Página 1 dos resultados de 266 itens digitais encontrados em 0.056 segundos

Avaliação da dor em recém-nascidos prematuros durante a fisioterapia respiratória; Pain assessment in premature infants during respiratory physiotherapy

NICOLAU, Carla Marques; PIGO, Juliana Della Croce; BUENO, Mariana; FALCÃO, Mário Cícero
Fonte: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Publicador: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
86.09%
OBJECTIVES: to assess pain in premature newborns undergoing mechanical ventilation during respiratory physiotherapy. METHODS: prospective study from February 2003 to May 2004, covering premature newborns with a gestational age of <34 weeks and birth weight <1.500 g, undergoing mechanical ventilation, between the 3rd and 7th day of life. The premature newborns underwent the necessary routine respiratory physiotherapy procedures. The Neonatal Infant Pain Scale (NIPS) was used to measure pain. The scale was applied before, immediately after commencing physiotherapy, and immediately following airway aspiration. RESULTS: 30 premature newborns were studied (15 male). The average gestational age was 30.70±2.10 weeks and the average birth weight was 1.010.70±294.60 grams. Each newborn was submitted to an average of 7.33 physioterapy sessions. It was verified that there was no statistically significant difference in the presence of pain before and after respiratory physiotherapy, (p=0.09); although there was a statistically significant difference in the presence of pain before and after airway aspiration (p<0.001). CONCLUSIONS: respiratory physiotherapy does not cause pain, although the aspiration procedure, as it is invasive, is potentially painful.; OBJETIVOS: avaliar a presença de dor durante a fisioterapia respiratória em prematuros submetidos à ventilação mecânica. MÉTODOS: estudo prospectivo realizado entre fevereiro de 2003 e maio de 2004...

Protocolo eletrônico de fisioterapia respiratória em pacientes com escoliose idiopática do adolescente

Cano,Danila Vieira Baldini; Malafaia,Osvaldo; Alves,Vera Lúcia dos Santos; Avanzi,Osmar; Pinto,José Simão de Paula
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgiões Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
85.9%
OBJETIVO: Criar uma base de dados clínicos da função respiratória em pacientes com escoliose idiopática do adolescente; informatizar e armazenar estes dados clínicos através da utilização de um software; incorporar este protocolo eletrônico ao SINPE© (Sistema Integrado de Protocolos Eletrônicos) e analisar um projeto piloto com interpretação dos resultados. MÉTODOS: A partir da revisão da literatura foi criado o banco de dados informatizado de dados clínicos dos desvios posturais (protocolo mestre). Mediante a realização do protocolo mestre foi criado o protocolo específico da função respiratória de pacientes com escoliose idiopática do adolescente e realizado um projeto piloto com a coleta e análise de dados de dez pacientes. RESULTADOS: Foi possível criar o protocolo mestre dos desvios posturais e o protocolo específico da função respiratória de pacientes com escoliose idiopática do adolescente. Os dados coletados no projeto piloto foram processados pelo SINPE Analisador© gerando gráficos e estatísticas das informações coletadas. CONCLUSÃO: A criação da base de dados clínicos de escoliose idiopática do adolescente foi possível. A informatização e o armazenamento de dados clínicos utilizando o software foram viáveis. O protocolo eletrônico de escoliose idiopática do adolescente pôde ser incorporado ao SINPE© e sua utilização no projeto piloto foi realizada com sucesso.

Exercícios para membros superiores durante radioterapia para câncer de mama e qualidade de vida

