Página 1 dos resultados de 2979 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Estimation of biomass and carbon stocks: the case of the Atlantic Forest; Estimativas de biomassa e estoque de carbono: o caso da Mata Atlântica

VIEIRA, Simone Aparecida; ALVES, Luciana Ferreira; AIDAR, Marcos; ARAÚJO, Luciana Spinelli; BAKER, Tim; BATISTA, João Luís Ferreira; CAMPOS, Mariana Cruz; CAMARGO, Plinio Barbosa; CHAVE, Jerome; DELITTI, Welington Braz Carvalho; HIGUCHI, Niro; HONORIO,
Fonte: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Publicador: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
66.89%
The main objective of this paper is to present and discuss the best methods to estimate live above ground biomass in the Atlantic Forest. The methods presented and conclusions are the products of a workshop entitled "Estimation of Biomass and Carbon Stocks: the Case of Atlantic Rain Forest". Aboveground biomass (AGB) in tropical forests is mainly contained in trees. Tree biomass is a function of wood volume, obtained from the diameter and height, architecture and wood density (dry weight per unit volume of fresh wood). It can be quantified by the direct (destructive) or indirect method where the biomass quantification is estimated using mathematical models. The allometric model can be site specific when elaborated to a particular ecosystem or general that can be used in different sites. For the Atlantic Forest, despite the importance of it, there are only two direct measurements of tree biomass, resulting in allometric models specific for this ecosystem. To select one or other of the available models in the literature to estimate AGB it is necessary take into account what is the main question to be answered and the ease with which it is possible to measure the independent variables in the model. Models that present more accurate estimates should be preferred. However...

Ácaros (Arthropoda: Acari) edáficos da Mata Atlântica e Cerrado do Estado de São Paulo, com ênfase na superfamília Rhodacaroidea.; Edaphic mites (Arthropoda: Acari) of the Mata Atlântica and Cerrado ecosystems in the state of São Paulo, with emphasis on the superfamily Rhodacaroidea.

Silva, Edmilson Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
67.06%
A fauna edáfica de ácaros, apesar de abundante e muito diversa em ambientes naturais, ainda é pouco conhecida no Estado de São Paulo. O presente estudo foi realizado em duas partes. A primeira parte teve como objetivo avaliar a abundância e diversidade dos ácaros da superfamília Rhodacaroidea na Mata Atlântica (Pariquera-Açu, Cananéia, Piracicaba e São Pedro) e no Cerrado (Luiz Antonio, Pirassununga e São Carlos), em amostras de solo (0-5 cm) e folhedo tomadas à base de plantas das famílias Arecaceae e Myrtaceae, respectivamente. Para extração dos ácaros, as amostras foram processadas através de um equipamento do tipo Berlese-Tullgren modificado. Obteve-se um total de 969 Rhodacaroidea adultos, sendo 913 na Mata Atlântica e 56 no Cerrado. Foram encontrados 776 e 193 Rhodacaroidea no folhedo e no solo, respectivamente. Os ácaros encontrados pertencem a 15 gêneros diferentes. Os gêneros mais comuns na Mata Atlântica foram Neogamasellevans Loots & Ryke e Ologamasus Berlese, no folhedo, e Rhodacarus Oudemans, no solo. No Cerrado, Rhodacarus foi o gênero mais comum em ambos os substratos. Trinta e uma morfoespécies de Rhodacaroidea foram encontradas na Mata Atlântica, e cinco, no Cerrado. A uniformidade das freqüências de ocorrência de morfoespécies foi maior na Mata Atlântica que no Cerrado. A uniformidade também foi maior no folhedo que no solo da Mata Atlântica. Na segunda parte deste estudo...

