Página 1 dos resultados de 150 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Contribuciones y complicaciones de Michel Maffesoli en el estudio de las neocomunidades estudiantiles postmodernas; Michel maffesoli´s contributions and complications in the study of postmodern student communities

Torres Morillo, Moraima; Dorneles, Malvina do Amaral; Villegas, Margarita Maria Morales
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
47.03%
En este texto se debaten las implicaciones de los aportes teóricos de Michel Maffesoli (1998; 2003; 2005a; 2005b; 2005c) en el campo de la investigación educativa. Este autor invita a los científicos sociales a contemplar la “respiración social” propia del espacio civilizatorio actual, donde han caído el mito de progreso, los proyectos futuristas y los grandes ideales utópicos. Dentro de esta realidad, cada día una mayor cantidad de jóvenes se muestran irreverentes a la pertinencia de la educación en sus vidas y centran sus expectativas de futuro en sus propias conquistas personales y están fuertemente marcados por una cultura presentista que favorece el disfrute inmediato en detrimento del trabajo, el esfuerzo y la postergación del placer. Estos jóvenes componen las “neocomunidades estudiantiles postmodernas” siendo común entre ellos “deserción” “repititencia” “exclusión” y “fracaso escolar”, su crecimiento constante invita a los investigadores educativos a generar estudios que partan de una lógica sensible (Maffesoli, 1998) y no la lógica del deber ser que tradicionalmente imperó en la ciencia moderna.; A this paper it`s discuss implications of the theoretical contributions of Michel Maffesoli (1998; 2003; 2005a; 2005b; 2005c) in the field of the educational research. This writher invites social scientists to contemplate the social breathing of present civilization...

Agö, orixá! gestão de uma jornada afro-estética-trágica : o relato de um aprendizado e de uma formação pedagógica vivida no candomblé

Correia, Paulo Petronilio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.83%
A Tese problematiza o aspecto estético, ético e pedagógico do Ilê axé Oya Gbembale em Goiânia. Propõe-se compreender o Terreiro de Candomblé como espaço de aprendizagem, onde o trágico ganha um contorno pela sua plasticidade, movimento e complexidade que povoa o Cotidiano e a vida do Povo do Santo. Assim, a Educação no Axé ganha uma dimensão política e epistemológica na medida em que as vozes do Terreiro se revelam formando uma ética e uma estética do estar – junto, edificando uma Pedagogia que se constrói na experiência vivida e partilhada com a tribo do Candomblé. Intensifica-se assim, os laços existentes entre os vários aspectos da iniciação pedagógica e do mimetismo, dando um contorno a essa tragédia que faz do Candomblé um espaço vital, alegre e festivo, instaurando aí uma viscosidade nas relações humanas fruto das relações pedagógicas, ontológicas e existenciais entre os Pais e Filhos de Santo. No entanto, a Tese versa-se em torno de um relato que testemunha a gestão de uma vida e das relações dionisíacas que estabeleci com o Povo do Santo, a partir das jornadas que percorri desde o meu processo- de- iniciaçãopedag ógica, entregando-me a essa sensibilidade diante dos signos do Candomblé. Assim...

Existe sujeito em Michel Maffesoli?; Does maffesoli indicate the existence of subject?; M affesoli indique-t-il l’existence du sujet?; ¿Existe sujeto en Michel Maffesoli?

Silva, Marli Appel da; Guareschi, Pedrinho Arcides; Wendt, Guilherme Welter
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
67.37%
Este ensaio discute a concepção de sujeito na abordagem teórica de Michel Maffesoli. As ideias desse autor estão em voga em alguns meios acadêmicos no Brasil e são difundidas por algumas mídias de grande circulação nacional. Entretanto, ao longo de suas obras, os pressupostos que definem quem é o sujeito maffesoliano se encontram pouco clarificados. Portanto, para alcançar o objetivo a que se propõe, este ensaio desenvolve uma análise da epistemologia e da ontologia maffesoliana com a finalidade de compreender as origens dos pressupostos desse autor, ou seja, as teorias e os autores em que Maffesoli se baseou para desenvolver uma visão de sujeito. Com essa compreensão, pretende-se responder à questão: existe sujeito na abordagem teórica de Maffesoli.; The present essay discusses the conception of the subject according to the theoretical approach of Michel Maffesoli, Professor of Sociology at Sorbonne, in Paris. The ideas of this author are very popular in some academic circles in Brazil and are disseminated through some nationwide media. However, the presuppositions that define who is Maffesoli’s subject are not sufficiently clarified in his works. Thus, in order to achieve the objective of this essay, an analysis of Maffesoli’s epistemology and ontology is performed to provide the understanding of the origins of the author’s presuppositions...

