Página 1 dos resultados de 3547 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Protestantismo e modernidade no Brasil; Protestantism and modernity in Brazil.

Ferreira, Valdinei Aparecido
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
Esta tese tem por tema as relações entre protestantismo e modernidade no Brasil. O objetivo primordial é a compreensão das transformações nas relações entre o protestantismo e a modernidade no Brasil. Para alcançar o objetivo, utilizamos, no exame do tema, a sociologia compreensiva de matriz weberiana. A investigação sociológica, que reservou lugar de destaque para o protestantismo na emergência da modernidade ocidental, passou, de um lado, a interessar-se pela compreensão e explicação do declínio da religião protestante na sociedade moderna e, de outro, se as religiões pentecostais na América Latina mantinham ainda afinidades com o protestantismo e com a modernidade. O protestantismo valeu-se, para sua inserção no Brasil, a partir de meados do século XIX, de sua afinidade com a modernidade representada pelos Estados Unidos. Todavia, o significado da modernidade para o protestantismo foi sendo alterado ao longo do século XX. A primeira transformação nas relações entre protestantismo e modernidade no Brasil ocorreu quando a identificação com a herança moderna norte-americana passou do questionamento, nas primeiras décadas do século XX, à rejeição completa, na década de sessenta, por setores enraizados no liberalismo teológico. A segunda transformação nas relações do protestantismo com a modernidade no Brasil é encontrada na introdução da reflexividade no campo do conhecimento teológico. No esforço de apresentar-se como religião moderna...

Pensamento eurocêntrico, modernidade e periferia: reflexões sobre o Brasil e o Mundo muçulmano; Eurocentric thought, modernity and periphery: reflections on Brazil and the Muslim World

Bortoluci, José Henrique
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
Na recente literatura em Ciências Sociais, o paradigma eurocêntrico da modernidade vem sofrendo ataques de diferentes naturezas. Entretanto, esse paradigma ainda fornece as categorias e formas de pensar hegemônicas para a análise sobre a modernidade e os obstáculos a ela, em sociedades periféricas. Este trabalho busca analisar o setor sociológico de uma estrutura de atitudes e referências eurocêntricas e as apropriações deste para a reflexão sobre os dilemas da modernidade, no Brasil e nas sociedades muçulmanas. A partir disso, busca-se avançar na crítica a esse paradigma eurocêntrico, por meio de um diálogo interparadigmática pós-colonial este entendida como um programa de estudos críticos à modernidade, elaborado a partir de um ponto de vista periférico. Por fim, pretende-se mostrar que uma série de elementos dessas abordagens antieurocêntricas estão presentes em análises históricas e sociológicas acerca da modernidade no Brasil e nas sociedades árabes e muçulmanas.; The Eurocentric paradigm of modernity has been suffering several kinds of attacks in the recent literature of Social Sciences. Nevertheless, such paradigm still provides the hegemonic categories and structures of thought for the reflection about modernity and the obstacles imposed to it in peripheral societies. This work intends to analyze the sociological sector of a eurocentric structure of attitudes and references...

Pensamento social conservador na modernidade brasileira contemporânea: estudo de caso sobre o movimento escoteiro; Conservative social thought in contemporary brazilian modernity: a case study on the boy scout movement

Souza, Max Eduardo Brunner
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
Este trabalho trata do pensamento social conservador na modernidade brasileira contemporânea. O texto parte de uma análise da bibliografia consagrada sobre conservadorismo, modernidade contemporânea e brasileira, analisando suas categorias fundamentais e colocando-as em contraste com uma análise empírica do pensamento social de um grupo de indivíduos conservadores imersos na modernidade brasileira: o movimento escoteiro no Brasil. As conclusões indicam que o fenômeno do pensamento conservador brasileiro segue uma lógica própria, de um conservadorismo progressista, distinto daquele encontrado em outros países europeus e anglo-saxônicos.; This dissertation deals with the conservative social thought in contemporary Brazilian modernity. The text begins with a review of the literature devoted about conservatism and contemporary Brazilian modernity, analyzing its key categories and contrasting to an empirical analysis of social thought in a conservative group immersed in Brazilian modernity: the boy scout movement in Brazil. The conclusions indicate that the phenomenon of conservative thought in Brazil follows its own logic: a "progressive conservatism" as distinct from that one found in other European and Anglo-Saxon countries.

