Página 1 dos resultados de 4402 itens digitais encontrados em 0.071 segundos

Os meios de comunicação e a noção de gestão ambiental: uma análise das mensagens veiculadas pelo jornal "Folha de S. Paulo; Mass media communication and the environmental management notion: an analysis of messages in Folha de S. Paulo newspaper

Fontes, Fernanda Mancilha
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
115.92%
A crise ambiental tem suas origens em períodos remotos, entretanto, é com o modelo de desenvolvimento consolidado a partir da modernidade que problemas ambientais e sociais se intensificam. Desse modo, estabelecem-se duas racionalidades que podem orientar o desenvolvimento: a econômica, que se relaciona ao processo de acumulação capitalista; e a ambiental, que enxerga a crise como uma crise civilizacional. O estudo da Gestão Ambiental nos indica que esta seria uma noção em disputa entre estas duas racionalidades, podendo adquirir sentidos contraditórios. Sua história pode ser resumida como uma noção gerada na esfera pública dos países desenvolvidos, na década de 1970, porém que, às vésperas da Rio-92, sofre adequação ao setor mercantil, interessado em assumir nova postura frente às questões ambientais. Um aspecto que merece ser debatido, portanto, são as motivações deste setor em se enveredar pelos caminhos do ambientalismo, sendo fato o reconhecimento da questão ambiental como peça chave em estratégias de mercado. Torna-se necessário compreender a maneira como o setor se apropriou e reduziu o discurso ambientalista, utilizando-se da valorização extremada da economia e da tecnologia como soluções para os problemas ambientais. É preciso verificar a força potencial dos meios de comunicação em se tornarem instrumentos de consolidação de um discurso único que representa o viés de seus dirigentes. Este trabalho tem por objetivo analisar criticamente o conteúdo das mensagens sobre gestão ambiental veiculadas pelo jornal Folha de S. Paulo...

O encontro da cultura popular e os meios de comunicação na obra de Solano Trindade - Os anos em Embu das Artes (1961-1970).; The popular culture meeting and the media in the Solano Trindade's work - the years in Embu das Artes (1961-1970)

Mello, Maurício de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
115.92%
Esta dissertação traz uma abordagem das questões sócio-históricas e culturais que nortearam a formação de inúmeras conceituações acerca da cultura brasileira durante as décadas de 1960 e 1970, e tem como objeto de pesquisa a vida e a obra do poeta Solano Trindade, suas atividades intelectuais, poéticas e teatrais. No aporte teórico do trabalho, as manifestações da cultura popular e as suas relações com as práticas culturais autenticadas pelos meios de comunicação de massa foram investigadas, com o intuito de trazer à luz as conseqüências desse encontro, os debates sobre as políticas culturais que surgiram na tentativa de controlar tais expressões, os focos de resistências e a configuração social pautada pela modernidade capitalista. A idéia de contribuir para uma noção de cultura, e como ela perpassou inúmeras definições na sociedade brasileira, atravessou a maioria das indagações durante as leituras e análise de dados que guiaram a redação. Revisar um período conturbado em termos de novos horizontes sociais e políticos no Brasil, nos permitiu avaliar uma realidade nem sempre clara para a maioria dos grupos sociais.; This dissertation brings socio-historical and cultural issues that guided the formation of many conceptualizations about the Brazilian culture during the 1960s and 1970s in Brazil...

Meios de comunicação social no Brasil: promoção do pluralismo, direito concorrencial e regulação; Media in Brazil: promotion of pluralism, competition law and regulation.

Fernandes, André de Godoy
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
116.02%
O trabalho discute o problema da concentração dos meios de comunicação social no Brasil. A preocupação inicial está voltada para a análise da realidade do setor de mídia brasileiro. Procura-se, por meio de estudo interdisciplinar, identificar os traços essenciais da formação econômica e política da sociedade brasileira, apresentar algumas notas sobre a evolução histórica do processo de concentração de poder no setor de comunicação social e traçar um retrato da concentração da mídia brasileira. Em seguida, pretende-se desenvolver uma reflexão crítica sobre a realidade brasileira. Partindo do enunciado de algumas hipóteses de caráter axiológico-normativo relativas à organização do setor de comunicação social, procura-se avaliar a robustez de tais premissas. Nesse contexto, avalia-se a importância de valores como a difusão do conhecimento para a promoção do desenvolvimento e o pluralismo de idéias e opiniões para o debate na esfera pública e a vitalidade da democracia. Também são estudados os princípios estabelecidos pela Constituição Federal relativos à organização do setor de comunicação social. Esses valores democráticos e princípios constitucionais servem de base para a construção de uma visão crítica das estruturas concentradas de poder existentes no setor de mídia. A última parte do trabalho possui nítido caráter normativo...

