Página 1 dos resultados de 1701 itens digitais encontrados em 0.074 segundos

"O estigma da doença mental e os meios de comunicação social"

Bento, Mariana Figueiredo Silva
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
135.9%
Os portadores de doença mental constituem um grupo altamente estigmatizado. Esta situação afecta seriamente estas pessoas, bem como a sua qualidade de vida. O estigma associado à doença mental torna-se, assim, numa complexa questão que envolve múltiplas dimensões das vidas sociais e emocionais destas pessoas, famílias e comunidades. O estudo deste problema, certamente uma questão política relevante, torna-se no principal objectivo da presente dissertação. Tomamos como garantida a importância dos meios de comunicação social contemporâneos, no duplo processo de contribuir ou não contribuir para o estigma, sendo que, numa versão optimista, assumimos que devemos ter em linha de conta as implicações benéficas destes dispositivos, bem como o carácter positivo que podem assumir nesta questão.; People with severe mental illness are a social group highly stigmatized. This situation seriously affects this population and its quality of life. Mental illness stigma becomes, thus, a complex issue involving multiple dimensions of the social and emotional lives of individuals, families and communities. The study of this problem, by all means a relevant political question, is the main goal of the present dissertation. We take for granted the contemporary importance of the media in the double process of constructing and deconstructing the stigma...

Os meios de comunicação e a noção de gestão ambiental: uma análise das mensagens veiculadas pelo jornal "Folha de S. Paulo; Mass media communication and the environmental management notion: an analysis of messages in Folha de S. Paulo newspaper

Fontes, Fernanda Mancilha
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
115.81%
A crise ambiental tem suas origens em períodos remotos, entretanto, é com o modelo de desenvolvimento consolidado a partir da modernidade que problemas ambientais e sociais se intensificam. Desse modo, estabelecem-se duas racionalidades que podem orientar o desenvolvimento: a econômica, que se relaciona ao processo de acumulação capitalista; e a ambiental, que enxerga a crise como uma crise civilizacional. O estudo da Gestão Ambiental nos indica que esta seria uma noção em disputa entre estas duas racionalidades, podendo adquirir sentidos contraditórios. Sua história pode ser resumida como uma noção gerada na esfera pública dos países desenvolvidos, na década de 1970, porém que, às vésperas da Rio-92, sofre adequação ao setor mercantil, interessado em assumir nova postura frente às questões ambientais. Um aspecto que merece ser debatido, portanto, são as motivações deste setor em se enveredar pelos caminhos do ambientalismo, sendo fato o reconhecimento da questão ambiental como peça chave em estratégias de mercado. Torna-se necessário compreender a maneira como o setor se apropriou e reduziu o discurso ambientalista, utilizando-se da valorização extremada da economia e da tecnologia como soluções para os problemas ambientais. É preciso verificar a força potencial dos meios de comunicação em se tornarem instrumentos de consolidação de um discurso único que representa o viés de seus dirigentes. Este trabalho tem por objetivo analisar criticamente o conteúdo das mensagens sobre gestão ambiental veiculadas pelo jornal Folha de S. Paulo...

O encontro da cultura popular e os meios de comunicação na obra de Solano Trindade - Os anos em Embu das Artes (1961-1970).; The popular culture meeting and the media in the Solano Trindade's work - the years in Embu das Artes (1961-1970)

Mello, Maurício de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
115.9%
Esta dissertação traz uma abordagem das questões sócio-históricas e culturais que nortearam a formação de inúmeras conceituações acerca da cultura brasileira durante as décadas de 1960 e 1970, e tem como objeto de pesquisa a vida e a obra do poeta Solano Trindade, suas atividades intelectuais, poéticas e teatrais. No aporte teórico do trabalho, as manifestações da cultura popular e as suas relações com as práticas culturais autenticadas pelos meios de comunicação de massa foram investigadas, com o intuito de trazer à luz as conseqüências desse encontro, os debates sobre as políticas culturais que surgiram na tentativa de controlar tais expressões, os focos de resistências e a configuração social pautada pela modernidade capitalista. A idéia de contribuir para uma noção de cultura, e como ela perpassou inúmeras definições na sociedade brasileira, atravessou a maioria das indagações durante as leituras e análise de dados que guiaram a redação. Revisar um período conturbado em termos de novos horizontes sociais e políticos no Brasil, nos permitiu avaliar uma realidade nem sempre clara para a maioria dos grupos sociais.; This dissertation brings socio-historical and cultural issues that guided the formation of many conceptualizations about the Brazilian culture during the 1960s and 1970s in Brazil...

