Página 1 dos resultados de 595 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Modelo de avaliação de eficácia terapêutica em jogadores patológicos: a contribuição da neuropsicologia; An assessment model of treatment for pathological gambling: a neuropsychological contribution

Rossini, Danielle
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
Avaliou-se como o tratamento de jogadores patológicos (JP) impacta processos mentais através de medidas neuropsicológicas associadas à impulsividade (tarefas tradicionais, computadorizadas e comportamentais) e a relação destas com variáveis tradicionais de tratamento (fissura, distorções cognitivas e comportamento de jogo). Compararam-se os resultados pré e pós-tratamento de 72 JP (56% homens) em tratamento ambulatorial. Observaram-se melhoras significativas em medidas neuropsicológicas de amplitude atencional, controle inibitório e adiamento de gratificação, bem como em medidas de auto-relato de comportamento de jogo, fissura, distorções cognitivas, afetividade negativa e impulsividade. Estas variáveis foram introduzidas em um modelo de análise de componentes principais (ACP) e os três fatores obtidos foram comparados entre respondedores e não respondedores a tratamento. Mostraram-se capazes de distinguí-los os fatores Distorções Cognitivas/Afetos Negativos e Fissura/Controle Inibitório, mas não o fator Inquietação Motora; indicando quais medidas clínicas e aspectos neuropsicológicos podem contribuir para avaliação da eficácia terapêutica, auxiliando na distinção entre JP recuperados e não recuperados. Descritores: neuropsicologia/métodos...

Neuropsicologia e psicologia do trânsito versus embriaguez no volante

Rubin, Amabile Daine Nogueira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.3%
Esse estudo revisou materiais que tratam das interfaces da Neuropsicologia e da Psicologia do Trânsito com as questões de embriaguez no trânsito. Viu-se que a área de estudo da psicologia do trânsito não deve se restringir à segurança dos automóveis, mas também englobar o estudo do comportamento humano nos meios de transporte, e que, a neuropsicologia, com seu conhecimento sobre os efeitos que o uso e dependência do álcool trazem ao organismo, é indispensável ao pensarmos sobre estas questões. Concluiu-se que se faz necessário um amplo trabalho sobre o comportamento no contexto viário, sobre o impacto do uso do álcool no sistema nervoso, somado a um trabalho educativo, preventivo, interventivo e normativo eficaz, que atinja principalmente os futuros condutores e os jovens condutores com o objetivo de desenvolver atitudes compatíveis com a almejada segurança no trânsito.

Desenvolvimento Histórico e Fundamentos Metodológicos da Neuropsicologia Cognitiva

Kristensen,Christian Haag; Almeida,Rosa Maria Martins de; Gomes,William Barbosa
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2001 PT
Relevância na Pesquisa
37.41%
A neuropsicologia cognitiva é apresentada em seu desenvolvimento histórico e principais mudanças metodológicas. Os debates ontológicos sobre as relações entre mente e cérebro na história da psicologia são apresentados. O surgimento da neuropsicologia é descrito como resultante dos estudos sobre as relações entre afasia e lesões cerebrais. A pesquisa sobre cognição, uma forte ênfase na psicologia nas últimas quatro décadas, é reconhecida como uma contribuição na compreensão das operações mentais humanas. Tais desenvolvimentos acabaram por fortalecer as relações entre cérebro e mente. As principais propostas metodológicas em neuropsicologia cognitiva são discutidas com especial ênfase nos seguintes aspectos: debates entre estudos de caso e estudos de grupo; dissociações entre tarefas cognitivas; e avanços e limitações das técnicas de neuroimagem. Finalmente, descreve-se o processo histórico de organização científica e profissional da área.

A aplicação da neuropsicologia na pesquisa experimental: o exemplo da intoxicação por vapor de mercúrio

Taub,Anita; Zachi,Elaine Cristina; Teixeira,Rosani Aparecida Antunes; Faria,Marcília da Araújo Medrado; Ventura,Dora Fix
Fonte: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.41%
O desenvolvimento da neuropsicologia acompanhou a evolução do estudo do cérebro desde os registros mais antigos. A ciência neuropsicológica faz uso de medidas quantitativas de desempenho e tecnologias para produção de neuroimagem que, em conjunto, permitem a observação das relações cérebro-comportamento. No âmbito experimental, a neuropsicologia tem revelado novos conhecimentos na investigação de alterações cognitivas, psicomotoras ou comportamentais associadas a patologias congênitas ou adquiridas. No presente artigo são abordados aspectos históricos da neuropsicologia experimental e apresentados os principais resultados de um estudo referente às alterações neuropsicológicas de pacientes com histórico de intoxicação por vapor de mercúrio, presentes anos após o período de exposição ao metal.

