Página 1 dos resultados de 23891 itens digitais encontrados em 0.012 segundos

Fatores humanos críticos de sucesso à adoção de práticas empresariais para a mitigação da mudança climática: evidências específicas de produtos de baixo carbono; Human critical success factors to adoption of environmental management practices for mitigation of climate change: specific evidences of low carbon products

Saturnino Neto, Angelo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/05/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.65%
O objetivo geral desta pesquisa é aprofundar o entendimento sobre como os fatores humanos críticos de sucesso (FHCS), entendidos como aspectos organizacionais que não podem ser tecnicamente controlados, suportam a adoção de práticas de gestão ambiental para a mitigação da mudança climática em casos empresariais selecionados. Para tanto, é apresentada uma fundamentação teórica que compreende os conceitos das práticas empresariais para a mitigação da mudança climática, eco-inovações e fatores humanos críticos de sucesso para a gestão ambiental. A partir desse arcabouço teórico, foi realizado um estudo de múltiplos casos, tendo como unidades de análise projetos empresariais de eco-inovação em produtos, declarados como tendo incorporado referências à mitigação da mudança climática. Esta pesquisa foi realizada em três projetos eco-inovadores de baixo carbono reconhecidos por sua redução de emissões de gases do efeito estufa (GEE). A premissa norteadora dessa pesquisa é a de que os fatores humanos críticos de sucesso influenciam os resultados da gestão ambiental empresarial e, por conseguinte, a adoção de práticas para a mitigação da mudança climática em inovações especificas. Os resultados indicam que nem todas as empresas apresentam-se nos mesmos estágios de gestão ambiental...

Variáveis psicológicas e prontidão para mudança em pacientes cardiopatas submetidos à angioplastia; Psychological variables and readiness to change in cardiac patients undergoing angioplasty

Facchini, Giovana Bovo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.63%
As doenças cardiovasculares (DCV's) são as principais causas de morte, morbidade e incapacidade entre os países ocidentais desenvolvidos. Possuem etiologia complexa e multifatorial, em que se destacam os chamados fatores de risco (FR), tradicionais ou psicológicos. Dentre os psicológicos, pode-se citar depressão, estresse e qualidade de vida. No controle das DCV's, mudanças comportamentais são requeridas. O Modelo Transteórico de Mudança de Comportamento (MTT) enfatiza a mudança como processo, e que as pessoas possuem diversos estágios de motivação/prontidão para mudar: pré contemplação, contemplação, ação e manutenção. Dentre os tratamentos disponíveis para as DCV's, a Angioplastia destaca-se como um procedimento hemodinâmico simples e pouco invasivo, com obtenção de bons resultados. O objetivo do trabalho foi descrever as relações entre variáveis psicológicas e estágios/níveis de prontidão para mudança de comportamentos de risco para cardiopatia em pacientes candidatos à angioplastia pelo período de um ano. A amostra foi composta por 100 pacientes e os instrumentos utilizados foram: entrevista semi estruturada, URICA Adaptada para Comportamento de Estresse, Régua de Prontidão (RP), Inventário Beck de Depressão (BDI)...

Avaliação de desempenho e percepção de mudança : um estudo de avaliação de intervenção em uma organização

Fussi, Carolina Carvalho
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.67%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Social e do Trabalho, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social do Trabalho e das Organizações, 2014.; Sendo a mudança algo inerente à organização e resultante das adaptações demandadas pelo ambiente interno e/ou externo, ela ocasiona impacto para seus funcionários e nos resultados da organização, assim sendo, esta pesquisa objetivou avaliar os resultados percebidos da Avaliação de Desempenho pelos funcionários da organização. Foram os objetivos específicos: a) Construir e identificar os indícios de validade do instrumento para avaliar a percepção dos funcionários com relação aos resultados alcançados pela avaliação de desempenho implantada na organização; b) Identificar os índices de validade para a amostra deste estudo dos instrumentos de Percepção de Mudança Organizacional e Percepção de Mudança Organizacional atribuída à Avaliação de Desempenho; c) Descrever as notas alcançadas pelos avaliados com o programa de avaliação; d) Descrever os resultados percebidos pelos funcionários do programa de Avaliação de Desempenho implantado na organização; e) Descrever as mudanças percebidas na organização a partir da implantação da Avaliação de Desempenho; f) Descrever as mudanças percebidas pelos funcionários na organização considerando os últimos dois anos; g) Verificar se existe relação entre a nota que o funcionário recebe na Avaliação de Desempenho e a sua percepção no resultado da Avaliação de Desempenho...