Meios de comunicação social no Brasil: promoção do pluralismo, direito concorrencial e regulação; Media in Brazil: promotion of pluralism, competition law and regulation.

Fernandes, André de Godoy
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
136%
O trabalho discute o problema da concentração dos meios de comunicação social no Brasil. A preocupação inicial está voltada para a análise da realidade do setor de mídia brasileiro. Procura-se, por meio de estudo interdisciplinar, identificar os traços essenciais da formação econômica e política da sociedade brasileira, apresentar algumas notas sobre a evolução histórica do processo de concentração de poder no setor de comunicação social e traçar um retrato da concentração da mídia brasileira. Em seguida, pretende-se desenvolver uma reflexão crítica sobre a realidade brasileira. Partindo do enunciado de algumas hipóteses de caráter axiológico-normativo relativas à organização do setor de comunicação social, procura-se avaliar a robustez de tais premissas. Nesse contexto, avalia-se a importância de valores como a difusão do conhecimento para a promoção do desenvolvimento e o pluralismo de idéias e opiniões para o debate na esfera pública e a vitalidade da democracia. Também são estudados os princípios estabelecidos pela Constituição Federal relativos à organização do setor de comunicação social. Esses valores democráticos e princípios constitucionais servem de base para a construção de uma visão crítica das estruturas concentradas de poder existentes no setor de mídia. A última parte do trabalho possui nítido caráter normativo...

O cerco rompido - do monopólio dos meios de comuinicação à participação popular no Brasil e Venezuela

Toneto, Maria Bernardete
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
115.95%
O presente trabalho trata dos modernos meios de comunicação social e sua utilização pelos movimentos sociais organizados, no Brasil e na Venezuela, como instrumento de resistência ao modelo neoliberal em tempos de globalização. Ao investigar a constituição de uma nova esfera pública, com a hegemonia dos meios de comunicação social, esta pesquisa pretende propor um novo olhar para a questão das relações entre Estado e a sociedade civil, com a conformação de novos atores sociais. Pretende-se analisar as possibilidades de integração dos povos latino-americanos, a partir da dinâmica comunicacional, com ressonância em novas formas de organização social e popular. PALAVRA; El presente trabajo trata de los modernos medios de comunicación social y su utilización por los movimientos sociales organizados, en Brasil y en Venezuela, como instrumento de resistencia al modelo neoliberal en tiempos de globalización. Al investigar la constitución de una nueva esfera pública, con la hegemonía de los medios de comunicación social, esta investigación pretende proponer una nueva mirada para la cuestión de las relaciones entre Estado y la sociedad civil, con la conformación de nuevos actores sociales. Se pretende analizar las posibilidades de integración de los pueblos latino-americanos...

Uso e abuso do poder econômico nos meios de comunicação social

Garber, Surya
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
115.98%
Este trabalho de Conclusão de Curso aborda o uso e o abuso de poder econômico nos meios de comunicação social e analisa os princípios que regem a ordem econômica nacional, além daqueles que regulam os meios de comunicação mais especificamente. Trata, também, de destacar o papel da comunicação de massa na nossa sociedade e analisar os efeitos do abuso do poder econômico na área.; The present work seeks to analyze the use and the abuse of economic power within the means of social communication. It is also concerned with the principles on which our economical order is based on and those principles on which social communication has its basis. The work shows the role played by the communication business in our society and also the effects of the abuse of the economic power in the area.

