Página 1 dos resultados de 131 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Crescer a meias : uma análise sociológica do impacto dos estilos educativos parentais nas relações entre irmã/os

Barbas, Andreia de Jesus Dias.
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.42%
Os estilos educativos parentais têm vindo a ser analisados e caraterizados à luz de diversos critérios, dando conta do impacto que têm na/os filha/os. No entanto, não existem estudos específicos sobre a influência das práticas educativas nas relações entre irmã/os. Esta dissertação pretende contribuir para essa problemática. A/os irmã/os, ao contrário das restantes relações familiares, têm sido esquecidos pela análise sociológica pela suposta inalterabilidade que as fratrias assumem. Assumindo-se como um estudo exploratório acerca da relação entre estilos educativos parentais e relações fraternais, esta dissertação revela por um lado, a existência de diferentes modelos relacionais entre irmã/os e, por outro, os impactos das práticas educativas das mães e dos pais. O estudo construiu-se a partir de uma abordagem micro, com base numa metodologia qualitativa, recorrendo a entrevistas semi-diretivas, realizadas a irmã/os inseridos em fratrias. A análise realizada foi, essencialmente, construída a partir das histórias de vida das pessoas entrevistadas. Com base no material empírico, foram identificados dois modelos tipos ideais respeitantes às práticas educativas, designadamente, um modelo mais tradicional e...

Caracterização das relações entre depressão pós-parto, modelos culturais de self, etnoteorias e práticas maternas em uma amostra paulistana atendida pelo sistema público de saúde; Characterization of the relationship among postpartum depression, cultural models, maternal ethnotheories and practices in a sample attended by the public health system of São Paulo city

DeFelipe, Renata Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.23%
Como a literatura dificilmente investiga variáveis culturais e situacionais em conjunto, o presente trabalho procurou conjugar tais variáveis (depressão pós-parto, fatores ecossociais, modelos culturais de self, etnoteorias e práticas de cuidado) a fim de caracterizar uma amostra de mães paulistanas atendidas pelo sistema público de saúde do Butantã. Estas mães já faziam parte do projeto temático e longitudinal da FAPESP (No. 06/59192) que deu origem a este trabalho. Partiu-se da premissa de que etnoteorias (metas de socialização e crenças sobre práticas) e práticas de cuidado maternas, além de serem influenciadas pelo contexto ecossocial e modelos culturais de self, também poderiam ser afetadas por uma variável situacional materna mais específica: depressão pós-parto (DPP). Dividiu-se a amostra (N=91) em função da intensidade da DPP: (1) Menor intensidade (escores 0-24): N=46; e (2) Maior intensidade (escores 24-67): N=45. Foram utilizadas: (1) Entrevistas estruturadas; (2) Escala de Depressão Pós-parto de Edimburgo; (3) Escala de Apoio Social; (4) Critério de Classificação Econômica Brasil; (5) Escala de Metas de Socialização; (6) Escala de Crenças sobre Práticas; (7) Escala de Importância Atribuída às Atividades Realizadas; e (8) Escala de Atividades Realizadas. As mães foram de modo geral autônomo-relacionais e strictu sensu mais interdependentes em suas metas e mais autônomas em suas crenças e práticas de cuidado. Encontraram-se as seguintes variáveis (1) associadas e (2) preditivas da intensidade da DPP: (1) relação empobrecida com a mãe na infância e adolescência; menarca precoce; maior número de homens com quem já teve filhos; conflito conjugal; história prévia de doença psiquiátrica; menor religiosidade; gravidez não desejada; e percepção de se dedicar menos do que o suficiente à criança...