Narrativa, Mudança e Processo Terapêutico - Contributos para a Clínica e para a Investigação Sistémicas

Sequeira, Joana
Fonte: Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.7%
Dissertação de Doutoramento realizada sob orientação da Professora Doutora Madalena Alarcão, apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra tendo em vista a obtenção do grau de Doutor em Psicologia, área de especialização em Psicologia Clínica.; As terapias sistémicas contemporâneas adotaram a metáfora das histórias e das narrativas na explicação e compreensão dos sujeitos e dos sistemas com quem intervêm e, consequentemente, na conceptualização da terapia e das estratégias terapêuticas que preconizam. Este enfoque pontuou a exigência de pensar, estudar e descrever a narrativa através dos pressupostos pós- modernos, em particular das terapias narrativas, exigindo, naturalmente, o desenvolvimento de estudos sobre como ocorre a mudança narrativa nas terapias sistémicas (terapia familiar e terapia de casal). O objetivo deste trabalho é descrever e explicar a mudança narrativa nas terapias sistémicas de enfoque narrativo. A investigação aqui descrita inclui: a) a apresentação de um sistema de avaliação da narrativa (Sistema de Avaliação da Mudança Narrativa - SAMN) desenvolvido para estudar as histórias e narrativas que ocorrem...

O papel dos recursos humanos na gestão da mudança. O caso do Regimento de Artilharia Antiaérea nº1 (RAAA1)

Picaró, João
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em 01/06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.65%
O presente trabalho subordinado ao tema “O papel dos recursos humanos na gestão da mudança. O caso do Regimento de Artilharia Antiaérea nº1 (RAAA1).” estudou a forma como os recursos humanos reagem perante situações de mudança no seu dia a dia, o modo como a mudança pode representar um obstáculo ou, em alternativa, uma mais-valia ao desenvolvimento organizacional, bem como os fatores que influenciam as formas de como os recursos humanos reagem. Numa época de acelerada mudança, decorrente da atual sociedade da informação e da constante evolução tecnológica, as pessoas constituem o meio mais valioso que as organizações dispõem para atingirem os seus objetivos. Assim, a gestão da mudança representa um marco do mundo atual, perante as contínuas e múltiplas transformações que têm vindo a ocorrer. Mudar é, sem dúvida, a palavra de ordem para a sobrevivência organizacional. Nesta perspetiva de mudança constante muitas vezes as pessoas apresentam comportamentos de defesa e reações como forma de evitar as mudanças. É para combater essas reações que a liderança apresenta um papel fundamental e é aqui que entra o papel dos líderes...