Arquitetura e cidade: a modernidade (possível) em Florianópolis, Santa Catarina - 1930-1960; Architecture and city : the (possible) modernity in Florianópolis, Santa Catarina - 1930-1960

Teixeira, Luiz Eduardo Fontoura
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
O trabalho aborda a relação entre a arquitetura produzida e as transformações da cidade de Florianópolis em dois ciclos. As concepções de moderno, modernidade e modernização norteiam a investigação. Apontamentos para a montagem de um panorama da modernidade catarinense são traçados. Um primeiro ciclo (décadas de 1930 a 1950) é definido principalmente pela influência dos regimes de Getúlio Vargas no governo federal - o Estado Novo e o posterior. Uma modernidade muito a reboque do estado, que mantém a cidade como capital, com a chegada de novas edificações e programas arquitetônico-urbanos, é estudada. Um crescimento lento ajuda a manter vazios urbanos na área peninsular fundadora. Profissionais emigrados, na ausência de arquitetos formados, ajudam a desenhar a atualização de espaços arquitetônicos e a desenvolver gradativamente novas técnicas construtivas. Um segundo ciclo, que vai dos anos 1950 a meados dos anos 1960 - o nacional-desenvolvimentismo - é também pesquisado. O início de um processo de verticalização e adensamento do centro urbano e de balneabilidade e turismo no interior da Ilha são abordados. Tendências da modernidade em arquitetura brasileira, como a do modernismo, são apontadas em novos programas como o edifício de apartamentos e de escritórios. A expansão para o além da península central...

Max Stirner como crítico da modernidade: entre dialética do esclarecimento e crítica radical da razão; Max Stirner as a critique of modernity: between dialectic of enlightenment and radical critique of reason

Otenio, Erinson Cardoso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
Este trabalho teve por propósito abordar a filosofia de Max Stirner sob a perspectiva de que em seus textos os elementos delineadores do discurso filosófico moderno, dialética do esclarecimento e crítica radical da razão, convergem em uma crítica peculiar da modernidade em seu todo. Pode-se dizer que se, por um lado, tal crítica se encontra em continuidade com a filosofia jovem hegeliana, por outro, apresenta-se enquanto uma espécie de culminação antitética da mesma, colocando-se assim como que ao lado da tradição da crítica radical da razão que remonta a Nietzsche. Segundo essa nossa proposta interpretativa, aí se esboçaria um discurso filosófico da modernidade cuja peculiaridade seria de ora se assemelhar a uma, ora a outra forma de crítica que é feita à racionalidade centrada no sujeito. A análise dos textos de Stirner que então aqui se propõe visa mostrar como tal discurso se constitui e como o filósofo tem a intenção de levá-lo a um ponto culminante de onde não pode prosseguir seu rumo sem negar seus pressupostos. Isso demonstraria que a filosofia stirneriana não participa do discurso filosófico da modernidade como uma tentativa fracassada de sair dele, senão que o afirmaria enquanto momento necessário capaz de nos colocar diante de um novo limiar histórico. A crítica da modernidade que Stirner realiza quer assim...

Travessias modernas. Para além de uma representação: legados socioespaciais da modernidade na produção do espaço urbano de Belo Horizonte; Modern crossings. Beyond representation: socio-spatial legacies of modernity in the production of urban space in Belo Horizonte

