Página 1 dos resultados de 175 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

SystEM-PLA: um método sistemático para avaliação de arquitetura de linha de produto de software baseada em UML; SystEM-PLA: a systematic evaluation method for UML-based software product line architecture

Oliveira Junior, Edson Alves de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
56.83%
A abordagem de linha de produto de software (LP) tem como objetivo principal promover a geração de produtos específicos de um determinado domínio com base na reutilização de uma infraestrutura central, chamada núcleo de artefatos. Um dos principais artefatos do núcleo de uma LP é a Arquitetura de LP (ALP), que representa a abstração de todas as arquiteturas de sistemas únicos que podem ser gerados, para um domínio específico. Avaliações de ALP são importantes, pois permitem aumentar a produtividade e a qualidade dos produtos da LP, bem como, seus resultados permitem a análise de metas de negócio e de retorno de investimento. Este trabalho propõe um método sistemático para avaliação de ALP, o SystEM-PLA (a Systematic Evaluation Method for Software Product Line Architectures). Tal método considera modelos de ALP em UML, por ser uma notação amplamente conhecida e consolidada. SystEM-PLA é composto por um metaprocesso de avaliação, diretrizes que guiam o usuário em como avaliar uma ALP e métricas básicas para modelos UML e atributos de qualidade. O método utiliza a abordagem SMarty (Stereotype-based Management of Variability), para gerenciar variabilidades em LP baseadas em UML. Análises de trade-off com o objetivo de priorizar atributos de qualidade para o desenvolvimento e evolução dos produtos de uma LP são realizadas com base na aplicação e coleta das métricas do SystEM-PLA em configurações de uma ALP. As métricas propostas para os atributos de qualidade complexidade e extensibilidade foram validadas por meio de um estudo experimental. Evidências indicaram a viabilidade de aplicação do método SystEM-PLA na indústria com base em um estudo experimental realizado com profissionais de uma empresa de grande porte no setor de desenvolvimento de software; The software product line (PL) approach aims at promoting the generation of specific products from a particular domain based on the reuse of a central infra-structure...

Um método de transformação de modelos UML para a inclusão de componentes de frameworks com o uso de planejador lógico.; A UML model transformation method for including frameworks components using logical planning.

Marchetti, Guilherme Aren
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.75%
Frameworks são ferramentas importantes no contexto atual da tecnologia de desenvolvimento de software, fornecendo funcionalidades através de código previamente testado, o que leva a uma redução na quantidade de código necessário para se implementar soluções e no tempo de implementação. Porém, devido a complexidade dos frameworks atuais, seu uso se torna trabalhoso, requerendo um gasto de tempo elevado para se aprender um framework novo. Neste trabalho de pesquisa foi desenvolvido o Framer, um método de transformação de modelos capaz de selecionar componentes de um framework, a partir de seu modelo UML, que são necessários para implementar as funcionalidades providas pelo framework para uma aplicação em desenvolvimento. Este método de transformação utiliza uma versão modificada do algoritmo NONLIN de planejamento, para identificar não somente os componentes que serão utilizados, mas como e em qual ordem devem ser invocados pela aplicação. Uma vez identificados os componentes, são criados os Diagramas UML necessários para representar sua utilização.; Frameworks are important tools for current software development technology, providing functionalities through previously tested code, reducing the amount of code and time necessary to implement the solution. However...

Teste baseado em modelos para serviços RESTful usando máquinas de estados de protocolos UML; Model-based testing of RESTful web services using UML protocol state machines

