Página 1 dos resultados de 575 itens digitais encontrados em 0.021 segundos

Efeitos da alocação de pessoal e da carga de trabalho de enfermagem nos resultados da assistência em unidades de internação médico-cirúrgicas; Effects of allocating nursing personnel and workload on assistance results in medical-surgical units

Krokoscz, Daniella Vianna Correa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.07%
Estudo quantitativo, transversal, prospectivo, realizado com o objetivo de analisar os efeitos da alocação de pessoal e da carga de trabalho de enfermagem nos resultados da assistência em duas unidades de internação (UIs) médico-cirúrgicas, com 20 e 15 leitos cada, denominadas respectivamente UI-A e UI-B, de um hospital do município de São Paulo. Utilizou-se uma metodologia capaz de abranger 87% da variação dos cuidados requeridos pelos pacientes, composta por itens que incluem a dimensão biológica e psicossocial do cuidado: o Patient Focused Solutions/Workload Measurement-Inpatient Methodology (PFS/WM-IM). Foram considerados indicadores de resultado: queda, erro de medicação, retirada não programada de sondas, cateteres ou drenos, úlcera por pressão (UP), infecção urinária (ITU) e pneumonia desenvolvidas durante a internação hospitalar. Os dados foram obtidos dos prontuários e dos registros da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, além da escala diária de pessoal de enfermagem. Após 47 dias consecutivos de coleta de dados, a amostra final foi composta por 387 pacientes - 218 na UI-A e 169 na UI-B. Com distribuição eqüitativa de pacientes do gênero masculino e feminino, predominaram os idosos com 61 anos ou mais (38...

Distribuição do tempo das enfermeiras: identificação e análise em unidade médico-cirúrgica; Nursery time distribution: identification and analysis in a medical-surgical unit

Bordin, Luiz Carlos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
65.89%
Diante do impacto da distribuição do tempo de trabalho da profissional enfermeira na determinação de parâmetros adequados para a operacionalização do processo de dimensionar pessoal de enfermagem, este estudo teve por objetivo identificar e analisar a distribuição do tempo de trabalho das enfermeiras em uma unidade de internação médico-cirúrgica. Trata-se de uma pesquisa de campo, prospectiva, de abordagem quantitativa, do tipo exploratório-descritiva, realizada em um Hospital geral, privado, de grande porte da cidade de São Paulo. Para a consecução dos objetivos da pesquisa considerou-se, como população estatística, as atividades de enfermagem realizadas pelas enfermeiras durante os turnos de trabalho. O tamanho da amostra e o período amostral foram estabelecidos a partir da determinação de critérios relacionados à probabilidade mínima de ocorrência das atividades realizadas pelas enfermeiras, bem como do número de enfermeiras por turno e do intervalo estipulado para a realização das observações das atividades executadas pelas enfermeiras. A identificação das atividades de enfermagem realizadas pelas enfermeiras ocorreu mediante solicitação de que cada enfermeira relacionasse, por escrito, as atividades executadas no cotidiano de trabalho da Unidade...

Stress e valorização no trabalho do enfermeiro de unidade de internação do município de São Paulo; Stress and valuation of nurses' work in the inpatient unit in São Paulo

Simonetti, Sergio Henrique
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
55.77%
A enfermagem é reconhecida como uma profissão estressante. Este estudo teve como objetivos analisar a ocorrência de stress no trabalho do enfermeiro de unidade de internação e relacioná-la com a percepção de stress e a valorização no trabalho. Realizou-se um estudo descritivo, quantitativo e transversal junto a 141 enfermeiros que atuam em unidade de internação de hospitais públicos do Município de São Paulo. Os dados foram coletados utilizando-se a Escala Bianchi de Stress, Escala de Stress Percebido e Escala de Stress no Trabalho. A análise dos dados foi baseada na descrição em números absolutos e percentuais e nos dados de testes estatísticos não-paramétricos. Os resultados obtidos foram: 92,1% do sexo feminino; 31,2% com faixa etária de 41 a 50 anos; 92,2% ocupavam cargo de enfermeiro assistencial; 36,2% com mais de 16 anos de tempo de formação; 79,4% referiram terem cursado pós-graduação. Quanto aos níveis de stress, os enfermeiros apresentaram escore médio de 5,49, considerado médio para alto nível de stress e englobados nos domínios relações interpessoais, coordenação das atividades da unidade e condições de trabalho para o exercício de sua profissão. Os enfermeiros mais estressados foram os que apontaram média baixa de valorização no trabalho e foi estatisticamente significante (p<0...