MINISTÉRIO PÚBLICO E A CONCENTRAÇÃO ECONÔMICA NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

SCOLARI, EDSON RICARDO FILHO
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 73 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
145.94%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Jurídicas. Direito.; O Estado Democrático de Direito pressupõe, no intuito de construir uma sociedade plenamente livre, entre outros direitos e garantias fundamentais: o pluralismo político, o acesso à informação e as liberdades de expressão, consciência e pensamento. Neste âmbito, abre-se o debate em torno da concentração econômica nos meios de comunicação social, que são aqueles que alcançam larga audiência, justamente por se tratarem dos principais fomentadores da opinião pública na atualidade. Comprova-se que a formação de monopólio e oligopólios neste setor coloca em risco os direitos e garantias fundamentais supracitados. Além do mais, que a concentração da mídia é uma tendência mundial, cabendo à órgãos como o Ministério Público a defesa do ordenamento pátrio e dos interesses da sociedade. Apresentam-se também os dispositivos da Constituição Federal brasileira que regulamentam os meios de comunicação social e a radiodifusão, além de precedentes jurisprudenciais que abordam o assunto.

A opinião dos pais sobre a aceitação dos meios de comunicação social por parte das crianças e adolescentes portugueses

Meira, Ana Catarina Ribeiro; Silva, Joana Barbosa Taborda e; Cabaço, Sónia dos Santos; Pereira, Vera Raquel Servo
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Relatório
Publicado em 09/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
135.87%
Com este relatório pretende-se analisar a opinião dos pais sobre a aceitação dos meios de comunicação social por crianças e adolescentes portugueses utilizando como ferramenta a inferência estatística, e tendo por base um inquérito efectuado a 504 pessoas.

Meios de comunicação como instrumentos de inserção da comunidade cabo-verdiana na sociedade de acolhimento: o caso da área metropolitana de Lisboa

Brito, Marlene Silva de
Fonte: Escola Superior de Comunicação Social Publicador: Escola Superior de Comunicação Social
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
135.98%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Comunicação Social para obtenção de grau de mestre em Jornalismo.; A comunidade cabo-verdiana tem raízes antigas em Portugal. Desde cedo, este grupo de estrangeiros procurou realizar uma informação de proximidade, junto da sua comunidade, socorrendo-se, para tal, dos mais variados meios (boletins, panfletos e mais recentemente dos meios digitais). Neste sentido, quisemos estudar os meios de comunicação e de informação da comunidade cabo-verdiana residente na Área Metropolitana de Lisboa. Para tal, tivemos como ponto de partida as associações cabo-verdianas, que surgiram com a chegada deste grupo de imigrantes, com o intuito de defender os seus direitos e deveres e de os manter próximos do país de origem. Assim, procurámos perceber que meios é que existem, quais as suas funções e se os mesmos contribuem para a inserção do imigrante no país de acolhimento. O presente estudo revelou que as associações cabo-verdianas utilizam uma variedade de instrumentos desde “o boca a boca”, passando pelo telefone e os meios digitais. Contudo, apesar desta diversidade de ferramentas elas não conseguem chegar às diferentes camadas da comunidade, por não terem tempo e verba disponível. No que diz respeito aos órgãos de comunicação encontramos apenas dois. Um programa de rádio e uma revista...

A comunicação das crises hospitalares : a comunicação social na divulgação das notícias negativas sobre os hospitais portugueses

Garcia, Ana Andreia Alves, 1982-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
115.97%
Tese de mestrado, Comunicação em Saúde, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa, 2011; A presente dissertação de mestrado aborda o papel dos meios de comunicação na divulgação das notícias negativas que envolvem os hospitais, publicadas na imprensa escrita portuguesa, entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro de 2008. O objectivo principal é tentar compreender qual o contributo dos meios de comunicação social na selecção e produção de notícias relacionadas com crises hospitalares, colmatando assim a falta de estudos que permitam conhecer a realidade portuguesa. Com este propósito foi realizada uma leitura exploratória a 3.061 peças jornalísticas publicadas na imprensa escrita, em 2008, sobre hospitais, e foi seleccionada, para análise, uma amostra de 284 notícias com impacto negativo para um ou mais hospitais. No essencial, a análise desenvolvida reflecte que os acontecimentos negativos relacionados com os hospitais tiveram cobertura mediática em 51 publicações diferentes, com destaque para o Jornal de Notícias, recorrendo a uma pluralidade de fontes de informação, onde a população se destaca como a principal promotora de notícias. Os acontecimentos negativos publicados em 2008, na imprensa, referem-se sobretudo ao tema das urgências hospitalares...