Raggi, Mariana Guedes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
O tema central desta tese se fundamenta no processo conflituoso e contraditório da produção do espaço de Belo Horizonte à luz do paradigma da modernidade. No final do século XIX, a nova capital das Minas é idealizada para representar uma espacialidade moderna distante da antiga imagem colonial de Ouro Preto. O antigo Arraial de Belo Horizonte é destruído para que a nova cidade republicana fosse produzida. Aarão Reis, engenheiro responsável pela idealização da nova capital, revela, no traçado urbano, expressiva influência da urbanística moderna presente nas cidades europeias. Nesse sentido, o projeto da capital republicana revela legados socioespaciais de uma modernidade pretérita que são reinscritos na cidade por meio de novos usos e apropriações. A gestão municipal de Juscelino Kubistchek anuncia políticas urbanas capazes de promover, na capital das Minas, as condições necessárias à produção de novas espacialidades modernizadas pela abertura de grandes avenidas, novos eixos de crescimento da cidade; pela produção do Complexo Arquitetônico da Pampulha, pelo incentivo à cultura mineira e, - o diálogo com o movimento cultural e artístico da nação Assim, gestam-se as condições de produção de uma nova morfologia urbana: a metrópole. A partir da análise do distanciamento estabelecido entre a representação do espaço idealizado e a produção dos espaços de suas representações...

An insight into the dilemma of african modernity and a theoretical response

Ugwuanyi, Lawrence
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 02/03/2011 ENG
Relevância na Pesquisa
37.07%
This work sets out to articulate the different challenges, contradictions and dilemmas implied by what it means to be modern in the African instance and to explore different ways in which this dilemma can be resolved. The Africa implied is black Africa or what is also known as sub-Saharan Africa and by modernity I mean the worldview that has come about through forms of knowledge that arise from and are agreeable to human nature and has harboured a universal potential for freedom, for humanism, and ultimately, for progress. The paper will defend the claim that modernity in Africa is in a dilemma and will attempt to explain the root and nature of the dilemma. It will go forward to articulate the forms under which modernity in Africa will yield its desired dividend with the view that there is a need for what it calls “the African agency” (interpreted to mean constructing modernity in Africa with Africa’s intellectual and cultural capital) through a fresh knowledge base for modernization to come through the cultural geography of African experience in line with the principles of freedom and rationality which are the cardinal principles of modernity.

Making modernity accountable: a case study of youth in Mozambique

Macamo, Elísio
Fonte: Centro de Estudos Africanos do ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Centro de Estudos Africanos do ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /09/2010 ENG
Relevância na Pesquisa
37.07%
Segundo o filósofo Stephen Toulmin, existe um padrão de modernidade que dá primazia à escrita sobre o oral, ao universal sobre o particular, ao geral sobre o local e ao atemporal sobre o temporal. Este artigo baseia‑se em Toulmin para argumentar que a avaliação deste processo em África se baseia em pressupostos padronizados para negar a possibilidade mesma da modernidade no continente. Contudo, estes pressupostos são inerentes a práticas reais, como é aqui demonstrado através da análise do trabalho de uma organização não governamental em funcionamento em Moçambique. Este artigo argumenta que a modernidade é real e e concretizada em determinadas condições sociais e categorias, ou seja, através dos significados, métodos, motivações e gestão das relações sociais expressos nessas condições.; According to the philosopher Stephen Toulmin there is a standard account of modernity which gives primacy to the wri2en over the oral, the universal over the particular, the general over the local and the timeless over the timely. This paper draws from Toulmin to argue that accounts of modernity in Africa are based on the assumptions of the standard account of modernity to deny modernity to Africa even though these assumptions inhere in actual practices as the analysis of the work of a non‑governmental organization operating in Mozambique seeks to document. The paper will therefore argue that modernity is real and that it shows its reality in the way in which particular social conditions and categories are done...

The institutions of archaic post-modernity and their organizational and managerial consequences: The case of Portugal

Cunha, Miguel Pina e; Clegg, Stewart R.; Rego, Arménio
Fonte: Nova SBE Publicador: Nova SBE
Tipo: Outros
Publicado em //2008 ENG
Relevância na Pesquisa
37.02%
The long march of modernization of the Western societies tends to be presented as following a regular sequence: societies and institutions were pre-modern, and then they were modernized, eventually becoming post-modern. Such teleology may provide an incomplete or distorted narrative of societal evolution in many parts of the world, even in the ‘post-modern heartland’ of Western Europe, with Portugal being a case in point. The concept of archaic post-modernity has been developed by a philosopher, José Gil, to show how Portuguese institutions and organizations combine elements of pre-modernity and post-modernity. The notion of an archaic post-modernity is advanced in order to provide an alternative account of the modernization process, which enriches discussion of the varieties of capitalism. Differences in historical experiences create singularities that may be considered in the analysis of culture, management and organization.

