Página 1 dos resultados de 4112 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Misturas betuminosas recicladas a quente em central : contribuição para o seu estudo e aplicação

Baptista, António Miguel Costa
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
Em Portugal, registou-se ao longo dos últimos vinte anos um forte investimento na construção rodoviária. Estando concluída grande parte da rede rodoviária nacional planeada, tem-se vindo a observar um natural abrandamento na construção de novas estradas e um aumento das despesas de conservação e reabilitação das estradas em serviço. A selecção do processo de reabilitação mais adequado deverá basear-se em critérios de ordem técnica, económica e ambiental. No que respeita à reabilitação de pavimentos rodoviários flexíveis, além das soluções tradicionais, existem outras técnicas de reciclagem do material proveniente das camadas betuminosas degradadas. A reciclagem a quente em central é uma das alternativas a que é apontado um maior potencial de crescimento em Portugal nos próximos anos. A reciclagem a quente em central, muito usada noutros países, além das evidentes vantagens de ordem ambiental, é, na maioria das situações, tecnicamente viável e economicamente vantajosa. Todavia, em Portugal identificam-se ainda poucas obras com recurso a esta técnica. Surge assim a necessidade da presente investigação, cujo objectivo principal era contribuir para o estudo e aplicação da reciclagem a quente em central...

Considerações acerca da adesão e da suscetibilidade à umidade de misturas asfálticas densas à luz de algumas propriedades mecânicas; Considerations on adhesion and moisture susceptibility of asphalt mixtures by mean of mechanical properties

Furlan, Ana Paula
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.15%
Este estudo apresenta uma contribuição à compreensão do fenômeno da adesão e da sua perda que as misturas asfálticas apresentam em conseqüência da ação da água. Para tanto, foram testados diversos tipos de misturas asfálticas à luz dos processos preconizados pela ASTM e pela AASHTO para avaliação de suscetibilidade à umidade. Foram executados vários experimentos fatoriais, que consideraram as principais variáveis influentes no fenômeno da adesão, tais como: tipo de agregado (basalto, gabro e granito), tipo de asfalto (CAP 20 e CAP 40), processo de produção de misturas (Marshall, ASTM e AASHTO), volume de vazios (4 e 7%), teor de asfalto (3) e uso ou não de cal. As propriedades monitoradas foram a resistência à tração e o módulo de resiliência. Entre outras constatações, verificou-se nesta pesquisa que a cal melhorou a adesividade das misturas na maioria dos casos; o procedimento da AASHTO mostrou-se mais efetivo na detecção de suscetibilidade à ação de água nas misturas; ensaios de módulo de resiliência indicaram variações nas características mecânicas dos corpos-de-prova que os ensaios de resistência à tração não conseguiram detectar; as misturas com asfalto tipo CAP 20 apresentaram menos suscetibilidade à umidade que as com CAP 40; o aumento no volume de vazios das misturas redundou em maior perda de adesividade e maiores teores de asfalto levaram as misturas a menores sensibilidades à água. Dentre todas as misturas estudadas...

Contribuições ao estudo da influência de propriedades de agregados no comportamento de misturas asfálticas densas; Contributions to the study of effects of aggregate properties on mechanical behavior of hot mix asphalt (HMA)

Gouveia, Lilian Taís de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
O objetivo principal desta pesquisa é avaliar a influência que as propriedades estudadas dos agregados exercem sobre propriedades volumétricas e mecânicas de misturas asfálticas densas. Para tanto, foram avaliadas as propriedades de consenso e de origem, especificadas pelo Superpave, de um conjunto de agregados, além de suas densidades, porosidade, absorção e adesividade. Foram estudados agregados de gabro, basalto e areia natural e três tipos de granulometrias, uma denominada AZR, passando acima da zona de restrição da especificação Superpave, e outras duas, obtidas através do sistema de seleção granulométrica Bailey. Também três níveis de energia de compactação foram aplicados às misturas, 75, 110 e 155 golpes por face do corpo-de-prova Marshall. Avaliou-se o comportamento mecânico das misturas através dos ensaios de estabilidade e fluência Marshall, fluência por compressão uniaxial uniforme, fluência por compressão uniaxial dinâmica, resistência à tração, módulo de resiliência e fadiga. Os resultados mostraram que, de uma maneira geral, o agregado de gabro apresentou superioridade em relação ao agregado de basalto e de areia natural, tanto quando analisado isoladamente como quando analisado nas misturas asfálticas. Suas características de forma...

