Página 1 dos resultados de 66 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Nas sendas da revolução: a poesia de Agostinho Neto e Solano Trindade; On the path of revolution: the Poetry of Agostinho Neto and Solano Trindade

Santos, Oluemi Aparecido dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.31%
A presente pesquisa tem por objetivo propor aproximações entre os autores Agostinho Neto (angolano) e Solano Trindade (brasileiro). Realizamos as comparações entre ambos considerando semelhanças literárias e políticas em seus percursos. Ao longo de suas vidas os dois poetas dedicaram-se à literatura e também a causas sociais e raciais. A pesquisa centra-se na análise comparativa entre os textos de Sagrada esperança (1985) de Neto e Cantares ao meu povo (1969) de Trindade. Para embasar nossa pesquisa teremos como foco de comparação pressupostos da Négritude enquanto temática e sua ligação com o romantismo revolucionário e/ou utópico, nas sendas dos estudos levados a efeito por Michael Löwy e Robert Sayre. Ao articularmos suas convergências, acreditamos ser possível constatar que há sobrevivências românticas que se fazem vivas na Negritude, às quais podem ser verificadas nas obras eleitas para a presente pesquisa. O romantismo é aqui pensado como visão de mundo, logo, livre de suas amarras temporais. Ao, visualizarmos ecos deste romantismo presentes na Négritude acreditamos ser possível verificar em que medida as obras de Agostinho Neto e Solano Trindade, pertencem a uma forma de poesia, em que há uma preocupação dos poetas em instigar...

As potencialidades do RPG (Role Playing game) na educação escolar

Vasques, Rafael Carneiro
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 169 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
26.31%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Educação Escolar - FCLAR; Este trabalho pretende apresentar uma análise do RPG (Role Playing Game) a partir de sua fecundidade enquanto ferramenta didático-pedagógica. Neste sentido, um de nossos esforços foi o exame de pesquisas brasileiras que abordaram o jogo, para uma melhor compreensão da metodologia aplicada ao estudo deste que é um objeto recente das ciências. Por notarmos a existência de uma visão marginalizadora em relação ao RPG, capaz de limitar as iniciativas de utilização do jogo no processo de ensinoaprendizagem, sentimos a necessidade de desmistificá-lo e, assim, analisamos notícias divulgadas na mídia que sugerem a existência de uma conexão entre o RPG, crimes e rituais de magia; bem como materiais de instituições religiosas em que esta associação também é pontuada. Para assimilar esta tensa relação entre o RPG e a religião, lançamos mão do conceito, formulado por Max Weber, de desencantamento do mundo e, com isso, inferimos a filiação do RPG ao pensamento científico, dedução esclarecedora para a compreensão do conflito deste com o pensamento religioso. Paralelamente à discussão destas questões preliminares...

Crítica e autocrítica da modernidade: crise civilizatória e utopia anticapitalista em Michael Löwy

Querido, Fabio Mascaro
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 212 f.
POR
Relevância na Pesquisa
56.76%
Pós-graduação em Ciências Sociais - FCLAR; Em toda a sua trajetória, Michael Löwy notabilizou-se pela flagrante disposição em reler diversos autores e visões de mundo do passado à luz das condições de possibilidade do cenário histórico contemporâneo - caracterizado, entre outras coisas, por um esgotamento do “progresso” capitalista e do modelo civilizatório vigente, como sugere a emergência vertiginosa da crise ecológica. Partindo desta constatação, o objetivo desta dissertação é apresentar e problematizar a defesa teórica e política de Michael Löwy da necessidade de uma ruptura do marxismo com as ideologias do progresso e com o paradigma civilizatório capitalista-moderno. A hipótese central é a de que o tema da crítica da modernidade – que se manifesta concretamente nos debates em torno do eco-socialismo – é o eixo a partir do qual se torna possível conferir concretude histórica à trajetória intelectual de Löwy: de seus primeiros trabalhos na década de 1960 até suas incursões mais recentes por diferentes expressões da recusa crítica e/ou utópica da modernidade, tais como a crítica benjaminiana da temporalidade histórica do “progresso” dos vencedores, a crítica weberiana e romântica da modernidade e...

