Página 1 dos resultados de 145 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Misturas betuminosas recicladas a quente em central : contribuição para o seu estudo e aplicação

Baptista, António Miguel Costa
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
67.43%
Em Portugal, registou-se ao longo dos últimos vinte anos um forte investimento na construção rodoviária. Estando concluída grande parte da rede rodoviária nacional planeada, tem-se vindo a observar um natural abrandamento na construção de novas estradas e um aumento das despesas de conservação e reabilitação das estradas em serviço. A selecção do processo de reabilitação mais adequado deverá basear-se em critérios de ordem técnica, económica e ambiental. No que respeita à reabilitação de pavimentos rodoviários flexíveis, além das soluções tradicionais, existem outras técnicas de reciclagem do material proveniente das camadas betuminosas degradadas. A reciclagem a quente em central é uma das alternativas a que é apontado um maior potencial de crescimento em Portugal nos próximos anos. A reciclagem a quente em central, muito usada noutros países, além das evidentes vantagens de ordem ambiental, é, na maioria das situações, tecnicamente viável e economicamente vantajosa. Todavia, em Portugal identificam-se ainda poucas obras com recurso a esta técnica. Surge assim a necessidade da presente investigação, cujo objectivo principal era contribuir para o estudo e aplicação da reciclagem a quente em central...

Optimização do desempenho de misturas betuminosas com betume modificado com borracha para reabilitação de pavimentos

Fontes, Liseane P. T. L.
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 17/07/2009 POR
Relevância na Pesquisa
67.56%
Tese de Doutoramento em Engenharia Civil - Vias de Comunicação; O Brasil é um país que possui o sistema de transporte terrestre apoiado essencialmente em rodovias. A idade avançada dos pavimentos rodoviários brasileiros e o eminente crescimento do tráfego e da acção das cargas de roda cada vez mais intensas, têm levado os pavimentos flexíveis a um acelerado processo de deterioração no qual o uso de técnicas de reabilitação empregando materiais convencionais não mais alcançam um comportamento mecânico adequado. Por outro lado, a utilização de betumes modificados constitui uma alternativa na busca crescente de novos materiais que melhorem as propriedades estruturais das camadas betuminosas. É neste contexto que as misturas betuminosas com betume modificado com borracha de pneus usados têm sido utilizadas com o objectivo do melhoramento da capacidade estrutural de pavimentos flexíveis novos e reabilitados, além de ser uma solução para o problema do depósito inadequado dos pneus insersíveis. No entanto, o Brasil carece da avaliação do comportamento mecânico de misturas com betume-borracha. O presente trabalho tem como objectivo contribuir para o estudo de misturas betuminosas com betume-borracha produzidos a partir do processo húmido através de uma investigação experimental que procurou avaliar as propriedades e o desempenho mecânico destas misturas...

Avaliação do desempenho de misturas betuminosas temperadas

Ferreira, C. I. G.
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 29/12/2009 POR
Relevância na Pesquisa
67.48%
Dissertação de mestrado em Engenharia Civil (área de especialização em Engenharia Rodoviária); O acrescido enfoque que tem vindo a ser dado ao uso racional da energia e à pegada de carbono estimula o interesse nas novas tecnologias para redução dos consumos, – menos energia / menos CO2 – e o procurement para encorajar a sua utilização. As Misturas Betuminosas Temperadas (MBT) assumem cada vez mais uma notoriedade inequívoca, traduzindo-se como uma das respostas adequadas do sector de produtores das misturas betuminosas a este repto. Actualmente, para que as MBT possam ser aceites por todos os intervenientes rodoviários, é um requisito essencial comprovar que o seu desempenho mecânico é idêntico ao obtido com o mesmo tipo de mistura betuminosa fabricada a quente. Assim, o objectivo deste trabalho é realizar uma análise comparativa do desempenho (em laboratório e num trecho experimental) de uma mistura betuminosa produzida a temperaturas convencionais, e da mesma mistura produzida com duas diferentes tecnologias para produção de MBT, nomeadamente através da introdução de dois aditivos distintos (ceras sintéticas e agentes de superfície) que permitem realizar a mistura a menor temperatura (120 a 140 ºC). Neste trabalho faz-se um enquadramento temático...