Risk factors of oropharyngeal carriage of Pseudomonas aeruginosa among patients from a Medical-Surgical Intensive Care Unit

Castelo Branco Fortaleza, Carlos Magno; Figueiredo, Ligia Castellon; Beraldo, Carolina Contador; de Melo, Edson Carvalho; Sales Pola, Patricia Maria; Nagem Aragao, Valeria Drummond
Fonte: Contexto Publicador: Contexto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 173-176
ENG
Relevância na Pesquisa
55.89%
Oropharyngeal carriage of Pseudomonas aeruginosa is associated with increased risk of infection and may provide a source for spread of drug-resistant strains. In order to assess the incidence and risk factors of oropharyngeal carriage, we conducted a retrospective cohort study based on results of surveillance cultures (oropharyngeal swabs) from a medical-surgical intensive care unit, collected from March 2005 through May 2006. Variables investigated included demographic characteristics, comorbid conditions, invasive procedures, use of devices and use of antimicrobials. Thirty case patients with P. aeruginosa carriage were identified. Other 84 patients with surveillance cultures negative to P. aeruginosa were enrolled as control subjects. Case patients were more likely to have a solid malignancy (Odds Ratio [OR] = 12.04, 95% Confidence Interval [CI] = 1.93-75.09, p=0.008), Acquired Immunodeficiency Syndrome (AIDS, OR = 7.09, 95% CI=1.11-45.39, p = 0.04), central nervous system disease (OR = 4.51, 95% CI = 1.52-13.39, p = 0.007), or to have a central venous catheter placed (OR = 7.76, 95% CI = 1.68-35.79, p=0.009). The use of quinolones was a protective factor (OR = 0.13, 95% CI = 0.03-0.47, p = 0.002). The predominance of comorbidities as risk factors points out a group of patients to whom preventive measures should be directed.

Case-case-control study of risk factors for nasopharyngeal colonization with methicillin-resistant Staphylococcus aureus in a medical-surgical intensive care unit

Melo, Edson Carvalho de; Fortaleza, Carlos Magno Castelo Branco
Fonte: Brazilian Society of Infectious Diseases Publicador: Brazilian Society of Infectious Diseases
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 398-402
ENG
Relevância na Pesquisa
55.89%
Nasopharyngeal colonization with methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) often precedes the development of nosocomial infections. In order to identify risk factors for MRSA colonization, we conducted a case-case-control study, enrolling 122 patients admitted to a medical-surgical intensive care unit (ICU). All patients had been screened for nasopharyngeal colonization with S. aureus upon admission and weekly thereafter. Two case-control studies were performed, using as cases patients who acquired colonization with MRSA and methicillin-susceptible S. aureus (MSSA), respectively. For both studies, patients in whom colonization was not detected during ICU stay were selected as control subjects. Several potential risk factors were assessed in univariate and multivariable (logistic regression) analysis. MRSA and MSSA were recovered from nasopharyngeal samples from 27 and 10 patients, respectively. Independent risk factors for MRSA colonization were: length-of-stay in the ICU (Odds Ratio [OR]=1.12, 95%Confidence Interval[CI]=1.06-1.19, p<0.001) and use of ciprofloxacin (OR=5.05, 95%CI=1.38-21.90, p=0.015). The use of levofloxacin had a protective effect (OR=0.08, 95%CI=0.01-0.55, p=0.01). Colonization with MSSA was positively associated with central nervous system disease (OR=7.45...