Contratos relacionais e o desenvolvimento do mercado de cafés diferenciados : um estudo de caso do setor cafeeiro

Gross, Clarissa Piterman
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.42%
Este trabalho consiste em um estudo de caso das relações contratuais entre empresa brasileira produtora de cafés, Daterra, e a multinacional italiana illycaffè, torrefadora voltada para o mercado de café espresso de qualidade. Partimos da teoria dos contratos relacionais conforme elaborada por Ian Macneil, e discutida por Ronaldo Porto Macedo Júnior, a qual considera o contrato como um conjunto de práticas de projeção de trocas as quais envolvem uma multiplicidade de valores, de caráter econômico e não econômico, assim como reconhece a normatividade contratual como resultado da interconexão entre fontes promissórias e não promissórias. Apresentamos também a relação existente entre modelos produtivos industriais e a sua importância na promoção de padrões de contratação mais ou menos relacionais, destacando o surgimento de padrões contratuais mais relacionais em um contexto produtivo da especialização flexível. O caso estudado revelou-se como uma experiência contratual que se tornou possível e necessária em um contexto de liberalização do mercado internacional e nacional do setor cafeeiro. Valores tais como confiança, fidelidade e conhecimento, gerados no curso da relação contratual, foram fundamentais para permitir a transição de toda a cadeia produtiva de uma lógica da produção do café commodity para outra de produção diferenciada. As partes projetam as trocas por meio de práticas...

Materialização de visões XML

Saccol, Deise de Brum
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.31%
A grande quantidade de dados eletrônicos disponível atualmente nem sempre pode ser representada com modelos tradicionais, principalmente devido à ausência de esquema no momento da criação destes dados. Neste sentido, modelos semi-estruturados têm sido propostos; uma das abordagens utilizadas é XML, uma linguagem para troca e representação deste tipo de informação. Entretanto, consultar dados semi-estruturados pode demandar processos de extração com alto custo. Uma das alternativas para solucionar este problema é a definição de visões sobre estes dados, e a posterior materialização destas informações. O uso de visões materializadas para dados XML ainda é pouco explorado. Uma das abordagens que podem ser utilizadas é o uso de sistemas de gerenciamento de bancos de dados relacionais para o armazenamento das visões. Desse modo, informação semanticamente relacionada (informação acerca de um mesmo domínio, possivelmente representada em formatos diferentes) pode ser agrupada em uma única unidade lógica, facilitando o acesso a estes dados por parte do usuário, e introduzindo alguma estrutura nos dados semiestruturados. Dessa maneira, o usuário final submete consultas diretamente sobre a visão materializada...

Modelos culturais e o comportamento de retaliação do consumidor

Rossi, Patrícia da Camara
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
Os diferentes modelos culturais do consumidor (utilitário, oposicionista e relacional) tendem a influenciar seu comportamento de retaliação após experiências insatisfatórias. Para melhor entender essa relação de influência, foi desenvolvido um estudo exploratório de natureza qualitativa que contou com 18 informantes que apresentaram comportamento retaliatório. Os dados foram coletados com base na técnica storytelling e foram trabalhados a partir da análise de conteúdo. Os resultados indicaram que os consumidores, influenciados pelos seus modelos culturais, apresentaram diferentes ações de retaliação (diretas e indiretas), diferentes objetivos (econômicos e relacionais), diferentes emoções (raiva, ansiedade, tristeza e desamparo, entre outras) e diferentes papéis diante da empresa responsável pelo duplo desvio (vingador, altruísta e vítima). Especificamente, consumidores influenciados pelo modelo cultural oposicionista apresentaram comportamentos diretos e indiretos contra o provedor, motivados por objetivos essencialmente econômicos. Esses consumidores demonstraram emoções como raiva e indignação e, por isso, a tendência foi adotar o papel de vingador. Para esses consumidores, o papel de vingador representou uma alternativa para demonstrar que possuíam o controle da situação. Consumidores influenciados pelo modelo cultural utilitário preferiram comportamentos indiretos de retaliação...