A influência da origem do betume no desempenho de misturas betuminosas com betume modificado com borracha

Fontes, Liseane P. T. L.; Pereira, Paulo A. A.; Trichês, Glicério; Pais, Jorge C.
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /03/2008 POR
Relevância na Pesquisa
67.45%
Os ensaios realizados em laboratório e as observações em serviço de misturas betuminosas com betume modificado com borracha têm demonstrado que estas misturas apresentam um desempenho claramente superior ao das misturas convencionais. Isto acontece porque a borracha utilizada para modificar o betume incorpora neste as suas componentes relativas à flexibilidade e contribuindo ainda para reduzir o envelhecimento do betume. A interacção entre o betume e a borracha depende em larga escala das características destes dois elementos (betume e borracha) estando o desempenho do betume modificado com borracha dependente desta interacção. A composição química e molecular do betume e da borracha define esta interacção fazendo com que determinados betumes tenham mais aptidão para se ligarem a determinadas borrachas, reflectindo-se isto no comportamento dos betumes e das misturas betuminosas. Este trabalho tem como objetivo avaliar da influência da origem do betume nas características do betume modificado com borracha e, numa fase posterior, no desempenho das misturas betuminosas. Para este estudo foram utilizados dois betumes de origem Portuguesa e um de origem Brasileira com os quais se produziram betumes modificados com uma borracha de origem Portuguesa e outra de origem Brasileira. Os resultados obtidos permitem concluir que a origem do betume e a origem da borracha influenciam consideravelmente o desempenho das misturas betuminosas.

Desempenho de misturas betuminosas abertas e fechadas com betume modificado com baixa percentagem de borracha

Pais, Jorge C.; Pereira, Paulo A. A.; Maricato, Susana; Moura, Jorge
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /03/2008 POR
Relevância na Pesquisa
67.47%
Tem sido crescente a utilização de betumes modificados com borracha de pneus usados em misturas betuminosas dadas as suas características, principalmente em termos de flexibilidade, o que permite um bom desempenho quando utilizadas para a reabilitação de pavimentos. Actualmente existem dois tipos distintos de betumes modificados com borracha: os que resultam da incorporação de alta percentagem de borracha e os de baixa percentagem de borracha. Enquanto que os betumes de alta percentagem de borracha são produzidos junto à central de produção de misturas betuminosas dada a sua falta de estabilidade ao armazenamento, os betumes de baixa percentagem de borracha são produzidos tendencialmente na central de produção de betumes e apresentam elevada estabilidade ao armazenamento. O processo de produção dos betumes modificados com baixa percentagem de borracha permitem a obtenção de um produto com elevado controlo de qualidade cujas características constituem garantia para o elevado desempenho do produto. Em Portugal é recente a aplicação de misturas betuminosas com betume modificado com baixa percentagem de borracha pelo que o estudo do seu desempenho se apresenta como pertinente principalmente em comparação com os outros tipos de misturas betuminosas utilizadas em Portugal para a reabilitação de pavimentos. Deste modo...

Misturas betuminosas recicladas a quente em central

Baptista, António; Santos, Luís Picado; Pais, Jorge C.; Trabulo, Luís
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /11/2004 POR
Relevância na Pesquisa
67.49%
A reciclagem a quente de misturas betuminosas em central, apesar de apresentar vantagens de ordem económica e ambiental e de ser muito utilizada e até normalizada em muitos países, tem sido pouco utilizada em Portugal. Nesta técnica, além dos componentes habituais, são incorporadas em central, a frio ou aquecidas e em determinada proporção, as misturas betuminosas envelhecidas, provenientes da fresagem de camadas de pavimentos. Não sendo possível estimar, com relativa segurança, o comportamento deste tipo de misturas, assume particular importância o desenvolvimento de estudos conducentes à sua caracterização mecânica. Para isso, em estreita colaboração com uma concessionária rodoviária, foram executados quatro trechos experimentais em macadame betuminoso, um sem incorporação de fresado e os restantes com incorporações de 20%, 30% e 40%. Foram realizados ensaios que permitiram avaliar algumas características das misturas betuminosas recicladas a quente em central, as quais foram comparadas com as das misturas betuminosas sem incorporação de fresado. Neste artigo descrevem-se aqueles resultados e comparação, apontando-se caminhos para a utilização na tecnologia portuguesa de misturas betuminosas recicladas a quente em central.