Análise longitudinal da mudança terapêutica nos doentes seropositivos para o VIH

Leite, Andreia Heitor Martins da Cunha
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.63%
Tese de mestrado em Bioestatística, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2012; Introdução: A terapêutica anti retrovírica (TAR) diversificou-se nos últimos anos, sendo complexa a decisão da mudança terapêutica. Alguns estudos internacionais descrevem os fatores associados a mudança terapêutica não sendo consensuais nos resultados obtidos. Objetivos: Descrever os fatores associados a mudança terapêutica nos doentes seropositivos para o VIH-1, utilizando os modelos de analise de sobrevivência mais adequados as características do estudo. Métodos: Foi realizado um estudo de coorte retrospetiva com os indivíduos seropositivos para o VIH-1, seguidos no Hospital de Santa Maria. A informação constante no processo clinico foi registada para uma amostra aleatória de 320 indivíduos com pelo menos duas dispensas de terapêutica entre 2005 e 2008. Foram consideradas mudanças as alterações em pelo menos um dos fármacos do regime. Os indivíduos foram censurados caso interrompessem a terapêutica. Foi utilizado o modelo de regressão de Cox para descrever os fatores associados a primeira mudança terapêutica e o modelo PWP para os fatores associados as mudanças ate a quarta. Nos modelos construídos a seleção das covariáveis candidatas foi feita com recurso ao método stepwise considerando um valor-p de inclusão de 0...

Resistência à mudança e cinismo em relação à mudança : análise numa amostra de jovens

Nascimento, Vera Filipa Reis
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.71%
Mestrado em Gestão de Recursos Humanos; A mudança é um tema essencial para as organizações dos nossos dias. No entanto, várias iniciativas de mudança fracassam, encontrando-se a resistência à mudança e o cinismo dos colaboradores face à mudança entre as principais razões para esse fracasso. Este estudo analisa as relações que se estabelecem entre diferentes componentes da resistência à mudança e do cinismo face à mudança numa amostra de jovens. Vários autores têm defendido que as novas gerações têm uma visão diferente do trabalho, sendo mais flexíveis e aberto face à mudança. O estudo foi baseado num questionário e tem como participantes 123 indivíduos cuja média etária é 26 anos. Os resultados revelam que o cinismo e a resistência à mudança apresentam baixos níveis para os jovens, verificando-se uma associação entre os dois conceitos, embora com algumas excepções quando analisadas as suas dimensões. Mais especificamente, para o cinismo verifica-se que a dimensão de pessimismo (falta de crença na possibilidade de sucesso da mudança) está positivamente correlacionado com todas as dimensões de resistência à mudança, mas a dimensão de atribuições disposicionais (falta de crença nas capacidades ou motivação dos responsáveis pela mudança) não apresenta correlações significativas com as dimensões de resistência à mudança. Os resultados também revelaram que a resistência à mudança está negativamente correlacionada com o tempo de experiência profissional e que os níveis de cinismo mais elevados estão associados ao sector privado.; Change is a fundamental topic for the survival of organizations. However...

Gestão da mudança na saúde: da revisão à acção

Martins, Ana Rita Cascavel
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Para sobreviver no ambiente de incerteza e mudança actual, as organizações necessitam de implementar mudanças organizacionais, de forma a adaptarem-se. No entanto, grande parte destas iniciativas falham, o que reflecte a incapacidade das organizações, incluindo as organizações de saúde, de implementar as suas mudanças com sucesso. Este problema pode dever-se, em parte, à falta de conhecimento sobre os conceitos de mudança organizacional e gestão da mudança e, portanto, a sua solução pode passar pela capacitação das organizações e dos seus colaboradores para a gestão da mudança. Uma das formas de atingir este objectivo é providenciar recursos que promovam a aprendizagem a partir da literatura e a tomada de decisões baseada na evidência. Tendo em conta esta linha de pensamento, o objectivo principal do trabalho é realizar uma revisão da literatura sobre mudança organizacional e gestão da mudança na saúde, com o intuito de elaborar um manual com informações gerais sobre o tema, dirigido a gestores e profissionais de saúde e adaptado ao contexto desta área. O manual pretende despertar o interesse dos leitores por esta área e motivá-los a facilitar e participar nos processos de mudança das suas organizações...

