Página 1 dos resultados de 250 itens digitais encontrados em 0.166 segundos

Percepções sobre necessidades de saúde na Atenção Básica segundo usuários de um serviço de saúde; Perceptions of primary health care needs according to users of a health center; Percepciones sobre necesidades de salud en la atención básica, según usuarios de un servicio de salud

MORAES, Paulo Alexandre de; BERTOLOZZI, Maria Rita; HINO, Paula
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
125.88%
Trata-se de pesquisa qualitativa de caráter exploratório, com o objetivo de conhecer o conceito de necessidades de saúde, segundo a percepção de usuários de um serviço de saúde do interior paulista. Realizou-se 15 entrevistas, por meio de roteiro semi-estruturado, em janeiro de 2009. A leitura exaustiva das entrevistas permitiu a apreensão de elementos constitutivos das categorias, definidas a priori, segundo a Taxonomia das Necessidades de Saúde. Identificou-se que os usuários perceberam-se como detentores de necessidades; o contexto social pode apresentar forte influência na sua saúde, verificando-se que a autonomia na tomada de decisões é uma necessidade. Quanto ao vínculo, percebe-se que está intimamente ligado às necessidades de autonomia/autocuidado, pois de certo modo é reforçando a relação de confiança que será possível fortalecer os potenciais para o enfrentamento do processo saúde-doença. Conclui-se que existe a necessidade de instrumentos que auxiliem o profissional da área da Saúde Coletiva a identificar as necessidades de saúde dos usuários.; This qualitative, exploratory study was performed with the purpose of identifying the concept of health needs according to the perception of health service users located in the State of São Paulo. Fifteen interviews were performed using a semi-structured script...

Desigualdades no uso e acesso aos serviços de saúde entre idosos do município de São Paulo; Inequalities in access to health care services and utilization for the elderly in São Paulo, Brazil; Desigualdades en el uso y acceso a los servicios de salud entre ancianos del municipio de São Paulo

LOUVISON, Marília Cristina Prado; LEBRÃO, Maria Lúcia; DUARTE, Yeda Aparecida Oliveira; SANTOS, Jair Lício Ferreira; MALIK, Ana Maria; ALMEIDA, Eurivaldo Sampaio de
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
135.88%
OBJETIVO: Analisar os fatores relacionados à determinação e às desigualdades no acesso e uso dos serviços de saúde por idosos. MÉTODOS: Estudo integrante do Projeto Saúde, Bem-estar e Envelhecimento (SABE), no qual foram entrevistados 2.143 indivíduos com 60 anos ou mais no município de São Paulo, SP, em 2000. A amostra foi obtida em dois estágios, utilizando-se setores censitários com reposição, probabilidade proporcional à população e complementação da amostra de pessoas de 75 anos. Foi mensurado o uso de serviços hospitalares e ambulatoriais nos quatro meses anteriores à entrevista, relacionando-os com fatores de capacidade, necessidade e predisposição (renda total, escolaridade, seguro saúde, morbidade referida, auto-percepção, sexo e idade). O método estatístico utilizado foi regressão logística multivariada. RESULTADOS: Dos entrevistados, 4,7% referiram ter utilizado a internação hospitalar e 64,4% o atendimento ambulatorial. Dos atendimentos ambulatoriais em serviço público, 24,7% ocorreram em hospital e 24,1% em serviço ambulatorial; dentre os que ocorreram em serviços privados, 14,5% foram em hospital e 33,7% em clínicas. Pela análise multivariada, observou-se associação entre a utilização de serviços e sexo...

Fluxos e utilização de serviços de saúde : mobilidade dos usuários de média complexidade; Flujos y utilización de servicios de salud: movilidad de los usuarios de mediana complejidad; Flow and use of health services: medium complexity users’ mobility