Estabelecimento de misturas betuminosas para camadas estruturalmente importantes : da formulação analítica à composição final

Capitão, Silvino Dias; Santos, Luís Picado; Pais, Jorge C.
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2001 POR
Relevância na Pesquisa
67.53%
A formulação de misturas betuminosas tem como objectivo determinar a combinação de agregados e betume numa mistura, de tal modo que o material obtido apresente características que a façam resistir à acção das cargas e do clima, ao longo de um determinado período. No entanto, é reconhecido que os métodos de formulação de misturas betuminosas geralmente usados, ditos “empíricos”, incluindo alguns métodos “por receita”, não permitem formular, com a fiabilidade necessária, as misturas betuminosas com o desempenho mecânico desejado. Por essa razão, o esforço de investigação mais recente tem sido dirigido para o estabelecimento de novas metodologias que permitam formular misturas betuminosas a partir de critérios baseados nas propriedades mecânicas “fundamentais” dos materiais. No presente artigo apresenta-se uma metodologia para o estabelecimento de misturas betuminosas destinadas à construção de camadas de pavimentos com uma função estrutural importante. A referida metodologia incorpora procedimentos que, embora não sendo novos, só têm tido aplicação mais frequente noutros países e há relativamente poucos anos, procurando-se com a sua utilização responder às tendências actuais no que respeita à formulação laboratorial de misturas betuminosas. Além disso...

Estudo de misturas betuminosas recicladas com incorporação de resíduos plásticos; Study of asphalt recycled mixtures incorporating plastic wastes

Abreu, Liliana
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
67.45%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil; Este trabalho teve como principal objetivo estudar misturas betuminosas que incorporem uma percentagem significativa de resíduos de pavimentos rodoviários e de resíduos urbanos, sem prejudicar o desempenho das mesmas. Quanto aos resíduos urbanos a serem introduzidos, foram selecionados dois: um óleo usado de motor e um resíduo polimérico, sendo ambos usados para modificar o ligante final das misturas. A utilização de elevadas taxas de reciclagem em misturas betuminosas produzidas a quente pode ter implicações no rendimento das centrais de produção. Assim, com o presente estudo também se pretendeu analisar diferentes possibilidades de melhorar o rendimento da produção das misturas recicladas, através de processos de desagregação e separação do material fresado e a sua incorporação na mistura. As misturas foram estudadas relativamente às propriedades do ligante final, após a modificação com os dois aditivos reciclados, para se estabelecer a sua percentagem ótima, bem como relativamente ao seu desempenho. Na modificação do betume, o óleo usado de motor (OUM) serviu de rejuvenescedor do betume presente no material fresado, enquanto o resíduo de polietileno de alta densidade (PEAD) serviu para melhorar algumas propriedades do ligante final...

Implementação laboratorial de ensaios para avaliação das características de fratura das misturas betuminosas; Implementation of laboratory tests for assessment of fracture properties of asphalt mixtures

Veiga, Miriam Sofia Pires Pereira da
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
67.49%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil; O estudo do fendilhamento dos pavimentos rodoviários é realizado através da avaliação das propriedades de fadiga e/ou de fratura das misturas betuminosas. A primeira dá uma indicação do início do fendilhamento, ou seja da perda de resistência da mistura, considerando que este se inicia na base das camadas betuminosas. No segundo método avalia-se o fendilhamento observando a progressão das fendas ao longo da mistura. Com este trabalho pretende-se implementar em laboratório ensaios que permitem observar a progressão da fenda ao longo da mistura betuminosa, ou seja ensaios de fratura e verificar a sua aplicabilidade na obtenção das propriedades de fratura das misturas betuminosas. Foram realizados os ensaios de tração em disco, flexão em viga, flexão em provete semicircular e tração direta em provete prismático. Com os resultados dos ensaios obteve-se vários parâmetros que permitem caraterizar as propriedades de fratura das misturas betuminosas. Fez-se ainda uma correlação de resultados de fratura e outros ensaios de caraterização mecânica das misturas betuminosas Os resultados dos ensaios evidenciaram a influência da granulometria na energia de fratura e na força de pico das misturas convencionais. Permitiram ainda avaliar o comportamento de misturas modificadas com incorporação de fibras têxteis à fracturação.; The study of cracking in pavements is accomplished by the evaluation of the fatigue or fracture properties of the asphalt mixtures. The first ones gives the indication of the cracking beginning...