Composição, estrutura e conservação da comunidade de aves da Mata Atlântica no parque Estadual da Serra do Mar - Núcleo Cubatão, São Paulo; Composition, structure and conservation of the bird community of the Atlantic Rainforest at Serra do Mar State Park – Cubatao Nucleus, Sao Paulo

Agnello, Sandra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.89%
A Mata Atlântica foi devastada desde o início da colonização, permanecendo hoje com cerca de 7% de sua cobertura original. Região biogeográfica de extrema importância para aves e outros táxons, abrigando elevado número de espécies endêmicas e ameaçadas de extinção, foi considerada bioma prioritário para conservação e constitui a segunda floresta mais ameaçada do planeta. Classe especialmente popular no estudo de comunidades, as aves constituem-se em um excelente indicador ecológico. O presente trabalho foi realizado no Núcleo Cubatão do Parque Estadual da Serra do Mar, uma das áreas mais importantes de Mata Atlântica do Estado de São Paulo. O objetivo geral deste trabalho foi caracterizar a comunidade de aves e avaliar o estágio de conservação da área. Seus objetivos específicos foram descrever a composição e as estruturas espacial, social e alimentar da comunidade de aves; verificar a importância ecológica da área com base na presença de espécies endêmicas e/ou ameaçadas de extinção; avaliar as condições de conservação deste ambiente com base na composição específica de espécies e comparar a avifauna desta área de Mata Atlântica com a de outros remanescentes presentes na região. O levantamento da avifauna foi realizado em área de encosta localizada às margens de uma estrada de serviço pertencente ao Sistema Anchieta-Imigrantes...

Negros na Mata Atlântica, territórios quilombolas e a conservação da natureza; Black people in Mata Atlântica, territories quilombolas and nature conservation

Silva, Simone Rezende da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
67.03%
A Mata Atlântica é uma das florestas tropicais mais importantes do mundo, rica em biodiversidade e em sociodiversidade. Contudo, é também uma das mais ameaçadas, tendo sido consumida no processo de conquista e desenvolvimento do Brasil, atualmente restam apenas 7,3% de sua área original, distribuídos em alguns contínuos e fragmentos ao longo da costa atlântica. Durante esse processo de consumo das florestas atlânticas, muitas foram as populações tradicionais, entre as quais quilombolas, que buscaram as fronteiras florestais e desenvolveram aí modos de vida mais integrados aos sistemas naturais e estabeleceram segmentos da sociedade culturalmente diferenciados. Esta pesquisa procurou ressaltar a importância destes remanescentes florestais atlânticos, bem como os processos que levaram à sua quase total destruição, além ainda de analisar o papel das populações tradicionais, especificamente das populações quilombolas para a manutenção desses remanescentes, pois se verifica que boa parte dos contínuos florestais ou dos pequenos fragmentos que ainda compõem a Mata Atlântica são sobrepostos aos territórios de muitas populações rurais negras, quilombolas. Afirma-se nesta pesquisa que esta sobreposição não se trata de mero acaso...

Tamanho de parcelas para quantificação de biomassa e carbono em uma floresta ombrófila densa na Mata Atlântica; Size of fragments for the quantification of biomass and carbon in a thick ombrophilous rainforest in Mata Atlântica

Bais, Carla Regina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.89%
A Floresta Tropical é definida como uma formação vegetal que cobre grande parte do território brasileiro, desde a Amazônia até as florestas do planalto dos estados do sul do Brasil, passando pela Floresta Atlântica. Devido à colonização do Brasil, de exploração, grande parte desta floresta foi destruída, sendo a mata Atlântica a que sofreu a maior parte desta destruição, restando hoje uma pequena porcentagem dessa mata, espalhada em fragmentos ao longo do território brasileiro. A biomassa total das florestas (BT) encontra-se armazenada em diferentes compartimentos e seu valor é estimado através da somatória de cada um desses, compreendendo a biomassa viva acima do solo (BVAS), que abrange desde a base do tronco até a copa; a biomassa subterrânea (BS) são as raízes vivas; a biomassa morta (BM), as folhas, raízes, galhos e outras partes mortas do vegetal que caem ao solo e ainda não foram decompostas (serapilheira), a madeira morta e a matéria orgânica do solo (MOS), que incluem as partes já decompostas. Nas florestas tropicais, a maior parte dessa biomassa total se encontra nas árvores, principalmente na BVAS, sob forma de madeira fresca (cerca de 70% da biomassa total) com significativa presença de água (cerca de 15% a 20%). Para se avaliar o tamanho ótimo de parcelas e estimar BVAS...

