Página 1 dos resultados de 889 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Uma coleção de história em um museu de ciências naturais: o Museu Paulista de Hermann von Ihering

MORAES, Fábio Rodrigo de
Fonte: Museu Paulista, Universidade de São Paulo Publicador: Museu Paulista, Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
86.49%
Instalado em um edifício-Monumento, data de 1895 a inauguração do Museu Paulista. Seu primeiro diretor, o zoólogo Hermann Von Ihering (1895-1916), teve a tarefa de organizar suas vastas coleções, as quais possuíam objetos de diversos ramos do conhecimento, entre eles, a História. Este artigo tem a intenção de entender a dimensão, dinâmica e concepção desta coleção de História, que recebeu pouca atenção da Historiografia relativa ao tema.; The Museu Paulista, installed in a landmark building, was inaugurated in 1895. Its first director, the zoologist Herman von Ihering (1895-1916) undertook the assignment of organizing its extensive collections, which comprehended objects pertaining to varied fields of knowledge, including that of History. The present article aims at understanding the dimension, the dynamics and the conception of this historical collection. Until now little attention has been bestowed upon this subject matter by the specialized historiography.

Revista do Museu Paulista e(m) capas: identidade e representação institucional em texto e imagem; Revista do Museu Paulista in its covers: identity and institutional representation through text and images

Bittencourt, Vera Lúcia Nagib
Fonte: Museu Paulista, Universidade de São Paulo Publicador: Museu Paulista, Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
86.51%
Este artigo propõe reflexão sobre a escrita da história, a partir de estudo das capas da Revista do Museu Paulista, especialmente durante as gestões dos dois primeiros diretores da instituição, quando certa continuidade editorial foi preservada. Tomadas como "fontes", ou seja, objeto de trabalho do historiador, as capas revelam vestígios de processos que permitem reconstruir, em suas dimensões históricas, as complexas imbricações entre a produção da Revista, sua materialidade, e os atos de leitura e interpretação que condicionam e refletem relações entre produtores de textos e seus leitores nas primeiras décadas do século XX, a partir de São Paulo, onde era editada.

Documentação museológica: uma reflexão sobre o tratamento descritivo do objeto no Museu Paulista

Yassuda, Silvia Nathaly
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 123 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
86.57%
Pós-graduação em Ciência da Informação - FFC; The museum is a unit of information that can provide various types of documentary support, such as the iconography, the three-dimensional and the bibliographic. The museum documentation works with treatment of collections information, from the registration until the dissemination of information, leaving it to operate a system that attends the information demand of its public. In this regard, we point out the need for the use of languages documented in the construction of systems documentary museum, offering to maximize the recovery and use of information. Some peculiarities of the documentation in museums must be met in order to justify the lack of standardization in the record of collections. Within the museum documentation, the research focuses on the cataloging of objects in museums as action mediator between the public and the body, helping in knowledge construction and preservation of memory. Thus, there was a study of the Museu Paulista aiming to subsidize the general documentary procedures and practices of museums with reflections from the Theory of Documentation. As to the specific objectives intended to reflect on the role of documentation in the museum informacional context and observe how the descriptive representation is used in the Museu Paulista.; O museu é uma unidade de informação que pode apresentar variados tipos de suportes documentais...

São Paulo Antigo, uma encomenda da modernidade: as fotografias de Militão nas pinturas do Museu Paulista

Lima,Solange Ferraz de; Carvalho,Vânia Carneiro de
Fonte: Museu Paulista, Universidade de São Paulo Publicador: Museu Paulista, Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1993 PT
Relevância na Pesquisa
86.43%
Por ocasião das comemorações do centenário da Indendência do Brasil em 1922, o então diretor do Museu Paulista, Affonso de Escragnole Taunay, empenhou-se na montagem de exposições voltadas para a reconstituição arcaizante do passado urbano de São Paulo. Parte desse projeto consistiu em encomendas de pinturas realizadas a partir de matrizes fotográficas do século passado. O presente estudo discute as estratégias visuais presentes na transcodificação de objetos iconográficos de natureza diversa no ãmbito do espaço celebrativo do Museu e seus desdobramentos ideológicos, implícitos nas ações de caráter nacionalista,-educacional e preservacionista.

Um museu para o século XXI: o Museu Paulista e os desafios para os novos tempos

Glezer,Raquel
Fonte: Museu Paulista, Universidade de São Paulo Publicador: Museu Paulista, Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
86.46%
Este texto explora o conhecimento sobre o Museu Paulista, em seus dois prédios, em São Paulo e em Itu: o que é em nossos dias; como foi criado e transformado em Museu de História; o conteúdo histórico que aparece em seu interior como passado materializado; os contextos históricos, nacional e internacional, que não estão citados; as demandas sociais atuais e a necessidade de projeto para o futuro.