Estudo de misturas asfálticas mornas em revestimentos de pavimentos para redução de emissão de poluentes e de consumo energético.; Study of warm mixes asphalt as a pavement surface for reducing polluants emissions and energy consumption.

Motta, Rosângela dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.16%
Nos últimos anos tem havido uma crescente preocupação com o meio ambiente. Dentro deste contexto, surgiram as misturas asfálticas mornas que, devido à diminuição de temperatura na usinagem e na compactação, têm impacto positivo não só sobre a poluição ambiental, mas também sobre o consumo energético. Este estudo compara o comportamento de misturas asfálticas mornas (com aditivo surfactante) com o de misturas similares usinadas a quente (convencionais), por meio de ensaios laboratoriais de compactação, de propriedades mecânicas, além de testes complementares. Os resultados apontam que não há necessidade de alteração do método de dosagem convencional para as misturas mornas, e que o teor de ligante de projeto das misturas mornas deve ser mantido igual à da similar a quente. Porém, os resultados dependem muito do tipo de ligante, do teor de asfalto utilizado e do nível de diminuição da temperatura de usinagem e compactação. O controle da temperatura e a magnitude de sua redução demonstraram ser essenciais na qualidade final da mistura morna nesta tecnologia. Além disso, tem-se o acompanhamento de dois trechos experimentais, onde não foram verificadas dificuldades complementares de usinagem e de execução em pista. Os resultados de controle tecnológico da obra e de avaliação dos aspectos de superfície nos trechos com mistura morna se mostraram similares aos das técnicas a quente. Foram analisadas as emissões de poluentes (HPAs prioritários no material particulado) de misturas asfálticas mornas e a quente...

Contribuição ao estudo da deformação permanente de misturas asfálticas densas à luz de ensaios de fluência por compressão uniaxial estática e dinâmica; Contribution for the rutting study on hot mixture asphalt by means of static and dynamic creep tests

NG, Andressa Ka Yan
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Esta dissertação apresenta um estudo da deformação permanente de misturas asfálticas à luz dos resultados de ensaios de fluência por compressão uniaxial estática e dinâmica. Para isso, um programa experimental completo foi desenvolvido combinando fatores relacionados às misturas asfálticas e às condições de ensaio. Foram produzidos corpos de prova de misturas asfálticas densas tipo CAUQ com asfalto convencional (CAP 50/70) e com asfalto modificado com polímero SBS (CAP 50/70+SBS), variando o volume de vazios em dois níveis, 4 e 7%, e a presença de aditivo em dois níveis, sem e com cal hidratada. Os corpos de prova foram submetidos a ensaios de fluência com carregamentos estático e dinâmico em dois níveis de tensões, 0,1 MPa e 0,4 MPa, e em duas temperaturas diferentes, 40 e 50ºC. Essas condições do programa experimental permitiram observar o efeito do modificador SBS, da presença da cal e do volume de vazios nas misturas asfálticas, e entender o efeito da temperatura, do nível de tensão e do tipo de carregamento no comportamento de cada tipo de mistura asfáltica. Os resultados indicam que (i) a adição da cal promoveu redução de deformação acumulada somente nas misturas com ligante convencional (CAP 50/70); (ii) as misturas com volume de vazios de 7% apresentam maiores acúmulos de deformação permanente independente da presença de cal...

Avaliação de misturas asfálticas com incorporação de borracha reciclada de pneus

Specht, Luciano Pivoto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.15%
Este trabalho apresenta uma pesquisa experimental que buscou o entendimento dos fatores influentes no desempenho de misturas asfálticas preparadas com incorporação de borracha reciclada de pneus. Foram estudados tanto os ligantes modificados (asfalto-borracha) e misturas preparadas com tais ligantes, como as misturas tipo agregado-borracha. As misturas de ligantes modificados com borracha (processo úmido) foram preparadas em laboratório e caracterizadas segundo ensaios tradicionais e da Metodologia SUPERPAVETM. Para as misturas agregado-borracha (processo seco) foram preparadas e ensaiadas, misturas tipo concreto asfáltico variando-se os principais fatores intervenientes no desempenho, tais como: granulometria da borracha e do agregado, tempo de digestão da borracha e percentual de borracha. Para caracterização e verificação de desempenho, realizaram-se os ensaios da Metodologia Marshall, ensaios de resistência à tração, módulo de resiliência à compressão diâmetral, fadiga à tensão controlada, adesividade (Metodologia Lottman Modificada), abrasão (Cântabro) e deformação permanente (creep dinâmico e simulador tipo LCPC). Foi construído, também, um pequeno trecho experimental comparativo, para verificação de aspectos executivos e monitoramento de superfície (com borracha-agregado). Os resultados obtidos demonstraram a superioridade tanto dos ligantes modificados quanto das misturas asfálticas preparadas com tais ligantes. Pode-se afirmar que a adição de 12 a 18% de borracha ao ligante...