Jornalismo e alternativas mediáticas na era da Internet: a profissão perante o novo paradigma do acesso livre do cidadão à divulgação de informação na Internet

Baptista, Cláudia Frois de Figueiredo
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
115.95%
Tese de mestrado, Cultura e Comunicação, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2012; Esta tese aborda os desafios suscitados pela relação entre o Jornalismo e a Internet, na perspectiva de uma partilha da capacidade de publicação e de acesso às fontes, outrora exclusivos do Jornalista e, na actualidade, uma prerrogativa de todo o cidadão. Erigidos como exemplos dinâmicos, indicadores da capacidade de regeneração dos Meios de Comunicação Social escrita, através da adesão às plataformas online, são objecto de estudo: o blogue Estação Cronográfica, que reproduz o estilo jornalístico de agência noticiosa; as versões online do diário generalista Correio da Manhã e o site Económico Social, extensão do especializado Diário Económico, concebido sob o primado da participação do público. Partindo deste corpus, a reflexão crítica é orientada para questões como ética, confiança, globalização, tecnologia e independência, originadas pelo paradigma cultural que resulta da presença de novas tecnologias no jornalismo, e no acesso livre do cidadão à comunicação global e instantânea. Não são objecto do estudo a arquitectura ou software próprios das plataformas online, mas as possibilidades oferecidas à comunicação entre produtores de notícias e leitores. O conjunto de textos para análise foi encontrado na imprensa em papel e na imprensa online: textos publicados e assinados por Jornalistas...

A influência dos meios de comunicação social nas atitudes e comportamentos sexuais de jovens universitários

Sousa, Liliana Marina de Almeida, 1980-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
146.05%
Tese de mestrado, Sexualidade Humana, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa, 2013; É indiscutível o papel relevante que os meios de comunicação desempenham no quotidiano das pessoas, como promotores e difusores de ideias e valores na sociedade contemporânea. A sexualidade tem sido um tema frequentemente abordado nos mais diversos meios de comunicação social. Considerada um direito fundamental do ser humano a sexualidade é encarada como uma importante componente da saúde e do bem estar dos indivíduos. Vários autores defendem que os meios de comunicação social influenciam (negativa ou positivamente) a sexualidade dos jovens, nomeadamente ao nível do comportamento sexual, atitudes, valores e crenças. Analisar a influência dos meios de comunicação social nos comportamentos e atitudes sexuais dos jovens constituiu-se como objetivo geral desta investigação. Trata-se de um estudo descritivo e correlacional, com recurso a questionário, aplicado a 128 estudantes universitários homogeneamente distribuídos quanto ao género, maioritariamente de nacionalidade portuguesa, solteiros, com idades compreendidas entre os 18 e os 20 anos. Concluiu-se que os diferentes meios de comunicação social, incluindo a internet...

Influência da televisão no telespectador: os meios de comunicação social como formadores da opinião pública

Teixeira, Elisabete Pinto
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
136.07%
Dissertação de Mestrado em Ciências da Comunicação, Especialização em Jornalismo; Os meios de comunicação desencadearam grandes transformações no seio da sociedade criando uma sociedade de massas que modificou por completo as relações humanas. É sabido que os meios de comunicação têm uma grande influência na nossa sociedade, manipulam a opinião pública dando aos cidadãos aquilo em que eles devem falar e pensar. Os indivíduos não são mais meros espectadores. Com a Internet começou a ser possível aos cidadãos participarem na construção das notícias. Através dos blogues, redes sociais ou mesmo com a possibilidade de intervir, comentar e debater assuntos dos jornais online. E os meios de comunicação social não são mais difusores de informação, são um comércio, um negócio onde o lucro e as audiências estão em primeiro lugar. Vieram para estandardizar e homogeneizar a cultura, vieram para transformar o mundo numa “aldeia global”. E mais: os media falam do mundo das pessoas conseguindo transformá-las em superpessoas ou em farrapos. Com este projeto de investigação procura-se então perceber que papel desempenham atualmente os meios de comunicação social no nosso dia a dia e qual o seu futuro com o avanço fugaz que se tem verificado nos instrumentos de comunicação que têm surgido. De facto...

