedro G??mez Publicador: Pedro G??mez
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
76.16%
En el presente art??culo abordamos el estudio sobre las investigaciones que, en el campo de la comunicaci??n no verbal, se han referido al intento por esclarecer si los comportamientos no verbales observaban aspectos relacionados con pautas innatas al ser humano, o por el contrario, con el aprendizaje cultural. Las posturas de los a??os 1950 cre??an en la total determinaci??n de la comunicaci??n no verbal por la cultura y en la relatividad de las diferencias culturales seg??n conceptos reguladores del espacio y del tiempo. Posteriormente, analizamos la postura iniciada por Darwin, quien mantuvo que ciertas expresiones, como las que reflejan emoci??n, permanecen universales. Estas conclusiones, olvidadas hasta casi un siglo despu??s, fueron retomadas, entre otros, por el psic??logo Ekman y sus colaboradores, quienes continuaron con los experimentos iniciados por Darwin y revisaron los resultados de los trabajos m??s significativos ofrecidos por la l??nea de investigaci??n opuesta.; This article examines studies that, in the field of the non-verbal communication, have referred to the intent to clarify two important aspects: whether non-verbal behaviour involves aspects related to innate rules governing the human being or instead is related to the cultural learning. The theories from the 1950s proposed a total determination by the culture of non-verbal communication...

Aplicação do Relation Play em crianças com perturbação autista

Campos, Filipa; Portugal, Paula; Cardoso, Joana; Fernandes, Ângela
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto - Politema Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto - Politema
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.12%
Este estudo teve como objectivo verificar a eficácia de um programa de Relation play em crianças com Perturbação Autista, incidindo na comunicação não verbal e de interacção social. A amostra foi constituída por 3 crianças com Perturbação Autista. Foi realizado um estudo de caso quantitativo de carácter pré-experimental do tipo ABA. Os participantes foram submetidos a um programa de Relation Play constituído por 13 sessões, duas vezes por semana. O instrumento utilizado foi uma lista de verificação de comportamentos. Verificaram--‐se melhorias em alguns aspectos da comunicação não verbal e interacção social.; The aim of this study was to verify the effectiveness of a Relation Play program in children with Autism, in improving of non verbal communication and social interaction. The sample was formed by 3 children with Autism. Was conducted a quantitative single case design ABA. The participants were submitted to a program constituted by 13 sessions, performed twice a week. The instrument used was a checklist of behaviours. It was found that in most items improvements occurred, showing improvements in some aspects of non verbal communication and social interaction.

Análisis de la Comunicación no Verbal en el discurso de Jorge Eliécer Gaitán. Un acercamiento a las nuevas estrategias de comunicación política en Colombia. Período 1944 - 1948

Torres Muñoz, Wanda Tatiana
Fonte: Facultad de Ciencia Política y Gobierno Publicador: Facultad de Ciencia Política y Gobierno
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2012 SPA
Relevância na Pesquisa
66.07%
Esta investigación busca demostrar cómo las estrategias comunicativas no verbales, empleadas por Gaitán, influyeron de manera positiva en su discurso político. Así, el dominio consciente e inconsciente de elementos no verbales funciona estratégicamente para complementar su discurso.; This research tries to demonstrate the effectiveness of the non-verbal communication technics used by Jorge Eliecer Gaitán to improve his political speech act. Weather intended or not, the correct uses of this non-verbal communication technics helped to complement his speech.

Non-verbal communication: aspects observed during nursing consultations with blind patients

Rebouças,Cristiana Brasil de Almeida; Pagliuca,Lorita Marlena Freitag; Almeida,Paulo César de
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2007 EN
Relevância na Pesquisa
76.13%
Exploratory-descriptive study on non-verbal communication among nurses and blind patients during nursing consultations to diabetes patients, based on Hall's theoretical reference framework. Data were collected by recording the consultations. The recordings were analyzed every fifteen seconds, totaling 1,131 non-verbal communication moments. The analysis shows intimate distance (91.0%) and seated position (98.3%); no contact occurred in 83.3% of the interactions. Emblematic gestures were present, including hand movements (67.4%); looks deviated from the interlocutor (52.8%), and centered on the interlocutor (44.4%). In all recordings, considerable interference occurred at the moment of nurse-patient interaction. Nurses need to know about and deepen non-verbal communication studies and adequate its use to the type of patients attended during the consultations.

Alternative communication program readapted for a kaingang adolescent; Programa de comunicación alternativa readaptado para una adolescente kaingang; Programa de comunicação alternativa readaptado para uma adolescente kaingang

Buratto, Lúcia Gouvêa; Almeida, Maria Amelia de; Costa, Maria da Piedade Resende da
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/08/2012 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.16%
The present study aimed to determine whether the use of the Picture Exchange Communication System - PECS favored the communication of an adolescent from the Kaingang indigenous population with intellectual disabilities and language disorders. To verify the effects of the independent variable a single subject design study was performed which involved two phases: baseline and intervention. The system was readapted considering the social, cultural, moral and religious values as well as the habits and customs of that ethnic group. The results showed that the use of the readapted alternative communication system helped to improve the non-verbal communication of the indigenous adolescent and increased her vocabulary, previously considered very restricted and unintelligible.; Se trata de un estudio de caso que tuvo como objetivo describir la implementación del Sistema de Comunicación por Intercambio de Imágenes (Picture Exchange Communication System - PECS) en una adolescente perteneciente a la población indígena Kaingang que presentaba discapacidad intelectual y trastornos de lenguaje. Para verificar los efectos de la variable independiente, fue empleado el diseño experimental de un sólo sujeto, conforme dos condiciones: línea de base e intervención. El instrumento fue reajustado teniendo en cuenta los aspectos sociales...

