Página 1 dos resultados de 28 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Micromorfologia e resistência da união à dentina decídua tratada com dois sistemas adesivos estudo in vitro

Casagrande, Luciano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.42%
O objetivo deste estudo in vitro foi avaliar a interação de dois sistemas adesivos (Scotchbond Multi-Purpose - 3M; Clearfil SE Bond - Kuraray) aplicados à dentina de dentes decíduos, através do ensaio de resistência da união à microtração, e da análise da micromorfologia da interface adesiva. Foram confeccionadas duas cavidades ocluso-proximais padronizadas (tipo slot vertical) na mesial e distal de dezoito molares decíduos hígidos. Cada um dos sistemas adesivos foi aplicado em uma das cavidades do mesmo dente. As cavidades foram restauradas com resina composta (Filtek Z 250 – 3M) pela técnica incremental, sendo cada camada fotopolimerizada por 20 s, utilizando uma fonte de luz visível (XL 2500 - 3M). Os dentes foram armazenados por uma semana em água destilada a 4o C e seccionados no sentido vestíbulo-lingual para análise isolada de cada restauração. Cada uma destas foi seccionada em fatias de 0,7 mm de espessura e, em seguida, efetuou-se uma constrição (1 mm) na região da interface de união (parede axial) para obtenção de uma área adesiva com aproximadamente 0,7 mm2. Os corpos-de-prova foram fixados isoladamente em um dispositivo conectado em uma máquina de ensaio universal (Instron – modelo 4411) e submetidos à tração com velocidade de 0...

Influência da proporção do HEMA nas propriedades de uma resina adesiva experimental

Collares, Fabrício Mezzomo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.34%
O objetivo deste estudo é caracterizar a influência da relação dos componentes hidrófilos de uma resina adesiva experimental em suas propriedades intrínsecas. Para isso, foram adicionados a um sistema polimérico (BisGMA, BisEMA e TEGDMA), diferentes concentrações de HEMA totalizando quatro grupos: 0%, 15%, 30% e 50% de HEMA. As misturas foram caracterizadas quanto à cinética de polimerização através de Fourier Transformed Infrared (FTIR) em tempo real e a taxa de polimerização (RP) foi calculada através da análise de regressão não-linear; resistência coesiva à tração utilizando-se uma máquina de ensaios mecânicos com corpos de prova em forma de ampulheta com área de constrição de 1mm2; e, sorção e solubilidade baseada na normatização ISO 4049. Houve correlação entre o tempo de fotoativação e o grau de conversão para todos os grupos (r2>0.98). O grupo 0% apresentou RPMÁX elevada nos segundos iniciais de fotoativação com, no entanto, uma brusca redução. As adições de 30% e 50% de HEMA determinaram uma RPMÁX do copolímero menor que em 15% e 0%. Não houve diferença entre o grau de conversão final (60s) entre os grupos de 0, 15 e 30%, sendo 59,7%, 61,4% e 55,2% respectivamente. As adições de 30% e 50% de HEMA determinaram a redução da resistência coesiva dos polímeros (p<0...

Influência do sistema adesivo na resistência de união de "brackets" : um estudo "in vitro"; Influence of the Adhesive system at bond strength of brackets: an "in vitro" study