Os assalariados rurais urbanizados: sobre o fenômeno urbano e os trabalhadores rurais na alta modernidade – Goianésia, Goiás; The rural workers urbanized: about urban phenomenon and rural workers in high modernity - Goianésia, Goiás

Xavier, Glauber Lopes
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS); Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS); Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
In recent years, the conditions of reproduction of labor power and social relations of rural proletarians have undergone substantial transformations, whose cause it is the urban phenomenon that is wrapped in the everyday life of these workers. Ongoing changes have engendered, in turn, a modus vivendi that hitherto had not unprecedented in Brazil, which confirms the emergence of a new category of rural workers, rural workers urbanized. To understand it, however, it is urgent to consider this modus vivendi based on the concept of social space, initiated by the dialectic between instances physical, social and mental arvoradas the city in high modernity. Regarding the social space, the study of rural workers urbanized unveils a reproduction of social relations distinct from that configured the daily life of rural workers of years before this new century. Demarcate this change new ways of acting, feeling and thinking these guys, emerging, so a new relationship between man and space, man-object, as well as among men themselves, develop into new representations and their corollaries. It considers that these changes constitute the high modernity, sometimes called late modernity or post-modernity, which deals with the cultural logic of an advanced stage of development of the productive forces. In this sense...

Imaginários da linguagem de Alice Vieira e Lygia Bojunga Nunes: a modernidade em diálogo na literatura para crianças e jovens; Imaginaries in the language of Alice Vieira and Lygia Bojunga Nunes: Modernity in dialog in the literature intended to children and youngsters.

Santos, Daniela Yuri Uchino
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/05/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.14%
Esta dissertação inicia-se com uma pesquisa sobre o conceito de modernidade, e suas denominações: Modernidade/Pós-modernidade; a seguir, recorremos à Arte Moderna, para depois adentrarmos a Estética literária no projeto da modernidade, foco da pesquisa e, para tanto, apresentamos valores literários de alguns escritores-críticos modernos. Assim, expostas as idéias em diálogo na modernidade, procedemos a formatação de um paradigma a que chamamos de paradigma Projeto da Modernidade. Discorremos sobre a crítica literária atual, e as autoras pesquisadas: a portuguesa Alice Vieira e a brasileira Lygia Bojunga Nunes. Selecionamos e realizamos um estudo paradigmático analíticocrítico em duas obras literárias para crianças e jovens, a saber: Flor de Mel de Alice Vieira e Corda bamba de Lygia Bojunga Nunes. Fizemos uma aproximação do paradigma PM formatado para este estudo ao final de cada análise, assim como uma aproximação entre Flor de Mel e Corda bamba. Dessa forma, pudemos constatar o quanto a qualidade estética do texto narrativo; desconsiderando se a obra pode ser endereçada ao receptor adulto ou criança, ou seja, se é chamada de literatura para crianças e jovens, ou não; comprova a estética literária da modernidade a que nos propusemos investigar neste estudo.; This thesis starts by researching the concept of Modernity and its denominations. Modernity/Post-modernity; then...

