Página 1 dos resultados de 8 itens digitais encontrados em 0.087 segundos

A participação de um serviço público na atenção e implementação de ações à saúde do viajante no Brasil; The participation of a public service in attention and implementation of traveler health actions in Brazil

Chaves, Tânia do Socorro Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
116.33%
A medicina de viagem (MV) surgiu em resposta ao crescente deslocamento populacional, com o objetivo de prevenir os agravos à saúde relacionados às viagens. No Brasil teve inicio no final da década de 90, momento em que reformas socioeconômicas levaram a melhorias das condições de vida dos brasileiros. O Núcleo de Medicina do Viajante (NMV), do Instituto de Infectologia Emilio Ribas (IIER), foi o primeiro serviço de atenção à saúde do viajante criado na cidade de São Paulo, em maio de 2000. O presente estudo visa: descrever a população de viajantes que procuraram orientação pré-viagem no Núcleo de Medicina do Viajante (NMV) do Instituto de Infectologia Emilio Ribas (IIER) no período de janeiro de 2006 a dezembro de 2010; descrever as medidas de prevenção recomendadas em relação às doenças infecciosas; descrever as atividades de ensino realizadas e a participação do serviço na discussão de diretrizes em políticas públicas em medicina de viagem. No período estudado, 2744 viajantes procuraram orientação pré-viagem no NMV do IIER. Foram realizados 2836 atendimentos de orientação pré-viagem, 92 viajantes procuraram o serviço mais de uma vez. A faixa etária entre 18 e 34 anos (54,2%), o sexo feminino (51...

Concepções do viajante e adesão à quimioprofilaxia da Malária - Estudo em Consulta do Instituto de Higiene e Medicina Tropical

Tavares, Isabel Fisher Farinha
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.04%
A não adesão à quimioprofilaxia da malária tem sido documentada como uma das principais causas que contribuem para os casos de malária. A consulta do viajante é um processo de avaliação do risco da viagem que fornece um conjunto de indicações de saúde ao viajante de acordo com risco local e necessidades pessoais. Neste trabalho pretendeu-se avaliar as concepções do viajante e a sua adesão à quimioprofilaxia da malária num grupo de viajantes que recorreram a consulta do viajante no IHMT, através de um questionário pré e pós-viagem. Num total de 96 (37,9%) de viajantes que não aderiram à quimioprofilaxia, 73 (76%) reduziram o tempo de toma, 18 (18,8%) não tomaram nenhuma medicação. A não adesão foi maior ao longo e após o regresso da viagem a qual teve como principal destino Angola. Verificou-se que a maior causa de não adesão à quimioprofilaxia foi escolha deliberada por receio dos efeitos secundários (60,9%). Os viajantes alteram muito a sua concepção de risco subestimando o mesmo após o seu regresso. De acordo com a estatística da malária importada, em Portugal esta encontra-se em sentido crescente pelo que seria importante acompanhar clinicamente os viajantes que não aderiram à quimioprofilaxia e relevar procedimentos que salvaguardassem atitudes do viajante face aos efeitos secundários da medicação.

Olhares do médico-viajante italiano: Giovanni Palombini no Rio Grande do Sul (1901-1914)

Schwartsmann, Leonor Carolina Baptista
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
55.81%
Entre 1901 e 1914, o médico italiano Giovanni Palombini percorreu o interior do Estado do Rio Grande do Sul, após breve estada no Estado de São Paulo. Durante esta jornada, além da prática itinerante da Medicina, escreveu um relato de viagem com diversas observações oriundas desta experiência. Entre estas constam práticas de saúde, doenças, situação de saúde da população, contatos interétnicos, clima, agricultura, alimentação, costumes, vestuário, urbanismo e profissões. O objetivo principal deste relato era fomentar a propaganda para a imigração italiana no Estado e, para tanto, recebeu suporte do Governo Estadual. A partir de uma análise de conteúdo deste material, verifica-se que este segue a influência dos protocolos da Geografia Médica, disciplina que estudava a geografia das doenças e a influência do meio geográfico na distribuição das doenças. A estruturação da pesquisa seguiu as noções da concepção etiológica da doença utilizada em meados do século XIX e seu vocabulário (circunfusa, ingesta, excreta, percepta, applicata e gesta). Empregou-se também a metodologia da História Oral para a obtenção de dados relativos à história de vida de Palombini e a de outros médicos italianos. A pesquisa desenvolvida permitiu estudar o pensamento do médico e as influências científicas que atuaram em seu exercício profissional...