Estudo de misturas betuminosas semi-temperadas por injeção de água; Study of half-warm mix asphalt produced by addition of water

Branco, David Tiago Felgueiras
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
67.53%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil (área de especialização em Perfil de Planeamento e Infraestruturas de Transporte); A crescente preocupação com a redução do consumo energético e com o aumento progressivo que o buraco da camada de ozono vai atingindo tem levado ao desenvolvimento de novas tecnologias que sejam menos prejudiciais ao ambiente, bem como mais benéficas e rentáveis economicamente. Com esta ideia presente são realizados estudos a misturas betuminosas que levem a uma diminuição das temperaturas de produção e compactação, apelidando-as de Misturas Betuminosas Temperadas (MBT) e Semi-temperadas (MBST). Assim, o impacto ambiental e económico provocado por estes tipos de misturas é mais reduzido, em comparação com as Misturas Betuminosas convencionais produzidas a Quente (MBQ). Visto que este tipo de tecnologias ainda suscitam algumas dúvidas, será necessário comprovar que o seu comportamento e desempenho são idênticos às MBQ. Nesta dissertação é feita uma análise comparativa das características de uma mistura convencional (AC 14 desgaste 50/70 BB) com uma mistura betuminosa semi-temperada. Esta mistura será realizada a baixas temperaturas, por injeção de água e ar pressurizados...

Misturas betuminosas modificadas com borracha a temperatura moderada; Rubber modified asphalt mixtures with temperate temperature

Gomes, Rafael Pereira
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
67.62%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil; Este trabalho resulta da junção de duas técnicas de produção de misturas betuminosas. Estas técnicas apareceram devido à crescente preocupação com o meio ambiente e também devido à necessidade de melhorar as caraterísticas das misturas betuminosas devido ao rápido aumento dos volumes de tráfego. A necessidade de otimizar o desempenho das misturas deu-se, devido não só ao aumento do volume de tráfego, mas também devido ao aumento da sua agressividade. Outro motivo para o desenvolvimento desta técnica é o ambiental, pois com o crescente número de veículos a circular nas estradas começaram a acumular-se milhões de pneus em fim de vida (end of life tyres, ELTs). Estes pneus estavam assim entre as maiores e mais problemáticas fontes de desperdício, e visto a maior parte dos países dependerem de aterros para os depositar, o risco para a saúde humana e ambiental era real. Começaram, assim, a aparecer técnicas de fabrico de betume modificado com borracha (BMB). Estas tinham em vista melhorar as características do betume, das misturas betuminosas produzidas com este, e também evitar a degradação do meio ambiente devido ao recurso de aterros. Com o grande aumento dos preços dos combustíveis e a preocupação com a racionalização de recursos desenvolveu-se uma série de técnicas com o objetivo de reduzir a temperatura de fabrico das misturas betuminosas. Surgiram assim as misturas betuminosas temperadas (MBT). Como para a produção de misturas com betume modificado com borracha é necessário temperaturas mais elevadas do que nas misturas tradicionais...