Mídias: concessão e exclusão: um estudo da invisibilidade seletiva produzida pelos meios de comunicação de massa contra a população afro-brasileira e suas implicações nas relações raciais no Brasil contemporâneo; Media: grant and exclusion: a study on the concession of radio and television its influence in race relations in contemporary Brazil

Gaspar, Osmar Teixeira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
106.12%
Este trabalho propõe um estudo sobre as concessões de rádio e televisão no Brasil e a influência dessas concessões nas relações raciais no Brasil dos dias atuais. Propomos uma reflexão sobre a exclusão da população negra dos meios de comunicação de massa e os reflexos produzidos por sua invisibilidade seletiva nesses veículos. Associamos a exclusão da população negra dos meios de comunicação de massa à sua exclusão do mercado formal de trabalho na iniciativa privada. Nossos questionamentos vão desde as razões que levam o Estado, quem concede, autoriza, permite e outorga o bem público, por que razão não interfere para coibir a deliberada invisibilidade seletiva produzida por esses meios contra a população descendente de escravizados africanos? Estamos supondo que a cessão do bem público, exatamente por ser do interesse de todos deveria estabelecer parâmetros que levassem em consideração o direito, a igualdade e a alteridade nas relações sociais, bem como a proporcionalidade dos grupos étnicos que compõem a rica diversidade da população brasileira. Os meios de comunicação de massa, suas grades de programações, bem como as agências de publicidade e seus anunciantes parecem ignorar a composição étnica de nossa sociedade. Ao contrário...

Confiança e solidariedade: a função sistêmica do direito e dos meios de comunicação de massa na (des)construção das políticas de seguridade social no Brasil; Trust and solidarity: the systemic function of law and mass media on the (de)construction of social security policies in Brazil

Cruz, Renato Negretti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
106.04%
O presente trabalho discute as funções sistêmicas do direito e dos meios de comunicação de massa na definição e generalização para a sociedade brasileira de expectativas sociais relacionadas à implementação das políticas públicas de Seguridade Social. Objetivou-se identificar o funcionamento desses sistemas sociais e sua relação com o processo comunicacional de construção dos sentidos de tais políticas previstas na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Para tanto, por meio do estudo interdisciplinar e eminentemente bibliográfico, foi empreendida a revisão da teoria dos sistemas sociais autopoiéticos de Niklas Luhmann e a adaptação do Modelo de Propaganda de Edward S. Herman e Noam Chomsky à realidade brasileira. A Constituição foi identificada como o ponto de convergência dos processos comunicacionais de toda sociedade e de institucionalização de suas expectativas normativas, resultantes do amplo acoplamento estrutural dos sistemas sociais nacionais. Incorpora-se à compreensão da Seguridade Social a função dos programas e princípios constitucionais e o conflito entre as expectativas sistêmicas em matéria de direitos sociais. Foram delimitados, ainda, os acoplamentos estruturais entre os sistemas econômico...

A casa comunicativa e o habitante: o espaço doméstico e o uso dos meios de comunicação; The communicative house and the inhabitant: the domestic space and the use of media

Cordeiro, Artur Vasconcelos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
115.97%
Este trabalho tem como objetivo investigar o espaço doméstico relacionado aos meios de comunicação e ao habitante contemporâneo. Inicialmente foi feito um breve histórico do rádio, televisão, telefone e computador destacando as influências no ambiente doméstico. Posteriormente foram investigadas características do habitante urbano considerando as novas formas de comunicação promovidas pelas redes digitais e o surgimento de novos grupos familiares. Por fim foi realizada uma pesquisa sobre a presença da televisão e computadores em apartamentos do município de São Paulo através de plantas de vendas veiculadas em anúncios publicitários de 1981 a 2010, averiguando os seus impactos e modos de atuação no espaço doméstico. Com base no que foi abordado são feitas interpretações sobre o habitar contemporâneo. Dessa forma, promove reflexões sobre a condição tecnológica da comunicação inserida no âmbito do espaço doméstico.; This work aims to investigate the domestic space related to media of communication and to the contemporary inhabitant. Initially is made a brief history of radio, television, telephone and computer highlighting the influences in the domestic environment. Then, characteristics of urban inhabitant were investigated considering the new forms of communication promoted by digital networks and the emergence of new family groups. Finally...