Misturas asfálticas recicladas a frio : estudo em laboratório utilizando emulsão e agente de reciclagem emulsionado

David, Daniela de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
A reciclagem de pavimentos já foi executada em alguns trechos de rodovias brasileiras, contudo existem poucos estudos sobre o assunto. Com a finalidade de contribuir para a ampliação dos conhecimentos na área de reciclagem de pavimentos, a presente dissertação propõe um estudo laboratorial de misturas asfálticas recicladas a frio. O principal objetivo deste trabalho foi verificar o comportamento mecânico de misturas asfálticas recicladas a frio, através dos ensaios de módulo de resiliência e resistência à tração por compressão diametral, para fins de utilização como camada de base na restauração de pavimentos. As misturas asfálticas foram produzidas com material fresado proveniente de revestimentos asfálticos envelhecidos e com dois tipos de ligantes: emulsão asfáltica catiônica de ruptura lenta RL-1C e agente de reciclagem emulsionado ARE-75. Avaliou-se, também, o comportamento dessas misturas quando um agregado novo foi adicionado. Foram realizados ensaios de caracterização dos ligantes, do material fresado e do agregado virgem. As misturas foram estudadas através do método Marshall para misturas asfálticas a frio. Os resultados de módulo de resiliência e resistência à tração mostraram que as misturas asfálticas analisadas apresentam comportamento mecânico semelhante ao que se tem obtido para as misturas asfálticas recicladas a frio. Outros parâmetros...

MISTURAS DE HERBICIDAS: EFEITOS DE ADJUVANTES NO CONTROLE DE PLANTAS INFESTANTES NA CULTURA da SOJA

PERESSIN, VALDEMIR ANTONIO; VICTÓRIA FILHO, RICARDO; PERECIN, DILERMANDO
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 103-116
POR
Relevância na Pesquisa
37.15%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Estudaram-se efeitos de misturas de graminicidas com latifolicidas, aplicados em pós-emergência, acrescidos ou não de seus respectivos adjuvantes, no controle de plantas infestantes na cultura da soja (Glycine max (L.) Merrill) cv. IAC-8, em condições de campo. Os tratamentos consistiram em quatro graminicidas (haloxifop-metil, HM; sethoxydim, S; quizalofop-etil, QE e fluazifop-p-butil, FpB) e quatro latifolicidas (chlorimuron-etil, CE; fomesafen, Fom; fluoroglycofen, Flu e lactofen, Lac), aplicados isoladamente e em misturas, além das testemunhas com e sem convivência da cultura com a comunidade infestante. Os resultados mostraram que os adjuvantes, de maneira geral, intensificaram a injúria dos herbicidas. Os graminicidas mais eficazes, aplicados isoladamente ou em misturas, no controle de Eleusine indica e de monocotiledôneas, foram HM, QE e FpB. Não houve diferenças significativas no controle de Digitaria horizontalis entre os quatro graminicidas isolados; porém, as melhores misturas foram as que utilizaram os graminicidas QE ou HM. Para controle de Mollugo verticillata, os melhores tratamentos foram obtidos com Lac aplicado isoladamente e com as misturas de QE...

