Página 1 dos resultados de 94 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

A relação do público com o museu do Instituto Butantan: análise da exposição 'Na natureza não existem vilões'; Visitors' relation with the Butantan Institute Museum: Evaluation of the exhibition 'There are no villains in Nature'

Almeida, Adriana Mortara
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/10/1995 PT
Relevância na Pesquisa
36.54%
O trabalho trata da avaliação da exposição “Na Natureza não existem Vilões” do Museu do Instituto Butantan. Realizou-se uma pesquisa histórica e uma pesquisa de público para se saber a opinião e o nível de aprendizado obtido após a visitação. Como conclusão, sugerem-se modificações na exposição para tornar a comunicação das mensagens propostas mais eficiente.; This paper evaluates the exhibit “There are no villains in Nature” of the Butantan Institute Museum. A historical research and an audience poll were carried out in order to find out the visitors’ opinion of the exhibit and what they learned during their visit. A proposal of changes in the exhibit, to make its message more effective is presented at the end of the discussion.

Reabilitação do museu: políticas de inclusão cultural por meio da acessibilidade; Rehabilitation of Museum: Policies of Cultural Inclusion through Accessibility

Sarraf, Viviane Panelli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.24%
A pesquisa Reabilitação do Museu: Políticas de Inclusão Cultural por meio da Acessibilidade investiga a relação museu e pessoas com deficiência analisando as teorias e práticas voltadas à ação cultural e programas inclusivos. Investiga também os conceitos de inclusão e acessibilidade em relação ao museu e à mediação cultural, utilizando para tanto os depoimentos de integrantes dos dois lados do sistema pesquisado: pessoas com deficiência representando o público beneficiário e gestores das instâncias pública e privada representando os museus e instituições culturais. A finalidade desta dissertação é demonstrar a necessidade de uma nova forma de atuação institucional que leve em consideração o direito e o desejo das pessoas com deficiência em se beneficiarem com o acesso à cultura, à arte e ao patrimônio cultural, o que implica conseqüentemente, em novas estratégias de mediação e acesso à informação na gestão de equipamentos culturais. A pesquisa oferece subsídios práticos e teóricos para a implantação de políticas culturais que promovam o acesso à informação, ao patrimônio e às atividades culturais para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, com a possibilidade de extensão destes benefícios para outros públicos.; The research Rehabilitation of Museum: Policies of Cultural Inclusion through Accessibility investigates the relationship between museums and people with disabilities by the analysis of practices and theories about cultural actions and inclusive programs. Also investigate the accessibility and inclusion concepts in relation to museums and cultural mediation using for this objective the testimony of people representing the two sides of this system: people with disabilities the target audience...

Atividade de aprendizagem em museus de ciências; Learning activity in science museums

Bizerra, Alessandra Fernandes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.56%
Os museus, independentemente de sua tipologia e contexto de origem, mantêm em comum seu caráter de conservação e preservação do patrimônio cultural, bem como sua disponibilidade em ressignificá-lo. Embora historicamente o papel social dessas instituições tenha se alternado em força e motivos, uma dimensão torna-se evidente: os museus, nos modelos conhecidos hoje, apresentam-se como espaços educativos, organizados, com conhecimento humano historicamente construído, compartilhado e reproduzido por sujeitos ativos. Mas como os museus conduzem desse processo, considerando seu público como composto por sujeitos que atribuem valores e significados a esse patrimônio? Buscando uma reflexão sobre o entendimento do papel social dos museus no que tange à apropriação e re-produção da cultura, foi utilizado o referencial histórico-cultural, baseado nas ideias de Vigotski, Leontiev e Davidov e focado o processo de aprendizagem de conceitos e práticas. Com essa escolha, procurou-se compreender como está estruturada uma atividade de aprendizagem, de ressignificação do patrimônio, em museus de ciências. Assumiu-se, a priori, que essas instituições são locais em que o processo de aprendizagem está presente, mas não necessariamente a atividade de aprendizagem. Diferenciou-se...