On the Origins of Late Modernity: Environmentalism and the construction of a critical global consciousness; On the Origins of Late Modernity: Environmentalism and the construction of a critical global consciousness; On the Origins of Late Modernity: Environmentalism and the construction of a critical global consciousness; On the Origins of Late Modernity: Environmentalism and the construction of a critical global consciousness

Young, Nathan; Université d'Ottawa; Pereira da Rosa, Victor; Université d'Ottawa; Lapointe, Jean; Saint Paul University
Fonte: Fundação Fernando Pessoa/Edições Universidade Fernando Pessoa Publicador: Fundação Fernando Pessoa/Edições Universidade Fernando Pessoa
Tipo: article; article; article; article Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
Neste estudo, defende-se que o ambientalismo (environmentalism) como cosmovisão desempenhou um papel central, e por vezes subestimado, na transição entre a primeira fase inicial da modernidade e a assim denominada “modernidade avançada”. Propôe-se que o ambientalismo foi um das primeiras abordagens teóricas que contestou os “grands récits” da primeira modernidade no que toca ao progresso, à historicidade e ao triunfo do Homem sobre a Natureza. Da mesma maneira, estabeleceram-se “récits” alternativos sobre a globalização, a insegurança, o cosmopolitanismo e a autoridade.; This paper argues that environmentalism as a worldview has played an important and often underappreciated role in the transition from early to late modernity. Specifically, we posit that environmentalism was one of the first discourses to directly challenge early modernist ‘grand narratives’ about progress, predictability, and the triumph of humanity over nature, and to establish competing narratives about globalism, uncertainty, cosmopolitanism, and scepticism of authority. In helping to establish and legitimize these themes, environmentalism has shaped modern society in ways that go well beyond specific environmental issues.; Neste estudo...

Islam and Secular Modernity under Western Eyes:A Genealogy of a Constitutive Relationship

BRACKE, Sarah; FADIL, Nadia
Fonte: Instituto Universitário Europeu Publicador: Instituto Universitário Europeu
Tipo: Trabalho em Andamento Formato: application/pdf
EN
Relevância na Pesquisa
37.07%
This paper considers the theoretical operations involved in sustaining secular modernity within the realm of social theory. It seeks to understand how the secular operates as an epistemological formation. We examine a set of arguments, considering them as sites of the (discursive) formation of secular modernity. Our inquiry is centred on Islam as a case-study. Its particular position as a double constitutive outsider to social theory, both in terms of a religious as well as a non-Western other, enables us to unpack hegemonic narratives that are constitutive for secular modernity. We examine two scholarly debates that touch upon a question of compatibility between Islam and modernity. In a first section of the paper we look at the sociological debate on the use of a Western concept of secularisation in relation to Islam, and in a second section we addresses a more recent cross-religious concept of 'fundamentalism' as a widely used and popular way to frame realities and developments deemed incompatible with modernity.

"Modernidade e formação de professores: a prática dos multiplicadores dos núcleos de tecnologia educacional do nordeste e a informática na educação" ; Modernity and teacher formation: the 'multiplicadores' practice of the Northeast Educational Technologic Group for informatics applied to education

Abranches, Sergio Paulino
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/03/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
Este trabalho analisa a prática dos multiplicadores dos Núcleos de Tecnologia Educacional (NTEs) do Nordeste na formação de professores para trabalharem com informática na educação. O objetivo é verificar como esta prática se relaciona com a modernidade e como quer ser uma resposta aos desafios da atualidade para o campo educacional no que diz respeito à formação de professores. O aporte teórico utilizado sustenta que a sociedade está permeada de tecnologias, caracterizando esta etapa atual da modernidade e mesmo conformando o seu desenvolvimento, denominado às vezes de sociedade da informação, sociedade do conhecimento e mesmo pós-modernidade. A hipótese principal é que os multiplicadores trabalham com a perspectiva de que o uso da informática na educação caracteriza a modernidade na educação, como parte essencial de um novo paradigma pedagógico. Para o desenvolvimento desta pesquisa foi utilizada uma metodologia etnográfica a fim de possibilitar o conhecimento da realidade a partir da sua vivência cotidiana. Neste sentido, foram observadas as atividades desenvolvidas pelos multiplicadores e também realizadas entrevistas em profundidade para conhecer a percepção que estes atores têm de sua prática. Os dados coletados e analisados apontam para um quadro complexo e mesmo contraditório...

