Página 1 dos resultados de 14 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Efeito do tratamento repetido com morfina no período neonatal : implicações na ontogênese avaliadas por mecanismos bioquímicos e comportamentais

Rozisky, Joanna Ripoll
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.89%
A dor pediátrica tem sido o foco de estudo de muitos pesquisadores nas últimas décadas devido à constatação de que neonatos apresentam menor limiar para estímulos nocivos e inócuos em comparação aos adultos. Em decorrência disto, o uso de analgésicos tem sido frequente em ambiente hospitalar. A morfina é um dos analgésicos opióides mais utilizados para sedação e analgesia nestes pacientes. Este opióide apresenta maior potência analgésica no período neonatal, sendo o receptor μ mais expresso em neurônios medulares com pico de densidade em P7 e diminuindo até o P21, atingindo então níveis de adulto. Nosso grupo mostrou que ratos neonatos submetidos ao tratamento repetido com morfina não apresentam tolerância. Porém, permanecem maior tempo em analgesia ao final do tratamento do que no 1º dia. Além disto, após dois dias do término do tratamento os animais apresentaram alterações na atividade e expressão gênica da NTPDase 1 (enzima que hidrolisa ATP até adenosina) em medula espinal e córtex cerebral, sugerindo modulação nos níveis extracelulares de nucleotídeos, o que pode levar alterações na resposta nociceptiva. Além do sistema purinérgico outro importante sistema no processamento da resposta nociceptiva é o glutamatérgico. Desde o período neonatal o glutamato é o responsável pelos estímulos nociceptivos em medula espinal...

Ausência de efeito antinociceptivo decorrente da administração intravenosa de crotalfina em comparação com morfina, U50-488H ou fenilbutazona em equinos submetidos à estimulação térmica da pele íntegra

Guirro, Erica Cristina Bueno do Prado; Perotta, João Henrique; Paula, Márcio de; Cury, Yara; Valadão, Carlos Augusto Araújo
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Publicador: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 743-749
POR
Relevância na Pesquisa
16.89%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Crotalfina é um novo peptídeo analgésico que atua em receptores opioides kappa e delta promovendo potente analgesia em ratos submetidos a modelos de dor inflamatória, neuropática ou oncológica. Talvez a crotalfina possa ser utilizada para tratar a dor em outras espécies. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar a resposta nociceptiva na região escapular e isquiática de cavalos tratados com crotalfina, morfina, U50-488H ou fenilbutazona e submetidos à estimulação térmica na pele íntegra. Dezoito cavalos da raça Puro Sangue Árabe foram alocados em cinco grupos experimentais: GC (5mL NaCl 0,9%), GCRO (3,8mg.kg-1 crotalfina), GK (160 µg.kg-1 U50-488H), GM (0,1mg.kg-1 morfina) e GF (4,4mg.kg-1 fenilbutazona). Os animais foram submetidos ao modelo de dor inflamatória por meio de estimulação térmica (140°C) e durante 24h avaliou-se a latência para o reflexo do frêmito cutâneo na região escapular (LRFCesc) e isquiática (LRFCisq). O U50-488H apresentou efeito antinociceptivo na região isquiática por duas horas, porém, nos demais momentos do grupo GK, bem como nos grupos GC...

Triagem farmacológica em cultura de células tumorais, em modelos de nocicepção e de ansiedade (Banisteriopsis caapi e Psychotria viridis); Pharmacological screening of ayahuasca in tumor cells culture, nociception and anxiety (Banisteriopsis caapi and Psychotria viridis)