MINISTÉRIO PÚBLICO E A CONCENTRAÇÃO ECONÔMICA NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

SCOLARI, EDSON RICARDO FILHO
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 73 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.99%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Jurídicas. Direito.; O Estado Democrático de Direito pressupõe, no intuito de construir uma sociedade plenamente livre, entre outros direitos e garantias fundamentais: o pluralismo político, o acesso à informação e as liberdades de expressão, consciência e pensamento. Neste âmbito, abre-se o debate em torno da concentração econômica nos meios de comunicação social, que são aqueles que alcançam larga audiência, justamente por se tratarem dos principais fomentadores da opinião pública na atualidade. Comprova-se que a formação de monopólio e oligopólios neste setor coloca em risco os direitos e garantias fundamentais supracitados. Além do mais, que a concentração da mídia é uma tendência mundial, cabendo à órgãos como o Ministério Público a defesa do ordenamento pátrio e dos interesses da sociedade. Apresentam-se também os dispositivos da Constituição Federal brasileira que regulamentam os meios de comunicação social e a radiodifusão, além de precedentes jurisprudenciais que abordam o assunto.

Meios de comunicação como instrumentos de inserção da comunidade cabo-verdiana na sociedade de acolhimento: o caso da área metropolitana de Lisboa

Brito, Marlene Silva de
Fonte: Escola Superior de Comunicação Social Publicador: Escola Superior de Comunicação Social
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
126.09%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Comunicação Social para obtenção de grau de mestre em Jornalismo.; A comunidade cabo-verdiana tem raízes antigas em Portugal. Desde cedo, este grupo de estrangeiros procurou realizar uma informação de proximidade, junto da sua comunidade, socorrendo-se, para tal, dos mais variados meios (boletins, panfletos e mais recentemente dos meios digitais). Neste sentido, quisemos estudar os meios de comunicação e de informação da comunidade cabo-verdiana residente na Área Metropolitana de Lisboa. Para tal, tivemos como ponto de partida as associações cabo-verdianas, que surgiram com a chegada deste grupo de imigrantes, com o intuito de defender os seus direitos e deveres e de os manter próximos do país de origem. Assim, procurámos perceber que meios é que existem, quais as suas funções e se os mesmos contribuem para a inserção do imigrante no país de acolhimento. O presente estudo revelou que as associações cabo-verdianas utilizam uma variedade de instrumentos desde “o boca a boca”, passando pelo telefone e os meios digitais. Contudo, apesar desta diversidade de ferramentas elas não conseguem chegar às diferentes camadas da comunidade, por não terem tempo e verba disponível. No que diz respeito aos órgãos de comunicação encontramos apenas dois. Um programa de rádio e uma revista...

Influência dos meios de comunicação na imagem percebida pelos hóspedes: o caso da rede de hotéis Fantastic - Brasil

Santos, Helissa Nascimento dos
Fonte: Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril Publicador: Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
106.11%
Mestrado em Turismo e Comunicação; A presente investigação pretende analisar a influência que os meios de comunicação de um hotel exercem na imagem percebida por parte dos seus hóspedes, através de um estudo de caso aplicado à Rede hoteleira Fantastic – Brasil. Para tal objetivo, procurou-se identificar os principais meios de comunicação usados pelos hotéis e pelos hóspedes, bem como a relação entre os meios de comunicação usados e a imagem percebida pelos hóspedes. A abordagem metodológica utilizada baseia-se em duas análises distintas: 1) análise qualitativa, nomeadamente dos conteúdos do website e da página do facebook da Rede hoteleira brasileira Fantastic; análise dos comentários dos sítios booking e tripadvisor; e análise das entrevistas semiestruturadas com o gerente do departamento comercial e a gerência de cada hotel; e 2) análise quantitativa, pela aplicação de um inquérito por questionário junto aos hóspedes de cinco hotéis da referida cadeia hoteleira. Os resultados mostram que a Rede hoteleira Fantastic utiliza o website, agência de viagem e o facebook como seus principais meios de comunicação, sendo a internet o meio de comunicação mais utilizado pelos hóspedes. Os hóspedes que se hospedam pela primeira vez adquirem as informações sobre o Hotel através do boca a boca em portais on-line...

