Página 1 dos resultados de 1014 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Um contributo para pensar a geografia das migrações : a comunidade brasileira na Região Centro de Portugal

Santos, Maria Gonçalves Conceição
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
A investigação sobre a inserção de brasileiros no mundo do trabalho, na Região Centro de Portugal, constitui um contributo para se pensar a geografia das migrações internacionais neste país. Investigar as causas da emigração brasileira, as razões da escolha da Região Centro e como o(a) trabalhador(a) brasileiro(a) tem-se incluído no mundo do trabalho são os objetivos principais desta pesquisa. Adotou-se como área geográfica de estudos os distritos de Aveiro, Coimbra e Leiria. A compreensão dessa mobilidade territorial tem um componente no lugar e outro no mundo. As questões globais interferem incisivamente no lugar e este por sua vez se reflete no mundo. As trajetórias geográficas desses trabalhadores, quem são, como chegaram, qual a escolaridade, como se inserem no mundo do trabalho nos distritos analisados, como percebem o Brasil e a escolha da região Centro de Portugal para morar e trabalhar, foram pontos destacados na investigação. Ao desenvolver os conceitos de migração, globalização e mundo do trabalho, buscou-se elementos de suporte para analisar a geografia das migrações no campo específico da geografia social. Assim, foi necessária a correlação com as teorias das migrações internacionais...

Fintar Fronteiras: migrações internacionais no futebol português

Nolasco, Carlos
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
O futebol é um dos mais importantes fenómenos sociais contemporâneos. Atualmente, os resultados desportivos traduzem-se em algo mais do que meras vitórias e derrotas de um jogo, sendo também a expressão de ganhos ou perdas culturais, políticas e económicas. Num contexto de intensa competição, acentuada pelas dinâmicas da globalização, o universo futebolístico procura maximizar desempenhos tornando, por isso, imperativa a procura incessante de jogadores com características físicas, competências técnicas e táticas e mentalidade competitiva, capazes de materializar em vitórias as aspirações dos adeptos, dos clubes e dos investidores. Quando esses jogadores não são encontrados no espaço nacional, ou a relação de procura e oferta sugere outros mercados de trabalho, são procurados fora do país, suscitando processos migratórios. Desta forma, tal como noutras áreas onde se regista uma elevada mobilidade internacional de trabalhadores, também no futebol ocorrem relevantes processos de mobilidade internacional de jogadores. Um volume crescente de futebolistas profissionais tem, assim, vindo a deslocar-se entre países, determinando a forma como as competições decorrem. O futebol português não ficou indiferente a tais dinâmicas migratórias. Não sendo um processo recente...

Imagens das migrações : chineses na área metropolitana do Porto : do ciclo da seda à era digital

Nunes, Maria Fátima Ferreira
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.35%
Tese de Doutoramento em Antropologia na especialidade de Antropologia Visual apresentada à Universidade Aberta; O presente trabalho incide sobre uma tripla problemática: a Antropologia Visual visando uma metodologia específica de inquérito (visual e sonoro) e a apresentação dos resultados em forma de discurso visual e/ou audiovisual, as representações mentais, visuais e audiovisuais (filmes, media) acerca da problemática das migrações e da escola, isto é, o cinema como terreno, e a imigração chinesa em Portugal, em duas temporalidades e contextos sociais, políticos, económicos muito distintos: o final dos anos vinte, do século passado e os anos oitenta do mesmo século. A «viagem» teórica, mental, física, durante o percurso que termina aqui, apresenta cinco capítulos: «O Acaso e a Experiência das Imagens em Antropologia», «A Escrita e a Montagem como Processo de Investigação?», «Migrações Globais. Para uma Antropologia Transnacional», Imigrantes Chineses na Área Metropolitana do Porto. O «Ciclo da Seda», «A Nova Imigração Chinesa. A Era Digital». Deste caminho longo, resultou a escrita de «Imagens das Migrações. Chineses na Área Metropolitana do Porto. Do Ciclo da Seda à Era Digital»...