Formulação e desempenho de misturas betuminosas temperadas

Costa, Ana Rita Almeida e
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
67.5%
As misturas betuminosas temperadas surgiram como resposta à necessidade de reduzir os custos energéticos e as emissões de gases de efeito de estufa causados pelas centrais de produção de misturas betuminosas a quente. Neste trabalho foi desenvolvido um primeiro estudo, com o objetivo de verificar se o desempenho mecânico de uma mistura betuminosa de alto módulo, produzida a temperaturas inferiores às convencionais, através da introdução de um aditivo químico, não ficaria comprometido face a uma mistura padrão. No segundo estudo foi formulado um betão betuminoso rugoso, produzido a temperaturas inferiores às convencionais, através da introdução de um aditivo orgânico e foi avaliado se o seu desempenho mecânico não ficaria comprometido face a uma mistura de padrão. Para esta mistura foi avaliada a interação entre o aditivo e o betume modificado com polímero, assim como foi avaliada a possível redução de temperaturas. A avaliação do desempenho final das misturas consistiu na sua caracterização em termos de sensibilidade à água, resistência à deformação permanente, módulo de rigidez e resistência à fadiga. De forma a confirmar as vantagens da aplicação definitiva das misturas betuminosas temperadas...

Caracterização mecânica de misturas betuminosas a aplicar em infra-estruturas de transportes

Mendes, Susana Ferreira
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
67.58%
A maioria das infra-estruturas de transportes, nomeadamente os pavimentos rodoviários e aeroportuários, são constituídas por misturas betuminosas, o que permite um bom desempenho e uma adequada durabilidade, nas condições usuais de serviço. As misturas betuminosas são ainda amplamente utilizadas na construção de zonas de estacionamento de veículos, tendo-se verificado recentemente a sua aplicação também em infra-estruturas ferroviárias. Face à necessidade de melhorar o desempenho das vias-férreas, permitindo uma concepção mais durável de linhas de alta velocidade e uma redução dos custos da sua manutenção, tem-se vindo a desenvolver diversos estudos para promover a utilização de novos materiais, principalmente através da incorporação de misturas betuminosas. O presente trabalho tem como objectivo a caracterização do comportamento mecânico de misturas betuminosas a aplicar em infra-estruturas de transportes. Como metodologia para o estudo do comportamento mecânico das misturas betuminosas foram realizados em laboratório ensaios de cargas repetidas, nomeadamente, ensaios de flexão em quatro pontos para determinação da rigidez e da resistência à fadiga e ensaios de compressão triaxiais cíclicos para avaliação do comportamento à deformação permanente. A resistência à fadiga das misturas betuminosas em estudo foi avaliada através do ensaio de flexão em quatro pontos...

Influência do envelhecimento na resistência à fadiga de misturas betuminosas

Dias, João Paulo Trabuco
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2009 POR
Relevância na Pesquisa
67.45%
A dissertação apresentada tem como objectivo principal avaliar a influência do envelhecimento na resistência à fadiga de misturas betuminosas. O comportamento à fadiga das misturas betuminosas foi avaliado através da realização do ensaio de flexão em quatro pontos de acordo com os procedimentos de ensaio baseados na norma EN 12697-24. Neste estudo foram fabricadas em laboratório duas misturas betuminosas tradicionais densas com agregados graníticos, diferindo apenas no tipo de betume, sendo uma composta por betume de pavimentação 35/50 e outra por betume 50/70. O estudo do efeito do envelhecimento foi realizado após submeter os provetes de ensaio a envelhecimento simulado em laboratório, através da comparação dos resultados de resistência à fadiga, entre os provetes envelhecidos e não envelhecidos. A partir dos resultados obtidos, concluiu-se que as misturas betuminosas envolvidas neste estudo apresentaram um comportamento à fadiga bastante satisfatório. Além disso, ambas as misturas apresentaram baixa sensibilidade ao envelhecimento e um comportamento à fadiga semelhante para as misturas envelhecidas e não envelhecidas.

Metodologias de pós-processamento em ensaios de determinação da rigidez em misturas betuminosas