A influência dos meios de comunicação social nas atitudes e comportamentos sexuais de jovens universitários

Sousa, Liliana Marina de Almeida, 1980-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
116.11%
Tese de mestrado, Sexualidade Humana, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa, 2013; É indiscutível o papel relevante que os meios de comunicação desempenham no quotidiano das pessoas, como promotores e difusores de ideias e valores na sociedade contemporânea. A sexualidade tem sido um tema frequentemente abordado nos mais diversos meios de comunicação social. Considerada um direito fundamental do ser humano a sexualidade é encarada como uma importante componente da saúde e do bem estar dos indivíduos. Vários autores defendem que os meios de comunicação social influenciam (negativa ou positivamente) a sexualidade dos jovens, nomeadamente ao nível do comportamento sexual, atitudes, valores e crenças. Analisar a influência dos meios de comunicação social nos comportamentos e atitudes sexuais dos jovens constituiu-se como objetivo geral desta investigação. Trata-se de um estudo descritivo e correlacional, com recurso a questionário, aplicado a 128 estudantes universitários homogeneamente distribuídos quanto ao género, maioritariamente de nacionalidade portuguesa, solteiros, com idades compreendidas entre os 18 e os 20 anos. Concluiu-se que os diferentes meios de comunicação social, incluindo a internet...

Influência da televisão no telespectador: os meios de comunicação social como formadores da opinião pública

Teixeira, Elisabete Pinto
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
106.12%
Dissertação de Mestrado em Ciências da Comunicação, Especialização em Jornalismo; Os meios de comunicação desencadearam grandes transformações no seio da sociedade criando uma sociedade de massas que modificou por completo as relações humanas. É sabido que os meios de comunicação têm uma grande influência na nossa sociedade, manipulam a opinião pública dando aos cidadãos aquilo em que eles devem falar e pensar. Os indivíduos não são mais meros espectadores. Com a Internet começou a ser possível aos cidadãos participarem na construção das notícias. Através dos blogues, redes sociais ou mesmo com a possibilidade de intervir, comentar e debater assuntos dos jornais online. E os meios de comunicação social não são mais difusores de informação, são um comércio, um negócio onde o lucro e as audiências estão em primeiro lugar. Vieram para estandardizar e homogeneizar a cultura, vieram para transformar o mundo numa “aldeia global”. E mais: os media falam do mundo das pessoas conseguindo transformá-las em superpessoas ou em farrapos. Com este projeto de investigação procura-se então perceber que papel desempenham atualmente os meios de comunicação social no nosso dia a dia e qual o seu futuro com o avanço fugaz que se tem verificado nos instrumentos de comunicação que têm surgido. De facto...

A esfera pública 50 anos depois: esfera pública e meios de comunicação em Jürgen Habermas em homenagem aos 50 anos de Mudança estrutural da esfera pública

Lubenow,Jorge Adriano
Fonte: Universidade Estadual Paulista, Departamento de Filosofia Publicador: Universidade Estadual Paulista, Departamento de Filosofia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
106.07%
O texto trata da relação entre esfera pública e meios de comunicação de massa, no corpus bibliográfico de Jürgen Habermas, nestes 50 anos que nos separam de Strukturwandel der Öffentlichkeit (1962). O objetivo do texto é mostrar que, diferente de alguns estudos críticos, não se trata de uma lacuna investigativa - ausência, abandono ou não exploração do tema - , mas de uma abordagem secundária, implícita; que a abordagem secundária do tema está relacionada com a posição pessimista original de Habermas acerca da influência negativa dos meios de comunicação de massa, na despolitização da esfera pública; que o pessimismo de Habermas sobre os efeitos negativos dos meios de comunicação de massa mantém uma conexão interna com a orientação original da crítica da cultura de massa de Adorno. Isso significa que, apesar das reformulações e novos diagnósticos, a posição cética de Habermas quanto ao potencial democrático dos meios de comunicação de massa na repolitização da esfera pública parece não ter mudado em seus fundamentos, nestes 50 anos.

A ciência nos meios de comunicação de massa: divulgação de conhecimento ou reforço do imaginário social?

Pechula,Márcia Reami
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
106.06%
O texto descreve a crise teórico-metodológica da ciência moderna instaurada no século XX, contraposta ao imaginário social presente na recepção da ciência divulgada pelos meios de comunicação de massa. A descrição demonstra que há um paradoxo entre a produção do conhecimento científico, forjado nos centros e instituições científicas, e a visão geral daqueles que recebem as informações científicas via meios de comunicação de massa. Para tanto, o trabalho estrutura-se em quatro etapas: 1º) descreve o processo da crise teórico-metodológica da ciência no século XX, no âmbito acadêmico; 2º) analisa a formação dos elementos constitutivos do imaginário social, sob a perspectiva sociológica; 3º) analisa as condições da ciência como informação nos meios de comunicação de massa; 4º) demonstra a veiculação das informações científicas dos meios de comunicação de massa, exemplificada pela leitura da revista Superinteressante.