Oliveira,Mariana Maia Freire de; Souza,Gustavo Antônio de; Miranda,Marcela de Souza; Okubo,Mirian Akita; Amaral,Maria Teresa Pace do; Silva,Marcela Ponzio Pinto e; Gurgel,Maria Salete Costa
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
86.04%
OBJETIVO: avaliar a influência da fisioterapia realizada durante a radioterapia (RT) sobre a qualidade de vida (QV) de mulheres em tratamento para câncer de mama. MÉTODOS: ensaio clínico randomizado com 55 mulheres em tratamento radioterápico, sendo 28 alocadas no grupo submetido à fisioterapia (GF) e 27 no grupo controle sem fisioterapia (GC). A técnica fisioterápica utilizada para o GF foi a cinesioterapia para membros superiores, com emprego de 19 exercícios realizados ativamente, com uma série de dez repetições rítmicas ou alongamentos, englobando movimentos de flexão, extensão, abdução, adução, rotação interna e rotação externa dos ombros, isolados ou combinados. A QV foi avaliada por meio do Functional Assessment of Cancer Therapy-Breast (FACT-B) no início, no final da RT e seis meses após seu término. As sessões de fisioterapia começavam concomitantemente à RT, em média 90 dias após a cirurgia. RESULTADOS: não houve diferença entre os grupos para as subescalas: bem-estar físico (p=0,8), bem-estar social/familiar (p=0,3), bem-estar funcional (p=0,2) e subescala de mama (p=0,2) nos três momentos avaliados. A comparação da subescala emocional obtida nas três avaliações demonstrou melhor comportamento do GF em relação ao GC (p=0...

Fisioterapia respiratória na disfunção pulmonar pós-cirurgia cardíaca

Renault,Julia Alencar; Costa-Val,Ricardo; Rossetti,Márcia Braz
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
86.17%
O objetivo deste trabalho é realizar uma revisão de literatura sobre as diferentes técnicas de fisioterapia respiratória utilizadas no pós-operatório de cirurgia cardíaca, assim como sua efetividade na reversão da disfunção pulmonar. Foram utilizadas como referências publicações em inglês e português, cujos descritores foram cirurgia torácica, exercícios respiratórios, modalidades de fisioterapia, complicações pós-operatórias e revascularização miocárdica, contidas nas seguintes fontes de dados: BIREME, SciELO Brazil, LILACS e PUBMED, de 1997 até 2007. Pesquisa secundária por meio de lista de referências dos artigos identificados foi também realizada. Foram selecionados onze ensaios clínicos randomizados (997 pacientes). Dos estudos incluídos, espirometria de incentivo foi utilizada em três, exercícios de respiração profunda em seis; exercícios de respiração profunda associados a pressão expiratória positiva em quatro e pressão expiratória positiva acrescida de resistência inspiratória em dois. Três trabalhos utilizaram respiração com pressão positiva intermitente. Pressão positiva contínua nas vias aéreas e pressão positiva em dois níveis foram empregados em três e dois, respectivamente. Os protocolos utilizados foram variados e as co-intervenções estiveram presentes em grande parte deles. As diferentes variáveis analisadas e o tempo de acompanhamento pós-operatório tornam difícil a análise comparativa. A disfunção pulmonar é evidente no pós-operatório de cirurgia cardíaca...

Fisioterapia motora no tratamento do prematuro com doença metabólica óssea

Moreno,Juliana; Fernandes,Luciana Volpiano; Guerra,Camila Campos
Fonte: Sociedade de Pediatria de São Paulo Publicador: Sociedade de Pediatria de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
86.17%
OBJETIVO: Revisar o papel da fisioterapia motora no prematuro com risco de desenvolver doença metabólica óssea. FONTES DE DADOS: Trata-se de uma revisão de literatura publicada entre 1986 e 2009, utilizando as seguintes palavras-chave: prematuro, calcificação fisiológica, modalidades de fisioterapia, doenças ósseas metabólicas e os respectivos descritores no idioma inglês. Foram selecionados 29 artigos científicos, via PubMed e ISI Web, além de um capítulo de livro nacional. SÍNTESE DOS DADOS: As doenças ósseas metabólicas compreendem um conjunto de condições relacionadas a alterações no processo de calcificação fisiológica, levando desde à fragilidade estrutural até ao desenvolvimento de fraturas. A aplicação rotineira de exercícios de mobilização passiva articular, massagem e posicionamento está relacionada ao ganho ponderal, ao aumento na densidade e no conteúdo mineral ósseo. CONCLUSÕES: A implementação de exercícios de fisioterapia motora parece proporcionar estabilidade ou estímulo para a formação óssea, podendo, consequentemente, prevenir e/ou minimizar as complicações decorrentes da doença metabólica óssea.

