Página 1 dos resultados de 827 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Estimation of biomass and carbon stocks: the case of the Atlantic Forest; Estimativas de biomassa e estoque de carbono: o caso da Mata Atlântica

VIEIRA, Simone Aparecida; ALVES, Luciana Ferreira; AIDAR, Marcos; ARAÚJO, Luciana Spinelli; BAKER, Tim; BATISTA, João Luís Ferreira; CAMPOS, Mariana Cruz; CAMARGO, Plinio Barbosa; CHAVE, Jerome; DELITTI, Welington Braz Carvalho; HIGUCHI, Niro; HONORIO,
Fonte: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Publicador: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
66.46%
The main objective of this paper is to present and discuss the best methods to estimate live above ground biomass in the Atlantic Forest. The methods presented and conclusions are the products of a workshop entitled "Estimation of Biomass and Carbon Stocks: the Case of Atlantic Rain Forest". Aboveground biomass (AGB) in tropical forests is mainly contained in trees. Tree biomass is a function of wood volume, obtained from the diameter and height, architecture and wood density (dry weight per unit volume of fresh wood). It can be quantified by the direct (destructive) or indirect method where the biomass quantification is estimated using mathematical models. The allometric model can be site specific when elaborated to a particular ecosystem or general that can be used in different sites. For the Atlantic Forest, despite the importance of it, there are only two direct measurements of tree biomass, resulting in allometric models specific for this ecosystem. To select one or other of the available models in the literature to estimate AGB it is necessary take into account what is the main question to be answered and the ease with which it is possible to measure the independent variables in the model. Models that present more accurate estimates should be preferred. However...

Carbon and nitrogen stock and fluxes in coastal Atlantic Forest of southeast Brazil: potential impacts of climate change on biogeochemical functioning; Estoques e fluxos de carbono e nitrogênio nas zonas costeiras da Mata Atlântica do sudeste do Brasil: potenciais impactos das mudanças climáticas sobre o funcionamento biogeoquímico

Villela, D. M.; Mattos, E. A. de; Pinto, A. S.; Vieira, S. A.; Martinelli, L. A.
Fonte: INT INST ECOLOGY; SAO CARLOS Publicador: INT INST ECOLOGY; SAO CARLOS
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
66.51%
The Atlantic Forest is one of the most important biomes of Brazil. Originally covering approximately 1.5 million of km(2), today this area has been reduced to 12% of its original size. Climate changes may alter the structure and the functioning of this tropical forest. Here we explore how increases in temperature and changes in precipitation distribution could affect dynamics of carbon and nitrogen in coastal Atlantic Forest of the southeast region of Brazil The main conclusion of this article is that the coastal Atlantic Forest has high stocks of carbon and nitrogen above ground, and especially, below ground. An increase in temperature may transform these forests from important carbon sinks to carbon sources by increasing loss of carbon and nitrogen to the atmosphere. However, this conclusion should be viewed with caution because it is based on limited information. Therefore, more studies are urgently needed to enable us to make more accurate predictions.; A Mata Atlântica é um dos mais importantes biomas do Brasil. Sua cobertura original estendia-se por aproximadamente 1,5 milhão de km2. Atualmente, sua área ocupa somente 12% de sua cobertura original. As mudanças climáticas podem alterar a estrutura e o funcionamento dessa floresta tropical. Neste artigo...

Population genetic structure of the Atlantic Forest endemic Conopophaga lineata (Passeriformes: Conopophagidae) reveals a contact zone in the Atlantic Forest; Die populationsgenetische Struktur des in der Mata Atlântica endemischen Rotkehl-Mückenfressers ( Conopophaga lineata , Passeriformes: conopophagidae) lässt eine Kontaktzone in der Mata Atlântica erkennen