Colonization pressure and risk factors for acquisition of imipenem-resistant Acinetobacter baumannii in a medical surgical intensive care unit in Brazil

Castelo Branco Fortaleza, Carlos Magno; Moreira de Freitas, Fernanda; Da Paz Lauterbach, Gerhard
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 263-265
ENG
Relevância na Pesquisa
55.93%
We studied a nonconcurrent cohort of 582 patients admitted to a medical-surgical intensive care unit. Use of antimicrobials (imipenem and metronidazole) was a risk factor for acquisition of imipenem-resistant Acinetobacter baumannii only for the subcohort of patients admitted in months in which colonization pressure was lower than the median value. © 2013 by the Association for Professionals in Infection Control and Epidemiology, Inc. Published by Elsevier Inc. All rights reserved.

A comunicação com a pessoa em situação crítica e família

Plácido, Gonçalo do Carmo
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 09/09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
45.89%
Este relatório faz uma descrição, análise e reflexão crítica sobre as experiências vividas e atividades realizadas ao longo do Estágio com vista à aquisição de competências inerentes ao título de Enfermeiro Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica. O Estágio compreendeu três módulos diferentes entre os quais o de Serviço de Urgência, o de Unidade de Cuidados Intensivos e o de Bloco Operatório. O módulo de estágio no Serviço de Urgência permitiu a aquisição e desenvolvimento de competências relativas à prestação de cuidados de enfermagem especializados à pessoa em situação crítica em contexto de triagem, sala de reanimação e sala de observação. Foi igualmente possível desenvolver competências comunicacionais com a Pessoa em situação crítica e família através da realização de uma Norma de Serviço para transmissão de más notícias e de um Poster sobre o Protocolo de Buckman (1992). O módulo de estágio na Unidade de Cuidados Intensivos Cirúrgicos Especiais permitiu a obtenção e desenvolvimento de competências na prestação e gestão dos cuidados prestados à pessoa em situação crítica do foro cirúrgico e no domínio da transmissão de más notícias à família, tendo sido realizada uma sessão de formação sobre essa mesma temática. Com a realização do módulo de estágio no Bloco Operatório tornou-se possível o aprofundamento de competências de Enfermeiro Especialista através da prestação de cuidados enquanto enfermeiro circulante e de apoio à anestesia...

Relatório de Mestrado: trabalho de projeto

Lúcio, Gabriel Valentim dos Santos
Fonte: Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal Publicador: Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /02/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46%
Trabalho de Projecto para Candidatura ao grau de Mestre em Enfermagem Médico-Cirúrgica; Em contexto do 1º Mestrado em Enfermagem Médico-cirúrgica da Escola Superior de Saúde – Instituto Politécnico de Setúbal sistematiza-se no presente relatório todo o processo desenvolvido para a aquisição das Competências Comuns e Específicas do Enfermeiro Especialista em Enfermagem em Pessoa em Situação Crítica. Deste processo destaca-se a análise e reflexão do processo de aquisição e desenvolvimento de todas as competências do enfermeiro especialista, e a realização do projecto de intervenção em serviço que demonstra na prática algumas dessas competências. É destacado o processo de evolução do referencial teórico que norteia o exercício de enfermagem do mestrando, pautado teoria de médio alcance: The AACN Synergy Model for Patient Care. Inserido em contexto da Unidade Curricular Enfermagem Médico-cirúrgica I, o Estágio III contemplou a realização de um projecto de intervenção, segundo a metodologia de projecto. Com este pretende-se a implementação de rotinas de monitorização dos carros de emergência, num serviço de urgência geral de um Hospital do sul do país, através da criação de uma norma de procedimento. A sua implementação visa uniformizar práticas de organização e manutenção dos carros de emergência...

Monitorização e Gestão da Dor na UCPA

Barros, Maria Esmeralda
Fonte: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Saúde Publicador: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Saúde
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.02%
Relatório de Trabalho de Projeto apresentado para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Enfermagem Médico-Cirúrgica; No âmbito do 2º Mestrado em Enfermagem Médico-Cirúrgica da Escola Superior de Saúde – Instituto Politécnico de Setúbal, o presente relatório pretende transmitir todo o processo desenvolvido para a aquisição das Competências Comuns e Específicas do Enfermeiro Especialista em Enfermagem em Pessoa em Situação Crítica. Inserido em contexto da Unidade Curricular Enfermagem Médico-Cirúrgica II, o Estágio III, compreende a implementação do projeto de intervenção em serviço de acordo com a metodologia de projeto com o título “ Monitorização e Gestão da Dor na unidade de cuidados pós-anestésicos”. A sua finalidade é a implementação de instrumentos de avaliação da Dor e a uniformização de procedimentos, numa unidade de cuidados pós-anestésicos de um Hospital do sul do país, de modo que, a presença de Dor e a sua intensidade sejam sistematicamente valorizadas, diagnosticadas, avaliadas e registadas. A dor pós-cirúrgica na unidade de cuidados pós-anestésicos é uma realidade problemática, a sua monitorização e gestão é fundamental para a melhoria da qualidade dos cuidados prestados. Para a consecução deste projeto foram delineados quatro objetivos específicos...