Santé et spiritisme

Silva, Érica Quinaglia
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 329 p.| il.
FRE
Relevância na Pesquisa
36.6%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, Florianópolis, 2011.; ; Abstract : This thesis aims to investigate the therapeutic itineraries of the third revelation, or spiritism, in France and Brazil. The investigation is achieved in urban contexts, that is to say Paris and the metropolitan region of Brasília. The itineraries of spiritism and health, in plural, translate the idea of a circulation of representations and practices, which are not tight and closed, but are socially, historically and culturally modified. Spiritism was born as a science and philosophy in France. It was settled as a religion in Brazil. As it will be presented, its knowledge and practices are in permanent (re)construction. This thesis goes through the disputes between spiritism and science in these both countries. In Brazil, having been consolidated as a religion, a label that guarantees constitutional protection, ?spiritism of white table? had to face ?low spiritism?. This issue is relevant to show that the spiritist practices analyzed were (and still are) marginalized. They have been historically situated in the limits of illegality. Nowadays, they are frequently considered as frauds. These expressions...

Reflexões concernentes ao conceito trabalho na cotidianidade ( em Agnes Heller e Michel MAffesoli)

Vaz,Marta Regina Cezar
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1995 PT
Relevância na Pesquisa
46.74%
Ensaio sobre os escritos de Agnes HELLER acerca da categoria trabalho, com a intenção de marcar paralelos entre os pensamentos desta autora e os de Michel MAFFESOLI. Fica evidenciado que em ambos são manifestas as análises da vida cotidiana, espaço histórico do desenvolvimento individual e social. HELLER trabalha esta categoria - cotidiano - dentro de uma abordagem "construtivista-dialética", onde o sujeito da história é visualizado em sua temporalidade (passado, presente e futuro), dentro do processo de transformação individual e coletiva. Já a abordagem de MAFFESOLI contém um núcleo "fenomenológico-compreensivo", onde o sujeito da história é perseguido na dimensão do presente ("vida comum/vida banal").

Existe sujeito em Michel Maffesoli?

Silva,Marli Appel da; Guareschi,Pedrinho Arcides; Wendt,Guilherme Welter
Fonte: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.98%
Este ensaio discute a concepção de sujeito na abordagem teórica de Michel Maffesoli. As ideias desse autor estão em voga em alguns meios acadêmicos no Brasil e são difundidas por algumas mídias de grande circulação nacional. Entretanto, ao longo de suas obras, os pressupostos que definem quem é o sujeito maffesoliano se encontram pouco clarificados. Portanto, para alcançar o objetivo a que se propõe, este ensaio desenvolve uma análise da epistemologia e da ontologia maffesoliana com a finalidade de compreender as origens dos pressupostos desse autor, ou seja, as teorias e os autores em que Maffesoli se baseou para desenvolver uma visão de sujeito. Com essa compreensão, pretende-se responder à questão: existe sujeito na abordagem teórica de Maffesoli.

Espetáculo, simulacro, tribalismo, hipermodernidade: paradoxos da sociedade da imagem

Tonin, Juliana
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.07%
O objetivo desta pesquisa consiste em compreender qual é o papel desempenhado pela imagem no contexto em que se apresentam plurais suas condições de produção, emissão e recepção. Através de um estudo teórico que refletirá as idéias de Guy Debord, Jean Baudrillard, Michel Maffesoli e Gilles Lipovetsky, pretende-se "compreender no choque" o que se pode pensar da imagem pós-moderna. Explorar as várias possibilidades de resposta dadas por eles é o alvo maior a ser atingido. Isto porque eles apresentam argumentos díspares capazes de promover uma outra via de acesso ao conhecimento: aquela que opta pelo desvio, pelo paradoxo. Julga-se ser esta a melhor maneira de olhar para a diversidade do social que sempre escorre quando tenta ser contido na linearidade de um argumento. Guy Debord em sua tese 04 designou: o espetáculo não é um conjunto de imagens, mas uma relação social entre pessoas, mediada pelas imagens. Como Jean Baudrillard definiria o simulacro? E Michel Maffesoli, o tribalismo? E Gilles Lipovetsky, a hipermodernidade? Tentar-se-á apresentar as possíveis definições em "forma de tese 04" para melhor ver, abordar, comparar, separar os pensamentos de cada um acerca da imagem. A Sociologia Compreensiva apresentada por Maffesoli será a metodologia fundamental para...