Implantação de uma Unidade Sentinela Centro de Referência em Medicina Internacional e de Viagem no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás (HC / UFG); Introduction of Sentinel Unit Reference Center in International and Travel Medicine in General Hospital at Federal University of Goiás.

AIRES, Leticia Mara Conceição
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde - Medicina Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde - Medicina
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
126.24%
Introduction: The number of domestic and international travel has increased in past years. This way, Travel Medicine, has become an important subject, with the emergence of services that provide health care to travelers. Objective: To evaluate strategies used in deploying Sentinel Unit Reference Center for International and Travel Medicine at the HC / UFG. Methods: First approach: Systematic Review of Literature using the keywords: "Travel and medicine", "Travel and prevention", "Travel and Disease and Medicine" and "Traveler and medicine . Then were selected articles in English, Spanish and Portuguese, from 2004 to 2008. Second approach: a descriptive, qualitative and quantitative, with evaluation of actions taken during the period preceding the implementation of the Unit. Results: In the literature review were found 1,301 articles, and 72 included for analysis, we observed that malaria is the most studied disease, the main preventive measures discussed are chemoprophylaxis for malaria and vaccination. Health professionals working in Travel Medicine are general practitioners, pharmacists and nurses in various parts of the world, and among the obstacles we stress the lack of information in travelers, the lack of professional preparation and last-minute travelers. In a qualitative and quantitative research was performed a retrospective study in which differences were observed between physicians at the General Hospital and the tropical Diseases Hospital...

Pre-Travel Paediatric Consultation: A Six-Year Retrospective Study

Machado, Virgínia Martins; Centro Hospitalar de Setúbal, Hospital de São Bernardo. Serviço de Pediatria; Mota, Andreia Filipa; Centro Hospitalar de Setúbal, Hospital de São Bernardo. Serviço de Pediatria; Peças, Sofia; Centro Hospitalar de Setúba
Fonte: Sociedade Portuguesa de Pediatria Publicador: Sociedade Portuguesa de Pediatria
Formato: application/pdf
Publicado em 26/10/2015 ENG
Relevância na Pesquisa
66.07%
Introdução: O presente estudo pretendeu avaliar os cuidados de saúde pré-viagem prestados numa consulta do viajante destinada a crianças, realizada num hospital português de Grupo I, identificando áreas de potencial melhoria.Métodos: Análise retrospetiva dos processos de consulta (outubro de 2007 a outubro de 2013). Avaliação de dados demográficos, doenças preexistentes, itinerário da viagem, alojamento, vacinação e medicação prescritas. Excluíram-se os processos incompletos.Resultados: Das 499 crianças que recorreram à consulta foram incluídas 435 (87,2%). A maioria (52%) era do sexo feminino. A mediana de idades foi de 6 anos. A mediana de tempo entre a consulta e a partida foi de 27 dias, mas 39.7% das crianças recorreram à consulta muito perto da data da partida (sete dias ou menos). Os países africanos foram o destino mais frequente (78,4%), particularmente Angola (69,5%). Para 57,7% crianças, o objetivo da viagem foi visitar familiares. A mediana de tempo de estadia foram 30 dias. Em 27,6% crianças a duração da viagem foi superior a seis meses. Destas, 83,3% mudaram de residência. Foi prescrita vacinação a 85,7% crianças. As vacinas da febre amarela (26,8%), hepatite A (25,1%), febre tifoide (23...