Efeitos de técnicas de desobstrução brônquica na mecânica respiratória de neonatos prematuros em ventilação pulmonar mecânica

Santos,Mara Lisiane de Moraes dos; Souza,Lais Alves de; Batiston,Adriane Pires; Palhares,Durval Batista
Fonte: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB Publicador: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
85.9%
OBJETIVOS: O objetivo do trabalho foi avaliar as repercussões de técnicas fisioterapêuticas específicas na resistência média de vias aéreas e na complacência dinâmica de neonatos pré-termo em ventilação pulmonar mecânica. MÉTODOS: Dezoito neonatos pré-termo em ventilação pulmonar mecânica convencional foram submetidos a uma sessão de fisioterapia respiratória (compressão torácica manual durante a expiração + aspiração da cânula intratraqueal). Medidas de resistência média de vias aéreas e complacência dinâmica foram realizadas antes, 10, 40 e 70 minutos após as intervenções, por meio de um pneumotacógrafo com monitor gráfico (NewPort Navigator GM-250®), acoplado a um transdutor de fluxo (Varfley-Bicore®). Para análise dos resultados, os neonatos pré-termo foram divididos em dois grupos: tempo de ventilação pulmonar mecânica <5 dias e ventilação pulmonar mecânica >5 dias. Os resultados foram analisados pelo teste Friedman e pós-teste de Dunn de múltiplas comparações (p<0,05 significante). RESULTADOS: Observou-se no grupo ventilação pulmonar mecânica <5 redução significativa da resistência média de vias aéreas no 10º minuto após a intervenção (p<0,05), sem alterações significativas na complacência dinâmica. No grupo ventilação pulmonar mecânica >5 dias a resistência média de vias aéreas reduziu no 10º(p<0...

I Recomendação brasileira de fisioterapia respiratória em unidade de terapia intensiva pediátrica e neonatal

Johnston,Cíntia; Zanetti,Nathalia Mendonça; Comaru,Talitha; Ribeiro,Simone Nascimento dos Santos; Andrade,Lívia Barboza de; Santos,Suzi Laine Longo dos
Fonte: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB Publicador: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
96.01%
Recomendações para a atuação do fisioterapeuta em unidade de terapia intensiva pediátrica e neonatal são fundamentais, pois esses profissionais são responsáveis pela reabilitação de pacientes graves. A reabilitação inclui desde a avaliação e prevenção de alterações cinético funcionais às intervenções de tratamento (fisioterapia respiratória e/ou motora), controle e aplicação de gases medicinais, cuidados da ventilação pulmonar mecânica invasiva e não invasiva, protocolos de desmame e extubação, insuflação traqueal de gás, protocolo de insuflação/desinsuflação do balonete intratraqueal, aplicação de surfactante, entre outros. Com o objetivo de propiciar a recuperação do doente e seu retorno às atividades funcionais. Nesse contexto, essas recomendações têm o objetivo de orientar os fisioterapeutas sobre algumas intervenções de prevenção/tratamento de fisioterapia respiratória (desobstrução das vias aéreas; reexpansão pulmonar; posicionamento no leito; aspiração das vias aéreas; inaloterapia; tosse assistida), que auxiliam no processo de reabilitação de pacientes pediátricos e neonatais em unidade de terapia intensiva em ventilação pulmonar mecânica e até 12 horas após a extubação.