Complexidade da acumulação de elementos químicos por árvores nativas da Mata Atlântica; Complexity of the accumulation of chemical elements by native trees of the Atlantic Forest

Araújo, André Luis Lima de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.89%
Plantas acumulam elementos químicos devido aos mais variados fatores como atendimento às necessidades estruturais e fisiológicas e características ambientais. Em estudos de biomonitoração, é comum a seleção de uma espécie para a avaliação da qualidade ambiental. A bioacumulação de vários elementos químicos já foi demonstrada para as espécies arbóreas mais abundantes da Mata Atlântica na parcela permanente do Parque Estadual Carlos Botelho (PECB), uma das áreas mais preservadas da Mata Atlântica. Contudo, dado o elevado nível de alteração ambiental e a alta biodiversidade do bioma, torna-se necessário avaliar os padrões de bioacumulação em outras regiões da Mata Atlântica. Uma das areas mais significativas da Mata Atlântica para o Estado de São Paulo é o Parque Estadual da Serra do Mar (PESM), com exemplos de áreas bem preservadas e outras sob grande pressão antrópica. O núcleo Picinguaba é um dos núcleos mais conservados do parque que alcança a zona costeira. Por outro lado, o núcleo Itutinga-Pilões tem sido constantemente impactado por atividades humanas. Por exemplo, há muitos relatos sobre os efeitos da poluição na vegetação próxima aos centros urbanos e complexos industriais de São Paulo e Cubatão. Assumindo-se a hipótese de que a proximidade das unidades de conservação com o oceano e grandes centros urbanos pode influenciar a absorção de elementos químicos por plantas...

Modelos de simulação aplicados à conservação de paisagens fragmentadas da Mata Atlântica brasileira; Simulation models applied to the conservation of fragmented landscapes in the Brazilian Atlantic Forest

Ribeiro, Milton Cezar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.92%
Uma efetiva ação de conservação depende de um claro entendimento de como as espécies respondem às características ambientais, em particular à cobertura, configuração espacial e qualidade do habitat. No entanto, nem sempre esses dados estruturais da paisagem estão disponíveis em extensão e escala compatíveis com o planejamento ambiental. Ademais, a obtenção de dados empíricos sobre as respostas das espécies à estrutura da paisagem é longa e custosa, o que exige abordagens alternativas para o entendimento destas relações. Esta tese teve dois objetivos principais: i. gerar informações atualizadas sobre as características espaciais dos remanescentes de Mata Atlântica, estimando a quantidade e distribuição de mata existente ao longo de todo o Domínio fitogeográfico, além de avaliar a distribuição da floresta em relação a características do relevo; ii. avaliar, através de modelos de simulação, o efeito da estrutura da paisagem, qualidade de habitat e atributos das espécies, em processos associados à movimentação de aves. A Mata Atlântica é uma das florestas com maior biodiversidade do planeta, mas está também entre as mais ameaçadas, dado o avançado estágio de perda e fragmentação do hábitat...

Aves da Mata Atlântica: riqueza, composição, status, endemismos e conservação; Birds of the Atlantic Forest: richness, status,composition, endemism, and conservation

Lima, Luciano Moreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/01/2014 PT
Relevância na Pesquisa
67.04%
A Mata Atlântica é considerada um dos ecossistemas mais biodiversos e ao mesmo tempo mais ameaçados do planeta. As aves são apontadas como o grupo de vertebrados com a maior riqueza geral, endemismos e espécies ameaçadas desse domínio. Embora possa ser considerado o domínio natural brasileiro cuja avifauna foi mais intensamente estudada, o conhecimento ornitológico acumulado sobre a Mata Atlântica encontra-se segmentado e altamente disperso, o que acaba por torná-lo sub-utilizável. Embora existam na literatura valores de riqueza e listas de espécies de aves da Mata Atlântica, há uma grande discrepância entre os resultados apresentados e uma falta de métodos explícitos detalhados nas maior parte desses trabalhos. Essa situação, somada a um significativo crescimento do conhecimento ornitológico em anos recentes, demonstra a necessidade de uma iniciativa que busque reunir o atual estado de conhecimento sobre a avifauna desse domínio. Dentro desse contexto, os objetivos do presente estudo foram definir a riqueza e composição de espécies, subspécies e endemismos da avifauna da Mata Atlântica, compilar informações sobre o status de ocorrência e preferência de habitat das suas espécies e traçar um panorama atualizado sobre a conservação das mesmas. Para isso...