Roese, Adriana; Gerhardt, Tatiana Engel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
125.87%
A organização dos serviços de saúde, em redes ou não, devem responder às demandas populacionais resultantes da complexa conjugação de fatores sociais, individuais e culturais. O objetivo deste estudo é construir um perfil socioeconômico e demográfico dos usuários, de forma a ilustrar a utilização de dois serviços de saúde de média complexidade, por meio do mapeamento dos fluxos de usuários de municípios da Metade Sul do Estado do Rio Grande do Sul. O estudo é descritivo, transversal, com 150 usuários dos referidos serviços. Foram utilizadas análise estatística univariada e bivariada e análise espacial. A análise dos fluxos revelou um descompasso entre o Plano Diretor de Regionalização da Saúde (PDR) e a prática dos usuários, sendo que os recortes propostos pelo Estado não respondem às suas reais necessidades de movimentação no espaço local (territorialidade). Evidencia-se o inevitável engajamento político em prol da regionalização, observando-se a mobilidade dos usuários e a construção das trajetórias terapêuticas como um novo desafio à Saúde Pública.; La organización de los servicios de salud debe responder a las demandas poblacionales resultantes de la compleja conjugación de factores sociales...

Impacto das más oclusões nas atividades diárias de adolescentes; Impact of malocclusion on adolescents daily performances

Gustavo Antônio Martins Brandão
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
195.78%
Este estudo foi composto por dois artigos cujo objetivo principal foi determinar as necessidades de tratamento ortodôntico em adolescentes e avaliar o impacto que as más oclusões possuem nas atividades diárias desses indivíduos. A amostra probabilística por conglomerados contou com 528 escolares de 15 anos selecionados em 10 escolas públicas de Piracicaba no ano de 2010. Os exames foram realizados por dois examinadores calibrados seguindo recomendações da OMS. Um questionário semi-estruturado foi enviado aos pais para a obtenção das informações socioeconômicas e obtenção do TCLE. A avaliação dos impactos orais nas atividades diárias (Oral Impacts on Daily Performances - OIDP) foi avaliada através de medida de condição específica (CS-OIDP). Os índices DAI (Dental Aesthetic Index), IOTN (Index of Orthodontic Treatment Need) e ICON (Index of Complexity, Outcome and Need) foram utilizados para a obtenção das características específicas da oclusão e categorização das necessidades de tratamento ortodôntico. A auto-percepção da estética dental foi avaliada através do Oral Aesthetic Subjective Impact Scale (OASIS) e a auto-estima através do Global Self-evaluation (GSE). O interesse em realizar tratamento ortodôntico foi avaliado através de ferramenta específica. Artigo 1: Avaliou a concordância diagnóstica dos índices DAI...

Cuidados paliativos : caracterização assistencial e identificação de necessidades num serviço de medicina interna

Silva, Maria João Filipe Nunes da, 1956-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
145.81%
Tese de mestrado, Cuidados Paliativos, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa - 2012; Os Cuidados Paliativos (CP) são um elemento fundamental dos Sistemas de Saúde. Não existem em Portugal estudos detalhados sobre CP em Serviços de Medicina Interna. O presente trabalho visou caracterizar as necessidades em CP num Serviço de Medicina Interna de um Hospital Central Universitário, definir o perfil dos doentes, determinar as suas necessidades assistenciais e avaliar a adequação dos cuidados prestados. Na primeira parte da Tese procede-se a um breve enquadramento teórico sobre as perspectivas actuais dos CP e a revisão bibliográfica sobre a recente inclusão dos doentes não oncológicos na população com necessidade deste tipo de cuidados. Procede-se ainda a uma análise de estudos sobre uma abordagem da agonia como período privilegiado na prestação de CP, onde se destaca que a melhoria da abordagem paliativa dos doentes agónicos exige o reconhecimento do início da agonia, permitindo por sua vez a limitação de terapêuticas agressivas ou desnecessárias, a implementação de um plano de cuidados de conforto e controlo sintomático atempado no decurso do internamento e o apoio psicológico espiritual/religioso ao doente e à família. Na segunda parte da Tese apresenta-se um estudo prospectivo observacional englobando 670 doentes internados num Serviço de Medicina Interna de um Hospital Central Universitário num período de 9 semanas consecutivas...