Equilibrio liquido-liquido em misturas de hidrocarbonetos + alcoois : comportamento de fases e desenvolvimento de aditivos para aumentar a miscibilidade em misturas oleo diesel + etanol; Liquid-liquid equilibrium in hydrocarbon+alcohol mixtures : phase behavior and development of additives for miscibility improvement in diesel oil+ethanol mixtures

Evandro Jose da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/05/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.15%
A adição de etanol ao diesel afeta propriedades chaves da mistura combustível com particular referência a miscibilidade, viscosidade, conteúdo de energia e número de cetano (NC). Uma das maiores dificuldades encontradas com o uso das misturas diesel-etanol é sua tendência à separação de fases, em temperaturas baixas. Buscando contornar essas dificuldades, este trabalho foi dividido em três etapas: caracterização do comportamento de fases das misturas diesel-etanol, formulações de aditivos ou combinações destes capazes de manter essas misturas homogêneas, mesmo a baixas temperaturas, e caracterização das suas propriedades combustíveis, via determinação de números de cetano. o comportamento de fases das misturas diesel-etanol mostra que as temperaturas crítícas de transições de fases variam em função dos teores de etanol, composições das amostras de óleos usadas e da quantidade de água presentes nas misturas. As misturas diesel-etanol são estabilizadas por aditivos emulsificadores que podem suspender pequenas gotas de etanol no diesel através da formação de microemulsões, conforme comprovado por medidas de espalhamento de luz. Diversos aditivos foram testados e observou-se que os melhores efeitos...

Comportamento mecânico de misturas asfálticas de graduação descontínua (gap graded)

Neto, Silvrano Adonias Dantas; Farias, Márcio Muniz de; Pais, Jorge C.
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2006 POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
o comportamento mecânico e funcional dos pavimentos flexíveis depende de vários fatores, dentre os quais, podem-se citar as características das misturas asfálticas empregadas nas suas camadas de revestimento. O desempenho mecânico das misturas asfálticas é função dos seus materiais constituintes, mais especificamente do ligante asfáltico e dos agregados minerais utilizados, enquanto o desempenho funcional está ligado à distribuição granulométrica dos agregados. Dentre as misturas asfálticas do tipo concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ) empregadas no Brasil destacam-se as misturas de graduação contínua, largamente utilizadas, especialmente aquelas com curva granulométrica definida pela Especificação de Serviço 313/97, do extinto DNER, como faixa C. Em geral estas misturas se caracterizam por apresentar um bom desempenho mecânico e uma textura muito fechada, com baixos valores para a percentagem de vazios, sendo, entretanto, misturas que apresentam problemas com relação a sua macro-rugosidade. Este trabalho tem por objetivo apresentar um estudo comparativo entre uma mistura asfáltica com granulometria contínua, enquadrada na faixa C do DNER, e uma mistura de graduação descontínua. Para a confecção destas misturas foi empregado um ligante asfáltico convencional classificado por penetração como CAP 50/70 e agregados minerais provenientes de rocha granítica. Para o desenvolvimento deste estudo comparativo...

Optimização do desempenho de misturas betuminosas com betume modificado com borracha para reabilitação de pavimentos

Fontes, Liseane P. T. L.
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 17/07/2009 POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
Tese de Doutoramento em Engenharia Civil - Vias de Comunicação; O Brasil é um país que possui o sistema de transporte terrestre apoiado essencialmente em rodovias. A idade avançada dos pavimentos rodoviários brasileiros e o eminente crescimento do tráfego e da acção das cargas de roda cada vez mais intensas, têm levado os pavimentos flexíveis a um acelerado processo de deterioração no qual o uso de técnicas de reabilitação empregando materiais convencionais não mais alcançam um comportamento mecânico adequado. Por outro lado, a utilização de betumes modificados constitui uma alternativa na busca crescente de novos materiais que melhorem as propriedades estruturais das camadas betuminosas. É neste contexto que as misturas betuminosas com betume modificado com borracha de pneus usados têm sido utilizadas com o objectivo do melhoramento da capacidade estrutural de pavimentos flexíveis novos e reabilitados, além de ser uma solução para o problema do depósito inadequado dos pneus insersíveis. No entanto, o Brasil carece da avaliação do comportamento mecânico de misturas com betume-borracha. O presente trabalho tem como objectivo contribuir para o estudo de misturas betuminosas com betume-borracha produzidos a partir do processo húmido através de uma investigação experimental que procurou avaliar as propriedades e o desempenho mecânico destas misturas...