A criação do Museu Paulista na correspondência de Hermann von Ihering (1850- 1930)

Lopes,Maria Margaret; Figueirôa,Silvia Fernanda de Mendonça
Fonte: Museu Paulista, Universidade de São Paulo Publicador: Museu Paulista, Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
86.51%
Este artigo discute aspectos da organização inicial do Museu Paulista a partir das correspondências de Hermann von Ihering com o geólogo Orville A. Derby e o paleontólogo Florentino Ameghino. Considera a discussão sobre a origem do Museu Paulista no contexto dos processos de consolidação das ciências naturais no Brasil. Estes foram marcados, no final do século XIX, pelas disputas por espaços de profissionalização, que ultrapassavam os limites do território nacional. Discute ainda o peso do entrelaçamento das iniciativas de caráter claramente individual nos processos oficiais de criação de loci institucionais para a pesquisa.

História nacional em São Paulo: o Museu Paulista em 1922

Brefe,Ana Cláudia Fonseca
Fonte: Museu Paulista, Universidade de São Paulo Publicador: Museu Paulista, Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
86.53%
O texto trata dos cinco primeiros anos da gestão de Affonso de Escragnolle de Taunay no Museu Paulista, de 1971 a 1922. Neste curto período, essencial para entender o perfil que o Museu adquiriu posteriormente, Taunay deu à vetusta instituição do Ipiranga os principais contornos de um museu histórico, ou mais precisamente, de um "lugar de memória" nacional, pretendendo fixá-lo como lugar de origem da nação brasileira e, ao mesmo tempo, concedendo a São Paulo o ansiado destaque no cenário nacional. A autora aborda assim as principais transformações que foram feitas no Museu, em relação à diretoria anterior do naturalista Hermman von Ihering, acompanhando ano a ano abertura de novas salas dedicadas à história nacional e paulista e a realização paulatina da decoração histórica dos espaços monunentais do Museu para a festa do centenário da Independência brasileira em 1922.

Ornamentação do Museu Paulista para o Primeiro Centenário: construção de identidade nacional na década de 1920

Makino,Miyoko
Fonte: Museu Paulista, Universidade de São Paulo Publicador: Museu Paulista, Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
86.51%
Nas últimas décadas, vários estudos enfocaram o Museu Paulista, as coleções, o edifício-monumento e a gestão Afonso de Escragnole Taunay, contribuindo para o desenvolvimento do conhecimento histórico e do patrimônio arquitetônico, artístico e cultural de São Paulo. A ornamentação do Museu, organizada por Taunay, para os festejos do Primeiro Centenário da Independência, em 1922, composta essencialmente de pinturas e esculturas, visando narrar o período colonial até a Independência, é o foco deste estudo. As fontes permitem entender o caminho da seleção dos temas, a execução e a disposição das obras, em vários níveis, no Saguão, Escadaria e Salão de Honra. Os anos iniciais da gestão Taunay (1917 - 1945) foram propícios para a execução da ornamentação, visto o apoio oficial e os recursos financeiros obtidos, inclusive da sociedade paulista. A conclusão da ornamentação, no entanto, demorou duas décadas, pela exigüidade de verbas, após as festividades do Centenário. A ornamentação foi dada por concluída por Taunay, com a colocação da última ânfora na Escadaria, em 1931, e a publicação do Guia da Secção Histórica do Museu Paulista, em 1937. No entanto, as últimas pinturas foram feitas e incorporadas nos anos 60.

O Museu Sertório: uma coleção particular em São Paulo no final do século XIX (primeiro acervo do Museu Paulista)

Carvalho,Paula Carolina de Andrade
Fonte: Museu Paulista, Universidade de São Paulo Publicador: Museu Paulista, Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
86.56%
Este artigo pretende rastrear e recuperar a coleção particular conhecida como Museu Sertório, que, embora tenha se constituído como o primeiro núcleo do acervo do Museu Paulista, é um tema ainda pouco explorado na historiografia. De propriedade do coronel Joaquim Sertório, a coleção tornou-se um museu privado na cidade de São Paulo, ganhando relevância na segunda metade do século XIX. As peças a ele pertencentes foram doadas ao governo paulista em 1890, tornando-se o embrião do acervo do Museu Paulista, que viria a ser inaugurado, em 1895, no Monumento do Ipiranga.

