Página 1 dos resultados de 1016 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Inclusão de alunos com necessidades educativas especiais no Ensino Superior: estudo exploratório sobre as perceções dos docentes

Faria, Catarina Pereira
Fonte: Universidade da Madeira Publicador: Universidade da Madeira
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 13/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
96.78%
O número de estudantes com necessidades educativas especiais no ensino superior tem aumentado gradualmente nas últimas duas décadas, devido à implementação de medidas políticas e sociais de acesso e democratização que promovem a inclusão educativa nesse nível de ensino. Este panorama exige que a universidade e, consequentemente, os docentes do ensino superior reflitam sobre o papel que desempenham na adaptação do sistema educativo às necessidades dos estudantes, visando a sua progressão académica. Com esta investigação pretende-se conhecer as perceções que os docentes do ensino superior têm a respeito da inclusão de estudantes com necessidades educativas especiais, uma vez que, essas perceções exercem uma influência importante sobre as medidas educativas e estratégias pedagógicas adotadas pelos docentes e, em consequência, sobre a progressão destes estudantes neste nível de ensino. Para a concretização da investigação, recorreu-se a uma entrevista semiestruturada e a uma análise qualitativa denominada grounded theory com o objetivo de encontrar os temas e as categorias principais a respeito do tema em estudo, nomeadamente das perceções dos docentes acerca da inclusão de estudantes com necessidades educativas especiais no ensino superior. O estudo conta com a participação de 10 docentes com habilitações académicas nas várias áreas do conhecimento e que exercem funções como diretores de curso do 1º ciclo de estudos universitários. Da análise realizada podemos concluir que alguns docentes parecem associar a inclusão no ensino superior a processos de estigmatização...

A participação de alunos com necessidades educativas especiais nas atividades de sala de aula : o que pensam e o que dizem fazer os Professores dos 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico

Rodrigues, Ana Paula Alves
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96.73%
A educação de alunos com necessidades educativas especiais é um dos grandes desafios do sistema educativo. Atualmente a legislação e a linguagem na esfera educacional instituem a inclusão dos alunos com necessidades educativas especiais na escola de ensino regular. Cabe à escola, de acordo com os princípios subjacentes a uma sala de aula inclusiva, adaptar-se aos alunos que tenham qualquer tipo de problemática criando oportunidades educativas e sociais, no âmbito de uma escola aberta e apta a responder com eficácia à diversidade dos seus alunos. A gestão da diversidade na sala de aula representa um dos maiores problemas das nossas salas de aula. Neste contexto, consideramos o professor, um elemento chave sobre como dinamizar a participação dos alunos na sala de aula. O objetivo deste nosso estudo foi perceber as relações entre as perceções dos professores do 2.º e 3.º ciclos do ensino básico face à participação dos alunos com necessidades educativas especiais e as práticas que desenvolvem para concretizar essa participação nas atividades de sala de aula. A metodologia que escolhemos foi inicialmente de natureza quantitativa e, num segundo momento, tivemos necessidade de recorrer a uma metodologia de natureza qualitativa...

Práticas e hábitos de leitura dos alunos com necessidades educativas especiais e acesso ao livro

Ribeiro, Daniela Filipa Monteiro
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
96.67%
Dissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia Escolar e da Educação); A família e, posteriormente, a escola desempenham um papel fundamental na criação e manutenção de práticas e hábitos de leitura de uma criança. Este papel é também desempenhado pela biblioteca, um contexto determinante no desenvolvimento das práticas de leitura, uma vez que constitui um espaço privilegiado de contacto com o material escrito, dirigido a todas as faixas etárias. A exploração, utilização e manuseamento do livro são aspectos facilitadores do desenvolvimento da literacia. Dada a relevância que o livro apresenta, é fulcral que este esteja acessível a todos, incluindo aqueles com necessidades especiais. Esta acessibilidade passa pela adaptação deste material às necessidades específicas de cada indivíduo contribuindo para a sua integração social. Este trabalho visou caracterizar as práticas e hábitos de leitura dos alunos com necessidades especiais e as dificuldades que estes encontram no acesso ao livro. Deste modo, foram realizados dois estudos. No Estudo 1 procurou-se caracterizar as práticas e hábitos de leitura dos alunos como necessidades especiais, bem como as dificuldades de acesso ao livro. Integraram a amostra deste estudo 56 alunos portadores de necessidades educativas especiais...