Comunicação-midiática: reflexões sobre a socialidade em Michel Maffesoli

Souza, Antônio Vital Menezes de; Santos, Vinícius Silva
Fonte: Universidade Federal de Sergipe Publicador: Universidade Federal de Sergipe
Tipo: Trabalhos em Eventos
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.74%
Nesse trabalho o conceito de socialidade tem lugar de destaque. Exploramos a heurística de seu significado, analisando-a através de seus traços fenomênicos na cultura contemporânea. No primeiro momento, apresentamos o conceito de socialidade na sociologia compreensiva de Michel Maffesoli. No segundo descrevemos o contexto sociopolítico em que se insere e se desenvolve o conceito de socialidade como fenômeno ético-político. Os principais autores utilizados para o desenvolvimento do tema são: MAFFESOLI (2007; 1998; 1999), BAUDRILLARD (2006), COSTA (2003), JENKINS (2009), LÈVY (1999). Por fim, acreditamos na relevância de tais reflexões como políticas de sentido capazes de mais bem explorar o cenário ambíguo em que nos movemos.

"Laudatio” (Doctorat Honoris Causa du Professeur Michel Maffesoli)

Martins, Moisés de Lemos
Fonte: Reitoria da Universidade do Minho Publicador: Reitoria da Universidade do Minho
Tipo: Parte de Livro
Publicado em /04/2011 FRA
Relevância na Pesquisa
66.83%
(Excerto) Le professeur Michel Maffesoli est l'un des sociologues européens les plus influents de notre contemporanéité. Et sûrement l'un des plus sages. En lui rendant cet hommage académique, L'université du Minho a fait un choix. Elle a choisi la pensée, d'une largesse et d'une liberté sans restriction, une pensée qui est l'apanage d'une véritable Universitas, contre La «langue de bois» de la pensée unique, qui se contente de cliches, de stéréotypes, de dogmatismes, de théories de convenance et du jargon institué. Et elle a choisi, d'autre part, les possibilités de l'humain, contre l'horizon obscur d'une société logocentrique, phallocrate et prométhéenne, une société qui reste dupe dans les finalités poursuit.

Intermitências na cultura visual contemporânea : o postal ilustrado e a imagem recreativa; Intermittences dans la culture visuelle contemporaine : la carte postale illustrée et l’image récréative; Intermittences in the contemporary visual culture : the picture postcard and the recreative

Correia, Maria da Luz
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 22/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.97%
Tese doutoramento Ciências da Comunicação (área de especialização em Teoria da Cultura) Departamento de Ciências da Comunicação do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho 2013; Compreendendo a cultura visual contemporânea como resultante do jogo vivido entre as condições socioeconómicas, os avanços tecnológicos e as operações artísticas ao longo dos últimos dois séculos, perguntamo-nos: Quais as relações entre a imagem, a palavra e o real daí decorrentes? Quais as ligações entre os diferentes dispositivos do atual contexto mediático? Como caraterizar a interação entre as operações artísticas, o comércio social de imagens e os valores fundadores da instituição estética (arte/não arte, high/low, autor/espetador, original/cópia...)? Esta problemática encontra uma direção mais precisa na análise das imagens e dos usos do postal ilustrado ao longo das três primeiras décadas do séc. XX e dos anos 80, 90 e 2000 e ainda na recoleção das apropriações artísticas deste média, inseparável do advento da fotografia e da instalação de uma rede postal de comunicação mundial. Consideramos que, embora o arquivo científico em torno da iconografia coletiva se torne progressivamente extenso...