Pinheiro, Pedro Victor Pontes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.79%
A Arquitetura Orientada a Serviços (SOA) é um estilo arquitetural formado por um conjunto de restrições que visa promover a escalabilidade e a flexibilidade de um sistema, provendo suas funcionalidades como serviços. Nos últimos anos, um estilo alternativo foi proposto e amplamente adotado, que projeta as funcionalidades de um sistema como recursos. Este estilo arquitetural orientado a recursos é chamado de REST. O teste de serviços web em geral apresenta vários desafios devido a sua natureza distribuída, canal de comunicação pouco confiável, baixo acoplamento e a falta de uma interface de usuário. O teste de serviços RESTful (serviços que utilizam o REST) compartilham estes mesmos desafios e ainda necessitam que suas restrições sejam obedecidas. Estes desafios demandam testes mais sistemáticos e formais. Neste contexto, o teste baseado em modelos (TBM) se apresenta como um processo viável para abordar essas necessidades. O modelo que representa o sistema deve ser simples e ao mesmo tempo preciso para que sejam gerados casos de teste com qualidade. Com base nesse contexto, este projeto de mestrado propõe uma abordagem baseada em modelos para testar serviços RESTful. O modelo comportamental adotado foi a máquina de estados de protocolos UML...

Exploração do espaço de projeto em sistemas embarcados baseados em plataformas através de estimativas extraídas de modelos UML; Platform-based embedded system design space exploration using UML models estimates

Oliveira, Marcio Ferreira da Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.73%
Objetivando implementar um sistema embarcado baseado principalmente em software, duas abordagens ortogonais estão sendo propostas: Desenvolvimento Baseado em Plataformas, que maximiza o reuso; Desenvolvimento Baseado em Modelos, que aumenta o nível de abstração utilizando conceitos de orientação a objetos e UML para modelar uma aplicação. Porém, com o aumento do nível de abstração, engenheiros de software não possuem a idéia exata do impacto de suas decisões de modelagem em questões importantes, como desempenho, e consumo de energia e de memória para uma plataforma embarcada específica. Neste trabalho, propõe-se estimar a memória de dados e de programa, o desempenho e o consumo de energia, diretamente de especificações em UML, como intuito de realizar a exploração do espaço de projeto já nos estágios iniciais do processo de desenvolvimento. Resultados experimentais apresentam erros reduzidos, quando componentes da plataforma são reutilizados e seus custos já são conhecidos para uma plataforma alvo. Aplicações reais foram modeladas de diferentes formas e demonstram a eficiência da abordagem de estimativa para o estagio inicial de exploração do espaço de projeto, permitindo ao desenvolvedor avaliar e comparar diferentes soluções de modelagem. Os valores estimados utilizados na exploração do espaço de projeto podem alcançar taxas de erros inferiores a 5%.; In order to quickly implement an embedded system that is mainly based on software...

MD-JPA : um perfil UML para modelagem do mapeamento objeto-relacional com JPA em uma abordagem dirigida por modelos; MD-JPA:a UML profile for object relational mapping with JPA in a model driven approach

Torres, Alexandre
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
A abordagem de desenvolvimento dirigido por modelos (DDM) propõe que modelos (e transformações entre modelos) assumam o papel principal no desenvolvimento de sistemas. Entretanto, não há uma notação consensual para modelagem de persistência baseada em arcabouços de mapeamento objeto-relacional: enquanto a UML não possui recursos específicos para a modelagem de persistência, o modelo entidade-relacionamento não expressa os conceitos dinâmicos existentes na UML. Este trabalho propõe o perfil UML MD-JPA (Model Driven JPA) para a modelagem de persistência baseada na já difundida API de persistência Java (JPA), buscando a modelagem dos elementos persistentes e transientes de forma mais coerente e integrada. São especificadas as principais características do perfil MD-JPA, assim como a maneira pela qual modelos que adotam este perfil podem ser transformados em implementação Java, através de transformações de modelos propostas em uma abordagem DDM. Por fim, uma ferramenta de código livre foi desenvolvida para disponibilizar para comunidade os resultados deste trabalho.; The model driven development (MDD) approach proposes that models (and modelto- model transformations) play the main role on system development. However...