Análise comparativa entre a manobra de recrutamento alveolar e a técnica de breath stacking em pacientes com lesão pulmonar aguda

Porto,Elias Ferreira; Tavolaro,Kelly Cristiani; Kumpel,Claudia; Oliveira,Fernanda Augusta; Sousa,Juciaria Ferreira; Carvalho,Graciele Vieira de; Castro,Antonio Adolfo Mattos de
Fonte: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB Publicador: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
85.9%
Objetivo: Comparar a eficácia da manobra de recrutamento alveolar e a técnica de breath stacking, na mecânica pulmonar e na troca gasosa, em pacientes com lesão pulmonar aguda. Métodos: Trinta pacientes foram distribuídos em dois grupos: Grupo 1 - breath stacking e Grupo 2 - manobra de recrutamento alveolar. Após receberem atendimento de fisioterapia convencional, todos os pacientes receberam ambos os tratamentos, com intervalo de 1 dia entre eles. No primeiro grupo foi aplicada primeiramente a técnica de breath stacking e, posteriormente, a manobra de recrutamento alveolar. Já os pacientes do segundo Grupo 2 foram submetidos inicialmente ao recrutamento alveolar e, após, a técnica de breath stacking. Foram avaliadas as medidas de complacência pulmonar e de resistência de vias aéreas antes e após a aplicação de ambas as técnicas. Foram coletadas gasometrias arteriais pré e pós-técnicas para avaliar a oxigenação e a troca gasosa. Resultados: Ambos os grupos apresentaram aumento significativo da complacência estática após breath stacking (p=0,021) e recrutamento alveolar (p=0,03), mas não houve diferença entre eles (p=0...

Grupo de convivência com pessoas com doença pulmonar obstrutiva crônica: sentimentos e expectativas

Kerkoski,Edilaine; Borenstein,Miriam Süsskind; Gonçalves,Luciana de Oliveira; Francioni,Fabiane Ferreira
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
85.9%
Trata-se de uma pesquisa qualitativa realizada com pessoas com Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica em uma Clínica de Fisioterapia da Universidade do Vale do Itajaí/SC. Teve como objetivo identificar sentimentos dessas pessoas relacionados ao seu problema de saúde. Para tanto, foi realizado um grupo de convivência com onze pacientes e um familiar. A partir da análise de dados emergiram três categorias distintas: a tristeza e sofrimento ocasionados pela doença; as limitações e incapacidades físicas no cotidiano e o desejo de melhora em relação ao quadro clínico estabelecido pela doença. Observamos, portanto, que o grupo de convivência é um espaço importante para pessoas com doenças crônicas, no sentido de provocar mudanças de comportamento, adquirindo novos hábitos saudáveis de vida, também servindo como mola propulsora para que estas pessoas possam expressar sentimentos, contribuindo para melhorar sua qualidade de vida.

Impacto da técnica de expiração lenta e prolongada na mecânica respiratória de lactentes sibilantes

Lanza,Fernanda de Cordoba; Wandalsen,Gustavo Falbo; Cruz,Carolina Lopes da; Solé,Dirceu
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
85.9%
OBJETIVO: Avaliar as alterações da mecânica respiratória e do volume corrente (VC) em lactentes sibilantes em ventilação espontânea após a realização da técnica de expiração lenta e prolongada (ELPr). MÉTODOS: Foram incluídos no estudo lactentes com história de sibilância recorrente e sem exacerbações nos 15 dias anteriores. Para a avaliação da função pulmonar, os lactentes foram sedados e posicionados em decúbito dorsal com máscara facial acoplada a um pneumotacógrafo. As variáveis da respiração corrente - VC e FR - e da mecânica respiratória - complacência do sistema respiratório (Csr), resistência (Rsr) e constante de tempo (psr) - foram mensuradas antes e após a realização de três sequências consecutivas de ELPr. RESULTADOS: Foram avaliados 18 lactentes, com média de idade de 32 ± 11 semanas. Houve um aumento significante no VC após ELPr (79,3 ± 15,6 mL vs. 85,7 ± 17,2 mL; p = 0,009), assim como uma redução na FR (40,6 ± 6,9 ciclos/min vs. 38,8 ± 0,9 ciclos/min; p = 0,042). Entretanto, não houve alterações significantes nos valores da mecânica respiratória (Csr: 11,0 ± 3,1 mL/cmH2O vs. 11,3 ± 2,7 mL/cmH2O; Rsr: 29,9 ± 6,2 cmH2O • mL-1 • s-1 vs. 30,8 ± 7,1 cmH2O • mL-1 • s-1; e psr: 0...