Narrativa sobre narrativas : uma interpretação sobre o romance e a modernidade (com uma leitura da obra de Antonio Lobo Antunes); Narrative about narratives : an interpretation of the novel and modernity (with a reading of Antonio Lobo Antunes´work

Luis Fernando Prado Telles
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.19%
Esta tese consiste numa interpretação sobre o discurso teórico e o ficcional. Num primeiro momento, são trabalhados os discursos constitutivos das teorias sobre a modernidade e sobre o romance; num segundo, aborda-se o discurso ficcional da obra do autor português António Lobo Antunes. O ponto em comum que orienta a interpretação nas diferentes frentes diz respeito ao interesse em investigar o estatuto da narrativa no âmbito desses discursos. Pretende-se demonstrar um fenômeno coincidente nos três campos de investigação, que diz respeito ao fato de a narrativa ser colocada em xeque, isto é, de o seu estatuto e a sua validade serem questionados e, concomitantemente, esse mesmo questionamento apontar para um retorno de sua validade e, conseqüentemente, para uma sua permanência. Isto é o que se procurou demonstrar pelo trabalho de interpretação de alguns discursos teóricos que buscaram pensar a passagem da modernidade à pósmodernidade, bem como daqueles que procuraram se constituir enquanto teorias do romance. O questionamento a respeito da possibilidade da morte da narrativa acabou demonstrando, paradoxalmente, um retorno ao narrativo; principalmente pelo fato de os próprios discursos que afirmaram isso acabarem se revelando...

A educação física entre o projeto social da modernidade sólida e da modernidade líquida; Physical Education between the social project of solid modernity and the of liquid modernity

Silva, Sidinei Pithan da; Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Ijui, Rio Grande do Sul
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; "Avaliados por pares"; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
http://dx.doi.org/10.5902/198464445071 O presente texto¹ tematiza, a partir do pensamento de Bauman, a constituição da identidade e legitimidade social da educação física no contexto de transição da modernidade sólida para a modernidade líquida. Decorre deste pensamento a compreensão da natureza da crise que atravessa o discurso identitário da Educação Física. De outra forma, o texto sinaliza para os limites e possibilidades do discurso educacional moderno e pós-moderno. Nesse contexto, descreve um cenário moderno marcado por dois momentos distintos, o da modernidade em sua fase sólida e o da modernidade em sua fase líquida. O primeiro, da modernidade sólida, a condição social de vigilância, de racionalização, de controle, cumpre o papel funcional/adaptativo de colocar todos sob a mesma ordem rígida (sociedade administrada). O segundo, da modernidade líquida, a condição social de insignificância, de irracionalismo, cumpre o papel funcional de colocar e manter todos sob a mesma desordem flexível do mercado. Do enfoque cientificista e mecanicista do corpo e da Educação Física na modernidade sólida passamos ao enfoque relativista e esteticista do corpo e da Educação Física na modernidade líquida. Palavras-chave: Educação Física; modernidade sólida; modernidade líquida.; Grounded on Bauman’s thought...

Interpretations of modernity and the problem of world-making

Wagner, Peter
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2015 ENG
Relevância na Pesquisa
37.02%
The term cosmopolitanism both expresses an attitude towards our present time and provides certain keys to analyse it. This article aims to better understand the revival of cosmopolitanism since the end of the twentieth century by confronting conceptual developments in the social and political theory of modernity with the historical experiences of interpreting and institutionalizing modernity. At the heart of the matter are views about the prevailing social bonds between human beings and their implication for building and maintaining political institutions. The common view of modernity as marked by trends towards individualization and instrumental rationalization is redefined as one interpretation of modernity among others; and the current situation is regarded as a struggle over world-interpretations rather the imposition of linear trends towards globalization and individualization, a view that was dominant at the same time as cosmopolitan thinking revived.; El terme cosmopolitisme expressa una actitud cap a la nostra època actual i, alhora, proporciona certes claus per analitzar-la. Aquest article pretén comprendre millor el ressorgiment del cosmopolitisme des de finals del segle xx mitjançant la confrontació dels desenvolupaments conceptuals de la teoria política i social de la modernitat amb les experiències històriques d’interpretació i institucionalització de la modernitat. Al centre de la qüestió es troben els punts de vista sobre els vincles socials que prevalen entre els éssers humans i les implicacions que aquests tenen per a la construcció i el sosteniment de les institucions polítiques. La idea comuna de la modernitat marcada per les tendències cap a la individualització i la racionalització instrumental es redefineix com una interpretació de la modernitat entre d’altres...