Estudo de misturas betuminosas recicladas com incorporação de resíduos plásticos; Study of asphalt recycled mixtures incorporating plastic wastes

Abreu, Liliana
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.15%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil; Este trabalho teve como principal objetivo estudar misturas betuminosas que incorporem uma percentagem significativa de resíduos de pavimentos rodoviários e de resíduos urbanos, sem prejudicar o desempenho das mesmas. Quanto aos resíduos urbanos a serem introduzidos, foram selecionados dois: um óleo usado de motor e um resíduo polimérico, sendo ambos usados para modificar o ligante final das misturas. A utilização de elevadas taxas de reciclagem em misturas betuminosas produzidas a quente pode ter implicações no rendimento das centrais de produção. Assim, com o presente estudo também se pretendeu analisar diferentes possibilidades de melhorar o rendimento da produção das misturas recicladas, através de processos de desagregação e separação do material fresado e a sua incorporação na mistura. As misturas foram estudadas relativamente às propriedades do ligante final, após a modificação com os dois aditivos reciclados, para se estabelecer a sua percentagem ótima, bem como relativamente ao seu desempenho. Na modificação do betume, o óleo usado de motor (OUM) serviu de rejuvenescedor do betume presente no material fresado, enquanto o resíduo de polietileno de alta densidade (PEAD) serviu para melhorar algumas propriedades do ligante final...

Misturas betuminosas modificadas com borracha a temperatura moderada; Rubber modified asphalt mixtures with temperate temperature

Gomes, Rafael Pereira
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil; Este trabalho resulta da junção de duas técnicas de produção de misturas betuminosas. Estas técnicas apareceram devido à crescente preocupação com o meio ambiente e também devido à necessidade de melhorar as caraterísticas das misturas betuminosas devido ao rápido aumento dos volumes de tráfego. A necessidade de otimizar o desempenho das misturas deu-se, devido não só ao aumento do volume de tráfego, mas também devido ao aumento da sua agressividade. Outro motivo para o desenvolvimento desta técnica é o ambiental, pois com o crescente número de veículos a circular nas estradas começaram a acumular-se milhões de pneus em fim de vida (end of life tyres, ELTs). Estes pneus estavam assim entre as maiores e mais problemáticas fontes de desperdício, e visto a maior parte dos países dependerem de aterros para os depositar, o risco para a saúde humana e ambiental era real. Começaram, assim, a aparecer técnicas de fabrico de betume modificado com borracha (BMB). Estas tinham em vista melhorar as características do betume, das misturas betuminosas produzidas com este, e também evitar a degradação do meio ambiente devido ao recurso de aterros. Com o grande aumento dos preços dos combustíveis e a preocupação com a racionalização de recursos desenvolveu-se uma série de técnicas com o objetivo de reduzir a temperatura de fabrico das misturas betuminosas. Surgiram assim as misturas betuminosas temperadas (MBT). Como para a produção de misturas com betume modificado com borracha é necessário temperaturas mais elevadas do que nas misturas tradicionais...

Avaliação do desempenho de misturas betuminosas recicladas temperadas com emulsão betuminosa

Bispo, Fátima Andreia Gomes
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
À CEPSA Portuguesa, pelo fornecimento da emulsão betuminosa e do betume. À CEPSA-PROAS Betumes, pela disponibilidade para a analisar o material fresado proveniente da EN346.; Os pavimentos rodoviários são o suporte do desenvolvimento de qualquer país, sendo necessário fazer intervenções de conservação ou reabilitação mesmo antes de atingirem o final do período de vida para o qual foram projetados ou construídos. Estando concluída grande parte da rede rodoviária nacional planeada, tem surgido uma enorme preocupação com o número elevado de estradas em serviço que necessitam de ser reabilitadas. A construção de pavimentos consome energia, recursos naturais e produz gazes com efeito de estufa em elevada quantidade, sendo a diminuição destes um grande desafio da sociedade atual. No entanto, para colmatar estes efeitos, houve necessidade de adotar novas medidas que sejam benéficas numa perspetiva de sustentabilidade técnico-económica-ambiental. Neste contexto, surgiram as misturas betuminosas recicladas temperadas, estas são fabricadas a temperaturas mais reduzidas que o fabrico de misturas a quente e consistem no aproveitamento até 100% das matérias-primas existentes no pavimento degradado, reduzindo ainda mais os gastos energéticos e o recurso de agregados naturais no fabrico da nova mistura. Esta constitui uma técnica inovadora...

