Página 1 dos resultados de 43 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Efeito da doxiciclina e da minociclina em células osteoblásticas humanas

Coelho, Maria João; Pina, Cristina; Ferraz, Maria Pia
Fonte: Edições Universidade Fernando Pessoa Publicador: Edições Universidade Fernando Pessoa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
38.18%
A doxiciclina e a minociclina são antibióticos utilizados para eliminar infecções que surgem após o processo cirúrgico e que parecem exercer uma acção benéfica sobre o metabolismo ósseo. Os resultados obtidos neste estudo mostraram que baixas concentrações destes fármacos(1-5 μg.ml-1) estimularam a proliferação das células de medula óssea humana. A exposição das células a 10 μg.ml-1 de minociclina pareceu estimular o aparecimento de uma população celular mais proliferativa mas menos diferenciada. As concentrações de 10 μg.ml-1 de doxiciclina e 25 μg.ml-1 de minociclina atrasaram a mineralização e concentrações mais elevadas destes antibióticos (25 μg.ml-1 de doxiciclina e 50 μg.ml-1 de minociclina) foram citotóxicas. Doxycycline and minocycline are antibiotics used to eliminate infections that arise after the surgical procedure that seem to have a beneficial action in bone metabolism. Results showed that low concentrations of these drugs (1-5 μg.ml-1) stimulated human bone marrow cell proliferation. The exposure of cells to 10 μg.ml-1 minocycline stimulated the emergence of a more proliferative population but less differentiated. Concentrations of 10 μg.ml-1 doxycycline and 25 μg.ml-1 minocycline delayed the mineralization and higher concentrations of these antibiotics (25 μg.ml-1 doxycycline and 50 μg.ml-1 minocycline) were cytotoxic.

Modelação estatística e simulação : aplicação no uso de catalisadores na produção de antibióticos

Noronha, Carla Maria Hertizel de
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
17.93%
Dissertação de Mestrado em Bioestatística e Biometria apresentada à Universidade Aberta; A área da Bioestatística constituiu o incentivo para abraçar este projeto e centrar este trabalho na investigação de um problema real associado a um complexo processo de síntese industrial de um antibiótico. A minociclina é um antibiótico de largo espectro de ação, indicado no tratamento de infeções causadas por microrganismos sensíveis às tetraciclinas, bem como infeções causadas por algumas estirpes de estafilococos resistentes às tetraciclinas. Está particularmente indicada no tratamento do acne e da rosácea. O maior produtor mundial de minociclina é um laboratório farmacêutico nacional que gentilmente nos cedeu os dados utilizados neste estudo. A síntese da minociclina é um processo que envolve múltiplas etapas que são desenvolvidas sequencialmente neste laboratório farmacêutico. Numa dessas etapas intervém uma peça-chave - um catalisador metálico de carvão ativado que, desde o ano em que o processo inicialmente foi desenvolvido até à presente data tem revelado um comportamento pouco consistente e incoerente, razão pela qual este processo de síntese oscila grandemente nos seus níveis de rendimento. Sendo o referido catalisador um componente extremamente dispendioso...

Estudo da correlação dose/concentração plasmática e de alterações bioquímicas, hematológicas, hemostáticas e histopatológicas induzidas pela rifampicina, oxfloxacina e minociclina, em ratos Wistar; Study of the dose/plasma concentration correlation and changes biochemical, hematologic, hemostatic and histopathological induced by rifampicin, ofloxacin and minocycline in Wistar rats