Concepções e práticas de professores do 2º e 3º ciclo do ensino básico face à inclusão de crianças com necessidades educativas especiais

Rebelo, Maria da Conceição Almeida
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
96.84%
O presente trabalho tem por base o estudo das concepções e práticas de sete professores do 2º e 3º ciclo do ensino Básico face à inclusão de alunos com necessidades educativas especiais na escola de ensino regular. A sua finalidade é a de compreender e descrever essas mesmas concepções, os aspectos facilitadores e os obstáculos que encontram à inclusão de alunos com necessidades educativas especiais nas escolas do ensino regular. Destas finalidades surgiram as seguintes questões de partida: 1) Qual a opinião dos professores em estudo sobre a inclusão de crianças com necessidades educativas especiais na sala de aula regular? ; 2) Quais as práticas dos professores do estudo para responder às necessidades dos alunos com necessidades educativas especiais? ; 3) Que medidas de diferenciação são utilizadas por estes professores?; 4) Quais os aspectos facilitadores identificados por estes professores para o desenvolvimento do seu trabalho com os alunos com necessidades educativas especiais?;5) Quais os obstáculos identificados por estes professores no desenvolvimento do seu trabalho com alunos com necessidades educativas especiais?; 6) Qual é, na opinião dos professores em estudo, o impacto da presença de alunos com necessidades educativas especiais na escola de ensino regular?; 7) Quais são...

A perspectiva dos professores sobre o alargamento da escolaridade obrigatória e a inclusão de alunos com necessidades educativas especiais no ensino seundário

Silva, Maria da Graça de Gouveia Veloso da Costa Correia da
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.65%
O tema da dissertação prende-se com as consequências do alargamento da escolaridade obrigatória nas Escolas Secundárias, concretamente naquilo que se relaciona com o previsível aumento de casos de alunos com Necessidades Educativas Especiais decorrente desse alargamento. Este trabalho pretende conhecer o que os professores pensam sobre este tema no que se refere à sua concepção sobre inclusão e Necessidades Educativas Especiais, às suas experiências anteriores com este tipo de alunos, como encaram os professores o alargamento da escolaridade obrigatória no secundário, qual o nível de preparação que pensam ter para trabalhar com estes alunos, como encaram as adequações curriculares que serão necessárias e finalmente que tipo de necessidades pensam que podem surgir nas escolas para dar uma resposta adequada à nova situação. Para que todas as afirmações dos professores estivessem fundamentadas, fez-se uma abordagem teórica referente à evolução do ensino em Portugal e da Educação Especial numa perspectiva nacional e internacional, fazendo também um contraponto com a actualidade. Em termos metodológicos, optou-se por um estudo qualitativo, com características exploratórias e descritivas. Para a recolha de dados foi selecionada uma escola do centro de Lisboa...

Impacto nas competências de leitura de um programa de tutoria em crianças sem e com necessidades educativas especiais

Figueira, Maria Judite Afonso
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.67%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Lisboa no âmbito do mestrado em Educação Especial; Esta investigação tem como objetivo verificar o impacto de um programa de leitura em pares nas competências de Fluência, Número de Erros cometidos e Compreensão em crianças dos 3º e 4º anos de escolaridade, sem e com Necessidades Educativas Especiais. A investigação (Rosa, 1988, Torres, 1998; Monteiro, 2003) tem mostrado que, em situações de tutoria com pares mais desenvolvidos, ambas as crianças, tutores e tutorandos, obtêm ganhos significativos nas competências de leitura. Neste estudo participaram 74 crianças a frequentar uma escola pública. Destas, 64 não tinham Necessidades Educativas Especiais. Foram divididas em dois grupos: a) Grupo de Intervenção, composto por uma turma de 3º ano (tutorandos) e uma turma de 4º ano (tutores), com intervenção através de um Programa de Leitura em Pares; b) Grupo de Controlo, composto por outra turma de 3º ano e outra turma de 4º ano, sem intervenção. Foram avaliadas as competências de leitura das crianças medidas pelos resultados em Fluência, Número de erros e Compreensão. Os resultados obtidos revelaram um aumento significativo nas três competências de leitura (Fluência...