Misturas betuminosas recicladas temperadas: validação de uma metodologia de formulação

Ana Rita Fidalgo Pais, Ana Rita Fidalgo Pais
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.15%
No âmbito da produção de misturas betuminosas, a redução da temperatura de produção aliada com a reciclagem de pavimentos resulta numa tecnologia bastante sustentável e promissora. Ao seguir este raciocínio tem-se uma mistura betuminosa reciclada temperada, ou seja, uma mistura mais sustentável e menos poluente. Este tipo de misturas apresenta vantagens a nível social, ambiental e económico. Destacando-se a redução da emissão de gases de efeito de estufa e do consumo de energia e a melhoria das condições de trabalho. O presente estudo pretende validar a metodologia de formulação de misturas betuminosa recicladas temperadas desenvolvida por Dinis-Almeida na sua Tese de Doutoramento. Esta metodologia baseia-se no módulo de rigidez por tração indireta em compressão diametral para determinar o teor ótimo de ligante da mistura final. Para confirmação do teor ótimo de ligante foram realizados os seguintes ensaios de desempenho: resistência à deformação permanente, resistência à fadiga e sensibilidade à água). No presente trabalho é feita uma descrição da evolução das misturas betuminosas e uma breve apresentação das principais técnicas de reciclagem de pavimentos, dando ênfase à reciclagem em central temperada com emulsão e à reciclagem in situ com emulsão betuminosa. Posteriormente apresentam-se os métodos de formulação existentes para as diversas misturas betuminosas...

MISTURAS DE HERBICIDAS: EFEITOS DE ADJUVANTES NO CONTROLE DE PLANTAS INFESTANTES NA CULTURA DA SOJA

PERESSIN,VALDEMIR ANTONIO; VICTÓRIA FILHO,RICARDO; PERECIN,DILERMANDO
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1997 PT
Relevância na Pesquisa
37.15%
Estudaram-se efeitos de misturas de graminicidas com latifolicidas, aplicados em pós-emergência, acrescidos ou não de seus respectivos adjuvantes, no controle de plantas infestantes na cultura da soja (Glycine max (L.) Merrill) cv. IAC-8, em condições de campo. Os tratamentos consistiram em quatro graminicidas (haloxifop-metil, HM; sethoxydim, S; quizalofop-etil, QE e fluazifop-p-butil, FpB) e quatro latifolicidas (chlorimuron-etil, CE; fomesafen, Fom; fluoroglycofen, Flu e lactofen, Lac), aplicados isoladamente e em misturas, além das testemunhas com e sem convivência da cultura com a comunidade infestante. Os resultados mostraram que os adjuvantes, de maneira geral, intensificaram a injúria dos herbicidas. Os graminicidas mais eficazes, aplicados isoladamente ou em misturas, no controle de Eleusine indica e de monocotiledôneas, foram HM, QE e FpB. Não houve diferenças significativas no controle de Digitaria horizontalis entre os quatro graminicidas isolados; porém, as melhores misturas foram as que utilizaram os graminicidas QE ou HM. Para controle de Mollugo verticillata, os melhores tratamentos foram obtidos com Lac aplicado isoladamente e com as misturas de QE, S ou HM com Fom e seus respectivos adjuvantes. As misturas de tanque apresentaram efeitos predominantemente antagonísticos no controle de E. indica...

Reologia de Biodiesel de origens diversas e das misturas Diesel/Biodiesel

Antonio Pimentel Cavalcanti, Luiz; Maria Sarmento, Sandra (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.16%
Com o esgotamento do petróleo e o aumento dos custos dos combustíveis derivados, são necessários estudos sobre os combustíveis alternativos. O Biodiesel (B100) é um composto de ésteres de ácidos graxos, geralmente metílicos (ou etílicos) (FAMES / FAEEs) derivados de óleos vegetais, gorduras animais ou de óleos de rejeitos de frituras, obtidos principalmente através da transesterificação, é uma fonte alternativa de energia. É renovável, disponível localmente, biodegradável e provou ser um combustível limpo. A viscosidade do B100 é uma das propriedades físicas críticas relativas à sua aplicabilidade em motores diesel de injeção direta devido a: a) A temperaturas baixas o B100 torna-se viscoso, podendo gelificar ou cristalizar, causando dificuldades ao escoamento no motor; b) Um aumento na viscosidade do B100 geralmente afeta o processo de atomização propiciando a ocorrência de reações competitivas, como combustão incompleta e polimerização. A viscosidade do B100 é cerca de 1,5 vezes superior à do diesel comercial(B0). A viscosidade do B100 e suas misturas com B0 depende diretamente da temperatura, comportamento semelhante ao do diesel puro, isto é, diminui com a temperatura de forma exponencial. Por outro lado...