Malfará, Wilson Roberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
28.18%
A hanseníase, doença crônica, granulomatosa, infecto-contagiosa, transmitida pelo Mycobacterium leprae, ainda se mantém prevalente nos dias atuais, principalmente em países subdesenvolvidos. A OMS propôs aos países endêmicos um novo esquema terapêutico alternativo para pacientes com hanseníase paucibacilar com lesão única, que vem sendo implantado gradativamente no Brasil, constituindo-se da administração de rifampicina (600mg), ofloxacina (400mg) e minociclina (100mg), em dose única. Sendo uma estratégia recente, estudos são necessários para se avaliar a toxicidade principalmente na associação medicamentosa dos fármacos. O objetivo deste trabalho foi investigar a correlação dose/concentração plasmática versus alterações bioquímicas, hematológicas, hemostáticas e histopatológicas da administração da rifampicina, ofloxacina e minociclina a ratos machos Wistar, em regime de dose única e múltiplas em monoterapia e na associação medicamentosa. Após a administração intraperitoneal dos fármacos nos animais, foi determinada a concentração plasmática por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), e avaliação dos parâmetros bioquímicos, hematológicos, hemostáticos e histopatológicos. A rifampicina e ofloxacina sofreram um aumento na concentração plasmática em esquema de dose única quando administradas associadas...

Ensaio clínico comparando os usos de heparina e MEDTA como selo de cateter de hemodiálise; Clinical trial comparing the use of heparin and MEDTA as a hemodialysis catheter lock

Miltersteiner, Diego da Rosa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.38%
Introdução: Sepse relacionada ao cateter é a principal causa de hospitalizações e a segunda causa de morte em pacientes com insuficiência renal crônica em hemodiálise. O uso de medicações que possam diminuir a incidência de bacteremia relacionada ao cateter parece uma alternativa para diminuir o número de eventos. Objetivo: Comparação do uso de heparina contra minociclina e edetato dissódico (MEDTA) como selo de cateter de longa permanência em pacientes com insuficiência renal crônica em hemodiálise, comparando desfecho de sobrevida de cateter em relação ao tempo livre de bacteremias, alterações de fluxo, necessidade de trombolítico e cultura positiva de material de descarte. Método: Ensaio clínico, randomizado, multicêntrico, aberto, controlado, comparativo entre heparina e MEDTA. Resultados: 28 pacientes foram incluídos no total do estudo (14 no grupo heparina e 14 no grupo MEDTA). Os grupos não apresentaram diferenças estatisticamente significativas em relação à idade, sexo, níveis de albumina e hemoglobina, tempo de permanência de cateter, alterações de fluxo do cateter (fluxo < 250mL/min) e necessidade de uso de trombolítico. O grupo MEDTA apresentou significativamente menos episódios de bacteremia e menor número de culturais de material de descarte positivos (P< 0...

Desenvolvimento metodologico para quantificação de minociclina em plasma humano : analise realizada pela tecnica de High Performance Liquid Chromatography (HPLC) acoplada a espectrometria de massas

Marcus Vinicius Ferreira de Araujo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/2002 PT
Relevância na Pesquisa
27.93%
o objetivo deste trabalho foi desenvolver um método sensível para quantificar minociclina em plasma humano. A minociclina foi quantificada em plasma humano pela técnica de cromatografia líquida acoplada ao espectrômetro de massas (LC-MS/MS), usando a claritromicina como padrão interno. A minociclina e o padrão interno - claritromicina, foram extraídos de plasma humano através de uma extração líquido-líquido composta de Diethyléter/diclorometano (70:30). Após a retirada do solvente, os fármacos foram dissolvidos em um pequeno volume de fase móvel, sendo que uma alíquota desta amostra foi analisada por cromatografia líquida de fase reversa acoplada ao espectrômetro de massas sequencial no modo "eletrospray" positivo, sendo o íon filho monitorado, previamente selecionado no modo de monitoração de reação múltipla (MRM). O método foi considerado rápido ( extração líquida simples e tempo de corrida inferior a 3 minutos) e sensível ( limite de quantificação de 5 ng/mL), e sendo empregado em estudo de bioequivalencia de duas formulações de concentração 100 mg em 24 voluntários sadios; The objective of this work was to develop a suitable method for measurement of minocycline in human plasma. Minocycline was determined in human plasma by liquid chromatography coupled to tandem mass spectrometry (LC-MS/MS) using clarithromycin as an internal standard. Minocycline and the internal standard Clarithromycin are extracted from human plasma by liquid-liquid extraction using a mixture of Dlethyl-eter/Diclorometane (70:30). Afier removal of the solvent...