Retamoso, Luciana Borges; Collares, Fabrício Mezzomo; Samuel, Susana Maria Werner; Ferreira, Eduardo Silveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.58%
O objetivo desta pesquisa foi avaliar, in vitro, a influência do tipo de adesivo na resistência de união de “brackets” metálicos colados ao esmalte de dentes humanos. Trinta molares humanos extraídos foram incluídos em tubos de PVC e aleatoriamente divididos em três grupos (n=10): Grupo I – “bracket” colado com Transbond (3M/Unitek), Grupo II – “bracket” colado com AdheSE (Ivoclar/Vivadent) e Grupo III – “bracket” colado com Xeno III (Dentsply). O preparo da superfície de esmalte foi realizada profilaxia, seguido da aplicação dos adesivos conforme instruções dos fabricantes. Os “brackets” metálicos (Morelli®) foram colados na porção central de cada fragmento com resina fotoativada Transbond XT (3M/Unitek). Os corpos-de-prova foram armazenados em água destilada a 37ºC durante 24 horas. Em seguida, foram submetidos ao teste de cisalhamento em máquina de ensaio universal (EMIC, DL 2000), com velocidade de 1 mm/minuto e ao Índice de Adesivo Remanescente (IAR). A análise estatística (ANOVA/Tukey) demonstrou que o fator adesivo não influencia a resistência de união ao cisalhamento. Dessa forma, os adesivos autocondicionantes são uma boa alternativa para a colagem de “brackets” metálicos.; The aim of this in vitro study was evaluate the influence of the adhesive type in the shear bond strength of metallics brackets to the dental enamel. Thirty molars human were placed into PVC rings and randomly divided into three groups (n=10). Group I - bracket bonded with Transbond (3M/Unitek)...

Avaliação da resistência da união ao esmalte de braquetes ortodônticos colados com diferentes materiais adesivos

Zanini, Lisa Klein; Prietsch, José Renato; Conceição, Ewerton Nocchi; Manfredi, Diego Azevedo Bastian
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.55%

Avaliação da resistência de união de restaurações de resina composta com diferentes sistemas adesivos, em dois tempos de armazenamento; Composite resin bond strength with different dentin-bonding agents in two storage times

Dellazzana, Fernando Zurlo; Coelho de Souza, Fábio Herrmann; Klein Júnior, Celso Afonso
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.44%
A degradação hidrolítica dos adesivos dentinários pode infl uenciar a resistência de união das restaurações de resina composta ao longo do tempo. O objetivo deste trabalho é avaliar a influência do tempo de armazenamento associada à termociclagem e do tipo de adesivo dentinário empregado sobre a resistência de união de restaurações de resina composta. Foram utilizados 20 molares hígidos, os quais foram divididos em 2 tempos de avaliação (24 horas e 6 meses + termociclagem). Cada dente teve a dentina relativa à superfície oclusal exposta, a qual recebeu 3 corpos de prova de resina Flow com os sistemas adesivos: Scotchbond multiuso (3M/ESPE – Grupo 1), ClearFil SE Bond (Kuraray – Grupo 2) e Adper Single Bond (3M/ESPE – Grupo 3). Após o teste de microcrocisalhamento, os dados foram analisados estatisticamente pelos testes ANOVA, Tukey e t-student (α =0,05). Os resultados mostraram que os adesivos Scotchbond multiuso, ClearFil SE Bond e Single Bond não apresentaram diferenças na resistência de união em 24 horas de armazenamento. Após 6 meses, o adesivo ClearFil SE Bond obteve resistência superior ao Scotchbond multiuso. O adesivo Scotchbond multiuso sofreu redução na resistência de união após 6 meses de armazenamento. Os adesivos ClearFil SE Bond e Single Bond não sofreram influência do tempo de armazenamento e da termociclagem.; Water degradation of dentin bonding agents may infl uence bond strength in composite resin restorations after some periods of time. The aim of this study was to evaluate the infl uence of storage time with thermociclyng and type of dentin bonding agents used on the composite resin restorations microshear bond strength. Twenty molars were used and divided into two evaluation periods (24 hours and 6 months...

Desenvolvimento de sistemas de fotoiniciação hidrossolúveis para polimerização radicular de adesivos dentinários

Ely, Caroline; Ogliari, Fabricio Aulo; Schneider, Luís Felipe; Consani, Simonides; Piva, Evandro; Demarco, Flávio Fernando
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.5%

Incorporação de hidroxiapatita nanoestruturada em uma resina adesiva experimental