Desigualdades no uso e acesso aos serviços de saúde entre idosos do município de São Paulo

Louvison,Marília Cristina Prado; Lebrão,Maria Lúcia; Duarte,Yeda Aparecida Oliveira; Santos,Jair Lício Ferreira; Malik,Ana Maria; Almeida,Eurivaldo Sampaio de
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
125.82%
OBJETIVO: Analisar os fatores relacionados à determinação e às desigualdades no acesso e uso dos serviços de saúde por idosos. MÉTODOS: Estudo integrante do Projeto Saúde, Bem-estar e Envelhecimento (SABE), no qual foram entrevistados 2.143 indivíduos com 60 anos ou mais no município de São Paulo, SP, em 2000. A amostra foi obtida em dois estágios, utilizando-se setores censitários com reposição, probabilidade proporcional à população e complementação da amostra de pessoas de 75 anos. Foi mensurado o uso de serviços hospitalares e ambulatoriais nos quatro meses anteriores à entrevista, relacionando-os com fatores de capacidade, necessidade e predisposição (renda total, escolaridade, seguro saúde, morbidade referida, auto-percepção, sexo e idade). O método estatístico utilizado foi regressão logística multivariada. RESULTADOS: Dos entrevistados, 4,7% referiram ter utilizado a internação hospitalar e 64,4% o atendimento ambulatorial. Dos atendimentos ambulatoriais em serviço público, 24,7% ocorreram em hospital e 24,1% em serviço ambulatorial; dentre os que ocorreram em serviços privados, 14,5% foram em hospital e 33,7% em clínicas. Pela análise multivariada, observou-se associação entre a utilização de serviços e sexo...

Instrumentos de avaliação de necessidades em saúde aplicáveis na estratégia de Saúde da Família

Egry,Emiko Yoshikawa; Oliveira,Maria Amélia de Campos; Ciosak,Suely Itsuko; Maeda,Sayuri Tanaka; Barrrientos,Dora Mariela Salcedo; Fonseca,Rosa Maria Godoy Serpa da; Chaves,Maria Marta Nolasco; Hino,Paula
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
115.81%
Este estudo, descritivo e exploratório, teve como objetivo geral conhecer os instrumentos utilizados para o reconhecimento das necessidades de saúde da população no âmbito da Estratégia de Saúde da Família. Abrangeu dois Distritos do Município de São Paulo. A base teórico-metodológica consistiu da Teoria de Intervenção Práxica de Enfermagem em Saúde Coletiva. Os dados foram coletados junto a unidades de saúde e equipes de saúde da família. Os resultados mostraram a inexistência de instrumentos específicos para o reconhecimento das necessidades em saúde da população. Discutem-se três contradições presentes no fenômeno estudado: a polaridade estrutural na conceituação de necessidade contida no SUS; o princípio da integralidade postulado pelo SUS e a possibilidade operacional das unidades de saúde e a antinomia teoria-prática no processo de trabalho das equipes da ESF. Conclui-se que é imperativo superar as contradições para redirecionar as políticas e as práticas rumo ao enfrentamento das necessidades em saúde.

Percepções sobre necessidades de saúde na Atenção Básica segundo usuários de um serviço de saúde

Moraes,Paulo Alexandre de; Bertolozzi,Maria Rita; Hino,Paula
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
115.81%
Trata-se de pesquisa qualitativa de caráter exploratório, com o objetivo de conhecer o conceito de necessidades de saúde, segundo a percepção de usuários de um serviço de saúde do interior paulista. Realizou-se 15 entrevistas, por meio de roteiro semi-estruturado, em janeiro de 2009. A leitura exaustiva das entrevistas permitiu a apreensão de elementos constitutivos das categorias, definidas a priori, segundo a Taxonomia das Necessidades de Saúde. Identificou-se que os usuários perceberam-se como detentores de necessidades; o contexto social pode apresentar forte influência na sua saúde, verificando-se que a autonomia na tomada de decisões é uma necessidade. Quanto ao vínculo, percebe-se que está intimamente ligado às necessidades de autonomia/autocuidado, pois de certo modo é reforçando a relação de confiança que será possível fortalecer os potenciais para o enfrentamento do processo saúde-doença. Conclui-se que existe a necessidade de instrumentos que auxiliem o profissional da área da Saúde Coletiva a identificar as necessidades de saúde dos usuários.

