Página 1 dos resultados de 5 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

O conceito de ângulo : experiências e reflexões sobre o conhecimento matemático

Gomes, Alexandra; Ralha, Elfrida
Fonte: Associação de Professores de Matemática Publicador: Associação de Professores de Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 POR
Relevância na Pesquisa
17.04%
Os conceitos matemáticos desempenham um papel crucial na construção do conhecimento, constituindo um dos alicerces do edifício matemático. Historicamente os conceitos matemáticos não surgem espontaneamente sendo o seu significado várias vezes alterado e refinado. Também não são, regra geral, fruto de um único contributo individual já que os simples actos de criação de notações, de terminologia ou de símbolos pressupõe um acordo entre os “utilizadores” desses conceitos. No entanto, uma vez criados, os conceitos matemáticos adquirem-se: ensinam-se e aprendem-se. No presente artigo, reconstruímos teorias relativas aos conceitos matemáticos, em particular aos conceitos geométricos e explorámos o papel desempenhado quer pelas definições dos conceitos quer pelas suas representações. Tomando como objecto exemplificativo de estudo o conceito de ângulo, questionámos 216 professores e futuros professores do 1º ciclo e analisámos as respostas apresentadas a duas questões (parte de um questionário) relacionadas com o conhecimento matemático envolvido nesse conceito. Terminamos com algumas reflexões onde, a propósito dos resultados obtidos no estudo, questionamos, por um lado, o significado que esses profissionais extraíram da formação que receberam no decorrer dos seus percursos (académicos e experiências profissionais)...

O trabalho de projeto no desenvolvimento da cidadania

Conceição, Joana Rita Bandeira da
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2013 POR
Relevância na Pesquisa
17.04%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Lisboa para obtenção de grau de mestre em Educação Matemática na Educação Pré-Escolar e nos 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico; O presente estudo visa contribuir para uma maior compreensão acerca da natureza do trabalho de projeto, dos pressupostos que lhe subjazem e para uma análise das capacidades matemáticas e competências democráticas que são desenvolvidas ao trabalhar de uma forma integrada. Para isso definimos as seguintes questões de investigação: i) Como se desenvolve um trabalho de projeto que seja significativo para os alunos do 1º Ciclo?; ii) Como é que os alunos desenvolvem a sua competência matemática através do trabalho de projeto?; iii) Por quê escolher o trabalho de projeto para trabalhar os valores democráticos? Trata-se de um estudo exploratório que se insere na abordagem qualitativa, uma vez que pretendíamos analisar uma realidade complexa com especial enfoque nos processos e nos significados dos alunos. A recolha de dados foi feita numa turma do 3º ano do 1º Ciclo do Ensino Básico de um colégio privado de Lisboa, ao longo de catorze sessões de trabalho, utilizando como técnicas a observação participante com registo áudio e vídeo que incidiu especialmente num grupo de quatro alunas. A análise de dados foi feita com base em categorias de análise emergentes das questões em estudo em estreita relação com o quadro teórico construído. Os resultados apresentados sugerem o desenvolvimento...

Sociedade, cultura, matemática e seu ensino

D’Ambrósio,Ubiratan
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2005 PT
Relevância na Pesquisa
17.04%
Uma dos efeitos da sociedade globalizada é uma forte tendência para eliminar diferenças, promovendo uma cultura planetária. Particularmente afetados são os sistemas educacionais, que passam por forte pressão dos estudos e avaliações internacionais, inevitavelmente comparativas e, lamentavelmente, competitivas. Como resultado, nota-se a paulatina eliminação de componentes culturais na definição dos sistemas educacionais. Fica evidente a formação de novos imaginários sociais, desprovidos de referentes históricos, geográficos e temporais, caracterizados por uma forte presença da cultura da imagem. Os critérios classificatórios estabelecem um referencial inidôneo, que tem como conseqüência definir práticas e mesmo sistemas educacionais. Por outro lado, ativam-se mecanismos, muitas vezes inconscientes, de resistência, que buscam preservar e recuperar os traços identificadores de uma cultura, tais como as tradições, a culinária, os idiomas, manifestações artísticas em geral, e, desse modo, contribuir para a diversidade cultural, fator essencial para estimular a criatividade. Neste artigo examinam-se as bases socioculturais da matemática e de seu ensino e também as conseqüências da globalização e seus reflexos na educação multicultural. Discutem-se o conceito de cultura e as questões ligadas à dinâmica cultural...

O trabalho de projeto em Matemática: questionando a realidade num 3. ano de escolaridade

Conceição, Joana; Rodrigues, Margarida
Fonte: Quadrante Publicador: Quadrante
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
17.04%
O presente artigo...

Sociedade, cultura, matemática e seu ensino; Society, culture, mathematics and its teaching

D’Ambrósio, Ubiratan
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/03/2005 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
17.04%
Uma dos efeitos da sociedade globalizada é uma forte tendência para eliminar diferenças, promovendo uma cultura planetária. Particularmente afetados são os sistemas educacionais, que passam por forte pressão dos estudos e avaliações internacionais, inevitavelmente comparativas e, lamentavelmente, competitivas. Como resultado, nota-se a paulatina eliminação de componentes culturais na definição dos sistemas educacionais. Fica evidente a formação de novos imaginários sociais, desprovidos de referentes históricos, geográficos e temporais, caracterizados por uma forte presença da cultura da imagem. Os critérios classificatórios estabelecem um referencial inidôneo, que tem como conseqüência definir práticas e mesmo sistemas educacionais. Por outro lado, ativam-se mecanismos, muitas vezes inconscientes, de resistência, que buscam preservar e recuperar os traços identificadores de uma cultura, tais como as tradições, a culinária, os idiomas, manifestações artísticas em geral, e, desse modo, contribuir para a diversidade cultural, fator essencial para estimular a criatividade. Neste artigo examinam-se as bases socioculturais da matemática e de seu ensino e também as conseqüências da globalização e seus reflexos na educação multicultural. Discutem-se o conceito de cultura e as questões ligadas à dinâmica cultural...