Uma nova metodologia para identificação adaptativa de modelos relacionais nebulosos

Ricardo Jose Gabrielle Barreto Campello
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/06/1997 PT
Relevância na Pesquisa
56.67%
Modelos nebulosos constituem uma importante ferramenta matemática na identificação de processos complexos onde técnicas convencionais normalmente não são eficientes. Uma classe particular é formada pelos modelos relacionais nebulosos, onde o mapeamento entre variáveis de entrada e saída é realizado através de equações relacionais nebulosas. Os principais procedimentos para modelagem de sistemas utilizando esses modelos são a determinação da estrutura, a estimação dos parâmetros da relação nebulosa e a construção das interfaces de entrada e saída quando são necessárias. Neste trabalho é proposto um algoritmo para estimação dos parâmetros da relação nebulosa em modelos relacionais de estrutura conhecida. A principal vantagem deste método, em comparação aos algoritmos existentes na literatura, é sua maior capacidade de adaptação. Essa característica evita a dependência de uma boa estimativa da relação nebulosa e torna o algoritmo adequado à modelagem de sistemas variantes no tempo. Outra característica é a utilização de um método de otimização simples que permite a identificação de sistemas nebulosos e não-nebulosos. Para construção das interfaces de entrada e saída utiliza-se um algoritmo baseado em otimização que reduz a influência das interfaces no modelo através da minimização dos erros nos mapeamentos entre grandezas numéricas e linguísticas...

Implementação de um sistema temporal em um banco de dados orientado a objetos

Angelo Roncalli Alencar Brayner
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/1994 PT
Relevância na Pesquisa
26.31%
Vários modelos têm sido propostos para incorporar o conceito de Tempo em Banco de Dados. A maioria destes modelos limita-se a incorporar as facilidades temporais em Sis­temas de Bancos de Dados Relacionais. Contudo, a maioria das aplicações que requerem um gerenciamento temporal de dados apresenta uma natureza orientada a objeto. As pesquisas sobre a incorporação de Tempo em Bancos de Dados Orientado a Objetos ainda estão em uma fase inicial. Este trabalho apresenta mais uma contribuição para o desenvolvimento das pesquisas nesta área. A contribuição consiste na implementação de um sistema de gerenciamento de tempo para um banco de dados orientados a objetos. Este sistema, a Camada de Gerenciamento Temporal, foi implementado sobre o sistema O2 e permite a definição e gerenciamento de dados temporais orientado a objetos, bem como o processamento de consultas temporais; Many temporal data models have been suggested. A great number of these models is based on incorporating time only for relational databases systems. However, the applications that require temporal data management presents a object-oriented nature. Research on object-oriented database systems is still in its initial phase. This work presents a practical contribution to the research in this area. This contribution consists in the development of a temporal data management system for an object oriented database. This system - The Temporal Management Layer - was built on top of the O2 database system and allows the definition and management of object oriented temporal data...

Análise dos impactos dos arranjos relacionais em transportes por modelo multiagentes; Analysis of the impacts of relational arrangements in transport by multi-agent model

Sergio Adriano Loureiro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.54%
Nas últimas décadas as diversas transformações promovidas na sociedade pelo desenvolvimento econômico e da tecnologia da informação tem refletido no surgimento de novos e complexos modelos de relacionamentos entre empresas. Neste contexto sistemas logísticos balanceados, eficientes e responsivos têm fundamental importância para manutenção da vantagem competitiva das empresas e sua consequente sobrevivência no mercado. Apesar da abrangência e do grande número de estudos sobre cadeias de suprimentos percebe-se que os modelos de avaliação existentes não abordam o problema de forma integrada. Estes modelos não contemplam as complexas e pulverizadas interações existentes entre os diversos agentes na cadeia de suprimentos nem tratam de forma integrada elementos de poder, dinheiro e confiança que tem caracterizados os relacionamentos entre empresas neste novo contexto. Esta tese tem como objetivo investigar os diferentes modelos de arranjos relacionais existentes entre empresas na cadeia de suprimentos, desenvolver um modelo conceitual e computacional que permita avaliar o impacto dos diferentes arranjos relacionais sobre a cadeia de suprimentos e aplicar o modelo em um caso de transportes. Para atingir o objetivo proposto foi adotada uma estratégia de trabalho composta por pesquisa bibliográfica...