Santos, João Nuno Vicente dos
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
67.49%
Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Civil; O objectivo deste trabalho é estudar as expressões de ajuste a séries de dados resultantes de ensaios para determinação do módulo de rigidez e ângulo de fase de misturas betuminosas. Ao longo do trabalho analisam-se os dados obtidos pelo Professor Hugo Silva no seu trabalho de doutoramento “Caracterização do Mastique Betuminoso e da Ligação Agregado-Mastique – Contribuição para o Estudo do Comportamento das Misturas Betuminosas”, utilizando procedimentos para o ajustamento aos dados com base nas equações apresentadas por Liu e colaboradores (Liu et al (2010)) e verificando estatisticamente a qualidade da adequação de cada equação aos dados. O comportamento em serviço dos mastiques betuminosos e das misturas betuminosas depende da sua composição. Diversas misturas e mastiques betuminosos foram caracterizados mecanicamente em laboratório com ensaios de compressão-tracção repetida de acordo com a norma EN 12697-26 “Misturas Betuminosas – Métodos de teste para misturas betuminosas a quente – Parte 26: Rigidez” (Silva, H., 2005). No presente trabalho estudou-se a aplicação dos métodos indicados no artigo “Postprocessing Method for Dynamic Modulus Tests of Hot-Mix Asphalt” de Liu et al. (2010)...

Avaliação do desempenho de misturas betuminosas recicladas temperadas com emulsão betuminosa

Bispo, Fátima Andreia Gomes
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
67.64%
À CEPSA Portuguesa, pelo fornecimento da emulsão betuminosa e do betume. À CEPSA-PROAS Betumes, pela disponibilidade para a analisar o material fresado proveniente da EN346.; Os pavimentos rodoviários são o suporte do desenvolvimento de qualquer país, sendo necessário fazer intervenções de conservação ou reabilitação mesmo antes de atingirem o final do período de vida para o qual foram projetados ou construídos. Estando concluída grande parte da rede rodoviária nacional planeada, tem surgido uma enorme preocupação com o número elevado de estradas em serviço que necessitam de ser reabilitadas. A construção de pavimentos consome energia, recursos naturais e produz gazes com efeito de estufa em elevada quantidade, sendo a diminuição destes um grande desafio da sociedade atual. No entanto, para colmatar estes efeitos, houve necessidade de adotar novas medidas que sejam benéficas numa perspetiva de sustentabilidade técnico-económica-ambiental. Neste contexto, surgiram as misturas betuminosas recicladas temperadas, estas são fabricadas a temperaturas mais reduzidas que o fabrico de misturas a quente e consistem no aproveitamento até 100% das matérias-primas existentes no pavimento degradado, reduzindo ainda mais os gastos energéticos e o recurso de agregados naturais no fabrico da nova mistura. Esta constitui uma técnica inovadora...

Misturas betuminosas recicladas temperadas: validação de uma metodologia de formulação

Ana Rita Fidalgo Pais, Ana Rita Fidalgo Pais
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
67.55%
No âmbito da produção de misturas betuminosas, a redução da temperatura de produção aliada com a reciclagem de pavimentos resulta numa tecnologia bastante sustentável e promissora. Ao seguir este raciocínio tem-se uma mistura betuminosa reciclada temperada, ou seja, uma mistura mais sustentável e menos poluente. Este tipo de misturas apresenta vantagens a nível social, ambiental e económico. Destacando-se a redução da emissão de gases de efeito de estufa e do consumo de energia e a melhoria das condições de trabalho. O presente estudo pretende validar a metodologia de formulação de misturas betuminosa recicladas temperadas desenvolvida por Dinis-Almeida na sua Tese de Doutoramento. Esta metodologia baseia-se no módulo de rigidez por tração indireta em compressão diametral para determinar o teor ótimo de ligante da mistura final. Para confirmação do teor ótimo de ligante foram realizados os seguintes ensaios de desempenho: resistência à deformação permanente, resistência à fadiga e sensibilidade à água). No presente trabalho é feita uma descrição da evolução das misturas betuminosas e uma breve apresentação das principais técnicas de reciclagem de pavimentos, dando ênfase à reciclagem em central temperada com emulsão e à reciclagem in situ com emulsão betuminosa. Posteriormente apresentam-se os métodos de formulação existentes para as diversas misturas betuminosas...

