Página 1 dos resultados de 152 itens digitais encontrados em 0.023 segundos

Complexos de hidrogénio com oxigénio (ou azoto) em metais, estudados por correlações angulares perturbadas

Mendes, Paulo Jorge Baeta
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado Formato: aplication/PDF
POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
Utilizando o método das correlações angulares perturbadas usando como sonda radioactiva o 181 Hf, realizaram-se estudos da interação de hidrogénio e deutério como as impurezas intersticiais oxigénio e azoto nos metais tântalo e nióbio. Foram identificadas as interacções devidas ao oxigénio e azoto nestes metais a caracterizada a sua evolução com a temperatura. Para as baixas concentrações estudadas não se observou a formação de complexos de mais do que um atómo de oxigénio quer no nióbio quer no tântalo tendo-se obtido idêntico resultado para o azoto em tântalo. Foram no entanto observados dois tipos de distintos de complexos de azoto em nióbio sendo a sua formação atribuída ao método de diluição da impureza intersticial utilizado. Os valores relativos dos parâmetros das interacções são interpretados em termos das distribuições das cargas de valência das impurezas. A acentuada variação com a temperatura do parâmetro de assimetria no nióbio em contraste com o caso do tântano é justificada pelo facto do átomo de 181 Ta onde se observa a correlação angular, constituir uma impureza naquele metal enquanto que no tântano é idêntico aos átomos da rede. Foram também identificadas as interacções devidas a complexos de oxigénio- hidrogénio em tântalo e nióbio e azoto-hidrogénio em tântalo e estudada a sua evolução com a temperatura. Interacções idênticas foram observadas quando se utilizou deutério no lugar do hidrogénio. Este método permitiu confirmar...

Estudo da oxidação de hidrogênio na presença de CO em eletrodos de difusão de gás contendo filtros de metais particulados dispersos em carbono; Oxidation study of hydrogen in CO presence in diffusion gas electrode formed by filtering metals dispersed on carbon.

Pereira, Luis Gustavo da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/10/2005 PT
Relevância na Pesquisa
35.84%
A problemática do envenenamento por CO para o catalisador convencional de platina colocado no ânodo de células a combustível tendo uma membrana de troca protônica como eletrólito (PEMFC) tem sido objeto de inúmeros estudos nos últimos anos. Neste trabalho, foram preparados eletrocatalisadores bimetálicos compostos por Pt-M (onde M = Sn, Mo, Co, Fe, Ni e W) dispersos em carbono visando o desenvolvimento de ânodos para células PEMFC mais tolerantes a este contaminante. Estes eletrocatalisadores bimetálicos foram preparados utilizando dois métodos distintos: impregnação/decomposição e redução com ácido fórmico. Alterações na configuração estrutural dos eletrodos de difusão de gás, com a incorporação de uma camada composta por um agente potencialmente filtrante de CO, foram também consideras para o mesmo propósito, sendo que estes materiais estiveram presentes sob a forma M/C (onde M = Mo, Cu, Fe e W). Os materiais produzidos foram caracterizados por energia dispersiva de raios-X (EDX) e difração de raios-X (DRX). As avaliações do desempenho eletroquímico foram feitas através do levantamento sistemático de curvas de polarização de estado estacionário, voltametria cíclica e stripping CO em células a combustível unitárias. Para os materiais bimetálicos considerados...

