Página 1 dos resultados de 10 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Razão e afetividade: a iconografia Maxakali marcando a vida e colorindo os cantos.; Reason and affectivity: the Maxakali iconography recording life and brighten with colours the lay.

Oliveira, Luciane Monteiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
16.94%
A presente tese objetiva apresentar a iconografia Maxakali como expressão da vida e da concepção do universo cosmológico. Os sinais dessa expressão são em especial, os desenhos em papel elaborados pelos indivíduos do grupo, sem distinção de idade, sexo ou status sociocósmico. A finalidade é demonstrar por meio da iconografia como os Maxakali percebem o mundo por meio da percepção sensorial do corpo próprio e como constroem relações de alteridade na intersecção de concepções cosmológicas distintas. Esse movimento é importante para a composição de um diálogo em que as diferenças são pontuadas e as tensões são amplificadas, em especial quando se colocam em cena discussões e práticas de políticas públicas. A metodologia empregada na pesquisa é a mitohermenêutica simbólica de cunho antropológico cujo princípio é um cuidado investido na reflexão e na prática do conhecimento que proporciona demarcar os caminhos percorridos pelo pesquisador na inserção do contexto de sua investigação.; This present thesis aims to introduce the Maxakali iconography as life's expression and of the universe cosmological conception. The signs of this expression are especially the paper drawings made by the individuals pertained to the group without any discrimination of age...

Espaço-tempo e ancestralidade na educação ameríndia: desdobramentos de Paulo Freire na província de Chimborazo, Equador.; Space-time and ancestry in amerindian education: unfoldings of Paulo Freire in the province of Chimborazo, Ecuador.

Morales, Patricia Perez
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.67%
O objeto deste trabalho é a reflexão sobre as noções de Espaço-tempo e Ancestralidade na Educação Ameríndia: desdobramentos de Paulo Freire na província de Chimborazo, Equador, como proposta para compreender os processos educativos não escolarizados desenvolvidos ao interior dos povos de matriz ameríndia, especificamente os grupos de língua kichwa da Província de Chimborazo e como neste diálogo educativo as noções de espaço-tempo e ancestralidade são fundamentais para compreender a educação como processo coletivo, cultural e simbólico. Se procura caracterizar também como é apropriado o diálogo educativo entre os educadores Paulo Freire (Brasil) e Leonidas Proaño (Equador), pelas comunidades Kichwa através da figura arquetipal e cosmológica da árvore. Entre os objetivos centrais deste trabalho está apresentar a educação ameríndia como uma dimensão educativa cotidiana na realidade destas comunidades que se enraíza e fundamenta na relação com os ancestrais, na relação com a natureza, na cultura andina, na coletividade e na vivência simbólica, mantendo uma lógica, uma estrutura e uma proposta própria, que não está nem pensada, nem estruturada com os parâmetros e padrões filosóficos e lógicos da cultura ocidental de matriz européia. Para tanto...

Planeta de boieiros: culturas populares e educação de sensibilidade no imaginário do bumba-meu-boi.; Boiero planet: popular cultures and sensibility education in the bumba-meu-boi's imaginary.

Saura, Soraia Chung
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
28.05%
Esta pesquisa privilegia o estudo da manifestação popular, o fenômeno do Ciclo do Bumba-meu-Boi em todas as suas fases, valendo-se da fenomenologia da imaginação material em Gaston Bachelard e da filosofia da imagem em Gilbert Durand, dentro de um quadro de educação de sensibilidade. Por meio de uma etnografia descritiva, calcada em novos paradigmas antropológicos - de elementos imagéticos e subjetivos - com dados coletados nos Estados do Maranhão (pesquisa de campo) e de São Paulo (Grupo Cupuaçu, Morro do Querosene) em dez anos de observação participante, tendo a mitohermenêutica como percurso. O trabalho de análise procura evidenciar a trama mítica no caminho do imaginário, revelando o fenômeno popular em seu caráter dinâmico e atemporal. Os depoimentos dos colaboradores e agentes das culturas populares destacam os discursos simbólicos e em conjunção com a descrição poético-imagética, conduzem para a percepção da vivência dos rituais e suas práticas, localizando os elementos do rito e suas relações com os mitos no contexto da antropologia do imaginário. A educação de sensibilidade, prática medial, antropológica e simbólica, incide nas relações interpessoais e generacionais, no encaminhamento...