Geração automática de código VHDL a partir de modelos UML para sistemas embarcados de tempo-real; Automatic VHDL code generation from UML models for real-time embedded systems

Moreira, Tomás Garcia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.96%
A crescente demanda da indústria exige a produção de dispositivos embarcados em menos tempo e com mais funcionalidades diferentes. Isso implica diretamente no processo de desenvolvimento destes produtos requerendo novas técnicas para absorver a complexidade crescente dos projetos e para acelerar suas etapas de desenvolvimento. A linguagem UML vem sendo utilizada para absorver a complexidade do projeto de sistemas embarcados através de sua representação gráfica que torna o processo mais simples e intuitivo. Para acelerar o desenvolvimento surgiram processos que permitem, diretamente a partir modelos UML, a geração de código para linguagens de descrição de software embarcado (C, C++, Java) e para linguagens tradicionais de descrição de hardware (VHDL, Verilog). Diversos trabalhos e ferramentas comerciais foram desenvolvidos para automatizar o processo de geração de código convencional a partir de modelos UML (software). No entanto, pela complexidade da transformação existem apenas poucos trabalhos e nenhuma ferramenta comercial direcionado à geração de HDL a partir de UML, tornando este processo ainda pouco difundido. Nossa proposta é focada na geração de descrições de hardware na linguagem VHDL a partir de modelos UML de sistemas tempo-real embarcados (STRE)...

UML no desenvolvimento de sistemas interactivos

Ribeiro, António Nestor; Campos, J. Creissac
Fonte: CCTC Publicador: CCTC
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /10/2006 ENG
Relevância na Pesquisa
46.45%
Os processos típicos de análise e modelação de sistemas numa perspectiva de engenharia de software atribuem pouca importância à modelação da camada interactiva. O Unified Process e a linguagem que o suporta (UML) não são excepção. Este artigo propõe uma abordagem, que procura integrar a modelação da camada interactiva no processo de modelação típico baseado em UML, explorando as potencialidades fornecidas pela linguagem.; Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).; Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) - POSC/EIA/56646/2004.

Ontologias O3F: conversão de UML e extracção em CO3L

Maria, Jairo Avelar
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.65%
Mestrado em Engenharia Informática; Esta dissertação centra-se no modelo de representação de ontologias O3F e da correspondente linguagem CO3L, ambos desenvolvidos no grupo de Agentes e Inteligência Artificial do Departamento de Ciências e Tecnologias da Informação do ISCTE-IUL. Pretende-se alcançar dois objectivos. O primeiro consiste em melhorar e expandir o O3F e o CO3L para aumentar a sua expressividade, especialmente no sentido de permitir a representação de modelos UML e ontologias OWL. O segundo consiste na criação de ferramentas computacionais para ontologias O3F, a principal das quais é um conversor automático de UML para O3F/CO3L. Pretende-se assim que as ontologias O3F possam ser especificadas em UML, tirando partido das suas ferramentas de desenvolvimento, e aproximar o O3F da grande comunidade de especialistas de modelação UML. Adicionalmente, foram também feitas contribuições para a construção de um servidor de ontologias O3F e desenvolveu-se um mecanismo capaz de extrair, na linguagem textual CO3L, as ontologias armazenadas nesse servidor. Decidiu-se apostar no O3F porque, quando comparado com outras abordagens à representação de ontologias (OWL, Ontolingua e UML), revela várias vantagens e...

Desenvolvimento rigoroso com Uml-Rt

Teixeira Ramos, Rodrigo; Cezar Alves Sampaio, Augusto (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.89%
Como outros métodos visuais orientados a objetos, UML tem influenciado tremendamente a prática de modelagem na engenharia de software com ricos mecanismos de estruturação. Porém, apesar de suas vantagens e adoção em larga escala, na prática, a falta de uma semântica formal tem dificultado o desenvolvimento rigoroso baseado em modelos de aplicações não triviais (aplicações que por sua natureza necessitam de ênfase na especificação e na verificação de seus componentes). A razão para isto é que transformações de modelos podem não preservar a semântica e, como conseqüência, o comportamento do modelo. Este problema é ainda mais sério em transformações que envolvem diferentes visões do modelo. Limitações similares podem ser encontradas durante o desenvolvimento com UML-RT. Esta linguagem é uma extensão conservativa de UML que provê a noção de objetos ativos (objetos com um comportamento próprio, independente do fluxo de execução do restante do sistema) para descrever aplicações concorrentes e distribuídas. Neste tipo de desenvolvimento, transformações devem lidar simultaneamente com as diferentes visões estáticas e dinâmicas do modelo, representadas por seus diagramas e propriedades. Por estes motivos...