Dantas, Gisele Pires Mendonça; Sari, Eloisa Helena Reis; Cabanne, Gustavo Sebastián; Pessoa, Rodrigo Oliveira; Marini, Miguel Ângelo; Miyaki, Cristina Yumi; Santos, Fabrício Rodrigues
Fonte: Springer; Heidelberg Publicador: Springer; Heidelberg
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
66.51%
The Rufous Gnateater, Conopophaga lineata, is a small insectivorous understory bird which is endemic to and widely distributed in the tropical and subtropical Atlantic forest of South America. Its distribution makes it ideally suited for testing two major hypotheses for the origin of biodiversity, namely, the riverine barrier and the forest refuge hypotheses. In this study, we sequenced mitochondrial (control region) and nuclear markers (intron 5 of the β-fibrinogen gene) for individuals distributed in the southern Atlantic forest and obtained a strong genetic structure with one clear discontinuity in northern Brazilian state of São Paulo. We consistently detected signals of demographic expansion for both markers, with estimates indicating that expansion started in the Late Pleistocene (250,000 years ago), suggesting that the forest refuge hypothesis potentially explains Rufous Gnateater’s diversification. We also found evidence of gene flow between populations from each side of this discontinuity, with a possible secondary contact zone occurring in the states of Minas Gerais, São Paulo, and Rio de Janeiro.; Der Rotkehl-Mückenfresser, Conopophaga lineata, ist ein kleiner insektivorer Vogel, der im Unterholz der tropischen und subtropischen Mata Atlântica in Südamerika endemisch und weit verbreitet ist. Die Verbreitung des Rotkehl-Mückenfressers macht ihn besonders dafür geeignet...

Composição, estrutura e conservação da comunidade de aves da Mata Atlântica no parque Estadual da Serra do Mar - Núcleo Cubatão, São Paulo; Composition, structure and conservation of the bird community of the Atlantic Rainforest at Serra do Mar State Park – Cubatao Nucleus, Sao Paulo

Agnello, Sandra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.46%
A Mata Atlântica foi devastada desde o início da colonização, permanecendo hoje com cerca de 7% de sua cobertura original. Região biogeográfica de extrema importância para aves e outros táxons, abrigando elevado número de espécies endêmicas e ameaçadas de extinção, foi considerada bioma prioritário para conservação e constitui a segunda floresta mais ameaçada do planeta. Classe especialmente popular no estudo de comunidades, as aves constituem-se em um excelente indicador ecológico. O presente trabalho foi realizado no Núcleo Cubatão do Parque Estadual da Serra do Mar, uma das áreas mais importantes de Mata Atlântica do Estado de São Paulo. O objetivo geral deste trabalho foi caracterizar a comunidade de aves e avaliar o estágio de conservação da área. Seus objetivos específicos foram descrever a composição e as estruturas espacial, social e alimentar da comunidade de aves; verificar a importância ecológica da área com base na presença de espécies endêmicas e/ou ameaçadas de extinção; avaliar as condições de conservação deste ambiente com base na composição específica de espécies e comparar a avifauna desta área de Mata Atlântica com a de outros remanescentes presentes na região. O levantamento da avifauna foi realizado em área de encosta localizada às margens de uma estrada de serviço pertencente ao Sistema Anchieta-Imigrantes...

História natural de duas espécies simpátricas de Enyalius (Squamata, Leiosauridae) na mata atlântica do sudeste brasileiro; Natural history of two sympatric species of Enyalius in southeastern rainforet of Brazil

Liou, Noraly Shawen
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.44%
Enyalius iheringii e Enyalius perditus são espécies de lagartos semi-arborícolas que habitam os ambientes florestados da Mata Atlântica do sudeste do Brasil. São, cripticamente coloridos e vivem sobre o folhedo e nos primeiros metros da estrutura vertical da floresta. O dicromatismo sexual é evidente e o policromatismo, muito acentuado nas fêmeas. Os machos são capazes de mudar de cor, variando entre o verde folha e o castanho escuro. As duas espécies são relativamente freqüentes nos fragmentos de mata do sudeste, presentes em simpatria em alguns deles. Apesar disso, pouco se conhece sobre sua biologia e sobre os mecanismos responsáveis por sua coexistência. Possivelmente, a escassez de dados biológicos sobre as essas espécies deve-se à baixa abundância e à coloração críptica dos indivíduos, que dificulta sua localização na natureza. Este trabalho teve por objetivo estudar a área de vida, a dieta e aspectos da biologia reprodutiva de Enyalius iheringii e Enyalius perditus na região da Estação Biológica de Boracéia (EBB), onde ocorrem simpatricamente. Para isso, foram realizados estudos de marcação e recaptura de indivíduos obtidos em armadilhas de interceptação e queda, complementados pelo acompanhamento de indivíduos amarrados a carretéis de linha e rádio transmissores na EBB e em áreas adjacentes. Os resultados deste estudo poderão ajudar a entender quais são os recursos que limitam a distribuição dessas espécies...

