Página 1 dos resultados de 564 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Estudo da incerteza de medição em análises toxicológicas de substâncias psicoativas em urina; Study of the measurement uncertainty in toxicological analysis of psychoactive substances in urine

Eller, Sarah Carobini Werner de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
Nenhuma medição é realizada com perfeição absoluta, uma vez que todos os valores encontrados são aproximações do valor real e todas as medidas, independente de sua finalidade ou qualidade, possuem uma incerteza. A incerteza de medição é um parâmetro associado ao resultado, que caracteriza a dispersão em torno dos seus valores. O conceito de incerteza de medição já é adotado em laboratórios de calibração e também muito aplicado na área de engenharia; no entanto em análises toxicológicas esta abordagem ainda é recente e há poucos relatos na literatura científica. Portanto, este trabalho teve como objetivo o estudo da incerteza de medição em análises toxicológicas confirmatórias de substâncias psicoativas - anfetaminas (anfetamina e metanfetamina), ácido 11-nor-Δ9-tetraidrocanabinol carboxílico (THC-COOH) e benzoilecgonina - em urina, detectados pela técnica de cromatografia em fase gasosa acoplada à espectrometria de massas (GC-MS). A microextração em fase líquida (LPME) mostrou-se eficaz na determinação de THC-COOH, e após a completa validação, o método desenvolvido foi aplicado na quantificação de amostras de urina de referência provenientes do National Institute of Standards and Technology (NIST) dos Estados Unidos da América (SRM1507b - NIST). As principais contribuições para a incerteza do método foram a concentração do analito...

Desenvolvimento de um sistema automatizado e dedicado de medição; Development of an automated and dedicated measuring system

Paziani, Fabricio Tadeu
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/09/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.35%
Sistemas dedicados de medição são especialmente recomendados para a inspeção repetida de uma característica mecânica. Entretanto, instrumentos e sistemas de medição apresentam erros que deterioram o resultado da inspeção. Tal circunstância demanda a aplicação de técnicas de separação de erros que viabilizem o desacoplamento dos erros induzidos pelo sistema de medição daqueles apresentados pelas peças medidas. Este trabalho tem por objetivo apresentar um sistema automatizado e dedicado à medição de erros de retilineidade e circularidade em componentes mecânicos. Um robô industrial foi empregado para operar dispositivos de medição específicos para cada tipo de medida. Entretanto, robôs industriais apresentam erros de posicionamento relativamente grandes que impedem a utilização do sistema de coordenadas do equipamento como referência para medições precisas. Para minimizar o efeito dos erros do sistema de medição sobre o valor medido, foram aplicadas técnicas multi-sensoriais de separação de erros. Na medição do erro de retilineidade, uma nova abordagem foi desenvolvida para minimizar a influência do erro de posicionamento axial dos sensores, que constitui a maior fonte de erros no processo de desacoplamento. Foram realizadas simulações computacionais e testes experimentais aplicados à medição do erro de retilineidade e de circularidade de vários artefatos que comprovaram a efetividade da metodologia utilizada.; Dedicated measuring systems are particularly recommended for the repetitive inspection of a mechanical feature. However...

Efeito da temperatura sobre a medição de tensão por ondas Lcr em aços API 5L X70; Temperature effect on stress measurement by Lcr waves in API 5L X70

Roselene Aparecida dos Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
O processo de medição de tensões mecânicas por ultra-som faz uso da teoria acustoelástica, que relaciona a variação na velocidade de propagação de ondas com as deformações no objeto sob análise. Ondas ultra-sônicas propagando-se em meios elásticos são fortemente influenciadas pelas condições ambientais. Além disso, os sistemas instrumentais ultra-sônicos também podem ser influenciados por características do método e do procedimento de medição. Esta dissertação tem como objetivo estudar o efeito da temperatura sobre o resultado do processo de medição de tensões por ultra-som para aços API 5L X70. Como tópico adicional, é apresentado o estudo dos efeitos da força de contato entre o conjunto de transdutores e a amostra sob análise e também da variação da freqüência dos transdutores. Neste trabalho foram utilizadas ondas longitudinais criticamente refratadas, que caminham paralelamente à superfície, logo abaixo desta. Os resultados mostraram que há uma influência significativa da temperatura sobre o resultado da medição e que esta influência pode ser quantificada. Embora a freqüência dos transdutores e a pressão de contato também influenciem, estas porém, podem ser controladas durante o processo de medição; The measurement process of mechanical stresses by Ultrasonic waves uses the acousticelastic theory...