Efeito de um programa de fisioterapia funcional em crianças com paralisia cerebral associado a orientações aos cuidadores: estudo preliminar

Brianeze,Ana Carolina Gama e Silva; Cunha,Andréa Baraldi; Peviani,Sabrina Messa; Miranda,Vanessa Cristina Ribeiro; Tognetti,Virlaine Bardella Lopes; Rocha,Nelci Adriana Cicuto Ferreira; Tudella,Eloisa
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
86.06%
O objetivo foi verificar o efeito de um programa de fisioterapia funcional para crianças com paralisia cerebral, associado a orientações aos pais e/ou cuidadores; e verificar a correlação entre as habilidades funcionais e a assistência do cuidador, utilizando o Inventário de Avaliação Pediátrica de Incapacidade (PEDI). Participaram quatro crianças entre 24 e 43 meses de idade, hemiplégicas, espásticas e nível I no sistema de classificação da função motora ampla (GMFCS). Foram realizadas quatro avaliações - uma antes do início do programa, as demais aos 30, 60 e 90 dias após a primeira -, empregando-se as partes I (Habilidades funcionais) e II (Assistência do cuidador) do PEDI. As crianças foram submetidas a sessões de uma hora de fisioterapia funcional três vezes por semana, durante três meses: duas vezes a sessão era de fisioterapia com base no conceito neuroevolutivo Bobath e uma vez, treino de atividades da vida diária. Também foram dadas orientações por escrito aos pais e/ou cuidadores quanto à assistência à criança, incentivando-os a praticá-la em casa. A análise dos resultados mostrou que, na última avaliação, as crianças obtiveram escores significativamente maiores que na primeira. Foi verificada correlação altamente significativa (r=1...

Prevalência de encaminhamentos às doenças musculoesqueléticas segundo a classificação estatística internacional de doenças (CID-10): reflexões para formação do fisioterapeuta na área de musculoesquelética

Souza,Cesário da Silva; Oliveira,Anamaria Siriani de
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
85.9%
A dor musculoesquelética pode ser caracterizada como aguda ou crônica e é o sintoma mais prevalente na população mundial. É possível afirmar que estará presente na vida de todos os adultos. A incidência tem aumentado muito nos últimos anos em função das mudanças nos hábitos de vida, meio ambiente, além do estresse e aumento das cobranças no mundo corporativo. Os gastos com esse agravo são cada vez maiores e suas consequências físicas, psicológicas e sociais são evidentes. Embora com significativo impacto na vida das pessoas com dor musculoesquelética, poucas são as reflexões que relacionam ensino, demandas de serviços e as doenças musculoesqueléticas. Trata-se de um estudo epidemiológico quantitativo descritivo, tipo levantamento, que teve como objetivo descrever o perfil dos encaminhamentos aos serviços de Fisioterapia e procedimentos relacionados a Classificação Estatística Internacional de Doenças, CID-10, na cidade de Ribeirão Preto e fornecer reflexões para a formação profissional no Brasil. Os resultados apontaram uma maior frequência de encaminhamentos do sexo feminino (70...

Efetividade da terapia fisica descongestiva na cicatrização de úlceras venosas

Azoubel, Roberta
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.9%
A venous ulcer is the most serious clinical manifestation of chronic venous failure, and the most frequent in lower limbs, accounting for 70% of all ulcers. Patients may suffer from this infirmity for several years without healing of the lesion if treatment is inadequate. The aim of this investigation was to verify the effectiveness of decongestive physical therapy in the healing of venous ulcers. This is a quasi-experimental, interventionist study, with paired, non-probabilistic sampling, composed of 50 patients divided into two groups: control and intervention, each composed of 25 patients. Both groups were identically treated for six months with daily dressings and the latter also underwent complex physical therapy consisting of a combination of the following techniques: manual lymphatic drainage, compression bandaging, lower limb elevation, myolymphokinetic exercises and skin care. The study was approved (Protocol no. 59/2007) by the Ethics Committee of the State University of Southeast Bahia. The Mann-Whitney and Chi-square tests were applied for data analysis. After statistical analysis the patients who underwent therapy showed a statistically significant difference with respect to wound contraction starting in the second month of treatment. Compared to the control...