Aspectos históricos da neuropsicologia: subsídios para a formação de educadores

Pinheiro,Marta
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
A neuropsicologia é uma ciência do século XX, mas as raízes da sua história remontam a Antigüidade. O objetivo deste estudo é discutir aspectos da história da neuropsicologia, desde a sua origem até o seu surgimento e estabelecimento enquanto ciência, com o objetivo de fornecer subsídios a educadores interessados no estudo das dificuldades e dos distúrbios de aprendizagem. Uma teoria da aprendizagem efetiva deve levar em conta os substratos anatômicos cerebrais e os mecanismos neurofisiológicos do comportamento, pois só assim o educador poderá compreender o nãoaprender do aluno e, conseqüentemente, adotar estratégias adequadas para superá-lo.

Reflexões sobre desenvolvimento humano e neuropsicologia na obra de Vigotski

Andrade,Joana de Jesus de; Smolka,Ana Luiza Bustamante
Fonte: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá Publicador: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.41%
O presente texto configura-se como um ensaio teórico acerca do tema desenvolvimento humano na obra de Lev Vigotski, bem como das implicações desse tema para a Neuropsicologia na obra de Alexander Luria. O trabalho foi feito com base nas obras completas em espanhol de Vigotski e nas obras em português de Vigotski e de Luria. Foram eleitos como focos de investigação considerações acerca do funcionamento cerebral humano, do conceito de compensação, dos estudos sobre deficiência e do conceito de Sistema Funcional Complexo. Apesar de os inúmeros estudos e diferentes traduções da obra de Vigotski terem ampla divulgação e repercussão, principalmente nos campos da Psicologia e da Educação, questões concernentes à Neuropsicologia não têm tido igual relevância. Em vista disto este texto procura realçar as contribuições e a fecundidade da obra no que se refere à originalidade das ideias do autor acerca dos estudos da Neuropsicologia e do desenvolvimento humano.

Estimulação magnética transcraniana na neuropsicologia: novos horizontes em pesquisa sobre o cérebro

Boggio,Paulo Sérgio; Fregni,Felipe; Rigonatti,Sérgio Paulo; Marcolin,Marco Antônio; Silva,Maria Teresa Araujo
Fonte: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP Publicador: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
Esta revisão discute o uso da estimulação magnética transcraniana como ferramenta de pesquisa das funções neuropsicológicas. A estimulação magnética transcraniana é uma técnica não-invasiva e praticamente indolor em seres humanos conscientes, baseada em um campo magnético variável. Tal técnica possibilita a geração, em pessoas saudáveis, de lesões temporárias virtuais ou, também, de aumento da atividade das áreas estimuladas, permitindo o estudo do comportamento e da cognição de maneira mais estruturada e precisa. Nesta revisão são apresentados trabalhos com estimulação magnética transcraniana nos quais foram estudados aspectos da linguagem, memória e baterias neuropsicológicas em protocolos de pesquisa clínica. Conclui-se que estudos com estimulação magnética transcraniana abrem novas perspectivas e possibilidades no campo da Neuropsicologia na medida em que fornecem elementos para o aprofundamento do conhecimento sobre as correlações entre cognição e córtex.