Integração de alunos com necessidades educativas especiais no ensino regular – estudo de caso Escola Secundária Amor de Deus

Fernandes, Albertina Furtado
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
96.72%
Dissertação apresentada à Universidade de Cabo Verde e à Escola Superior de Educação de Lisboa para a obtenção do Grau de Mestrado em Educação Especial; Este estudo intitula-se, “Integração de alunos com Necessidades Educativas Especiais no Ensino Regular – Estudo de Caso da Escola Secundária Amor de Deus.”, e com ele pretende-se saber se como a referida escola processa a integração de alunos com necessidades educativas especiais. Para a concretização dos objectivos do estudo, optou-se por utilizar uma metodologia de natureza quantitativa e qualitativa em que foram questionados vinte e quatro directores de turma e entrevistados seis professores que leccionam alunos que apresentam necessidades educativas especiais e os três alunos que apresentam necessidades educativas especiais. Os resultados do estudo permitiram-nos constatar que apenas três alunos com NEE foram identificados na escola Amor de Deus integrados no ensino regular. Estes sentem-se socialmente integrados e a maioria dos professores concordam com a integração de alunos com NEE no ensino regular. Contudo, a integração é limitada, na medida em que os recursos estão reduzidos a uma rampa para carrinhos de rodas e a alguns apoios humanos, apoios esses que são devido às características religiosas da escola que transmitem a professores e funcionários alguns valores através das reflexões diárias que...

Relatório final do mestrado : mestrado de educação visual e tecnológica no ensino básico com enfoque investigativo na instrumentalidade da disciplina de educação visual e tecnológica no desenvolvimento global de crianças com necessidades educativas especiais

Pereira, Elsa Marina da Silva; Ribeiro, Esperança do Rosário, orient.; Figueiredo, Ana Sofia, co-orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Educação de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Educação de Viseu
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2013 POR
Relevância na Pesquisa
96.67%
A inclusão de alunos com Necessidades Educativas Especiais na escola atual constitui um processo que assenta em princípios democráticos, de justiça social e igualdade de oportunidades ao propiciar o direito à educação de todos os alunos, com ou sem deficiência, numa nova perspetiva de conceito e prática da Escola Inclusiva. O presente trabalho visa recolher, analisar, compreender, e objetivar quais as perceções e atitudes dos professores de Educação Visual e Tecnológica e dos professores de Educação Especial face à Instrumentalidade da disciplina de Educação Visual e Tecnológica no desenvolvimento global de crianças com Necessidades Educativas Especiais. A estratégia de investigação seguiu a observação qualitativa, utilizando o inquérito por questionário com respostas abertas. Envolvemos um número de inquéritos possíveis para o desenvolvimento da investigação, para a obtenção de respostas objetivas e credíveis, no que diz respeito à experiência e formação adquiridas no desenvolvimento destas crianças e dificuldades vivenciadas face à inclusão dos alunos com Necessidades Educativas Especiais Os resultados, advindos do presente trabalho de investigação, levam-nos a concluir que a maioria dos docentes inquiridos revela...