Mestres e heróis: mitohermenêutica da formação da identidade de professores; Masters and heroes: identity teacher´s training mitohermenêutica.

Giraldes, Antonio Roberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
17.67%
A crise que se abate hoje no magistério engendra-se tanto nos baixos salários e na precária infraestrutura educacional, como na carga identitária do próprio professor, que enfrenta grandes dificuldades em encontrar seu lugar não somente dentro da sala de aula, mas na própria sociedade. Uma das formas de reconstrução dessa identidade encontra-se no resgate de sua condição de professor, no reencontro de sua essência. O complexo mítico mestre/herói/aprendiz pode presentificar-se no trajeto de imagens desse professor, desde os processos primários arquetípicos até as idiossincrasias dos indivíduos, pois o fazer profissional, muitas vezes, exercita nossa memória intuitiva trazendo as origens de nossa profissão e de nossa ontologia. O objetivo deste trabalho foi estabelecer uma discussão sobre as formas pelas quais esse trajeto de imagens é incorporado no cotidiano do professor, uma vez que o resgate dessa memória é um grande passo para a reconstrução de uma identidade quase perdida. Para tanto, foram coletadas três histórias de vida de professores de cursinho pré-vestibular, já que as histórias de vida são um dos amálgamas produtivos para esse encontro com um passado distante. O que se observou nessas narrativas foi como...

Hermenêutica das bases ancestrais da educação e seus desdobramentos simbólicos nos movimentos indígenas no Equador; Hermeneutic of the ancestral bases of the education and its symbolic unfolding in the indigenous movements in Ecuador

Paredes, Edesmin Wilfrido Palacios
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
16.94%
O objetivo central deste trabalho é estudar/compreender, as bases ancestrais da educação e seus desdobramentos, com base em uma perspectiva mitohermenêutica e simbólica, nos movimentos sociais indígenas no Equador. O aporte mitohermenêutico - apresenta-se, como estilo filosófico - no sentido de manter uma atitude de inquietação e questionamento e, também, como método de investigação - no sentido de estabelecer procedimentos sistemáticos de pesquisa acadêmica. Com esse enfoque, de maneira específica, no primeiro capítulo, enfatiza-se o contato com próprio pesquisador, misturando-se ao estilo hermenêutico, que busca a compreensão de si mesmo como ponto de partida, meio e fim de toda jornada interpretativa; no segundo capítulo, destacam-se os movimentos indígenas; no terceiro capítulo, retomam-se as noções de espiritualidade nos estudantes universitários indígenas e seu diálogo com a ancestralidade ameríndia; no quarto capítulo, articula-se ancestralidade e simbolismo. Com base nos aspectos aqui resgatados, chega-se a tese de que a prática dos elementos da vida, do cotidiano, do simbolismo do ameríndio, tais como coletivo, comunitário, distribuição, dualidade, complementaridade, minga, território...