Síntese e estudo da atividade eletrocatalítica de óxidos de metais de transição e de nanopartículas de prata e ouro para a reação de redução de oxigênio; Synthesis and study of the electrocatalytic activity of transition metal oxides, and silver and gold nanoparticles for the oxygen reduction reaction

Queiroz, Adriana Coêlho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
35.87%
A reação de redução de oxigênio (RRO) foi estudada em eletrocatalisadores formados por nanopartículas de óxidos puros e mistos de metais de transição de Mn, Co e Ni, além de estrutura tipo espinel, e por nanopartículas de Ag, Au e Ag3M (M= Au, Pt, Pd e Cu) suportadas em carbono Vulcan, em eletrólito alcalino. Os óxidos de metais de transição foram sintetizados por decomposição térmica de seus respectivos nitratos e as nanopartículas a base de prata e ouro foram sintetizadas por redução química com borohidreto. Os eletrocatalisadores foram caracterizados por Difratometria e Espectroscopia de Absorção de Raios X (somente para os óxidos de transição). Os materiais a base de óxidos de manganês, mostraram-se com alta atividade para a RRO, para os quais os resultados espectroscópicos in situ evidenciaram a ocorrência da redução do Mn(IV) para Mn(III), na região de início da RRO. Assim, as atividades eletrocatalíticas foram associadas à ocorrência da transferência de elétrons do Mn(III) para o O2. Entretanto, apresentaram forte desativação após ciclagem potenciodinâmica, o que foi associado à formação da fase Mn3O4, conforme indicado por difratometria de Raios X, após os experimentos eletroquímicos...

Estudo do efeito do suporte em catalisadores de Cobalto e Níquel para obtenção de Hidrogênio a partir da reforma a vapor do etanol; Effect study of the support in nickel and cobalt catalysts to obtaining hydrogen from ethanol steam reforming

Silva, Sirlane Gomes da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
35.84%
Uma variedade de suportes de óxidos metálicos em catalisadores foram sintetizados visando sua utilização na reforma a vapor do etanol para produção de uma mistura rica em hidrogênio para ser empregado nas células a combustível. Os catalisadores foram preparados pelos métodos da coprecipitação e geleificação interna, utilizando cobalto e níquel como metais ativos suportados em óxidos de alumínio, zircônio, lantânio e cério. Após preparados e calcinados a uma temperatura de 550ºC os sólidos foram caracterizados por diversas técnicas de análises tais como, difração de raios-X (DRX), espectroscopia de energia dispersiva (EDS), microscopia eletrônica de varredura (MEV), adsorção de nitrogênio (método B.E.T.), temperatura de redução programada em H2 (TRP-H2) e análise termogravimétrica. Os testes catalíticos foram realizados em um reator monolítico de quartzo onde foram variadas as condições termodinâmicas da reforma a vapor do etanol nas temperaturas de operação entre 500ºC e 800ºC. O gás de síntese obtido na reforma a vapor do etanol foi analisado on-line por um cromatógrafo a gás. O catalisador cobalto/níquel suportado em uma mistura de céria e lantânia (Co10% / Ni5% - CeO2La2O3) apresentou bom desempenho catalítico com seletividade em hidrogênio...

Emprego de análise por injeção seqüencial (SIA) com detecção eletroquímica na determinação de metais pesados extraíveis de sedimentos; The use of sequential injection analysis with electrochemical detection for determination of heavy metals extractable from sediments

Silva, Clóvis Lúcio da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/1999 PT
Relevância na Pesquisa
35.9%
Estudou-se a especiação dos metais pesados (Cu, Cd, Cr, Zn, Pb e Ni) em sedimentos do rio Tietê, coletados nos reservatórios de Rasgão, Tecelagem e Barra Bonita. Para isto, adotou-se o protocolo de extração seqüencial proposta por Community Bureau of Reference (BCR), que consiste em três etapas de tratamento, as soluções extratores utilizados foram: etapa 1, solução de ácido acético 0,11 mol/L; Etapa 2, solução de cloridrato de hidroxilamina 0,1 mol/L pH 2 (ajustado com HNO3); Etapa 3, ataque com peróxido de hidrogênio em meio ácido e posterior extração dos metais com solução de acetato de amônio pH 2 (ajustado com HNO3). Nas mesmas amostras efetuou-se uma extração com ácido clorídrico 0,1 mol/L, no sentido de avaliar a concentração de metais potencialmente biodisponíveis. Realizou-se ainda a determinação do teor total de metais. Tanto a extração seqüencial como a extração parcial em ácido diluído foram conduzidas em ambientes anaeróbico (mantendo o EH da amostra) e aeróbicos (após secagem em estufa - simulando material dragado e depositado às margens do rio). As concentrações dos metais presentes nos extratos foram determinadas através das técnicas de absorção atômica, espectrometria de emissão atômica...