Estratégia para especificação e geração de casos de teste a partir de modelos UML

Peralta, Karine de Pinho
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.7%
Com a expansão dos sistemas computacionais e com a popularização dos serviços providos pela Internet, é crescente a preocupação dos engenheiros de software com a segurança dos sistemas que desenvolvem. O volume de informações confidenciais que trafega pela Internet é cada vez maior, tornando essencial a avaliação de segurança destes sistemas antes de entregá-los a seus usuários. Entretanto, o tempo que dedicam em seus projetos à realização de testes para avaliar este aspecto é pequeno, fazendo com que softwares inseguros sejam liberados no mercado. Verificar o nível de segurança de um software não é trivial. É preciso considerar este aspecto desde a fase de projeto do sistema, quando o modelo ainda está sendo elaborado. Uma limitação é a deficiência existente na área de segurança, seja em relação aos modelos, que provêem poucas estruturas para representar este aspecto, ou à pouca quantidade de ferramentas, documentos e checklists explicando como conduzir a execução de testes de segurança.Neste contexto, vem se tornando popular uma técnica conhecida como teste baseado em modelos. Nesta, os testes a serem realizados são definidos automaticamente a partir do modelo da aplicação, de acordo com os aspectos desejados. Diversos trabalhos propõem modelos para especificar os mais variados requisitos...

Composição de UML Profiles

Oliveira, Kleinner Silva Farias de
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.92%
Com o sucesso da MDA (Model Driven Architecture) e da UML (Unified Modeling Language), modelos estão substituindo código como o principal artefato de desenvolvimento de software. Em MDA, a transformação e a composição de modelos são duas atividades essenciais. Enquanto a transformação de modelos tem sido amplamente pesquisada e documentada, a composição de modelos precisa de mais investigação. Com a MDA, surgiram três desafios: (i) criar linguagens de modelagem específicas de domínios (DSML); (ii) compor DSML; (iii) compor modelos representados em DSML. A UML permite a construção de DSML através de UML profiles, porém não oferece um mecanismo adequado para tais profiles. Neste contexto, o presente trabalho apresenta uma proposta de mecanismo de composição de UML profiles fundamentado em regras de composição, regras de transformação de modelos, estratégias de composição, estratégia de comparação e regras de comparação. Um modelo formal deste mecanismo foi construído utilizando a linguagem de modelagem formal Alloy e foi realizada uma análise automática do modelo usando Alloy Analyzer. Além disso, uma ferramenta de software foi construída com o objetivo de validar o mecanismo e automatizar a abordagem.; With the success of Model Driven Architecture (MDA) and Unified Modeling Language (UML)...

Transformação de modelos de processos de negócio em BPMN para modelos de sistema utilizando casos de uso da UML

Heredia, Leonardo Rodriguez
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.92%
Os modelos de processos de negócio definidos pelos analistas de negócio servem como fonte de requisitos para a modelagem dos sistemas de informação que podem ser construídos para dar suporte a esses processos. A transformação de um modelo em nível de negócio para um modelo em nível de sistema não é trivial. A notação ou linguagem utilizada para modelar o negócio é diferente da utilizada para modelar sistema. Atualmente a BPMN é a notação padrão para construção de modelos de processos de negócio e a UML é a linguagem padrão para modelagem de sistemas. O objetivo desse trabalho é apresentar um método que auxilie na transformação de modelos de processos de negócio feitos em BPMN para modelos de sistema utilizando casos de uso da UML. A transformação é realizada através da análise de como cada elemento de um diagrama BPMN pode dar origem a elementos de casos de uso da UML. O método apresenta diferentes possibilidades de transformar um elemento da BPMN em casos de uso da UML, identificando os relacionamentos e informações iniciais da descrição dos casos de uso.; The business processes models designed by business analysts act as requirement source to model information systems that may give support to these business processes. Transforming a business process model into a system model is not simple. The notation or language used to design business process model is different from the one used to design the system model. Today...