Dacetini (Hymenoptera: Formicidae) da Mata Atlântica.; Dacetini (Hymenoptera: Formicidae) from the Atlantic Forest

Silva, Thiago Sanches Ranzani da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.96%
No presente trabalho objetivei estimar o número de espécies de Dacetini que devem ocorrer na serapilheira do bioma da Mata Atlântica, no âmbito do projeto Riqueza e diversidade de Hymenoptera e Isoptera ao longo de um gradiente latitudinal na Mata Atlântica - a floresta pluvial do leste do Brasil, do programa Biota/FAPESP (# 98/05083-0). Foi feita a separação e identificação de cada unidade taxonômica, através da comparação com as espécies já identificadas da coleção de Formicidae do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, quando existentes e comparando-as com as descrições originais, utilizando a chave de identificação para as espécies do mundo. De posse das informações taxonômicas foi preparada a matriz de dados utilizada para calcular os valores de riqueza, montada a partir de informações de frequência de cada espécie nas 50 amostras de 1m2 de serapilheira em cada uma das 26 localidades amostradas pelo projeto Biota. A riqueza esperada de espécies foi calculada por meio de rarefação baseada em amostras (Sobs), utilizando-se os estimadores comumente empregados para este fim: Chao1 (44, DP = 2), Chao 2 (47, DP = 4), Jackknife1(51, DP = 3) e Jackknife 2 (53, DP = 0). Objetivando avaliar a importância das classes de espécies (i.e. raras/comuns) no bioma...

Planejamento biorregional : uso da terra e política de gestão em unidades de conservação estaduais da Mata Atlântica, Rio Grande do Sul, Brasil

Ramos, Ricardo Aranha
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.85%
A Mata Atlântica é um dos ecossistemas mais ameaçados do planeta, estando hoje reduzida a menos de 8% de sua extensão original, segundo dados desenvolvidos pela Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Este bioma, considerado um dos ecossistemas com maior biodiversidade do mundo, está parcialmente protegido em algumas unidades de conservação ao longo da costa brasileira. Este trabalho visa discutir alguns dos conflitos existentes entre a política de conservação e a preservação da Mata Atlântica no entorno de três unidades de conservação estaduais no Rio Grande do Sul: Reserva Biológica Estadual da Serra Geral, Estação Ecológica Estadual Aratinga e Parque Estadual do Tainhas. Através de ferramentas do sensoriamento remoto e geoprocessamento, foi elaborada uma classificação da cobertura vegetal e dos diferentes tipos de uso da terra, utilizando imagens de satélite, fotografias aéreas de pequeno formato, trabalhos de campo e análises espaciais. O mapeamento de uso e cobertura da terra abrangeu uma área total de 350.137,68 ha, gerando 36 classes divididas em três categorias: cobertura vegetal, uso da terra e hidrografia. A cobertura vegetal totalizou 259.197,71 ha., representando 74...

Estudo comparativo de comunidades de pequenos mamiferos em duas areas de mata atlantica situadas a diferentes altitudes no sudeste do Brasil