Necessidades formativas dos professores do 1º ciclo na prática profissional com alunos com necessidades educativas especiais

Ferreira, Manuel
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.76%
Dissertação de mestrado em Educação especial - especialização no domínio cognitivo e motor. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação, 2012.; "Atualmente a escola depara-se com situações que exigem dar respostas às problemáticas dos alunos com Necessidades Educativas Especiais, numa perspetiva de construção ativa da escola inclusiva e na procura de apoio adequado a cada um. Por conseguinte, o professor é um elemento preponderante no contexto escolar, sobre o qual recaem responsabilidades acrescidas na concretização da filosofia educativa. Este trabalho teve como objetivo conhecer as necessidades de formação, o tipo de preparação, as atitudes e as perceções dos professores do 1º. Ciclo, relativamente aos alunos com Necessidades Educativas Especiais. Porém, os mesmos revelam necessidades de ter formação para adequar o seu trabalho com os alunos com Necessidades Educativas Especiais. Constatámos também que grande parte dos professores inquiridos não têm formação especializada para trabalhar com alunos Necessidades Educativas Especiais. Neste sentido foram realizados dois estudos. No estudo um foi feita uma entrevista, a cinco professores, que reflete a necessidade recolher informações acerca da formação...

Os benefícios da equitação terapêutica no desenvolvimento cognitivo e motor de crianças com necessidades educativas especiais

Henriques, Maria João dos Santos Reis
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2014 POR
Relevância na Pesquisa
96.67%
O conceito de Necessidades Educativas Especiais abarca crianças, adolescentes e jovens em que uma deficiência ou uma imperfeição física ou psicológica não lhe permite atingir, da mesma forma que os outros, aquilo que lhes é ensinado normalmente na escola. Um aluno com Necessidades Educativas Especiais é aquele que difere de criança típica ou normal. Estas diferenças devem ser suficientemente notáveis a ponto de requerer a modificação das práticas escolares, ou de necessitar de serviços de educação especiais, para possibilitar o desenvolvimento até à sua capacidade máxima. A Equitação Terapêutica é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo como instrumento terapêutico para fins de saúde, educação e lazer. Nesta prática os movimentos tridimensionais provocados pelos passos do cavalo despertam, no corpo de quem a pratica, inúmeros estímulos sensoriais e neuromusculares que intervêm diretamente no desenvolvimento global e na aquisição de habilidades motoras. A Equitação Terapêutica é uma prática em expansão. Ainda são ínfimas as investigações e informações existentes sobre o tema. Ao longo do estudo pretende-se conceituar a Equitação Terapêutica, caraterizar as necessidades educativas especiais...

Avaliação para as aprendizagens dos alunos com necessidades educativas especiais do 1º Ciclo numa escola pública : reflexões sobre a inclusão

Lavres, José Manuel da Costa, 1961-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
96.72%
Tese de mestrado, Ciências da Educação (Avaliação em Educação), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2013; O presente estudo centra-se na problemática da avaliação das aprendizagens dos alunos com necessidades educativas especiais do 1º ciclo do ensino básico de grau ligeiro numa escola pública, tendo como objetivo principal analisar a avaliação das aprendizagens em contexto de sala de aula. Pretendeu-se assim, aprofundar os conhecimentos sobre como, ao quotidiano das aulas, a professora articula a avaliação no processo de ensino e de aprendizagem. O quadro teórico integra três grandes temáticas “educação inclusiva/diversidade; necessidades educativas especiais e avaliação para as aprendizagens”, perspetivando os desafios dos alunos com necessidades educativas especiais, dentro de uma turma do ensino regular. O estudo seguiu uma metodologia qualitativa centrada no paradigma interpretativo, tendo sido realizado um estudo de caso instrumental com dois alunos com necessidades educativas especiais e com a professora titular de uma turma do 3º ano de escolaridade. A recolha de dados foi feita através de uma entrevista semiestruturada à professora titular de turma, observações de aulas em que foram registadas os comportamentos e as reações dos dois alunos com N.E.E...