Congreso de Neuropsicología

FILMUS [Ministro]
Fonte: Ministério da Educação da Argentina Publicador: Ministério da Educação da Argentina
Tipo: legislation
Relevância na Pesquisa
37.3%
Auspiciar el Congreso de la Sociedad Latinoamericana de Neuropsicología, 10, organizado por la Sociedad Latinoamericana de Neuropsicología, a llevarse a cabo en la Ciudad Autónoma de Buenos Aires, entre los días 6 a 9 de noviembre de 2007

Neuropsicología de la percepción y la expresión facial de emociones : estudios con niños y primates no humanos

Loeches Alonso, Ángela; Carvajal Molina, Fernando; Serrano, Juan Manuel; Fernández Carriba, Samuel
Fonte: Murcia: Universidad de Murcia, Servicio de Publicaciones Publicador: Murcia: Universidad de Murcia, Servicio de Publicaciones
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.13%
Este estudio revisa diferentes investigaciones sobre la neuropsicología de la percepción y la expresión facial de emociones en niños y en primates no humanos. Se parte de las teorías neodarwinianas sobre el origen de la emoción, que presuponen la existencia de circuitos cerebrales específicos para la expresión y comprensión del afecto y consideran que estos comportamientos son innatos y filogenéticamente determinados . A partir de la literatura examinada, las conclusiones principales que pueden extraerse son las siguientes: (1) A lo largo del primer año de vida los niños manifiestan capacidades básicas para reconocer emociones. Entre otros correlatos neurobiológicos, se ha observado que este proceso se corresponde con una mayor actividad del hemisferio cerebral derecho, frente al izquierdo. (2) En primates no humanos, y desde distintas aproximaciones experimentales, se ha encontrado un patrón similar al de nuestra especie en tareas de reconocimiento y discriminación de expresiones faciales de emociones.(3) Los lactantes expresan emociones con acciones musculares similares a las descritas en adultos. La mayoría de los autores señalan que el hemisferio cerebral derecho muestra una mayor implicación que el izquierdo...

Reflexões sobre desenvolvimento humano e neuropsicologia na obra de Vigotski; Reflections on human development and neuropsychology in the Vygotsky' works; Reflexiones sobre el desarrollo humano y neuropsicología en Vygotsky

Andrade, Joana de Jesus de; Smolka, Ana Luiza Bustamante
Fonte: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá Publicador: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.55%
O presente texto configura-se como um ensaio teórico acerca do tema desenvolvimento humano na obra de Lev Vigotski, bem como das implicações desse tema para a Neuropsicologia na obra de Alexander Luria. O trabalho foi feito com base nas obras completas em espanhol de Vigotski e nas obras em português de Vigotski e de Luria. Foram eleitos como focos de investigação considerações acerca do funcionamento cerebral humano, do conceito de compensação, dos estudos sobre deficiência e do conceito de Sistema Funcional Complexo. Apesar de os inúmeros estudos e diferentes traduções da obra de Vigotski terem ampla divulgação e repercussão, principalmente nos campos da Psicologia e da Educação, questões concernentes à Neuropsicologia não têm tido igual relevância. Em vista disto este texto procura realçar as contribuições e a fecundidade da obra no que se refere à originalidade das ideias do autor acerca dos estudos da Neuropsicologia e do desenvolvimento humano.

La simulación de disfunción neurocognitiva en el campo de la neuropsicología forense. Aproximaciones teóricas/ Malingering neurocognitive dysfunction in the field of forensic neuropsychology. Theoretical approximations

Isabel Cristina Puerta Lopera; Universidad del Norte; Juan Diego Betancur Arias; Universidad del Norte; Jorge Alfredo Herrera Pino; Universidad del Norte
Fonte: Psicología desde el Caribe Publicador: Psicología desde el Caribe
Tipo: article; publishedVersion
SPA
Relevância na Pesquisa
37.3%
ResumenSe presenta una revisión teórica de aspectos cruciales en el peritaje neuropsicológico que permita evaluar y detectar la posible Simulación de Disfunción Neurocognitiva (SDN) en ambientes jurídicos-legales.En los últimos años la neuropsicología ha aportado un gran número de estudios relacionados con la exageración o desproporción de síntomas cognitivos motivados por incentivos externos y este conocimiento brindará la oportunidad de una actuación relevante de los neuropsicólogos en el Sistema Penal Acusatorio colombiano, de tal manera que se pueda contribuir con la administración de la justicia con aportes científicos y claramente delimitados en el campo de la neuropsicología forense (Doerr & Carlin, 1991), de acuerdo con los criterios diagnósticos establecidos para la detección de la simulación contemplados en el Manual de Diagnóstico y Estadística de los Trastornos Mentales-IV (APA, 1994) y por Slick, Sherman e Iverson (1999).AbstractIn this article, a revision of the fundamental theoretical issues in neuropsychological expert witness participation are explored with particular emphasis on the evaluation and detection of possibleMalingering Neurocognitive Dysfunction (MND) in forensic settings. Within the past few years...

