Página 1 dos resultados de 48 itens digitais encontrados em 0.037 segundos

Sérgio Abreu: sua herança histórica, poética e contribuição musical através de suas transcrições para violão; Sérgio Abreu: sua herança histórica, poética e contribuição musical através de suas transcrições para violão

Silva, Luciano Cesar Morais e
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
35.94%
Sérgio Rebello Abreu e seu irmão Eduardo Abreu se notabilizaram como dois dos maiores violonistas em atividade nos anos 60-70. A carreira do duo se interrompeu em aproximadamente 1975 e Sérgio Abreu prosseguiu como solista e camerista até 1981. O impacto que eles causaram no meio musical permanece até hoje, mas sua contribuição não foi analisada sistematicamente. Este trabalho, portanto, versa sobre a herança histórica de Sérgio Abreu, que trabalhou por mais tempo com o violão e era o encarregado das transcrições tocadas pelo Duo, através de suas transcrições e gravações. A fim de contextualizar a transcrição no panorama da história do violão, visitamos a história da transcrição no contexto do desenvolvimento do instrumento desde o Renascimento até o Classicismo, a partir de onde detalhamos mais a análise histórica, e deste ao século XX. Esse panorama procura construir o discurso da reabilitação da prática da transcrição como procedimento válido artisticamente, desde que devidamente contextualizado. Procura, no duplo contexto da história das transcrições e da herança histórico-poética, demonstrar em que elementos musicais se encontram as referências poético-musicais que confluem para o trabalho do Duo Abreu...

A modinha e o lundu: dois clássicos nos trópicos; A modinha e o lundu: dois clássicos nos trópicos

Lima, Edilson Vicente de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
25.92%
A tese por nós defendida no texto que se segue tem como objetivo o estudo de dois importantes gêneros musicais, a modinha e o lundu, cujos processos de elaboração iniciam-se a partir da segunda metade do século XVIII no seio da sociedade luso-brasileira. Com o intuito de possibilitar uma reflexão mais abrangente do assunto, muito caro à historiografia musical em língua lusófona, são levados em consideração aqui, aspectos históricos, estilísticos e identitários. A fim de abordarmos de modo adequado a complexidade de nosso objeto de estudo, calcamos nossa metodologia, sobretudo, no estudo da história, articulado à musicologia histórica, à musicologia sistemática e à etnomusicologia. Partindo do reconhecimento de que os gêneros em questão, objeto de nosso estudo, estão ligados às transformações ocorridas no mundo luso-brasileiro e na transformação das concepções estéticas internacionais, procuramos identificá-los com o que acabou por denominar-se estética do sentimento ou sentimentalismo e com o estilo clássico que se desenvolveu na Europa durante o século XVIII, tanto na poesia quanto na música, e que paulatinamente forjaram outras formas de produção e recepção, identificadas com um novo modo de sociabilidade burguesa que dominará o século das luzes. Por outro lado...

A apropriação dos discursos da New Musicology por três didáticas norte-americanas de ensino de história da música

Tramontina, Leonardo Salomon Soares
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/10/2011 PT
Relevância na Pesquisa
35.92%
O recrudescimento das críticas aos paradigmas teórico-conceituais e ao próprio modus operandi da musicologia histórica, a partir da década de 1980, fomentou seu reposicionamento em direção a processos, temas e métodos característicos das disciplinas não musicais, tais como a antropologia, linguística, etnomusicologia, crítica literária e a teoria cultural, dente outras. Como a Historiografia da segunda metade do século XX, tenta desenvolver uma crítica aos seus enunciados e práticas baseada na consciência de suas formas de construção e significação e da historicidade de seus postulados. Tal fenômeno de inquirição ontológica deu-se, majoritariamente, nos países de língua inglesa, onde recebeu o nome de New Musicology. Sob este contexto, portanto, será analisado como três didáticas de ensino de História da Música, amplamente utilizadas nos cursos de graduação em música dos Estados Unidos, têm se apropriado destes discursos críticos. Tratar-se-á, pois, de desvelar como um material comumente caracterizado por uma postura historiográfica mais tradicionalista, cuja tendência é apresentar uma História da Música que coaduna contextualização geopolítica, "evolução" dos estilos, gêneros e formas musicais a aspectos biográficos das "grandes personalidades"...