Demandas de saúde mental: percepção de enfermeiros de equipes de saúde da família

Souza,Jacqueline de; Luis,Margarita Antonia Villar
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
115.81%
OBJETIVO: Descrever como são identificadas e acolhidas as necessidades de saúde mental (SM) por equipes de saúde da família, conforme a concepção de enfermeiros. MÉTODOS: Estudo exploratório, descritivo de caráter qualitativo. Utilizaram-se entrevistas semiestruturadas junto a cinco enfermeiros e a interpretação foi norteada pelas preconizações do Ministério da Saúde Brasileiro sobre a inclusão das ações de SM na atenção básica. RESULTADOS: Identificou-se que a falta de indicadores no Sistema de Informações da Atenção Básica (SIAB) afeta o planejamento das ações de SM e que outras doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, são prioritárias para as equipes. As ações de SM vêm sendo incorporadas gradativamente no processo de trabalho das equipes de saúde da família, e a consultoria de psiquiatria exerce importante papel nisso. CONCLUSÃO: Reconhece-se a necessidade de educação permanente, revisão do SIAB e, sobretudo, criação de projetos terapêuticos sistematizados e à disposição para novos modos de cuidar.

Caso Antonia: Quiz.

Hugo, Fernando Neves; Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre. UNA-SUS/UFCSPA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
165.63%
Perguntas de verdadeiro ou falso que abordam os modelos de atenção em odontologia.

A vivência da enfermeira domiciliar no cuidado transpessoal a familiares de neonato egresso de unidade de terapia intensiva

Favero, Luciane
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
145.69%
Resumo: Pesquisa qualitativa do tipo estudo de caso, com objetivo de descrever a vivência da enfermeira domiciliar em cuidado transpessoal a familiares de neonato egresso de unidade de terapia intensiva. Realizada no período de 2008 a 2009. Os sujeitos foram sete famílias de neonato egresso de unidade de terapia intensiva, selecionados durante o período de hospitalização da criança. A coleta de evidências deu-se por meio de documentos e de registros em arquivo, os quais foram compostos pelos diários de campo e notas metodológicas desenvolvidos durante os encontros hospitalares e domiciliares. Utilizou-se para isso o Processo de Cuidar proposto por Lacerda (1996) nas suas quatro fases: contato inicial, aproximação, encontro transpessoal e separação, o qual operacionalizou a aplicação da Teoria do Cuidado Transpessoal de Jean Watson e os elementos do processo clinical caritas. Para a análise das evidências, selecionou-se como estratégia analítica geral proposições teóricas e como estratégias analíticas específicas a adequação ao padrão e síntese dos casos cruzados. Foram realizadas vinte e uma visitas à unidade de terapia intensiva neonatal e trinta e nove encontros domiciliares, totalizando aproximadamente noventa horas de cuidado. A partir do processo vivenciado...

Desenvolvimento de competências gerenciais do enfermeiro pelos serviços de educação permanente

Sade, Priscila Meyenberg Cunha
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
115.75%
Resumo: O desenvolvimento de competências gerenciais do enfermeiro pelos serviços de educação permanente exigem investimento institucional e programação de ações voltadas às necessidades de sua atuação gerencial no mundo do trabalho. Este estudo teve como objetivo construir uma diretriz de educação permanente para o desenvolvimento de competências gerenciais dos enfermeiros junto aos membros do Núcleo de Enfermeiros de Educação Permanente do Paraná (NEEP/PR). Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa delineada pelo método da pesquisa-ação, composta por amostra de dezesseis enfermeiros, membros efetivos do NEEP/PR. A coleta de dados ocorreu em três etapas. Na Etapa 1, foram realizadas a construção de uma mapa conceitual e entrevistas semiestruturadas, que propiciaram um diagnóstico e a produção de um relatório síntese. A Etapa 2 constituiu-se de um seminário de discussão. Na Etapa 3, foram realizados três seminários de planejamento para a construção coletiva da diretriz. Os dados foram analisados segundo a técnica de análise de conteúdo, na modalidade temática de Bardin. A partir das categorias empíricas foi possível discutir sobre as demandas de liderança e educação permanente, bem como as dificuldades para desenvolvimento de competências gerenciais do enfermeiro nas organizações hospitalares...