Contribution from neuropsychology to the study of semantic memory; Contribución desde la neuropsicología al estudio de la memoria semántica

Vivas, Leticia; García García, Ricardo
Fonte: Universidade do Rosário Publicador: Universidade do Rosário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 26/01/2011 SPA
Relevância na Pesquisa
37.49%
Semantic memory has been studied from various fields. The first models emerged from cognitive psychology from the hand of the division proposed by Tulving between semantic and episodic memory. Over the past thirty years there have been parallel developments in the fields of psycholinguistics, cognitive psychology and cognitive neuropsychology. The present work is to review the contributions that have emerged within the neuropsychology to the study of semantic memory and to present an updated overview of the points of consensus. First, it is defined the term "semantics" conceptually within the field of neuropsychology. Then, there is a dichotomy that passes through both psychological and neuropsychological models on semantic memory: the existence of modals versus amodal representations. Third, there are  developed the main theoretical models in neuropsychology that emerged in an attempt to explain categoryspecific semantic deficits. Finally, more robust contributions and points that still generate some discussion are reviewed.; La memoria semántica ha sido estudiada desde diversos campos. Los primeros modelos surgieron desde la psicología cognitiva de la mano de la división propuesta por Tulving entre memoria semántica y episódica. En los últimos treinta años se han producido desarrollos en paralelo en los campos de la psicolingüística...

Caracterización neuropsicológica de una población infantil urbana a través de la Evaluación Neuropsicológica Infantil Puebla-Sevilla; Caracterização neuropsicológica de uma população infantil urbana através da Avaliação neuropsicológica infantil Puebla-Sevilla; Neuropsychological Characterization of an Urban Infant Population by Means of a Neuropsychological Evaluation of Children in Puebla-Sevilla

Solovieva, Yulia; Loredo, Deyanira; Docente de la Fac. de Psicologia de la Univerisdad Autónoma de San Luis Potosí; coordinadora de C.A.I.D.E.C. Unidad de Memoria; Quintanar, Luis; Coordinador de la Maestria en neuropsicología, BUAP; Lázaro, Emelia; D
Fonte: Pontificia Universidad Javeriana Cali Publicador: Pontificia Universidad Javeriana Cali
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; "Artículo revisado por pares"; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artículo Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
SPA; ENG; POR
Relevância na Pesquisa
37.55%
Objetivo. Recientemente se han desarrollado instrumentos de evaluación en la Neuropsicología infantil, sin embargo, se requiere continuar las investigaciones intentando combinar las posibilidades del análisis observacional y cuantitativo de los resultados. Es necesario precisar las características de ejecución con base en parámetros como edad, escolaridad, procedencia de las poblaciones infantiles. El objetivo del artículo es caracterizar los tipos de ejecuciones de niños mexicanos preescolares y escolares normales urbanos, a través de una evaluación neuropsicológica. Método. Participaron 210 niños de preescolares y primarias urbanas. A todos se les aplicó la Evaluación Neuropsicológica Infantil Puebla-Sevilla (Solovieva, Quintanar y León-Carrión, 2013), instrumento derivado de las propuestas de la Neuropsicología cultural, dirigido a valorar el estado funcional de los mecanismos neuropsicológicos. Resultados. Los resultados mostraron diferencias cualitativas y cuantitativas específicas de los tipos de respuestas de los niños dependientes del grado escolar. En los niños preescolares se observó la mayor cantidad de errores en las tareas que valoran los mecanismos de regulación y control, organización secuencial de movimientos y acciones e integración espacial. Los errores disminuyeron notablemente a partir del tercer grado escolar...