Avaliação de processos de mudança em psicoterapia

Norte, Paula Alexandra de Oliveira
Fonte: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.69%
A presente revisão de literatura procura fundamentar e explorar o conceito de mudança psíquica, que ocorre como resultado do processo de intervenção terapêutica. São várias as investigações que documentam e sustentam a efectividade da psicoterapia psicanalítica e, da psicanálise, no entanto apesar das inúmeras investigações pouco se sabe sobre como ocorre a mudança no decurso de uma terapia. Através de estudos sobre o processo terapêutico é possível compreender como se dá a mudança no decorrer do tratamento e, identificar os mecanismos de mudança terapêutica. A aplicação de escalas e instrumentos padronizados podem contribuir de diversas formas para a avaliação de intervenções e tratamentos e, assim auxiliar na identificação das variáveis que podem estar associadas à mudança terapêutica. Neste sentido, identificar variáveis das quais pode depender a eficácia/efectividade, de uma determinada intervenção psicoterapêutica, auxilia na promoção de estratégias que podem ser impulsionadoras do processo de mudança.; ABSTRACT: This literature review aims to substantiate and explore the concept of psychic change which occurs due to the therapeutical intervention process. Several studies document and uphold the efectiveness of psychoanalytical psychotheraphy and psychoanalysis. However...

Cultura organizacional e imagem externa. A imposição da mudança numa empresa de consultoria

Anjos, Andreia Filipa Fontes
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.7%
O principal objectivo deste estudo é compreender a relação entre a mudança imposta actualmente às organizações, que as obriga a adaptar e a modificar a sua cultura, e a imagem externa. Para tal, a dissertação estrutura-se em duas partes distintas. Numa primeira fase, é apresentado um enquadramento teórico, onde se pode contar com o contributo de diversos autores no que respeita à cultura, mudança e imagem organizacionais. Para sobreviver num mundo caracterizado pela mudança, as organizações vêem-se obrigadas a adaptar-se e a moldar a sua cultura aos tempos modernos. Apesar de necessário, não se trata de um processo rápido ou fácil. Esta dissertação analisa o conceito de cultura e as suas várias definições, desde os povos primitivos até à vida de uma organização nos dias de hoje – que deu origem ao conceito de cultura organizacional. Também o tema mudança é analisado, uma vez que deixou de ser considerado uma característica para ser entendido como uma imposição com a qual a organização tem de lidar. A relação entre mudança, cultura e imagem organizacionais; os factores e razões que justificam a mudança; o seu processo de gestão; o estudo da resistência à mudança; e a importância e alcance da imagem e reputação são tópicos desenvolvidos na presente dissertação...

A trajetória e a mudança na educação superior: Centro Universitário Metodista

Oliveira, Adriana Rivoire Menelli de
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.65%
A Tese intitulada A TRAJETÓRIA E A MUDANÇA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR - CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA trata da mudança na educação superior, a partir de um Estudo de Caso de duas Faculdades Isoladas, na cidade de Porto Alegre, que passaram por grandes transformações, até chegar à condição de Centro Universitário, no período compreendido entre 2002 e 2007. O objetivo da Tese foi compreender a trajetória e o processo de mudança, a caminhada histórica, a transformação de Faculdades Isoladas do IPA e do IMEC em Centro Universitário, bem como o impacto na comunidade interna e na comunidade externa. Os objetivos específicos centraram-se em indicar as implicações e responsabilidades acadêmicas e administrativas da mudança na expansão da educação superior e analisar as conquistas acadêmicas como espaço de excelência no ensino, na pesquisa e na extensão e sua inserção social na comunidade. O estudo analisou 10 entrevistas com pessoas envolvidas no processo, diversos documentos institucionais, além de observações do cotidiano e dados levantados com a comunidade interna. Cinco categorias emergiram da análise de dados, que foram definidas como: Processo de Mudança, Participação e Envolvimento da Comunidade...