Crítica da modernidade e marxismo weberiano: aspectos da trajetória indisciplinada de Michael Löwy

Querido, Fabio Mascaro
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.78%
Em sua vasta trajetória intelectual – que atravessa os múltiplos campos teóricos das ciências humanas – Michael Löwy destacou-se pela capacidade de estabelecer um diálogo profícuo entre tradições diversas do pensamento social. Partindo desta constatação, o objetivo deste artigo é a apresentação e sistematização de alguns aspectos decisivos da trajetória teórica e intelectual de Michael Löwy, com ênfase especial: 1) na importância da sua formação intelectual, ainda no Brasil (no final da década de 1950), para a constituição de uma leitura não-dogmática do marxismo; e 2) sua incorporação da dialética no diagnóstico weberiano da modernidade. O artigo argumenta que essa interpretação “aberta” do marxismo permitiu-lhe reinterpretar autores do passado — como Marx e Weber — a partir das condições de possibilidade do cenário histórico e intelectual contemporâneo. Esta disposição para enfrentar os desafios do presente sem abandonar as perspectivas do passado comprova a importância da obra de Löwy para as ciências sociais e, mais especificamente, para o marxismo contemporâneo.; In his intellectual life – which includes several areas of the Humanities – Michael Löwy distinguished himself for the capacity of establishing a rich dialogue between different traditions in the social thought. Starting from this assessment...

Os sem-teto do centro de São Paulo : um balanço dos anos 2001-2004; The downtown homeless of São Paulo : balance sheet of 2001-2004

Narcisa Beatriz Whitaker Verri
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
25.95%
Este trabalho trata dos campos de ação dos movimentos sociais, os componentes e o papel dos atores. São três os compartimentos com os quais se pretende abrir e iniciar um aprendizado sobre um setor do movimento de moradia em São Paulo, durante o governo PT entre 2001-004, momento intermediário entre a fase de reestruturação da produção capitalista no país, iniciada por um governo neoliberal, e a sua consolidação por um governo que se reivindica de esquerda: o primeiro, no terreno da institucionalidade; o segundo, no domínio político; e o terceiro, no campo categorial. Os três implicando em questões próprias a outros movimentos, apresentando problemas cujas causas endógenas ou exógenas não são jamais exaustivas, vislumbrando perspectivas ainda não distinguidas, são desenvolvidos na tentativa de encontrar respostas aos fenômenos comuns à metrópoles como São Paulo. A observação empírica dos movimentos de moradia leva a constatações relativas à dinâmica dos movimentos em relação às políticas públicas, aos partidos, à sua condição de pertencer a um domínio categorial, o de ser composto majoritariamente por mulheres e migrantes, e de existir graças aos teólogos da libertação. Algumas delas...

Fundamentos da análise marxista sobre a temática ambiental e o serviço social

Bourckhardt, Vandenéia
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.31%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Serviço Social, Florianópolis, 2010; A presente dissertação de mestrado faz uma reflexão crítica acerca da temática ambiental com o objetivo de situar os fundamentos da análise marxista sobre o meio ambiente e sua relação com o Serviço Social. Entende-se que o marxismo ao trazer os elementos de análise do modo de produção capitalista também oferece os subsídios fundamentais para situar criticamente a problemática ambiental no capitalismo contemporâneo. O estudo se justifica, pois, nas últimas décadas, sobretudo a partir de 2000, entre os espaços interventivos para o Assistente Social tem se destacado o aumento no atendimento às demandas socioambientais. Em relação ao tratamento teórico dado à temática ambiental pelo Serviço Social pode ser considerado incipiente. Quanto à metodologia utilizada trata-se de um estudo bibliográfico e documental, com base em leituras acerca da temática em livros, revistas, artigos científicos, publicações em eventos, além de levantamentos sobre as produções (teses e dissertações) que se vinculam à temática ambiental nos Programas de Pós-Graduação em Serviço Social. O estudo está organizado em três capítulos. No primeiro capítulo situa-se a discussão da temática ambiental no modo de produção capitalista...