Modos do museu: entre a arte e seus públicos

Lara Filho, Durval de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.65%
O museu de arte moderna e contemporânea é uma instituição que possui relações complexas com a arte, com o mercado da arte e, com os públicos. Suas origens remontam ao museu tradicional e, em linhas gerais, mantém suas atribuições básicas e pouco muda ao longo do tempo, mas passa a agregar novas e diferentes funções. Parte-se da hipótese de que, em face às novas manifestações culturais, às práticas das artes, aos hábitos culturais e às novas formas de organização - que se situam num outro registro, em coletivos, trabalhos colaborativos ou agrupamentos assemelhados - o museu necessita rever sua atuação se desejar participar ativamente do processo cultural contemporâneo. Para examinar o problema, partimos da análise do museu desde suas origens, verificando que ele surge na confluência de práticas tradicionais das coleções e gabinetes de curiosidades, e das ideias do Renascimento, que se adensam com o iluminismo buscando autonomia e o exercício da função pedagógica. Em seguida, analisamos o impacto que sofreu com as Exposições Universais e com o modernismo nas artes. Nesse longo percurso, buscamos identificar os diferentes tipos de ações de mediação que o museu realizou com os públicos, desde os catálogos e a expografia...

Refletindo sobre musealização: um encontro entre público e arqueologia marítima em Santos; Reflecting on musealization: a meeting btween public and maritime archeology in Santos

Amarante, Cristiane Eugenia da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.5%
Essa pesquisa tem como objeto a musealização da arqueologia marítima na cidade de Santos. Para tanto, recorreu ao estudo de recepção com estudantes de uma escola municipal de Santos visando a coletar dados norteadores de política de comunicação inerente ao processo de musealização. O propósito é trabalhar com a arqueologia pública, utilizando-se de estratégias participativas que aproxime as pessoas da ciência arqueológica considerando o museu e seu público. O estudo apresenta as pesquisas em arqueologia na cidade de Santos. Essas investigações trouxeram outras possibilidades de leituras para a história da cidade oriundas do campo arqueológico. Porém, muitas das coleções geradas por elas estão guardadas em outras cidades. Por esse motivo, é de suma importância que esse material permaneça em Santos, para que a comunidade santista tenha acesso a esses conhecimentos via comunicação museológica e a linguagem expositiva. O museu assume contemporaneamente um importante papel, para instigar seu público a participar da valorização e preservação desse patrimônio. Como patrimônio da união os vestígios arqueológicos marítimos musealizados devem estar a serviço da sociedade e a sociedade a serviço da preservação de forma a construir caminhos e soluções coletivamente.; This research has the objective of musealization of maritime archaeology in the city of Santos. For accomplishing that goal this research used the study of receptivity with students of a city public school to collect guiding data of the communication policy inherent to that process of musealization. The purpose is to work with the public archaeology using participative strategies that gather the people and the archaeological science...

Exposições museológicas do Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade Federal de Santa Catarina: espaço para construções de parcerias; Museum exhibitions at the Museu de Arqueologia e Etnologia of the Universidade Federal de Santa Catarina: space for building partnerships

Guimarães, Viviane Wermelinger
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.4%
Esta é uma pesquisa que busca conhecer e analisar a trajetória das exposições museológicas do Museu de Arqueologia e Etnologia Professor Oswaldo Rodrigues Cabral da Universidade Federal de Santa Catarina (MArquE-UFSC) para discutir um programa de exposições para a Instituição que esteja de acordo com a concepção contemporânea de museu. O MArquE-UFSC é um museu universitário de natureza administrativa pública federal e iniciou sua trajetória como um Instituto de Pesquisa - Instituto de Antropologia - onde eram realizados trabalhos de campo com coleta de objetos e exposições com a finalidade de apoiar as disciplinas da área de Antropologia. Durante seu percurso, transformou-se em museu, e com isso ampliou suas ações, especialmente na área de comunicação, começando a preocupar-se com o público e sua relação com os segmentos sociais. Utilizamos como referências para traçar uma política de exposições duas experiências expográficas: a parceria realizada, em 2011, com os alunos Guarani, Kaingang e Xokleng/Laklanõ do Curso de Licenciatura Intercultural do Sul da Mata Atlântica (UFSC) para a concepção da exposição temporária e itinerante "Guarani, Kaingáng e Xokleng: memórias e atualidades ao sul da mata atlântica"; a exposição "Ticuna em Dois Tempos" (2012)...