Interface entre neuropsicologia e psicopatologia: funções executivas, variáveis clínicas, qualidade de vida e funcionalidade na depressão e no transtorno bipolar

Cotrena, Charles
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.13%
Atualmente a neuropsicologia contribui à psicopatologia pela busca e identificação de características cognitivas de diferentes quadros psicopatológicos, e sua relação com fatores clínicos, demográficos, de capacidade funcional e qualidade de vida. Neste contexto, o transtorno depressivo maior (TDM) e o transtorno bipolar (TB) tem sido alvo de diversas investigações, embora ainda preliminares e com limitada aplicabilidade clínica e generalizabilidade devido a sua heterogeneidade metodológica. Assim, o objetivo desta pesquisa foi investigar a interrelação entre fatores cognitivos, clínicos, demográficos, a qualidade de vida e funcionalidade de amostra naturalística de pacientes com TDM e TB, comparados a participantes saudáveis. O primeiro estudo visou a identificar diferenças entre o TDM, TBI, TBII e participantes controles quanto aos processos neurocognitivos de funções executivas, atencão e velocidade de processamento. Pacientes com TDM apresentaram prejuízos na atenção sustentada e dividida, memória de trabalho, fluência verbal livre, controle inibitório e tomada de decisão, especialmente em tarefas envolvendo avaliações temporais de desempenho. Pacientes com TBII apresentaram desempenho heterogêneo...

Neuropsychology in experimental research: Mercury intoxication as an example of application; La neuropsychologie en recherche experimental: l'intoxication par mercure comme un exemple d'application; A aplicação da neuropsicologia na pesquisa experimental: o exemplo da intoxicação por vapor de mercúrio

Taub, Anita; Zachi, Elaine Cristina; Teixeira, Rosani Aparecida Antunes; Faria, Marcília da Araújo Medrado; Ventura, Dora Fix
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2006 POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
Le dévelopment de la neuropsychologie a accompagné l'étude du cerveau dès ces plus anciens régistres. La science neuropsychologique s'utilise des mésures quantitatives de performance et des téchnologies pour la production de neuroimage, qui permettent l'observation des relations cerveau-comportement. Sur le champ experimental, la neuropsychologie a revelé des résultats dans les investigations des alterations cognitives, psychomotrices, ou comportamentales associés aux patologies génétiques ou acquises. Dans cet article on abordera les aspects historiques de la neuropsychologie experimental. Aussi on presentera les principaux résultats d'un étude référant aux altérations neuropsychologiques des pacients avec une histoire d'intoxication de vapeur de mercure présent après des années d'exposition au même.; O desenvolvimento da neuropsicologia acompanhou a evolução do estudo do cérebro desde os registros mais antigos. A ciência neuropsicológica faz uso de medidas quantitativas de desempenho e tecnologias para produção de neuroimagem que, em conjunto, permitem a observação das relações cérebro-comportamento. No âmbito experimental, a neuropsicologia tem revelado novos conhecimentos na investigação de alterações cognitivas...

Aspectos históricos da neuropsicologia: subsídios para a formação de educadores

Pinheiro, Marta
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/10/2005 POR
Relevância na Pesquisa
37.3%
A neuropsicologia é uma ciência do século XX, mas as raízes da sua história remontam a Antigüidade. O objetivo deste estudo é discutir aspectos da história da neuropsicologia, desde a sua origem até o seu surgimento e estabelecimento enquanto ciência, com o objetivo de fornecer subsídios a educadores interessados no estudo das dificuldades e dos distúrbios de aprendizagem. Uma teoria da aprendizagem efetiva deve levar em conta os substratos anatômicos cerebrais e os mecanismos neurofisiológicos do comportamento, pois só assim o educador poderá compreender o nãoaprender do aluno e, conseqüentemente, adotar estratégias adequadas para superá-lo. Historical aspects of the neuropsychology: a contribution to the educators formationAbstract The neuropsychology is a science of the 20th century but we need to return to the early history to find its origins. The objective of the present review is to discuss aspects of the historical process of scientific organization of the area with the purpose to provide fundamental concepts to educators interested in the study of learning disabilities. An effective learning theory must consider brain and mental processes since in this only case the educator can understand why the student doesn’t learn and so adopt adequated strategies to improve his cognitive rehabilitation.