Mariana Cecchetto Figueiredo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/11/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.89%
Este trabalho teve como objetivo realizar uma triagem inicial da ayahuasca em cultura de células e em modelos de nocicepção e ansiedade. A ayahuasca é uma decocção de duas plantas (Banisteriopsis caapi e Psychotria viridis) com ação alucinógena, utilizada por diversas religiões no Brasil. As principais substâncias relacionadas com as atividades no sistema nervoso central são a DMT(dimetiltriptamina), agonista serotoninérgico dos receptores 5HT1A, 2A/2C e as β-carbolinas, inibidoras da monoaminoxidase-A (MAO), encontradas na P. viridis e B. caapi, respectivamente. Nos últimos anos, a ayahuasca se espalhou pela Europa e Estados Unidos, chamando a atenção dos pesquisadores quanto aos seus efeitos. Desta forma, o presente trabalho revelou que a ayahuasca possui atividade sobre a nocicepção em modelos de contorção abdominal e placa quente, atividade ansiolítica em ratos submetidos aos testes de labirinto em cruz elevado (LCE) e efeito citostático leve em cultura de células tumorais humanas de mama (MCF-7), rim (786-0), pulmão (NCI-H460), próstata (PC-3), ovário (OVCAR-3), cólon (HT-29), mama resitente a múltiplas drogas (NCI-ADR).; This study aimed to perform an initial screening of ayahuasca in cultured cells and in models of nociception and anxiety. Ayahuasca is a decoction of two plants (Banisteriopsis caapi and Psyvhotria viridis) with hallucinogenic action...

Análise comportamental e farmacológica da nocicepção cutânea e articular induzida por formalina

Vanz, Felipe
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 105 p.| il., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
16.89%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Farmacologia, Florianópolis, 2014.; A dor clínica possui um caráter multidimensional, mas a sua dimensão afetiva é pouco explorada nos testes de nocicepção. Sendo assim, o presente trabalho objetivou comparar os modelos de nocicepção persistente cutânea e articular, através da observação comportamental e da manipulação farmacológica (morfina, midazolam e pentilenotetrazol), buscando um modelo mais preditivo para o desenvolvimento de fármacos analgésicos. Para tanto, foram utilizados ratos Wistar machos (250-300 g), submetidos à administração intraplantar ou intra-articular de formalina 2%. Foram mensurados comportamentos nocifensivos e demais comportamentos habituais afetados pela nocicepção ? o interesse pelo ambiente, evidenciado pela exploração vertical, e o interesse por si próprio, evidenciado pela autolimpeza. Um perfil distinto de respostas nocifensivas foi observado nos dois modelos. O lamber/morder de pata foi o comportamento induzido pela formalina intraplantar que demonstrou maior semelhança temporal com o levantar sustentado do membro, induzido pela formalina intra-articular. A formalina intraplantar suscitou comportamento proativo...

Efeito terapêutico do galato de etila na nocicepção neuropática e induzida por algógenos em camundongos

Coelho, Igor dos Santos
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 91 p.| il., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
16.89%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Neurociências, Florianópolis, 2014.; O galato de etila (GE) é um composto fenólico encontrado em um grande número de espécies de plantas, como por exemplo: Phyllanthus urinaria, Pistacia integerrima, Lagerstroemia speciosa; e possui diversos efeitos biológicos comprovados em estudos ?in vivo? e ?in vitro?. O principal objetivo deste estudo foi avaliar o efeito antinociceptivo do GE na dor crônica de origem neuropática induzida pela ligadura parcial do nervo isquiático (LPNI), além de investigar os mecanismos de ação subjacentes a este efeito em camundongos. O GE (10 e 100 mg/kg), administrado intragastricamente (i.g.), foi capaz de reduzir a hiperalgesia mecânica (avaliada através do filamento de von Frey) e térmica ao frio (avaliada através do teste da acetona) induzida pela LPNI. Além disso, o GE (100 mg/kg, i.g.) também reduziu as concentrações de citocinas pró-inflamatórias IL-1ß, IL-6 e TNF-a na medula espinal dos animais submetidos à LPNI. O GE (100 mg/kg, i.g.) causou uma redução significativa da resposta nociceptiva induzida pela injeção intratecal de agonistas dos receptores glutamatérgicos inotrópicos do tipo NMDA...