Influência da anisotropia gerada por laminação sobre a medição de tensões por ultrassom em ligas de alumínio 7050; Influence of anisotropy generated by rolling on the stress measurement by ultrasound in 7050 aluminum alloys

Paulo Pereira Junior
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.34%
A medição de tensão por ultrassom é baseada no princípio da acustoelasticidade que relaciona a deformação de um corpo submetido a um estado de tensão com a variação da velocidade de propagação de onda no corpo. A relação entre tensão e velocidade de onda é determinada pelo módulo de elasticidade e pela constante acustoelástica. Constantes acustoelásticas podem ser obtidas experimentalmente ou calculadas em função de constantes elásticas de segunda e terceira ordem. O objetivo deste trabalho é determinar as constantes elásticas que compõem a constante acustoelástica e avaliar a influência da anisotropia gerada por laminação no efeito acustoelástico para barras laminadas de liga de alumínio 7050 T7451. Constantes acustoelásticas e constantes elásticas de segunda e terceira ordem foram determinadas utilizando a técnica de ultrassom e considerando o material ortotrópico. Ondas longitudinais, cisalhantes e longitudinais criticamente refratadas (Lcr) foram utilizadas para as medições. O valor da constante acustoelástica obtido experimentalmente foi comparado com o valor calculado a partir das constantes elásticas medidas considerando o material isotrópico. O resultado da comparação mostrou que a diferença entre o valor da constante acustoelástica medido e calculado pode chegar a 7 %. Este resultado...

Influência da incerteza de medição na previsão de dados em segurança de barragens

Zalewski, Willian
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 117 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.35%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Metrologia Científica e Industrial, Florianópolis, 2010; O avanço tecnológico tem possibilitado a aquisição e o armazenamento de uma grande quantidade de dados em diversas áreas, dentre os quais, dados oriundos de medições realizadas continuamente ao longo do tempo. A representação e a análise de eventos e comportamentos no tempo é uma tarefa complexa e dependente do domínio de aplicação. Em segurança de barragens, a previsão de valores consiste em uma importante ferramenta de monitoração e prevenção pela capacidade de antecipar informações do processo de medição sob análise e com base nessas, realizar ações de contenção do problema. No entanto, os métodos tradicionais por se basearem na aplicação de técnicas estatísticas e na amostragem de dados, possuem limitações para detectar mudanças no processo. Desse modo, abordagens baseadas em aprendizado de máquina têm sido propostas para auxiliar nessa tarefa, tal como o algoritmo k-Nearest Neighbor-Time Series Prediction (kNN-TSP). Na monitoração da segurança de barragens, os dados das variáveis de interesse são obtidos por meio de processos de medição. Sua confiabilidade está afetada por diversas causas...

Calibração de medidas materializadas de comprimento utilizando um laser interferométrico de rastreamento automático e uma máquina de medição por coordenadas

