Página 1 dos resultados de 144 itens digitais encontrados em 0.021 segundos

Biliary and pancreatic dysgenesis in mice harboring a mutation in Pkhd1

GALLAGHER, Anna-Rachel; ESQUIVEL, Ernie L.; BRIERE, Tiffany S.; TIAN, Xin; MITOBE, Michihiro; MENEZES, Luis F.; MARKOWITZ, Glen S.; JAIN, Dhanpat; ONUCHIC, Luiz F.; SOMLO, Stefan
Fonte: AMER SOC INVESTIGATIVE PATHOLOGY, INC Publicador: AMER SOC INVESTIGATIVE PATHOLOGY, INC
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
35.92%
Autosomal recessive polycystic kidney disease is a hereditary fibrocystic disease that involves the kidneys and the biliary tract. Mutations in the PKHD1 gene are responsible for typical forms of autosomal recessive polycystic kidney disease. We have generated a mouse model with targeted mutation of Pkbd1 by disrupting exon 4, resulting in a mutant transcript with deletion of 66 codons and expression at similar to 30% of wild-type levels. Pkhd1(del4/d3l4) mice develop intrahepatic bile duct proliferation with progressive cyst formation and associated periportal fibrosis. In addition, these mice exhibit extrahepatic manifestations, including pancreatic cysts, splenomegaly, and common bile duct dilation. The kidneys are unaffected both histologically and functionally. Fibrocystin is expressed in the apical membranes and cilia of bile ducts and distal nephron segments but is absent from the proximal tubule. This pattern is unchanged in orthologous models of autosomal dominant polycystic kidney disease due to mutation in Pkd1 or Pkd2. Mutant fibrocystin in Pkhd1(del4/d3l4) mice also retains this expression pattern. The hypomorphic Pkhd1(del4/d3l4) mouse model provides evidence that reduced functional levels of fibrocystin are sufficient for cystogenesis and fibrosis in the liver and pancreas...

Otimização multiperíodo por média-variância sem posições a descoberto em ativos de risco.; Mean-variance multiperiod optimization with no-shorting constraints in risk assets.

Dantas, Allan Leão
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/11/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.48%
Inicialmente neste trabalho são apresentados os conceitos básicos de média e variância e como estes se aplicam na caracterização de um ativo ou carteira de investimento. Posteriormente são apresentadas as estratégias ótimas de investimento para o modelo de Markowitz sem posições a descoberto em ativos de risco, e sem tal restrição. Ainda neste trabalho é apresentada uma breve revisão do modelo de tempo contínuo para o problema de média-variância sem posições a descoberto em ativos de risco, e como objetivo principal do mesmo é proposto um modelo em tempo discreto multiperíodo a partir do modelo de tempo contínuo, o qual é implementado computacionalmente para o mercado de capitais brasileiro. O resultado obtido é comparado com a estratégia de período único do modelo de Markowitz sem posições a descoberto em ativos de risco, sendo este modelo aplicado sequencialmente no horizonte de tempo considerado para o modelo multiperíodo.; Initially in this work are presented the basics concepts of mean and variance and how they are applied to quantify an asset or a portfolio. After this we present the optimal investment strategy of the Markowitz no-shorting constraints mean-variance portfolio selection in single period and the Markowitz optimal investment strategy without such constrain. Following this...

Proposta de um modelo de planejamento agregado da produção numa usina de açúcar e álcool vinculado à flutuação de preços em mercados à vista e no mercado futuro.; A model of aggregate production planning in a sugar mill and alcohol linked the decisions of prices in future markets and present markets.

Carvalho, Marcelo Dias
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/11/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.41%
O objetivo de estudo desta dissertação é o desenvolvimento de um modelo de planejamento agregado da produção que apóie as decisões de nível gerencial e de diretoria das usinas de açúcar e álcool no que tange às variedades de cana colhidas em cada semana, às compras de cana-de-açúcar de terceiros, ao tipo de transporte (próprio ou terceirizado) a se utilizar em cada semana, ao total de cana moída por semana para atendimento da demanda e aos processos (industrial e comercial) que se devem escolher para produzir e comercializar açúcar e álcool. As decisões devem ocorrer em função de preços nos mercados interno, externo e mercado futuro, do fluxo de caixa da empresa, da capacidade da usina para armazenar açúcar e álcool e da possibilidade de uso de estoque de terceiros. As decisões por compra de cana, escolha de processos e venda de produtos são tomadas semanalmente num horizonte móvel de planejamento de 52 semanas, que inclui o tempo de safra no centro-sul do Brasil (meados de março a meados de dezembro, aproximadamente 36 semanas) mais o período de entressafra (aproximadamente 16 semanas, de meados de dezembro a meados de março). A procura por melhores estratégias de comercialização de tal forma a auxiliar a tomada de decisões é uma necessidade constante dos empresários do setor...