Poder, meios de comunicação de massas e esfera pública na democracia constitucional

Cademartori,Daniela Mesquita Leutchuk de; Menezes Neto,Elias Jacob de
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
116.03%
Este trabalho pretende analisar a relação entre a crise do Estado e o surgimento de poderes paralelos não regulados, com ênfase nos meios de comunicação de massas. Explicar-se-á o fenômeno de desintegração da opinião pública pelos meios de comunicação de massas. Será ressaltada a necessidade de regulamentação dos poderes midiáticos, em especial através de mecanismos que inibam a concentração proprietária dos meios de comunicação de massas e a sua relação com poderes econômicos e políticos. Concluir-se-á que o controle dos poderes midiáticos é meio hábil para reconstruir uma opinião pública legitimamente formada.

Insatisfação corporal e as influencias dos meios de comunicação face à aparência, controlo do peso e obesidade

Pessoa, Viviane de Oliveira
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
106.06%
RESUMO: O objectivo deste estudo é identificar o índice da insatisfação corporal e as influências dos meios de comunicação nas atitudes da mulher face á mudança da aparência, controlo do peso e Obesidade. Pretende-se com este estudo caracterizar e relacionar o índice de insatisfação corporal e a influência exercida pelos meios de comunicação social, fazendo um estudo com base nas diferenças entre dois grupos, numa amostra de 118 participantes do sexo feminino. A amostra de conveniência é composta por 59 mulheres diagnosticadas com obesidade mórbida grau III e grau IV, acompanhada no Serviço de Obesidade do Hospital de Santa Maria e numa amostra de 59 mulheres sem o diagnóstico de obesidade mórbida, com idades compreendidas entre os 19 e os 72 anos. O Protocolo de avaliação foi constituído por um questionário com recolhas dos dados demográficos e métodos utilizados pela mulher para o controlo do peso e duas escalas Sociocultural Attitudes Towards Appearance Questionnaire 3 e Body Shape Questionnaire. Verificou-se uma elevada insatisfação corporal e influências dos meios de comunicação no grupo clínico. Foi verificado ainda que a faixa etária das mulheres entre os 26 aos 39 anos são as que mais sofrem influências dos meios de comunicação face as atitudes para mudar a aparência. ABSTRACT: The objective of this study is to identify the index of body dissatisfaction and the influences of media on women's attitudes will change the face looks. It is intended to characterize the study and associate the index of body dissatisfaction and the influences exerted by the media...

So papel dos meios de comunicação na vida em sociedade

Romero, Zita
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2002 POR
Relevância na Pesquisa
106.03%
Versão integral do artigo no link do editor; Com o decorrer dos tempos, a importância dos meios de comunicação foi assumindo uma dimensão capital: espalharam-se por todo o globo, os seus tentáculos atingiram todas as áreas vitais da sociedade e interligaram-se, passando a caracterizar a sociedade em que vivemos como sociedade de informação. A esta designação acrescentamos e do conhecimento, porque o conhecimento e a inovação "estão a tornar-se cada vez mais na fonte decisiva de riqueza e, também, na principal fonte de diferença entre nações, empresas e pessoas" (Cimeira de Lisboa, 2000). Mais recentemente, a combinação da escrita, do som e da imagem com os meios informáticos originou o conceito de multimedia, disponibilizando fontes de informação inesgotáveis, proporcionando contactos de e para todo o mundo, em diversos formatos, a qualquer hora do dia, em tempo real ou não, graças aos satélites de retransmissão que cobrem a totalidade do espaço terrestre1. Todo o panorama descrito deu origem à designação aldeia global. Este conceito designa a possibilidade de se efectuarem comunicações de e para todos os pontos do globo, sem importar a distância e ultrapassando barreiras culturais. Efectivamente...