Da Palavra à Imagem: sobre o programa decorativo de Affonso Taunay para o Museu Paulista; From the Word to the Image: about Affonso Taunay's decorative program for the Museu Paulista

Mattos, Claudia Valladão de
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1999 POR
Relevância na Pesquisa
86.54%
O presente artigo analisa a decoraçÃo interna do Museu Paulista, criada e implementada por Affonso d'Escagnolle Taunay durante sua gestÃo como diretor daquela instituiçÃo, procurando compreender as estratégias utilizadas por ele para traduzir suas convicções teóricas em uma linguagem visual convincente. A autora analisa ainda os vínculos do projeto proposto por Taunay com a vasta tradiçÃo de ciclos decorativos europeus e, mais especificamente, com os projetos de construçÃo de uma identidade nacional através da pintura, defendida por alguns artistas ligados à Academia de Belas Artes durante o século XIX.; The present paper studies the internal decoration of the Museu Paulista, created and implemented by Affonso D'Escagnolle Taunay during his term as a director of that institution, trying to understand the strategies he used to translate his theoretical convictions into a convincing visual language. The author also analyses the relations of Taunay's proposed decorative project with the vast tradition of European decorative cycles and, more specifically, with the projects of the construction of a national identity through painting, which was defended by some artists who had a certain relation with the Fine-Arts Academy during the 19th century.

Um museu para o século XXI: o Museu Paulista e os desafios para os novos tempos; A museum for the 21st century: Museu Paulista and the challenges for the new times

Glezer, Raquel
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
86.58%
Este texto explora o conhecimento sobre o Museu Paulista, em seus dois prédios, em São Paulo e em Itu: o que é em nossos dias; como foi criado e transformado em Museu de História; o conteúdo histórico que aparece em seu interior como passado materializado; os contextos históricos, nacional e internacional, que não estão citados; as demandas sociais atuais e a necessidade de projeto para o futuro.; This essay peers into the knowledge about Museu Paulista, in its two buildings, in São Paulo and Itu: what is it in our days; how it was created and transformed into a History museum; the historical contents shown within its walls as a materialized past; the historical, national and international contexts, which are not cited; the actual social demands and the need of a project for the future.

A criação do Museu Paulista na correspondência de Hermann von Ihering (1850- 1930); The creation of Museu Paulista in the correspondence of Hermann von Ihering (1850- 1930)

Lopes, Maria Margaret; Figueirôa, Silvia Fernanda de Mendonça
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
86.61%
Este artigo discute aspectos da organização inicial do Museu Paulista a partir das correspondências de Hermann von Ihering com o geólogo Orville A. Derby e o paleontólogo Florentino Ameghino. Considera a discussão sobre a origem do Museu Paulista no contexto dos processos de consolidação das ciências naturais no Brasil. Estes foram marcados, no final do século XIX, pelas disputas por espaços de profissionalização, que ultrapassavam os limites do território nacional. Discute ainda o peso do entrelaçamento das iniciativas de caráter claramente individual nos processos oficiais de criação de loci institucionais para a pesquisa.; This essay discusses some aspects of Museu Paulista's initial organization based on Hermann von Ihering's correspondence with the geologist Orville A Derby and the paleontologist Florentino Ameghino. It considers the discussion on the origins of Museu Paulista within the context of the processes of consolidation of Natural Sciences' in Brazil. In the end of the 19th century, these processes were characterized by disputes for profession-teaching spaces that went beyond national boundaries. It also deals with the weight of the clearly personal-characterized initiatives webbing in the official processes leading to the creation of institutional loci for research.

Museu Paulista e trocas intelectuais na escrita da História de Afonso de Taunay; Museu Paulista (Paulista Museum) and intelectual exchanges in the wrintings of Afonso de Taunay's history

Anhezini, Karina
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
86.55%
Com o objetivo de compreender a trajetória intelectual de Afonso Taunay pretende-se analisar os intercâmbios estabelecidos entre este historiador e parte de sua rede de sociabilidade reunida em torno da escrita da História de São Paulo no período de 1911 a 1929. Acredita-se que o Museu Paulista assumiu o papel de possibilidade para a escrita da História realizada pelo autor, facilitando a aquisição de obras e documentos, bem como fortalecendo conexões importantes para a concretização de suas obras. A correspondência apresenta-se como principal fonte deste estudo.; Aiming to understand Afonso de Taunay's intellectual trajectory one intends to analyze the exchanges established among this historian and part of his sociability net gathered around the writing of the History of São Paulo in the period from 1911 to 1929. It is believed that Museu Paulista assumed the possibility role for the writing of the History accomplished by the author, facilitating the acquisition of works and documents, as well as strengthening important connections for the materialization of its works. The correspondence comes as the main source for this study.