Exposição didatica e vitrine das formas : a didatica do Museu de Arte de São Paulo; Exposição didatica and vitrine das formas : the didactic of Art Museum of São Paulo

Stela Politano
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.24%
A Exposição Didática e a Vitrine das Formas foram duas exposições que marcaram o início do Museu de Arte de São Paulo, em 1947. Foi na Rua Sete de Abril que o projeto de Pietro Maria Bardi se iniciava, na busca pela formação didática do público moderno que adentrava pelas portas do Edifício dos Diários Associados. Este estudo visa à compreensão desse momento da história artística de São Paulo e, acima de tudo, ao resgate as falas e documentos históricos antes calados pelo esquecimento; "Exposição Didática" and "Vitrine das Formas" were benchmarks exhibitions in the beginning of Assis Chateaubriand Museum of Art of São Paulo, in 1947. It was on Sete de Abril street that the project of Pietro Maria Bardi started the pursue of the modern audience teaching training, which came into the building through the doors of "Diários Associados". This study aims at understanding this period of Art History of Sao Paulo and, above all, to rescue the speeches and historical documents before the silent oblivion

Percepção Ambiental em Museus Paisagens de Arte Contemporânea: a legibilidade dos museus Inhotim/Brasil e em Serralves/Portugal avaliada pelo público/visitante; Environmental Perception in Contemporary Art Museums Landscapes: the legibility of the museuns INHOTIM/Brazil and SERRALVES/Portugal assessed by the public/visitor

Costa, Robson Xavier da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo; Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo; Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.5%
This thesis nalyzes the wayfinding in Landscape Museum of Contemporary Art (MPAC), based on the Institute of Contemporary Art CACI, Minas Gerais, Brazil and the Museum of Contemporary Art of the Serralves Foundation, Porto, Portugal. The study focuses on the interrelationship of the public/visitors with the landscape, architecture and contemporary art museums in these, in order to understand visual perception and apprehension of such an environment for their users. For both were confronted documentation (visual and written) and people talk. The main hypothesis put forward is that the audience/visitor MPAC appreciates the interrelationship between the natural environment (park/garden) and built environment (the works of contemporary art and the galleries), giving equal value to both. To complement this, a second hypothesis is that during the visit to MPACS, visitors define their paths spontaneously, but strongly influenced by existing visual indicators (maps, signage and striking landscape elements), which facilitate the readability of space, which also contribute to the offered services and the experiences of similar institutions. The analytical basis of the research used the concepts of legibility (LYNCH, 2009), wayfinding (GIBSON...

Dedication of Blue Triangle YMCA showing Mr. Tellepsen at podium with Luellelia Walker-Harrison (Mrs. Alex Harrison), Victoria Barnes (Mrs. Tetus Barnes), and Beulah Bowie (Mrs. A.E. Bowie) in audience.

Fonte: Museum of Houston and the Houston Metropolitan Resource Center Publicador: Museum of Houston and the Houston Metropolitan Resource Center
Tipo: Imagem
ENG
Relevância na Pesquisa
36.18%
Mr. Tellepsen at podium with Luellelia Walker-Harrison (Mrs. Alex Harrison), Victoria Barnes (Mrs. Tetus Barnes), and Beulah Bowie (Mrs. A.E. Bowie) in audience.

A Sha”cr, with his accompanying Violist, and part of his Audience.

Lane, E. W. (Edward William), 1801-1876
Fonte: Electronic version published by Rice University, Houston, Tx Publicador: Electronic version published by Rice University, Houston, Tx
Tipo: illustrations; StillImage
ENG
Relevância na Pesquisa
36.18%
Caption: "A Sha”cr, with his accompanying Violist, and part of his Audience."; A few men playing instruments, with men in the foreground smoking hookahs. Engraving (prints).