Imaginario Social : una aproximación desde la obra de Michel Maffesoli

Cassián, Nizaiá; Escobar, Ma. Gisela; Espinoza, Ricardo; García, Raúl; Holzknecht, Martín; Jiménez, Carolina
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Article; info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2006 SPA
Relevância na Pesquisa
56.98%
En este texto presentamos una revisión, -a modo de ejercicio de reflexión colectiva-, de la extensa producción bibliográfica de Michel Maffesoli, buscando articular desde los supuestos presentes en su obra, la noción de imaginario social. Para comprender el contexto de producción de este sociólogo francés, hemos comenzado por hacer una breve revisión de sus principales trabajos e influencias teóricas. Posteriormente hemos centrado la reflexión sobre sus textos fundamentales: El conocimiento ordinario, La orgía, El tiempo de las tribus, Elogio de la razón sensible y El instante eterno. Finalmente, nos aproximamos a la intersección de su obra con el imaginario social de acuerdo a cuatro categorías temáticas propuestas por Enrique Carretero (2003): el significado de la utopía, la problemática en torno a la modernidad, la integración simbólica del neotribalismo y la legitimidad del orden social.; In the following text we display a review, –a sort of collective reflection exercise-, regarding the extensive bibliographic production of Michel Maffesoli, trying to articulate the notion of social imaginary departing from the suppositions present in Maffesoli´s work. In order to understand the production context of this French sociologist...

Existe sujeito em Michel Maffesoli?; ¿Existe sujeto en Michel Maffesoli?; Does Maffesoli indicate the existence of subject?; Maffesoli indique-t-il l’existence du sujet?

Silva, Marli Appel da; Guareschi, Pedrinho Arcides; Wendt, Guilherme Welter
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
67.38%
Este ensaio discute a concepção de sujeito na abordagem teórica de Michel Maffesoli. As ideias desse autor estão em voga em alguns meios acadêmicos no Brasil e são difundidas por algumas mídias de grande circulação nacional. Entretanto, ao longo de suas obras, os pressupostos que definem quem é o sujeito maffesoliano se encontram pouco clarificados. Portanto, para alcançar o objetivo a que se propõe, este ensaio desenvolve uma análise da epistemologia e da ontologia maffesoliana com a finalidade de compreender as origens dos pressupostos desse autor, ou seja, as teorias e os autores em que Maffesoli se baseou para desenvolver uma visão de sujeito. Com essa compreensão, pretende-se responder à questão: existe sujeito na abordagem teórica de Maffesoli.; El presente ensayo discute la concepción del sujeto en el abordaje teórico de Michel Maffesoli. Las ideas de ese autor se encuentran en boga en ciertos medios académicos de Brasil y son difundidas por algunos medios de grande circulación nacional. Sin embargo, a lo largo de sus obras, los presupuestos que definen quien es el sujeto maffesoliano se encuentran poco clarificados. Por lo tanto, para alcanzar el objetivo para el cual se propone, este ensayo desarrolla un análisis de la epistemología e de la ontología maffesoliana...

A SOCIOLOGIA COMPREENSIVA DE MICHEL MAFFESOLI: IMPLICAÇÕES PARA A PESQUISA EM ENFERMAGEM

da Nóbrega, Juliana Fernandes; Instituto Federal de Santa Catarina; Nitschke, Rosane Gonçalves; Souza, Ana Izabel Jatobá; Santos, Evanguelia Kotzias Atherino dos
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.59%
Trata-se de um estudo reflexivo sobre a Sociologia Compreensiva de Maffesoli e sua relação com trabalhos na área da saúde. O texto traz uma breve biografia do autor, suas noções e os cinco pressupostos teóricos e da sensibilidade. Maffesoli defende que o racionalismo estático, símbolo do pensamento moderno, precisa dar lugar à racionalidade aberta pós-moderna – a razão sensível – que apela para o entusiasmo, para o instinto. Para ele, é necessário que haja um equilíbrio entre razão e sentimento para analisar um fenômeno. Acreditando que há algo mais, além de números, medidas e desfechos, estudiosos têm proposto o uso da razão sensível no processo de pesquisa. Portanto, a Sociologia Compreensiva, ao oferecer outra visão sobre as relações humanas, contribui sobremaneira às pesquisas no meio acadêmico, em especial às pesquisas em Enfermagem. 