Demandas de saúde mental: percepção de enfermeiros de equipes de saúde da família; Demands of mental health: nurses' perceptions of family health teams; Demandas de salud mental: percepción de enfermeros de equipos de salud de la familia

Souza, Jacqueline de; Luis, Margarita Antonia Villar
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
125.86%
OBJETIVO: Descrever como são identificadas e acolhidas as necessidades de saúde mental (SM) por equipes de saúde da família, conforme a concepção de enfermeiros. MÉTODOS: Estudo exploratório, descritivo de caráter qualitativo. Utilizaram-se entrevistas semiestruturadas junto a cinco enfermeiros e a interpretação foi norteada pelas preconizações do Ministério da Saúde Brasileiro sobre a inclusão das ações de SM na atenção básica. RESULTADOS: Identificou-se que a falta de indicadores no Sistema de Informações da Atenção Básica (SIAB) afeta o planejamento das ações de SM e que outras doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, são prioritárias para as equipes. As ações de SM vêm sendo incorporadas gradativamente no processo de trabalho das equipes de saúde da família, e a consultoria de psiquiatria exerce importante papel nisso. CONCLUSÃO: Reconhece-se a necessidade de educação permanente, revisão do SIAB e, sobretudo, criação de projetos terapêuticos sistematizados e à disposição para novos modos de cuidar.

Instrumentos de avaliação de necessidades em saúde aplicáveis na estratégia de Saúde da Família; Reviewing health needs assessment approaches in the Family Health strategy; Instrumentos de evaluación de necesidades en salud utilizados en la estrategia de Salud de la Familia

EGRY, Emiko Yoshikawa; OLIVEIRA, Maria Amélia de Campos; CIOSAK, Suely Itsuko; MAEDA, Sayuri Tanaka; BARRRIENTOS, Dora Mariela Salcedo; FONSECA, Rosa Maria Godoy Serpa da; CHAVES, Maria Marta Nolasco; HINO, Paula
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
155.87%
Este estudo, descritivo e exploratório, teve como objetivo geral conhecer os instrumentos utilizados para o reconhecimento das necessidades de saúde da população no âmbito da Estratégia de Saúde da Família. Abrangeu dois Distritos do Município de São Paulo. A base teórico-metodológica consistiu da Teoria de Intervenção Práxica de Enfermagem em Saúde Coletiva. Os dados foram coletados junto a unidades de saúde e equipes de saúde da família. Os resultados mostraram a inexistência de instrumentos específicos para o reconhecimento das necessidades em saúde da população. Discutem-se três contradições presentes no fenômeno estudado: a polaridade estrutural na conceituação de necessidade contida no SUS; o princípio da integralidade postulado pelo SUS e a possibilidade operacional das unidades de saúde e a antinomia teoria-prática no processo de trabalho das equipes da ESF. Conclui-se que é imperativo superar as contradições para redirecionar as políticas e as práticas rumo ao enfrentamento das necessidades em saúde.; The main objective of this exploratory and descriptive study was to acknowledge the instruments used to assess health needs of the population in the Family Health Strategy. Two districts of Sao Paulo Municipality...

Transição do adolescentes com HIV/AIDS para os serviços de referência adulto

Santos, Fabiana Cristine dos
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 129 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
155.8%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2015.; A mudança do perfil epidemiológico do HIV/aids a partir da implementação da terapia antirretroviral vem modificando o acompanhamento das pessoas que vivem com HIV/aids, suscitando novas demandas e preocupações, como a transição do cuidado aos adolescentes soropositivos para o HIV do serviço de saúde infantil ao adulto. Diante da cronicidade da aids e necessidade de um acompanhamento contínuo, a transição do adolescente com HIV/aids por transmissão vertical, do serviço de saúde infantil ao adulto torna-se inevitável, trazendo consigo preocupação aos profissionais que acompanham esse público. Diferentes fatores, durante o processo de transição, interferem na aceitação pelo adolescente desse processo de mudança como a capacidade do adolescente em se adaptar. O adolescente que vive com HIV/aids representa um grupo que demanda desafios e necessidades especiais de cuidado, tais como suporte emocional, acompanhamento por diferentes profissionais, educação contínua e novos saberes e práticas de cuidar. Assim, o objetivo do estudo foi compreender o significado que os adolescentes com HIV/aids atribuem ao processo de transição de cuidado de saúde do serviço de referência infantil para o serviço de referência adulto. Estudo de natureza qualitativa...