Capoeranças em verso e prosa: imagens da força matrial afro-ameríndia em literaturas da capoeira angola; Capoeranças at verse and prose: imagery of force matrial afro-ameridian in literature of capoeira angola

Vale, Elis Regina Feitosa do
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
17.67%
Esta pesquisa de mestrado se dedica a dialogar com conhecimentos ancestrais da Capoeira Angola, a fim de tramar suas contribuições para o campo da educação escolar. E assim, contribuir ao processo de implementação das leis 10.693/03 e 11.645/08, especialmente ao que se referem aos recursos didáticos que compreendam saberes de matrizes africana, indígena e afro-brasileira. Trata-se dum estudo de algumas imagens literárias da Mãe-Capoeira em verso e prosa, orais e escritas, e em desenho. Utilizando-se de uma linguagem espiral que mescla o vigor da tradição e o rigor da dissertação acadêmica, os materiais da pesquisa entraram em diálogo com a perspectiva mitohermenêutica de uma educação de sensibilidade; com produções orais e escritas sobre as singularidades das cosmovisões africana, ameríndia e afro-brasileira; e com algumas produções, orais e escritas, do feminismo negro. Neste diálogo, flertamos com imagens dos modos matriais afro-ameríndios de fazer-saber e en-sinar num jogo tenso com os modos patriarcais branco-ocidentais da escolarização. Nesse sentido, flertamos com imagens literárias da Mãe-Capoeira e da família-capoeira. E então, com imagens das partilhas iniciáticas e das ligas vitais Capoeira-mestre-discípula/o e pessoa-família extensa. Isto porque desejamos favorecer no prosseguimento da construção de uma noção afro-ameríndia de pessoa-comunal...

Mito, arte e educação: o imaginário em Harry Potter; Art and education: the imaginary in Harry Potter

Valim, Julio Pancracio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
17.67%
Os aspectos próprios aos processos de formação pessoal acontecem, também, em âmbito escolar, entretanto, são mobilizados por instâncias que extrapolam as práticas educativas institucionalizadas. Fundamentados em uma reflexão filosófica sobre as distintas concepções pedagógicas que se articulam em torno de diferentes compreensões da condição humana, procuramos, dessa maneira, articular a função da arte na formulação de conhecimentos aos saberes adquiridos por meio da experimentação do mito. Para tanto, valemo-nos de uma abordagem antropológica do imaginário e seus processos criativos, inspirada no pensamento de Gilbert Durand, cuja configuração nos apresenta os símbolos como uma estrutura sintética, intermediadora das pulsões subjetivas e intimações cósmico sociais, operantes na apreensão criativa de uma determinada realidade, revelando o desenrolar dos trajetos formativos enraizados nos campos da cultura e evidenciando o potencial pedagógico das narrativas ficcionais. Dessa maneira, focalizando os elementos sensíveis envolvidos na prática da educação, concebida em sua realização estética, como propõe Duarte Júnior, elaboramos uma leitura mitohermenêutica de Harry Potter, isto é, uma interpretação dos símbolos dinamizados pela trama mitológica. Este método de leitura foi adotado a fim de darmos forma ao imaginário constituído em torno da saga...

A ético-poética do trabalho sobre si por meio da dramatização de contos filosóficos com mitema iniciático na formação inicial de educadores; The ethic-poetics of the work on yourself by means of the dramatization of philosophical tales with initiatic mytheme in the initial training of educators

Pereira, Theda Cabrera Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
16.94%
Esta pesquisa de doutoramento em Educação na Universidade de São Paulo (USP)/ Brasil teve financiamento CAPES, 2011/2012/2013 e FAPESP 2013/2014/2015. Trata-se de uma investigação acerca do trabalho sobre si (GURDJIEFF, 1990, 1993, 2002, 2003; OUSPENSKY, 1995, 2009; Shah apud VARELLA, 2009; STANISLAVSKI, 1977; TOPORKOV, 1991, GROTOWSKI,1997; BROOK, 1997, 2000) na formação inicial de educadores por meio da dramatização de contos filosóficos (CARRIÈRE, 2004, 2008) com o mitema (DURAND, 1988) iniciático (ELIADE, 2004, 2010; GUSDORF, 2003). A pesquisadora teve a oportunidade de pôr em prática suas propostas por meio da condução de estágios no núcleo de dramatização de contos do Lab_Arte - laboratório experimental de arte-educação e cultura- FE- USP. Os principais eixos metodológicos da pesquisa foram:1) a parte empírica da pesquisa: dramatização de contos filosóficos com mitema iniciático junto aos educadores em formação inicial; 2) o diálogo entre a parte empírica e seus registros com o referencial teórico hermenêutico-fenomenológico (RICOEUR, 1988, 2006, 2013) da mitohermenêutica (ORTIZ-OSÉS, 2003; FERREIRA-SANTOS, 2005; FERREIRA-SANTOS & ALMEIDA, 2012). A tese se apresenta, respectivamente, com dois níveis narrativos: um primeiro nível com as experiências e um segundo nível com as leituras decorrentes do trabalho de investigação...