Efeitos das Correntes diadinâmicas de Bernard sobre a nociceptividade e edema no trauma tendíneo de ratos

Karvat,Jhenifer; Meireles,Anamaria; Rocha,Bruno Pogorzelski; Rosa,Camila Thieimi; Silva,Lígia Inez; Bertolini,Gladson Ricardo Flor
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Paraná Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
28.36%
INTRODUÇÃO: O tratamento fisioterapêutico é utilizado para minimizar prejuízos do processo inflamatório. Destaca-se o uso da eletroterapia, sendo as Correntes diadinâmicas de Bernard (CDB) um dos recursos possíveis, porém com poucas evidências na literatura. OBJETIVO: Analisar os efeitos das CDB sobre a nociceptividade e edema no trauma tendíneo de ratos. MATERIAIS E MÉTODOS: A amostra foi composta por 18 ratos Wistar, divididos em: grupo controle (GC); grupo do polo negativo (GP-); e grupo do polo positivo (GP+). Os animais tiveram seu tendão calcâneo direito, traumatizado com energia de 0,4 J. Para avaliar a nociceptividade, utilizou-se o analgesímetro digital tipo "Von Frey", o qual se aplicou no tendão lesado. E para avaliar o edema utilizou-se um paquímetro. O tratamento foi realizado com as correntes DF, CP e LP (3 minutos cada), diariamente, em cindo sessões de terapia. RESULTADOS: Na avaliação da nociceptividade, houve diferença significativa com o momento pós-lesão, somente nas duas últimas avaliações no GP+. Na avaliação do edema obteve-se retorno aos valores basais apenas para GP+. CONCLUSÃO: Somente o polo positivo das diadinâmicas de Bernard foi eficaz em diminuir a nociceptividade e o edema em ratos submetidos a trauma no tendão de calcâneo.

Ausência de efeito antinociceptivo decorrente da administração intravenosa de crotalfina em comparação com morfina, U50-488H ou fenilbutazona em equinos submetidos à estimulação térmica da pele íntegra

Guirro,Erica Cristina Bueno do Prado; Perotta,João Henrique; Paula,Márcio de; Cury,Yara; Valadão,Carlos Augusto Araújo
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.89%
Crotalfina é um novo peptídeo analgésico que atua em receptores opioides kappa e delta promovendo potente analgesia em ratos submetidos a modelos de dor inflamatória, neuropática ou oncológica. Talvez a crotalfina possa ser utilizada para tratar a dor em outras espécies. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar a resposta nociceptiva na região escapular e isquiática de cavalos tratados com crotalfina, morfina, U50-488H ou fenilbutazona e submetidos à estimulação térmica na pele íntegra. Dezoito cavalos da raça Puro Sangue Árabe foram alocados em cinco grupos experimentais: GC (5mL NaCl 0,9%), GCRO (3,8mg.kg-1 crotalfina), GK (160 µg.kg-1 U50-488H), GM (0,1mg.kg-1 morfina) e GF (4,4mg.kg-1 fenilbutazona). Os animais foram submetidos ao modelo de dor inflamatória por meio de estimulação térmica (140°C) e durante 24h avaliou-se a latência para o reflexo do frêmito cutâneo na região escapular (LRFCesc) e isquiática (LRFCisq). O U50-488H apresentou efeito antinociceptivo na região isquiática por duas horas, porém, nos demais momentos do grupo GK, bem como nos grupos GC, GCRO, GM e GF, não foi observado efeito antinociceptivo, visto que a LRFCesc e a LRFCisq na pele íntegra de cavalos não aumentaram em 24 horas de avaliação. Portanto...