Oliveira, Mateus Dieckmann de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 149 p.| il., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.44%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Florianópolis, 2014.; A confirmação da rastreabilidade metrológica para padrões de comprimento maiores do que 100 mm, considerando a adequação da incerteza de medição para aplicações atuais, não denota uma tarefa trivial, apesar de haver uma demanda cada vez maior, resultado das novas tecnologias de fabricação. É o caso, por exemplo, dos fabricantes de peças e componentes para aerogeradores e máquinas-ferramenta de ultraprecisão. Em geral, apenas laboratórios de calibração no exterior podem prover a incerteza alvo requerida, visto que nenhum laboratório de calibração acreditado no Brasil e nem mesmo o Laboratório de Metrologia Dimensional do Inmetro é capaz de entregar incertezas de medição adequadas na calibração de padrões de comprimento de grande porte. Com a motivação dada pelo cenário atual para calibração de padrões de comprimento de grande porte, esta dissertação de mestrado objetiva a concepção e a caracterização experimental de uma sistemática para calibração de padrões de comprimento maiores do que 100 mm, baseada na fusão de um sistema de interferometria a laser com rastreio automático e uma máquina de medição por coordenadas de alta exatidão com portal móvel. A sistemática proposta foi intensivamente testada e aprimorada continuamente para torná-la adequada e viável...

Medição de desempenho e estratégias orientadas para o cliente: resultados de uma pesquisa de empresas líderes no Brasil

Macedo-Soares,T. Diana L. v. A. de; Ratton,Cláudio A.
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1999 PT
Relevância na Pesquisa
36.35%
Este artigo apresenta um resumo dos resultados mais relevantes de uma pesquisa realizada pelos autores em 1997 sobre o estado da arte em sistemas de medição do desempenho organizacional no Brasil. Sua principal preocupação foi aprofundar a seguinte questão: uma das maiores barreiras para o sucesso da implementação de estratégias de melhoria do desempenho organizacional orientadas para o cliente, nas empresas no país, é a falta de sistemas de medição do desempenho adequados a essas estratégias. A pesquisa confirmou que a dificuldade cultural de mudar as práticas de medição existentes, para incluir dimensões qualitativas de medição, constitui um dos principais entraves à adoção de novos sistemas de medição mais adequados. Ao mesmo tempo, revelou que a falta de metodologias adequadas para a medição de dimensões qualitativas é percebida como um problema tão significativo quanto a dificuldade cultural. Tal resultado constituiu ponto de partida para investigações mais aprofundadas a respeito das metodologias utilizadas pelas empresas pesquisadas. Evidenciou-se a urgência de desenvolver novas metodologias de medição do desempenho organizacional, ou adaptar as existentes, levando-se em conta as contingências socioculturais específicas do Brasil.

Determinação da incerteza de medição nos ensaios de compressão paralela às fibras

Carrasco,Edgar Vladimiro Mantilla; Carvalho,Eliene Pires; Oliveira,Ana Lúcia Crespo
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.38%
O objetivo deste trabalho foi apresentar uma metodologia para o cálculo da incerteza de medição do resultado do ensaio de resistência à compressão paralela às fibras. Pretendeu-se reunir subsídios que justifiquem a adoção do Procedimento de Cálculo de Incerteza de Medição como exigência normativa e parte integrante do relatório de ensaios de caracterização de madeiras. A motivação para a apresentação dessa proposta surgiu devido à dificuldade observada no atendimento a alguns requisitos técnicos da norma ABNT 2005 - NBR ISO/IEC 17025, em especial o requisito 5.9 sobre a "Garantia da Qualidade de Resultados de Ensaio e Calibração". A metodologia proposta consolida os procedimentos necessários para a obtenção da incerteza de medida individual da tensão de ruptura e o resultado da incerteza da média das tensões de ruptura. Essa metodologia atende aos requisitos de um Sistema de Gestão da Qualidade. Os valores de incerteza obtidos dos resultados individuais da tensão de ruptura foram pouco significativos, indicando elevada qualidade dos equipamentos e boa calibração dos mesmos. Já a incerteza de medição da média da tensão de ruptura foi considerável, indicando a importância de sua consideração na segurança das estruturas de madeira.

