Página 1 dos resultados de 370 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Efeito da adição de chamote semi-gresificado no comportamento físico de massa cerâmica para pavimento

Casagrande, Marcos Cardoso
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ii, 66 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
56.43%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais.; Apresenta o problema do impacto ambiental com a geração de rejeitos industriais, dando ênfase à indústria cerâmica de revestimentos. Descreve o processo de fabricação de revestimentos cerâmicos semi-gresificados, os parâmetros de controle e as propriedades do produto. Apresenta e discute os resultados obtidos por meio de ensaios de distribuição de tamanhos de partículas, viscosidade, densidade aparente, absorção de água, retração linear de queima e resistência à flexão após queima, seguindo os procedimentos descritos nas normas ABNT. Propõe uma metodologia para reutilização do rejeito sólido (chamote) já que os resultados obtidos mostram que este quando moído a tamanhos de partículas inferiores a 32 mesh (500 mm) e adicionado na etapa de moagem a úmido do processo de fabricação de pavimento semi-gresificado, em quantidades inferiores a 10% não altera o comportamento do material (massa cerâmica).

Desenvolvimento de uma massa cerâmica para produção de peças especiais esmaltadas para revestimento através do método de colagem

Colla Junior, Jorge
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiv, 84 f.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
56.48%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia dos Materiais.; A colagem é um processo utilizado para formação de peças cerâmicas com formas complexas. Este método originado entre os anos de 1700 a 1740 vem emergindo como uma das principais técnicas utilizadas na indústria cerâmica, tanto para produção de peças tradicionais como para o desenvolvimento da cerâmica avançada. Uma de suas principais características é a capacidade de obtenção de peças com formato complexo e homogeneidade na sua microestrutura. O processo envolve basicamente uma suspensão de matérias primas cerâmicas na forma de pó em meio líquido e um molde poroso. A suspensão conhecida como barbotina, é inserida no molde que removerá o líquido através da ação de seus capilares conferindo o formato da cavidade do molde à peça. O mercado cerâmico de peças especiais para revestimento de parede vem crescendo desde 2000. Enquanto o metro quadrado de um azulejo comum é cotado, em média, à R$ 10.00, o preço para peças especiais decoradas à mão custa no mínimo, R$ 70.00 / m2. As peças especiais para este nicho de mercado são conformadas, quase que na sua totalidade...

Uso da técnica de planejamento experimental para otimização de massa cerâmica com a incorporação de resíduos de cinza de casca de arroz, cinza de lenha e lodo de ETA

Medeiros, Elisandra Nazaré Maia de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
56.56%
Tese (doutorado)-Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2010.; Nos últimos anos, os mais diversos setores industriais vêm sendo citados como fontes de poluição e contaminação do meio ambiente, devido à grande quantidade de resíduos gerados, que são frequentemente lançados diretamente no meio ambiente com impactos negativos nos ecossistemas. Entre esses resíduos podem ser citados os resíduos minerais, as cinzas volantes, os lodos de estações de tratamento de água e esgoto e outros, em virtude do enorme volume de resíduos gerados tanto durante a mineração como no processo e beneficiamento. A tendência atual é a busca de alternativas para o reaproveitamento desses resíduos, e a indústria da construção civil tem liderado a sua aplicação. A indústria de materiais cerâmicos, como a de cerâmica vermelha e de revestimento cerâmico, apresenta um grande potencial para absorver os resíduos sólidos industriais. Isto se dá em vista da grande quantidade de peças produzidas e da sua tolerância para a mudança de composição ou de suas matériasprimas. O presente trabalho tem como objetivo a incorporação de resíduos de cinza de casca de arroz (CCA), lodo de Estação de Tratamento de Água (ETA) e cinza de lenha em massa cerâmica. Por meio do delineamento de misturas...