Padronização de modelo experimental adequado a estudos do efeito do exercício na artrite

Gomes,Raquel Pinheiro; Bressan,Elisangela; Silva,Tatiane Morgana da; Gevaerd,Monique da Silva; Tonussi,Carlos Rogério; Domenech,Susana Cristina
Fonte: Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein Publicador: Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.89%
OBJETIVO: Padronizar um modelo experimental de monoartrite crônica induzida por adjuvante completo de Freund apropriado à análise do efeito da deambulação na nocicepção e no edema articular. MÉTODOS: Foram avaliados os seguintes fatores para a indução da monoartrite: via e local de administração, número e intervalo das inoculações, espécie de micobactéria e gênero dos animais. Para tanto, ratos Wistar machos e fêmeas (200 a 250g) receberam duas injeções de adjuvante completo de Freund contendo Mycobacterium tuberculosis (1,0mg/mL; 50µL) ou Mycobacterium butiricum (0,5mg/mL; 50µL) intra-articular nas articulações tibiotársica ou tibiofemural ou, ainda, uma injeção de adjuvante completo de Freund (Mycobacterium butiricum ou tuberculosis) intradérmica na base da cauda e outra intra-articular (tibiotársica ou tibiofemural). Os animais foram submetidos à avaliação da incapacitação e edema articulares. A incapacitação articular foi avaliada pelo tempo de elevação da pata (em segundos) durante a marcha de 1 minuto. O edema da articulação tibiofemural foi avaliado pela variação do diâmetro articular (cm). O edema da articulação tibiotársica foi medido pelo volume da pata (mL). RESULTADOS: A administração de adjuvante completo de Freund...

Avalia??o neurocomportamental, antinociceptiva e antioxidante do extrato hidroalco?lico de Eupatorium ayapana Vent (Asteraceae)

MELO, Ademar Soares
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.89%
O Eupatorium ayapana Vent., da fam?lia Asteraceae, conhecida popularmente como japana ? utilizada em infus?es, decoc??o, banhos e ch?, com a??o sedativa, febr?fuga, estimulante e t?nica, utilizada tamb?m no combate ? ins?nia, dor de cabe?a, dor de garganta, diarr?ia, etc., sendo muito utilizada pela popula??o amaz?nica. Este estudo avaliou a a??o de diferentes doses do extrato hidroalco?lico de Eupatorium ayapana Vent (EHAEA) sobre o comportamento de ratos Wistar, na faixa et?ria de 2 meses. Foram utilizados 8 grupos de ratos machos (n= 7-10), divididos em controle, droga padr?o de a??o ansiol?tica (diazepam), droga padr?o de a??o antidepressiva (fluoxetina) e 5 doses do extrato (100, 200, 400, 600, 800 mg/Kg), que foram solubilizados com tween 80 a 1%. A administra??o do extrato foi realizada de forma aguda por gavagem. No teste de toxicidade oral realizado, verificou-se que o extrato n?o ? t?xico. Os testes comportamentais utilizados foram: o campo aberto, o Labirinto em Cruz Elevado (LCE) e o nado for?ado. Ap?s os testes comportamentais foi realizada a coleta de sangue na regi?o do plexo retroorbital dos ratos, para avalia??o dos n?veis de estresse oxidativo como: Capacidade Antioxidante Total, malondialde?do (MDA) e NO...

Antinociceptive effects of the essential oil of Mentha x villosa leaf and its major constituent piperitenone oxide in mice