Tamanho de parcelas para quantificação de biomassa e carbono em uma floresta ombrófila densa na Mata Atlântica; Size of fragments for the quantification of biomass and carbon in a thick ombrophilous rainforest in Mata Atlântica

Bais, Carla Regina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.54%
A Floresta Tropical é definida como uma formação vegetal que cobre grande parte do território brasileiro, desde a Amazônia até as florestas do planalto dos estados do sul do Brasil, passando pela Floresta Atlântica. Devido à colonização do Brasil, de exploração, grande parte desta floresta foi destruída, sendo a mata Atlântica a que sofreu a maior parte desta destruição, restando hoje uma pequena porcentagem dessa mata, espalhada em fragmentos ao longo do território brasileiro. A biomassa total das florestas (BT) encontra-se armazenada em diferentes compartimentos e seu valor é estimado através da somatória de cada um desses, compreendendo a biomassa viva acima do solo (BVAS), que abrange desde a base do tronco até a copa; a biomassa subterrânea (BS) são as raízes vivas; a biomassa morta (BM), as folhas, raízes, galhos e outras partes mortas do vegetal que caem ao solo e ainda não foram decompostas (serapilheira), a madeira morta e a matéria orgânica do solo (MOS), que incluem as partes já decompostas. Nas florestas tropicais, a maior parte dessa biomassa total se encontra nas árvores, principalmente na BVAS, sob forma de madeira fresca (cerca de 70% da biomassa total) com significativa presença de água (cerca de 15% a 20%). Para se avaliar o tamanho ótimo de parcelas e estimar BVAS...

O conhecimento de agricultores quilombolas sobre forrageio e uso de habitat por mamíferos de grande porte na Mata Atlântica: evidenciando a centralidade dos ambientes antropogênicos na constituição do etnoconhecimento (Vale do Ribeira, SP, Brasil); The perception of quilombola smallholders concerning the foragin and habitat use of large mammals in the Atlantic Forest: evincing the centrality of anthropogenic environments in local knowledge (Ribeira Valley, Brazil)

Prado, Helbert Medeiros
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.44%
A etnoecologia investiga as relações entre os humanos e o seu ambiente natural, incluindo o estudo do conhecimento ecológico de populações locais (CEL) sobre interações entre as espécies e destas com o ambiente. Suas principais temáticas de interesse incluem a compreensão do CEL em termos de: sua construção e compartilhamento entre as pessoas, suas mudanças frente a processos de modernização vivenciados por populações rurais, bem como suas similaridades e divergências em relação ao conhecimento científico normativo. Esta tese é um estudo em etnoecologia que se concentra principalmente (1) nas comparações entre o CEL e o conhecimento científico normativo, e (2) na relevância de diferentes elementos da paisagem na formação do repertório presente no CEL. Nesta pesquisa, o CEL é analisado em termos do conjunto de conhecimentos locais sobre aspectos ecológicos de mamíferos de médio e grande porte na Mata Atlântica. O estudo foi realizado no contexto de três comunidades remanescentes de quilombo do Vale do Ribeira (SP, Brasil). Estas comunidades se originaram a partir de contingentes de escravos fugidos ou abandonados na região há pelo menos dois séculos, e adotaram como principal atividade de subsistência na Mata Atlântica a agricultura de coivara - prática comum nos trópicos e caracterizada principalmente por seu sistema de descanso (pousio) e rotatividade do solo. A prática histórica da coivara por sua vez definiu em grande parte a composição e a configuração da paisagem que se observa atualmente na região. O CEL foi registrado a partir da aplicação de entrevistas...