Florêncio José Ferreira Coutinho - compositor dos tempos coloniais - partitura e documentação

Camargo, Fernando Emboaba de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
25.75%
Florêncio José Ferreira Coutinho é compositor de interesse tanto histórico como musicológico. Entre os compositores do período colonial, Ferreira Coutinho talvez seja aquele com maior número de cartas e documentos históricos conhecidos. Destaca-se sua correspondência destinada à Maria I, em boa parte preservada, bem como a farta documentação referente a ele nos Autos da Devassa da Conjuração Mineira, já que foi um dos principais delatores de Tiradentes. Fundador ainda da Irmandade de Santa Cecília em Vila Rica, Ferreira Coutinho é um caso de músico colonial com presença marcante em diversas atividades sociais: timbaleiro e trombeteiro do Regimento dos Dragões de Vila Rica, portanto, músico profissional militar que recebia soldo; compositor, cantor e compositor atuante na Casa de Ópera de Vila Rica; bem como cantor (voz de baixo) e compositor, mestre-de-capela nos mais diversos serviços religiosos para o Senado da Câmara, bem como para as principais irmandades de Vila Rica. Além desta riqueza de dados biográficos há ainda as composições musicais de Ferreira Coutinho que sobreviveram aos tempos - poucas delas hoje conhecidas. Portanto, a presente pesquisa se completa com a catalogação de obras, bem como com a edição de suas partituras em anexo...

A guitarra clássico-romântica: história dos métodos de um instrumento

Romão, Paulo César Veríssimo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 121 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
25.91%
Pós-graduação em Música - IA; Esta dissertação tem como foco a Guitarra Clássico-Romântica, antecessora direta do violão moderno. Procuramos verificar, através de uma pesquisa de cunho bibliográfico, o processo de surgimento e as progressivas transformações pelas quais passou este instrumento. Para tanto, valemo-nos da metodologia de pesquisa histórica proposta pela historiografia francesa, em particular, a História das Mentalidades. Iniciamos este trabalho com um levantamento das questões significativas para os indivíduos europeus no período entre a Revolução Francesa e a primeira grande guerra. Mais especificamente, a primeira parte deste trabalho visa a compreensão das fronteiras entre o público e o privado, e do processo de formação do indivíduo como ator social. A segunda parte da pesquisa é dedicada aos processos de confecção da Guitarra Clássico-Romântica, às personagens envolvidas com este instrumento, e, fundamentalmente, aos Métodos escritos para ele. Através da avaliação dos Métodos, procuramos compreender as idéias que permeavam a composição e a execução para Guitarra no século XIX. A terceira parte tem caráter reflexivo, e avalia o ocaso da produção de Métodos a partir do século XX...

Inter-relações entre Performance e Musicologia Histórica: perspectivas para a interpretação musical

Souto, Luciano Hercílio Alves
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 155 p. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
56.23%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Música - IA; This research seeks to establish interrelations between the sub-areas of performance and historical musicology, with emphasis on the interpretation of Partia SecondaBWV 1004 for solo violin from J.S. Bach transcribed for guitar. The main goal is the assumption of theoretical elements that can found the theoreticalpreparation of this composition for the performance, looking for alternative readings of the idealized romantic models like an universal paradigm of interpretative musicality that serves all styles. Considering the hypothesis according to which the dialog between these two sub-areas provides, in the context of historical musicology, the data to buildthe necessary theoretical foundation for the musical execution of this repertoire, as well as the Performance can filter and select analysis methodologies, editing and execution techniques. We will take as a methodological strategy, the interpretative analysis based on the socio-cultural perspective of music and in the musical text and context relationship, sustained by the contents of Textual Linguistic that work as a link between these sub-areas of knowledge.; Esta pesquisa busca estabelecer inter-relações entre as subáreas de Performance e Musicologia Histórica...