SOUSA, Pergentino Jos? da Cunha; LINARD, Cybelle Facanha Barreto Medeiros; BATISTA, Danilo de Azevedo; OLIVEIRA, Aricl?cio Cunha de; SOUZA, Andrelina Noronha Coelho de; CARDOSO, Jos? Henrique Leal
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
16.89%
Mentha x villosa Huds (Labiatae) is an aromatic herb widely used in folk medicine. Since the essential oil of the herb has many pharmacological activities, including antispasmodic effects, we determined whether the oil and its major constituent, piperitenone oxide (PO), have antinociceptive activity. The essential oil of M. x villosa (EOMV) and PO administered orally at 200 mg/kg (vehicle: 0.1% Tween 80 in water) significantly reduced the writhings induced by acetic acid from control values of 59.5 ? 3.1 s (N = 10) to 31.9 ? 2.8 s (N = 10) and 23.8 ? 3.4 s (N = 10), respectively. When administered at 100 and 200 mg/kg, EOMV reduced the paw licking time for the second phase of the formalin test from the control value of 20.6 ? 2.1 s (N = 13) to 5.3 ? 2.2 s (N = 12) and 2.7 ? 1.2 s (N = 18), respectively. At 100 and 200 mg/kg, PO reduced this second phase to 8.3 ? 2.7 s (N = 12) and 3.0 ? 1.2 s (N = 10), respectively. This effect of EOMV and PO was not reversed by naloxone. EOMV and PO had no significant effect on the first phase of the formalin test. As evaluated by the hot-plate and tail immersion test, EOMV and PO, at doses up to 200 mg/kg, showed no analgesic activity. These results show that EOMV and PO have antinociceptive activity and suggest that this effect is probably an indirect anti-inflammatory effect...

Efeitos da estimulação cerebral profunda bilateral do núcleo subtalâmico sobre a sensibilidade e a dor em indivíduos com doença de Parkinson idiopática; Effects of bilateral deep brain stimulation of the subthalamic nucleus on sensibility and pain in patients with Parkinson's disease

Cury, Rubens Gisbert
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
16.89%
A Doença de Parkinson (DP) é causada pela degeneração progressiva de neurônios no sistema nervoso central, principalmente os neurônios dopaminérgicos nigroestriatais, levando a sintomas motores como a bradicinesia, rigidez e tremor. Os sintomas não motores (SNM), como a dor, estão presentes em muitos doentes e representam um impacto negativo na qualidade de vida. A estimulação encefálica profunda é um tratamento bem estabelecido para o tratamento dos sintomas motores da DP. Entretanto, o seu impacto sobre os sintomas não motores ainda é bastante desconhecido. O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos da EEP sobre as diferentes características da dor e sensibilidade, e de outros SNM nos indivíduos com DP. Foram avaliados 41 indivíduos com diagnóstico de DP (14 do sexo feminino), idade de 60 ± 10,4 anos, com 15 ± 7,6 anos da duração da doença e estágio intermediário de evolução (Escala de Hoehn & Yahr = 2,80 ± 0,64). Os doentes foram submetidos a implante de sistema de estimulação bilateral do núcleo subtalâmico guiado por eletrofisiologia intraoperatória. Foram avaliados, prospectivamente, antes e um ano após, o procedimento de forma encoberta. O desfecho principal foi a mudança da prevalência da dor após a cirurgia. Os desfechos secundários incluíam mudanças nos sintomas motores (UPDRS parte III)...

Impacto da utilização crônica de cafeína no período gestacional e neonatal em ratos wistar : parâmetros comportamentais e neuroquímicos

Souza, Ana Cláudia de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.89%
Introdução: Estudos em animais e em humanos demonstram que o alto consumo de cafeína pode promover riscos e complicações obstétricas podendo resultar em eventos teratogênicos na prole, como alterações esqueléticas, retardo no crescimento intrauterino e baixo peso ao nascer e a partos prematuros. Embora a relação entre o consumo de cafeína durante a gravidez e seus efeitos tóxicos sobre o desenvolvimento embrionário venham sendo alvo de vários estudos, seus mecanismos ainda não estão totalmente esclarecidos. Objetivos: avaliar os efeitos da utilização crônica de cafeína no período gestacional e neonatal sobre o desenvolvimento da prole, reflexos motores, comportamentos, resposta nociceptiva, atividade e expressão em hipocampo da acetilcolinesterase e, atividade de ectonucleotidases em medula espinhal de ratos. Métodos: o ciclo estral das ratas com aproximadamente 90 dias (peso 200-300 g) foi avaliado por meio de esfregaço de lavado vaginal. Sendo a prenhez confirmada, as ratas foram divididas em 3 grupos experimentais: (1) controle; (2) cafeína; e (3) abstido de cafeína. As ratas controles recebiam somente água, as do grupo cafeína recebiam 0,3 g/L de solução de cafeína diluída em água e as abstidas recebiam a mesma solução até o 7º dia de vida pós-natal (P7) da prole...