Locating Houston's Museum for Missing Places

Leshinsky, Eric J.
Fonte: Universidade Rice Publicador: Universidade Rice
Tipo: Thesis; Text Formato: 227 p.; application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
26.38%
In Houston, Texas, a vibrant museum culture dedicated to the preservation of precious artworks and antiquities is oddly juxtaposed against a turbulant economy and an ethos propelled by short-term vision, rapid and unregulated change, and the uncertainty of enduring architectural landmarks. The museum of missing places is a new museum and cultural archive in Houston, Texas, attempting to exist as part of this unstable environment rather than in spite of it, and aspiring to be what this city's other renowned museums are not: an institution that can activate the public life of the city but also study it, and in turn propose a new set of cutatorial practices that might allow a museum to better integrate itself with its surrounding environment. Sharing the mission of existing museums in gathering, ordering, and exhibiting cultural information that is of broad public interest, the museum for missing places distinguishes itself by turning outward to the city; by initiating dialogues with a public-at-large in places where they've never existed before; and by employing a variety of experimental curatorial tactics to allow the boundaries between museum and its audience to disappear.

Hominin representations in museum displays : their role in forming public understanding through the non-verbal communication of science.

Anderson, Kari
Fonte: Universidade de Adelaide Publicador: Universidade de Adelaide
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012
Relevância na Pesquisa
36.3%
Key points: 71 institutions visited. 860 hominin representations assessed. Earlier hominins are treated differently from H. sapiens and often convey inaccurate scientific information. Hominin representations in museums and other displays have been used for well over a century to illustrate the people of the past. The popularity of archaeological and forensic facial reconstructions in the media ensures that they will be popular for some time to come. The aim of this work is to ascertain how hominin representations displayed in museums convey to the public interpretations of human evolution, variation and behaviour. These representations are a unique form of museum material culture as they are used as both part of the display and as an artefact that displays scientific knowledge from its era of manufacture. Various institutions (71) in 10 European countries and Australia were visited. Out of those, 55 hold altogether 860 life–sized and three–dimensional hominin representations. Ten representation types were identified: facial reconstructions (n=100), facial reconstructions on a body (n=92), casts (n=158), educational sculptures (n=104), museum mannequins (n=99), standard mannequins (n=87), portrait figures (n=147), medical models (n=27)...

Representing cultural diversity at the National Museum of Australia

Abraham, Beth
Fonte: Universidade Nacional da Austrália Publicador: Universidade Nacional da Austrália
Tipo: Relatório
Relevância na Pesquisa
36.78%
The National Museum of Australia (NMA) reflects and refracts the communities, environment and social climate around it. The NMA is a recent museum and example of 'new museology'. As such, it is still in the process of defining and negotiating its role in the telling of public history, the form that its narratives should take and the appropriate tenor and tone with which to tell its stories. Every national museum is a product of their unique historiographies, (that is, their own histories and the history of these histories). It is the role of the NMA to best represent to its audiences the reality that Australia is a plural society. This is achieved through creating a mood within which ideas are developed and represented but also which allows the community and visitors to the museum to feel welcome to share their own ideas. The NMA is a museum, but it is also a place that encourages a climate of mutual exchange between visitors and the museum. The museum aims to enhance historical dialogue through recognising, representing, displaying historical narratives, as well as listening and responding to the plural histories of diverse cultures. The socio-political and cultural changes of the twenty-first century helped shape an expectation that national museums would play a role in sharing the plurality of stories in their communities. History...

Museu de lanifícios da Universidade da Beira Interior: propostas de intervenção museológica

Oliveira, Ana Sofia Marques
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.54%
Das ruínas das antigas fábricas de lanifícios, reflexos da desindustrialização, despoletou a instituição responsável pelo renascimento da cidade, e que se se transformou ela própria uma marca inapagável da história da Covilhã: a Universidade da Beira Interior, que se tornou, ao tomar parte deste património, igualmente, responsável pela história da cidade, assumindo como encargo a salvaguarda e preservação dos vestígios que herdou desta forma de produção têxtil milenar. A UBI teve o mérito de valorizar a Covilhã, criando o Museu de Lanifícios da Universidade da Beira Interior, responsável pela salvaguarda da área das tinturarias da antiga manufatura de estado, fundada pelo Marquês de Pombal, em 1764. O Museu garante a preservação, manutenção e divulgação deste património, o instrumento mais eficaz na transmissão da história e dos factos em torno do labor às gerações seguintes, honrando as memórias dos construtores desta indústria e os vários momentos dessa construção. No entanto, nem sempre os mais jovens, temporalmente afastados desta importante industria, demonstram o interesse que seria esperado pelo Museu, que, para se tornar suficientemente atrativo, carece de uma constante adaptação. Neste contexto...