Evidências de que a atividade glial na medula espinhal altera proporcionalmente a inflamação artrítica em ratos

Bressan, Elisângela
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 103 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
17.93%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Farmacologia, Florianópolis, 2010; A ativação de células gliais na medula espinhal resulta em liberação de mediadores pró-inflamatórios que alteram a excitabilidade neuronal e contribuem para a amplificação da dor. No entanto, pouco se conhece sobre o papel da glia na inflamação periférica em doenças crônicas como a artrite. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da inibição da atividade glial na inflamação articular induzida por carragenina/LPS em ratos, bem como o papel da fractalcina e do TNF-? na interação entre neurônios e glia. Utilizou-se o modelo de artrite induzido por LPS (30 ng) intra-articular 72 horas após sensibilização prévia da articulação com carragenina (300 µg). Fluorocitrato, minociclina, anti-fractalcina, fractalcina, anti-TNF-?, TNF-? e talidomida foram injetados pela via intratecal 20 minutos antes do LPS. A nocicepção foi avaliada através da medida da incapacitação articular e o edema pelo aumento do diâmetro articular. Após 6 horas, o fluido sinovial (FS) e a medula espinhal (L4-L5) foram coletados para contagem de leucócitos e determinação da imunoreatividade do GFAP e OX-42...

Validação do método de deteção microbiana em produtos não

Ferreira, Marli Janice Santo
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.72%
Neste trabalho de investigação pretendeu-se desenvolver e validar um método que permitisse a enumeração quantitativa de bactérias mesófilas e fungos, que crescem sob condições aeróbias, em lotes, não estéreis, de vários produtos (Cloridrato de Minociclina, Cloridrato de Tetraciclina, Cloridrato de Limeciclina e Cloridrato de Oxitetraciclina.), por aplicação do procedimento harmonizado pelas farmacopeias dos Estados Unidos, Europa e Japão, de acordo com o método de filtração por membrana. A adequação do método de neutralização das propriedades antimicrobianas para cada antibiótico foi demonstrada pela eficácia do neutralizador e a ausência de toxicidade do mesmo para os microrganismos. Os resultados foram expressos em termos de TAMC (contagem microbiana total) e TYMC (contagem total de leveduras e bolores). Validou-se o método de neutralização para os produtos não estéreis Cloridrato de Limeciclina, Cloridrato de Tetraciclina e Cloridrato de Oxitetraciclina, para os fungos Aspergillus brasiliensis e Candida albicans. Os resultados mostraram que também foi possível validar o método de neutralização para o Cloridrato de Minociclina com o micorganismo A.brasiliensis.; This study aimed to develop and validate an effective methodology that allow for the quantitative enumeration of mesophilic bacteria and fungi growing under aerobic conditions...

Efeito da Minociclina em Mus Musculus Infectados com Trypanosoma brucei brucei

Gonçalves, Daniel
Fonte: IHMT Publicador: IHMT
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
27.38%
As patologias provocadas tanto em humanos como em outros mamíferos, pelo parasita hemoflagelado Trypanosoma brucei são um verdadeiro flagelo em África, ma-tando milhares de pessoas e cabeças de gado todos os anos. No caso da terapêutica hu-mana, todas as drogas foram implementadas em meados do século XX, sem novas pa-tentes desde 1981. Urge portanto a descoberta de novas moléculas, que em esquema monoterapêutico ou em associação, possam de alguma forma intervir no controlo do parasita ou contra a inflamação provocada pelas sucessivas ondas de parasitémia. Em estudos anteriores a minociclina, tetraciclina de 2ª geração, provou ser eficaz na protecção do sistema nervoso central (SNC) de ratos infectados com Trypanosoma brucei brucei (T.b.brucei), diminuindo a passagem pela barreira hemato-encefálica (BHE) de leucócitos e parasitas. No presente estudo, o efeito dessa droga parece estar relacionado com uma maior resistência à perda de vários componentes hematológicos como eritrócitos, leucócitos ou granulócitos em amostras de animais com vinte dias (20 DPI) de progressão de infecção com o parasita. Também as parasitémias são substanci-almente mais baixas (cerca de dez vezes menores) nos animais tratados em 20 DPI. Em termos das citocinas interleucina 4 (IL-4)...