Experimento para análise da implantação da medição da qualidade da informação

Favaretto,Fábio
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.45%
Recentemente, a quantidade de dados disponíveis nas mais diversas fontes tem aumentado consideravelmente. Com muita informação disponível, a medição da qualidade se torna uma forma de classificar e identificar as informações que podem atender melhor aos interesses e necessidades dos usuários. O objetivo principal deste trabalho é estudar a relação existente entre o esforço necessário para a implantação da medição da qualidade da informação (QI) e o resultado obtido com isso. Será proposta uma metodologia para medição da QI e descrito um experimento onde foram realizadas as implantações necessárias para a medição da QI e analisado o resultado percebido pelos participantes. A conclusão obtida é de que os participantes acharam importante a medição da QI e seus resultados, porém não foi encontrada correlação entre o esforço necessário para a implantação da medição da QI e os resultados obtidos.

Medição de desempenho em cadeias de suprimentos: um estudo na indústria automobilística

Sacomano Neto,Mário; Pires,Silvio Roberto Ignácio
Fonte: Universidade Federal de São Carlos Publicador: Universidade Federal de São Carlos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.33%
Muito da base conceitual sobre medição de desempenho nas empresas industriais foi construído sob a perspectiva interna, ou seja, empresas tratadas individualmente. Com o advento e expansão do conceito de gestão da cadeia de suprimentos, cresceu a demanda por uma revisão do conhecimento e dos sistemas de medição à luz da cadeia como um todo. Por sua vez, a introdução dos novos arranjos produtivos na indústria automobilística, como os condomínios industriais, estimulou o desenvolvimento de novos padrões de relacionamento nas cadeias de suprimentos, trazendo consigo novas formas de se conduzir a gestão de desempenho entre empresas. Nesse contexto, a pesquisa realizada teve como propósito principal identificar a ocorrência e analisar as principais características da medição de desempenho em uma representativa cadeia de suprimentos da indústria automobilística brasileira, a qual utiliza um sistema de montagem do tipo condomínio industrial. A pesquisa teve um caráter exploratório, descritivo, e a coleta de dados foi realizada principalmente por meio de entrevistas (seguindo um questionário semiestruturado) com executivos envolvidos com o tema de estudo nas referidas empresas. Como principal resultado, a pesquisa não identificou a ocorrência de um sistema único de medição de desempenho da cadeia de suprimentos estudada. O constatado é que o sistema de medição de desempenho interno da montadora desdobra-se a montante e a jusante...

Desenvolvimento de um programa computacional para a integração de dados de projeto, fabricação e medição de peças torneadas com ênfase na síntese de tolerâncias dimensionais determinísticas

Eduardo Ferreira de Oliveira, Jose; Gomes de Mattos de Mesquita, Noemia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.37%
O objetivo deste trabalho foi desenvolver um programa computacional chamado de Sistema de Gerenciamento da Fabricação SGF, desenvolvido em Excel com rotinas em visual basic, capaz de integrar as três etapas de obtenção de um produto: o projeto, a fabricação (por usinagem) e a medição. Assim sendo, este programa é dividido em três módulos: módulo de projeto, módulo de fabricação e módulo de medição. Na etapa de projeto é apresentada uma metodologia para a determinação das tolerâncias dimensionais de peças fabricadas por processos de usinagem, bem como dos seus limites superior e inferior. Nesta determinação é levado em consideração se a peça é ou não intercambiável, o tipo de ajuste, o grau de precisão, a precisão da máquinaferramenta e o acabamento superficial da peça. Além disto, este programa possui um banco de dados de tolerâncias que permite ao usuário o estabelecimento das mesmas, tomando como base, alguns exemplos de peças intercambiáveis para diferentes aplicações. No tocante ao módulo de fabricação, o programa determina os parâmetros ótimos de fabricação por usinagem (avanço, rotação e/ou velocidade de corte e profundidade de corte) para o torneamento com o objetivo de se determinar o menor custo total de fabricação por peça ou o menor tempo total de fabricação por peça. O programa ainda determina o tempo de corte e o tempo de vida da ferramenta por aresta. O módulo de medição tem por objetivo inicial realizar a seleção do sistema de medição dimensional mais adequado a uma dada aplicação...