Hidrogênio e nanotubos de carbono por decomposição catalítica do metano : desempenho de catalisadores à base de cobalto e alumínio

Hermes, Natanael Augusto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.02%
Neste trabalho, foi estudada a decomposição catalítica do metano sobre catalisadores coprecipitados, à base de Co-Al, para produção de hidrogênio e nanotubos de carbono. Foram testados catalisadores com diferentes proporções de cobalto e alumínio, bem como o efeito da adição de outros metais bivalentes (Mg, Ni, Zn ou Cu) ao sistema Co-Al. Os catalisadores foram caracterizados por TGA-DTA, DRX, TPR, TPO e imagens de MEV. As reações foram conduzidas em uma termobalança operando como reator diferencial, com 10 mg de catalisador. A faixa de temperatura analisada foi de 500-750°C. Os melhores resultados em termos de atividade e estabilidade foram obtidos com o catalisador Co66Al33. A adição de outros metais bivalentes não melhorou o desempenho do catalisador, principalmente porque esses metais afetaram a redutibilidade do catalisador. Para o catalisador que apresentou os melhores resultados (Co66Al33), foram realizados testes em diferentes temperaturas e condições reacionais. Os resultados mostraram que a forma de ativação afeta o desempenho deste catalisador, de forma que o catalisador pré-ativado produziu maiores quantidades de hidrogênio, nas reações a 550, 600 e 700°C. No entanto, a 650°C, a amostra autoativada teve desempenho semelhante à pré-ativada...

Absorção de hidrogênio por metais : aplicação ao ferro-titânio

Régis Cabral
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/1978 PT
Relevância na Pesquisa
35.87%
Neste trabalho é desenvolvido um modelo estatístico para descrever as isotermas do sistema FeTiH. Após uma revisão de trabalhos sobre o assunto estuda-se, em detalhe, o modelo de Lacher para a absorção do hidrogênio pelo paládio. O modelo é um modelo de campo médio. Considera-se que o paládio possua apenas um sítio aonde possa se ligar o hidrogênio. O método pode ser aplicado a outros sistemas e apresenta-se relação que permite, dentro de erro pequeno, calcular as temperaturas criticas. A seguir propõe-se uma dependência das energias de ligação ao sitio e de interação entre os hidrogênios absorvidos ao volume e compara-se com o modelo de Lacher. Apresentamos após a aplicação destes resultados ao caso de dois sítios. Para tal generalizamos o modelo de Lacher, considerando a existência de dois tipos de sítios. Introduz-se uma energia de interação entre os hidrogênios em sítios diferentes. As isotermas obtidas para este hidreto estão bastante próximas das isotermas experimentais. Para poder obter as isotermas considerou-se que o segundo sítio é praticamente inerte à medida em que ocorre a absorção no primeiro sitio; Not informed

Fotoprodução de peroxidos de hidrogenio em aguas naturais sob a ação da luz solar