Interfaces dos aspectos estruturais, organizacionais e relacionais do trabalho de enfermagem e o desgaste do trabalhador

Gelbcke, Francine Lima
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 262 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
26.42%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.; Neste estudo, fundamentado no materialismo histórico e dialético e com uma abordagem qualitativa,busco indicar o que, na organização do trabalho da enfermagem, em seus aspectos estruturais, organizacionais e relacionais, tem sido determinante do processo de desgaste dos trabalhadores de enfermagem, a partir da sua percepção, além de refletir sobre estratégias de re-organização do trabalho da enfermagem, no sentido de minimizar o processo de desgaste físico e psíquico dos trabalhadores. A apreensão dos dados empíricos foi realizada junto aos trabalhadores de enfermagem de duas instituições de saúde, uma de caráter público e outra de caráter privado, na região sul do país, utilizando a triangulação de dados: entrevista, observação e análise documental, como processo de validação. A partir deste estudo, pude confirmar a tese de que os aspectos estruturais, mesmo sendo diretamente responsáveis pela precarização da vida de um modo geral, aparecem menos no discurso dos trabalhadores do que os aspectos organizacionais e relacionais, como determinantes do processo de desgaste. Entre os aspectos estruturais...

Gênero, casamento e família : interações entre velhos e novos modelos e papéis

Diniz, Gláucia Ribeiro Starling
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.09%
Este trabalho discute a interação entre velhos e novos papéis e modelos relacionais tomando como base a realidade conjugal e familiar de mulheres de baixa renda e aspectos da história da construção da vida familiar no Brasil.

Processos e modelos de raciocínio na tomada de decisão: contributos conceptuais e interrogações

Magalhães, Dulce; Lopes, Manuel J.; Fonseca, Ana
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
36.2%
Processos e Modelos de Raciocínio na Tomada de Decisão: contributos concetuais e interrogações Dulce Magalhães - Departamento de Enfermagem, Universidade de Évora Manuel Lopes - Departamento de Enfermagem, Universidade de Évora Ana Fonseca - Departamento de Enfermagem, Universidade de Évora Os enfermeiros que integram as equipas de unidades de cuidados hospitalares têm que prevenir, minimizar e corrigir situações clínicas instáveis. Em consequência disso defrontam-se diária e sistematicamente com a obrigatoriedade de tomar decisões no contexto da ação (Thompson & Dowding, 2005) e agir em conformidade. Eles têm que tomar decisões num espaço que não é reservado e que está confinado a uma teia de relações que acontecem entre o doente, a família e os restantes membros da equipa de saúde (Benner et al, 2011; Tanner, 2006, Lopes, 2006). Um espaço onde acontecem múltiplas interrupções que provêm de procedimentos de trabalho e exigências constantes de atenção a cada doente (Hedberg & Larsson, 2004; Potter et al, 2005; Wolf et al, 2006). São decisões processuais e multidimensionais que têm que considerar em simultâneo, o que deve ser feito, como deve ser feito e quando deve ser feito, no respeito da singularidade do doente e do seu contexto circundante (Gillespie...

Identidade étnica, modelos relacionais e bem-estar na adolescência

Afonso, Filipa Maria de Sousa
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 14/03/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.7%
Mestrado em Psicologia Social e das Organizações; Propomos com este trabalho contribuir para a compreensão da influência da identificação étnica e dos modelos relacionais no bem-estar de adolescentes residentes em Portugal. Os dados foram recolhidos através de questionários de auto-preenchimento por setenta adolescentes com idades compreendidas entre os 15 e os 25 anos em contexto recreativo. No questionário, para avaliar as origens étnicas usou-se a escala Multigroup Ethnic Identity Measures (versão reduzida; MEIM) e medidas comportamentais (música e constituição do grupo de amigos); para analisar os modelos relacionais nos grupos (com família, amigos e professores) foi usada uma escala de Lickel et al (2006); e para avaliar o bem-estar utilizamos a escala de bem-estar psicológico inserida no KIDSCREN-27 (instrumento que avalia a qualidade de vida em crianças e adolescentes) traduzido e adaptado para Portugal (Gaspar & Matos, 2008). Em relação ao bem-estar, os resultados indicam um elevado nível de bem-estar psicológico nos adolescentes, independentemente do seu grupo étnico. Verificaram-se diferenças significativas ao nível das preferências musicais, embora se destaque uma preferência pelo género “ritmos africanos” quer pelos grupos étnicos minoritários...