Revista Migrações

Horta, Ana Paula Beja
Fonte: ACIDI - Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural Publicador: ACIDI - Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
Com este número da Revista Migrações retrata-se de forma aprofundada o papel do movimento associativo imigrante na construção de uma sociedade intercultural onde se aliam os dois objectivos definidos, à primeira vista, como opostos de preservação da identidade cultural de origem e integração na sociedade de acolhimento. A experiência acumulada pelo ACIDI neste domínio comprova a justeza do princípio trabalhar para os imigrantes, com os imigrantes. Esta co-responsabilidade na construção das sociedades democráticas onde todos somos participantes leva-nos a desejar um associativismo imigrante cada vez mais forte, contribuindo para quebrar a solidão daqueles que procuram, longe das suas comunidades de origem, um futuro melhor para si, em troca do trabalho que prestam para o desenvolvimento da comunidade que os acolhe.

As migrações : uma leitura política e uma visão humanista

Barroso, Maria Beatriz de Sousa Dias Ferreira
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
Ao ter como base geral de pesquisa – A Europa diante do fenómeno migratório - a procura de uma nova Humanização – o objectivo deste trabalho consistiu na análise de algumas formas de manifestação e do impacto deste fenómeno nas sociedades democráticas inseridas nesse espaço. A consciência que as migrações têm seguido a história do mundo e as civilizações e que a sua análise permite avaliar o destino de seres humanos que partem em busca de soluções para as suas vidas. A convicção que a configuração das migrações tem um amplo significado social, cultural e económico e que uma política de imigração fechada, repressiva ou redutora do seu verdadeiro significado pode dividir a Humanidade. O receio que gera a continuidade de uma visão unilateral do Mundo e o esquecimento das condições existenciais difíceis de alguns países de emigração. A renúncia de alguns em escutar um discurso carecido de autenticidade e em apoiar um diálogo comprometido com alguns pressupostos ideológicos pouco claros. O desejo de participar na denúncia da propagação de atitudes facilitadoras dos sentimentos racistas e xenófobos. O repúdio pelo desnorteamento ontológico traduzido pela defesa de certas atitudes persecutórias infringidas aos imigrantes clandestinos. A adopção de uma política basicamente norteada pelo controlo das fronteiras e pela exploração económica dos imigrantes. A indignação pelo esquecimento ou negligência na vigilância e aplicação dos direitos fundamentais...

Migrações internacionais, Direitos Humanos e cidadania sul-americana: o prisma do Brasil e da integração sul-americana; International Migration, Human Rights and South-american citizenship: Brazilian and South-american regional integration approach

Baraldi, Camila Bibiana Freitas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
As migrações internacionais contemporâneas, ditas globais, têm sido tratadas como um problema ao qual as políticas migratórias dos Estados nacionais precisam dar uma solução. O enfoque desta tese busca desvelar a politização da construção dessas políticas em torno do conceito da irregularidade migratória e das transformações decorrentes da atual dinâmica transnacional das migrações, associada às subjetividades dos migrantes como prática política de transformação da cidadania nacional. Diante desse quadro os discursos patrocinados pelas Organizações Internacionais em torno da ideia de gestão das migrações se mostram nada transformadores em razão de seu caráter tecnocrático. No Brasil, os discursos referentes a uma política migratória baseada nos direitos humanos são predominantes, mas ainda não concretizados. Através de entrevistas com atores governamentais brasileiros busca-se aprofundar a análise sobre esta diretriz diante da amplitude das transformações que requer. Conclui-se que a cidadania sul-americana em construção, a partir do Acordo de Residência do Mercosul, tem características do que poderia vir a ser uma cidadania fundada no paradigma da mobilidade.; International migration has been considered a problem to be solved by national states' national migration policies. The study aims at revealing the political aspects arising as a result of policy development around the concept of migration irregularity and of the changes arising on the transnational dynamics of migration associated with the immigrants` subjectivity as a political practice of citizenship transformation. The analysis has shown that the migration management discourse coming from the international organizations proves to be insufficient to any transformation due its technocratic features. In Brazil...