Marco Tadeu Grassi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/09/1994 PT
Relevância na Pesquisa
36.01%
A fotoprodução do peróxido de hidrogênio foi investigada, neste trabalho, sob condições simuladas e sob condições naturais. No laboratório, foram utilizadas soluções contendo um sedimento quimicamente caracterizado e ácido húmico comercial como fontes de material particulado e matéria orgânica dissolvida, respectivamente. Uma solução contendo 30 mg.L do sedimento gerou 0,31 mmol.L de H2O2, enquanto a solução que continha 5,0 mg.L de ácido húmico produziu 1,55 mmol.L, após o mesmo período Quantificando-se os níveis de carbono orgânico dissolvido,durante o período de fotólise, ficou evidenciado que a matéria orgânica não é mineralizada durante o processo de fotooxidação.Soluções contendo5,0 mg.L de ácido húmico foram contaminadas com 0,5; 1,0 e 2,0 mmol.L dos metais Fe(III), Cu(lI) e Cd(ll), separadamente, e submetidas à irradiação. Na presença de Fe(lII) e Cu(ll), a produção de H2O2 foi menor em relação aquela obtida para a solução que continha apenas o ácido húmico. Os níveis de H2O2 fotogerados diminuíram com o acréscimo da concentração dos metais. Para o Cd(II), ao contrário, observou-se um aumento nas concentrações de peróxido de hidrogênio, proporcional ao aumento da concentração do metal. Quanto aos metais...

Efeitos de metais sobre a reação quimica entre BC1z e H2, induzida por laser de CO2, pulsando e por descarga eletrica

Maria Elisabete Darbello Zaniquelli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/12/1982 PT
Relevância na Pesquisa
45.98%
Redução de tricloreto de boro por hidrogênio foi estudada sob várias condições de temperatura, pressão e tipo de fonte de excitação. Podendo obter-se como produtos: boranos, boranos clorados e/ou boro elementar. Um dos interesses recentes por esse sistema é o estudo de enriquecimento isotópico de boro por laser de CO2 pulsado, em que H2 age como supressor dos radicais formados, podendo também ser substituído por outros reagentes, p.e., O2, HBr, H2S, etc. Foi demonstrado em nosso grupo que a eficiência do processo fotoquímico pode ser melhorada pela introdução de metais pulverizados no meio reacional. Neste trabalho investigamos reação entre BCl3 e H2 induzida por laser e por descarga elétrica na presença de Ti, Pb e Mo. Obtivemos como produtos principais HBCl2, B2Cl4 e HCl para ambos os métodos de indução da reação. Para a reação com laser observamos apenas um tipo de luminescência, que pode ser originada do radical BCl• excitado. Com descarga elétrica, dois tipos de luminescência foram obtidos e a atribuição foi feita para BCl2• e BCl•. A proporção entre os produtos formados mostrou uma dependência com a pressão parcial da mistura gasosa e com o tipo de metal utilizado. A produção de HBCl2 foi maior para a proporção 1:2 na presença de titânio. Este metal parece apresentar uma especificidade catalítica com relação à formação de HBCl2. A reação entre BCl3 e H2 mostrou-se bastante sensível à área superficial dos sólidos. Por exemplo...

Desoxigenação de metanol com monoxido de carbono catalisada por compostos de metais de transição

Rochel Montero Lago
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/12/1991 PT
Relevância na Pesquisa
35.84%
Estudou-se o efeito catalítico de compostos de metais de transição em presença de bases na reação de desoxigenação de metanol com monóxido de carbono. Utilizou-se como precursores dos catalisadores os compostos Mo(CO)6, Ni(acac)2, Mn(acac)2, Fe(CO)5, RhCl3, 3H2O, RuCl3 e CO2 (CO)8. A análise por cromatografia gasosa dos produtos gasosos e líquidos revelou a presença de hidrogênio, metano, monóxido e dióxido de carbono, os álcoois etanol, n-propanol, n-butanol e dos ésteres formiato e acetato de metila. Nas reações realizadas a 200°C não observou-se a formação de metano, mesmo na presença de catalisadores. A 280°C a produção de metano é catalisada por alguns dos compostos de metais de transição. Mo(CO)6 não mostrou atividade catalítica e Ni(acac)2 e Mn(acac)2 inibem a formação de metano no início da reação. Co2 (CO)8 mostrou a maior atividade catalítica para a produção de metano, dependendo da concentração de base, da pressão de monóxido de carbono, da presença de iodeto de potássio, do tempo e da temperatura de reação. A quantidade ótima de base para a produção de metano foi de 50 mmol. O aumento na pressão de monóxido de carbono mostrou pouca influência na quantidade dos produtos líquidos...