Medicina das viagens: generalidades sobre medicina das viagens

Atouguia, Jorge
Fonte: Universidade Aberta Publicador: Universidade Aberta
Tipo: Aula
Publicado em //2000 POR
Relevância na Pesquisa
35.86%
Recursos Educativos - Ciências; Este programa apresenta algumas generalidades sobre medicina das viagens nomeadamente, alguns cuidados que o viajante deve ter antes, durante e após uma viagem para regiões tropicais.; Participação de Mário de Matos, presidente da Agência de Viagens Top Tours, de Fátima Leão, de Magda Monteiro e do fotógrafo Rui Carvalho, viajantes.

Preocupação com problemas de saúde durante viagens em professores de uma grande universidade na América Latina: descrição preliminar; Health problems awareness during travel among faculty members of a large university in Latin America: preliminary report

Tome, Ana Cristina Nakamura; Canello, Thaís Brandi; Luna, Expedito José de Albuquerque; Andrade Junior, Heitor Franco de
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2013 ENG
Relevância na Pesquisa
55.94%
A segurança sanitária em viagens é baseada no aconselhamento, vacinação e orientação do viajante para a prevenção de doenças em viagens, genéricas ou específicas de seu destino. Visando avaliar a preocupação, providências preventivas e problemas relativos à saúde e à prevenção de doenças, entrevistamos professores universitários de uma grande universidade pública, distribuídos aleatoriamente entre as áreas de Exatas, Humanidades e da Saúde, selecionados por interesse e por relato de problemas de saúde em viagens no ano antecedente à pesquisa. Após amostragem e sorteio, foram tentadas 520 entrevistas por telefone, sendo encontrados 67 (12,9%) docentes e 46 (68,6%) concordaram com a entrevista, sendo que dois foram excluídos por ausência de viagem no ultimo ano. Esta amostragem tinha predominância de homens (37/44, 84,1%), entre os 40 e 50 anos de idade (32/44, 72,7%) todos com educação superior como esperado. A maioria era sedentária ou referia exercício ocasional, com apenas 15,9% (7/44) informando exercício regular. Doenças pré-existentes foram referidas por 15 viajantes. A maioria das viagens durou uma semana ou menos no destino. A duração da viagem estava relacionada ao destino sendo que viagens com mais de 12 h eram sempre relacionadas a destinos no exterior...

Aconselhamento pré-viagem aos voluntários com destino ao Haiti. Relato da experiência do Ambulatório dos Viajantes do Hospital das Clínicas da FMUSP; Pre travel advice among volunteers to Haiti. Experience at travellers’ clinic of HCFMUSP

Miyaji, Karina Takesaki; Chaves, Tânia do Socorro Souza; Lara, Amanda Nazareth; Luiz, André Machado; Sartori, Ana Marli Christovan; Lopes, Marta Heloisa
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 22/06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66%
INTRODUÇÃO: Desastres naturais representam ameaça à vida e às condições mínimas de sobrevivência de milhares de pessoas. Em 12 de janeiro de 2010 o Haiti foi assolado por um dos mais devastadores terremotos da história do país. Equipes de resgate do mundo inteiro chegaram ao país para ajuda humanitária. O Ambulatório dos Viajantes, da Divisão de Clínica de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP) fez a orientação pré-viagem dos voluntários que foram encaminhados ao serviço. OBJETIVO: Enfatizar a importância da medicina de viagem em emergência de saúde pública e descrever a orientação pré-viagem fornecida aos viajantes. MATERIAL E MÉTODOS: Estudo descritivo de relato da experiência do Ambulatório dos Viajantes da Divisão de Clínica de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da FMUSP, na orientação pré-viagem de viajantes com destino ao Haiti. Toda a equipe profissional do ambulatório foi informada da situação e uma estratégia foi criada para atender a demanda sem comprometer a rotina. Orientação sobre os riscos de adoecimento através de água e alimentos, vetores, poluição do ar, animais peçonhentos, choque elétricos foram discutidos além da informação sobre os aspectos geográficos...