A mudança social em projetos de intervenção social pela arte : o caso do projeto Bando À Parte

Gomes, Diana Filipa Vicente
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.65%
A mudança social é o esforço consciente para contrabalançar injustiças sociais, económicas e políticas que afetam grupos populacionais mais marginalizados, pobres e vulneráveis, incluindo o acesso a bens, recursos e serviços. A mudança social ocorre muitas vezes como resultado da ação intencional de atores sociais, animados por determinados programas e projetos de alteração deliberada de certos ou todos os aspetos das estruturas sociais. Todos os projetos de intervenção social têm implícita uma teoria da mudança social, posto que têm como objetivo a resolução de um determinado problema social através de uma resoluta metodologia de intervenção. A teoria da mudança não é algo novo, o que tem vindo a evoluir é a sua utilização como ferramenta de planeamento e de avaliação. A avaliação ajuda a compreender se os projetos têm, efetivamente, impacto ao nível da resolução dos problemas sociais. Este trabalho pretende identificar a teoria da mudança social de um projeto de intervenção social pela arte de jovens de meios desfavorecidos, o projeto Bando À Parte: Culturas Juvenis, Arte e Inclusão Social, e compreender de que forma se refletiu nos seus públicos. O objetivo geral da investigação foi avaliar em que medida a intervenção social pela arte fomenta e comporta processos de mudança social no aprofundamento da cidadania e na integração dos indivíduos. A metodologia privilegiada foi a qualitativa...

Avaliação do processo de implementação de mudança curricular de cursos de enfermagem : um estudo em duas universidades públicas do estado de Mato Grosso do Sul; Evaluation of curricular change implementation process of nursing schools : a study in two public universities of Mato Grosso do Sul

Fabiane Melo Heinen Ganassin
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.65%
O tema central deste estudo é a avaliação do processo de implementação de mudança curricular em cursos de graduação em enfermagem desenvolvidos em duas universidades públicas, uma estadual e outra federal, ambas localizadas no estado de Mato Grosso do Sul (MS) entre os anos de 2002 a 2011. O interesse nasce da experiência da participação no processo de mudança do Projeto Pedagógico do Curso de Enfermagem da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) que resultou em uma proposta de Currículo Integrado. As dificuldades de implementação dessa mudança, no cotidiano, desafiaram-nos a entender como e em que medida, na percepção dos sujeitos envolvidos, os processos de implementação de mudança nos projetos pedagógicos dos cursos aqui estudados contribuíram para melhorar a qualidade do trabalho pedagógico desenvolvido na formação de enfermeiros, constituindo-se no problema de pesquisa. Na contextualização dessas mudanças, foram consideradas as demandas externas, voltadas para a regulação educacional, representada pelas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs). Desse modo, este trabalho tem como objetivo central avaliar como se deu o processo de implementação de mudança curricular nesses cursos, a partir dos objetivos específicos a seguir: a) identificar as indicações de mudança presentes nos projetos curriculares dos cursos; b) identificar a percepção dos sujeitos sobre os avanços e implicações desse processo na prática pedagógica; c) descrever a implementação das ações adotadas. O método escolhido foi de cunho exploratório com abordagem qualitativa. Assim...

Contexto, atitudes e reação à mudança organizacional

Nery, Vanessa de Fátima
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.68%
Dissertação(mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social do Trabalho e das Organizações, 2012.; Estudos indicam que a maioria das ações de mudança organizacional falha devido a aspectos humanos. Por isso, é crescente o interesse a respeito dos fatores que intervenientes nas respostas de engajamento e resistência à mudança organizacional. O objetivo desse estudo foi investigar a influência do contexto de mudança organizacional nas atitudes frente à mudança organizacional e nos comportamentos de engajamento e resistência. Foi proposto um modelo de mediação das atitudes frente à mudança entre o contexto de mudança organizacional e as respostas à mudança. Para teste do modelo, foi realizado um estudo quantitativo com corte transversal em 9 Estados da Federação. A amostra foi composta por 981 empregados e terceirizados de duas organizações públicas. Os participantes responderam às medidas de contexto de mudança e respostas à mudança, desenvolvidas para o presente trabalho; e à medida revalidada de atitudes frente à mudança organizacional. A escala de concordância dos instrumentos era formada de 11 pontos. Foram realizadas análises de confiabilidade das medidas e análises de regressão para o teste do modelo de mediação. Os resultados confirmam que as atitudes são mediadoras na relação entre o contexto e as respostas à mudança. De maneira geral...