Desenvolvimento de tecnicas e procedimentos para a produção de amostras padrões de hidrogenio acondicionadas em pastilhas de titanio

Edgar Antonio de Godoi Rodrigues Pinto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/10/1994 PT
Relevância na Pesquisa
46.01%
Foram desenvolvidas técnicas e procedimentos para produção de amostras padrões de hidrogênio, de médio e alto teores, para serem utilizadas na aferição de equipamentos específicos para determinação de teor de hidrogênio em metais. Como portador das doses padrões foi escolhido o titânio na forma de pequenas pastilhas. o carregamento das doses padrões se deu por bateladas em meio gasoso. o controle da dose de hidrogênio absorvida pelo lote foi feito por um sistema computadorizado que monitorou a massa de hidrogênio através das variáveis pressão e temperatura. As análises das amostras-testes foram feitas em um analisador de hidrogênio pelo método de fusão com gás de arraste e detecção por princípio de termocondutividade. o processo mostrou-se satisfatório, uma vez que gerou um padrão secundário com precisão compatível com os oferecidos pelo mercado internacional; Techniques and procedures were deveIoped to obtain hydrogen standard calibrations, of medium and high chemical contents, to be used in specific metals hydrogen determination. Titanium was seIected as bearer of standard doses in small pastille formo. The charge of the standard doses was accomplished by batch in gaseous medium. The control of the absorbed hydrogen doses was made through a computer system to calculate the hydrogen mass as a function of pressure and temperature. The analysis of the test samples was made in a hydrogen detector by the fusion method with carrier gas and using thermocondutivity principle detection. The process is satisfatory once the precision of the produced standard samples is similar to the one found in the international market

Proposta de um novo ensaio para avaliar a susceptibilidade de metais de solda ao fenomeno de trincas induzidas pelo hidrogenio em diferentes ambientes; Proposal of a new test to evaluate the susceptibility of wel metals to the hydrogen induced

Jose Hilton Ferreira da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.1%
Este trabalho tem como objetivo principal propor um novo ensaio para avaliar a susceptibilidade de metais de solda ao fenômeno de trincas induzidas pelo hidrogênio em diferentes ambientes. O novo ensaio é composto de duas propostas: a primeira consiste em viabilizar a aplicação do teste G-BOP (Gapped Bead-On-Plate) em chapas finas: a espessura do corpo de prova (50,8mm) é obtida através da montagem de blocos conjugados com chapas finas do aço avaliado como metal de base e chapas de aço ABNT 1020; a segunda proposta baseia-se numa metodologia para realizar os ensaios do teste G-BOP em um ambiente saturado com H2S. Para o desenvolvimento do trabalho foi usado o processo de soldagem a arco com eletrodo tubular (FCAW). Os parâmetros de controle utilizados foram a energia nominal de soldagem e a constante de deposição. O desenvolvimento experimental foi realizado de forma totalmente aleatória, com o auxílio de um procedimento conhecido como planejamento fatorial (PF); foram utilizadas como variáveis de influência o tipo de arame tubular, a temperatura de preaquecimento e o ambiente de ensaio. Como variável de resposta foi avaliado o percentual de trincas de hidrogênio (TH)presente no metal de solda do aço API X80. Os resultados foram submetidos à análise de variância e validados para uma confiança de 90%. Os resultados de trincas de hidrogênio foram discutidos em função da composição química...