Emerson Monteiro Vieira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/02/1999 PT
Relevância na Pesquisa
66.94%
O conhecimento atual sobre diferenças na composição de espécies de pequenos mamíferos em diferentes áreas de Mata Atlântica ainda é limitado, assim como quais fatores poderiam estar influenciando nessas eventuais diferenças. Neste estudo analisei comunidades de Mata Atlântica localizadas em duas áreas de uma mesma reserva ecológica, uma delas a 100 m de altitude (Saibadela) e a outra a 900 m (Barra Grande). Comparei parâmetros básicos de cada comunidade (composição de espécies, abundância relativa, biomassa), os quais relacionei com características estruturais do hábitat e também com a oferta de recursos em cada área. Analisei também padrões de estratificação vertical das espécies e também interação de marsupiais e primatas com plantas epífitas da família Araceae. Realizei séries de captura mensais durante set/95 e ago/97 na Saibadela e bimestrais durante ago/96 e jun/97 na Barra Grande. Capturei 11 espécies na Saibadela (quatro marsupiais, seis Muridae e um Echimyidae) e 16 na Barra Grande (quatro, 11 e um, respectivamente). Embora Oryzomys intermedius (Rodentia, Muridae) tenha sido a espécie dominante em ambas as áreas, cada uma apresentou comunidades distintas, com diferenças significativas na abundância relativa das espécies mais comuns e nos índices de diversidade. Pode-se concluir...

Devastação e proteção da mata atlântica nordestina : formação da paisagem e políticas ambientais

Barreto, Cristiane Gomes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
66.89%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2013.; A Mata Atlântica nordestina combina três traços fundamentais: elevada biodiversidade; alta ocorrência de espécies raras, ameaçadas e endêmicas; e elevada pressão antrópica sobre os seus remanescentes. Essas características fazem dela a mais ameaçada e desmatada das ecorregiões do bioma Mata Atlântica. Uma análise histórica da formação territorial dessa ecorregião demonstrou que no período pré-cabralino ela foi ocupada por um elevado contingente indígena, por centenas de anos. Dessa forma, a paisagem natural era composta majoritariamente por vegetação secundária em diferenciados estágios de regeneração. Com a colonização, foram introduzidas espécies alóctones e novos modos produtivos. Contudo, a intensificação de atividades agrícolas ocorreu apenas a partir do Império (1822-1889) e da Primeira República (1889-1930). Ela contribuiu para a substituição de grandes áreas naturais em favor de monoculturas. Os resultados contribuem para corroborar as assertivas mais modernas de que a devastação da Mata Atlântica, e especialmente da região biogeográfica nordestina, é um evento recente, ocorrido especialmente no século XX. A devastação da Mata Atlântica nordestina não resulta de uma herança colonial ou imperial...

Representações da Mata Atlântica e de sua biodiversidade por meio dos desenhos infantis

Schwarz,Maria Luiza; Sevegnani,Lúcia; André,Pierre
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.93%
Desenhos infantis são instrumentos úteis e significativos que podem ser empregados para avaliar conhecimentos, competências, observações e conceitos de Ciência, além de possibilitar analisar a capacidade de raciocínio. Este trabalho apresenta a análise de 395 desenhos de crianças com idade entre 6 e 14 anos, habitantes de área urbana de Joinville, SC, Brasil, com o objetivo de verificar quais são os conhecimentos desse grupo social sobre a Mata Atlântica e sua biodiversidade. Foram investigados quais os ecossistemas mais representados, assim como a diversidade da flora e da fauna enfatizada. Durante a análise dos desenhos, verificamos que foram abordados quatro temas distintos: "o bom estado de conservação da Mata Atlântica", "o péssimo estado de conservação da Mata Atlântica", "comparações entre o bom e o péssimo estado de conservação da Mata Atlântica", e "recomendações para a conservação da Mata Atlântica". Os resultados mostram que 60,2% representaram "o bom estado de conservação da Mata Atlântica".