Atividade sazonal e uso do ambiente por anfíbios da Mata Atlântica no alto da Serra do Mar

Giasson, Luís Olímpio Menta
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 149 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.51%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Zoologia) - IBRC; A Mata Atlântica é um dos biomas mais biodiversos e, ao mesmo tempo, mais ameaçados do planeta. Estudos com anuros têm corroborado este padrão de diversidade, demonstrando que há grande variação na composição de espécies, mesmo entre localidades próximas neste bioma. Sob estas condições estudos de comunidades com anuros são de alta relevância e oportunos para investigar os fatores que estruturam as comunidades. Deste modo, foram caracterizadas as espécies de anuros de uma área de Mata Atlântica, detalhando a estrutura da comunidade. Investigou-se a organização sazonal das espécies, o padrão de uso do ambiente e a partilha dos recursos e a similaridade com outras taxocenoses do Sul e Sudeste. Para tanto, foram feitas 25 amostragens no Núcleo Santa Virgínia do Parque Estadual da Serra do Mar. As espécies em atividade vocal e demais evidências de reprodução foram registradas e as vocalizações gravadas. Nas excursões, durando de quatro a oito dias, eram amostrados e registrados os ambientes usados pelos anuros. Foram registradas 50 espécies de anuros sendo a ampla maioria tipicamente associada à Mata Atlântica. Na atividade sazonal ocorreu uma gradação entre espécies restritas aos meses do verão...

O estado da arte da ecologia da restauração e sua relação com a restauração de ecossistemas florestais no bioma Mata Atlântica

Oliveira, Renata Evangelista de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xix, 241 f. : il. color., gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.53%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Ciência Florestal - FCA; O presente trabalho teve como objetivos (i) Levantar e analisar as pesquisas desenvolvidas em ecologia da restauração, com foco nos pressupostos para o desenvolvimento da restauração ecológica; (ii) Analisar o estado da arte da restauração florestal no Brasil, tendo como foco principal as publicações e ações de restauração de ecossistemas florestais no Bioma Mata Atlântica. Para isso, foi realizada (i) uma investigação teórico-conceitual, análise documental e cronológica com foco na restauração ecológica e na restauração florestal no Brasil, (ii) uma análise comparativa entre o arcabouço bibliográfico existente para a Ecologia da Restauração, em diferentes regiões no mundo e as publicações e ações realizadas no Brasil; (iii) uma análise da evolução histórica da pesquisa em restauração florestal no Brasil, com foco no Bioma Mata Atlântica; (iv) o desenvolvimento de uma metodologia para análise situacional de estudos de caso (projetos e ações em restauração florestal); (v) o levantamento de indicadores de monitoramento e avaliação, para discussão sobre os atributos de ecossistemas restaurados e de características de uma boa restauração ecológica. No Capítulo I foram analisados 617 artigos e 76 textos editoriais...

Ecologia de populações de Psychotria suterella Mull. Arg. (Rubiaceae) em uma paisagem fragmentada de Mata Atlantica; Population ecology of Psychotria suterella Mull. Arg. (Rubiaceae) in fragmented Atlantic rainforest landscape

Daniela Fessel Bertani
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
76.47%
Existe muita variação no grau de sensibilidade de populações de plantas à diminuição de habitats naturais e poucos estudos em áreas com prioridade de conservação.Este estudo teve como objetivo testar se a descontinuidade e qualidade de habitats de Mata Atlântica afetam a abundância, estrutura, relações alo métricas, dinâmica e germinabilidade de sementes de populações de uma espécie comum de sub-bosque, P_ychotria suterella (Rubiaceae). Foram amostradas nove populações dessa espécie em três áreas em uma floresta contínua, três tTagmentos conectados e três tTagmentos isolados em uma paisagem de Mata Atlântica tTagmentada no estado de São Paulo. A densidade de indivíduos foi menor e a taxa de mortalidade maior nos tTagmentos isolados. Todas as populações apresentaram padrão espacial agrupado, exceto a população de um fragmento isolado, que apresentou distribuição aleatória. As populações de menor tamanho apresentaram maior crescimento em altura e diâmetro, maior taxa de mortalidade e maior taxa de ingresso. Diferenças nas taxas de ingresso entre populações aparentemente não tiveram relação com a germinabilidade de sementes, pois a porcentagem de germinação não diferiu entre populações. A mortalidade aumentou em função do aumento da densidade intraespecífica. o crescimento negativo aumentou com o aumento da porcentagem de danos nos indivíduos. Indivíduos de classes de tamanho diferentes parecem ter sido afetados de forma oposta aos fatores analisados. Quanto menor o tTagmento...