Relatório final da comparação interlaboratorial para avaliação do desempenho de eletrodos na medição de pHe em etanol combustível

Inmetro, Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia; Santos, Damares da Silva; Fraga, Isabel Cristina Serta; Gonçalves, Mary Ane; Santos, Paulo Roberto da Fonseca; Cunha, Valnei Smarçaro da; Ribeiro, Carla de Matos; Gonzaga, Fabiano Barbie
Fonte: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Publicador: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Tipo: Relatório Técnico / Report
POR
Relevância na Pesquisa
46.39%
44 f.: il.; O potencial do íon hidrogênio, denominado pH, é um dos parâmetros utilizados para a avaliação da qualidade de etanol combustível e tem sido aplicado como um indicativo do risco de corrosão que pode ser provocado por etanol de baixa qualidade. Por se tratar de um parâmetro que pode ser determinado por um procedimento simples de medição, e sem a exigência de equipamentos sofisticados e analistas especializados, a medição de pH em etanol combustível, denominada pHe, tem sido amplamente empregada com essa finalidade [1]. Diversas organizações nacionais e internacionais, através de regulamentações ou normas, têm estabelecido valores desejáveis de pH variando no intervalo de 6,5 a 9,0. Ao longo dos últimos anos, vários aspectos relacionados à medição do pH em matrizes não aquosas vem sendo discutidos, principalmente no que se refere à medição de pHe em matriz de etanol, tais como o uso de diferentes eletrodos de pH, a necessidade de medições rastreáveis ao Sistema Internacional de Unidades (SI), além da garantia da confiabilidade metrológica dessas medições. A determinação do pHe em etanol combustível é uma forma de se expressar a força ácida do meio, uma vez que esse parâmetro reflete a concentração de íons H+ livres em solução. Dessa forma...

Relatório final do ensaio de proficiência de emissões veiculares

Inmetro, Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia; Santos, Paulo Roberto da Fonseca; Santos, Damares da Silva; Souza, Vanderléa de; Toledo, Marcos Eduardo de; Ferreira, Paulo Lyra Simões; Araújo, Thiago de Oliveira; Cunha, Valnei Smarç
Fonte: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Publicador: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Tipo: Relatório Técnico / Report
POR
Relevância na Pesquisa
36.34%
20 p.: il.; O problema da poluição do ar constitui uma grave ameaça à saúde do homem, diminuindo a sua qualidade de vida. Os veículos automotores são potenciais agentes causadores dessa poluição em todo mundo. As emissões de gases dos veículos carregam diversas substâncias tóxicas que, em contato com o sistema respiratório, podem produzir vários efeitos negativos sobre a saúde e causar acidentes no trânsito devido a diminuição da visibilidade. A análise dos poluentes é um dos itens mais delicados de um ensaio de emissão de um veículo ou de um motor. O Ensaio de Proficiência (EP) de emissões veiculares avalia os laboratórios na detecção dos índices de emissões veiculares, propiciando subsídios aos laboratórios para a identificação e solução de problemas analíticos e contribuindo para a harmonização dos resultados de medição no país. Um EP tem por finalidade comparar resultados de medição de diferentes laboratórios realizados sob condições similares e realizar, assim, uma avaliação contínua da competência técnica dos laboratórios participantes. Essa avaliação é feita através dos resultados gerados por comparações interlaboratoriais, que constituem um mecanismo adequado para avaliar e demonstrar a confiabilidade nas medições realizadas pelos participantes. Com novas informações os laboratórios participantes têm a oportunidade de rever seus procedimentos de análises...