Modelagem de software de tempo real utilizando o profile MARTE da UML

Silvestre, Eduardo Augusto
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.65%
Métodos e linguagens orientadas a objetos tem sido amplamente aplicados em atividades de modelagem e projeto de software de tempo real. Entre todas as notações orientadas a objetos a mais usada é a UML. Apesar dos seus muitos problemas conhecidos na teoria e na prática, como a fraca representação de restrições temporais e alocação de recursos, a UML tem sido efetivamente aplicada neste domínio. O profile MARTE foi proposto para resolver essas questões. Neste trabalho o profile MARTE é aplicado juntamente com a UML para modelagem de um software de controle de sinais de trânsito com o objetivo de analisar os prós e contras da utilização deste recente profile OMG. O profile MARTE é comparado com UML e SPT (um profile anterior ao MARTE). O resultado é que com MARTE os modelos UML são mais específicos e expressivos, mas também são mais complexos. Adicionalmente, tornar-se proficiente na utilização do profile é um grande desafio. Pesquisas e aplicações industriais ainda são necessárias para melhores conclusões sobre a utilização do MARTE. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT; Object-oriented methods and languages have been widely applied in activities of modeling and design of real-time systems. Among all object-oriented notations...

Desarrollo de un Entorno Dirigido por Modelos para la creación de Esquemas de Bases de datos en Cassandra a partir de Modelos UML; Development of a Model-Driven Environment for creating Database Schemas in Cassandra from UML Models

Sañudo Olmedo, Ignacio
Fonte: Universidade de Cantabria Publicador: Universidade de Cantabria
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
SPA
Relevância na Pesquisa
46.8%
RESUMEN: Ciertas aplicaciones de alta demanda, accesibles a través de internet, como Twitter o Amazon, poseen requisitos muy particulares que resultan complejos de satisfacer utilizando los tradicionales sistemas gestores de bases de datos relacionales. Para resolver este problema, han ido apareciendo en los últimos años una serie de tecnologías de almacenamiento y recuperación de datos conocidas como NoSQL. No obstante, dichas tecnologías han aparecido a nivel de implementación, no siendo posible aún construir sistemas no relacionales desde modelos conceptuales de alto nivel, tal como se ha venido realizando para el caso relacional desde hace décadas. El objetivo de este proyecto es crear haciendo uso de las modernas tecnologías de desarrollo software dirigido por modelos, una herramienta que permita transformar un modelo de datos conceptual de alto nivel expresado en UML 2.0 en una implementación para un sistema de almacenamiento de datos NoSQL. Concretamente se utilizará el sistema de datos basado en columnas llamado Cassandra.; ABSTRACT: Certain high demand applications accessible via internet like Twitter or Amazon, have very specific requirements that are complex to meet using traditional relational databases. To resolve this problem have appeared in the last few years technologies of data storage known as NoSQL. However...

Transformação de modelos SysML para UML usando a linguagem ATL

Melo, Marcel da Silva
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Devido ao grande aumento da complexidade no desenvolvimento de software nos últimos anos, academia e organizações criaram uma solução racional na engenharia de software, chamada de Engenharia Dirigida por Modelos, que busca suportar o gerenciamento de tal complexidade. A Engenharia Dirigida por Modelos é uma abordagem que move o foco do desenvolvimento de software de código para modelos. A UML é atualmente a linguagem mais utilizada para modelagem de software. Apesar do seu uso intenso em vários domínios de aplicação, a UML apresenta de ciências na modelagem em alguns domínios, como por exemplo Software-Intensive Systems, onde a modelagem de elementos que não são software é de grande importância. Uma das grandes vantagens da UML é a sua ampla capacidade de extensão e adaptação aos diferentes domínios de aplicação usando pro les, como é o caso da SysML. A SysML é um pro le UML e representa uma linguagem de propósito geral usada no domínio de Engenharia de Sistemas. Uma operação importante na Engenharia Dirigida por Modelos é a transformação de modelos, que consiste em um processo automatizado de conversão de um modelo origem para modelo destino. A construção de novas transformações, e o reuso das existentes...