O novo significado da "opção pelos pobres" na Teologia da Libertação

Sofiati,Flávio Munhoz
Fonte: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
25.95%
O artigo apresenta uma interpretação das mudanças ocorridas no interior da tendência católica ligada à Teologia da Libertação. A comparação se dá entre as décadas de 1970-1980 e de 1990-2000, as referências teóricas são Antonio Gramsci e Michael Löwy e as abordagens teológicas recaem principalmente sobre os trabalhos de Leonardo Boff e Pablo Richard. A análise baseou-se na observação de grupos das pastorais da juventude e sua produção bibliográfica voltada para a formação e a evangelização de grupos juvenis. Constataram-se não só mudanças significativas nas obras dos teólogos da libertação e nas práticas de jovens ligados às pastorais, mas também uma relação de influência mútua desses dois universos na nova prática dos setores progressistas da Igreja Católica no Brasil.

Marxismo libertário e a imaginação revolucionária em Michael Löwy

Querido,Fabio Mascaro
Fonte: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
25.95%

"Afinidades eletivas" ou "Relações perigosas", por Michael Löwy

Frederico,Celso
Fonte: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
25.95%

Nacionalismos e internacionalismo: um debate entre Michael Löwy e Michel Cahen

Lazagna,Ângela; Löwy,Michel; Cahen,Michel
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.45%
Este artigo consiste em um debate realizado entre Michel Löwy e Michael Cahen em meados dos anos 1990 e revisto para esta publicação. Mesmo que a discussão refira-se a acontecimentos que até certo ponto podem ser considerados datados, a preocupação de fundo que é comum a esses artigos concede-lhes atualidade: a necessidade do aprofundamento de uma reflexão, a partir da teoria marxista, sobre o problema dos nacionalismos e do internacionalismo em tempos de mundialização. Esse aprofundamento, segundo os autores, faz-se necessário sobretudo por meio de uma reflexão que rompa criticamente com uma visão eurocêntrica dos diferentes nacionalismos e que supere a atitude de muitos marxistas de desprezarem tudo aquilo que não seja diretamente relevante à "consciência de classe".

"Alarme de incêndio": Michael Löwy e a crítica ecossocialista da civilização capitalista moderna

Querido,Fabio Mascaro
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio Publicador: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.62%
A emergência da crise ecológica, como sintoma mais nítido de uma verdadeira crise civilizató-ria, impôs novos desafios ao pensamento crítico e, em especial, ao marxismo. Partindo desse pressuposto, o objetivo deste artigo é apresentar a defesa de Michael Löwy de uma radicalização ecossocialista da crítica marxista da modernidade, tarefa para a qual a grande recusa de Walter Benjamin das ideologias do pro- gresso é uma das fontes decisivas de inspiração. Para Michael Löwy, a ruptura com as ideologias do progresso e com o paradigma civilizatório capitalista moderno é uma condição indispensável para a atua-lização ecossocialista do marxismo.

A utopia tenentista na construção do pensamento marxista de Nelson Werneck Sodre

Paulo Ribeiro Rodrigues da Cunha
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2001 PT
Relevância na Pesquisa
26.21%
A presente pesquisa, objetiva apreender a construção do pensamento político de Nelson Werneck Sodré de 1930 à 1950, período em que se estabelece a transição de uma trajetória tenentista ao marxismo, como também se configura a fundamentação de suas teses principais. A centralidade deste desenvolvimento temático, passa por dois eixos nodais, apreendidos na perspectiva de suas duas vocações. A primeira, encontra Sodré como intelectual e nesse caso, o entendemos como um historiador da corrente historicista. A segunda vocação, refere-se a sua condição de militar que chegou a patente de General de Brigada e como aspecto correlato, de origem pequeno burguesa. Ambas as vocações tem desenvolvimentos paralelos e são confluentes pela mediação da política. Nesse sentido, procuramos desenvolver sua trajetória política e vocacional, a partir da contribuição de intelectuais como Michael Lowy, Luckács, e, verificar como se estabelece sua rotação ao pensamento revolucionário. A análise também procura demonstrar alguns pressupostos diferenciados do que comumente foi apreendido em relação à sua obra. Nesse caso, entendemos que teses como: História Nova, o Exército Democrático, a Burguesia Nacional, o Feudalismo...