Efetividade da terapia física descongestiva na cicatrização de úlceras venosas

Azoubel, Roberta
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.9%
Universidade Federal do Rio Grande do Norte; A úlcera venosa é a manifestação clínica mais grave da insuficiência venosa crônica, e a mais frequente das úlceras em membros inferiores, representando em torno de 70% de todas as úlceras. Pacientes portadores dessa enfermidade podem conviver com essa situação durante vários anos, sem obter a cicatrização da lesão. O objetivo dessa investigação foi avaliar a influencia dos aspectos sociodemográficos, de saúde, assistenciais e clínicos da lesão na efetividade da terapia física descongestiva utilizada para cicatrização das úlceras venosas. Trata-se de um estudo quase-experimental, com amostra não probabilística, desenvolvido na Clínica Escola de Fisioterapia da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. A amostra foi composta por 67 pacientes, distribuídos em dois grupos, por meio de estratégia de pareamento: Grupo de intervenção (GI), composto por 31 sujeitos e Grupo controle (GC), composto por 36 indivíduos. Ambos os grupos foram tratados durante seis meses com curativo diário e receberam orientações para repouso três vezes ao dia associado à elevação de membros inferiores. O GI foi submetido também à terapia física descongestiva: elevação dos membros inferiores...

Terapias de fisioterapia versus terapia tradicional en la funcionalidad del brazo postictus: revisión sistemática; Physiotherapeutic therapies versus traditional therapy in post-stroke arm functionality: a systematic review

Conde Vallejo, Miren Karmele
Fonte: Universidade de Cantabria Publicador: Universidade de Cantabria
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
SPA
Relevância na Pesquisa
85.97%
RESUMEN: Introducción: la elevada incidencia de pacientes con ictus y la dependencia causada por la hemiplejia consecutiva, hace necesario establecer una terapia que la palie. Objetivo: evaluar la existencia de evidencia en la literatura sobre la eficacia de terapias fisioterapéuticas para mejorar la funcionalidad de la extremidad superior en pacientes con ictus en comparación con la terapia convencional. Material y métodos: se realizó una revisión bibliográfica entre diciembre del 2013 y febrero del 2014 en las bases de datos: ISI Web of Knowledge, PEDro, Medline y Cochrane. Además de una búsqueda manual de los estudios incluidos en la revisión. Los criterios de inclusión son: ensayos controlados aleatorizados de elevada calidad metodológica según CASPe, dirigidos a pacientes con ictus en diferentes estadíos, con afectación leve-moderada del brazo a los que se les aplica diferentes terapias de fisioterapia y cuyos resultados han sido medidos mediante test estandarizados pre-post intervención y en algún caso, tiempo después de la intervención. Se han incluido 10 ensayos. Resultados: no se ha encontrado una terapia cuyas mejoras perduren y supere a la terapia convencional en todos los test estandarizados de funcionalidad del brazo...

Efectividade da fisioterapia na prevención de lesións da musculatura isquiotibial en deportistas: unha revisión da literatura