Políticas públicas e gestão das migrações internacionais no Brasil : uma reflexão sobre os migrantes qualificados

Coentro, Luciana Unis
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.41%
Acompanhando a gradual melhoria dos indicadores socioeconômicos no Brasil, um maior contingente de brasileiros vem conquistando níveis mais elevados de qualificação educacional e preparo técnico. Dados do Sistema Econômico Latino Americano e do Caribe (SELA, 2009; 2010) para o período 2000-2008 apontam um aumento de 28% no número de brasileiros com 13 anos ou mais de escolaridade formal, enquanto a população total do país se expandiu em 10,7%. Isto sugere que, na média, os brasileiros estão se tornando mais capacitados para enfrentar os desafios de um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e com escala global. Por outro lado, políticas migratórias internacionais de países desenvolvidos têm, ao mesmo tempo, incentivado a imigração de profissionais qualificados provenientes de diversas partes do globo. Nesse quadro, um crescente número de brasileiros com nível educacional superior à média nacional, tem buscado novas oportunidades profissionais ou acadêmicas nesses países. Ainda com base nos dados do SELA (2009 e 2010), no ano 2000, 154,5 mil brasileiros qualificados residiam em algum dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), enquanto em 2008 eles somavam 227...

Migrações e Desenvolvimento: Análise da atuação da Organização Internacional Para as Migrações no Haiti pós-terremoto de 2010

Araújo, Weriky Victor de Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 87 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.49%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Relações Internacionais.; Este estudo esta situado no campo das Migrações Internacionais e Desenvolvimento. Ancorado pelo método indutivo, a pesquisa tem como objetivo investigar a influencia que atuação da Organização Internacional para Migrações causou no processo de migração e desenvolvimento no Haiti. Para tal, o estudo é dividido em três capítulos, que pretendem apresentar a discussão a respeito dos três objetivos específicos da pesquisa, sendo eles: a) discorrer sobre os aspectos teórico-conceituais das migrações internacionais e do “desenvolvimento como liberdade”, proposto por Amartya Sen (2010); b) apresentar o projeto de migração e desenvolvimento da Organização Internacional para Migrações (OIM), bem como instrumentos internacionais de outras Organizações referentes à temática migratória; c) analisar a influência da atuação OIM no Haiti no processo de migração e desenvolvimento do país. Essa monografia caracteriza-se por bordar um tema recente e pouco bibliografado sobre migrações e desenvolvimento na América Latina e a atuação da OIM no sistema internacional. Além de colaborar para pesquisas sobre a temática a respeito do Haiti...

Migrações inter-regionais : fatores explicativos e modelos previsionais

Silva, Carlos Jorge da Costa Azevedo
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
Nas dinâmicas demográficas da Europa, os saldos naturais têm vindo a perder terreno, enquanto os saldos migratórios ganham importância. Mas esta relevância decorre também do forte impacto que têm na estrutura etária das populações. Por isso o fenómeno migratório emerge como decisivo no exercício prospetivo em demografia. Por outro lado, a metodologia do projeto DEMOSPIN – em que se inseriu esta investigação – assumiu a coevolução económico-demográfica como suporte teórico e as migrações como o mecanismo de ligação entre a economia e a demografia. Assim, e porque o Projeto teve o foco nas dinâmicas demográficas das regiões NUTS III do interior português, o modelo de migrações do presente trabalho teve de responder à necessidade de capturar os movimentos inter-regionais de populações, estimando saldos migratórios desagregados por regiões NUTS III, grupos etários quinquenais e sexos. Com este objetivo, incluiu-se nas variáveis explicativas, além das de teor socioeconómico, outras que representassem os movimentos de migrantes no passado, para explicarem os saldos migratórios dos mais idosos. Um modelo satélite para estimar os movimentos dos mais novos foi também integrado. Este modelo de estimação de migrações revela grande capacidade explicativa nos grupos de idades mais reativos às variações de oportunidades de emprego nas regiões...