Inclusão e necessidades educativas especiais no secundário do ensino regular : perspectiva dos alunos com NEE

Serejo, Sara dos Santos
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
96.79%
Tese de mestrado, Psicologia (Seção de Psicologia da Educação e da Orientação), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2014; A inclusão é um tema controverso que tem vindo a ser debatido internacionalmente nos últimos anos. Em alguns países a educação inclusiva ainda é apenas relacionada com os alunos com necessidades educativas especiais mas internacionalmente a ideia de inclusão começa a ser relacionada como uma reforma educativa que suporta e incentiva a diversidade de todos os estudantes. Sendo assim o objetivo principal da inclusão é a eliminação da exclusão social (UNESCO 2008). Para Ainscow (1997) a inclusão diz respeito a todos os alunos que são excluídos devido a uma qualidade de ensino pouco satisfatória ou à falta de organização das escolas e das salas de aula, que acabam por não oferecer condições de sucesso de aprendizagem e de participação de todos os alunos. Por outro lado, rejeitar a ideia de que a inclusão diz respeito apenas a alunos com Necessidades Educativas Especiais é entrar num campo perigoso que pode causar o esquecimento da importância da atenção sobre a exclusão destes alunos e por sua vez causar a segregação contínua destes alunos (Ainscow & Miles, 2008). Desde que a Declaração de Salamanca foi proferida na Conferência Mundial de Salamanca sobre Necessidades Educativas Especiais (Ainscow & Miles...

A Integração das TIC na Aprendizagem das Crianças com Necessidades Educativas Especiais: Um Estudo de Caso

Reis, Maria Gentil Alves Domingos
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96.65%
Dissertação de Mestrado em Educação Especial; Compreender e aceitar a diferença seria, no nosso entender, a solução para muitos dos problemas com que a Escola e a Humanidade hoje se deparam. Embora actualmente, com uma sociedade que tenta ser mais justa e solidária, esta realidade já se tenha de certa forma alterado, continuamos com o sentimento de que muito há ainda a fazer para aceitar e ajudar quem de alguma forma é diferente. As escolas recebem actualmente alunos com Necessidades Educativas Especiais, com o objectivo de as integrar e incluir neste novo espaço social, tentando adaptá-las e prepará-las para a vida e para a convivência com os outros, partilhando valor e experiência. Cabe então à Escola e aos Professores organizarem-se e movimentarem-se de forma a promoverem as melhores condições para acolher estes alunos, tentando responder às suas necessidades, capacidades e incapacidades, educando para um saber fazer criativo e participativo de todos e para a realização da pessoa enquanto agente de mudança. Com a realização deste trabalho pretendemos fazer um estudo de alguns aspectos relacionados com a aprendizagem das crianças com Necessidades Educativas Especiais, aplicar alguns exercícios e fichas...

As Tecnologias de Informação e Comunicação como facilitadoras das aprendizagens das crianças com necessidades educativas especiais

Lemos, Margarida Maria Vasconcelos Ribeiro Antunes
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96.65%
Dissertação de Mestrado em Comunicação e Tecnologia Educativas; O presente trabalho de investigação tem como objectivo geral avaliar a eficácia das Tecnologias de Educação e Comunicação nas aprendizagens das crianças com Necessidades Educativas Especiais. Para isso, fizemos o estudo de caso de duas crianças com NEE (Necessidades Educativas Especiais), que no seu percurso escolar, já evidenciavam sinais de saturação de um ensino tradicional, nas suas aprendizagens. Para isso, foi necessário motivar estas crianças, e levá-las para uma aprendizagem mais lúdica, em que, sem darem conta, jogando aprendiam. Os instrumentos utilizados para a recolha de dados foram as conversas informais com os professores das turmas e os auxiliares de Acção Educativas, a Observação Participante e finalmente registos que eram feitos em grelhas de registo e avaliação. Os resultados obtidos a partir das análises das grelhas de observação permitem-nos afirmar que, na verdade, as TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação) são uma mais-valia para a aprendizagem das duas crianças em estudo, crianças com Necessidades Educativas Especiais. Os CDS utilizados proporcionam uma boa interacção entre as crianças e os jogos. As actividades...