Suporte ao desenvolvimento e à integração de ontologias no domínio biomédico; Supporting development and integration of ontologies in the biomedical domain

Waldemarin, Ricardo Cacheta
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.97%
O surgimento e o uso crescente de novas tecnologias têm levado à produção e armazenamento de grandes volumes de dados biomédicos. Tais dados são provenientes de diferentes técnicas, armazenados em formatos de representação diversos e utilizados por diferentes ferramentas. Esta heterogeneidade representa um empecilho ao maior uso desses dados em abordagens integrativas de pesquisa como, por exemplo, a biologia sistêmica. Neste cenário, artefatos de modelagem conceitual, tais como ontologias, têm sido utilizados para organizar e integrar dados heterogêneos de uma forma coerente. A OBO Foundry representa, atualmente, o maior esforço no desenvolvimento de ontologias biomédicas de forma colaborativa. Dentre as ontologias desenvolvidas pela OBO Foundry, destaca-se Ontologia de Relacionamentos (RO-OBO). A RO-OBO provê definições formais para um conjunto de relacionamentos de propósito geral utilizados nas ontologias biomédicas e busca promover a criação de ontologias mais corretas e integráveis. Um perfil UML foi proposto para representar formalmente o conjunto de conceitos e relacionamentos existentes na RO-OBO. Este perfil permite desenvolver modelos UML utilizando os conceitos presentes nesta ontologia, bem como torna possível o desenvolvimento de suporte à validação sintática dos modelos criados em relação a um conjunto de restrições formalmente definidas. Adicionalmente...

Exploração do UML para a derivação automática de requisitos arquitecturais. Uma abordagem orientada a modelos

Tavares, Jorge Miguel Ribeiro
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.92%
O desenvolvimento de software orientado a modelos defende a utilização dos modelos como um artefacto que participa activamente no processo de desenvolvimento. O modelo ocupa uma posição que se encontra ao mesmo nível do código. Esta é uma abordagem importante que tem sido alvo de atenção crescente nos últimos tempos. O Object Management Group (OMG) é o responsável por uma das principais especificações utilizadas na definição da arquitectura dos sistemas cujo desenvolvimento é orientado a modelos: o Model Driven Architecture (MDA). Os projectos que têm surgido no âmbito da modelação e das linguagens específicas de domínio para a plataforma Eclipse são um bom exemplo da atenção dada a estas áreas. São projectos totalmente abertos à comunidade, que procuram respeitar os standards e que constituem uma excelente oportunidade para testar e por em prática novas ideias e abordagens. Nesta dissertação foram usadas ferramentas criadas no âmbito do Amalgamation Project, desenvolvido para a plataforma Eclipse. Explorando o UML e usando a linguagem QVT, desenvolveu-se um processo automático para extrair elementos da arquitectura do sistema a partir da definição de requisitos. Os requisitos são representados por modelos UML que são transformados de forma a obter elementos para uma aproximação inicial à arquitectura do sistema. No final...

NovaStudio : geração de testes a partir de uma modelagem UML; NovaStudio: test generation from an uml modeling

Zambiasi, Marcelo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.87%
O processo de desenvolvimento de software é um dos processos mais complexos já realizados pelo homem e a tendência é que os sistemas de informação fiquem ainda maiores e mais complexos. Por causa desta complexidade, os sistemas de informação estão sujeitos a erros e por isso existe a necessidade de testá-los. Entretanto, o tempo para testar um sistema não pode ser negligenciado e pode representar mais da metade do tempo total de um projeto. Com isso, surgem as necessidades do aumento da automatização e do nível de abstração no desenvolvimento e no teste de software, permitindo assim custos mais baixos nestes processos. Essas necessidades são respondidas pela utilização das abordagens da Engenharia Dirigida por Modelos e do Teste Dirigido por Modelos. Neste contexto, a empresa francesa BULL S.A.S desenvolve o produto NovaStudio, um ambiente de desenvolvimento que permite gerar uma boa parte do código de aplicações Java a partir de uma modelagem UML. NovaStudio apoia-se na abordagem da Arquitetura Dirigida por Modelos, uma das principais variantes da Engenharia Dirigida por Modelos. Este trabalho adiciona uma nova funcionalidade a NovaStudio, permitindo a geração automatizada do código de testes de uma aplicação. Os testes são gerados a partir de uma modelagem UML...