O impacto da percepção do modelo relacional dominante, por parte dos colaboradores, na satisfação das necessidades psicológicas básicas definidas pela teoria da autodeterminação

Grazina, Nuno Miguel Lourenço
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.5%
Dissertação submetida como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Psicologia Social e das Organizações / The PsycINFO Content Classification Code System: 2900 Social Processes & Social Issues 3000 Social Psychology 3660 Organizational Behavior; A presente investigação procurou perceber de que modo a forma de coodernação numa cultura organizacional influencia a motivação no trabalho. Desta forma, baseamo-nos na Teoria dos Modelos Relacionais (TMR) de Alan Fiske (1991, 1992) e na Teoria da Autodeterminação de Deci & Ryan (1985, 2000) para formar a nossa base teórica de pesquisa. A Teoria dos Modelos Relacionais descreve todas as relações sociais humanas como manifestações de comportamento de quatro construções fundamentais: Communal Sharing, Authority Ranking, Equality Matching e Market Pricing. Por sua vez, a Teoria da Autodeterminação afirma que para o indivíduo ter comportamentos mais autodeterminados e motivações mais intrínsecas devem ser satisfeitas as necessidades de autonomia, competência e relacionamento. Assim, o presente estudo procurou combinar as duas teorias de forma a compreender qual o impacto que a dominância de um Modelo Relacional numa dada organização tem na satisfação das necessidades dos seus colaboradores. Isto é...

Communal sharing and gratitude: how they interrelate

Simão, Cláudia Patrícia Candeias
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2013 ENG
Relevância na Pesquisa
46.31%
A Dissertation presented in partial fulfillment of the Requirements for the Degree of Doctor of Psychology / American Psychological Association (PsychINFO Classification Categories and Codes) 3000 Social Psychology 3040 Social Perception and Cognition 2360 Motivation and Emotion; Os indivíduos encontram diariamente amigos, vizinhos, colegas, ou superiores. Estas interações sociais exigem a necessidade de pensar, sentir e comportar-se em cada encontro. A Teoria dos Modelos Relacionais (Fiske, 1992) alega que, para estruturar o mundo social, são utilizadas quatro categorias mentais de relações sociais. A comunhão é uma dessas categorias, representando relações de proximidade formadas através de assimilação consubstancial, como partilhar comida, ou o toque para aumentar a proximidade. A comunhão está relacionada com apoio dentro da relação, existindo, muitas situações propícias a gratidão. Assim, a presente investigação foca-se na relação entre pistas de comunhão, perceção de relações sociais e gratidão. Primeiramente testou-se se os benefícios intencionais levam à implementação de um modelo de comunhão e ao aumento da gratidão. Os resultados revelaram que os benefícios aumentam a gratidão à medida que é implementada comunhão e não igualdade ou hierarquia. Os benefícios ativam diretamente relações de comunhão e indiretamente gratidão. Em segundo...