Andrioli, Daniela Guerra
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.58%
O desenvolvimento de sistemas adesivos com características clínicas melhores vem sendo objeto de diversos estudos. A busca pelo aprimoramento das características destes materiais é alvo de interesse da comunidade científica e de empresas. As apatitas sintéticas são muito semelhantes às encontradas na composição dos tecidos mineralizados como a dentina e o esmalte, apresentando vantagens para serem incorporadas como carga inorgânica em materiais odontológicos. Objetivo: Desenvolver um adesivo odontológico com a incorporação de hidroxiapatita nanoestruturada e avaliar as propriedades do material. Materiais e Métodos: Um adesivo experimental foi formulado com 50% de Bis-GMA, 25% de TEGDMA e 25% HEMA, em peso. Para formar os grupos experimentais foram adicionados à resina base 0%; 0,5%; 1%; 2%; 5%; 10% e 20%, em peso, de hidroxiapatita nanoestruturada silanizada. A radiodensidade foi avaliada utilizando um sistema digital com placas de fósforo e analisada através do software Photoshop. O amolecimento após a imersão em solvente foi avaliado através de microdureza Knoop em um microdurômetro automático HMV-2. Foram obtidos os valores de dureza 24 horas após a fotoativação e após 4 horas de imersão em etanol absoluto. Foram utilizados os mesmos corpos de prova confeccionados para o teste de radiodensidade e foram feitas 3 endentações por corpo. O grau de conversão foi avaliado através de Espectroscopia de Infravermelho por Transformada de Fourier. O ensaio de resistência à flexão foi realizado de acordo com a ISO 4049/2009...

Resistência da união à microtração de adesivos all in one

Collares, Fabrício Mezzomo; Ogliari, Fabricio Aulo; Fortes, Carmen Beatriz Borges; Samuel, Susana Maria Werner
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.5%

Análise da resistência de união de pinos de fibra de vidro : efeito de diferentes sistemas adesivos

Cabeda, Mariella Falci; Collares, Fabrício Mezzomo; Leitune, Vicente Castelo Branco
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.5%

Influência do óxido de zinco e eugenol para cimentação na resistência a cisalhamento de sistemas adesivos

Caminha, Diego Isola; Oshima, Hugo Mitsuo Silva; Pacheco, João Felipe Mota
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.5%

Influence of adhesive system and bevel preparation on fracture strength of teeth restored with composite resin

Coelho de Souza, Fábio Herrmann; Rocha, Analice da Cunha; Rubini, Alessandro; Klein Júnior, Celso Afonso; Demarco, Flávio Fernando
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
36.38%
O objetivo deste estudo foi determinar, in vitro, a resistência à fratura de pré-molares superiores com diferentes preparos do ângulo cavossuperficial e restaurados com resina composta com distintos sistemas adesivos. Foram selecionados 80 dentes, divididos em 8 grupos: G1- hígidos; G2- preparos M.O.D.; G3- Single Bond sem bisel; G4- Single Bond com bisel reto; G5- Single Bond com bisel chanfrado; G6- Clearfil SE Bond sem bisel; G7- Clearfil SE Bond com bisel reto e G8- Clearfil SE Bond com bisel chanfrado. Os grupos 3-8 foram restaurados com resina composta Z250, pela técnica incremental. Os corpos-de-prova foram submetidos ao teste de resistência à fratura em máquina universal de ensaios, a uma velocidade de 0,5 mm/min. Os dados foram analisados estatisticamente pelos testes ANOVA, Tukey e exato de Fisher (α=0,05). O grupo 2 apresentou resistência inferior aos demais e o grupo 4 mostrou-se mais resistente à fratura do que os demais grupos (p<0,05). Concluiu-se que o bisel reto foi o preparo mais efetivo quando associado a adesivos dentinários com condicionamento ácido prévio. Ambos adesivos dentinários usados foram capazes de devolver a resistência perdida com o preparo cavitário.; The aim of this study was to evaluate the fracture strength of teeth with different cavosurface margin cavity preparations and restored with composite resin and different adhesive systems. Eighty premolars were randomly divided in 8 groups...