Avaliação da produção de hidrogênio a partir de catalisadores suportados em alumina; Assessment of hydrogen production from catalysts supported on alumina

Éder Valdir de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.04%
A produção de hidrogênio através de glicerol apresenta ser uma maneira sustentável e economicamente viável, visto que há um excesso de glicerol no mercado, o que reduz seu valor consideravelmente, de modo que, a produção de hidrogênio se torne bastante viável. Mediante este fato, torna-se necessário e urgente o desenvolvimento do processo de produção de hidrogênio. Nesse contexto, o presente trabalho tem por objetivo estudar a produção de hidrogênio através do processo de reforma aquosa do glicerol avaliando a utilização de dois suportes de alumina distintos pela fase, α-alumina e γ-alumina com ambos os suportes preparados com 5 % de concentração de metais ativos preparados por impregnação via-úmida favorecendo a troca iônica pelo ajuste de pH, de acordo com o ponto isoelétrico de cada suporte. O principal metal ativo utilizado é a platina, conforme recomendado pela literatura. Foram também avaliados catalisadores bimetálicos, com a substituição de 1 % de platina por ródio. Os catalisadores foram avaliados pela determinação da área superficial, volume de poros e diâmetro dos poros por meio da adsorção de N2 (método B.E.T). Outro método utilizado para avaliar os catalisadores foi a difração de raios-X...

Preparação e caracterização do composto intermetálico GdNiIn e as modificações introduzidas após a absorção de hidrogênio

André Filho, José
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
35.86%
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Instituto de Física, 2011.; Neste trabalho apresenta-se o estudo experimental do intermetalico GdNiIn, sintetizado por forno de arco e do seu hidreto, preparado pelo metodo de Sievert. A caracterizacao estrutural foi feita por difracao de raios-x e a analise dos difratogramas indicam a formacao de fase cristalina unica, tanto para o intermetalico quanto para seu hidreto, ambos de estrutura hexagonal tipo ZrNiAl, grupo espacial _6_2_. A analise mais detalhada dos dados da amostra hidrogenada proporcionou informacao das mudancas introduzidas pelo hidrogenio na estrutura tais como mudanca na posicao dos atomos da matriz, aumento do volume da celula unitaria e diminuicao da densidade cristalografica. Uma estimativa dos raios dos possiveis sitios intersticiais ocupados pelo hidrogenio indicou a preferencia pelo sitio 2d seguido pelo sitio 4h. A distancia H-H no sitio 4h foi estimada em 1.3286 A, o qual e um valor inferior ao imposto pela regra 2.0 A, mas compativel como reportado na literatura para este tipo de composto. Medidas de magnetizacao do intermetalico indicam que o composto apresenta um comportamento ferromagnetico com ausencia de histerese magnetica. Atraves de medidas de magnetizacao em funcao da temperatura e usando a lei de Curie-Weiss...

Preparação e uso de polímeros sólidos como eletrólito em sensores de hidrogênio

Corrêa,Otávio Carneiro; Gomes,José A.C.Ponciano
Fonte: Rede Latino-Americana de Materiais Publicador: Rede Latino-Americana de Materiais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
35.86%
A detecção de hidrogênio permeado através de estruturas metálicas é tema de grande relevância, tendo em vista monitorar e controlar os danos que o hidrogênio causa nos metais, em especial o aço. Existem diversas tecnologias aplicadas à montagem destes sensores como, por exemplo, os sensores eletroquímicos. Muito usados em pilhas a combustível, membranas poliméricas vêm sendo empregadas como alternativa ao eletrólito líquido em sensores eletroquímicos por diversas razões, como: resistência à deterioração e durabilidade. Existem diversos tipos que possuem as características para este fim, porém o mais empregado é o Nafion®. A principal característica destes polímeros é sua condutividade protônica causada pela dissociação das moléculas de água presentes em sua estrutura. Sendo assim, a sua condutividade é fortemente dependente da quantidade de água contida no material. A temperatura é outra variável que pode influenciar na condutividade protônica. Foi feita uma revisão destas variáveis e das técnicas que podem ser empregadas na preparação de polímeros para se obter as propriedades desejáveis. A análise inicia com a discussão do método de preparação, limpeza inicial, hidratação e acondicionamento do polímero hidratado. Com este trabalho espera-se obter uma diretriz para a preparação de um polímero para uso como eletrólito sólido...