Relatório final do ensaio de proficiência em emissões veiculares - 3ª rodada

Inmetro, Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia; Santos, Damares da Silva; Santos, Paulo Roberto da Fonseca; Leal, Rodrigo Vivarelli Poggi; Cunha, Valnei Smarçaro da; Mathias Junior, Eloy Raposo; Andrade, Joyce Costa; Toledo, Marcos Edu
Fonte: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Publicador: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Tipo: Relatório Técnico / Report
POR
Relevância na Pesquisa
36.38%
23 f.: il.; O problema da poluição do ar constitui uma grave ameaça à saúde do homem, diminuindo a sua qualidade de vida. Os veículos automotores são potenciais agentes causadores dessa poluição em todo mundo. As emissões de gases dos veículos carregam diversas substâncias tóxicas que, em contato com o sistema respiratório, podem produzir vários efeitos negativos sobre a saúde e causar acidentes no trânsito devido a diminuição da visibilidade. A análise dos poluentes é um dos itens mais delicados de um ensaio de emissão de um veículo ou de um motor. O Ensaio de Proficiência (EP) de emissões veiculares avalia os laboratórios na detecção dos índices de emissões veiculares, propiciando subsídios aos laboratórios para a identificação e solução de problemas analíticos e contribuindo para a harmonização dos resultados de medição no país. O ensaio de proficiência é uma ferramenta da qualidade para a identificação de diferenças interlaboratoriais, porém a avaliação tem caráter pontual. Um EP tem por finalidade comparar resultados de medição de diferentes laboratórios, realizados sob condições similares, e, assim, obter uma avaliação da competência técnica dos laboratórios participantes...

Relatório final do ensaio de proficiência em condutividade eletrolítica : 2ª rodada – 500 μS cm−1

Inmetro, Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia; Santos, Paulo Roberto da Fonseca; Santos, Damares da Silva; Souza, Vanderléa de; Marques, Bianca de Souza Rossini; Borges, Cleber Nogueira; Fraga, Isabel Cristina Serta; Andrade, Joyce Co
Fonte: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Publicador: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Tipo: Relatório Técnico / Report
POR
Relevância na Pesquisa
36.33%
20 f.: il.; A condutividade eletrolítica é a medição da quantidade de transporte de carga pelos íons presentes em solução. A medição de condutividade eletrolítica é um importante parâmetro para o controle da pureza da água e é amplamente realizada em laboratórios de análises químicas, nas áreas de saúde, industrial, biotecnologia, controle e proteção ambiental, entre outras. A rastreabilidade [1] das medições de condutividade eletrolítica é necessária para a garantia da confiabilidade da medição. O Inmetro garante a comparabilidade das suas medições através da participação em comparações internacionais (Anexo 1). Um dos requisitos necessários para a verificação da comparabilidade das medições é a participação voluntária do laboratório em ensaio de proficiência (EP). Um EP tem por finalidade comparar resultados de medição de diferentes laboratórios realizados sob condições similares e realizar, assim, uma avaliação contínua da competência técnica dos laboratórios participantes através dos resultados gerados por diversas comparações interlaboratoriais, fornecendo-lhes um mecanismo adequado para avaliar e demonstrar a confiabilidade de suas medições [2]. Cabe destacar que os laboratórios têm a oportunidade de rever seus procedimentos de análises...

Relatório final do ensaio de proficiência em medição de ph - 1ª rodada : ph 4,00 e ph 6,86

Inmetro, Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia; Santos, Paulo Roberto da Fonseca; Santos, Damares da Silva; Cunha, Valnei Smarçaro da; Borges, Paulo Paschoal; Marques, Bianca de Souza Rossini; Borges, Cleber Nogueira; Fraga, Isabel Cri
Fonte: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Publicador: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Tipo: Relatório Técnico / Report
POR
Relevância na Pesquisa
46.38%
29 f.: il.; A medição de pH consiste em determinar o potencial do íon hidrogênio em uma solução, o qual indicará se a solução é ácida ou alcalina. O pH é uma das medições mais realizadas nos laboratórios de análises clínicas, centros de pesquisas, universidades, indústrias, entre outros. Sua medição é de fundamental importância em diferentes áreas, tais como, saúde, ambiental, biotecnológica e em inúmeros processos industriais. As medições de pH devem ser realizadas corretamente, com qualidade e confiabilidade, senão podem afetar negativamente a saúde e a qualidade de vida dos cidadãos. Tendo em vista a importância da medição de pH para o País, o Inmetro em 2003, implantou o Sistema Primário de Medição de pH [1], no Laboratório de Eletroquímica (Label) da Divisão de Metrologia Química (Dquim), levando em consideração as recomendações estabelecidas pelo Grupo de Trabalho em pH da IUPAC [2]. Esse sistema primário tem por objetivo caracterizar material de referência (MR) para medição de pH e dessa forma, prover rastreabilidade e confiabilidade às medições de pH aos laboratórios do País, bem como aos dos países vizinhos, pois, atualmente, ele é o único sistema primário da América do Sul. Para a garantia da comparabilidade...