Quando o instante canta: considerações mitohermenêuticas sobre a canção e a educação; When the moment sings: mythical and hermeneutics considerations about the song and the education.

Santos, André Luis Pereira dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.67%
A dissertação problematiza e investiga o papel da canção no panorama brasileiro, cotejando as matrizes indígenas (Jecupé, 1998 e 2001) e afrodescendentes (Hampate-Ba, 2010), como forma de contribuir para um re-encantamento das relações e das jornadas pessoais de autoformação frente ao capitalismo massificador, ao racionalismo instrumental e os limites aristotélicocartesianos da herança escolar. Baseado numa perspectiva mitohermeneutica (Ferreira-Santos & Almeida, 2012), desenvolve reflexões lastreadas nos fenomenólogos da existência (Merleau- Ponty e Gaston Bachelard), além das contribuições básicas no estudo da forma canção em Tatit (2002 e 2004), Jorge (1998) e Wisnik (1989). Dessa forma, uma possível resposta frente ao desolamento das instituições burocráticas, e em especial, na escola; seja precisamente um processo de re-encantamento que proprie o início das jornadas das pessoas (aprendizes e professores, comunidade e gestores) pelo viés da autoformação através do acalanto.; The dissertation discusses and investigates the role of song in the Brazilian landscape, comparing indigenous arrays (Jecupé, 1998 and 2001) and African descent (Hampaté-Ba, 2010), in order to contribute to a re-enchantment of relations and personal journeys self-formation against the massificador capitalism...

Uma ética-poética do sagrado no hermenêutico trabalho sobre si por meio do jogo dramático com base em contos filosóficos

Ferreira-Santos, Marcos; Gonçalves Pereira, Theda Cabrera
Fonte: Revista Religare Publicador: Revista Religare
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 15/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
16.94%
Trata-se de pesquisa de Doutoramento em Educação na USP com financiamento da CAPES (2011 a 2013) e FAPESP (2013). A reflexão é sobre uma dimensão ético-poética de vivência do sagrado (Ferreira-Santos, 2000, 2010b) por meio de um hermenêutico trabalho sobre si (Stanislavski, 2004; Grotowski, 1993, 1997, 2007; Brook, 1997) na formação de educadores, jovens universitários de Pedagogia no Laboratório experimental de arte-educação e cultura (Lab_Arte- FE-USP) por meio do jogo dramático (Chancerèl, 1936; Slade, 1978; Ryngaert, 1981, 2009; Lopes, 1989) com base em contos filosóficos (Carrière, 2004, 2008; Grillo, 1993; Machado, 2004; Napolitano, 2011) Assim, nos pautamos por dois eixos metodológicos transversais: 1) a proposição do jogo dramático com base na prévia leitura e estudo de contos filosóficos; e 2) diálogo entre a parte empírica da pesquisa e de seus registros com o referencial teórico pertinente à perspectiva hermenêutico-fenomenológica da mitohermenêutica (Ferreira-Santos & Almeida, 2012) e aos diretores-pedagogos (Cruciani, 1995) Stanislavski e Grotowski. A utilização do jogo dramático com base em contos filosóficos como recurso para a formação de educadores consolida um processo mitohermenêutico assaz significativo que os sensibiliza para uma dimensão de sagrado em sua vida cotidiana e em seu futuro ofício.