O impacto dos líderes na Gestão da Mudança : Estudo de Caso dos Oficiais Cabo-Verdianos

Cruz, Zico
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em /07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.63%
O presente Trabalho de Investigação Aplicada está subordinado ao tema “O Impacto dos Líderes na Gestão da Mudança: Estudo caso dos Oficiais Cabo-Verdianos”. O trabalho tem como principal objetivo identificar quais os comportamentos que os Oficiais das Forças Armadas de Cabo Verde praticam e o seu impacto para gerir de forma eficaz e eficiente a mudança da Instituição Militar. Este trabalho encontra-se dividido em duas partes fundamentais. A primeira parte corresponde a sustentação teórica, na qual recorre-se à análise documental para apresentar um conjunto de conceitos da liderança e da mudança, bem como apresentar os modelos da liderança transformacional (Avolio e Bass, 2004) e os desafios da mudança (Kouzes e Posner, 2006). A segunda parte pertence à componente prática do trabalho, em que foram aplicados questionários, feitas a apresentação, analise e discussão dos resultados. Relativamente às entrevistas, aplicou-se uma análise qualitativa às respostas de sete Oficiais das Forças Armadas de Cabo Verde, permitindo assim, através da matriz codificação, identificar os comportamentos de liderança com maior percentagem das respetivas frequências...

Redes sociais e mudança em um grupo de produtores rurais do planalto central; Social network and change in a rural Brazilian producers group

Neiva, Elaine Rabelo; Brito, Maria Júlia Pantoja de
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.63%
Vários estudos que investigam mudança nas organizações se focam nas atitudes percebidas pelos indivíduos frente à mudança. Quando os indivíduos de uma organização são informados a respeito de uma mudança, eles formam crenças e idéias que questionarão como a mudança irá afetar as características do trabalho do indivíduo, se a organização é capaz de realizar a mudança de tal forma que os objetivos principais sejam alcançados, e se a mudança casa com os valores do indivíduo. As relações sociais em que cada indivíduo está inserido podem ser vistas como uma rede. Assim, dentro de um contexto específico organizacional, o estudo das redes se torna extremamente importante na investigação de processos que envolvem relações informais, pois estes muitas vezes consolidam a dinâmica organizacional e processos de tomada de decisão. O presente estudo tem por objetivo descrever e analisar a estrutura social e as reações dos indivíduos durante a implantação de uma associação de produtores rurais do Distrito Federal. Entrevistas semi-estruturadas e um questionário para investigar as redes sociais de amizade, informação, confiança e influência foram utilizados como metodologia do estudo. Participaram do estudo 15 produtores rurais e 5 profissionais de uma empresa de extensão rural do Distrito Federal As entrevistas ressaltaram a característica solitária do trabalho do produtor...

Plano Nacional sobre Mudança do Clima – PNMC Brasil

Brasil. Casa Civil da Presidência da República. Comitê Interministerial sobre mudança do clima
Fonte: Livro Aberto IBCT Publicador: Livro Aberto IBCT
Tipo: Documento de política
POT
Relevância na Pesquisa
46.4%
132 p.; Este trabalho fala sobre a mudança do clima e como o Brasil tem feito para enfrentar esse problema. Além de constitui-se em um marco relevante para a integração e harmonização de políticas públicas, seguindo as diretrizes gerais da Política Nacional encaminhada este ano ao Congresso Nacional.