Sacabuxa : a adaptação do musico atual ao instrumento de epoca; Sackbut : historical overview and reflection about the adaptation of the Modern Musician to the historical Instruments

Rodrigo Alexandre Soares Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
35.85%
Esta dissertação é o resultado de dois anos de experimentações com sacabuxa. O objetivo deste trabalho é de compartilhar informações sobre a história e principalmente sobre a prática do sacabuxa e do trombone. As informações históricas foram extraídas de fontes bibliográficas atuais sobre a história do trombone e de documentos de época, como os tratados escritos por Michael Praetorius (1571 - 1621), Marin Mersenne (1588 - 1648) e Daniel Speer (1636-1707). A pesquisa histórica permite visualizar o desenvolvimento da construção dos instrumentos de metal desde o trompete reto romano até o sacabuxa. A comparação entre o sacabuxa e o trombone abrange aspectos da construção, tais como a campana e barras transversais de estabilização, facilitando também a compreensão de aspectos da performance. O trabalho se encerra com um relato do autor sobre a sua experiência com uma réplica de sacabuxa e com uma análise das manifestações de profissionais que atuam igualmente na prática do sacabuxa e do trombone, em resposta a um questionário elaborado para fornecer subsídios à pesquisa em questão; This dissertation is the result of two years of experiments with sackbut. The goal is to share information on the history and especially about the practice of the sackbut and the trombone. The historical information was extracted from current literature sources on the history of the trombone and documents of the time...

Acervo musical da Sé de Évora (1755-1840): construção de um arquivo digital

Oliveira, Filipe Mesquita de
Fonte: Actas do Colóquio Investigação em Arte – Perspectivas, Escola de Artes/Universidade de Évora Publicador: Actas do Colóquio Investigação em Arte – Perspectivas, Escola de Artes/Universidade de Évora
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
25.85%
Continua a faltar em Portugal um trabalho sistemático de levantamento exaustivo de fontes musicais manuscritas. O colmatar dessa lacuna através de projectos visando a sua digitalização é tanto mais importante quanto, no que se refere à música, prevaleceu até muito tarde o manuscrito musical como meio privilegiado de circulação de repertórios. Tal facto aponta para algumas situações de emergência no que toca à preservação, levantamento e descrição técnica dos documentos, agravada pelo desconhecimento geral no que respeita à natureza específica da notação musical. Contrariamente ao que sucede na generalidade dos países europeus nos quais a musicologia histórica se encontra mais desenvolvida, o nosso repertório musical é conhecido apenas de forma fragmentada, o que impossibilita a sua narrativa histórica integrada.

Acervo musical da Sé de Évora (1755-1840): construção de um arquivo digital

Oliveira, Filipe
Fonte: Universidade de Évora - Escola de Artes Publicador: Universidade de Évora - Escola de Artes
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
25.85%
Continua a faltar em Portugal um trabalho sistemático de levantamento exaustivo de fontes musicais manuscritas. O colmatar dessa lacuna através de projectos visando a sua digitalização é tanto mais importante quanto, no que se refere à música, prevaleceu até muito tarde o manuscrito musical como meio privilegiado de circulação de repertórios. Tal facto aponta para algumas situações de emergência no que toca à preservação, levantamento e descrição técnica dos documentos, agravada pelo desconhecimento geral no que respeita à natureza específica da notação musical. Contrariamente ao que sucede na generalidade dos países europeus nos quais a musicologia histórica se encontra mais desenvolvida, o nosso repertório musical é conhecido apenas de forma fragmentada, o que impossibilita a sua narrativa histórica integrada.

As mulheres da família real portuguesa e a música: estudo preliminar de 1640 a 1754

Oliveira, Manuela Morilleau de
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
26.12%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ciências Musicais, variante de Musicologia Histórica; Desde os anos 70 do século XX, em Portugal, investigações sobre as mulheres tiveram uma notória repercussão, nomeadamente ao nível da historiografia, com a valorização das vivências quotidianas, privadas e públicas, da esfera familiar, que permitem a percepção das formas de exercício de poder formal e informal praticado pelas mulheres a nível familiar, sócio-político, e, no caso que particularmente interessa nesta investigação, a nível cultural. Estas investigações inserem-se nos denominados Women’s Studies cujo objectivo é o estudo das “vozes femininas silenciadas”, trazendo à “luz” novas realidades para uma percepção mais completa da(s) realidade(s) da História da Humanidade. As duas vertentes dos Women’s Studies, a História das Mulheres e os Estudos de Género têm vindo a aparecer também na área da Musicologia, embora de modo tímido em Portugal. A presente dissertação, enquadrando-se na Musicologia Histórica e nos Women’s Studies, procura através de uma abordagem interdisciplinar, enfatizar o(s) processo(s) através do(s) qual/quais houve...