Consequencias potenciais das mudanças climaticas globais para especies arboreas da Mata Atlantica; Potential consequences of global climate change to tree species of Atlantic Forest

Alexandre Falanga Colombo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/11/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.51%
Desde o início da colonização portuguesa, a Mata Atlântica, um dos dez biomas mais ricos e diversos do mundo, sofreu uma redução considerável em extensão e diversidade. O extrativismo, o avanço da agricultura extensiva e o rápido crescimento das cidades na faixa litorânea do país, foram e continuam sendo em algumas regiões, responsáveis pela redução da vegetação nativa. Dados recentes mostram que restam apenas 7% da cobertura florestal original, e menos do que 5% são efetivamente de florestas nativas pouco antropizadas. Esta situação pode estar sendo agravada devido às mudanças nos padrões climáticos terrestres. Exarcebados pela ação humana, o aquecimento global, a mudança do regime de chuvas, entre outras alterações atmosféricas, podem modificar substancialmente o padrão de distribuição das espécies arbóreas dos biomas nativos. Este processo pode resultar na diminuição da área de ocorrência ou mesmo na extinção de espécies. Este trabalho tem como objetivo, através de técnicas de modelagem preditiva, delinear áreas de distribuição geográfica futura de 38 espécies arbóreas típicas da Mata Atlântica lato sensu, considerando dois cenários de aquecimento global nos próximos 50 anos. No cenário otimista...

Conservação de espécies de anfíbios anuros endêmicos ou ameaçados de extinção da mata atlântica setentrional; Conservation of endemics and threatened anurans of the northeast atlantic forest

Silva, Bruno Vilela de Moraes e
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Biologia e Biodiversidade; Programa de Pós-Graduação em Biologia e Biodiversidade; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Biologia e Biodiversidade; Programa de Pós-Graduação em Biologia e Biodiversidade; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.47%
The decline in amphibian populations is been recorded all around the world. Brazil has an important role in its conservation, since it has the greatest diversity of the group. The Atlantic Forest is the Brazilian biome that comprises the higher diversity and endemism of amphibians, however it is also the habitat of almost all endangered frogs. The northern portion of the biome is known as the Biogeographic Sub-region (BSR) Pernambuco, which includes the forest fragments of the north of the São Francisco River, except for the " Brejos de altitude". This region contains a very specific fauna and an unique genetic diversity, but only 1% of its remains are protected in the form of conservation areas. Conservation actions are urgently needed, however the lack of information is an obstacle for developing action plans in the region. In this context, in the first chapter, an macroecological approach was applied for the conservation of endemic and threatened frogs in the Northern Atlantic Forest. Thus, ten endemic species and one endangered were registered in the study area. The results suggest that the forest fragments found in the north of the state of Alagoas and in the southern state of Pernambuco, Brazil, are extremely important for maintaining the biodiversity...

Fungos ectomicorrízicos em áreas de Mata Atlântica do Nordeste do Brasil

Gurgel, Francisco Emiliano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas; Biodiversidade; Biologia Estrutural e Funcional. Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas; Biodiversidade; Biologia Estrutural e Funcional.
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.52%
Ectomycorrhizal associations are poorly known from tropical lowlands of South America. Recent field trips to the reserve Parque Estadual das Dunas in Natal, in Rio Grande do Norte state, Brazil, revealed a undocumented community of ectomycorrhizal fungi. This type of Mycorrhizal association is frequently in the north hemisphere in temperate and boreal forests. The aim of this work is to analyze the occurrence of ectotrophic areas in atlantic rainforest. Collections along and around the trails in the reserve revealed six genera of putatively ECM fungi which belong to the basidiomycete, Amanitaceae, Boletaceae, Russulaceae, Entolomataceae, and Sclerodermataceae family which are poorly documented in Brazil. Plants belonging to Myrtaceae, Polygonaceae, Leguminosae/Caesalpinioideae, Erythroxylaceae, Malphigiaceae, Bromeliaceae, Loganiaceae, Sapotaceae e Celastraceae were found living next to the species of fungi analized. Our results suggest that the area studied is an ectotrophic environment which shows high diversity of putatively ECM fungi and some plants probably host ECM. The tropical lands are a potential focus to study reinforced by the new records of Scleroderma in Brazil and Northwest of Brazil; As associações ectomicorrízicas nos trópicos e principalmente nas regiões de mata nativa na América do Sul são pouco conhecidas. Sabe-se que esse tipo de associação ocorre predominantemente no hemisfério norte em florestas temperadas e boreais. O objetivo deste trabalho é verificar a ocorrência de ambientes ectotróficos em áreas de mata atlântica. Estudos de campo feitos no Parque Estadual Dunas do Natal...