Vinculação e adopção

Salvaterra, Maria Fernanda
Fonte: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
36.09%
O estudo da vinculação em crianças adoptadas é de extrema relevância para a teoria da vinculação uma vez que permite avaliar a qualidade da vinculação e o seu desenvolvimento em famílias nas quais não há partilha da mesma informação genética nem da mesma história familiar. A presente investigação teve como objectivo geral o estudo da vinculação na adopção. Pretendemos caracterizar as famílias adoptivas, a dinâmica familiar em torno da adopção e as relações de vinculação das crianças com os seus pais. Tínhamos ainda como objectivos principais avaliar se a representação da vinculação (MDI) da mãe adoptiva e se a idade da criança à data da adopção prediziam a qualidade da vinculação. Participaram neste estudo 106 crianças adoptadas e suas famílias adoptivas (N=106), de um universo de 540 crianças de 461 famílias que adoptaram no Distrito de Lisboa (excepto cidade de Lisboa) entre 1984 e 2004. Utilizámos a Entrevista sobre o Processo de Adopção – EPA (J. Palácios, E. M. Sanchez Espinosa y Sanchez Sardoval, Universidad de Sevilha, 1995) para caracterizar o processo de adopção, o AQS (Waters, 1995) para a caracterização da qualidade de vinculação criança-mãe, as Narrativas Maternas (H. Waters & Rodrigues-Doolabh...

Uma metodologia para controle de acesso granular em sistemas de banco de dados relacionais open source

Marques, Maurício Guedes; Souza, Fernando da Fonseca de (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
26.37%
O controle e manutenção do acesso granular aos dados, ou seja, no nível de linha e coluna, sobretudo em organizações que dispõem de diversos sistemas de banco de dados distintos, é um problema em aberto, em que há poucos estudos de como resolver o problema a partir de um método ou solução única para o controle, de forma corporativa, da segurança no acesso aos dados das diversas bases disponíveis. As soluções presentes atualmente no mercado estão disponíveis apenas para sistemas de gerenciamento de banco de dados (SGBD) cujo licenciamento muitas vezes impede a utilização deste recurso. Além disso, tais soluções são proprietárias e só funcionam em um único SGBD. Muitas aplicações utilizam o conceito de visões (views) para prover o controle de acesso granular. No entanto, apesar de flexível, não é uma solução prática porque as lógicas das visões podem se tornar bastante complexas para garantir o controle de acesso, dificultando o gerenciamento e manutenção das mesmas. Além disso, é uma solução com baixa escalabilidade quando existe um número grande de usuários e perfis de acesso. Desta forma, grande parte das aplicações implementa o controle de acesso dentro do código da aplicação. Isso proporciona uma série de desvantagens e de falhas de segurança associadas. Este trabalho traz uma proposta de metodologia para controle de acesso granular em sistemas de banco de dados relacionais open source. Esta solução combina sistemas gerenciadores de banco de dados relacionais open source com a intervenção dos comandos SQL através do driver de acesso ao banco de dados. O driver customizado lê e aplica...

Transparencia de modelos em sistemas de bancos de dados heterogeneos

Ronaldo Lopes de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/08/1993 PT
Relevância na Pesquisa
36.15%
Sistemas de Bancos de Dados Heterogêneos (SBDHs) integram, em um ambiente cooperativo, Sistemas de Bancos de Dados (SBDs) autônomos e heterogêneos entre si, particularmente no que concerne aos modelos de dados utilizados. A transparência de modelos em SBDHs é a propriedade que permite que o usuário visualize as informações segundo um único modelo.de dados e manipule esses dados usando uma única linguagem. Esta dissertação propõe e discute soluções para suportar tal propriedade em SBDHs construídos a partir da integração de SBDs que seguem o modelo relacional ou o modelo rede. Essas soluções incluem metodologias para conversão de esquemas, e arquiteturas e algoritmos para transformação de operações. A abordagem adotada neste trabalho difere da maioria dos trabalhos publicados em dois aspectos. Primeiro, parte do pressuposto que cada usuário vai manipular os dados do ambiente integrado usando a linguagem associada ao modelo de dados utilizado por ele antes da construção do SBDH. Segundo, propõe soluções para permitir que o usuário manipule os dados do SBDH através de programas de aplicação construídos em uma linguagem de propósito geral e não apenas através de operações ad-hoc; Heterogeneous Database Systems (HDBSs) integrate...