Magariños Blanco, Arancha
Fonte: Universidade da Corunha Publicador: Universidade da Corunha
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
GLG
Relevância na Pesquisa
96.23%
Traballo fin de grao (UDC.FCS). Fisioterapia. Curso 2014/2015.; [Resumo] INTRODUCIÓN: as lesións dos isquiotibiais son unha das lesións musculares que presentan máis incidencia no ámbito do deporte. Aínda que na actualidade existe bastante documentación sobre o tema a incidencia das mesmas non diminúe. Nos últimos anos varios estudos levaron a cabo diferentes intervencións de fisioterapia para diminuír o risco das lesións de isquiotibiais. Sen embargo, queda por esclarecer si na actualidade existe a suficiente evidencia que sustente a aplicación destas técnicas na prevención de lesións de isquiotibiais. OBXETIVO: determinar a efectividade da fisioterapia na prevención das lesións de isquiotibiais en deportistas. Tamén se pretende avaliar cal é a intervención de fisioterapia máis efectiva e a que presenta máis adherencia; a duración óptima dun programa; e a efectividade da mesma na redución da severidade das lesións. MATERIAL E MÉTODOS: a busca de información realizouse nas bases de datos Pubmed, PEDro, Scopus, Sport Discuss entre os meses de marzo e maio do 2015. A calidade metodolóxica foi avaliada mediante a escala PEDro. RESULTADOS: o resultado da busca nas bases de datos Pubmed, PEDro, Scopus e Sport Discuss aportou 10 artigos que cumprían os criterios de inclusión. Dispoñemos de 5 ensaios controlados aleatorios...

Efeitos de técnicas de desobstrução brônquica na mecânica respiratória de neonatos prematuros em ventilação pulmonar mecânica

Santos, Mara Lisiane de Moraes dos; Souza, Lais Alves de; Batiston, Adriane Pires; Palhares, Durval Batista
Fonte: Revista Brasileira de Terapia Intensiva Publicador: Revista Brasileira de Terapia Intensiva
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
85.9%
OBJETIVOS: O objetivo do trabalho foi avaliar as repercussões de técnicas fisioterapêuticas específicas na resistência média de vias aéreas e na complacência dinâmica de neonatos pré-termo em ventilação pulmonar mecânica. MÉTODOS: Dezoito neonatos pré-termo em ventilação pulmonar mecânica convencional foram submetidos a uma sessão de fisioterapia respiratória (compressão torácica manual durante a expiração + aspiração da cânula intratraqueal). Medidas de resistência média de vias aéreas e complacência dinâmica foram realizadas antes, 10, 40 e 70 minutos após as intervenções, por meio de um pneumotacógrafo com monitor gráfico (NewPort Navigator GM-250®), acoplado a um transdutor de fluxo (Varfley-Bicore®). Para análise dos resultados, os neonatos pré-termo foram divididos em dois grupos: tempo de ventilação pulmonar mecânica <5 dias e ventilação pulmonar mecânica >5 dias. Os resultados foram analisados pelo teste Friedman e pós-teste de Dunn de múltiplas comparações (p<0,05 significante). RESULTADOS: Observou-se no grupo ventilação pulmonar mecânica <5 redução significativa da resistência média de vias aéreas no 10º minuto após a intervenção (p<0,05), sem alterações significativas na complacência dinâmica. No grupo ventilação pulmonar mecânica >5 dias a resistência média de vias aéreas reduziu no 10º(p<0...

Evaluation of a multimedia online tool for teaching bronchial hygiene to physical therapy students; Avaliação de um recurso multimídia para ensino de higiene brônquica para estudantes de fisioterapia

Silva, Cibele Cristine Berto Marques da; Toledo, Sonia L. P.; Silveira, Paulo Sergio Panse; Carvalho, Celso Ricardo Fernandes de
Fonte: ASSOCIACAO BRASILEIRA PESQUISA POS-GRADUACAO FISIOTERAPIA-ABRAPG-FT; SÃO CARLOS Publicador: ASSOCIACAO BRASILEIRA PESQUISA POS-GRADUACAO FISIOTERAPIA-ABRAPG-FT; SÃO CARLOS
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
106.04%
Background: Advances in information technology have been widely used in teaching health care professionals. The use of multimedia resources may be important for clinical learning and we are not aware of previous reports using such technology in respiratory physical therapy education. Objectives: Our approach was to evaluate a conventional bronchial hygiene techniques (BHTs) course with an interactive online environment, including multimedia resources. Methods: Previous developed audiovisual support material comprised: physiology, physiopathology and BHTs, accessible to students through the Internet in conjunction with BHTs classes. Two groups of students were compared and both attended regular classes: the on-line group (n=8) received access to online resources, while the control group (n=8) received conventional written material. Student's performance was evaluated before and after the course. Results: A preliminary test (score 0 to 10) was applied before the beginning of the course, showing that the initial knowledge of both groups was comparable [online, 6.75 (SD=0.88) vs. control, 6.125 (SD=1.35); p>0.05]. Two weeks after the end of the course, a second test showed that the online group performed significantly better than the control group [respectively...