Validation of a Brazilian quantitative sensory testing (QST) device for the diagnosis of small fiber neuropathies=Validação de um aparelho brasileiro de teste de quantificação sensitiva brasileiro para o diagnóstico de neuropatia de fibras finas; Validação de um aparelho brasileiro de teste de quantificação sensitiva brasileiro para o diagnóstico de neuropatia de fibras finas

Schestatsky, Pedro; Stefani, Luciana Paula Cadore; Sanches, Paulo Roberto Stefani; Silva Junior, Danton Pereira da; Torres, Iraci Lucena da Silva; Dall'Agnol, Letizzia; Balbinot, Luciane Fachin; Caumo, Wolnei
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
16.89%
Teste de quantificação sensitiva (TQS) significa determinação de limiares de percepção sensitiva frente a um estímulo de intensidade controlada. Nosso objetivo foi validar um novo equipamento de TQS adaptado à população brasileira. Em 20 adultos saudáveis, limiares termoalgésicos foram avaliados, utilizando um aparelho protótipo do TQS (Heat Pain Stimulator-1.1.10; Brazil). Foi utilizado um termodo de 30 × 30 mm2, com estímulo térmico de 1°C/s. A média dos limiares de três estímulos consecutivos foi obtida em duas sessões diferentes, separadas por pelo menos 2 semanas. Adicionalmente, foram aplicados estímulos térmicos dolorosos de longa duração. Para avaliar a consistência do nosso método, foram também analisados 11 pacientes com neuropatia de fibras finas. Os resultados mostraram boa reprodutibilidade dos limiares de percepção nos indivíduos saudáveis, assim como limiares anormais nos pacientes. Em conclusão, nosso aparelho de TQS apresentou boa confiabilidade ao analisar a via nociceptiva de controles e pacientes.; Quantitative sensory testing (QST) is defined as the determination of thresholds for sensory perception under controlled stimulus. Our aim was to validate a new QST device for Brazilian sample. In 20 healthy adults...

Avaliação da atividade antinociceptiva e anti-inflamatória do extrato etanólico de Punica granatum L. (ROMÃ); Evaluation of antinociceptive and anti-inflammatory activities of Punica granatum ethanolic extract (POMEGRANATE)

Vieira, Ana Carolina Santana
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; Brasil; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; Brasil; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; UFAL
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
16.89%
Despite existing several pharmacological alternatives, it is growing the number of researchers interested in studying the pathophysiology and mediators of inflammation, because the drugs that are currently available on the market have limited efficiency and/ or have adverse effects that limit their use. Thus, it is necessary to continue the research in the search for more effective options. One alternative is the use of Punica granatum (pomegranate) that in the literature there are reports of the use of many of its parts in the treatment of infectious and inflammatory diseases. Considering the results obtained in previous studies on the actions of P. granatum and the need to increase the knowledge about their applications, this study aimed to evaluate the anti-nociceptive and anti-inflammatory potencial effects of ethanolic extract from fruits peels's Punica granatum (EEPG). Peels, from Maragogi-AL, were lyophilized, grinded, macerated in ethanol PA, filtered and the final product rotaevaporated, obtaining 65 g EEPG in which the phytochemical analysis revealed the presence of flavonoids, tannins and saponins. Toxicity tests were performed in vitro (MTT assay at doses of 1, 10 and 100 mg/ mL) and in vivo (acute toxicity test at doses of 500 and 1000 mg/ kg). To evaluate the antinociceptive activity were used as experimental models: writhing test induced by acetic acid...