Regulação política dos meios de comunicação social

Fonseca, José Nuno Lacerda
Fonte: CIES-ISCTE / CELTA Publicador: CIES-ISCTE / CELTA
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2001 POR
Relevância na Pesquisa
125.96%
Analisando vários indícios da existência de efeitos anti-sociais da actividade dos meios de comunicação social, reflecte-se neste texto sobre direitos informativos do consumidor e, igualmente, sobre os deveres informativos relacionados. Com base num princípio geral de informação do consumidor apresentam-se, esquematicamente, várias hipóteses de regulação dos meios de comunicação, problematizando-as e tentando reflectir sobre o seu potencial. As sinergias entre propostas de evolução do sistema político e novos processos de regulação dos média são analisadas, enquanto indispensáveis para a emergência de novos processos de regulação.; Via an analysis of various indications of the existence of anti-social effects of the activities of the mass media, this text reflects on consumer information rights, as well as on related information duties. Working on the basis of a general principle of consumer information, several hypotheses are presented for schemes to regulate the mass media. The article goes on to problematise them and to try to reflect on their potential. The synergies between proposals for an evolution of the political system and new processes for regulation of mass media are analysed as elements that are essential if new regulatory processes are to emerge.; En analysant plusieurs indices de l’existence d’effets antisociaux des médias...

A influência dos meios de comunicação social na problemática da escolha profissional: o que isso suscita à Psicologia no campo da orientação vocacional/profissional?

Silva,Janaila dos Santos
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 PT
Relevância na Pesquisa
115.84%
Buscamos refletir, neste ensaio, acerca da influência dos meios de comunicação social para a problemática da escolha profissional, considerando-a como um ponto crítico do processo de constituição do sujeito. A inclusão da discussão sobre a influência da mídia na escolha profissional é, aqui, analisada como alternativa para um maior alcance social da orientação vocacional/ profissional.

Insatisfação corporal e as influencias dos meios de comunicação face à aparência, controlo do peso e obesidade

Pessoa, Viviane de Oliveira
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
115.92%
RESUMO: O objectivo deste estudo é identificar o índice da insatisfação corporal e as influências dos meios de comunicação nas atitudes da mulher face á mudança da aparência, controlo do peso e Obesidade. Pretende-se com este estudo caracterizar e relacionar o índice de insatisfação corporal e a influência exercida pelos meios de comunicação social, fazendo um estudo com base nas diferenças entre dois grupos, numa amostra de 118 participantes do sexo feminino. A amostra de conveniência é composta por 59 mulheres diagnosticadas com obesidade mórbida grau III e grau IV, acompanhada no Serviço de Obesidade do Hospital de Santa Maria e numa amostra de 59 mulheres sem o diagnóstico de obesidade mórbida, com idades compreendidas entre os 19 e os 72 anos. O Protocolo de avaliação foi constituído por um questionário com recolhas dos dados demográficos e métodos utilizados pela mulher para o controlo do peso e duas escalas Sociocultural Attitudes Towards Appearance Questionnaire 3 e Body Shape Questionnaire. Verificou-se uma elevada insatisfação corporal e influências dos meios de comunicação no grupo clínico. Foi verificado ainda que a faixa etária das mulheres entre os 26 aos 39 anos são as que mais sofrem influências dos meios de comunicação face as atitudes para mudar a aparência. ABSTRACT: The objective of this study is to identify the index of body dissatisfaction and the influences of media on women's attitudes will change the face looks. It is intended to characterize the study and associate the index of body dissatisfaction and the influences exerted by the media...