Migrações, geografia escolar e educação para a cidadania

Silva, Ana Celeste
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.35%
Relatório da Prática de Ensino Supervisionada, Mestrado em Ensino da História e da Geografia, Universidade de Lisboa, 2011; Migrações, Geografia Escolar e Educação para a Cidadania relata a prática de ensino supervisionada que desenvolvemos na disciplina de Geografia. Apresenta a concepção, implementação e avaliação de uma unidade didáctica, dirigida aos alunos da turma B do 8.º ano de escolaridade do CIMM, no âmbito do tema População e Povoamento e do subtema A distribuição e mobilidade da população. A unidade didáctica que concebemos tem os seus alicerces nas Migrações e nos Migrantes, mas igualmente na geografia escolar, que se pretende recentrada, social, problematizadora do real, global, sistémica e activa; e na educação para a cidadania. Não podendo ignorar que a sociedade actual é multicultural, a escola tem de estar preparada para formar um novo tipo de cidadão: o cidadão global. E este, por sua vez, deve ser detentor e defensor de valores como a tolerância, a igualdade, a justiça social, a liberdade e o respeito. Enquadrados por estes princípios da geografia escolar e pelas balizas dos paradigmas cognitivista e o ecológico-contextual, depois de estudarmos o fenómeno das migrações do ponto de vista científico...

Migrações e desenvolvimento: alguns comentários críticos

Abreu, Alexandre
Fonte: ISEG - SOCIUS Publicador: ISEG - SOCIUS
Tipo: Outros
Publicado em //2004 POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
Este texto procura analisar as relações de causalidade entre migrações e desenvolvimento, partindo para isso de um comentário crítico a um relatório editado pela OIM subordinado ao mesmo tema. Considera-se que a análise a que se procede nesse relatório das diversas facetas dessa relação complexa se caracteriza pela ausência de um quadro conceptual abrangente que as permita enquadrar convenientemente. Por isso, à exposição das principais conclusões do relatório, segue-se a sugestão de um tal quadro conceptual, sublinhando-se a importância de considerar os efeitos tanto estáticos como dinâmicos. Finalmente, são referidas algumas das implicações desta análise no que diz respeito às estratégias de maximização do impacte positivo da emigração por parte dos países em desenvolvimento, ainda que se reconheça que as migrações, enquanto recurso para o desenvolvimento, estão constrangidas por um regime global de gestão dos fluxos que assenta em considerações de natureza utilitarista e não de bem-estar global.; This paper seeks to analyse the causal relations between migration and development, building on a critical review of an IOM report on the same subject. The discussion of the various facets of this complex relationship in the IOM report is seen as lacking a comprehensive conceptual framework allowing for an adequate understanding of the topic. Therefore...

A imigração na Europa: a ação política da União Europeia para as migrações extracomunitárias

Silva,Wanise Cabral; Amaral,Nemo de Andrade do
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
Este artigo tem por objetivo fazer uma análise qualitativa da ação política regional da União Europeia para as migrações internacionais procedentes de terceiros Estados não membros do complexo institucional europeu. A normativa europeia estabelece os âmbitos do controle sobre a população extracomunitária. O controle de fronteiras, a integração social e a cooperação para o desenvolvimento constituem os eixos da política da União Europeia para as migrações. A normativa e o método utilizado pelos países da União Europeia no controle das migrações extracomunitárias resultam no relativo fracasso da ação política europeia. Nesse sentido, carecem de eficácia política e transformam um direito humano em ato delitivo.

Migrações rurais e agricultura familiar: vivências de família de Itapuranga/GO; Rural migrations and family farming: experiences of families of Itapuranga/GO

Oliveira, Flávia Sousa
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Agronegocio (EAEA); Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Agronegocio (EAEA); Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
The studies about the migratory processes tend to concentrate on the analysis of the people who migrate to other places, being rare studies that focus on the family perspective that remain in their places of origin. The objective of this research is to analyze the migrations as an experience lived by the families of farmers who remain in the municipality of Itapuranga, State of Goiás. This municipality has a wide representation in family farming and, in recent decades, also was marked by intense migratory flows, especially international. This research is characterized by a case study, carried out in Itapuranga, being that the research techniques for the removal of field data were: bibliographic research, documentary research, observation and semi-structured interviews with the families of family farmers that had some relative or friend who migrated, and interviews with key informants. The reconstruction of migratory processes in family agriculture from Itapuranga indicates the existence of a rural migrant population, built gradually since the constitution of the municipality, through a succession of migratory flows that culminated in international migration. The migratory processes experienced by the family farmers in the decades from 1960 to 1980 are related to the distinct and heterogeneous forms of social...