Neuropsychological Assessment and Rehabilitation: Historical Development and Current Perspectives; Avaliação e Reabilitação Neuropsicológica: Desenvolvimento Histórico e Perspectivas Atuais

Hamdan, Amer Cavalheiro; Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR; de Pereira, Ana Paula Almeida; Riechi, Tatiana Izabele Jaworski de Sá
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; avaliado por pares; Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
27.55%
The present paper aimed to briefly present a historical view of Neuropsychology and later, to propose research topics in Brazil. Neuropsychology history encompassed at least three major themes: the cardiac hypothesis versus the brain hypothesis, localizationism versus holism and functionalism versus cognitivism. These themes influenced research in neuropsychology and based current practice. Furthermore, two important aspects of neuropsychology are discussed: neuropsychological assessment in different age groups and neuropsychological rehabilitation. Major topics involved on the study of the differences in brain functioning through life span are briefly presented and their role in building evidence-based practice and in supporting theoretical models is showed. Finally, several difficulties found in adapting neuropsychological rehabilitation to the Brazilian context are discussed. Keywords: neuropsychology; neuropsychological assessment; neuropsychological rehabilitation.;  Este artigo tem por objetivo, a partir da compreensão histórica de como o campo da Neuropsicologia se constituiu, propor diretrizes para a pesquisa em avaliação e a reabilitação neuropsicológica no Brasil. A história da Neuropsicologia é apresentada através de três grandes temáticas: hipótese cardíaca versus hipótese cerebral...

Atuação neuropsicológica em centro de neurologia pediátrica: um projeto de extensão universitária; Neuropsychologycal intervention in pediatric neurology centre: a project of extension’s university

Riechi, Tatiana Izabele Jaworski de Sá; Ambrózio, Carolina Ribeiro
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; avaliado por pares; Formato: application/pdf
Publicado em 06/04/2005 POR
Relevância na Pesquisa
27.49%
 O presente artigo tem como objetivo relatar uma experiência profissional na área da Psicologia Hospitalar com um enfoque neuropsicológico, que ocorre através de um projeto de extensão universitária. Tal projeto intitulado “Atuação neuropsicológica em Centro de Neurologia Pediátrica”, consiste na implantação do serviço de neuropsicologia pelo Laboratório de Neuropsicologia do Departamento de Psicologia da UFPR dentro do Centro de Neuropediatria do Hospital de Clínicas da UFPR (CENEP-HC). O principal objetivo do projeto é proporcionar à população atendida neste centro médico, um serviço de neuropsicologia de qualidade, bem como desenvolver e divulgar trabalhos desenvolvidos na área da neuropsicologia. O trabalho desenvolve-se através da avaliação e intervenção neuropsicológica de pacientes portadores de diversos comprometimentos neurológicos, provenientes de diversas etiologias. Tais procedimentos têm como propósito auxiliar na avaliação diagnóstica dos pacientes, possibilitar um atendimento neuropsicológico e encaminhar corretamente pacientes para outros profissionais. Tais objetivos são alcançados através de visitas ambulatoriais...

Neuropsicología y psicología histórico-cultural: Aportes en el ámbito educativo

González-Moreno,Claudia Ximena; Solovieva,Yulia; Quintanar-Rojas,Luis
Fonte: Revista de la Facultad de Medicina Publicador: Revista de la Facultad de Medicina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 ES
Relevância na Pesquisa
37.13%
La neuropsicología y la psicología histórico-cultural desempeñan un papel novedoso en la comprensión del proceso de aprendizaje escolar y sus dificultades. Aquí se integran acciones de evaluación y de intervención efectivas que contribuyen con el bienestar y calidad de vida de niños y adolescentes. En este ensayo se presentan dos aspectos que se interrelacionan en la vida de los educandos: el clínico y el educativo. De esta manera, se presentan aportes teóricos para la práctica profesional que ayudan en el desarrollo humano y social de los escolares.

Neuropsicología y género

García García,Emilio
Fonte: Revista de la Asociación Española de Neuropsiquiatría Publicador: Revista de la Asociación Española de Neuropsiquiatría
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/06/2003 SPA
Relevância na Pesquisa
37.13%
La organización funcional del cerebro y las capacidades mentales de hombres y mujeres presentan diferencias significativas. Las investigaciones en ciencias cognitivas, particularmente neuropsicología, así lo constatan. Las diferencias comprenden un amplio espectro, desde actos reflejos a comportamientos más complejos. La acción de las hormonas sexuales conforma redes neurales y procesos bioquímicos diferentes en los cerebros de hombres y mujeres, ya desde los primeros meses de vida intrauterina. Pero también las experiencias y aprendizajes en los contextos socioculturales conforma y organiza el cerebro de cada persona originando capacidades y comportamientos propios y diferenciales.