Públicos dos museus: um estudo qualitativo sobre as visitas em família: o caso do Museu da Eletricidade

Santos, Joana Cristina
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.61%
Mestre em Gestão e Estudos da Cultura – Museologia; Este estudo é uma análise qualitativa sobre visitas a museus em família, onde se estudou o caso do Museu da Eletricidade. As famílias são uma segmentação de público pela qual os museus se têm interessado nas últimas décadas. Isto acontece porque por um lado, cerca de metade do público de museus são famílias e, por outro lado, porque atrair famílias significa exercer influência na formação cultural das crianças que as acompanham ou seja, nos potenciais visitantes do futuro. Neste trabalho, que se desenvolveu a partir de um inquérito por questionário e de entrevistas, procurou-se conhecer quem são as famílias que visitam museu (composição dos grupos, relação com os museus, escolaridade e profissão dos adultos), porque motivos o fazem (intenções prévias de visita), e perceber em que medidas é que estas duas dimensões afetam as experiências de visita: as diferentes formas de viver a visita, de aproveitar o espaço e o momento, e de apreciar a experiência. Como objetivo final, este estudo pretende fornecer ferramentas que podem facilitar o trabalho dos profissionais de museus, nomeadamente na conceção de exposições cujo público-alvo sejam as famílias.; This study is a qualitative analysis of families' visits to the museums...

An eye for vulgarity : how MoMA saw color through Wild Bill's lens

Kivlan, Anna Karrer
Fonte: Massachusetts Institute of Technology Publicador: Massachusetts Institute of Technology
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 71 p.
ENG
Relevância na Pesquisa
36.3%
This thesis is an examination of the 1976 Museum of Modern Art exhibition of color photographs by William Eggleston-the second one-man show of color photography in the museum's history- with particular attention to the exhibition monograph, William Eggleston's Guide. From hundreds of slides, MoMA Director of Photography John Szarkowski dominated the process of selecting the 75 images for the exhibition and 48 to be carefully packaged in the Guide, a faux family photo album/road trip guidebook. It is my contention that, despite their verbal emphasis on the Modernist and universal (rather than Southern) nature of the images, the photographs can be read as being replete with the mythology of the Old South- its decay, vulgarity, and even horror. Through this act of manipulation, the images in the Guide appealed in a voyeuristic way to an elite Northern art world audience, ever eager to reinforce its own intellectual, economic, and ethical superiority over other parts of the country. Due to its presumed "vulgarity" and absence of aesthetic mystique at the time, color photography required for its inaugural moment at the museum a sharp distancing from the documentary tradition and advertising-the complete erasure of social context afforded by a Modernist aesthetic.; (cont.) The two-faced posture maintained by the curator and photographer combined a canny understanding of the cultural power of the images with an overtly Modernist disavowal of it.; by Anna Karrer Kivlan.; Thesis (S.M.)--Massachusetts Institute of Technology...

El nuevo esquema expositivo del museo de historia natural de Londres, 1968-1981. Una perspectiva histórica

Corral Guillé, Gustavo; Nieto Galan, Agustí
Fonte: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2015 SPA
Relevância na Pesquisa
26.58%
El presente trabajo ofrece una mirada al Natural History Museum de Londres entre finales de la década de 1960 y principios de la de 1980 y al modo en que cambió la identidad y la política expositiva del museo en esa época. La caracterización del público al que debían dirigirse las nuevas exposiciones también cambió pasando de un público con conocimientos y un interés manifiesto en la historia natural a uno mayormente infantil y con pocos o nulos conocimientos. La tesis sigue el proceso de planificación y producción del nuevo modelo expositivo que comenzó a perfilarse en 1968 con el nombramiento del nuevo director Frank Claringbull al que el Board of Trustees del museo le encomendó la misión de ‘renovar' las galerías. En un momento en el que la nación atravesaba serias dificultades económicas y comenzaba a instaurarse un control financiero sobre las instituciones públicas, debían justificar una mayor financiación del gobierno. Con la idea de modificar la imagen del museo, el discurso museográfico del nuevo modelo dejó de centrarse en los especímenes y se consagró a los visitantes. Las nuevas exposiciones sustituyeron de forma significativa los objetos por modelos y dispositivos interactivos y las etiquetas se volvieron un elemento secundario de una historia con un argumento sencillo sobre algún tema contemporáneo y que era ilustrado por algunos especímenes. Además...