O manhês: costurando laços; Lo "manhês": cosiendo lazos; The maternal language: forming the initial ties

Pierotti, Mariana Moreira de Souza; Levy, Lidia; Zornig, Silvia Abu-Jamra
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.09%
Neste trabalho, partimos da forma particular de comunicação existente entre a mãe e o bebê denominada de "manhês". Ressaltamos a importância da musicalidade da língua materna, dos diferentes tipos de comunicação não-verbal. A força libidinal das palavras utilizadas, mais do que seu conteúdo, marca a criança e dá sentido às suas manifestações. Considerando que o exercício da função materna não é necessariamente realizado pela mãe biológica, nos perguntamos como crianças, institucionalizadas precocemente, são marcadas ou não pela voz de seus cuidadores.; En este estudio, hemos partido de la manera peculiar de comunicación que existe entre madre e hijo recién nacido llamada de "maternés". Hemos destacado la importancia de la musicalidad de la lengua materna, de los diferentes tipos de comunicación no verbal. La fuerza libidinal de las palabras utilizadas, más allá de su contenido, destaca al niño y da sentido a sus manifestaciones. Considerándose que el ejercicio de la función materna no es necesariamente cumplido por la madre biológica, nos preguntamos como niños, institucionalizados precozmente, son marcados o no por la voz de sus cuidadores.; The paper intends to discuss a particular form of communication between the mother and her baby...

Gestos e expressões faciais de árbitro, atletas e torcedores em um estádio de futebol: uma análise das imagens transmitidas pela televisão; Gestures and facial expressions of referees, athletes and funs in a soccer stadium: an analysis of images transmitted by television

Simões, Antonio Carlos; Conceição, Felix Marcelino
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2004 POR
Relevância na Pesquisa
66.07%
O processo de observação, descrição e registro dos comportamentos tem sido tema constante de discussões na área científica do esporte de competição. O objetivo deste estudo foi analisar o conteúdo das mensagens não-verbais implícitas nas manifestações gestuais e expressões faciais de atletas, árbitros e torcedores no transcorrer de uma partida de futebol televisionada. As expressões faciais e manifesta ções gestuais de atletas, árbitros e torcedores foram classificadas em emblemas, ilustradores, demonstradores de afeto, reguladores e adaptadores, de acordo com as categorizadas estabelecidas por EKMAN e FRIESEN (1969). Os procedimentos metodológicos foram desenvolvidos pelos próprios pesquisadores: as imagens transmitidas pela televisão foram gravadas em vídeo, fotografadas com uma câmera digital Kodak DC 3200, tratadas e analisadas no programa Corel Draw 9.0. O estudo científico da comunicação não-verbal implícita as imagens do futebol, atravessado pelo recorte midiático revela um campo importante de estudos no âmbito da psicossociologia do esporte. Os resultados evidenciam emblemas com significados verbais explícitos, demonstrações de afetos, busca de autocontrole. Conclui-se que o estudo contribui para caracterizar a atmosfera do futebol...

Communication between nursing staff and clients unable to communicate verbally; Comunicación entre la enfermería y los clientes imposibilitados de comunicarse verbalmente; Comunicação entre a enfermagem e os clientes impossibilitados de comunicação verbal

Ordahi, Lisnéia Fabiani Bock; Padilha, Maria Itayra Coelho de Souza; Souza, Lúcia Nazareth Amante de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2007 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
66.14%
This is an experience developed during the Master program in Nursing at UFSC. It aimed to reflect on the nursing care delivered to the patient unable to verbally communicate, based on Paterson and Zderad's Theory and to analyze the communicational process between nursing and client. The experience was carried out in the Intensive Care Center of a private hospital in two stages: non-participating observation and three existential workshops, involving nine nursing technicians. Each participant acquired self knowledge and was known by other participants in the intuitive dialogue. Alternatives of non-verbal dialogue were suggested during the scientific dialogue. The scientific-intuitive fusion emerged when there was a need of each one to position themselves about the totality. The study on the communicational process revealed the need to enlarge the approach regarding the care to the client unable to verbally communicate, especially training the team for the interpersonal and dialogical relationship.; Se trata de una experiência desarrollada en la Maestría en Enfermería del UFSC. El objetivo fue refleccionar sobre el cuidado de enfermería al cliente imposibilitado de comunicarse verbalmente., bajo la Teoría de Paterson y Zderad, y analizar el proceso comunicacional enter la enfermería y el cliente. La experiencia se desarrolló en el Centro de Terapia Intensiva de un hospital privado en dos etapas: observación no participante y tres oficinas existenciales...