Estrutura da Comunidade de Lagartos de um remanescente de mata atlântica do Estado do Rio Grande Do Norte, Brasil.

Sousa, Pablo Augusto Gurgel de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia; Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia; Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.48%
As part of a broader project, Diversity and Distribution Patterns of Floristic and Faunistic composition of remnants of Potiguar s Atlantic Forest, as subsidies to conservation , that subsidizes a group of institutional research, This study aimed to evaluate the structure of the assemblage of lizards a remnant of the of the northern Atlantic Forest, identifying ecological factor (s) that contribute to the coexistence of sympatric species. Additionally, we studied the thermal ecology and thermoregulatory behavior of umbrophily and heliophily species live the Parque Estadual Mata da Pipa (PEMP), a remnant of Atlantic forest located in the Tibau do Sul municipality of, Rio Grande do Norte State, Brazil. It is one of the largest remnants of the Atlantic Forest and has an area of approximately 290 ha. The study was performed by four excursions to the field for 20 days each, when active search and pitfalls traps were used to record and colleted specimens in different habitats of the area. We recorded the presence of 19 species of lizards, of which seven are typical of forest areas, three are endemic Atlantic Forest, these two northern and one are new record for the Rio Grande do Norte. The use of resources, the results showed that phylogenetically related species do not always use a similar way the resources available; the feeding niche was the segregated component of the species that overlapped extensively in the use of space and vice versa. To examine the thermal ecology and thermoregulatory behavior of Kentropyx calcarata and Coleodactylus natalensis...

Entwicklung eines Monitoringverfahrens auf pollenanalytischer Basis zur Charakterisierung ökologischer Einheiten im Bereich der südbrasilianischen Mata Atlântica und Rekonstruktion der Vegetationsgeschichte des Pró-Mata Gebietes; Pollen-vegetation-relationships for ecological classification of southern Brazilian Mata Atlantica

Ebner, Martin
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
66.51%
Bei dieser Arbeit wurden Pollenanalysen als Werkzeug zur Charakterisierung und Abgrenzung verschiedener ökologischer Einheiten der südlichen Mata Atlântica genutzt. Beziehungen zwischen Vegetation und Pollenspektren sollten zur Entwicklung eines Monitoringverfahrens dienen, mit dem zum einen rezente Raumpunkte ökologisch präzise eingeordnet und zum anderen Pollenspektren aus dem Fossilbericht bestimmten Ökotypen zugewiesen werden können. Zur Kalibrierung dieses Monitoringverfahrens wurde das Projektgebiet Pró-Mata ausgewählt, da dort die antagonistischen Vegetationseinheiten Grasland, Atlantischer Wald und Araukarienwald auf engem Raum aufeinandertreffen. Die Auswahl der Probepunkte erfolgte auf der Basis einer Vegetationskarte von BAASKE (2001), für deren Erstellung pflanzensoziologisch definierte Flächen durch Luftbildanalyse auf das gesamte Pró-Mata Areal übertragen wurden. Pollenspektren wurden aus Oberflächenproben isoliert, lichtmikroskopisch analysiert und anhand uni-und multivariater statistischer Methoden untersucht. An zahlreichen Untersuchungspunkten wurde außerdem die Zusammensetzung der Vegetation und einfach zu bestimmende Bodenparameter wie pH-Wert, Trockenraumdichte, Wasserhaltekapazität, C-Gehalt, N-Gehalt und C/N-Verhältnis aufgenommen. Die Rekonstruktion der jüngeren Vegetationsdynamik erfolgte über einen Vergleich von Pollenspektren aus Stechzylinderproben und aus der Bodenstreu...