Análise da microestrutura do amálgama dental quando associado a diferentes materiais adesivos

Silveira, Paula Cristina da Cunha; Haddad, Daniel Candido
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.19%

Resistência a microtração da interface dentina/resina de adesivos nacionais

Vanz, Viviane; Ogliari, Fabricio Aulo; Collares, Fabrício Mezzomo; Silva, Leticia Manique da; Fortes, Carmen Beatriz Borges; Samuel, Susana Maria Werner
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.5%

Pentóxido de nióbio como carga para materiais de base polimérica para uso odontológico

Leitune, Vicente Castelo Branco
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.27%
O objetivo desta tese foi caracterizar o pentóxido de nióbio (Nb2O5), produzir materiais compósitos de matriz polimérica de uso odontológico e avalia-los. As partículas de Nb2O5 foram caracterizadas com difração de raios-X, microscopia eletrônica de varredura, granulometria a laser, método de Brunauer–Emmett–Teller e espectroscopia micro-Raman. Um adesivo experimental foi desenvolvido com a incorporação de diferentes concentrações de Nb2O5 (0, 5, 10 e 20 %, em peso). Este adesivo foi avaliado quanto à radiopacidade, grau e cinética de conversão, microdureza e a sua interface com a dentina. Um cimento endodôntico experimental de cura dual também foi desenvolvido com a incorporação de diferentes concentrações de Nb2O5 (0, 80, 100 e 120 %, em peso). Este cimento foi avaliado quanto à radiopacidade, escoamento, espessura de película, microdureza e grau de conversão (imediatamente, 7 dias e 14 dias após a fotoativação). A avaliação do Nb2O5 mostrou que as partículas utilizadas apresentavam estrutura monoclínica, com formato irregular, com tamanho médio de 38,16 μm, área de superfície de 3,86 m2/g e estrutura química compatível com pentóxido de nióbio. A radiopacidade e dureza do adesivo aumentaram com a incorporação do Nb2O5 e ele pode ser detectado no interior da interface dentina/adesivo. No cimento endodôntico a incorporação do Nb2O5 também aumentou a radiopacidade e a dureza e reduziu o escoamento apenas no grupo com 120 %. O grau de conversão aumentou até 14 dias após a fotoativação...

Atividade antibacteriana de sistemas adesivos dentinários autocondicionantes sobre bactérias cariogênicas

Gondim, Juliana Oliveira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 93 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
46.54%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Odontológicas - FOAR; A incorporação de agentes antibacterianos aos sistemas adesivos dentinários autocondicionantes tem sido proposta com o intuito de eliminar bactérias residuais presentes na dentina, prevenindo, assim, a recorrência de cárie. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a atividade antibacteriana dos sistemas adesivos dentinários autocondicionantes: Clearfil Protect Bond (CPB), Clearfil SE Bond (CSEB), Xeno III (XIII) e Clearfil Tri-S Bond (C3SB), com e sem fotoativação, sobre bactérias cariogênicas, bem como a influência da dentina humana na atividade antibacteriana destes sistemas adesivos, utilizando o método de difusão em ágar. A solução de digluconato de clorexidina a 0,2% foi utilizada como controle positivo. O componente adesivo do CPB e do CSEB, o líquido A do XIII e o C3SB não apresentaram atividade antibacteriana quando aplicados sobre discos de papel. O conjunto primer e adesivo do CPB não fotoativado promoveu a maior inibição contra S. mutans (p<0,05), enquanto que com a fotoativação, não houve diferença entre esses componentes juntos e o primer isoladamente. Para o L. acidophillus...