Caracterização de massa cerâmica vermelha utilizada na fabricação de tijolos na região de Campos dos Goytacazes - RJ

Vieira,C. M. F.; Holanda,J. N. F. de; Pinatti,D. G.
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2000 PT
Relevância na Pesquisa
76.59%
O objetivo deste trabalho é caracterizar uma mistura de argilas utilizada na fabricação de tijolos na região de Campos dos Goytacazes-RJ. Com isso, é possível avaliar a possibilidade de aplicação desta massa na fabricação de outros produtos com maior valor agregado, como por exemplo telhas e revestimentos cerâmicos. Foram realizadas análises de composição química, difração de raios-X, análise térmica diferencial/(ATD), análise termogravimétrica (ATG), análise granulométrica e determinação de propriedades físico-mecânicas em função da temperatura de queima. Os resultados demonstraram que a massa cerâmica estudada é apropriada para a fabricação de tijolos maciços e blocos de vedação. Entretanto, para a fabricação de telhas e revestimentos cerâmicos é necessário trabalhar a formulação da massa para a obtenção de propriedades de acordo com as normas técnicas em vigor.

Massas cerâmicas para telhas: características e comportamento de queima

Vieira,C. M. F.; Soares,T. M.; Monteiro,S. N.
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
56.6%
Este trabalho tem como objetivo estudar comparativamente as características e propriedades tecnológicas de uma típica massa cerâmica para telhas do município de Campos dos Goytacazes-RJ com outras três massas cerâmicas de reconhecida qualidade técnica, provenientes dos Estados de Santa Catarina e Piauí, e de Portugal. As massas cerâmicas foram submetidas a ensaios de difração de raios X, composição química, ATD/TG, distribuição de tamanho de partícula e plasticidade. Foram confeccionados corpos de prova por prensagem uniaxial a 20 MPa para queima em temperaturas variando de 825 a 1025 ºC. As propriedades tecnológicas de queima avaliadas foram: retração linear, absorção de água e tensão de ruptura à flexão (3 pontos). Os resultados indicaram que a massa cerâmica proveniente de Campos apresenta significativas diferenças nas características avaliadas em comparação com as demais massas cerâmicas. Consequentemente, a massa cerâmica de Campos apresentou um comportamento de queima diferente, com maiores valores de absorção de água, de resistência mecânica e de retração linear.

Avaliação das propriedades físico-mecânicas de uma massa cerâmica para revestimento poroso (BIII)

Sousa,S. J. G.; Holanda,J. N. F.
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2005 PT
Relevância na Pesquisa
56.45%
O presente trabalho teve por objetivo estudar as propriedades físico-mecânicas de uma massa para revestimento cerâmico poroso base vermelha a partir de matérias-primas da região Norte Fluminense. A massa cerâmica preparada pelo processo via seca foi caracterizada quanto a composição química, análise de tamanho de partícula, difração de raios X e comportamento térmico. Os corpos cerâmicos foram prensados sob 35 MPa e sinterizados entre 1080 e 1200 ºC usando um ciclo de queima rápido. A microestrutura sinterizada foi avaliada por microscopia eletrônica de varredura. Os corpos cerâmicos sinterizados exibiram baixos valores de retração linear, resultando em boa estabilidade dimensional. A microestrutura é caracterizada por alta porosidade. Além disso, foram atingidas as especificações para revestimento poroso (NBR 13818) em termos da tensão de ruptura à flexão e da absorção de água dos corpos cerâmicos sinterizados, indicando o potencial das matérias-primas cerâmicas do Norte Fluminense para este tipo de aplicação.

Efeito do ciclo de queima sobre as propriedades tecnológicas de uma massa cerâmica vermelha para revestimento poroso

Pinto,M. F.; Sousa,S. J. G.; Holanda,J. N. F.
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2005 PT
Relevância na Pesquisa
56.45%
No presente trabalho foi feita uma análise comparativa das propriedades tecnológicas de uma massa cerâmica vermelha para revestimento poroso queimada em dois distintos ciclos de queima, sendo um ciclo de queima lento tradicional e um ciclo de queima rápido. Os corpos cerâmicos foram queimados entre 1080 e 1160 ºC. As seguintes propriedades tecnológicas foram determinadas: retração linear, absorção de água, massa específica aparente e tensão de ruptura à flexão. Análise microestrutural foi realizada por meio de difração de raios X e microscopia eletrônica de varredura. Os resultados experimentais mostraram claramente que o emprego de um ciclo de queima lento resultou em melhores propriedades dos corpos cerâmicos sinterizados.