Risk factors of oropharyngeal carriage of Pseudomonas aeruginosa among patients from a Medical-Surgical Intensive Care Unit

Fortaleza,Carlos Magno Castelo Branco; Figueiredo,Lígia Castellon; Beraldo,Carolina Contador; Melo,Edson Carvalho de; Póla,Patrícia Maria Sales; Aragão,Valéria Drummond Nagem
Fonte: Brazilian Society of Infectious Diseases Publicador: Brazilian Society of Infectious Diseases
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 EN
Relevância na Pesquisa
55.89%
Oropharyngeal carriage of Pseudomonas aeruginosa is associated with increased risk of infection and may provide a source for spread of drug-resistant strains. In order to assess the incidence and risk factors of oropharyngeal carriage, we conducted a retrospective cohort study based on results of surveillance cultures (oropharyngeal swabs) from a medical-surgical intensive care unit, collected from March 2005 through May 2006. Variables investigated included demographic characteristics, comorbid conditions, invasive procedures, use of devices and use of antimicrobials. Thirty case patients with P. aeruginosa carriage were identified. Other 84 patients with surveillance cultures negative to P. aeruginosa were enrolled as control subjects. Case patients were more likely to have a solid malignancy (Odds Ratio [OR] = 12.04, 95% Confidence Interval [CI] = 1.93-75.09, p=0.008), Acquired Immunodeficiency Syndrome (AIDS, OR = 7.09, 95% CI= 1.11-45.39, p = 0.04), central nervous system disease (OR = 4.51, 95% CI = 1.52-13.39, p = 0.007), or to have a central venous catheter placed (OR = 7.76, 95% CI = 1.68-35.79, p=0.009). The use of quinolones was a protective factor (OR = 0.13, 95% CI = 0.03-0.47, p = 0.002). The predominance of comorbidities as risk factors points out a group of patients to whom preventive measures should be directed.

Case-case-control study of risk factors for nasopharyngeal colonization with methicillin-resistant Staphylococcus aureus in a medical-surgical intensive care unit

Melo,Edson Carvalho de; Fortaleza,Carlos Magno Castelo Branco
Fonte: Brazilian Society of Infectious Diseases Publicador: Brazilian Society of Infectious Diseases
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 EN
Relevância na Pesquisa
55.89%
Nasopharyngeal colonization with methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) often precedes the development of nosocomial infections. In order to identify risk factors for MRSA colonization, we conducted a case-case-control study, enrolling 122 patients admitted to a medical-surgical intensive care unit (ICU). All patients had been screened for nasopharyngeal colonization with S. aureus upon admission and weekly thereafter. Two case-control studies were performed, using as cases patients who acquired colonization with MRSA and methicillin-susceptible S. aureus (MSSA), respectively. For both studies, patients in whom colonization was not detected during ICU stay were selected as control subjects. Several potential risk factors were assessed in univariate and multivariable (logistic regression) analysis. MRSA and MSSA were recovered from nasopharyngeal samples from 27 and 10 patients, respectively. Independent risk factors for MRSA colonization were: length-of-stay in the ICU (Odds Ratio [OR]=1.12, 95%Confidence Interval[CI]=1.06-1.19, p<0.001) and use of ciprofloxacin (OR=5.05, 95%CI=1.38-21.90, p=0.015). The use of levofloxacin had a protective effect (OR=0.08, 95%CI=0.01-0.55, p=0.01). Colonization with MSSA was positively associated with central nervous system disease (OR=7.45...