Caracterização do mastique betuminoso e da ligação agregado-mastique : contribuição para o estudo do comportamento das misturas betuminosas

Silva, Hugo Manuel Ribeiro Dias da
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 10/02/2006 POR
Relevância na Pesquisa
67.73%
Nas últimas décadas, os pavimentos rodoviários flexíveis têm sido sujeitos à acção de um tráfego cada vez mais intenso e agressivo, o que tem originado, em vários casos, a sua degradação prematura. De modo a suportar essas elevadas solicitações, é necessário melhorar o comportamento estrutural e funcional dos pavimentos, o que pode ser conseguido, melhorando as propriedades da fundação, das camadas granuiares e das camadas betuminosas, ou aumentando a espessura das camadas granulares e betuminosas. Actualmente, uma parte significativa dos investimentos na rede rodoviária portuguesa é empregue na reabilitação de pavimentos, que é realizada, habitualmente, sem modificar a fundação e as camadas granulares. Assim, justifica-se este estudo, relacionado com o comportamento das misturas betuminosas, pela influência determinante no desempenho estrutural e funcional dos pavimentos novos e dos reforços de pavimentos. o principal objectivo deste trabalho foi o de contribuir para o estudo do comportamento das misturas betuminosas através da caracterização dos seus componentes, nomeadamente o mastique betuminoso e a ligação agregado-mastique. Além disso, procurou desenvolver-se um modelo microestrutural e heterogéneo de previsão do comportamento das misturas betuminosas baseado nas características dos seus componentes. Inicialmente...

Avaliação do desempenho de misturas betuminosas recicladas temperadas com emulsão betuminosa

Bispo, Fátima Andreia Gomes
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
67.64%
À CEPSA Portuguesa, pelo fornecimento da emulsão betuminosa e do betume. À CEPSA-PROAS Betumes, pela disponibilidade para a analisar o material fresado proveniente da EN346.; Os pavimentos rodoviários são o suporte do desenvolvimento de qualquer país, sendo necessário fazer intervenções de conservação ou reabilitação mesmo antes de atingirem o final do período de vida para o qual foram projetados ou construídos. Estando concluída grande parte da rede rodoviária nacional planeada, tem surgido uma enorme preocupação com o número elevado de estradas em serviço que necessitam de ser reabilitadas. A construção de pavimentos consome energia, recursos naturais e produz gazes com efeito de estufa em elevada quantidade, sendo a diminuição destes um grande desafio da sociedade atual. No entanto, para colmatar estes efeitos, houve necessidade de adotar novas medidas que sejam benéficas numa perspetiva de sustentabilidade técnico-económica-ambiental. Neste contexto, surgiram as misturas betuminosas recicladas temperadas, estas são fabricadas a temperaturas mais reduzidas que o fabrico de misturas a quente e consistem no aproveitamento até 100% das matérias-primas existentes no pavimento degradado, reduzindo ainda mais os gastos energéticos e o recurso de agregados naturais no fabrico da nova mistura. Esta constitui uma técnica inovadora...

Misturas betuminosas recicladas temperadas: validação de uma metodologia de formulação

Pais, Ana Rita Fidalgo
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
67.55%
No âmbito da produção de misturas betuminosas, a redução da temperatura de produção aliada com a reciclagem de pavimentos resulta numa tecnologia bastante sustentável e promissora. Ao seguir este raciocínio tem-se uma mistura betuminosa reciclada temperada, ou seja, uma mistura mais sustentável e menos poluente. Este tipo de misturas apresenta vantagens a nível social, ambiental e económico. Destacando-se a redução da emissão de gases de efeito de estufa e do consumo de energia e a melhoria das condições de trabalho. O presente estudo pretende validar a metodologia de formulação de misturas betuminosa recicladas temperadas desenvolvida por Dinis-Almeida na sua Tese de Doutoramento. Esta metodologia baseia-se no módulo de rigidez por tração indireta em compressão diametral para determinar o teor ótimo de ligante da mistura final. Para confirmação do teor ótimo de ligante foram realizados os seguintes ensaios de desempenho: resistência à deformação permanente, resistência à fadiga e sensibilidade à água). No presente trabalho é feita uma descrição da evolução das misturas betuminosas e uma breve apresentação das principais técnicas de reciclagem de pavimentos, dando ênfase à reciclagem em central temperada com emulsão e à reciclagem in situ com emulsão betuminosa. Posteriormente apresentam-se os métodos de formulação existentes para as diversas misturas betuminosas...