Processos de actualização e adaptação na encenação de óperas de Wolfgang Amadeus Mozart em Lisboa, na primeira década do século XXI

Fidalgo, Nuno Gonçalo das Neves
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
26.03%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ciências Musicais – Musicologia Histórica; A presente Dissertação de Mestrado em Ciências Musicais – Musicologia Histórica (Fa-culdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa) propõe uma re-flexão sobre determinadas problemáticas da encenação operática contemporânea, nomea-damente a tendência de actualização dos repertórios através da alteração dos seus contextos espácio-temporais (para épocas recentes ou para os dias de hoje) ou através de processos de adaptação dramatúrgico-musical da obra original; nesse sentido, procuraremos aqui analisar e caracterizar a participação dos encenadores portugueses, ou residentes em Por-tugal, no contexto dos espectáculos de ópera ocorridos na área metropolitana de Lisboa, na primeira década do século XXI, designadamente nas óperas de Wolfgang Amadeus Mozart (compositor mais encenado por portugueses no período e contexto em estudo). Inquirindo as estratégias de adaptação e actualização empreendidas por estes encenadores, bem como os modos como se relacionaram com determinadas tradições de representação e recepção operática...

A crítica musical na imprensa periódica lisboeta nos últimos anos daditadura em Portugal: 1970 ‐ 1974

Romão, João Nuno Cardante
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
26.03%
Dissertação de Mestrado em Ciências Musicais: Variante Musicologia Histórica; A presente dissertação de mestrado em Ciências Musicais – Variante de Musicologia Histórica, insere‐se no âmbito da Sociologia da Música, dos estudos de recepção através da crítica musical, dos estudos das políticas institucionais e dos agentes que as fomentam, criticam e, como tal, as integram. Mais especificamente, através da crítica musical, os objectos de estudo que problematizo são as questões que tiveram, de alguma forma, maior relevo nos periódicos generalistas lisboetas e, como tal, produziram tensões entre os diversos agentes do meio musical onde se inseriam, durante os últimos anos da ditadura em Portugal, entre 1970 e 1974. Ao abordar os artigos publicados pelos críticos musicais nos diversos jornais que constituem as fontes primárias desta dissertação, são perceptíveis diferentes modelos discursivos, enquadrando‐se os mesmos em concepções ideológicas da sociedade em geral e do campo da actividade musical em particular; bem como o posicionamento dos diferentes agentes da crítica musical – críticos, compositores, músicos, directores de instituições, entre outros – na classe ou fracção de classe social onde se inserem e onde interagem com as instituições culturais...

Influências da performance na música entre 1970 e 90 em Portugal : Jorge Peixinho, Clotilde Rosa, Eduardo Sérgio

Serrão, Maria Beatriz de Matos Vital
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa. Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa.
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
25.85%
Dissertação de Mestrado em Ciências Musicais Área de Especialização em Musicologia Histórica; A presente dissertação consiste num estudo dos elementos de performance que foram integrados em obras de composição musical e espectáculos de carácter multimedia, em Portugal, nas décadas de 70 a 80 do século XX. Centra-se no estudo de obras dos compositores Jorge Peixinho e Clotilde Rosa e do artista plástico Eduardo Sérgio, apontando a especificidade de cada um e os aspectos estéticos em que se identificam. Como exemplos paradigmáticos desta opção, foram escolhidas para análise as obras Récitation II (1971) e Voix (1972) de Peixinho, Jogo Projectado I (1979), Jogo Projectado II (1981) e Hellas I (1982) e II (1985) de Clotilde Rosa e os espectáculos intermedia Cuboversuesfera (1976) e Amag’arte (1986) de Eduardo Sérgio. Inclui uma contextualização histórica e estética da performance a nível internacional e nacional.

O Centro de Documentação Musical da UFPel no horizonte da multidisciplinaridade: articulações entre musicologia histórica, gestão patrimonial e memória institucional

Cerqueira,Fábio Vergara; Michelon,Francisca Ferreira; Nogueira,Isabel Porto; Goldberg,Luiz Guilherme Duro; Ferreira,Maria Letícia Mazzuchi
Fonte: Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho Publicador: Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.27%
Esse artigo pretende apresentar o programa de memória do Centro de Documentação Musical da Universidade Federal de Pelotas (CDM-UFPEL), no qual se articulam a pesquisa em musicologia histórica, a gestão do acervo histórico do Conservatório de Música de Pelotas (CM-UFPEL) e o estudo de memória institucional. A pesquisa e organização dos suportes de memória incluem a documentação institucional, o acervo de fotografias antigas, o levantamento de fontes orais e a pesquisa junto a fontes primárias escritas (jornais, revistas, almanaques). Através da formação de um banco de dados digital, as informações resultantes dos projetos de pesquisa são organizadas e sistematizadas, visando à disponibilização pela internet. A articulação entre pesquisa em musicologia histórica e procedimentos adotados para gestão de acervos reverte para aproximação entre a memória institucional e a comunidade científica, numa abordagem essencialmente multidisciplinar.