Estudo do comportamento eletroquímico dos eletrodos modificados (Pt-PAni) e (Pt-PAni-PD) quando expostos ao hidrogênio.

Makishi, Lilian Machado Moya
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
35.95%
Resumo: No presente trabalho apresenta-se um estudo da composição e do comportamento eletroquímico dos eletrodos constituídos por Pt-PAni e Pt-PAni-Pd quando expostos ao hidrogênio. Esse estudo tem como objetivo a verificação da possibilidade de utilização dos eletrodos modificados como matriz ativa em dispositivos de sensoriamento de hidrogênio permeado em metais. Dois meios eletródicos com características diferentes relacionadas ao pH e tamanho do contraíons foram utilizados na síntese da PAni, um composto por ácido sulfúrico e outro por ácido canforsulfônico. O crescimento dos filmes também variou, ocorrendo até que estes atingissem cargas ciclovoltamétricas correspondentes a 20, 50 e 80 ciclos. Dessa forma foi possível estudar tanto a influência da porosidade como da espessura dos filmes sobre a sensibilidade dos sistemas ao hidrogênio. Os primeiros ensaios eletroquímicos realizados por voltametria cíclica e potencial de circuito aberto apontaram uma baixa sensibilidade ao hidrogênio para o sistema constituído apenas por Pt-PAni, independente das características dos filmes. Já para o s stema composto por Pt-PAni-Pd os resultados foram bem satisfatórios, principalmente para o caso onde a PAni foi obtida na presença de ácido canforsulfônico. As imagens obtidas por MEV confirmaram ma or porosidade para os filmes de PAni sintetizados em ácido canforsulfônico...

Adsorção dos gases NH3, NO e H2S em fosfato de vanadila, hidrogeno fosfato de vanadila e fosfatos de vanadila dopados por Al, Co, Mn e Cr

Miranda, Jose Carlos Vieira de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
35.87%
In this work were synthesized the materials called vanadyl phosphate, hydrogen vanadyl phosphate and vanadyl phosphate doped by transition metals with the aim in adsorption the following compounds: ammonia, hydrogen sulfide and nitrogen oxide. To characterize the starting compounds was used DRX, FTIR, FRX and TG analysis. After the characterization of substrates, proceeded de adsorption of NH3 and H2S gases in reactor, passing the gases with continuous flow for 30 min and room temperature. Gravimetric data indicate that the matrices of higher performance in adsorption of ammonia was those doped by aluminum and manganese, obtaining results of 216,77 mgNH3/g and 200,40 mgNH3/g of matrix, respectively. The matrice of higher performance in adsorption of hydrogen sulfide was that doped by manganese, obtaining results of 86,94 mgH2S/g of matrix. The synthesis of substrates VOPO4.2H2O and MnVOPO4.2H2O with nitrogen oxide was made in solution, aiming the final products VOPO4.G.nH2O and MnVOPO4.G.nH2O (G = NO and n = number of water molecules). The thermo analytical behavior and the infrared spectroscopy are indicative of formation of VOPO4.2,5NO.3H2O compound. Results of scanning electron microscopy (SEM) and Energy dispersive spectroscopy (EDS) of materials vanadyl phosphate and vanadyl phosphate modified after reaction in solid state or in solution with the gases show morphology changes in substrates...