Relatório final do ensaio de proficiência em medição de ph – 2ª rodada : ph 4,00 a 25 ºc

Inmetro, Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia; Santos, Damares da Silva; Gonzaga, Fabiano Barbieri; Santos, Paulo Roberto da Fonseca; Cunha, Valnei Smarçaro da; Andrade, Joyce Costa; Dias, Júlio Cesar; Borges, Paulo Paschoal; Sobral,
Fonte: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Publicador: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Tipo: Relatório Técnico / Report
POR
Relevância na Pesquisa
46.37%
30 f.: il.; A medição de pH consiste em determinar o potencial do íon hidrogênio em uma solução, o qual indicará se a solução é ácida ou alcalina. O pH é uma das medições mais realizadas nos laboratórios de análises clínicas, centros de pesquisas, universidades, indústrias, entre outros. Sua medição é de fundamental importância em diferentes áreas, tais como, saúde, ambiental, biotecnológica e em inúmeros processos industriais. As medições de pH devem ser realizadas corretamente, com qualidade e confiabilidade, senão podem afetar negativamente a saúde e a qualidade de vida dos cidadãos. Tendo em vista a importância da medição de pH para o País, o Inmetro em 2003, implantou o Sistema Primário de Medição de pH [1], no Laboratório de Eletroquímica (Label) da Divisão de Metrologia Química (Dquim), levando em consideração as recomendações estabelecidas pelo Grupo de Trabalho em pH da IUPAC [2]. Esse sistema primário tem por objetivo caracterizar material de referência (MR) para medição de pH e dessa forma, prover rastreabilidade e confiabilidade às medições de pH aos laboratórios do País, bem como aos dos países vizinhos, pois, atualmente, ele é o único sistema primário da América do Sul. Para a garantia da comparabilidade...

Relatório final do ensaio de proficiência em medição de pH – 3ª rodada : pH 6,86 a 25 ºc

Inmetro, Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia; Santos, Damares da Silva; Gonzaga, Fabiano Barbieri; Santos, Paulo Roberto da Fonseca; Cunha, Valnei Smarçaro da; Andrade, Joyce Costa; Dias, Júlio Cesar; Borges, Paulo Paschoal; Sobral,
Fonte: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Publicador: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Tipo: Relatório Técnico / Report
POR
Relevância na Pesquisa
46.37%
23 f.: il.; A medição de pH consiste em determinar o potencial do íon hidrogênio em uma solução, a qual indica seu nível de acidez ou alcalinidade. O conhecimento do valor de pH é importante em diferentes áreas, sendo a medição de pH uma das mais realizadas em laboratórios de análises clínicas, centros de pesquisas, universidades, indústrias, entre outros. Devido ao impacto direto na vida dos cidadãos, é de suma importância que as medições de pH sejam realizadas de forma correta, com qualidade e confiabilidade. Nesse contexto, em 2003, o Inmetro implantou, no Laboratório de Eletroquímica (Label) da Divisão de Metrologia Química (Dquim), o Sistema Primário de Medição de pH [1], levando em consideração as recomendações estabelecidas pelo Grupo de Trabalho em pH da IUPAC [2]. Esse sistema tem a função de caracterizar materiais de referência (MR) para medição de pH e, dessa forma, prover rastreabilidade e confiabilidade aos resultados das medições de pH realizadas nos laboratórios do País e também de países vizinhos, tendo em vista ser o único sistema primário da América do Sul. Para a garantia da comparabilidade, confiabilidade e qualidade dos resultados das medições, o Inmetro realiza Ensaios de Proficiência (EP) através do Programa de Ensaios de Proficiência da Diretoria de Metrologia Científica e Industrial. A participação em EP é uma das ferramentas necessárias aos laboratórios de ensaios e calibração para a manutenção da acreditação segundo a Norma ISO/IEC 17025 [3]. A obtenção de resultados satisfatórios em ensaios de proficiência é...