Vergleich der Streu-Dynamik in Araukarien- und Laubwäldern der Pró-Mata Forschungsstation : Fallstudie zu subtropischen montanen Regenwäldern der Mata Atlântica, am Beispiel der Serra Geral, Rio Grande do Sul, Brasilien; Comparison of the litter dynamics in araucaria and deciduous forests of the Pró-Mata research station : a case study for subtropical montane rain forests of the Mata Atlântica by the example of the Serra Geral, Rio Grande do Sul, Brazil

Schromm, Simone
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
66.56%
Einst bedeckte die Mata Atlântica mehr als 1 Million km² entlang der brasilianischen Küste. Heute steht sie an vierter Stelle im Ranking der weltweit artenreichsten und am stärksten bedrohten hot spots (IBAMA 2002). Im Bereich der südlichen Mata Atlântica dominieren montane Regenwälder, darunter die auf dem Pró-Mata-Gelände vorkommenden Araukarienwälder und die benachbarten immergrünen Hangwälder. Für die gesamten Tropen ist diese unmittelbare Nachbarschaft der nach der Konifere Araucaria angustifolia benannten Araukarienwälder mit den tropischen Laubwäldern eine einmalige ökologische Situation. Neben der zentralen Rolle der tropischen Regenwälder bei der CO2-Reduzierung in der Atmosphäre gaben die starke Gefährdung und der Artenreichtum dieser Ökosysteme ausreichend Anlass für die Initiierung erster Schutz- und Wiederaufforstungsprogramme. Darunter die von der Universität Tübingen mit deutschen und brasilianischen Partnerhochschulen konzipierten BMBF-DLR 01LT0011/7 und IB/DLR-FAPERGS 99/2006.3 Projekte zur naturnahen Wiederbewaldung und der nachhaltigen agroforst-wirtschaftlichen Nutzung des süd-brasilianischen Araukarienwaldes. Als Teil dieser Großprojekte wurde in dieser Doktorarbeit die Streudynamik in den Araukarienwäldern des Pró-Mata-Schutzgebietes untersucht. Unabhängig von den bereits bestehenden Projekten wurde die Streudynamik zeitgleich an benachbarten Standorten des immergrünen Hangwaldes und in einer Übergangszone ermittelt. Hierbei handelt es sich um die erste Vergleichsstudie dieser beiden Waldökosysteme überhaupt. Mit den Untersuchungen der Streuproduktion...

Padrões geograficos e estrutura de comunidade do estrato herbaceo da Mata Atlantica meridional; Geographic patterns and community structure of herbaceous layer of meridional Atlantic Forest

Leandro Tavares Vieira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.56%
A Mata Atlântica vem experimentando alguns séculos de contínua devastação. O resultado deste processo é que, atualmente, restam cerca de 92.000 km 2 ou apenas 7,5% da cobertura original, na maioria em pequenos fragmentos disjuntos. Muitas espécies e informações já estão extintas antes mesmo de serem conhecidas. Por exemplo, muito pouco se conhece a respeito do estrato herbáceo, e estudos do estrato arbóreo ainda são insuficientes para responder muitas questões sobre a origem e os limites da Mata Atlântica, a estrutura comunitária e seus condicionantes, e os efeitos de fatores ambientais em sua composição. O termo "estrato herbáceo" foi empregado neste trabalho de acordo com duas principais definições: como um co~junto de plantas abaixo de uma certa altura, no primeiro I capítulo; e para incluir certos tipos de formas de vida ou crescimento, no segundo capítulo. f O primeiro capítulo foi realizado na Mata Ribeirão Cachoeira, SE Brasil (22°50' S - 46°55' 0,680 m de altitude), um fragmento da Floresta Estacional Semidecídua, caracterizada por I um verão úmido e um inverno seco durante o qual cerca de 30% das árvores perdem suas folhas. Buscamos testar a hipótese de que a vegetação rasteira (plantas vasculares até um...

Eucalipto e Mata Atlântica : análise do uso e cobertura da terra e suas conexões biofísicas, políticas e socioeconômicas; Eucalyptus and Atlantic Forest : analysis of land use and land cover and their environmental, political, and socioeconomic connections