Armazenamento de hidrogênio em hidretos metálicos : os hidretos de ligas de magnésio-níquel

Ennio Peres da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/07/1981 PT
Relevância na Pesquisa
35.88%
A utilização do hidrogênio como matéria prima ou como vetor energético requer uma solução apropriada ao problema de seu armazenamento. O armazenamento a altas pressões e/ou baixas temperaturas não são satisfatórias, uma vez que requerem instalações especiais e exigem muita energia no processo. Uma solução possível e bastante promissora se refere à utilização de certas ligas metálicas que possuem a propriedade de formarem hidretos relativamente instáveis. Nesse caso consegue-se armazenar hidrogênio a uma densidade superior ao hidrogênio liquido à temperatura ambiente e a baixas pressões. Neste trabalho apresentamos um relato sucinto das teorias correntes relativas à forma com que o hidrogênio se apresenta no interior da rede metálica e à aplicação da regra de Van't Hoff para determinar-se as propriedades termodinâmicas dos hidretos metálicos. Fundimos ligas metálicas de Magnésio-Níquel com diversas percentagens de níquel, contendo pequenas quantidades de terras raras. As amostras foram analisadas por Metalografia ótica, Microscopia Eletrônica e Espalhamento de Raios-X em Pó, determinando-se suas composições e processos de formação. Estabeleceram-se suas propriedades relevantes às aplicações no armazenamento de hidrogênio: capacidade de armazenagem...

Preparação de pós para a produção de ímãs compósitos anisotrópicos à base de Sm-Fe-N

Boareto, José Carlos
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xix, 55 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
35.88%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, Florianópolis, 2006; O mercado de ímãs permanentes hoje é dominado pelos ímãs à base de ferrite para aplicações de baixo desempenho e custo e pelos ímãs de terras raras e metais de transição (TR-MT)para as aplicações em que é necessário alto desempenho. Entre os últimos os mais utilizados são aqueles produzidos à base de Nd-Fe-B. Estes ímãs podem ser produzidos tanto na forma de materiais sinterizados quanto na forma de materiais compósitos onde é utilizada uma matriz polimérica para a resistência mecânica e uma fase metálica para as propriedades magnéticas. Uma das desvantagens dos ímãs compósitos produzidos utilizando-se Nd-Fe-B é o fato destes serem isotrópicos e terem uma importante propriedades, a remanência, diminuída devido ao não alinhamento cristalográfico do material. Uma solução viável na produção de ímãs compósitos anisotrópicos, que possuem alinhamento cristalográfico, é a utilização de outro material, à base de Sm-Fe-N. Neste trabalho estudou-se a preparação deste material, Sm2Fe17, utilizando-se uma técnica já utilizada para produção de outra liga TR-MT...

Síntese e caracterização das propriedades estruturais, microscópicas e hiperfinas de nanoestruturas à base de Ti-Fe-Ni e as modificações produzidas pela absorção de hidrogênio

Rodríguez Martínez, Marco Antonio
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
45.94%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Física, 2014.; Neste trabalho, apresenta-se o estudo experimental da série TiFexNi1-x e o seu hidreto. A série com x=0,3; 0,5; 0,7; 0,9 e 1,0 foi preparada com forno de arco em atmosfera de argônio. Foram fundidos três botões do intermetálico com x=0,5. Um dos botões foi moído num moinho de bolas, o segundo foi moído adicionando-se 10% em peso de grafite e o terceiro foi mantido como preparado (bulk). Os três botões foram hidrogenados usando o método Sievert. Os difratogramas de raios-X indicaram que toda a série TiFexNi1-x formou na estrutura cristalina cúbica tipo CsCl (B2) com grupo espacial Pm3m. A dependência lineal do parâmetro de rede com a concentração x pode ser explicado usando a lei de Vegard. Nas amostras moídas (sem e com grafite) se observou um alargamento dos picos de difração, o qual foi associado à presença de nanoestruturas que mantiveram a estrutura cúbica B2. A amostra TiFe0.5Ni0.5 bulk hidrogenada mostrou a coexistência de duas fases principais: a fase a, que absorve muito pouco hidrogênio, e mantém a estrutura B2 e a fase ß, que absorve uma maior quantidade de hidrogênio e se forma na estrutura ortorrômbica, de grupo espacial P2221. Na amostra moída sem a adição de grafite se observou a formação da fase ß. Já para a amostra moída com grafite...