Relatório final do ensaio de proficiência na calibração de equipamentos acústicos : 1ª rodada medidor de nível sonoro (MNS), calibrador de nível sonoro (CNS), microfone e audiodosímetro

Inmetro, Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia; Santos, Damares da Silva; Santos, Paulo Roberto da Fonseca; Hoffmann, Walter Erico; Budel, Fábio Paduin; Andrade, Joyce Costa; Santo, Nelson Melo do Espírito; Barry, Peter Joseph; Soares
Fonte: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Publicador: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Tipo: Relatório Técnico / Report
POR
Relevância na Pesquisa
36.34%
47 f.: il.; Ensaio de proficiência (EP) é o uso de comparações interlaboratoriais com o objetivo de avaliar a habilidade de um laboratório em realizar um determinado ensaio ou medição de modo competente e demonstrar a confiabilidade dos resultados gerados. Em um contexto geral, o ensaio de proficiência propicia aos laboratórios participantes: avaliação do desempenho e monitoração contínua; evidência de obtenção de resultados confiáveis; identificação de problemas relacionados com a sistemática de ensaios; possibilidade de tomada de ações corretivas e/ou preventivas; avaliação da eficiência de controles internos; determinação das características de desempenho e validação de métodos e tecnologias; padronização das atividades frente ao mercado e reconhecimento de resultados de ensaios, em nível nacional e internacional. Este ensaio tem como objetivo: - Determinar o desempenho dos laboratórios participantes para os ensaios propostos; - Monitorar o desempenho contínuo dos laboratórios para a medição na área de Acústica; - Contribuir na identificação de problemas nos laboratórios e na implementação, tomada e adoção de ações corretivas por parte dos laboratórios participantes; - Verificar se os itens de ensaio foram corretamente calibrados...

Estimativa da incerteza do resultado de medição da massa específica de um óleo diesel conforme recomendações do ISO GUM 95 e o método de simulação de Monte - Carlo

Couto, Paulo Roberto Guimarães; Borges, Renata Martins Horta; Souza, Athanagilde de Paula; D'Ávila, Luiz Antônio; Antunes, Adelaide Maria de Souza
Fonte: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Publicador: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Tipo: Trabalho apresentado em evento / Paper
POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
4 f. : il.; O ISO GUM 95, objetiva de maneira geral a harmonização da metodologia do cálculo da estimativa da incerteza de um resultado de medição. O EURACHEM/CITAC Quantifying Uncertainty in Analytical Measurement –Second Edition -2000, baseado no ISO GUM 95 , apresenta também duas outras formas alternativas para a combinação das incertezas padrão. Na aplicação destas duas metodologias não se realiza o cálculo dos coeficientes de sensibilidade do mensurando em relação a cada fonte de entrada. O modelo da estimativa de incerteza medição citado no ISO GUM 95 apresenta algumas limitações como: Linearização do Modelo, Suposição da normalidade do mensurando, Cálculo dos graus de liberdade efetivo [1]. Objetivando superar estas limitações do ISO GUM 95, surge a simulação de Monte - Carlo para a avaliação da incerteza de medição [1]. A medição com boa exatidão da massa específica de petróleo e seus derivados é necessária para a conversão de volumes medidos para volumes ou massas, ou ambos, numa temperatura de referência durante o processo de transferência de custódia [10]. Este artigo tem por objetivos apresentar os valores da incerteza do resultado de medição da massa específica de um óleo diesel seguindo os modelos do ISO GUM 95...