História nacional em São Paulo: o Museu Paulista em 1922; National history of São Paulo: the Museu Paulista in 1922

Brefe, Ana Cláudia Fonseca
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
86.61%
O texto trata dos cinco primeiros anos da gestão de Affonso de Escragnolle de Taunay no Museu Paulista, de 1971 a 1922. Neste curto período, essencial para entender o perfil que o Museu adquiriu posteriormente, Taunay deu à vetusta instituição do Ipiranga os principais contornos de um museu histórico, ou mais precisamente, de um "lugar de memória" nacional, pretendendo fixá-lo como lugar de origem da nação brasileira e, ao mesmo tempo, concedendo a São Paulo o ansiado destaque no cenário nacional. A autora aborda assim as principais transformações que foram feitas no Museu, em relação à diretoria anterior do naturalista Hermman von Ihering, acompanhando ano a ano abertura de novas salas dedicadas à história nacional e paulista e a realização paulatina da decoração histórica dos espaços monunentais do Museu para a festa do centenário da Independência brasileira em 1922.; The essay is about the five first years of Affonso de Escragnolle de Taunay's term in the Museu Paulista, from 1971 to 1922. In this short period, essential to understand the profile the museum acquired later, Taunay gave the ancient institution of Ipiranga the main outlines of a museum of History, or even more precisely, a "place of national memory"...

Museu Paulista: espaço de evocação do passado e reflexão sobre a história; Museu Paulista: place of evocation of the past and reflection about History

Oliveira, Cecilia Helena de Salles
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
86.54%
O artigo discute as relações que historicamente se estabeleceram entre o Museu Paulista da USP e seus freqüentadores, referenciando-se em depoimentos de visitantes, produzidos no período entre 1992 e 1995. O argumento central é o de que a interação secular entre a instituição e segmentos diferenciados de público fundamenta-se em tradições celebrativas criadas em torno da Independência e, também, em amplo e complexo cenário de interpretações e expectativas sobre os sentidos dos museus de História.; This article focuses the relationships historically established between the Museu Paulista of USP and its visitors, based on personal testimonies, made in the period from 1992 to 1995. The central argument is that the secular interaction between the institution and the different classes of the audience bases itself on celebrative traditions created in regard of the Independence and, also, on a large and complex scenario of interpretations and expectations about the meanings of History museums.

Ornamentação do Museu Paulista para o Primeiro Centenário: construção de identidade nacional na década de 1920; Ornamentation of Museu Paulista for the First Centennial: construction of national identity in the 1920's

Makino, Miyoko
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
86.63%
Nas últimas décadas, vários estudos enfocaram o Museu Paulista, as coleções, o edifício-monumento e a gestão Afonso de Escragnole Taunay, contribuindo para o desenvolvimento do conhecimento histórico e do patrimônio arquitetônico, artístico e cultural de São Paulo. A ornamentação do Museu, organizada por Taunay, para os festejos do Primeiro Centenário da Independência, em 1922, composta essencialmente de pinturas e esculturas, visando narrar o período colonial até a Independência, é o foco deste estudo. As fontes permitem entender o caminho da seleção dos temas, a execução e a disposição das obras, em vários níveis, no Saguão, Escadaria e Salão de Honra. Os anos iniciais da gestão Taunay (1917 - 1945) foram propícios para a execução da ornamentação, visto o apoio oficial e os recursos financeiros obtidos, inclusive da sociedade paulista. A conclusão da ornamentação, no entanto, demorou duas décadas, pela exigüidade de verbas, após as festividades do Centenário. A ornamentação foi dada por concluída por Taunay, com a colocação da última ânfora na Escadaria, em 1931, e a publicação do Guia da Secção Histórica do Museu Paulista, em 1937. No entanto, as últimas pinturas foram feitas e incorporadas nos anos 60.; In the last decades...

Revista do Museu Paulista e(m) capas: identidade e representação institucional em texto e imagem; Revista do Museu Paulista in its covers: identity and institutional representation through text and images

Bittencourt, Vera Lúcia Nagib
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
86.53%
Este artigo propõe reflexão sobre a escrita da história, a partir de estudo das capas da Revista do Museu Paulista, especialmente durante as gestões dos dois primeiros diretores da instituição, quando certa continuidade editorial foi preservada. Tomadas como "fontes", ou seja, objeto de trabalho do historiador, as capas revelam vestígios de processos que permitem reconstruir, em suas dimensões históricas, as complexas imbricações entre a produção da Revista, sua materialidade, e os atos de leitura e interpretação que condicionam e refletem relações entre produtores de textos e seus leitores nas primeiras décadas do século XX, a partir de São Paulo, onde era editada.; This paper offers a reflection about the writing of History, based on the study of Revista do Museu Paulista's covers, noticeably during the term of its two first directors, when a certain editorial continuity was preserved. Taken as "sources", namely as historian subjects, those covers reveal evidences of practices that allow one to reconstitute, in its historic dimensions, the complex connection between the creation of the Revista, its materiality, and the reading and interpretation efforts that condition and reflect liaisons with writers and readers during the first decades of the XXth Century...