Evaluation of the organic and functional results of tympanoplasties through a retro-auricular approach at a medical residency unit

Lima,José Carlos Bolini de; Marone,Silvio Antonio Monteiro; Martucci,Oswaldo; Gonçalez,Fabiana; Silva Neto,João Jovino da; Ramos,Alice Carolina Mataruco
Fonte: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial Publicador: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 EN
Relevância na Pesquisa
45.98%
Tympanoplasty aims at rebuilding the tympanic membrane with or without middle ear functional recovery. AIM: To evaluate the surgical results of tympanoplasties with a retro-auricular surgical approach at a medical residency unit. MATERIALS AND METHODS: Thirty-nine patients with diagnosis of simple chronic otitis media were evaluated; these patients underwent tymplanoplasty by a retro-auricular approach (underlay technique) at a medical residency unit. Patients were included in a prospective medical and audiologic investigation protocol that consisted of a clinical, otomicroscopic and audiometric evaluation. All procedures were supervised by training specialists otorrinolaringology. RESULTS: The rate of surgical success - full integration of the graft - was 95% of cases. Improvement of hearing, as demonstrated in audiometry, occurred in 72% of cases. Improvement in tinnitus was demonstrated subjectively on a visual analog scale in 69% of cases. CONCLUSION: Tympanoplasty through a retro-auricular approach is easy to perform. Full graft integration occurred in 95% of cases and was independent of factors deemed by many authors as relevant. The results - improvement of the quality of hearing and tinnitus - were significant.

Hospital-acquired acute kidney injury in medical, surgical, and intensive care unit: A comparative study

Singh, T. B.; Rathore, S. S.; Choudhury, T. A.; Shukla, V. K.; Singh, D. K.; Prakash, J.
Fonte: Medknow Publications & Media Pvt Ltd Publicador: Medknow Publications & Media Pvt Ltd
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 EN
Relevância na Pesquisa
46.05%
Acute kidney injury (AKI) is a common complication in hospitalized patients. There are few comparative studies on hospital-acquired AKI (HAAKI) in medical, surgical, and ICU patients. This study was conducted to compare the epidemiological characteristics, clinical profiles, and outcomes of HAAKI among these three units. All adult patients (>18 years) of either gender who developed AKI based on RIFLE criteria (using serum creatinine), 48 h after hospitalization were included in the study. Patients of acute on chronic renal failure and AKI in pregnancy were excluded. Incidence of HAAKI in medical, surgical, and ICU wards were 0.54%, 0.72%, and 2.2% respectively (P < 0.0001). There was no difference in age distribution among the groups, but onset of HAAKI was earliest in the medical ward (P = 0.001). RIFLE-R was the most common AKI in medical (39.2%) and ICU (50%) wards but in the surgical ward, it was RIFLE-F that was most common (52.6%). Acute tubular necrosis was more common in ICU (P = 0.043). Most common etiology of HAAKI in medical unit was drug induced (39.2%), whereas in surgical and ICU, it was sepsis (34% and 35.2% respectively). Mortality in ICU, surgical and medical units were 73.5%, 43.42%, and 37.2%, respectively (P = 0.003). Length of hospital stay in surgical...

Pod Nursing on a Medical/Surgical Unit: Implementation and Outcomes Evaluation

Friese, Christopher R.; Grunawalt, Julie C.; Bhullar, Sara; Bihlmeyer, Karen; Chang, Robert; Wood, Winnie
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /04/2014 EN
Relevância na Pesquisa
65.84%
A medical/surgical unit at the University of Michigan Health System implemented a pod nursing model of care to improve efficiency and patient and staff satisfaction. One centralized station was replaced with 4 satellites and supplies were relocated next to patient rooms. Patients were assigned to 2 nurses who worked as partners. Three patient (satisfaction, call lights, and falls) and nurse (satisfaction and overtime) outcomes improved after implementation. Efforts should be focused on addressing patient acuity imbalances across assignments and strengthening communication among the health care team. Studies are needed to test the model in larger and more diverse settings.