From comics to the museum: the democratization of information in arts for children; Dos quadrinhos para o museu: a democratização da informação em artes para o público infantil

Carvalho, Cristina; Lopes, Thamiris Bastos; Cancela, Clarisse Duarte Magalhães
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 14/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.24%
The article discusses works of art for children in museums, understood as informational devices that should extract information from their collections in order to generate knowledge for different audiences. From the cartoonist Mauricio de Souza's initiative in transforming his comic book characters into works of art for museum spaces, and based on Wallon’s perspective on child development, we discuss the inclusion of children in art museums and the possibilities of developing educational activities able to include this specific audience.; O artigo apresenta uma reflexão sobre a informação das obras de arte para o público infantil em museus, entendidos como aparatos informacionais que devem extrair informações de suas coleções com o intuito de gerar conhecimento para diferentes públicos. A partir da iniciativa do cartunista Mauricio de Souza em transformar seus personagens de história em quadrinhos em obras de arte para espaços museais, e com base na perspectiva walloniana do desenvolvimento infantil, discutimos a inserção de crianças nos museus de arte e as possibilidades de desenvolver ações educativas capazes de incluir esse público específico.

Os visitantes do Museu Paulista: um estudo comparativo com os visitantes da Pinacoteca do Estado e do Museu de Zoologia

Almeida, Adriana Mortara
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2004 POR
Relevância na Pesquisa
36.44%
Neste artigo pretende-se discutir as diferenças entre os públicos de museus de história, arte e ciência, com um aprofundamento nas motivações e expectativas dos visitantes. Para o Museu Paulista apresentarei de forma detalhada a "fala" dos visitantes em relação aos benefícios da visita e ao que mais gostaram, dando uma leitura preliminar de seu conteúdo.Dessa maneira, pensa-se em colaborar para o desenvolvimento dos estudos de públicos no Brasil, ainda pouco sistemáticos, mas que permitem aos museus conhecer seus públicos e assim criar e aperfeiçoar seus programas, de acordo com sua missão, mas com uma visão mais clara dos seus interlocutores/visitantes e até de seus "não-visitantes". Inicialmente, discutirei a questão da tipologia dos museus, por ser a base da hipótese de pesquisa, ou seja, se o perfil, as motivações e expectativas dos públicos variam conforme o tipo de museu. Em seguida, apresentarei referenciais teóricos e estudos que nortearam a metodologia e alguns dos resultados obtidos.Na última parte, descreverei as respostas dos visitantes do Museu Paulista às questões abertas, procurando identificar as leituras das exposições apresentadas, na visão do receptor/visitante.Este trabalho abriu um conjunto de questões para novas investigações sobre as condições dos visitantes e suas leituras das exposições.; This article presents and discusses the differences between the audiences of history...

An Audience Diversification Model for Public Gardens and Museums

Andorka, Claire
Fonte: University of Delaware Publicador: University of Delaware
Tipo: Tese de Doutorado
EN_US
Relevância na Pesquisa
36.5%
It is not unusual when visiting public gardens and museums to discover their audiences are primarily Caucasian, female, upper-to-middle class, well-educated, and middle-aged to elderly. This homogeneity among audiences is a problem many organizations are trying to rectify. In order to help manage audience diversification strategies, an audience diversification process model-with a focus on educational programming-was created. This model is based on current literature and practice. The audience diversification model consists of efforts within five Actions. The Actions are: Action 1 : Assess audiences and programs for diversity; Action 2: Establish an organizational commitment to diversity; Action 3: Build mutually beneficial relationships between the public gardedmuseum and community groups of under-represented audiences; Action 4: Design, develop, and implement education programs with community involvement; Action 5: Integrate regular evaluation into the programming process. This model was used to assess the audience diversification efforts at three case study sites: Fairchild Tropical Garden, Please Touch Museum, and Stan Hywet Hall and Gardens. Educators and directors were interviewed regarding the management of their audience diversification efforts. While the selected institutions are currently implementing some of the efforts in the audience diversification model...