Página 1 dos resultados de 3 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Arqueologia da formação do professor : a nova ordem de discurso de educação nacional; Archeology of the teacher education : the new order of discourse of Brazilian education

Alexandre Ferreira da Costa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
16.03%
O objeto desta pesquisa é a estrutura de formação do professor na nova ordem de discurso da educação brasileira, constituída entre os anos de 1995 e 2002. Situado entre os estudos discursivos da Lingüística Aplicada, este trabalho discute o estatuto da área em sua relação com a Lingüística, de modo a poder propor uma arqueologia do processo de formação dessa nova ordem. A partir da revisão das noções de prática e estrutura nas obras de Mikhail Bakhtin, Umberto Eco, Michel Foucault, Pierre Bourdieu e Norman Fairclough, recuperam-se os paradigmas da dialogia e da objetivação como os axiomas. O recorte empírico da crítica do documento e o dispositivo teórico-metodológico da Análise de Discurso Crítica são, então, estabelecidos como paradigmas para o estudo da cadeia textual na qual se localizam os discursos, os gêneros e os estilos que permitem identificar a nova estrutura de formação do professor. A partir da análise do tratamento da educação pelo Constituição Nacional de 1988, seguem-se os desdobramentos legais e institucionais que passam pela reformulação do Conselho Nacional de Educação, pela promulgação da nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação e chegam ao estabelecimento das diretrizes e dos parâmetros curriculares atuais. Pelo exame dos discursos da sociedade educacional organizada e da perspectiva neoliberal das reformas educacionais...

Avaliação externa de escolas : os efeitos indiretos do ensino público no ensino privado

Sousa, Joana Raquel Faria de; Pacheco, José Augusto
Fonte: Universidade do Minho. Instituto de Educação. Centro de Investigação em Educação (CIEd) Publicador: Universidade do Minho. Instituto de Educação. Centro de Investigação em Educação (CIEd)
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
25.94%
Publicado em "Atas do XII Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia", ISBN 978-989-8525-22-2; Tendo como referência a análise da realidade portuguesa, pretendemos, com esta comunicação, abordar a avaliação externa de escolas a partir das políticas de “accountability” (Taubman, 2009) e de partilha de conhecimento (Steiner-Khaamasi, 2012), que, por sua vez, estão na origem das reformas viajantes, quer processos e práticas de regulação baseada na avaliação externa (Stake & Schwand, 2007; Pacheco, Seabra, Morgado & Van Hattum, 2014). A comunicação insere-se num projeto de investigação, financiado pela Fundação Ciência e Tecnologia, visando o estudo do impacto e efeitos da avaliação externa de escolas na escola e na comunidade no plano das mudanças organizacionais, curriculares e pedagógicas. Considerando os efeitos essencialmente discursivos e procedimentais da avaliação, analisamos de modo mais concreto, mediante uma metodologia qualitativa, baseada na análise documental, em que o corpus de análise é constituído pelas orientações Instituto da Segurança Social (ISS) do Modelo de Avaliação da Qualidade em Creche (MAQC), e na realização de inquérito por entrevistas (Bogdan & Biklen...

Perceções dos docentes de uma escola secundária sobre o processo de avaliação externa

Morgado, José Carlos; Seabra, Filipa
Fonte: Centro de Investigação em Educação / Instituto de Educação Publicador: Centro de Investigação em Educação / Instituto de Educação
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.29%
Uma das principais preocupações políticas e pedagógicas relativas à Avaliação Externa de Escolas (AEE) é o impacto que esse processo produz ao nível das instituições escolares, quer ao nível da prestação de contas, quer ao nível do serviço educativo que prestam. Neste contexto, um conjunto de universidades portuguesas tem vindo a desenvolver um projeto de investigação que visa identificar os efeitos e impactos da Avaliação Externa de Escolas (PTDC/CPE-CED/116674/2010). Insere-se neste projeto um conjunto de estudos de caso através dos quais se pretende validar algumas informações recolhidas através de outros procedimentos de recolha de dados desenvolvidos previamente e a uma escala mais ampla. A presente comunicação dá conta de resultados parciais de um destes estudos de caso, que teve lugar numa escola secundária da região Norte do país. Concretamente, apresentam-se dados de um inquérito por questionário que pretendeu dar voz a um dos grupos de interlocutores mais privilegiados na mudança da escola – os professores –, uma vez que estão no cerne dos processos avaliativos que aí se desenvolvem, usufruindo da possibilidade de neles participarem quer como sujeitos quer como objetos de avaliação. Além do mais...