Ramon Felipe Bicudo da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
76.39%
O Vale do Paraíba Paulista é uma região de importância econômica para o Estado de São Paulo. Com população superior a dois milhões de habitantes, concentrada em áreas urbanas (95%), sobretudo nos municípios do eixo rodoviário Presidente Dutra, foi elevada à categoria de Região Metropolitana em 2012. Eixo conector entre São Paulo e Rio de Janeiro, foi uma das primeiras regiões brasileiras a enfrentar profundas mudanças em suas paisagens, resultado dos séculos de colonização. Representante do bioma Mata Atlântica, a região apresentava, em 1962, aproximadamente 225 mil hectares de vegetação florestal nativa, cerca de 16% de sua extensão territorial. Mudanças profundas na economia brasileira, especialmente após os anos 1950, com o Plano Nacional de Metas, o processo de descentralização da indústria em São Paulo e com o projeto nacional de modernização da agricultura, iniciado na década de 1960, trouxeram para a região novos determinantes para as trajetórias futuras do uso e cobertura da terra. O objetivo desta pesquisa foi entender as conexões socioeconômicas e biofísicas do Vale do Paraíba Paulista com o processo de transição florestal. A metodologia para desenvolver a pesquisa incluiu o mapeamento do uso e cobertura da terra (anos de 1985...

Estudo comparativo da produção de serapilheira de uma área de Mata Atlântica e de um povoamento de Pinus elliottii Engelm. var. elliottii na Ilha de Santa Catarina, Brasil; .

Hinkel, Rudnei; Departamento de Ecologia e Zoologia - CCB - UFSC; Panitz, Clarice M. N.; Departamento de Ecologia e Zoologia - CCR - UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1999 POR
Relevância na Pesquisa
66.46%
A produção total de serapilheira foi avaliada de dezembro de 1990 a novembro de 1991, tanto em uma floresta tropical (Mata Atlântica), quanto em um povoamento de Pinus elliottii na Ilha de Santa Catarina (27º35'S, 48º30'WG), sul do Brasil. Os valores de produção anual obtidos nas duas áreas foram 6,37 ton.ha-1.ano-1 e 4,60 ton.ha-1.ano-1, respectivamente. A fração folhas representou a maior contribuição em ambas as ecossistemas, com 66,3% e 64,9%, respectivamente. Foi verificado que o plantio de Pinus elliottii apresentou maior produção total de serapilheira, nos meses de deficiência hídrica do solo (fevereiro e abril/91), enquanto que a Mata Atlântica apresentou resposta inversa no mesmo período.; Total litterfall was evaluated over the period from December/90 to November/91, in both a secondary tropical forest (Mata Atlantica) plot and in a slash pine (Pinus elliottii) cultivated forest plot on Santa Catarina Island, south of Brazil. The annual production values obtained in these two areas were 6,37 ton.ha-1. year-1 and 4,60 ton.ha-1. year-1, respectively. Leaf-fall showed the greatest contribution in wild and cultivated forests, i.e., 66,3% and 64,9%, respectively. The total litterfall for the slash pine forest showed an increase in the months of water deficiency (Feb-Apr/91). The Mata Atlantica showed an inverse response in the same period.

Fitossociologia e modelo de distribuição de espécie em área de mata atlântica degradada por mineração em Joinville; Phytosociology and species distribution model in an atlantic rain forest degraded by mining in Joinville, SC, Brazil

Carvalho, Adriana Rosa; Universidade Estadual de Goiás, Anápolis
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2000 POR
Relevância na Pesquisa
76.37%
Este estudo foi realizado para obter dados fitossociológicos que orientassem a recuperação da vegetação em uma área de mata atlântica sobre o Morro do Timbé (Joinville, SC), degradada por mineração de seixo e argila durante 20 anos. O método utilizado foi o ponto quadrante, num total de 90 unidades amostrais com intervalo de 10 m entre si. Foram obtidos dados de freqüência, densidade e dominância (absoluta e relativa), valor de importância, valor de cobertura e índice de diversidade de Shannon & Wiener. As famílias consideradas mais importantes foram: Myrtaceae, Euphorbiaceae, Lauraceae, Moraceae, Bignoniaceae e Melastomataceae. As espécies mais expressivas e indicadas para a recuperação da área foram Alchornea triplinervia (Sprengel) Müll. Arg., Calyptranthes luGida Martius ex De., Casearia oblíqua Sprengel, Cecropia pachystachya Tréc., Marlíerea eugeniopsoides (Legrand & Kausel) Legrand, Miconia Ginnamomifolia (De.) Naudin, Ocotea acutifolía (Nees) Mez, Ocotea odorífera (Vellozo) Rohwer, Sloanea sp.l, Tabebuia cassinoides (Lam.) DC. e Tapirira guianensis Aublet. O índice de diversidade de Shannon & Wiener foi de H' = 3,72. A estimativa da riqueza de espécies foi calculada pelo método "Jackknife"...