Aspectos da metodologia de Michael Löwy; Aspects of Michael Löwy's methodology

Mateus Zeferino
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.78%
O presente trabalho procura analisar alguns aspectos do pensamento sociológico de Michael Löwy, suas principais premissas sociológicas e a sua relação com pensadores como Karl Mannheim e Max Weber. Em relação a Weber, tentaremos analisar a proposta de Löwy a respeito da incorporação do método weberiano de uma forma não eclética, mas dialética. Em um segundo momento, este trabalho também procura analisar o conceito de "afinidades eletivas" na obra de Michael Löwy. O surgimento de tal conceito no âmbito das Ciências Sociais se deu através de Max Weber, sobretudo em "A ética protestante e o espírito do capitalismo". Este é um outro aspecto do pensamento de Weber que Löwy se apropria, e utiliza-o para analisar figuras como "judaísmo libertário" e "teologia da libertação". Porém, afirmamos que o estudo de Löwy acerca da Teologia da Libertação possui alguns aspectos que precisam ser rediscutidos, pois ele dá uma ênfase na "fusão" e "simbiose" entre as duas figuras que estão se relacionando, o marxismo e o cristianismo. Procuramos, com base no pensamento de Antonio Gramsci, argumentar que a ênfase na "fusão'' entre as figuras acaba por travar o movimento dialético e não perceber a necessidade de continuidade do movimento; The present work seeks to analyse some aspects in Michael Lowy's sociological thought...

Na Contramão da (Pós-)Modernidade: o “marxismo Romântico” de Michael Löwy

Querido, Fabio Mascaro
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.74%
O objetivo mais geral deste artigo é apresentar a leitura crítica de Michael Löwy acerca da modernidade. Para tanto, busca-se compreender o trajeto teórico da crítica da modernidade em Michael Löwy, em sua valorização da análise weberiana da modernidade, da crítica de Walter Benjamin às ideologias do progresso e, por fim, da rejeição ecossocialista do modelo civilizatório moderno. Pretende-se, enfim, situar preliminarmente a crítica “marxista-romântica” da modernidade – efetuada por Löwy – no contexto do congestionamento histórico da crença no progresso e na modernização. Parte-se da hipótese, portanto, de que a obra de Michael Löwy, especialmente seus textos dirigidos à crítica da modernidade, responde às transformações contemporâneas do capitalismo, insistindo na necessidade de uma ruptura do marxismo com o paradigma civilizatório moderno. 

Ecossocialismo, romantismo e (auto)crítica da modernidade em Michael Löwy

Querido, Fabio Mascaro
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Originais" Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.67%
Partindo da concreticidade da crise ecológica e das transformações contemporâneas no âmbito dos processos de acumulação capitalista, o objetivo geral deste artigo é versar algumas notas preliminares a propósito da perspectiva teórica e política do assim chamado ecossocialismo, tal qual formulado em Michael Löwy. “Corrente de pensamento e de ação” cuja resposta à crise ecológica, a um só tempo romântica e socialista, constitui igualmente uma crítica às potencialidades destrutivas contidas no interior do paradigma societário e produtivo da modernidade. Neste trajeto, busca -se uma aproximação à apropriação löwiniana da obra de Walter Benjamin, especialmente de sua crítica do “progresso” moderno e das ideologias apologetas da “modernização”. Almeja -se assim antever a forma através da qual Michael Löwy e os ecossocialistas respondem às profundas transformações da (pós) modernidade capitalista contemporânea, com ênfase particular sobre um argumento central projetado na obra do intelectual franco -brasileiro, qual seja: a defesa da necessidade de que o marxismo radicalize “sua crítica da modernidade, do paradigma da civilização ocidental, industrial, moderna, burguesa” (LÖWY, 2000c...