Granulação a seco de uma massa cerâmica para grês porcelanato

Sampaio,V. G.; Pinheiro,B. C. A .; Holanda,J. N. F.
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
56.72%
São apresentados os resultados de um estudo sobre a granulação a seco de uma massa cerâmica para grês porcelanato. A preparação da massa é uma das etapas mais importante na ciência de processamento cerâmico. A massa cerâmica foi formulada usando caulim, albita e quartzo em proporções pré-determinadas. As matérias-primas foram moídas a seco e em seguida microgranulada utilizando um granulador intensivo contra corrente Eirich. Foram determinadas as seguintes características da massa cerâmica granulada: composição química, distribuição de tamanho de grânulos, morfologia, massa específica aparente, massa específica vibrada, plasticidade, índice de Hausner e o comportamento de compactação. Com base nos resultados pode-se concluir que o processo via seca foi efetivo na granulação da massa cerâmica para grês porcelanato.

Efeito da incorporação de lodo de ETA contendo alto teor de ferro em cerâmica argilosa

Paixão,L. C. C.; Yoshimura,H. N.; Espinosa,D. C. R.; Tenorio,J. A. S.
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.55%
Foram investigados os efeitos da adição de um lodo de estação de tratamento de água nas características físicas e mecânicas de uma cerâmica preparada com massa argilosa (cerâmica vermelha). O lodo "bruto" apresentou partículas grossas e angulares (tamanho médio ~200 µm), elevado teor de ferro (73,0% Fe2O3 para 12,6% SiO2, 8,6% Al2O3, 5,2% CaO) e predominância de composto com estrutura amorfa. O lodo calcinado a 1000 °C transformou-se principalmente nas fases hematita e magnetita e as partículas mantiveram a forma original. O lodo bruto foi adicionado em uma massa cerâmica industrial em frações de 0 (controle), 2, 5 e 10% em peso. Os corpos prensados foram sinterizados a 950, 1000 e 1050 °C em forno elétrico. A adição de lodo causou diminuição da resistência à flexão do corpo seco, devido à redução da retração linear de secagem. A temperatura máxima de sinterização da cerâmica com lodo, para a não ocorrência de retração linear excessiva, foi diminuída para ~1000 °C. Até esta temperatura, a incorporação do lodo pouco afetou a retração linear da cerâmica, mas aumentou a absorção de água e diminuiu a resistência à flexão. Os efeitos deletérios da incorporação do lodo foram associados à formação de microtrincas ao redor das partículas do lodo...

Influência da adição de resíduo (lodo) de estação de tratamento de águas nas propriedades e microestrutura de cerâmica vermelha

Oliveira,E. M. S.; Holanda,J. N. F.
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.51%
As estações de tratamento de águas (ETA) geram grandes quantidades de resíduo (lama). Este resíduo quando descartado nos sistemas hídricos provoca impacto ambiental negativo. No presente trabalho foi feito um estudo sobre a influência de um resíduo de estação de tratamento de águas nas propriedades e microestrutura de cerâmica vermelha. Foi preparada uma série de misturas argila/resíduo contendo até 15% em peso de resíduo de estação de tratamento de águas. Peças cerâmicas foram preparadas por prensagem uniaxial e sinterizadas entre 850 e 1050 ºC. As seguintes propriedades físico-mecânicas foram determinadas: retração linear, absorção de água, massa específica aparente e tensão de ruptura a flexão. A evolução da microestrutura e a análise de fases foram acompanhadas por microscopia eletrônica de varredura e difração de raios X. Os resultados experimentais mostraram que adição de até 15% em peso de resíduo de ETA não causa variações significativas na generalidade das propriedades tecnológicas da massa cerâmica padrão. A microestrutura das peças de cerâmica vermelha também não foi influenciada com a incorporação do resíduo estudado.