Manual para Submissão de Atividades de Projeto no âmbito do MDL: à Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima, visando à obtenção da Carta de Aprovação do Governo Brasileiro

Brasil. Ministério da Ciência e Tecnologia; Brasil. Coordenação Geral de Mudanças Globais de Clima; Brasil. Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima
Fonte: Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT); Coordenação Geral de Mudanças Globais de Clima (CGMGC); Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima (CIMGC) Publicador: Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT); Coordenação Geral de Mudanças Globais de Clima (CGMGC); Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima (CIMGC)
Tipo: Manual
POT
Relevância na Pesquisa
56.52%
43 p.; O presente Manual tem a intenção de facilitar a submissão de projetos MDL no Brasil, reunindo, num único documento, as normas emanadas da Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima, por meio de suas Resoluções. A Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima – CIMGC, doravante denominada Comissão Interministerial, é a Autoridade Nacional Designada – AND, ponto focal, no Brasil, do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo do Protocolo de Quioto.

Reliability and internal consistency analysis of an instrument for the diagnosis of conditions for organizational change; Validação de instrumentopara diagnóstico de condições facilitadoras de mudança organizacional

Lima, Suzana Maria Valle; EMBRAPA - Brasília - DF; Fischer, Héden Cardoso Rodrigues; UnB - Brasília - DF
Fonte: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho Publicador: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2005 POR
Relevância na Pesquisa
36.65%
Organizational change has been a rather common theme in both scientific studies and management concerns. However, there is a shortage of studies focusing its main predictors. There are few available instruments to diagnosing, planning and evaluating change results. This work presents the evaluation of such an instrument (“Indicators for Diagnosis of Facilitating Conditions for Organizacional Change”). The evaluation included a realibility testing, and a exploration of the instrument factor structure. The reliability results indicate that the instrument includes four scales with appropriate internal consistency. It allowed the identification of three scales which measure facilitating conditions for change (management practices, information flow and new forms of doing work, and one scale which measure conditions which hamper change (beliefs about change). There are also promising scales (change resistance and change support by stakeholders) and weak scales (external environment pressures for change and compliance with norms, patterns and hierarchy) which is recommended more studies to improve the instrument. The article ends by describing and discussing strengths and weakness of both the study and the tested instrument.; O tema Mudança Organizacional tem sido amplamente considerado na literatura...

Avanço no estudo da mudança sintática associando a Teoria da Variação e Mudança e a Teoria de Princípios e Parâmetros

Duarte, Maria Eugênia L.
Fonte: Cadernos de Estudos Lingüísticos Publicador: Cadernos de Estudos Lingüísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 05/08/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.65%
Resumo: O artigo se desenvolve em torno de dois pontos principais. O primeiro consiste no esclarecimento de que a Teoria da Variação e Mudança tem, associado ao componente social, um componente gramatical, que não pode prescindir de uma teoria linguística, o que tem sido tomado como óbvio em diversos estudos da área, uma vez que raramente é explicitado. O segundo mostra que a adoção do quadro teórico de Princípios e Parâmetros, junto com uma refinada descrição da sintaxe das línguas que a Teoria gerativa oferece, foi a alternativa encontrada nos inícios dos anos 1980 para analisar à luz do modelo da Teoria da Variação processos de mudança paramétrica em curso no PB, num momento em que a mudança não entrava na agenda de Princípios e Parâmetros. Feitas as necessárias justificativas sobre tal associação, são apresentados resultados de estudos variacionistas sobre a mudança que envolve a representação do sujeito pronominal no PB. Esses resultados mostram que essa associação permite levantar hipóteses de trabalho e encontrar respostas para as questões empíricas do modelo da Teoria da Variação e Mudança, além de trazer contribuições para a evolução dos estudos teóricos desenvolvidos no âmbito da Teoria de Princípios e Parâmetros.Palavras-chave: teorias de mudança linguística; teorias linguísticas; Teoria da Variação e Mudança Linguística; Teoria de Princípios e Parâmetros Abstract: The purpose of this article is twofold. In the first place...