Malária falciparum resistente à cloroquina e ao Fansidar R tratada com minociclina

Ferraroni,José J.
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1983 PT
Relevância na Pesquisa
37.93%
Em abril de 1978 uma infecção malárica causada por Plasinodium falciparum foi diagnosticada em um paciente adulto do sexo masculino, nativo da Amazônia brasileira. O parasito foi resistente in vitro à cloroquina e in vivo à associação pirimetamina + sulfadoxina (FansidarR). O paciente foi tratado com minociclina (MinomaxR); contudo, sua resposta imune ao parasito pode ter tido um importante papel na eficácia do tratamento com a minociclina.

Correlação entre dose/concentração plasmática e avaliação de alterações hepáticas e renais em ratos Wistar tratados com o esquema ROM

Malfará,Wilson Roberto; Uyemura,Sérgio Akira; Queiroz,Regina Helena Costa
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
17.93%
A hanseníase, doença crônica, granulomatosa, infecto-contagiosa, transmitida pelo Mycobacterium leprae, ainda se mantém prevalente nos dias atuais, principalmente em países subdesenvolvidos e a sua forma paucibacilar com lesão única, vem sendo tratada através da administração de rifampicina (600mg), ofloxacina (400mg) e minociclina (100mg), em dose única (esquema ROM). Assim, o objetivo deste trabalho foi investigar a correlação dose/concentração plasmática versus alterações bioquímicas na administração da rifampicina, ofloxacina e minociclina a ratos machos Wistar, em regime de dose única em mono e politerapia. Concluímos que a rifampicina e a ofloxacina sofreram um aumento na concentração plasmática quando administrados em politerapia, enquanto que a minociclina sofreu uma redução, provavelmente por interferências na biotransformação e excreção. Constatamos através das análises bioquímicas que a rifampicina provavelmente é a responsável por alterações hepáticas e renais, e que as interações medicamentosas envolvendo o fármaco exigem estudos individualizados principalmente quando o fármaco é usado associado a ofloxacina e minociclina.

Avaliação de hansenianos tratados com esquema alternativo dose única ROM (rifampicina, ofloxacina e minociclina), após sete a nove anos

Diniz,Lucia Martins; Catabriga,Melissa Daminato de Souza; Souza Filho,João Basílio de
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.38%
INTRODUÇÃO: Em 1997, após a realização de estudo multicêntrico, duplo cego e randomizado, em nove centros de tratamento de hanseníase na Índia, o Ministério da Saúde adotou o esquema alternativo dose única ROM para casos de lesão única, paucibacilar, sem nervo periférico afetado, índice baciloscópico negativo, em Centros de Referência da doença no Brasil. O estudo se propôs a avaliar a efetividade do esquema ROM em pacientes tratados no período de 1997 a 1999 no Serviço de Dermatologia da Santa Casa de Vitória. MÉTODOS: Foram selecionados e tratados com o esquema ROM, 54 pacientes das formas indeterminada e tuberculóide. Estes pacientes foram convocados de março a outubro de 2006 para reavaliação clínica. RESULTADOS: Vinte e nove pacientes avaliados (85,2%; IC95%: 70-100,4) estavam curados, cinco (14,7%; IC95%: 7,4-22,0) recidivaram e 20 pacientes não retornaram; porém, não havia outra notificação de reingresso ao tratamento no banco de dados da Secretaria Estadual de Saúde. CONCLUSÕES: O estudo evidenciou taxa de cura de 90,8% e taxa bruta de recidiva de 9,2%, após período de sete a nove anos da dose ROM. O tratamento alternativo ROM demonstrou melhor efetividade para lesão única menor que quatro centímetros e aparecimento há menos de cinco anos.