Utilização de massas cerâmicas na produção de agregado sintético de argila calcinada para uso em concreto

Cabral,E. M.; Sá,R. J. de; Vieira,R. K.; Vasconcelos,R. P.
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.53%
A região amazônica, pela sua formação geológica, não dispõe de rochas de fácil acesso para uso na construção civil; devido a isto, o seixo rolado é obtido da dragagem do leito dos rios, sendo o agregado graúdo comercialmente mais utilizado para a produção de concreto. Neste trabalho é apresentado um estudo das características e propriedades tecnológicas de duas massas cerâmicas utilizadas para produção de tijolo, oriundas das cidades de Iranduba e Manacapuru, AM, com a finalidade de se fabricar agregado sintético de argila calcinada para uso em concreto. As massas cerâmicas foram submetidas a ensaios de difração de raios X, determinação de composição química e de distribuição do tamanho das partículas, e plasticidade. Foram confeccionados corpos-de-prova por prensagem uniaxial a 20 MPa para a queima nas temperaturas de 850, 950, 1050, 1150 ºC, sendo as propriedades tecnológicas após queima avaliadas por retração linear, absorção de água, massa específica aparente, massa unitária e temperatura de gresificação. A massa cerâmica que apresentou menor massa específica aparente e o menor percentual de umidade de moldagem foi escolhida como matéria-prima para a fabricação do agregado sintético de argila calcinada. Esse agregado foi usado em substituição ao agregado natural da região amazônica...

Substituição de areia de quartzo por finos de gnaisse em massa cerâmica para telhas: teste industrial

Vieira,C. M. F.; Monteiro,S. N.; Barreto,C. G. W.; Carvalho,E. A. de; Peiter,C. C.
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.56%
Foi avaliado o efeito da substituição de areia por um resíduo de beneficiamento de rocha ornamental, finos de gnaisse, em uma massa de cerâmica vermelha utilizada para fabricação de telhas. Foram preparadas telhas prensadas, do tipo "portuguesa", para queima a 900 ºC em forno industrial. As seguintes propriedades foram determinadas: retração linear, absorção de água e carga de ruptura na flexão. Além disso, avaliaram-se as características das matérias-primas e a plasticidade das composições por meio dos limites de Atterberg. Os resultados indicaram que a utilização de finos de gnaisse em substituição à areia possibilitou uma melhoria na trabalhabilidade/plasticidade da massa cerâmica e acarretou uma pequena redução na absorção de água das telhas. A resistência mecânica não se alterou, dentro da precisão estatística das medidas.

Incorporação de resíduo do tratamento de drenagem ácida em massa de cerâmica vermelha

Galatto,S. L.; Peterson,M.; Alexandre,N. Z.; Costa,J. A. D. da; Izidoro,G.; Sorato,L.; Levati,M.
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.56%
Neste trabalho, apresenta-se o estudo experimental em escala laboratorial e industrial da incorporação de resíduo do tratamento de Drenagem Ácida de Mina (DAM) na formulação de massa de cerâmica vermelha, com substituição parcial das argilas. Foram realizados algumas análises e ensaios nas amostras dos blocos cerâmicos: análise dilatométrica a verde, absorção de água, resistência à compressão, eflorescência de sais solúveis e emissões atmosféricas (MP e SOx). Os resultados das análises nos corpos de prova ensaiados indicam aumento de resistência a compressão. Os ensaios de eflorescência de sais solúveis indicam maior intensidade de cristalização de sais solúveis na superfície dos corpos de prova e blocos cerâmicos à medida que se aumenta o percentual de resíduo. As análises realizadas nos blocos cerâmicos ensaiados em escala industrial, recomendam uma proporção de até 2,5% de resíduo na massa cerâmica.

Lodo gerado na estação de tratamento de água Tamanduá, Foz do Iguaçu, PR, como aditivo em argilas para cerâmica vermelha: Parte II: incorporação do lodo em mistura de argilas para produção de cerâmica vermelha

Tartari,R.; Módenes,A. N.; Pianaro,S. A.; Díaz-Mora,N.
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.55%
A pesquisa contempla nesta segunda etapa, misturas binárias entre as argilas da Cerâmica Santa Rita e da Cooperativa de Artesões de Foz do Iguaçu, PR, em diferentes porcentagens peso, para confecção de corpos de prova por prensagem uniaxial, sinterizados nas temperaturas de 950 e 1050 ºC, e analisados pelos ensaios tecnológicos de cerâmica vermelha. Nas composições entre as argilas que apresentaram melhores desempenhos no processamento, incorporaram-se proporções de 4, 8, 12 e 16% de lodo visando agregar o resíduo a massa. Identificou-se nos resultados da produção de blocos estruturais de 6 furos pelo processo de extrusão que, 8% é o máximo de lodo a ser adicionado na massa cerâmica, onde não foi identificado trincas e deformações, com contração linear na ordem de 8,6%, absorção de água de 24,6% e resistência à compressão de 42,6 kgf/cm², em conformidade com as normas para produção de cerâmica vermelha para revestimento (tijolos).