As migrações nas cidades médias de Minas Gerais e seus impactos no crescimento e na composição por sexo e idade da população no período 1980-2010

Carvalho,Rodrigo Coelho de; Rigotti,José Irineu Rangel
Fonte: Associação Brasileira de Estudos Populacionais Publicador: Associação Brasileira de Estudos Populacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
ResumoO principal objetivo deste artigo é investigar as migrações nas cidades médias de Minas Gerais e os seus efeitos no crescimento e na composição por sexo e idade da população, no período 1980-2010. Para isso, foram utilizados os dados dos Censos Demográficos de 1980, 1991, 2000 e 2010 e os dados referentes ao quesito de migrante "data fixa" dos três últimos censos (desagregados por sexo e idade). Os resultados revelaram um quadro heterogêneo no que diz respeito aos impactos das migrações no volume e na composição das populações estudadas. Apesar de a maioria das cidades médias de Minas Gerais ter apresentado saldos migratórios positivos e relativamente altos em todos os períodos analisados, algumas exceções marcantes foram observadas na porção leste do Estado. Enquanto os efeitos das migrações na composição por sexo mostraram-se pouco significativos, os efeitos na estrutura etária foram substanciais, indicando uma forte tendência de os ganhos populacionais decorrentes da migração atuarem no sentido de reduzir o ritmo de envelhecimento populacional, em função da seletividade etária dos migrantes.

Migrações internacionais na Amazônia brasileira : impactos na política migratória e na política externa

Xavier, Fernando César Costa
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
37.35%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, doutorado Interinstitucional, Universidade de Brasília/ Universidade Federal de Roraima/Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais, 2012.; A presente Tese parte da constatação de que as migrações internacionais são hoje um fenômeno de amplas repercussões, cujo estudo se mostra cada vez mais relevante para a análise geopolítica e o exame de parte das mudanças sóciodemográficas por que passam os Estados que são afetados pela chegada e pela saída de migrantes. Embora as migrações contemporâneas indiquem peculiaridades características das demandas por cidadania surgidas com o discurso cosmopolita que acompanha a atuação de Organizações Internacionais como a Organização das Nações Unidas e a Organização dos Estados Americanos, constata-se que a leitura predominante sobre migrações mantém-se atrelada a pressupostos teóricos neoconservadores e funcionalistas. Para fazer frente a isso, os sistemas de justiça internacional, em âmbito global e regional, estabeleceram nas últimas décadas instrumentos jurídicos voltados à proteção das “pessoas em movimento”. Entretanto, há países, como o Brasil, que ainda não aderiram integralmente às importantes convenções relativas aos direitos dos migrantes...

Entre “Nós” e os “Outros”: o excecionalismo americano como enquadramento identitário das narrativas securitizadoras das migrações nos Estados Unidos da América no pós-11 de Setembro, 2001-2013

Domingos , Luís Filipe Teixeira
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.35%
O fim da Guerra Fria e em particular os ataques terroristas de 11 de Setembro de 2001 foram importantes aceleradores de um constante (e já longo) processo de crescente securitização das fronteiras e migrações nos EUA, que por sua vez teve impacto na forma como as elites políticas norte-americanas conceberam a identidade nacional do país, ancorada na ideologia da excecionalidade da experiência e do destino americanos e associada a uma posição dirigente do país nos assuntos externos, o excecionalismo americano. As migrações internacionais são relevantes neste contexto porque expõem a tensão inerente entre a necessidade dos Estados-nação protegerem o seu território e a sua população e a impossibilidade fazer esse controlo de forma perfeita, em especial num mundo globalizado; e as dificuldades em manter uma identidade nacional homogénea quando se partilha a comunidade política com membros que à mesma são alheios/estrangeiros (imigrantes). Esta dissertação analisa as relações entre o excecionalismo americano como visão do mundo primacial para a conceção de identidade das elites políticas americanas e a crescente securitização das migrações no período pós-11 de Setembro de 2001, em especial até 2013. A análise empírica centra-se numa análise crítica do discurso (recorrendo à abordagem discursivo-histórica da Escola linguística de Viena) de textos com caráter discursivo criados pelos dois Presidentes (George W. Bush e Barack Obama) e utilizando-os como base para uma discussão acerca das formas como as narrativas securitizadoras foram justificadas pelos atores políticos norte-americanos e se o excecionalismo americano continua o paradigma através do qual essas elites veem o mundo e segundo o qual alinham as suas posições nos recorrentes debates públicos sobre as políticas de segurança e de imigração dos EUA. No fim da dissertação...