Composição taxonômica e avaliação da diversidade da fauna de pequenos mamíferos não-voadores na formação submontana do Parque Nacional Saint-Hilaire/Lange, Mata Atlântica costeira do Paraná

Mochi Junior, Cássio Marcelo
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.93%
Resumo: A diversidade na Mata Atlântica faz parte de um contínuo de biodiversidade que se estende do México até o Sul do Brasil. Espécies endêmicas, tanto da fauna quanto da flora, fazem desse bioma um dos mais importantes componentes da diversidade global, mesmo sendo afetado pela fragmentação e devastação de suas poucas áreas preservadas. Tão diverso quanto a Mata Atlântica é o grupo dos pequenos mamíferos não-voadores, composto pelas Ordens Didelphimorphia e Rodentia. São relevantes na dinâmica das florestas e bons indicadores da qualidade ambiental. Buscando caracterizar essa variada fauna, o presente estudo realizou esforços em uma das maiores áreas preservadas de Mata Atlântica do Sul do Brasil, o Parque Nacional Saint-Hilare/Lange, que abrange os municípios de Matinhos, Paranaguá, Morretes e Guaratuba, todos localizados no litoral sul do Estado do Paraná, durante os meses de novembro de 2012 a outubro de 2013. Para a avaliação da riqueza foram utilizados os estimadores ACE, Chao2 e Bootstrap. Utilizamos uma Análise de Similaridade entre as áreas e entre o PNSHL e outras áreas da Mata Atlântica no Brasil por meio de inventários realizados por diversos autores. Utilizamos também o conceito de partição da diversidade em uma Análise Partitiva da Diversidade Com esforço amostral de 3.674 armadilhas.noite...

Estrutura da Comunidade de Lagartos de um remanescente de mata atlântica do Estado do Rio Grande Do Norte, Brasil.

Sousa, Pablo Augusto Gurgel de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia; Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia; Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.92%
As part of a broader project, Diversity and Distribution Patterns of Floristic and Faunistic composition of remnants of Potiguar s Atlantic Forest, as subsidies to conservation , that subsidizes a group of institutional research, This study aimed to evaluate the structure of the assemblage of lizards a remnant of the of the northern Atlantic Forest, identifying ecological factor (s) that contribute to the coexistence of sympatric species. Additionally, we studied the thermal ecology and thermoregulatory behavior of umbrophily and heliophily species live the Parque Estadual Mata da Pipa (PEMP), a remnant of Atlantic forest located in the Tibau do Sul municipality of, Rio Grande do Norte State, Brazil. It is one of the largest remnants of the Atlantic Forest and has an area of approximately 290 ha. The study was performed by four excursions to the field for 20 days each, when active search and pitfalls traps were used to record and colleted specimens in different habitats of the area. We recorded the presence of 19 species of lizards, of which seven are typical of forest areas, three are endemic Atlantic Forest, these two northern and one are new record for the Rio Grande do Norte. The use of resources, the results showed that phylogenetically related species do not always use a similar way the resources available; the feeding niche was the segregated component of the species that overlapped extensively in the use of space and vice versa. To examine the thermal ecology and thermoregulatory behavior of Kentropyx calcarata and Coleodactylus natalensis...

Entwicklung eines Monitoringverfahrens auf pollenanalytischer Basis zur Charakterisierung ökologischer Einheiten im Bereich der südbrasilianischen Mata Atlântica und Rekonstruktion der Vegetationsgeschichte des Pró-Mata Gebietes; Pollen-vegetation-relationships for ecological classification of southern Brazilian Mata Atlantica

Ebner, Martin
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
66.96%
Bei dieser Arbeit wurden Pollenanalysen als Werkzeug zur Charakterisierung und Abgrenzung verschiedener ökologischer Einheiten der südlichen Mata Atlântica genutzt. Beziehungen zwischen Vegetation und Pollenspektren sollten zur Entwicklung eines Monitoringverfahrens dienen, mit dem zum einen rezente Raumpunkte ökologisch präzise eingeordnet und zum anderen Pollenspektren aus dem Fossilbericht bestimmten Ökotypen zugewiesen werden können. Zur Kalibrierung dieses Monitoringverfahrens wurde das Projektgebiet Pró-Mata ausgewählt, da dort die antagonistischen Vegetationseinheiten Grasland, Atlantischer Wald und Araukarienwald auf engem Raum aufeinandertreffen. Die Auswahl der Probepunkte erfolgte auf der Basis einer Vegetationskarte von BAASKE (2001), für deren Erstellung pflanzensoziologisch definierte Flächen durch Luftbildanalyse auf das gesamte Pró-Mata Areal übertragen wurden. Pollenspektren wurden aus Oberflächenproben isoliert, lichtmikroskopisch analysiert und anhand uni-und multivariater statistischer Methoden untersucht. An zahlreichen Untersuchungspunkten wurde außerdem die Zusammensetzung der Vegetation und einfach zu bestimmende Bodenparameter wie pH-Wert, Trockenraumdichte, Wasserhaltekapazität, C-Gehalt, N-Gehalt und C/N-Verhältnis aufgenommen. Die Rekonstruktion der jüngeren Vegetationsdynamik erfolgte über einen Vergleich von Pollenspektren aus Stechzylinderproben und aus der Bodenstreu...