Estudo da adição de resíduo (lodo) de gemas na massa cerâmica vermelha

Bruxel,F. R.; Oliveira,E. C.; Stulp,S.; Muller,C. S.; Etchepare,H. D.
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.69%
Este trabalho tem como objetivo incorporar resíduo de gemas (lodo da serra de corte das gemas), produzido em uma empresa de lapidação de ametistas e ágatas, à massa cerâmica vermelha utilizada para a produção de tijolos maciços. As matérias-primas foram submetidas a ensaios de fluorescência de raios X, difração de raios X e análise granulométrica, para caracterização mineralógica e físico-química. Foram preparados corpos de prova com 0%, 5%, 9%, 13% e 17% de resíduo adicionado à massa cerâmica, em massa. As propriedades físicas estudadas foram a resistência à compressão, a retração linear, a absorção de água e a massa específica, de acordo com norma técnica vigente. Os resultados mostraram que é possível incorporar até 5% de resíduo na massa cerâmica.

Avaliação da incorporação de resíduo de gemas na massa cerâmica vermelha: um estudo de caso

Weizenmann,M.; Bruxel,F. R.; Santana,E. R. R. de; Oliveira,E. C.
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
56.51%
Ao longo dos últimos anos algumas preocupações ambientais tem se ressaltado, é o caso da contínua utilização de recursos naturais não renováveis bem como a geração de resíduos dos mais diversos segmentos. Felizmente, há possibilidade de empregar resíduos, por exemplo, como aditivos na indústria cerâmica. O objetivo deste trabalho é avaliar a viabilidade técnica da incorporação do resíduo de corte de gemas na fabricação de tijolos, comparando a outro trabalho desenvolvido no mesmo município. Foram produzidos cento e cinquenta corpos de prova com as concentrações de 0%, 2%, 6%, 10% e 14% (m/m) de resíduo na argila. Os resultados obtidos após os testes de absorção de água, massa específica aparente e resistência à compressão revelaram que é possível a utilização de até 2% do resíduo do corte de gemas junto à massa argilosa.

Avaliação da adição de dolomita em massa de cerâmica de revestimento de queima vermelha

Soares,R. A. L.; Nascimento,R. M. do; Paskocimas,C. A.; Castro,R. J. S.
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
56.73%
A dolomita é um mineral encontrado em abundância no estado do Piauí, ao mesmo tempo é desconsiderada pela indústria cerâmica. A sua formação química-mineralógica aponta para uma potencialidade de aplicação em massa cerâmica de revestimento, devido à presença de óxidos fundentes e outros capazes de formar novas fases cristalinas que contribuem na melhoria da estabilidade dimensional e resistência mecânica dos corpos cerâmicos. Desta forma, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a potencialidade do uso de um carbonato dolomítico na produção de cerâmica de revestimento de base vermelha. Para isso foram caracterizadas uma massa cerâmica usada na produção de revestimento semiporoso e dolomita oriunda de uma jazida piauiense. O carbonato foi adicionado à massa industrial em diferentes teores e as formulações foram queimadas em três temperaturas: 1080 ºC, 1120 ºC e 1160 ºC. Foram realizados nos corpos de prova queimados ensaios tecnológicos de retração linear, absorção de água, massa específica aparente e resistência mecânica. A microestrutura foi avaliada através de análise por difração de raios X e microscopia eletrônica de varredura. Os resultados mostraram potencialidade da aplicação da dolomita piauiense em massa de revestimento cerâmico.