Efeito de um programa de fisioterapia funcional em crianças com paralisia cerebral associado a orientações aos cuidadores: estudo preliminar; Effect of a functional physical therapy program on cerebral palsy children, associated to guidance for their caregivers: a preliminary study

Brianeze, Ana Carolina Gama e Silva; Baraldi Cunha, Andréa; Peviani, Sabrina Messa; Miranda, Vanessa Cristina Ribeiro; Tognetti, Virlaine Bardella Lopes; Rocha, Nelci Adriana Cicuto Ferreira; Tudella, Eloisa
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2009 POR
Relevância na Pesquisa
86.06%
O objetivo foi verificar o efeito de um programa de fisioterapia funcional para crianças com paralisia cerebral, associado a orientações aos pais e/ou cuidadores; e verificar a correlação entre as habilidades funcionais e a assistência do cuidador, utilizando o Inventário de Avaliação Pediátrica de Incapacidade (PEDI). Participaram quatro crianças entre 24 e 43 meses de idade, hemiplégicas, espásticas e nível I no sistema de classificação da função motora ampla (GMFCS). Foram realizadas quatro avaliações - uma antes do início do programa, as demais aos 30, 60 e 90 dias após a primeira -, empregando-se as partes I (Habilidades funcionais) e II (Assistência do cuidador) do PEDI. As crianças foram submetidas a sessões de uma hora de fisioterapia funcional três vezes por semana, durante três meses: duas vezes a sessão era de fisioterapia com base no conceito neuroevolutivo Bobath e uma vez, treino de atividades da vida diária. Também foram dadas orientações por escrito aos pais e/ou cuidadores quanto à assistência à criança, incentivando-os a praticá-la em casa. A análise dos resultados mostrou que, na última avaliação, as crianças obtiveram escores significativamente maiores que na primeira. Foi verificada correlação altamente significativa (r=1...

Diferenças regionais e custos dos procedimentos de fisioterapia no Sistema Único de Saúde do Brasil, 1995 a 2008

Castro,Alessandra Paiva de; Neves,Victor Ribeiro; Aciole,Giovanni Gurgel
Fonte: Organización Panamericana de la Salud Publicador: Organización Panamericana de la Salud
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
86.02%
OBJETIVO: Descrever os atendimentos ambulatoriais fisioterápicos prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil quanto a sua distribuição geográfica, custos, tipos de procedimento e tipos de prestador. MÉTODOS: Foram utilizados dados do Departamento de Informática do SUS (DATASUS), referentes ao período de 1995 a 2008, que incluíam a quantidade e o valor dos procedimentos aprovados para pagamento pelas Secretarias de Saúde e a quantidade e o valor dos procedimentos apresentados para pagamento. Os coeficientes de atendimento (CoA) foram calculados dividindo-se o número de atendimentos no ano em uma região pela população estimada no mesmo ano e região. RESULTADOS: O CoA no Brasil em 2008 foi de 0,19 e as regiões Norte e Centro-Oeste apresentaram os menores coeficientes (0,13 e 0,10, respectivamente). Entre 1995 e 2007 houve um crescimento no coeficiente nacional de atendimentos de 33,7%, sendo que a região Norte apresentou o maior aumento, de 143,8%, a Centro-Oeste, de 62,1%, e a Nordeste, de 56,1%. O atendimento nas alterações motoras foi o procedimento mais realizado (61,8%) e os valores de pagamento aprovados foram menores que os apresentados pelos gestores dos serviços em 2008 (10,4%). Estabelecimentos privados com fins lucrativos prestaram 44...