From Status to Contract: Domesticating Modernity in Wuthering Heights, The Mill on the Floss and Dracula

Foreman, Violeta
Fonte: Universidade Duke Publicador: Universidade Duke
Publicado em 04/04/2011 EN_US
Relevância na Pesquisa
37.17%
In England, the nineteenth-century was a time of change. The social developments instigated by the French Revolution in France were making way across the channel, intensified by the technological innovation generated by the Industrial Revolution. As social hierarchies were altered by the rise of the middle class, so too was political organization disturbed with the passage of the Great Reform act of 1832. The final transition to a constitutional monarchy at home, together with the fall of the ancient Spanish, Chinese, Holy Roman, Portuguese and Mughal empires abroad, made the period a time of unprecedented and fundamental change. Modernity, with a unique concentration on the present rather than the glorification of the past found in classicism or romanticism, would become the measure of social life. While the principles that would define modernism were evolving, as Bram Stoker notes, “the old centuries had, and have, powers of their own which mere ‘modernity’ cannot kill.” The literature of the time reflected the transitional phase within the realism of the newly popular medium – the novel. Exploring the role of self and society, the novel, with the genre of realism as its distinguishing feature, allowed for a theoretic space in which social change could be understood and mastered. With antecedents in autobiographic and epistolary works...

Chieftaincy Reimagined: Modernity and Tradition in the Chefferie of Batoufam, Cameroon

Grace, Jaclyn
Fonte: Universidade Duke Publicador: Universidade Duke
Publicado em 02/05/2015
Relevância na Pesquisa
37.07%
This thesis uses chieftaincy in Cameroon, and specifically the chefferie (chieftainship) of Batoufam, as a lens through which to understand the complex tensions between modernity and tradition in postcolonial Africa. After presenting a historical study of Grassfield chiefs’ role in the modern Cameroonian state, I analyze the relationship between tradition and modernity through the case study of the chief of Batoufam, Cameroon. My research drew upon several weeks of conducting over twenty-five interviews with village leaders, including the chief and several notables, in order to understand why traditional institutions in African nations are continually excluded from the global development industry. I argue that, not only can traditional institutions produce aspects of Western modernity, but these institutions in Cameroon also utilize liberal and neoliberal practices in the interest of community goals, mobilizing Western strategies for new and different purposes. I conclude that traditional institutions in Africa are not merely reproducing a Western model of modernity, but are in fact reshaping modernity itself through new conceptualizations, forms and applications. These traditional institutions thus present a critical resource for development...

Modernity´s pendulum; O pêndulo da modernidade

Fehér, Ágnes Heller e Ferenc
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1994 POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
The bicentennial year of the French Revolution, in 1989, and the antitotalitarian revolutions in Eastern Europe during 1989 and 1991 lead the authors to interpreting modernity through the pendulum´s metaphor, used in order to show the dynamics of the present social arrangement, pluralistic and autonomous, and which swings without stopping between radicalism and moderation. In order to make a diagnosis of the modern´s self-knowledge, the text analyses questions refering to modernity and its problems: Totalitarianism is the offspring of modernity? How the avoid it? Van the 1789 promises be kept? And it appeals to history for evaluating skeptically modernity starting from its two survival conditions: modernity´s dynamic (dialectics), which works through the auto-reflective dynamic justice, and the modem social arrangement, a constant framework of symmetric and asymmetric (re)-distribution of freedom and life-chances. This article introduces the dynamic logic of modernity (the functional division of labour, statecraft and technology) showing that they, operating together or in conflict with one another; usually move the modernity´s pendulum between the poles of "individualism" and "communitarianism", between "welfarism" and the practise of a self-regulating market...