Contributo de variáveis individuais e relacionais para a satisfação sexual de pessoas em relação de conjugalidade com e sem problemas sexuais

Pascoal, Patricia Magda Monteiro, 1972-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
26.71%
Tese de doutoramento, Psicologia (Psicologia Clínica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2012; A sexualidade é uma dimensão central ao longo da vida dos indivíduos, constituindo um dos principais desafios que se coloca à investigação devido à natureza privada e íntima do tema, às especificidades da amostragem, medidas, desenho dos estudos e análise dos dados. A diversidade de objetos, modelos e metodologias de estudo contribuem para que o conhecimento na área da sexualidade seja bastante rico e potencialmente inclusivo. Mas cria, também, problemas na delimitação concetual de alguns construtos, ou mesmo divergência na operacionalização dos mesmos, em função de diferentes correntes de pensamento, colocando, ainda, desafios à integração do conhecimento e à comparabilidade entre os estudos. Ainda que o estudo da sexualidade nas relações de natureza romântica inclua saberes de várias escolas de pensamento, é notória uma tendência dicotomizante com uma predominância de estudos focados em variáveis sexuais e individuais, num polo, e alguns outros estudos centrados em variáveis relacionais e contextuais, noutro polo, sem que se verifiquem esforços consistentes para uma integração dos saberes destas duas vertentes. Este estado da investigação levou a que alguns autores tenham denunciado a ausência de quadros teóricos sólidos que integrem os dados das investigações empíricas e outros defendam...

Fatores de influência individuais, psicossociais e relacionais para a ocorrência de gravidez na adolescência em Portugal Continental

Carvalho, Paula Susana L. Saraiva
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
26.42%
O reconhecimento da importância dos contextos individuais e relacionais/afectivos das adolescentes na construção das trajectórias de desenvolvimento (in)adaptativas contribuiu para a exploração do impacto dos aspectos individuais, relacionais e sociais, no seio dos quais sobressaem algumas variáveis que se têm mostrado passíveis de conduzir a uma gravidez na adolescência. Os resultados da investigação empírica apontam no sentido de que a gravidez precoce ocorre sobretudo em adolescentes que vivem em situações desfavorecidas do ponto de vista social, económico e pessoal, nomeadamente no que toca a situações de pobreza, baixos níveis educacionais e condições adversas ao longo da sua trajectória desenvolvimental. Os dados disponíveis salientam uma tendência consistente, nas últimas duas décadas, para um decréscimo da gravidez na adolescência em Portugal Continental. Apesar da evolução positiva deste indicador no panorama nacional, este continua a ser bastante desfavorável, sendo um problema social incontornável na actualidade. Não obstante a relevância, tanto teórica como prática deste fenómeno e o crescente interesse pela sua investigação, são ainda escassos ou inexistentes os estudos portugueses que incluam as diversas regiões geográficas do país. Com a presente dissertação...

Application of stochastic models on the portuguese population and distortion to workers conpensation pensioners experience

Nkwenti, Mbelli Njah
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 ENG
Relevância na Pesquisa
46.31%
Mestrado em Ciências Actuariais; Este estudo resulta de um estágio na AXA, e visa contribuir para a correta determinação das reservas que cobrem os encargos futuros com as indemnizações no Ramo de Acidentes de Trabalho (AT). A questão é muito relevante para as pensões ditas "não obrigatoriamente remíveis", pois a autoridade supervisora (ASF) deixa em parte ao critério das companhias qual o modelo de mortalidade a aplicar. O objetivo do estágio foi assim o desenvolvimento de um modelo estocástico para a mortalidade dos pensionistas em análise, para o que foi necessário considerar inicialmente toda a população portuguesa, passando-se depois para a população constituída pelos trabalhadores cobertos por apólices de AT e, finalmente, para os segurados na AXA. O modelo global é composto por um modelo estocástico para a mortalidade da população e um modelo de mortalidade para o portfólio, obtido a partir de três modelos relacionais (Cox Proportional, Brass Linear and Workgroup PLT). As probabilidades de morte a um ano para as idades 0-110 (período 2013-2113), foram calculadas para a população em geral e para as duas carteiras e utilizadas na construção das correspondentes tábuas de mortalidade e funções associadas. Pôde então determinar-se o montante das reservas relativas aos pensionistas...