Caracterização do mastique betuminoso e da ligação agregado-mastique : contribuição para o estudo do comportamento das misturas betuminosas

Silva, Hugo Manuel Ribeiro Dias da
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 10/02/2006 POR
Relevância na Pesquisa
37.25%
Nas últimas décadas, os pavimentos rodoviários flexíveis têm sido sujeitos à acção de um tráfego cada vez mais intenso e agressivo, o que tem originado, em vários casos, a sua degradação prematura. De modo a suportar essas elevadas solicitações, é necessário melhorar o comportamento estrutural e funcional dos pavimentos, o que pode ser conseguido, melhorando as propriedades da fundação, das camadas granuiares e das camadas betuminosas, ou aumentando a espessura das camadas granulares e betuminosas. Actualmente, uma parte significativa dos investimentos na rede rodoviária portuguesa é empregue na reabilitação de pavimentos, que é realizada, habitualmente, sem modificar a fundação e as camadas granulares. Assim, justifica-se este estudo, relacionado com o comportamento das misturas betuminosas, pela influência determinante no desempenho estrutural e funcional dos pavimentos novos e dos reforços de pavimentos. o principal objectivo deste trabalho foi o de contribuir para o estudo do comportamento das misturas betuminosas através da caracterização dos seus componentes, nomeadamente o mastique betuminoso e a ligação agregado-mastique. Além disso, procurou desenvolver-se um modelo microestrutural e heterogéneo de previsão do comportamento das misturas betuminosas baseado nas características dos seus componentes. Inicialmente...

Avaliação do desempenho de misturas betuminosas recicladas temperadas com emulsão betuminosa

Bispo, Fátima Andreia Gomes
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
À CEPSA Portuguesa, pelo fornecimento da emulsão betuminosa e do betume. À CEPSA-PROAS Betumes, pela disponibilidade para a analisar o material fresado proveniente da EN346.; Os pavimentos rodoviários são o suporte do desenvolvimento de qualquer país, sendo necessário fazer intervenções de conservação ou reabilitação mesmo antes de atingirem o final do período de vida para o qual foram projetados ou construídos. Estando concluída grande parte da rede rodoviária nacional planeada, tem surgido uma enorme preocupação com o número elevado de estradas em serviço que necessitam de ser reabilitadas. A construção de pavimentos consome energia, recursos naturais e produz gazes com efeito de estufa em elevada quantidade, sendo a diminuição destes um grande desafio da sociedade atual. No entanto, para colmatar estes efeitos, houve necessidade de adotar novas medidas que sejam benéficas numa perspetiva de sustentabilidade técnico-económica-ambiental. Neste contexto, surgiram as misturas betuminosas recicladas temperadas, estas são fabricadas a temperaturas mais reduzidas que o fabrico de misturas a quente e consistem no aproveitamento até 100% das matérias-primas existentes no pavimento degradado, reduzindo ainda mais os gastos energéticos e o recurso de agregados naturais no fabrico da nova mistura. Esta constitui uma técnica inovadora...

Misturas betuminosas recicladas temperadas: validação de uma metodologia de formulação

Pais, Ana Rita Fidalgo
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.15%
No âmbito da produção de misturas betuminosas, a redução da temperatura de produção aliada com a reciclagem de pavimentos resulta numa tecnologia bastante sustentável e promissora. Ao seguir este raciocínio tem-se uma mistura betuminosa reciclada temperada, ou seja, uma mistura mais sustentável e menos poluente. Este tipo de misturas apresenta vantagens a nível social, ambiental e económico. Destacando-se a redução da emissão de gases de efeito de estufa e do consumo de energia e a melhoria das condições de trabalho. O presente estudo pretende validar a metodologia de formulação de misturas betuminosa recicladas temperadas desenvolvida por Dinis-Almeida na sua Tese de Doutoramento. Esta metodologia baseia-se no módulo de rigidez por tração indireta em compressão diametral para determinar o teor ótimo de ligante da mistura final. Para confirmação do teor ótimo de ligante foram realizados os seguintes ensaios de desempenho: resistência à deformação permanente, resistência à fadiga e sensibilidade à água). No presente trabalho é feita uma descrição da evolução das misturas betuminosas e uma breve apresentação das principais técnicas de reciclagem de pavimentos, dando ênfase à reciclagem em central temperada com emulsão e à reciclagem in situ com emulsão betuminosa. Posteriormente apresentam-se os métodos de formulação existentes para as diversas misturas betuminosas...