Lenguaje específico de dominio para la definición de la plataforma en el desarrollo de software dirigido por modelos

Jiménez Dorado, Juan Camilo
Fonte: Universidad de Medellín; Maestría en Ingeniería de Software; Facultad de Ingenierías Publicador: Universidad de Medellín; Maestría en Ingeniería de Software; Facultad de Ingenierías
Tipo: masterThesis; Tesis de Maestría
Relevância na Pesquisa
46.77%
Los enfoques tradicionales de Desarrollo de Software Dirigido por Modelos (MDSD) basados en la vista funcional han arrojado resultados positivos en los últimos años, no obstante, han presentado dificultades en aspectos como: el soporte multi-plataforma, la expresividad de los modelos y la intervención de las transformaciones. Este trabajo presenta una propuesta de modelado de la plataforma (vistas lógica y física de una aplicación), dentro de un enfoque multi-vistas para MDSD, de tal forma que se puedan expresar y reutilizar arquitecturas de software mediante el uso de modelos. Lo anterior se logra a través de la elaboración de un Lenguaje Específico de Dominio (DSL) que hace parte del desarrollo de una herramienta de modelado MDSD ejemplificada a través de la aplicación de un estudio de caso del proceso gestión de incidentes de la Biblioteca de Infraestructura de Tecnologías de Información (ITIL). Esta propuesta inicia con la identificación de los elementos propios de la vista lógica y física, incluyendo una clasificación detallada de los tipos de artefactos de código. De aquí se elicitan los requisitos con los que se construye el meta-modelo del DSL de plataforma y se procede a desarrollar los mecanismos para su instanciación. Las vistas lógica y física se instancian a través de un modelador gráfico de Lenguaje de Modelado Unificado (UML)...

TRANSFORMACIÓN DEL MODELO DE CLASES UML A Oracle9i® BAJO LA DIRECTIVA MDA: UN CASO DE ESTUDIO

ARANGO,FERNANDO; GÓMEZ,MARÍA CLARA; ZAPATA,CARLOS M.
Fonte: DYNA Publicador: DYNA
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2006 ES
Relevância na Pesquisa
46.73%
La Arquitectura Orientada a Modelos (MDA) es la propuesta de refinamiento de la OMG orientada a la generación automática de código a partir de los Modelos UML de Sistemas Independientes de la Plataforma de Implementación. En este trabajo se presenta una metodología para transformar el Modelo de Clases UML a un Modelo UML Dependiente de la Plataforma Oracle9i®, siguiendo los lineamientos básicos presentados por esta arquitectura y utilizando a UML como lenguaje de modelado a través de todos los pasos de dicha transformación. Inicialmente las reglas de transformación del Modelo de Clases de UML al Modelo Objeto-Relacional soportado por Oracle9i® son recopiladas en Español y adaptadas a nivel de metamodelo, para lo cual fue necesario elaborar un metamodelo simplificado de la plataforma Oracle9i®. Este conjunto de reglas se hace automatizable al expresarlas en un formalismo lógico, que sea fácilmente ejecutable por una herramienta CASE que soporte un lenguaje formal. Finalmente, se aplican las reglas de refinamiento formalizadas al Modelo de Clases de un Caso Práctico de estudio obteniendo como resultado, un Modelo UML instancia del Metamodelo de la Plataforma Oracle9i®. Los aspectos del Modelo de Clases en los que se hace énfasis en la transformación son las invariantes y reglas de derivación de atributos definidas en el lenguaje formal OCL...