FAMILYAND DAILYRELATIONSHIPS: THEANALYSIS OF FOUR STUDIES UNDER MICHEL MAFFESOLI’STHOUGH; RELACIONES FAMILIARES Y EL COTIDIANO: EL ANALISE DE CUATRO ESTUDIOS NA PERSPECTIVA DE MICHEL MAFFESOLI; RELAÇÕES FAMILIARES E COTIDIANO: A ANÁLISE DE QUATRO ESTUDOS À LUZ DE MICHEL MAFFESOLI

Madureira, Valéria Silvana Faganello; Waidman, Maria Angélica Pagliarini; Ribeiro, Edilza; Stamm, Maristela
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 16/05/2006 POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
This study had as its objective to analyze the daily living process emphasizing the family relationships. In order to do so, we opted for doing an analysis of documents, i.e., three Master course dissertations and a doctorate thesis. We collected the data having in mind four guiding questions linked to the general objective of the study: what were the components of the process of living the family relationships in the daily routine? What are the difficulties that the families find in their daily coexistence with the mentally handicapped? How did the families handle different situations in the daily coexistence with the alcohol addicted? What was the women perception regarding being and living healthy in their daily routine? When analyzing the data, we looked for convergences and divergences that allowed us a better understanding of the aspects being studied. To reach this understanding, we used the categories of analysis of daily routines – proposed by Maffesoli (1984) – double standards, cunning, silence, and acceptance of life and organic solidarity.; Este estudio tenía como su objetivo analizar el proceso de vivir en el cotidiano, evidenciando las relaciones familiares. Por eso, optamos por hacer una analise de los documentos...

Interdisciplinary dialogue between Michel Foucault´s aesthetics of existence and Michel Maffesoli´s ethics of aesthetics; Diálogo interdisciplinar entre a estética da existência de Michel Foucault e a ética da estética de Michel Maffesoli doi:10.5007/1984-8951.2011v12n100p21

Novelli, Daniela; Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).; Cisneros, Leandro; Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Diálogo Interdisciplinar; Formato: application/pdf
Publicado em 26/07/2011 POR
Relevância na Pesquisa
47.06%
This paper aims to present some reflections on the aesthetics of existence in contemporary times, by Michel Foucault´s philosophical thought and Michel Maffesoli´s sociological analysis. These considerations are addressed from our disciplinary backgrounds in History and Philosophy, to rehearse a dialogue between theoretical categories that pass the fuzzy boundary between aesthetics, ethics, everyday sociology and political philosophy.; O presente texto tem por objetivo apresentar algumas reflexões sobre a estética da existência na contemporaneidade, através do pensamento filosófico de Michel Foucault e da análise sociológica de Michel Maffesoli. Essas considerações são abordadas a partir de nossas formações disciplinares em História e Filosofia, para ensaiar um diálogo entre categorias teóricas que transitam na fronteira difusa entre estética, ética, sociologia do cotidiano e filosofia política.

A Sociologia de Michel Maffesoli e a Gestão Social: gerencie-me ou te devoro

Pacifico Filho, Miguel; Universidade Federal do Tocantins; Cançado, Airton Cardoso; Universidade Federal do Tocantins; Borges, Thelma Pontes; Universidade Federal do Tocantins
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 07/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
56.83%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2015v17nespp30Este trabalho tem o objetivo de aproximar dois referenciais: de um lado, a sociologia de Maffesoli e sua análise da contemporaneidade por meio da relativização de pressupostos sociológicos e filosóficos acerca da realização plena da humanidade em projetos ancorados em um devir e, de outro, a Gestão Social, que se apresenta como proponente de práticas alternativas ao pensamento administrativo tradicional, centrado na racionalidade utilitária. A partir da metodologia de análise comparativa, demonstram-se proposições-chave na obra de Maffesoli, politeísmo popular e socialidade, relacionando-os com a Gestão Social e suas discussões em torno da dialética negativa, o interesse bem compreendido e a esfera pública.  Concluiu-se que a Gestão Social se propõe a equacionar questões da contemporaneidade apontadas pela sociologia maffesoliana e que esta pode oferecer àquela os elementos para que se posicione como uma gestão para o que é, para o presente, e não somente para o que deve ser, para um futuro distante e impreciso.

Lógica de la dominación y potencia social en Michel Maffesoli

Arteaga Botello,Nelson
Fonte: Universidad Autónoma del Estado de México, Facultad de Ciencias Políticas y Administración Publicador: Universidad Autónoma del Estado de México, Facultad de Ciencias Políticas y Administración
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 ES
Relevância na Pesquisa
46.83%
El presente trabajo explora la relación entre los conceptos de lógica de la dominación y potencia social, entre lo instituido y lo instituyente, en el pensamiento de Michel Maffesoli. Una relación que resulta fundamental en la obra de este sociólogo porque le permite establecer un marco de análisis de la vida política de las sociedades modernas. A partir de aquí se expone el diagnóstico maffesoliano de las democracias occidentales contemporáneas, así como su propuesta de organización social que se basa en un pretendido "antimoralismo ético". Finalmente, desde esta reflexión se exploran los límites y alcances de la sociología que propone Michel Maffesoli.