Vergleich der Streu-Dynamik in Araukarien- und Laubwäldern der Pró-Mata Forschungsstation : Fallstudie zu subtropischen montanen Regenwäldern der Mata Atlântica, am Beispiel der Serra Geral, Rio Grande do Sul, Brasilien; Comparison of the litter dynamics in araucaria and deciduous forests of the Pró-Mata research station : a case study for subtropical montane rain forests of the Mata Atlântica by the example of the Serra Geral, Rio Grande do Sul, Brazil

Schromm, Simone
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
67.04%
Einst bedeckte die Mata Atlântica mehr als 1 Million km² entlang der brasilianischen Küste. Heute steht sie an vierter Stelle im Ranking der weltweit artenreichsten und am stärksten bedrohten hot spots (IBAMA 2002). Im Bereich der südlichen Mata Atlântica dominieren montane Regenwälder, darunter die auf dem Pró-Mata-Gelände vorkommenden Araukarienwälder und die benachbarten immergrünen Hangwälder. Für die gesamten Tropen ist diese unmittelbare Nachbarschaft der nach der Konifere Araucaria angustifolia benannten Araukarienwälder mit den tropischen Laubwäldern eine einmalige ökologische Situation. Neben der zentralen Rolle der tropischen Regenwälder bei der CO2-Reduzierung in der Atmosphäre gaben die starke Gefährdung und der Artenreichtum dieser Ökosysteme ausreichend Anlass für die Initiierung erster Schutz- und Wiederaufforstungsprogramme. Darunter die von der Universität Tübingen mit deutschen und brasilianischen Partnerhochschulen konzipierten BMBF-DLR 01LT0011/7 und IB/DLR-FAPERGS 99/2006.3 Projekte zur naturnahen Wiederbewaldung und der nachhaltigen agroforst-wirtschaftlichen Nutzung des süd-brasilianischen Araukarienwaldes. Als Teil dieser Großprojekte wurde in dieser Doktorarbeit die Streudynamik in den Araukarienwäldern des Pró-Mata-Schutzgebietes untersucht. Unabhängig von den bereits bestehenden Projekten wurde die Streudynamik zeitgleich an benachbarten Standorten des immergrünen Hangwaldes und in einer Übergangszone ermittelt. Hierbei handelt es sich um die erste Vergleichsstudie dieser beiden Waldökosysteme überhaupt. Mit den Untersuchungen der Streuproduktion...

Padrões geograficos e estrutura de comunidade do estrato herbaceo da Mata Atlantica meridional; Geographic patterns and community structure of herbaceous layer of meridional Atlantic Forest

Leandro Tavares Vieira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.87%
A Mata Atlântica vem experimentando alguns séculos de contínua devastação. O resultado deste processo é que, atualmente, restam cerca de 92.000 km 2 ou apenas 7,5% da cobertura original, na maioria em pequenos fragmentos disjuntos. Muitas espécies e informações já estão extintas antes mesmo de serem conhecidas. Por exemplo, muito pouco se conhece a respeito do estrato herbáceo, e estudos do estrato arbóreo ainda são insuficientes para responder muitas questões sobre a origem e os limites da Mata Atlântica, a estrutura comunitária e seus condicionantes, e os efeitos de fatores ambientais em sua composição. O termo "estrato herbáceo" foi empregado neste trabalho de acordo com duas principais definições: como um co~junto de plantas abaixo de uma certa altura, no primeiro I capítulo; e para incluir certos tipos de formas de vida ou crescimento, no segundo capítulo. f O primeiro capítulo foi realizado na Mata Ribeirão Cachoeira, SE Brasil (22°50' S - 46°55' 0,680 m de altitude), um fragmento da Floresta Estacional Semidecídua, caracterizada por I um verão úmido e um inverno seco durante o qual cerca de 30% das árvores perdem suas folhas. Buscamos testar a hipótese de que a vegetação rasteira (plantas vasculares até um...