The effects of arts-in-medicine programming on the medical-surgical work environment

Sonke, Jill; Pesata, Virginia; Arce, Lauren; Carytsas, Ferol P.; Zemina, Kristen; Jokisch, Christine
Fonte: Routledge Publicador: Routledge
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN
Relevância na Pesquisa
56.01%
Background: Arts in medicine programs have significant impacts on patients and staff in long-term care environments, but the literature lacks evidence of effectiveness on hospital units with shorter average lengths of stay. Methods: The qualitative study used individual structured interviews to assess the impacts of arts programming on job satisfaction, stress, unit culture, support, quality of care, and patient outcomes on a short-term medical-surgical unit, and used a qualitative cross comparison grounded theory methodology to analyze data. Results: The study confirmed that arts programming can positively affect unit culture, nursing practice, and quality of care on short-stay medical-surgical units. Significant insights related to nursing practice and the art program were found, including that music can cause negative distraction for staff. Conclusions: While positive impacts of arts programming on the medical-surgical environment are clear, potential negative effects also need to be considered in the development of practice protocols for artists.

Surgical undergraduate education in rural Australia

Bruening, M.; Maddern, G.
Fonte: Amer Medical Assoc Publicador: Amer Medical Assoc
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2002 EN
Relevância na Pesquisa
45.95%
Hypothesis: Surgical undergraduate education in a rural setting is feasible and sound in terms of educational outcomes. Design: The final-year surgical curriculum at the University of Adelaide, Adelaide, South Australia, was restructured to include the option of a rural surgical term. Setting: Five provincial center hospitals in rural South Australia. Interventions: Forty-three final-year medical students undertook rural surgical clerkships in 1998. Main Outcome Measures: End-of-year results and subjective ward assessments were compared between the group of students who completed rural surgical terms and the remainder of the student group who participated in tertiary hospital-based electives. Subjective student feedback was obtained in a survey conducted by the Clinical Education Development Unit at the University of Adelaide. Results: No significant (P = .45) differences in examination results were noted between the rural and city groups. A significant (P<.01) finding was observed in the subjective assessments, indicating that it was more difficult for the rural group to obtain an A grade compared with the city group. The rural students ranked the level of teaching and supervision highly and enjoyed the overall rural experience. Conclusion: Surgical undergraduate education is practical in a rural setting and...

Distribuição do tempo das enfermeiras: identificação e análise em Unidade Médico-Cirúrgica; Nurses' time distribution: identification and analysis in a Medical-Surgical Unit; Distribución del tiempo de las enfermeras: identificación y análisis en una Unidad Médico Quirúrgica

BORDIN, Luiz Carlos; FUGULIN, Fernanda Maria Togeiro
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
55.84%
Diante do impacto da distribuição do tempo de trabalho da profissional enfermeira na determinação de parâmetros para a operacionalização do processo de dimensionar pessoal de enfermagem, este estudo teve por objetivo identificar e analisar a distribuição do tempo de trabalho das enfermeiras em uma unidade de internação médico-cirúrgica. Para a consecução dos objetivos da pesquisa considerou-se, como população estatística, as atividades de enfermagem realizadas pelas enfermeiras durante os turnos de trabalho. Verificou-se que 50% do tempo destas profissionais foram dedicados às intervenções de cuidado indireto, 22% às intervenções de cuidado direto, 18% às atividades de tempo pessoal e 10% às atividades associadas. Estes dados corroboram a indicação de pesquisadores que apontam a necessidade de serem considerados o tempo pessoal dos trabalhadores de enfermagem e a realização das atividades associadas nos métodos de dimensionamento de pessoal preconizados pelos órgãos oficiais.; This study was performed to identify and analyze the distribution of nurses' work hours at a medical-surgical hospitalization unit, in view of the impact on making the nursing personnel dimensioning process effective during their work hours. Of the activities that nurses performed...

Integrar melhor para cuidar melhor

Mendes, Tânia
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
45.92%
Relatório de Trabalho de Projeto apresentado para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Enfermagem Médico-Cirúrgica; O presente relatório pretende refletir sobre o processo de aquisição de competências de Mestre em Enfermagem Médico-Cirúrgica, desenvolvidas durante o curso e respetivos estágios. Estes, por sua vez, visaram o desenvolvimento de competências (comuns e específicas) do Enfermeiro Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica, nomeadamente em Enfermagem em Pessoa em Situação Crítica, através da aplicação da metodologia de projeto. Foram realizados dois projetos: Projeto de Intervenção no Serviço e Projeto de Aprendizagem Clínica, que permitiram o desenvolvimento de Competências Comuns e Competências Especificas do enfermeiro especialista, respetivamente. Abordámos a temática da integração dos enfermeiros, visto que a prestação de cuidados em contexto complexo exige uma preparação adequada às mais diversas situações. Assim, o conhecimento do local onde se exerce funções é determinante para a eficácia das medidas instituídas neste âmbito, motivo pelo qual um processo de integração adequado assume uma importância vital. Tendo por base os pressupostos supracitados...