Comunicação não-verbal: uma contribuição para o aconselhamento em amamentação; Comunicación no verbal: una contribución para la consejería en lactancia materna; Non verbal communication: a contribution to breastfeeding counseling

Leite, Adriana Moraes; Silva, Isília Aparecida; Scochi, Carmen Gracinda Silvan
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2004 POR
Relevância na Pesquisa
76.18%
O "Curso de Aconselhamento em Amamentação", idealizado e implantado pela United Nation's Children's Emergency Fund -UNICEF, em parceria com a Organização Mundial da Saúde - OMS, representa uma das importantes iniciativas no sentido de valorizar a mulher enquanto agente da amamentação. Visando a compreensão e facilitação da aplicação das habilidades de comunicação não-verbal, que esse curso se propõe a desenvolver nos profissionais, este trabalho tem como objetivo organizar pressupostos teóricos que dêem suporte para o ensino das Habilidades de Ouvir e Aprender 1- "Use comunicação não-verbal útil", fundamentado a partir de conceitos da comunicação humana, extraídos de diversos autores sobre o tema. Percebemos que as habilidades discorridas no curso centram-se em técnicas somente voltadas para as atitudes dos profissionais, porém, é fundamental estarmos atentos aos sinais não-verbais da mulher, pois esses retratam suas emoções. Tais sinais podem ser indicadores das dificuldades que a mulher enfrenta, das interpretações que ela está fazendo acerca de elementos interacionais em seu contexto e que, muitas vezes, são os indicativos do curso que ela poderá imprimir ao processo de amamentação.; El "Curso de consejería en lactancia materna"...

Comunicação não-verbal: reflexões acerca da linguagem corporal; Comunicación no verbal: reflecciones acerca del lenguaje corporal; Non-verbal communication: reflections on body language

Silva, Lúcia Marta Giunta da; Brasil, Virginia Visconde; Guimarães, Heloísa Cristina Quatrini Carvalho Passos; Savonitti, Beatriz Helena Ramos de Almeida; Silva, Maria Júlia Paes da
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2000 POR
Relevância na Pesquisa
66.05%
Buscamos com este estudo refletir sobre a importância da linguagem corporal, através da identificação do que um grupo de enfermeiras pós-graduandas, sabiam sobre o assunto. Analisamos o conteúdo dos relatos de onde emergiram cinco categorias: conceito, função, importância, significado e formas de manifestação da linguagem corporal. A linguagem corporal foi valorizada pelo grupo como uma forma complexa de interação interpessoal da qual temos pouca consciência, ocorrendo por vezes à margem do nosso controle. Tem por função expressar sentimentos, emoções e transmitir mensagens, cujos significados são influenciados pelo contexto. O conhecimento da linguagem corporal amplia nossa percepção profissional e é mais um instrumento para melhorar a qualidade da assistência de enfermagem.; Buscamos con este estudio reflexionar sobre la importancia del lenguaje corporal, a través de la identificación de un grupo de enfermeras, estudiantes de pos-grado, si saben sobre dicho asunto. Analizando el contenido de los relatos, de donde surgieron cinco categorías: concepto, función, importancia, significado y formas de manifestación del lenguaje corporal. El lenguaje corporal fue valorizado por el grupo, como una forma compleja de interacción inter-personal...

Comunicação não-verbal mãe/filho na vigência do HIV materno em ambiente experimental; Comunicación no verbal madre/hijo em la existencia del HIV materna en ambiente experimental; Non-verbal mother-child communication in conditions of maternal HIV in an experimental environment

Paiva, Simone de Sousa; Galvão, Marli Teresinha Gimeniz; Pagliuca, Lorita Marlena Freitag; Almeida, Paulo César de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/02/2010 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
66.27%
A comunicação não-verbal é predominante na relação entre mãe/filho. Objetivou-se verificar a comunicação não-verbal mãe/filho na vigência do HIV materno. Em ambiente experimental, foram avaliadas cinco mães HIV+, no exercício de cuidados com seus filhos de até seis meses de vida. Filmagens dos cuidados foram analisadas por peritos, sendo observados os aspectos da comunicação não-verbal, como: a paralinguagem, cinestésica, distância, contato visual, tom de voz, comportamento tátil materno e infantil. Obteve-se 344 cenas que, após análise estatística, possibilitou inferir que a comunicação não-verbal é utilizada pela mãe para demonstrar seu íntimo apego aos filhos e para perceber possíveis anormalidades. Sugere-se que a infecção materna pode ser fator determinante para a formação de forte apego materno ao seu bebê após o nascimento.; La comunicación no verbal es predominante en la relación entre madre/hijo. Se tuvo por objetivo verificar la comunicación no verbal madre/hijo en la existencia del HIV materno. En ambiente experimental, fueron evaluadas cinco madres HIV+, que cuidaban de sus hijos de hasta seis meses de vida. Las filmaciones de los cuidados fueron analizadas por peritos, siendo observados los aspectos de la comunicación no verbal...