Padrões macroecológicos de diversidade vegetal e prioridades de conservação da Mata Atlântica

Zwiener, Victor Pereira
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 177 f. : il. algumas color., grafs, maps., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.89%
Orientadora : Profa. Dra. Márcia C. M. Marques; Co-orientadores : Prof. Dr. André A. Padial; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação. Defesa: Curitiba, 31/03/2015; Inclui referências : f. 39-47; Resumo: Os organismos estão distribuídos em diferentes locais e por diferentes extensões geográficas gerando variação na estruturação espacial da biodiversidade. Essa variação é um dos padrões mais antigos e estudados em ecologia e biogeografia, no entanto muitos padrões ainda permanecem obscuros, particularmente nos trópicos onde pouco se sabe sobre os mecanismos que moldam a biodiversidade, restringindo a eficácia de planos de conservação. Esta tese teve como objetivo geral explorar padrões espaciais de diversidade de plantas lenhosas em larga escala e, com base em modelos de nicho ecológico, gerar simulações de planos de conservação da Mata Atlântica em diferentes cenários socioeconômicos e climáticos. O primeiro capítulo explora a estrutura espacial da riqueza e composição de espécies, testa diferentes hipóteses macroecológicas e avalia o efeito em larga escala de variáveis abióticas e de recursos. No segundo capítulo foram geradas simulações de manejo (proteção de remanescentes e restauração de áreas degradadas) em diferentes cenários socioeconômicos e climáticos visando maximizar a conservação da Mata Atlântica e minimizar custos e conflitos com atividades econômicas. O terceiro capítulo trata do efeito de mudanças climáticas em padrões de diversidade de plantas na Mata Atlântica...

Estudo comparativo da produção de serapilheira de uma área de Mata Atlântica e de um povoamento de Pinus elliottii Engelm. var. elliottii na Ilha de Santa Catarina, Brasil; .

Hinkel, Rudnei; Departamento de Ecologia e Zoologia - CCB - UFSC; Panitz, Clarice M. N.; Departamento de Ecologia e Zoologia - CCR - UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1999 POR
Relevância na Pesquisa
66.89%
A produção total de serapilheira foi avaliada de dezembro de 1990 a novembro de 1991, tanto em uma floresta tropical (Mata Atlântica), quanto em um povoamento de Pinus elliottii na Ilha de Santa Catarina (27º35'S, 48º30'WG), sul do Brasil. Os valores de produção anual obtidos nas duas áreas foram 6,37 ton.ha-1.ano-1 e 4,60 ton.ha-1.ano-1, respectivamente. A fração folhas representou a maior contribuição em ambas as ecossistemas, com 66,3% e 64,9%, respectivamente. Foi verificado que o plantio de Pinus elliottii apresentou maior produção total de serapilheira, nos meses de deficiência hídrica do solo (fevereiro e abril/91), enquanto que a Mata Atlântica apresentou resposta inversa no mesmo período.; Total litterfall was evaluated over the period from December/90 to November/91, in both a secondary tropical forest (Mata Atlantica) plot and in a slash pine (Pinus elliottii) cultivated forest plot on Santa Catarina Island, south of Brazil. The annual production values obtained in these two areas were 6,37 ton.ha-1. year-1 and 4,60 ton.ha-1. year-1, respectively. Leaf-fall showed the greatest contribution in wild and cultivated forests, i.e., 66,3% and 64,9%, respectively. The total litterfall for the slash pine forest showed an increase in the months of water deficiency (Feb-Apr/91). The Mata Atlantica showed an inverse response in the same period.