Cateter venoso profundo recoberto com antibiótico para reduzir infecção: estudo piloto

Kurtz,Pedro; Rosa,Paula; Penna,Guilherme; Braga,Fabricio; Kezen,Jose; Drumond,Luis Eduardo; Freitas,Márcia; Almeida,Gustavo; Vegni,Ronaldo; Kalichsztein,Marcelo; Nobre,Gustavo
Fonte: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB Publicador: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.38%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A bacteremia associada a cateter venoso central (CVC) aumenta a morbidade e mortalidade hospitalar em pacientes internados em unidade de terapia intensiva (UTI). Os cateteres recobertos com rifampicina e minociclina (RM) reduzem a freqüência de colonização e bacteremia. No entanto, resultados de estudos recentes questionaram o seu impacto clínico. O objetivo deste estudo foi comparar a incidência de colonização e bacteremia associada à CVC recobertos com RM e não recobertos numa coorte de pacientes admitidos em UTI. METODO: Estudo prospectivo, controlado em UTI mista clínico-cirúrgica. Os pacientes receberam um CVC recobertos com RM ou não recoberto. Após remoção do CVC, foi feita cultura de ponta do cateter e hemoculturas foram coletadas. Avaliou-se a freqüência de colonização e bacteremia. RESULTADOS: Cento e vinte CVC foram inseridos e 100 puderam ser avaliados, 49 no grupo não recobertos e 51 no grupo recoberto. As características clínicas foram similares nos 2 grupos. Dois casos de bacteremia associada ao cateter (BAC) (3,9%) ocorreram em pacientes que receberam CVC recobertos com RM comparado a 5 (10,2%) casos de BAC no grupo não recobertos (p = 0,26). Seis (11,8%) cateteres recobertos foram colonizados...

Tratamento com minociclina e transplante intraestriatal de c?lulas mononucleares da medula ?ssea ap?s acidente vascular experimental encef?lico

SILVA, Michelle Castro da
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
38.44%
Diversos estudos sugerem que a tetraciciclina semi-sint?tica minociciclina e o transplante de c?lulas mononucleares da medula ?ssea (CMMOs) induzem neuroprote??o em modelos experimentais de acidente vascular encef?lico (AVENC). No entanto, poucos investigaram, comparativamente, os efeitos destas duas abordagens terap?uticas ap?s AVENC induzido por microinje??es de endotelina ? 1 (ET -1). Nesta disserta??o, objetivou-se comparar os efeitos do bloqueio microglial com minociclina com os obtidos pelo transplante intraestriatal de CMMOs na fase aguda ap?s acidente vascular encef?lico experimental, sobre a ?rea de les?o, neuroprote??o, apoptose de recupera??o funcional. Ratos machos adultos, da ra?a Wistar, pesando entre 250 e 350g, foram distribu?dos em quatro grupos experimentais: controle (chamado de Salina) - isqu?mico tratado com salina (N=4), isqu?mico tratado com minociclina (N=4), isqu?mico tratado com CMMOs (N=3) e doador de CMMOs (N=2). Testes comportamentais foram realizados em 1, 3 e 7 dias p?s-isquemia para avaliar a recupera??o funcional entre os grupos. Animais tratados com minociclina receberam 2 doses di?rias de 50mg/kg nos 2 primeiros dias, e 5 aplica??es ?nicas de 25mg/kg (i.p) nos dias subsequentes at? o sexto dia ap?s a indu??o isqu?mica. 1x106 de CMMOs foram obtidas de ratos da mesma linhagem e transplantadas diretamente no estriato...

Minociclina atenua os preju?zos motores em ratos submetidos ? isquemia focal no c?rtex motor e expostos cronicamente ao etanol da adolesc?ncia ? fase adulta