Max Weber: entre relativismo e individualismo metodológico. Entrevista con Michel Maffesoli

Arriaga Martínez,Rafael
Fonte: Universidad Autónoma de Baja California, Instituto de Investigaciones Culturales-Museo Publicador: Universidad Autónoma de Baja California, Instituto de Investigaciones Culturales-Museo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 ES
Relevância na Pesquisa
46.94%
¿Max Weber, relativista? Sí, sostiene Michel Maffesoli (1985). Para Raymond Boudon, líder intelectual de la corriente de pensamiento sociológico inspirada en la teoría de la racionalidad de Weber, la lectura relativista de la obra de éste sería inaceptable. A pesar de las diferencias de posición teórica y desacuerdos entre ambos autores en torno a la obra de Weber podríamos bien retener como hipótesis de trabajo la idea de la irreductibilidad de Weber a una sola posición epistemológica, como lo propone Maffesoli. Es, pues, bajo este aspecto y en el marco de las diferencias de posición entre ambos autores que tratamos de considerar esta otra interpretación relativista que hace Maffesoli de la sociología comprensiva de Weber. Daremos cuenta de ello a través de una entrevista que el sociólogo francés nos ha amablemente acordado. Se trata, entonces, a) de discernir los aspectos de la teoría sociológica de Weber que más marcan la obra de Maffesoli y b) de acentuar al mismo tiempo las diferencias de posición existentes entre uno y otro, entre la lectura relativista que nos propone Maffesoli y la que predica Boudon en el marco del individualismo metodológico.

De Max Weber a Michel Maffesoli: inmigración, reencantamiento del mundo y politeísmo de valores en Estados Unidos

Arriaga Martínez,Rafael
Fonte: Universidad Autónoma de Baja California, Instituto de Investigaciones Culturales-Museo Publicador: Universidad Autónoma de Baja California, Instituto de Investigaciones Culturales-Museo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 ES
Relevância na Pesquisa
46.83%
De acuerdo con la teoría de la posmodernidad de Michel Maffesoli, el reencantamiento del mundo y el politeísmo de valores afectan a las sociedades modernas de manera independiente del contacto con los inmigrantes. No obstante, los inmigrantes coadyuvan a la revitalización del cuerpo social. Es con esta hipótesis en mente que evocamos una serie de ejemplos en donde se destaca la importancia de lo emocional en la estructuración de los fenómenos sociales. Dada la importancia que reviste el método comprensivo de Max Weber para la teoría de la posmodernidad, consideramos algunos de sus instrumentos, los explicamos y los aplicamos, tratando de apegarnos al entendimiento que tiene de ellos Michel Maffesoli. La importancia de lo emocional en la estructuración de los fenómenos descritos confirma la utilidad heurística de la teoría de la posmodernidad.

Contribuciones y complicaciones de michel maffesoli en el estudio de las neocomunidades estudiantiles postmodernas

Torres Morillo,Moraima; Dorneles,Malvina do Amaral; Villegas,Ma. Margarita
Fonte: Universidad Pedagogica Experimental Libertador Publicador: Universidad Pedagogica Experimental Libertador
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 ES
Relevância na Pesquisa
46.74%
En este texto se debaten las implicaciones de los aportes teóricos de Michel Maffesoli (1998; 2003; 2005a; 2005b; 2005c) en el campo de la investigación educativa. Este autor invita a los científicos sociales a contemplar la “respiración social” propia del espacio civilizatorio actual, donde han caído el mito de progreso, los proyectos futuristas y los grandes ideales utópicos. Dentro de esta realidad, cada día una mayor cantidad de jóvenes se muestran irreverentes a la pertinencia de la educación en sus vidas y centran sus expectativas de futuro en sus propias conquistas personales y están fuertemente marcados por una cultura presentista que favorece el disfrute inmediato en detrimento del trabajo, el esfuerzo y la postergación del placer. Estos jóvenes componen las “neocomunidades estudiantiles postmodernas” siendo común entre ellos “deserción” “repititencia” “exclusión” y “fracaso escolar”, su crecimiento constante invita a los investigadores educativos a generar estudios que partan de una lógica sensible (Maffesoli, 1998) y no la lógica del deber ser que tradicionalmente imperó en la ciencia moderna.