Página 1 dos resultados de 48 itens digitais encontrados em 0.058 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa

As mulheres da família real portuguesa e a música: estudo preliminar de 1640 a 1754

Oliveira, Manuela Morilleau de
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
26.12%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ciências Musicais, variante de Musicologia Histórica; Desde os anos 70 do século XX, em Portugal, investigações sobre as mulheres tiveram uma notória repercussão, nomeadamente ao nível da historiografia, com a valorização das vivências quotidianas, privadas e públicas, da esfera familiar, que permitem a percepção das formas de exercício de poder formal e informal praticado pelas mulheres a nível familiar, sócio-político, e, no caso que particularmente interessa nesta investigação, a nível cultural. Estas investigações inserem-se nos denominados Women’s Studies cujo objectivo é o estudo das “vozes femininas silenciadas”, trazendo à “luz” novas realidades para uma percepção mais completa da(s) realidade(s) da História da Humanidade. As duas vertentes dos Women’s Studies, a História das Mulheres e os Estudos de Género têm vindo a aparecer também na área da Musicologia, embora de modo tímido em Portugal. A presente dissertação, enquadrando-se na Musicologia Histórica e nos Women’s Studies, procura através de uma abordagem interdisciplinar, enfatizar o(s) processo(s) através do(s) qual/quais houve...

Processos de actualização e adaptação na encenação de óperas de Wolfgang Amadeus Mozart em Lisboa, na primeira década do século XXI

Fidalgo, Nuno Gonçalo das Neves
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
26.03%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ciências Musicais – Musicologia Histórica; A presente Dissertação de Mestrado em Ciências Musicais – Musicologia Histórica (Fa-culdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa) propõe uma re-flexão sobre determinadas problemáticas da encenação operática contemporânea, nomea-damente a tendência de actualização dos repertórios através da alteração dos seus contextos espácio-temporais (para épocas recentes ou para os dias de hoje) ou através de processos de adaptação dramatúrgico-musical da obra original; nesse sentido, procuraremos aqui analisar e caracterizar a participação dos encenadores portugueses, ou residentes em Por-tugal, no contexto dos espectáculos de ópera ocorridos na área metropolitana de Lisboa, na primeira década do século XXI, designadamente nas óperas de Wolfgang Amadeus Mozart (compositor mais encenado por portugueses no período e contexto em estudo). Inquirindo as estratégias de adaptação e actualização empreendidas por estes encenadores, bem como os modos como se relacionaram com determinadas tradições de representação e recepção operática...

A crítica musical na imprensa periódica lisboeta nos últimos anos daditadura em Portugal: 1970 ‐ 1974

Romão, João Nuno Cardante
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
26.03%
Dissertação de Mestrado em Ciências Musicais: Variante Musicologia Histórica; A presente dissertação de mestrado em Ciências Musicais – Variante de Musicologia Histórica, insere‐se no âmbito da Sociologia da Música, dos estudos de recepção através da crítica musical, dos estudos das políticas institucionais e dos agentes que as fomentam, criticam e, como tal, as integram. Mais especificamente, através da crítica musical, os objectos de estudo que problematizo são as questões que tiveram, de alguma forma, maior relevo nos periódicos generalistas lisboetas e, como tal, produziram tensões entre os diversos agentes do meio musical onde se inseriam, durante os últimos anos da ditadura em Portugal, entre 1970 e 1974. Ao abordar os artigos publicados pelos críticos musicais nos diversos jornais que constituem as fontes primárias desta dissertação, são perceptíveis diferentes modelos discursivos, enquadrando‐se os mesmos em concepções ideológicas da sociedade em geral e do campo da actividade musical em particular; bem como o posicionamento dos diferentes agentes da crítica musical – críticos, compositores, músicos, directores de instituições, entre outros – na classe ou fracção de classe social onde se inserem e onde interagem com as instituições culturais...