Estudo de massa cerâmica triaxial visando à otimização do ciclo de queima da indústria de cerâmica estrutural

Sales Júnior, José Carlos Calado
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais; Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais; Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.64%
Over recent years the structural ceramics industry in Brazil has found a very favorable market for growth. However, difficulties related to productivity and product quality are partially inhibiting this possible growth. An alternative for trying to solve these problems and, thus, provide the pottery industry the feasibility of full development, is the substitution of firewood used in the burning process by natural gas. In order to contribute to this process of technological innovation, this paper studies the effect of co-use of ceramic phyllite and kaolin waste on the properties of a clay matrix, verifying the possible benefits that these raw materials can give to the final product, as well as the possibility of such materials to reduce the heat load necessary to obtain products with equal or superior quality. The study was divided into two steps: characterization of materials and study of formulations. Two clays, a phyllite and a residue of kaolin were characterized by the following techniques: laser granulometry, plasticity index by Atterberg limits, X-ray fluorescence, X-ray diffraction, mineralogical composition by Rietveld, thermogravimetric and differential thermal analysis. To study the formulations, specifically for evaluation of technological properties of the parts...

Incorporação de lodo de esgoto na massa cerâmica para fabricação de tijolos maciços: uma alternativa para a disposição final de resíduo

Duarte, Anaxsandra da Costa Lima
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-graduação em Engenharia Sanitária; Saneamento Ambiental; Meio Ambiente; Recursos Hídricos e Hidráulica Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-graduação em Engenharia Sanitária; Saneamento Ambiental; Meio Ambiente; Recursos Hídricos e Hidráulica
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.64%
The disposal of sewage sludge is a growing problem face up to management of sanitary sevices. Otherwise, because its making process characteristic, the Ceramic Industry can tolerate the presence of this wastes as raw material. This study has as object to confirm the use of the sewage sluge in the Ceramic Industry like a sustentable alternative for its disposal. Futhermore, this study quests to evaluate the maximum proportion for incorporation of sludge wich result in technically and enviromentally suitable bricks. For found this proportion, the research consisted of (1) making of bricks in full scale, adde up 0%, 5%,10%, 15%, 20%, 25%,30%, 35% e 40% sludge, with size 220x105x45 mm, hand-molded by rammer and baked by industrial kiln; and (2) tecnical and enviromental evaluation of this bricks, according to Brazilian norms. The raw material uses were two distinct clays come from Goianinha/RN and sewage comes from a septic system tank and pumped into tank vehicle, of Natal/RN. The technical evaluation allowed to conclude the addiotion of the sludge brings about signifcant lost of mass and the water absorption grew up according to increase of sludge: every sludge-amended clay bricks absorved more water than control group. Thus, the compressive strength was signicantly decreased because the increase of sludge: bricks with 5% sludge added lost 45% of strength achieved at control group; the bricks made with 10 and 20% lost almost 70% of bigger strength. With up to 25% sludge added to the bricks...

Análise da adição de resíduo oriundo do tratamento de esgotos em massa cerâmica utilizada para fabricação de telhas

Lima, Andressa Dantas de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-graduação em Engenharia Sanitária; Saneamento Ambiental; Meio Ambiente; Recursos Hídricos e Hidráulica Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-graduação em Engenharia Sanitária; Saneamento Ambiental; Meio Ambiente; Recursos Hídricos e Hidráulica
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.59%
Sludge of Wastewater Treatment Plants (WTPs) disposal is a problem for any municipality, for this reason the amount of sludge production is now a key issue in selecting treatment methods. It is necessary to investigate new applications for this waste type, due to the restrictions imposed by the environmental organs. The raw materials used in the Red Ceramic, are generally very heterogeneous, for this reason, such materials can tolerate the presence of different types of wastes. In Rio Grande do Norte, the roof tiles production corresponds to 60,61% from the total of ceramic units produced. Due to the importance of the ceramic industry of roof tiles for the state, allied to the environmental problem of the sludge disposal, this work had for objective to verify the possibility of the incorporation of sewage sludge in ceramic body used for production of roof tiles. In the research, sludge originating from drying beds of WTP of the Central Campus from UFRN and clays originating from a ceramic industry from Goianinha/RN were used. The raw materials were characterized by techniques of: analysis of particles distribution by diffraction to laser; real density; consistence limits; chemical analysis by X-ray fluorescence; mineralogical analysis by X-ray diffraction; organic matter; and solids content. Five batches of roof tiles were manufactured in the approximate dosages of 2%...