OLIVEIRA, Gede?o Batista de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
38.18%
Segundo a Organiza??o Mundial da Sa?de, o consumo de ?lcool no mundo tornou-se um problema de sa?de p?blica. Neste contexto, o Brasil figura na 63? posi??o no mundo em consumo de ?lcool per capita para pessoas com 15 anos ou mais de idade. Al?m de seus efeitos s?cio-econ?micos, o etanol constitui um importante fator de risco na ocorr?ncia de isquemias cerebrais. O consumo exacerbado desta droga colabora para o mau progn?stico, assim como para o poss?vel tratamento de morbidades relacionadas ao acidente vascular cerebral. O objetivo deste estudo foi avaliar altera??es neuromotoras ap?s bloqueio da ativa??o micr?glial com minociclina em ratos submetidos ? isquemia focal no c?rtex motor, quando tratadas cronicamente com etanol da adolesc?ncia a fase adulta. Ratos receberam durante 55 dias, por gavagem, etanol (6,5 g/kg/dia, 22,5 p/v). No t?rmino destes 55 dias os animais foram submetidos ? microinje??es do pept?deo vasoconstritor endotelina-1 (40 pmol), para indu??o de les?o isqu?mica focal c?rtex motor. Os animais isquemiados foram tratados com minociclina recebendo duas doses di?rias de 50 mg/kg nos primeiros dois dias, e mais cinco aplica??es di?rias ?nicas de 25 mg/kg, por via intraperitoneal, at? o s?timo dia p?s-indu??o isqu?mica. Os testes comportamentais realizados foram campo aberto...

Efecto de la minociclina y de la sulfadiazina sobre las alteraciones del sistema somatostatinérgico cerebral de la rata inducidas por el péptido [beta]-amiloide

Burgos Ramos, Emma
Fonte: Universidade de Alcalá Publicador: Universidade de Alcalá
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: 5781018 bytes; application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
27.38%

Replicación viral y producción de óxido nítrico y malondialdehído en cultivos celulares y ratones tratados preventivamente con melatonina, minociclina y ácido ascórbico infectados por el virus de encefalitis equina venezolana

Salazar de Acosta, Jenny
Fonte: Universidade de Alcalá Publicador: Universidade de Alcalá
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
27.38%
El virus de Encefalitis Equina Venezolana (EEV) ha causado extensas epidemias a lo largo de América del Sur, sobre todo en Venezuela. Afecta, con una alta morbilidad, el sistema nervioso central (SNC) en humanos y equinos. Existen sustancias antioxidantes que interactúan con los radicales libres retardando la oxidación; entre ellas se encuentran la Melatonina (MLT), la Minociclina (MIN) y el Ácido ascórbico (AA). Se plantea determinar el efecto in vitro e in vivo de la MLT, MIN y AA sobre la replicación viral, producción de Óxido nítrico (NO), y Malondialdehído (MDA) en cultivos celulares y ratones infectados por el EEV. En los ensayos in vitro se utilizaron células de neuroblastoma múrido (Na2) las cuales recibieron tratamiento preventivo individual y combinado de MLT en dosis de 0,5 mM, 1,0 mM y 5,0 mM 30 minutos antes de la infección, en la MIN se utilizaron dosis de 0,1 [my]M, 0,2 [my]M y 2,0 [my]M 30 minutos antes de la infección y de AA dosis de 25,0 [my]M, 50,0 [my]M y 75,0 [my]M 1 hora antes de la infección viral. La infección con el virus de EEV se realizó a una concentración de 1x10-6 UFP/ml en atmosfera de 5% de CO2 y a 37°C. Se tomaron sobrenadantes para determinar NO, MDA, títulos virales a las 24 h post-infección. Los ensayos in vivo se realizaron en ratones NMRI albinos los cuales recibieron tratamiento preventivo individual y combinado por vía subcutánea con 500 [my]g de MLT/Kg de peso...

Minocycline treatment of chloroquine-and Fansidar R-resistant falciparum malarial; Malária falciparum resistente à cloroquina e ao Fansidar R tratada com minociclina

Ferraroni, José J.
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/1983 POR
Relevância na Pesquisa
37.93%
Em abril de 1978 uma infecção malárica causada por Plasinodium falciparum foi diagnosticada em um paciente adulto do sexo masculino, nativo da Amazônia brasileira. O parasito foi resistente in vitro à cloroquina e in vivo à associação pirimetamina + sulfadoxina (FansidarR). O paciente foi tratado com minociclina (MinomaxR); contudo, sua resposta imune ao parasito pode ter tido um importante papel na eficácia do tratamento com a minociclina.; In April 1978, a Plasmodium falciparum infection was diagnosed in an adult male in Brazilian Amazonia. The parasite was resistant in vitro to chloroquine and resistent in vivo to pyrimethamine-sulfadoxine (FansidarR). The patient was successfully treated with minocycline (MinomaxR); however, his immune response to the parasite may have played an important role in the efficacy of the minocycline treatment.