O violino violado : rabeca, hibridismo e desvio do metodo nas praticas interpretativas contemporaneas : tradição e inovação em Jose Eduardo Gramani; A fiddle forgotten : Jose Eduardo Gramani and the revival of the Brazilian rabeca : postmodernism and performance practice

Luiz Henrique Fiammenghi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
25.92%
Este trabalho aborda as mudanças de parâmetros interpretativos no âmbito musical ocorridas a partir da segunda metade do séc. XX. Toma como exemplo e reflexo destas mudanças, a obra de José Eduardo Gramani e suas pesquisas sobre a rabeca brasileira e o movimento de interpretação histórica da música antiga. Tem como ponto de referência o ensaio Em defesa de Bach contra seus admiradores de Theodor Adorno (1951), que discute o papel do intérprete contemporâneo face à música escrita no passado, em especial a de J. S. Bach, e a questão da autenticidade e do historicismo. A presente tese toma este ensaio do filósofo de Frankfurt como um ponto divisor, de onde pode-se vislumbrar as mudanças ocorridas no âmbito da interpretação musical dentro do que se convencionou chamar de pós-modernismo. Partindo do pressuposto da visão do intérprete musical, na qual incluo minha própria experiência enquanto intérprete do violino barroco e das rabecas brasileiras, bem como minha relação profissional direta com o músico José E. Gramani, analiso as mudanças do eixo que oscila entre subjetividade e objetividade na interpretação da obra musical, e que implicam decididamente na relevância do papel do intérprete como intermediário entre a obra musical e o ouvinte - de um lado o campo poiético...

A disciplina de canto coral no Estado Novo: contributo para a História da Educação Musical em Portugal

Barreiros, Maria José Conde Artiaga
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //1999 POR
Relevância na Pesquisa
26.08%
Dissertação de Mestrado em Ciências Musicais (Especialidade de Ciências Musicais Históricas); Diversos factores contribuiram para a escolha do objecto de estudo. Quando se ouvem testemunhos das gerações que tiveram Canto Coral, surgem de imediato observações depreciativas que, por serem descontextualizadas, parcas e dispersas, nao tem contribuido para a necessária clareza e compreensão da vida da disciplina na primeira metade do seculo XX. A associação inevitável à Mocidade Portuguesa é mencionada como se o Canto Coral sempre tivesse existido sob a sua dependência. Estas observações, portanto, não explicam as razões que levaram a inclusão da disciplina do Canto Coral a partir de 1918 no currículo do ensino liceal, nem o que levou a sua apropriação pelo Estado Novo. O ensino artístico ou das disciplinas artísticas ainda não mereceu a necessária atenção nas áreas da investigação histórica ou da educação, para que se possa perceber qual tem sido o seu papel no ensino formal ou informal de forma a que o passado leve a reflectir melhor o presente. O mesmo tem acontecido no domínio da musicologia histórica de onde a investiqação do ensino vocacional e nao vocacional da musica tem andado arredados. Esta constatação leva a considerar que a História da Educação ficará incompleta enquanto nao abranger o estudo de todas as disciplinas que formaram e formam o seu curriculum...