Carga de trabalho e dimensionamento de enfermagem em unidade de terapia intensiva

Garcia, Berenice Rubik
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 161 p.| il., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
145.61%
Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós-Graduaçao em Gestão do Cuidado em Enfermagem, Florianópolis, 2013.; O diagnóstico de qualidade deficitária e insegura da assistência de enfermagem no setor de terapia intensiva, acrescido de insatisfação de trabalhadores impulsionou a investigação da carga de trabalho de enfermagem. A identificação da carga de trabalho é mensurada com uso de instrumentos de avaliação do usuário e características do serviço prestado. O Instrumento de Avaliação do Grau de Dependência dos Usuários e o Nursing Activities Score foram utilizados para o objetivo de construir subsídios para a escolha do método de medida da carga de trabalho e dimensionamento que melhor se adeque às características da Unidade de Terapia Intensiva, a partir da comparação dos dois instrumentos de avaliação. Os objetivos específicos incluem identificar a carga de trabalho da enfermagem segundo os indicadores do Instrumento de Avaliação do Grau Dependência dos Usuários, e segundo as atividades e intervenções terapêuticas do Nursing Activities Score; comparar os instrumentos propostos para identificação da carga de trabalho e projetar o dimensionamento de pessoal de enfermagem...

Instrumentos de avaliação de necessidades em saúde aplicáveis na estratégia de Saúde da Família; Instrumentos de evaluación de necesidades en salud utilizados en la estrategia de Salud de la Familia; Reviewing health needs assessment approaches in the Family Health strategy

Egry, Emiko Yoshikawa; Oliveira, Maria Amélia de Campos; Ciosak, Suely Itsuko; Maeda, Sayuri Tanaka; Barrrientos, Dora Mariela Salcedo; Fonseca, Rosa Maria Godoy Serpa da; Chaves, Maria Marta Nolasco; Hino, Paula
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2009 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
125.87%
Este estudo, descritivo e exploratório, teve como objetivo geral conhecer os instrumentos utilizados para o reconhecimento das necessidades de saúde da população no âmbito da Estratégia de Saúde da Família. Abrangeu dois Distritos do Município de São Paulo. A base teórico-metodológica consistiu da Teoria de Intervenção Práxica de Enfermagem em Saúde Coletiva. Os dados foram coletados junto a unidades de saúde e equipes de saúde da família. Os resultados mostraram a inexistência de instrumentos específicos para o reconhecimento das necessidades em saúde da população. Discutem-se três contradições presentes no fenômeno estudado: a polaridade estrutural na conceituação de necessidade contida no SUS; o princípio da integralidade postulado pelo SUS e a possibilidade operacional das unidades de saúde e a antinomia teoria-prática no processo de trabalho das equipes da ESF. Conclui-se que é imperativo superar as contradições para redirecionar as políticas e as práticas rumo ao enfrentamento das necessidades em saúde.; Estudio, descriptivo y exploratorio, cuyo objetivo general fue conocer los instrumentos utilizados para el reconocimiento de las necesidades de salud de la población en el ámbito de la ESF. Comprendió dos Distritos del Municipio de Sao Paulo. La base teórico-metodológica fue la Teoría de Intervención Práctica de Enfermería en Salud Colectiva. La recolección fue junto a las unidades y equipos de salud de la familia. Es evidente la inexistencia de instrumentos específicos para el reconocimiento de las necesidades en salud. Fueron discutidas tres contradicciones: la polaridad estructural al conceptuar las necesidades contenidas en el SUS; el principio de la integralidad postulado por el SUS...

Desigualdades no uso e acesso aos serviços de saúde entre idosos do município de São Paulo; Desigualdades en el uso y acceso a los servicios de salud entre ancianos del municipio de São Paulo; Inequalities in access to health care services and utilization for the elderly in São Paulo, Brazil