RELEASE DO VÍDEO "SOCIOLOGIA DAS MIGRAÇÕES"; RELEASE DO VÍDEO "SOCIOLOGIA DAS MIGRAÇÕES"

Valery, Françoise Dominique; Rossini, Rosa Ester
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 02/11/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.35%
RELEASE DO VÍDEO "SOCIOLOGIA DAS MIGRAÇÕES"; RELEASE DO VÍDEO "SOCIOLOGIA DAS MIGRAÇÕES"

A Imigração na Europa: a ação política da União Europeia para as migrações extracomunitárias; Immigration in Europe: the European Union’s political action for extra migration

Silva, Wanise Cabral; UFF; do Amaral, Nemo de Andrade; Universitat de València.
Fonte: Fundação José Arthur Boiteux Publicador: Fundação José Arthur Boiteux
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/07/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
doi: http://dx.doi.org/10.5007/2177-7055.2013v34n66p235 Este artigo tem por objetivo fazer uma análise qualitativa da ação política regional da União Europeia para as migrações internacionais procedentes de terceiros Estados não membros do complexo institucional europeu. A normativa europeia estabelece os âmbitos do controle sobre a população extracomunitária. O controle de fronteiras, a integração social e a cooperação para o desenvolvimento constituem os eixos da política da União Europeia para as migrações. A normativa e o método utilizado pelos países da União Europeia no controle das migrações extracomunitárias resultam no relativo fracasso da ação política europeia. Nesse sentido, carecem de eficácia política e transformam um direito humano em ato delitivo.; This article analyzes the EU regionalpolicy for international migration, originatingfrom the third parties and states notmembers of the European institutional complex.The European regulations laying downthe scope of control over the foreign population,border control, social integration anddevelopment cooperation are the three mainroutes of migration policy in the EU. Therules and the method used in the control ofmigration by EU countries resulted in relativefailure of European policy action in thisdirection...

As migrações internacionais no Brasil: construindo ferramentas para análise - Observatório das Migrações Internacionais no Brasil

Cavalcanti, Leonardo; Tonhati, Tânia
Fonte: Cadernos OBMigra - Revista Migrações Internacionais Publicador: Cadernos OBMigra - Revista Migrações Internacionais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 30/01/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
O seguinte texto trata sobre a construção de ferramentas para análise das migrações internacionais do Brasil. Abordando também sobre o Observatório das Migrações Internacionais.  

Mobilidades, Migrações e Orientações Sexuais: Percursos em torno das fronteiras reais e imaginárias

Vieira,Paulo Jorge
Fonte: Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres - APEM Publicador: Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres - APEM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
Partindo de uma reflexão teórica sobre a inter-relação entre mobilidade, migrações e orientações sexuais, este texto pretende abrir perspectivas possíveis de investigação, em Portugal, neste tema, que cruza as áreas interdisciplinares do estudos de migrações e dos estudos queer. Apresentamos um conjunto de reflexões que cruzam, metaforicamente e materialmente, as formas de mobilidades com a orientação sexual nomeadamente através da análise da metáfora da ‘saída do armário’, da reflexão sobre a centralidade dos espaços urbanos como focos atractivos para lésbicas e gays, e a necessidade de repensar e redefinir a investigação sobre migrações internacionais dando particular atenção aos processos relacionados com o asilo político.