Influência do laser Nd:YAG na qualidade da hibridização da dentina bovina empregando sistema adesivo convencional ou autocondicionante: análise em MEV

Kuwana , Andressa da Silva
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 189 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.38%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Odontologia Restauradora - ICT; O objetivo desta pesquisa foi avaliar em MEV a influência da irradiação com laser Nd:YAG na qualidade da hibridização da dentina bovina, empregando-se sistema adesivo convencional Adper Single Bond – 3M ESPE (SB) ou autocondicionante Clearfil SE Bond – Kuraray (CSEB). Para tanto, foram utilizados 12 incisivos bovinos, extraídos e congelados. Os dentes foram seccionados em duas hemicoroas e incluídos em resina acrílica. Em seguida, a superfície vestibular foi desgastada até a obtenção da dentina de profundidade média. Cada hemi-coroa do mesmo dente, foi submetida em sua porção incisal ao SB e em sua porção cervical ao CSEB, sendo divididas em 3 grupos, de 6 hemi-coroas cada: Controle - após a aplicação dos sistemas adesivos foi realizada a fotopolimerização ; G1 – após a aplicação dos sistemas adesivos a amostra foi irradiada com laser Nd:YAG com 60mJ de energia/pulso previamente à fotopolimerização e G2 – após a aplicação dos sistemas adesivos a amostra foi irradiada com laser Nd:YAG com 140mJ de energia/pulso previamente à fotopolimerização. Todas as amostras receberam a aplicação de dois incrementos de resina composta Filtek Z350 – 3M ESPE e fotopolimerização de acordo com as orientações do fabricante. Após 24h de armazenagem em água destilada a 37ºC...

Avaliação da resistencia de união de sistemas adesivos e cimentos resinosos a dentina e aos compositos restauradores; Evaluation of bond strength of adhesive systems and resincements to dentin and restorative composites

Rubens Nazareno Garcia
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/05/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.46%
O atual conceito de união aos tecidos duros dentais é baseado na infiltração de sistemas adesivos em esmalte e dentina, no processo chamado de hibridização. Enquanto a união ao esmalte tem sido considerada um procedimento confiável devido a sua uniforme composição, a união à dentina continua sendo um desafio. O objetivo deste estudo foi avaliar e discutir os conceitos que envolvem os sistemas adesivos odontológicos e as técnicas de cimentação adesiva. O estudo compreendeu quatro avaliações que propuseram analisar: 1- a resistência de união (RU) de alguns sistemas autocondicionantes após uma semana e um ano de armazenamento em água; 2- a RU de cimentos resinosos aos compósitos utilizados na reconstrução dental; 3 e 4- a RU de técnicas de cimentação adesiva. Foram utilizados dentes bovinos nos experimentos 1, 2 e 3; e ensaios de microcisalhamento. Para o experimento 4 foram utilizados dentes humanos e o ensaio de microtração. Os resultados indicaram que: 1- entre todos adesivos testados, o adesivo autocondicionante One-Up Bond F não apresentou redução na RU após um ano; 2- a RU foi maior quando se aplicou adesivo hidrófobo entre o compósito restaurador e o cimento resinoso; 3 e 4- o uso de uma camada intermediária de resina de baixa viscosidade e fotoativação dos cimentos resinosos resultou em maiores valores de RU entre o cimento resinoso e a dentina. Os resultados sugerem que a união à dentina ainda é instável para a maioria dos sistemas adesivos; na união do cimento resinoso ao compósito restaurador...

Influência da adição de nanopartículas de prata no efeito antibacteriano, na alteração de cor, na sorção e solubilidade de adesivos dentários; Influence of silver nanoparticles on the anbacterial effect, color change, sorption and solubility of dental adhesives

Moreira, Francine do Couto Lima
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde (FM); Faculdade de Medicina - FM (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde (FM); Faculdade de Medicina - FM (RG)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.57%
Aim: to evaluate the influence of silver nanoparticles to antibacterial effect, color change, sorption, and solubility of dental adhesives. Material and methods: they were analised four groups of dental adhesives: SB - AdperTM Single Bond 2 without adding NAg, SM - AdperTM Scotchbond Multi-use without adding NAg; SBAg - SB with addition of 0.1% of NAg ; SMAG - SM with addition of 0.1% of NAg. One handred and thirty two specimens of the adhesives were prepared according to the standard of ISO 4049:2010, with circular geometry dimensions of 10mmx1mm. After different periods of specimens contamination with Streptococcus mutans (ATCC 25175) (1min; 5min; 1h; 6h, e 24h) the antimicrobial activity was observed by bacterial grouth (optical density), and the presence/absence of bacteria on the specimens surface by Scanning Electron Microscopy (2500x e 5000x). Also evaluated the color change of specimens after adding NAg through the CIELab system, and sorption and solubility tests (ISO 4049:2010) were performed to verify the polymeric quality of materials. Data were subjected to analysis of variance (ANOVA) followed by Tukey test for multiple comparisons, with p=0.05 for all tests, except for analysis of ΔE what underwent Pearson`s correlation (p=0.01). Results: there were no statistical differences between the values of optical density of the culture broth used to store the specimens contaminated with S. mutans...