Louvison, Marília Cristina Prado; Lebrão, Maria Lúcia; Duarte, Yeda Aparecida Oliveira; Santos, Jair Lício Ferreira; Malik, Ana Maria; Almeida, Eurivaldo Sampaio de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2008 POR
Relevância na Pesquisa
125.88%
OBJETIVO: Analisar os fatores relacionados à determinação e às desigualdades no acesso e uso dos serviços de saúde por idosos. MÉTODOS: Estudo integrante do Projeto Saúde, Bem-estar e Envelhecimento (SABE), no qual foram entrevistados 2.143 indivíduos com 60 anos ou mais no município de São Paulo, SP, em 2000. A amostra foi obtida em dois estágios, utilizando-se setores censitários com reposição, probabilidade proporcional à população e complementação da amostra de pessoas de 75 anos. Foi mensurado o uso de serviços hospitalares e ambulatoriais nos quatro meses anteriores à entrevista, relacionando-os com fatores de capacidade, necessidade e predisposição (renda total, escolaridade, seguro saúde, morbidade referida, auto-percepção, sexo e idade). O método estatístico utilizado foi regressão logística multivariada. RESULTADOS: Dos entrevistados, 4,7% referiram ter utilizado a internação hospitalar e 64,4% o atendimento ambulatorial. Dos atendimentos ambulatoriais em serviço público, 24,7% ocorreram em hospital e 24,1% em serviço ambulatorial; dentre os que ocorreram em serviços privados, 14,5% foram em hospital e 33,7% em clínicas. Pela análise multivariada, observou-se associação entre a utilização de serviços e sexo...

Demandas e expectativas de usuários de centro de testagem e aconselhamento anti-HIV; Demandas y expectativas de usuarios de centros de examen y consejo anti-VIH; Demands and expectations of users of HIV testing and counseling centers

Souza, Vânia de Souza; Czeresnia, Dina
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2010 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
115.82%
OBJETIVO: Analisar características, demandas e expectativas de usuários de um centro de testagem e aconselhamento anti-HIV. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Pesquisa qualitativa realizada com 32 usuários de centro de testagem e aconselhamento do estado de Minas Gerais, de novembro de 2005 a março de 2006. Utilizou-se a técnica de entrevista aberta semi-estruturada e uma adaptação do método de análise de conteúdo, empregando-se a modalidade temática. ANÁLISE DOS RESULTADOS: A falta de conhecimento do serviço, a dificuldade de se perceber vulnerável à infecção, as justificativas por não pertencer aos grupos de risco, o receio do constrangimento e de um atendimento precário surgiram como importantes limitações de acesso aos centros de testagem e aconselhamento. CONCLUSÕES: No discurso dos usuários, foi identificado um paradoxo entre o aspecto participativo na superação da vulnerabilidade e a busca de soluções pragmáticas de exclusão do risco. Suas demandas sinalizaram estratégias que contenham: qualidade da informação prestada, acesso ao serviço e aos discursos de prevenção e promoção da saúde.; OBJETIVO: Analizar características, demandas y expectativas de usuarios de centro de examen y consejo anti-VIH. PROCEDIMIENTOS METODOLÓGICOS: Investigación cualitativa realizada con 32 usuarios de centro de examen y consejo del estado de Minas Gerais...

Desigualdades no uso e acesso aos serviços de saúde entre idosos do município de São Paulo

Louvison,Marília Cristina Prado; Lebrão,Maria Lúcia; Duarte,Yeda Aparecida Oliveira; Santos,Jair Lício Ferreira; Malik,Ana Maria; Almeida,Eurivaldo Sampaio de
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
125.82%
OBJETIVO: Analisar os fatores relacionados à determinação e às desigualdades no acesso e uso dos serviços de saúde por idosos. MÉTODOS: Estudo integrante do Projeto Saúde, Bem-estar e Envelhecimento (SABE), no qual foram entrevistados 2.143 indivíduos com 60 anos ou mais no município de São Paulo, SP, em 2000. A amostra foi obtida em dois estágios, utilizando-se setores censitários com reposição, probabilidade proporcional à população e complementação da amostra de pessoas de 75 anos. Foi mensurado o uso de serviços hospitalares e ambulatoriais nos quatro meses anteriores à entrevista, relacionando-os com fatores de capacidade, necessidade e predisposição (renda total, escolaridade, seguro saúde, morbidade referida, auto-percepção, sexo e idade). O método estatístico utilizado foi regressão logística multivariada. RESULTADOS: Dos entrevistados, 4,7% referiram ter utilizado a internação hospitalar e 64,4% o atendimento ambulatorial. Dos atendimentos ambulatoriais em serviço público, 24,7% ocorreram em hospital e 24,1% em serviço ambulatorial; dentre os que ocorreram em serviços privados, 14,5% foram em hospital e 33,7% em clínicas. Pela análise multivariada, observou-se associação entre a utilização de serviços e sexo...