Página 1 dos resultados de 6 itens digitais encontrados em 0.025 segundos

Melhores práticas ambientais em empresas do Rio Grande do Sul

Daroit, Doriana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
15.99%
A legislação ambiental, a conscientização ecológica e as relações de comércio têm feito com que muitas empresas desenvolvam práticas ambientais que resultem em maior qualidade ambiental para seus produtos, processos e serviços. O problema de pesquisa foi dado pelo seguinte questionamento: como as empresas do Rio Grande do Sul desenvolvem suas práticas ambientais, visando a melhoria da qualidade ambiental de seus produtos, processos e serviços? O objetivo geral da pesquisa foi: verificar as melhores práticas ambientais em empresas do Rio Grande do Sul, visando a melhoria da qualidade ambiental de seus produtos, processos e serviços. Os objetivos específicos buscaram (1) identificar os principais impactos ambientais negativos e as medidas adotadas pelas empresas para reduzilos, (2) verificar os indicadores adotados pelas empresas para medir a eficiência das ações desenvolvidas, (3) verificar se existe vinculação da qualidade ambiental com as metas de qualidade da empresa e com sua estratégia de negócios. Como método de pesquisa optou-se pelo survey, realizado com 188 empresas com certificação ISO9000 dos setores Químicopetroquímico, Plásticos-borracha, Metal-mecânico e Eletro-eletrônico do RS, seguido por estudo de casos. Os resultados deste estudo indicam que os principais impactos ambientais correspondem à geração de resíduos sólidos e efluentes líquidos...

Análise e perspectivas de mercado do butadieno

Backes, Denise
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.01%
As empresas, em geral, baseiam-se em estudos de mercado para a tomada de decisões, tais como investir em novos negócios ou na ampliação daqueles já existentes. O presente trabalho tem por finalidade apresentar o cenário atual de butadieno e uma visão futura do mercado. O butadieno é o produto mais valorizado da indústria petroquímica de primeira geração na atualidade. Sua principal aplicação é na produção de borrachas sintéticas, destacando a butadieno estireno e o polibutadieno, as duas borrachas mais utilizadas. Para a produção do butadieno, o processo de destilação extrativa é o mais utilizado mundialmente. O processo consiste em extrair o butadieno da corrente C4, um subproduto da produção de eteno. A borracha sintética concorre diretamente com a borracha natural, pois foi criada com o intuito de substituir a forma natural. Cada qual apresenta suas vantagens e desvantagens em relação a preços, demanda, oferta e aplicações. O principal motor do mercado de butadieno é, sem dúvida, a indústria pneumática. O mercado mundial está passando por muitas mudanças ao longo dos anos. A Ásia é a principal região do mercado global de butadieno por ser o maior produtor e consumidor. O Brasil, apesar de sua pequena participação no cenário mundial...

Estudo de demanda por informação tecnológica pelo setor produtivo agroindustrial no estado do Pará.

GATO, R. F.; GRANA, A. J. de A.; RODRIGUES, D. M.; SANTOS, A. S.; SILVA, A. W. F. da; LIMA, D. B. M.; BRITO, F. de F.; MONTEIRO, W.; OLIVEIRA, C. D. de S.; LEOPOLDINO, A. L. M.
Fonte: In: WORKSHOP TECNOLÓGICO DE FRUTICULTURA, 2004, Belém, PA. Anais... Belém, PA: PPTA: SECTAM: Secretaria Especial de Produção, 2004. Publicador: In: WORKSHOP TECNOLÓGICO DE FRUTICULTURA, 2004, Belém, PA. Anais... Belém, PA: PPTA: SECTAM: Secretaria Especial de Produção, 2004.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
35.86%
Considerando a informação como elemento importante para o desenvolvimento do agronegócio, em 1998, realizou-se um estudo de demanda por informação tecnológica no segmento agroindustrial no estado do Pará, tendo como base referencial metodológica a pesquisa desenvolvida pela Confederação Nacional da Indústria - CNI- DAMPI, SENAI/DN-CIET, SEBRAE / Nacional, realizado em 1996, com adaptações às peculiaridades do setor agroindustrial paraense. Foram focalizadas as categorias / ramos de atividades: Madeira / Serrarias; Celulose; Papel e Papelão; Borracha; Couros e Peles; Química; Perfumaria, Sabões, Detergentes, Glicerinas e Velas; Têxtil / Fibras e Aniagens; Produtos Alimentares; Bebidas e Produtos Naturais de Origem vegetal e Animal (fármacos). O estudo de caráter exploratório, objetivou conhecer a demanda por informação dos estabelecimentos agroindustriais e identificar segmentos onde os serviços e produtos de informação precisam ser aperfeiçoados, expandidos ou desenhados. O estudo abrangeu 21 municípios, atingindo 1.565 estabelecimentos. Destes 14,92% tem constituição formal e 85,08% informal. A demanda por informação tecnológica identificada, retrata o contexto do setor no ambiente estudado, ante o mercado e a necessidade das empresas/ negócios em captar e absorver informações e conhecimentos...