Col·loqui amb Krzysztof Penderecki a la Universitat Autònoma de Barcelona

Bonastre, Francesc,
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Article; info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //1986 CAT
Relevância na Pesquisa
25.92%
El dia 16 d'octubre de 1986 se celebrà a la Universitat Autonòma de Barcelona, organitzat pel Vice-Rectorat de Relacions Exteriors i Campus, i a proposta de l'Institut de Musicologia (Josep Ricart i Matas), el Departament d'Art, el Departament de Didàctica de l'Expressió Musical, Plàstica i Corporal i l'Aula de Música, un col.loqui amb el compositor polonès Krzysztof Penderecki, que el dia anterior havia dirigit al Palau de la Música Catalana de Barcelona, la primera audició del seu Rèquiem, dins el marc del XXIV Festival Internacional de Música. La primera part de l'acte tingué un caràcter d'homenatge a la figura compositiva de Penderecki, la presentació del qual feu el Prof. Dr. Francesc Bonastre. Les raons pregones que ens han mogut a realitzar aquest acte palesen la coherència històrica de la nostra institució, oberta sempre als signes del nostre temps i vinculada als problemes de la societat que ens envolta; tanmateix, cal considerar que aquesta Universitat ha posseit des de la seva fundació, el 1968, estudis de música, en les seves vessants docents i investigadores, la qual cosa ens obliga si més no a mantenir-hi una atenció i a enriquir-la progressivament. En la producció compositiva de Penderecki, hi trobem tres aspectes que justifiquen el reconeixement de la nostra Universitat envers la seva obra: primerament...

Muralismo en Loja, Ecuador.

Malo Martínez, Elena
Fonte: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em //2014 SPA
Relevância na Pesquisa
25.85%
Introducción: La investigación histórica en el arte de los murales es compleja, especialmente en nuestro país, donde no se ha llevado un protocolo de registro de contratos de realización, obra o autores. La importancia de incrementar nuestro conocimiento sobre arte ecuatoriano y específicamente el de Loja, me han llevado a iniciar una investigación que por su magnitud ha tomado aproximadamente cinco años. Dentro del proceso histórico analítico se ha revisado el contexto de la producción mural en la Provincia de Loja, desde sus inicios a finales del siglo XIX, hasta el 2006. Objetivos: 1. Obtener un inventario de los Murales producidos en esta provincia a lo largo de un periodo de 30 años, considerando además sus antecedentes históricos como parte del levantamiento. 2. Generar conocimiento del fenómeno mural que se produce en Loja desde el año 1971 hasta la finalización del presente estudio en 2006, donde se incluyan los autores, así como un análisis de obras y técnicas artísticas. 3. Producir un libro donde se evidencien los resultados obtenidos en esta investigación. Metodología: Se utiliza el método histórico crítico, basado en Kant, mediante el cual la presencia de la obra en tanto fenómeno se explica por una secuencia de causas-efecto. Para este proyecto partimos del registro de lo físicamente visible...

Análise, Musicologia, Positivismo

Duprat, Régis
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/1996 POR
Relevância na Pesquisa
36.07%
Permeia na incipiente musicologia brasileira uma tendência, que se pretende recente, de depreciar a crítica e abordagem impressionista-literário-retórica da obra musical tanto quanto a transcrição-restauração, dissociando esta última, equivocadamente, de toda atitude analítica prévia, concomitante e ou posterior, como se uma transcrição não resultasse de uma postura teórico-analítico-histórica integrada e permanente. Ao mesmo tempo, supervaloriza-se a "análise musical" como panacéia universal das doenças da musicologia, ou da própria música. A tendência recente de que falamos reflete diretamente a ocupação quantificada do meio acadêmico por parte de segmentos ponderáveis da comunidade musical, ou seja, a presença da música na Universidade brasileira e a expansão da qualificação profissional e da titulação. Nesse esquema de ocupação, tem um espaço razoável uma geração de especialistas titulados especialmente nos Estados Unidos e que desse país trazem uma formação e uma preocupação voltadas primordialmente para a análise musical. Não é absolutamente a nossa intenção desmotivar os jovens na prática da análise. Porém, não posso deixar de advertir sobre a fragilidade da episteme analítica...

Sobre a performance: o ponto de vista da musicologia

Rink, John
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 17/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.03%
Este artigo examina uma série de abordagens musicológicas em relação àperformance musical. Aborda-se, primeiramente, o lugar da música erudita ocidental no âmbito do mundo da performance em geral; em seguida, consideram-se os meios retrospectivos pelos quais os musicólogos investigaram performances individuais e as diversas questões relacionadas. Em seguida, a discussão se volta para a aplicação prática da pesquisa à performance. Um estudo de caso do Noturno em Mi bemol maior Op. 9 No. 2 de Chopin demonstra como as lacunas entre a pesquisa e a prática podem ser preenchidas de modo a realçar o momento de verdade que cada performance representa. A ênfase é colocada sobre a necessidade tanto de uma mediação como de uma compreensão contextualizada do que quer que seja que a investigação histórica, analítica, bem como outros modos de pesquisa, possam oferecer ao intérprete.