Melhoria da qualidade dos cuidados na área de ambulatório de oncologia: definição do RMDE e implementação do processo clínico eletrónico para a área do ambulatório de oncologia

Franco, Hugo
Fonte: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Saúde Publicador: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Saúde
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2014 POR
Relevância na Pesquisa
45.92%
Relatório de Trabalho de Projeto apresentado para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Enfermagem Médico-Cirúrgica; O presente relatório inclui-se no plano de estudos do III Curso de Mestrado em Enfermagem Médico-Cirúrgica (MEMC), da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal (ESS-IPS), surgindo como um documento elucidativo do desenvolvimento de competências durante o 2º Curso de Pós-Licenciatura de Especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica (CPLEEMC), analisando o contributo do percurso, dos projetos e dos trabalhos realizados para o desenvolvimento de competências do Enfermeiro Especialista (EE) e do MEMC. No âmbito do CPLEEMC realizámos um Projeto de Intervenção sobre a Melhoria da Qualidade dos Cuidados na área de ambulatório de Oncologia, considerado projeto-piloto na realidade institucional e nacional para o desenvolvimento do Processo Clinico Eletrónico de Enfermagem na área do ambulatório. Traçámos como objetivos: Definir o RMDE de ambulatório no serviço de Oncologia e Implementar o Processo Clínico Eletrónico para a área do ambulatório no serviço de Oncologia de um Hospital da região de Setúbal. Ainda durante o CPLEEMC desenhamos um Projeto de Aprendizagem Clínica direcionado para o desenvolvimento das competências do EE em Enfermagem Médico-Cirúrgica (EEMC). Durante o MEMC desenvolvemos um estudo exploratório e descritivo onde procuramos definir Quais os focos altamente sensíveis aos cuidados e enfermagem em ambulatório de Oncologia. Os participantes são enfermeiros. O trabalho decorreu numa unidade de ambulatório de Oncologia de um Hospital da região de Setúbal. Foram assegurados os princípios éticos aplicáveis. Utilizámos técnicas de produção de dados nomeadamente...

Distribuição do tempo das enfermeiras: identificação e análise em Unidade Médico-Cirúrgica; Nurses' time distribution: identification and analysis in a Medical-Surgical Unit; Distribución del tiempo de las enfermeras: identificación y análisis en una Unidad Médico Quirúrgica

Bordin, Luiz Carlos; Fugulin, Fernanda Maria Togeiro
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2009 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
55.84%
Diante do impacto da distribuição do tempo de trabalho da profissional enfermeira na determinação de parâmetros para a operacionalização do processo de dimensionar pessoal de enfermagem, este estudo teve por objetivo identificar e analisar a distribuição do tempo de trabalho das enfermeiras em uma unidade de internação médico-cirúrgica. Para a consecução dos objetivos da pesquisa considerou-se, como população estatística, as atividades de enfermagem realizadas pelas enfermeiras durante os turnos de trabalho. Verificou-se que 50% do tempo destas profissionais foram dedicados às intervenções de cuidado indireto, 22% às intervenções de cuidado direto, 18% às atividades de tempo pessoal e 10% às atividades associadas. Estes dados corroboram a indicação de pesquisadores que apontam a necessidade de serem considerados o tempo pessoal dos trabalhadores de enfermagem e a realização das atividades associadas nos métodos de dimensionamento de pessoal preconizados pelos órgãos oficiais.; This study was performed to identify and analyze the distribution of nurses' work hours at a medical-surgical hospitalization unit, in view of the impact on making the nursing personnel dimensioning process effective during their work hours. Of the activities that nurses performed...