A importância da Educação Física para alunos com necessidades educativas especiais

Picoto, Sandra Manuela Coelho
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96.64%
Dissertação de Mestrado em Ensino de Educação Física, nos Ensinos Básico e Secundário; O presente trabalho tem como finalidade ilustrar o desenrolar do meu processo profissional, enquanto professora de Educação Física, mas, sobretudo, enquanto professora de alguns alunos muito especiais, com quem ao longo destes anos tive e tenho o prazer de ensinar e aprender, partilhando vivências e experiências. A estes alunos, com Necessidades Educativas Especiais, deve ser dada a mesma oportunidade de usufruir de uma educação adequada, tendo sempre presente que precisam de atividade física tanto ou mais do que os outros. A Educação Física tem um papel preponderante a desempenhar, uma vez que, contrariamente às outras disciplinas, pode dotá-los de competências concretas e imediatamente aplicáveis na relação de vida diária destes. Os efeitos e benefícios das competências desenvolvidas/adquiridas nesta disciplina não se reportam única e exclusivamente a um período de tempo, mantendo-se para o resto da vida. Pretendo, com todo este trabalho, analisar, refletir, demonstrar a importância da Educação física para alunos com Necessidades Educativas Especiais, recorrendo a uma revisão da literatura, abordando conteúdos pertinentes: a Educação Física na escola...

Risco e resiliência em adolescentes com necessidades educativas especiais: Desenvolvimento de um programa de promoção da resiliência na adolescência

Simões, Celeste; Matos, Margarida Gaspar de; Ferreira, Mafalda; Tomé, Gina
Fonte: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde Publicador: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
96.64%
Ao longo da nossa vida todos somos confrontados com múltiplos riscos e desafios que ameaçam o nosso bem-estar. A adolescência, pelas suas características especiais, é uma fase onde alguns desses riscos e desafios adquirem uma dimensão significativa. Alguns adolescentes, nomeadamente aqueles com necessidades educativas especiais (NEE), poderão ter de enfrentar riscos e desafios acrescidos devido às suas limitações que, por sua vez, num ambiente com barreiras físicas e atitudinais poderão restringir a participação destes adolescentes nas mais diversas áreas da vida. O projecto “Risco e Resiliência em Adolescentes com Necessidades Educativas Especiais” teve como objectivos conhecer os comportamentos e estilos de vida dos adolescentes com necessidades educativas especiais, e desenvolver um programa de promoção da saúde e resiliência direccionado para pais, professores e outros técnicos. Pretendeu-se assim contribuir para o desenvolvimento teórico, conceptual e metodológico em áreas de pesquisa dos comportamentos relacionados com a saúde, bem-estar e resiliência nos adolescentes com NEE. Ao longo deste artigo são apresentados as diversas etapas do projecto bem como os resultados obtidos em cada uma delas. ------ ABSTRACT ------ During our life everyone has to deal with several risks and challenges that threat our well-being.Adolescence...

Promoção do desenvolvimento psicossocial de crianças e jovens com necessidades educativas especiais

Dores, Maria João da Palma Jorge
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
96.67%
Dissertação de mest., Psicologia, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Univ. do Algarve, 2009; A presente dissertação resulta da investigação feita junto de 90 alunos do Agrupamento de Escola Dr. António Francisco Colaço de Castro Verde, 60 dos quais sem necessidades educativas especiais e 30 alunos com necessidades educativas especiais, inquiridos através da aplicação de dois questionários, o que perfez um total de 120 questionários aplicados. O primeiro questionário aplicado, Questionário de Identificação das Práticas Recreativas e de Lazer na Infância (Q.I.P.R.L.I.), foi dividido em três partes distintas: Identificação, Contexto Escolar e Contexto Familiar e Social, e procurou identificar e avaliar as práticas recreativas e de lazer em contexto escolar, social e familiar. O segundo questionário, Self Perception Profile for Children de Harter, (S.P.P.C. de S. Harter), foi adaptado à população portuguesa, crianças e pré-adolescentes, para avaliação do auto-conceito físico. Esta investigação permitiu identificar e comparar o tipo de actividades recreativas e de lazer das crianças e jovens com e sem necessidades educativas especiais, traduzindo, concomitantemente, que a prática de actividades recreativas e de lazer são um bom motor de integração...