Multiculturalismo e identidade: o papel dos meios de comunicação e da escola; Multiculturalism and identity: the role of the media and of the school

Moraes, A. P. Quartim de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2001 POR
Relevância na Pesquisa
115.92%
The author discusses the relation there is, in a globalized world, between multiculturalism and identity. According to the author, the apparent contradiction they represent is not a serious problem. This is a phenomenon humanity has been going through throughout history, Emphasis is given, however, to the fact that the accelerated technological developments and the concentration of richness has traced a dramatic picture regarding multiculturalism and identity since it has lead major portions of the population to socioeconomic exclusion and, therefore, it has limited their access to all of the cultural goods and to the knowledge that is available in contemporaneous society. The media and the school can, according to the author's conception, have an important role in reducing distances between the included and the excluded, as well working aiming at social inclusion.; O autor discute a relação, no mundo globalizado, entre multiculturalismo e identidade. Afirma que a aparente contradição que expressam não é um problema grave. Trata-se de um fenômeno pelo qual a humanidade vem passando ao longo de sua história. Destaca, entretanto, que o acelerado desenvolvimento tecnológico e a concentração de riquezas têm traçado um quadro dramático no que diz respeito ao multiculturalismo e à identidade...

Os meios de comunicação de massa nas aulas de História

Rovai, Marta Gouveia de Oliveira
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/1995 POR
Relevância na Pesquisa
115.92%
The new and difficult task of the History teacher is not to let the past continue asleep under the rubbles of modernity. Supported on the means of mass communication, this task may and must be carried out in the classrooms.; A nova e difícil tarefa do professor de História é não deixar que o passado permaneça adormecido sob os escombros da modernidade. Apoiada nos meios de comunicação de massa, essa tarefa pode e deve ser exercida nas salas de aula.

Poder, Meios de Comunicação de Massas e Esfera Pública na Democracia Constitucional; Power, Mass Media and Public Sphere in the Constitutional Democracy

Cademartori, Daniela Mesquita Leutchuk de; Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Jacob de Menezes Neto, Elias; Universidade do Vale do Rio dos Sinos
Fonte: Fundação José Arthur Boiteux Publicador: Fundação José Arthur Boiteux
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 22/07/2013 POR
Relevância na Pesquisa
116.03%
doi: http://dx.doi.org/10.5007/2177-7055.2013v34n66p187 Este trabalho pretende analisar a relação entre a crise do Estado e o surgimento de poderes paralelos não regulados, com ênfase nos meios de comunicação de massas. Explicar- -se-á o fenômeno de desintegração da opinião pública pelos meios de comunicação de massas. Será ressaltada a necessidade de regulamentação dos poderes midiáticos, em especial através de mecanismos que inibam a concentração proprietária dos meios de comunicação de massas e a sua relação com poderes econômicos e políticos. Concluir-se-á que o controle dos poderes midiáticos é meio hábil para reconstruir uma opinião pública legitimamente formada.; This paper aims to analyse the link between the crisis of the State and the emergence of unregulated parallel powers, with emphasis on mass media. It will be explained the disintegration of public opinion by mass media. It will be shown the need for regulation of media power, particularly through mechanisms that inhibit the ownership concentration of mass media companies and its association with economic and political power. It will be proposed that the control of media power is a valid expedient to rearrange a legitimately formed public opinion.

América latina para focas: guia para comunicadores sobre meios de comunicação de massa latino-americanos

Relva, Cássia; Geraldes, Elen
Fonte: Revista Intercâmbio dos Congressos de Humanidades Publicador: Revista Intercâmbio dos Congressos de Humanidades
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 02/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
106.07%
Este trabalho busca ser um guia didático para estudantes e professores dos cursos de comunicação social sobre a história dos meios de comunicação de massa na América Latina. A ideia é preencher uma lacuna na bibliografia da área e facilitar a identificação de obras em um único compêndio, destacando-se as origens e os percursos distintos como também semelhantes da televisão, rádio, cinema, agências de notícias e os grupos de comunicação presentes em diversos países da região, com intuito de ser utilizado nas salas de aula para fomentar a discussão de como se realiza a comunicação de massa nesse espaço. O produto de comunicação como um guia é uma das modalidades de projeto experimental, visto como exercício de avaliação das habilidades exigidas aos comunicadores e aceito nas faculdades de comunicação como trabalho de conclusão de curso, pois além de requerer conhecimento teórico e prático, são avaliadas sua inovação e criatividade diante do objeto de estudo. Uma possível inovação é a de conteúdo, ou seja, por meio do uso da linguagem jornalística se propõe uma nova apresentação para o tema. A partir de seu uso, busca-se uma reflexão sobre os aspectos que influenciam os percursos dos meios de comunicação latinos como também os desafios postos aos profissionais por uma comunicação que respeite à diversidade da região.