Staphylococcus aureus meticilina-resistente en hospitales universitarios de Buenos Aires: reemplazo del clon Sudamericano multi-resistente por otro sensible a rifampicina, minociclina y trimetoprima-sulfametoxazol

Gardella,N.; Picasso,R.; Predari,S.C.; Lasala,M.; Foccoli,M.; Benchetrit,G.; Famiglietti,A.; Catalano,M.; Mollerach,M.; Gutkind,G.
Fonte: Revista argentina de microbiología Publicador: Revista argentina de microbiología
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2005 ES
Relevância na Pesquisa
27.38%
El objetivo de este trabajo fue la caracterización de aislamientos de Staphylococcus aureus meticilina-resistentes (SAMR), provenientes de diferentes procesos infecciosos de pacientes internados en dos hospitales universitarios. Catorce aislamientos fueron analizados mediante la PCR de secuencias repetitivas (Rep-PCR), la amplificación al azar de ADN polimórfico (RAPD-PCR) y la electroforesis de campo pulsado (PFGE). Encontramos que un clon prevalente de SAMR, sensible a rifampicina, minociclina y trimetoprima-sulfametoxazol (RIF S, MIN S, TMS S) estaba presente en ambos hospitales, reemplazando al clon SAMR y multi-resistente previamente descrito en estos mismos hospitales. En este nuevo clon se detectó el cassette cromosómico estafilocócico SCCmec tipo I.

Efecto de la Minociclina como coadyuvante en el tratamiento de la enfermedad periodontal

Martínez,Julio; Esmeralda,Salazar de Plaza
Fonte: Facultad de Odontología -UCV Publicador: Facultad de Odontología -UCV
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 ES
Relevância na Pesquisa
37.72%
Resumen El énfasis sobre el papel de las bacterias en la iniciación y progresión de la enfermedad periodontal, ha conducido a un gran interés en el uso de antibióticos y antimicrobianos en su terapia. Antibióticos sistémicos han sido utilizados extensamente en Periodoncia para varios propósitos incluyendo la prevención de la infección postquirúrgica, manejo de la periodontitis juvenil, de las formas progresivamente rápidas de la enfermedad y terapia para pacientes que no han respondido al tratamiento convencional. Inherentes a la administración sistémica de los antibióticos, son los problemas tales como el riesgo de incrementar la resistencia bacteriana a múltiples antibióticos, así como encontrar efectos colaterales potencialmente desagradables y problemas con el cumplimiento del paciente. Los conceptos cambiantes relativos al potencial de hipersensibilidad de antibióticos administrados localmente y la razón de elegir áreas localizadas de la destrucción periodontal, ha conducido al desarrollo de los sistemas locales de liberación controlada, para la terapia antibiótica de la periodontitis. Este trabajo describe el uso de la minociclina en un sistema de aplicación local subgingival como coadyuvante de la terapia mecánica convencional en la enfermedad periodontal.

Malária falciparum resistente à cloroquina e ao Fansidar R tratada com minociclina

Ferraroni,José J.
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1983 PT
Relevância na Pesquisa
37.93%
Em abril de 1978 uma infecção malárica causada por Plasinodium falciparum foi diagnosticada em um paciente adulto do sexo masculino, nativo da Amazônia brasileira. O parasito foi resistente in vitro à cloroquina e in vivo à associação pirimetamina + sulfadoxina (FansidarR). O paciente foi tratado com minociclina (MinomaxR); contudo, sua resposta imune ao parasito pode ter tido um importante papel na eficácia do tratamento com a minociclina.