Transição para a Vida Ativa de Jovens com Necessidades Educativas Especiais na Ilha de S. Jorge

Azevedo, Márcia Maria Pacheco de Sousa
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
96.64%
Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências da Educação: Educação Especial, área de especialização em Domínio Cognitivo e Motor; O presente trabalho de investigação insere-se no mestrado em ciências da educação: educação especial e tem como tema a Transição para a Vida Ativa de Jovens com Necessidades Educativas Especiais e foi realizado na ilha de São Jorge, Açores. Tendo presente que muitos dos jovens com algum tipo de incapacidade, mesmo tendo frequentado programas específicos de transição, continuam economicamente inativos, formularam-se os objetivos gerais deste estudo: Compreender de que forma a comunidade (família e empresários) facilita/dificulta a integração de jovens com necessidades educativas especiais no mercado de trabalho e compreender quais as expetativas da comunidade (família e empresários) face ao processo de transição e integração no mercado de trabalho destes mesmos jovens. Foram aplicados inquéritos a trinta e seis empresários da ilha e realizadas entrevistas a sete encarregados de educação. Concluiu-se do estudo que embora os empresários concordem maioritariamente que os estágios em posto de trabalho são importantes para os jovens com necessidades educativas especiais (NEE) ...

Atitudes dos professores do 1º Ciclo face à inclusão de alunos com Necessidades Educativas Especiais no Ensino Regular

Pinto, Paula Margarida de Almeida
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
96.72%
Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências da Educação: Educação Especial, área de especialização em Domínio Cognitivo e Motor; O presente estudo centra-se na problemática da inclusão de alunos com necessidades educativas especiais no ensino regular e tem como objetivo conhecer as atitudes dos professores do primeiro ciclo face à inclusão destes alunos no ensino regular. Neste trabalho, procedemos a uma revisão da literatura para clarificar determinados conceitos, tais como Necessidades Educativas Especiais, Escola Inclusiva e Atitudes dos professores face à inclusão de alunos com necessidades educativas especiais, procurando perceber as principais dificuldades sentidas e o modo como é encarada a inclusão destes alunos pelos professores, tendo em conta a sua ação. A nossa investigação baseou-se numa amostra de cinquenta docentes, do primeiro ciclo do ensino básico da região do distrito de Viseu, dos quais uma reduzida percentagem possui Formação Específica em Educação Especial, e procurou responder à seguinte questão: Quais as atitudes dos professores do primeiro ciclo face à inclusão de alunos com necessidades educativas especiais no ensino regular? A aplicação do Questionário “Atitudes dos Professores do 1ºCiclo Face à Inclusão de Alunos com NEE no Ensino Regular”...

Risco e resiliência em adolescentes com necessidades educativas especiais: Desenvolvimento de um programa de promoção da resiliência na adolescência

Simões,Celeste; Matos,Margarida Gaspar de; Ferreira,Mafalda; Tomé,Gina
Fonte: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde Publicador: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
96.64%
Ao longo da nossa vida todos somos confrontados com múltiplos riscos e desafios que ameaçam o nosso bem-estar. A adolescência, pelas suas características especiais, é uma fase onde alguns desses riscos e desafios adquirem uma dimensão significativa. Alguns adolescentes, nomeadamente aqueles com necessidades educativas especiais (NEE), poderão ter de enfrentar riscos e desafios acrescidos devido às suas limitações que, por sua vez, num ambiente com barreiras físicas e atitudinais poderão restringir a participação destes adolescentes nas mais diversas áreas da vida. O projecto “Risco e Resiliência em Adolescentes com Necessidades Educativas Especiais” teve como objectivos conhecer os comportamentos e estilos de vida dos adolescentes com necessidades educativas especiais, e desenvolver um programa de promoção da saúde e resiliência direccionado para pais, professores e outros técnicos. Pretendeu-se assim contribuir para o desenvolvimento teórico, conceptual e metodológico em áreas de pesquisa dos comportamentos relacionados com a saúde, bem-estar e resiliência nos adolescentes com NEE. Ao longo deste artigo são apresentados as diversas etapas do projecto bem como os resultados obtidos em cada uma delas.