O novo significado da "opção pelos pobres" na Teologia da Libertação; The new meaning of 'working for the poor' in Liberation Theology

Sofiati, Flávio Munhoz
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
26.21%
The article presents an interpretation of the changes that have occurred within the Catholic movement linked to Liberation Theology. A comparison is made of the decades of 1970-1980 and 1990-2000, using the theories of A. Gramsci and M. Löwy, and the theological approaches found primarily in the works of L. Boff and P. Richard. Empirically the text focuses the Catholic youth pastoral groups and the literature produced for training and evangelizing young people. Significant changes can be observed in the works of liberation theologians and in the practices of young people linked to the pastoral groups with a relation of mutual influence identifiable between these two complementary universes among the new practices of the progressive sectors of the Catholic Church in Brazil.; O artigo apresenta uma interpretação das mudanças ocorridas no interior da tendência católica ligada à Teologia da Libertação. A comparação se dá entre as décadas de 1970-1980 e de 1990-2000, as referências teóricas são Antonio Gramsci e Michael Löwy e as abordagens teológicas recaem principalmente sobre os trabalhos de Leonardo Boff e Pablo Richard. A análise baseou-se na observação de grupos das pastorais da juventude e sua produção bibliográfica voltada para a formação e a evangelização de grupos juvenis. Constataram-se não só mudanças significativas nas obras dos teólogos da libertação e nas práticas de jovens ligados às pastorais...

SEMENTES DE OUTUBRO ENTREVISTA COM MICHAEL LÒWY

Silva, Angelo José da
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/01/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.31%
Nesta entrevista, Michael Lõwy faz um balanço da Revolução de Outubro de 1917, apontando para a necessidade de se recuperar a experiência da Revolução Russa e acrescentar a ela novas perspectivas para uma transformação revolucionária do futuro. Livre de certos dogmatismos, o autor chama a atenção para o potencial transformador dos novos movimentos sociais— o movimento feminista, o movimento ecológico, a luta pelos direitos humanos etc. —, além das diversas propostas de socialismo, buscando atualizar uma alternativa revolucionária.

NACIONALISMOS E INTERNACIONALISMO: UM DEBATE ENTRE MICHAEL LÖWY E MICHEL CAHEN

Lazagna, Ângela; Unicamp; Löwy, Michael; CNRS; Cahen, Michel; CNRS e CEAN
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 15/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.37%
Este artigo consiste em um debate realizado entre Michel Löwy e Michael Cahen em meados dos anos 1990e revisto para esta publicação. Mesmo que a discussão refira-se a acontecimentos que até certo pontopodem ser considerados datados, a preocupação de fundo que é comum a esses artigos concede-lhes atualidade:a necessidade do aprofundamento de uma reflexão, a partir da teoria marxista, sobre o problemados nacionalismos e do internacionalismo em tempos de mundialização. Esse aprofundamento, segundo osautores, faz-se necessário sobretudo por meio de uma reflexão que rompa criticamente com uma visãoeurocêntrica dos diferentes nacionalismos e que supere a atitude de muitos marxistas de desprezarem tudoaquilo que não seja diretamente relevante à “consciência de classe”.

Entrevista com Michael Löwy

Paula, Felipe Oliveira de
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários da Faculdade de Letras/UFMG Publicador: Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários da Faculdade de Letras/UFMG
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.31%
Entrevista com Michael Löwy, Diretor de pesquisas no Centre National de laRecherche Scientifique (CNRS).

Marxismo e Romantismo - Entrevista com Michael Löwy

Castro, Henrique Carlos de Oliveira de; UnB
Fonte: Revista de Estudos e Pesquisas sobre as Américas; Journal of Study and Research on the Americas Publicador: Revista de Estudos e Pesquisas sobre as Américas; Journal of Study and Research on the Americas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 23/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.31%
Entrevista com o professor Michael Löwy, realizada em 8 de Dezembro de 2011, em Paris, sobre a relação entre marxismo e Romantismo.