Territorio e negocios na "era dos imperios" : os belgas na fronteira oeste do Brasil

Domingos Savio da Cunha Garcia
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
45.87%
Este trabalho discute a presença belga na fronteira oeste do Brasil entre 1895 e 1914, dialogando com a historiografia que trata desse período acerca da inexistência de ações imperialistas que colocassem em questão a sua integridade territorial. Discutindo o curso dos acontecimentos, destaca como a presença belga foi intensa, com a compra de grandes áreas de terra na fronteira oeste, numa região com fraca presença do Estado brasileiro e que historicamente, desde o período colonial, foi considerada estratégica. Destaca as ligações entre as ações belgas, o desenrolar da disputa pelo território do Acre, rico em borracha, e a evolução da política externa dos Estados Unidos para a América Latina, num momento em que o capitalismo transitava para sua fase imperialista. Aponta como a solução para a Questão do Acre determinou o curso da presença belga na fronteira oeste e assinala ainda a reação do governo brasileiro e as ações que efetuou naquela região a partir desse momento, ligando-a de diferentes formas ao centro político e econômico do país; The subject of this thesis refers to Belgian presence in west Brazilian border, between 1895 and 1914, diverging from the historiographical trends which affirm that Brazilian territory did not suffer territorial imperialist actions in the period. It emphasizes how the Belgian presence was intense...

Carta enviada pelo Conde de Nioac para o conselheiro João Alfredo Correia de Oliveira

Nioac, Conde de
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Correspondencia Formato: 12 p.
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
25.87%
"¹Afonso Arinos de Melo Franco ²Manoel Afonso de Freitas Amorim. Visconde de Sta. Vitória a 20.VII.1889. Nasceu em Porto Alegre e faleceu em Paris."; Felizmente as notícias sobre a febre amarela são tranquilizadoras. Continua recomendando calma a Conselheiro em face da "oposição desabrida no Parlamento". Os jornais da Europa que não são simpáticos ao ministério João Alfredo noticiam que ele pouco durará. O Penedo tem esperanças de voltas à Londres, e cedeu a casa onde morava, com os móveis, ao Arinos¹. Trata da proposta dos Rothschild, que deve ser estudada sigilosamente, pois "já o judeu do Barão de Santa Vitória² lhe comunicou que o Visconde de Figueiredo lhe dissera que estava encarregado de certos negócios em Londres". Mostra apreensão pelo perigo que ofereceu a Figueiredo "sujeito muito bem informado, que naturalmente recebeu algum aviso do Rio" Trata de problemas financeiros internacionais e da má situação dos títulos brasileiros "que mandam a Europa". Comenta a péssima repercussão das notícias do Norte do Brasil, enfatizando a baixa do preço da borracha. Anexo: Um recorte do jornal "Times"de 08/04/1889 sobre a febre amarela; cópia da carta.

Telegrama enviado pela Diretoria da Associação Comercial para o conselheiro João Alfredo Correia de Oliveira

Amazonas. Associação Comercial. Diretoria
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Correspondencia Formato: 2 p.
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
76.12%
¹Banco do Brasil.; Parabeniza a nomeação de João Alfredo para direção do "primeiro estabelecimento credito do país"¹. Amazonas confia no seu interesse, em amparar os negócios da borracha, ameaçados de crise. Telegrama.