Multiculturalismo e identidade: o papel dos meios de comunicação e da escola; Multiculturalism and identity: the role of the media and of the school

Moraes, A. P. Quartim de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2001 POR
Relevância na Pesquisa
115.85%
The author discusses the relation there is, in a globalized world, between multiculturalism and identity. According to the author, the apparent contradiction they represent is not a serious problem. This is a phenomenon humanity has been going through throughout history, Emphasis is given, however, to the fact that the accelerated technological developments and the concentration of richness has traced a dramatic picture regarding multiculturalism and identity since it has lead major portions of the population to socioeconomic exclusion and, therefore, it has limited their access to all of the cultural goods and to the knowledge that is available in contemporaneous society. The media and the school can, according to the author's conception, have an important role in reducing distances between the included and the excluded, as well working aiming at social inclusion.; O autor discute a relação, no mundo globalizado, entre multiculturalismo e identidade. Afirma que a aparente contradição que expressam não é um problema grave. Trata-se de um fenômeno pelo qual a humanidade vem passando ao longo de sua história. Destaca, entretanto, que o acelerado desenvolvimento tecnológico e a concentração de riquezas têm traçado um quadro dramático no que diz respeito ao multiculturalismo e à identidade...

A regulação da comunicação social em Cabo Verde na era digital

Moreno, Jacqueline de Carvalho
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2015 POR
Relevância na Pesquisa
126%
Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação; Com a perspetiva da implementação de uma Autoridade Reguladora para a Comunicação Social em Cabo Verde que terá poderes de emitir normas, assegurar a sua aplicação, fiscalizar e reprimir eventuais infrações, esta dissertação propõe fazer uma abordagem das representações dos atores envolvidos, da importância e da afirmação da primeira entidade administrativa com autoridade para assegurar o processo de hétero regulação dos meios de comunicação social, no quadro da expansão digital. Os avanços tecnológicos nas últimas décadas mudaram a estruturação dos meios de comunicação social, um pouco por todo mundo, incluindo Cabo Verde. Neste país, o processo de adesão por parte dos media tem sido lento na busca de uma melhor alternativa para lidar com as plataformas digitais. Com o advento da Internet, a radiodifusão por satélite e a Sociedade da Informação, os meios tradicionais como a imprensa escrita e a radiodifusão – ainda sujeitos a um estreito controlo de conteúdos - despoletaram dúvidas e incertezas quanto à forma mais apropriada de regular a comunicação social, já que não podem ser tão facilmente controlados. Este estudo pretende também identificar a melhor estratégia de regulação dos media em Cabo Verde no contexto da sua migração para o digital...

Quem Fala do quê nas Notícias de Saúde do Público em 2009: Uma Análise Crítica

Tomé, Bruno; Universidade do Minho, Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade; Lopes, Felisbela; Universidade do Minho, Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa bibliográfica. Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
115.87%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-6924.2012v9n2p326A ciência e a saúde ocupam um lugar de destaque no contexto da cobertura mediática, levando os meios de comunicação social a apresentar diariamente um vasto leque de notícias desse âmbito. Inúmeras vozes e opiniões são escritas e expressas nos vários meios de comunicação social, lançando para as audiências visões e experiências sobre as duas temáticas. Este artigo propõe-se a analisar, de um ponto de vista crítico, que tipo de vozes e assuntos são marcantes nas notícias sobre saúde no Público, um jornal de referência no contexto nacional.  

Regulação política dos meios de comunicação social

Fonseca,José Nuno Lacerda
Fonte: Editora Mundos Sociais Publicador: Editora Mundos Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2001 PT
Relevância na Pesquisa
125.93%
Analisando vários indícios da existência de efeitos anti-sociais da actividade dos meios de comunicação social, reflecte-se neste texto sobre direitos informativos do consumidor e, igualmente, sobre os deveres informativos relacionados. Com base num princípio geral de informação do consumidor apresentam-se, esquematicamente, várias hipóteses de regulação dos meios de comunicação, problematizando-as e tentando reflectir sobre o seu potencial. As sinergias entre propostas de evolução do sistema político e novos processos de regulação dos média são analisadas, enquanto indispensáveis para a emergência de novos processos de regulação.