Influência da concentração de clorexidina em relação ao tempo e meio de armazenagem na resistência de união de sistemas adesivos

Dutra, Marília Cherulli
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.52%
Significantes avanços tecnológicos e químicos de materiais odontológicos ocorreram nas últimas décadas, contribuindo para aumento da longevidade de restaurações adesivas. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência da concentração de clorexidina, tempo e diferentes meios de armazenagem na resistência de união de sistemas adesivos à dentina, por meio de ensaio mecânico de microtração. O estudo foi realizado em duas etapas; na primeira etapa 30 terceiros molares humanos íntegros foram selecionados. O esmalte oclusal foi seccionado, expondo dentina média, a qual foi condicionada com ácido fosfórico 37%. Os espécimes foram divididos em três grupos (n=10) de acordo com o tratamento da dentina com diferentes concentrações de digluconato clorexidina (CHX), sendo: grupo C (controle), não recebeu tratamento com clorexidina; grupo 0,12Chx, aplicação de CHX a 0,12% durante 60 s; e grupo 2Chx, aplicação de CHX 2% por 60 s. Posteriormente, cada grupo foi subdividido em dois grupos (n=5) de acordo com o sistema adesivo utilizado: SC, Adper Scothbond Multi-Purpose, e XP, XP Bond. Todos os espécimes foram restaurados com resina composta Filtek Z350 XT; e seccionados em palitos de área de seção de ±1 mm2. Estes foram submetidos ao ensaio de microtração imediatamente (T0) e após 4 meses de armazenagem (T4) em saliva artificial. Para segunda análise deste estudo...

Cimento de ionômero de vidro : uso atual e perspectivas em odontologia restauradora; Glass ionomer cement : actual use and perspectives in restorative dentistry

Jardim, Patrícia dos Santos; D'Agostini, Fabiane Lobato; Masotti, Alexandre Severo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.43%
Os cimentos de ionômero de vidro apresentaram uma diminuição em seu uso clínico como conseqüência de sua limitação estética e mecânica em relação às resinas compostas. Porém, devido à intensa discussão sobre a efetiva biocompatibilidade e resistência de união a longo prazo dos sistemas adesivos, tem-se intensificado novamente o interesse pelos cimentos ionoméricos. Em relação à resistência de união, apesar dos valores imediatos apresentados pelos sistemas adesivos serem mais elevados que os de cimentos de ionômero de vidro, estes tendem a diminuir significativamente quando avaliados a longo prazo, enquanto a resistência dos cimentos de ionômero de vidro se mantém. Por este motivo, alguns autores têm classificado este cimento como um agente de união. Quanto à sua biocompatibilidade, os trabalhos mais recentes demonstram a possibilidade de sua utilização como substituto dos cimentos de hidróxido de cálcio para proteção pulpar indireta e como material restaurador em locais de íntima relação com tecidos periodontais, em função da boa tolerância destes aos cimentos de ionômero de vidro.; The glass ionomer cements (GIC) have presented a less clinical usage along the past years as a consequence of limitations on esthetics and mechanical properties when compared with composites. But the recent and intense discussion involving biocompatibility of composites and degradation of adhesive systems turned over the interests on GIC again. Perhaps the fact that GIC present lower immediate bond strength when compared with composite adhesive system...