São Paulo Antigo, uma encomenda da modernidade: as fotografias de Militão nas pinturas do Museu Paulista; Ancient São Paulo, modernity's commission: Militão's photographs as models for oil paintings at the Museu Paulista

Lima, Solange Ferraz de; Carvalho, Vânia Carneiro de
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1993 POR
Relevância na Pesquisa
86.56%
Por ocasião das comemorações do centenário da Indendência do Brasil em 1922, o então diretor do Museu Paulista, Affonso de Escragnole Taunay, empenhou-se na montagem de exposições voltadas para a reconstituição arcaizante do passado urbano de São Paulo. Parte desse projeto consistiu em encomendas de pinturas realizadas a partir de matrizes fotográficas do século passado. O presente estudo discute as estratégias visuais presentes na transcodificação de objetos iconográficos de natureza diversa no ãmbito do espaço celebrativo do Museu e seus desdobramentos ideológicos, implícitos nas ações de caráter nacionalista,-educacional e preservacionista.; The centennial commemoration of Brazil's Independence in 1922 offered the director of the Museu Paulista at that time, Affonso de Escragnole Taunay, the opportunity to organize public exhibitions dedicated to an archaizing recreation of São Paulo's urban past. Part of this commemoration resulted in commissioning well known artists to produce oil canvasses from 19th. - century photographic sources. The present study examines the visual strategies in the translation of dissimilar iconographic media, considered within the Museum's celebrative functions, and the ideological implications'in their nationalistic...

O Serviço de documentação textual e iconografia do Museu Paulista; The department of textual and iconographical documentation of Museu Paulista

Makino, Miyoko; Silva, Shirley Ribeiro da; Lima, Solange Ferraz de; Carvalho, Vânia Carneiro de
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
86.56%
O artigo faz um balanço dos trabalhos de curadoria realizados durante a década de 1990 pelo atual Serviço de Documentação Textual e Iconografia do Museu Paulista, responsável pelo Fundo MP/Arquivo Permanente, centenas de coleções e fundos textuais e 50.000 peças de iconografia, grande parte delas reunidas em coleções fotográficas. Mostra como o trabalho de documentação extrapola os limites do SVDHICO para integrar-se com as atividades de conjunto do Museu e com outros grupos de pesquisa. Aponta também para novas metodologias de trabalho com imagens que permitem realizar a curadoria de forma integrada à pesquisa interdisciplinar e à difusão cultural.; The essay compares the curatorship's works realized during the decade of 1990 by the actual Department of Textual and Iconographical Documentation of Museu Paulista, responsible for the MP Fund / Permanent File (Fundo MP/Arquivo Permanente), hundreds of collections and textual funds and 50.000 iconography pieces, great part of which are gathered in photographic collections. It shows how the documentation work extrapolates the limits of SVDHICO in order to integrate itself with the group activities of the museum and with other research groups. It also points towards new work methodologies which allow to perform the curatorship in an integrated way with the interdisciplinary research and the culture diffusion.

Uma coleção de história em um museu de ciências naturais: o Museu Paulista de Hermann von Ihering

Moraes, Fábio Rodrigo de
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2008 POR
Relevância na Pesquisa
86.53%
Instalado em um edifício-Monumento, data de 1895 a inauguração do Museu Paulista. Seu primeiro diretor, o zoólogo Hermann Von Ihering (1895-1916), teve a tarefa de organizar suas vastas coleções, as quais possuíam objetos de diversos ramos do conhecimento, entre eles, a História. Este artigo tem a intenção de entender a dimensão, dinâmica e concepção desta coleção de História, que recebeu pouca atenção da Historiografia relativa ao tema.; The Museu Paulista, installed in a landmark building, was inaugurated in 1895. Its first director, the zoologist Herman von Ihering (1895-1916) undertook the assignment of organizing its extensive collections, which comprehended objects pertaining to varied fields of knowledge, including that of History. The present article aims at understanding the dimension, the dynamics and the conception of this historical collection. Until now little attention has been bestowed upon this subject matter by the specialized historiography.