Modelos black-litterman e GARCH ortogonal para uma carteira de títulos do tesouro nacional; Black-Litterman and ortogonal GARCH models for a portfolio of bonds issued by the National Treasury

Lobarinhas, Roberto Beier
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.57%
Uma grande dificuldade da gestão financeira é conseguir associar métodos quantitativos às formas tradicionais de gestão, em um único arranjo. O estilo tradicional de gestão tende a não crer, na devida medida, que métodos quantitativos sejam capazes de captar toda sua visão e experiência, ao passo que analistas quantitativos tendem a subestimar a importância do enfoque tradicional, gerando flagrante desarmonia e ineficiência na análise de risco. Um modelo que se propõe a diminuir a distância entre essas visões é o modelo Black-Litterman. Mais especificamente, propõe-se a diminuir os problemas enfrentados na aplicação da teoria moderna de carteiras e, em particular, os decorrentes da aplicação do modelo de Markowitz. O modelo de Markowitz constitui a base da teoria de carteiras há mais de meio século, desde a publicação do artigo Portfolio Selection [Mar52], entretanto, apesar do papel de destaque da abordagem média-variância para o meio acadêmico, várias dificuldades aparecem quando se tenta utilizá-lo na prática, e talvez, por esta razão, seu impacto no mundo dos investimentos tem sido bastante limitado. Apesar das desvantagens na utilização do modelo de média-variância de Markowitz, a idéia de maximizar o retorno...

Medidas de risco e seleção de portfolios; Risk measures and portfolio selection

Rogerio Correa Magro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.45%
Dado um capital C e n opções de investimento (ativos), o problema de seleção de portfolio consiste em aplicar C da melhor forma poss?vel para um determinado perfil de investidor. Visto que, em geral, os valores futuros destes ativos não são conhecidos, a questão fundamental a ser respondida e: Como mensurar a incerteza? No presente trabalho são apresentadas tres medidas de risco: O modelo de Markowitz, o Value-at-Risk (VaR) e o Conditional Value-At-Risk (CVaR). Defendemos que, sob o ponto de vista teorico, o Valor em Risco (VaR) e a melhor dentre as tres medidas. O motivo de tal escolha deve-se ao fato de que, para o VaR, podemos controlar a influencia que os cenários catastroficos possuem sobre nossas decisões. Em contrapartida, o processo computacional envolvido na escolha de um portfolio ótimo sob a metodologia VaR apresenta-se notadamente mais custoso do que aqueles envolvidos nos calculos das demais medidas consideradas. Dessa forma, nosso objetivo e tentar explorar essa vantagem computacional do Modelo de Markowitz e do CVaR no sentido de tentar aproximar suas decisões aquelas apontadas pela medida eleita. Para tal, consideraremos soluções VaR em seu sentido original (utilizando apenas o parametro de confiabilidade ao buscar portfolios otimos) e soluções com controle de perda (impondo uma cota superior para a perda esperada); Given a capital C and n investment options (assets)...

Modelo de portfólio para comercialização de energia elétrica proveniente de novos empreeendimentos : otimização simultânea de benefício e risco; Model portfolio for sale of power from new projects : simultaneous optimization of benefit and risk

Laura Keiko Gunn
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/07/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.18%
Otimização de portfólio é uma técnica largamente utilizada para seleção de investimentos na área econômico-financeira. No setor elétrico brasileiro o modelo de portfólio deve não só considerar diferentes tipos de contratos utilizados no mercado livre e no mercado regulado, mas também diferentes tipos de mercados: o mercado livre, o mercado cativo e o mercado spot. Neste trabalho a questão é saber qual a proporção de energia deve ser comercializada em cada contrato. Uma problemática na geração de energia através de fontes alternativas decorre do fato de sua geração ser bastante sazonal, dada a natureza destas fontes, pois dependem de fatores tais como período de safra, regime de ventos e condições pluviométricas, que tornam a previsão do fluxo de caixa do investimento bastante incerto e passível de ressarcimentos e penalidades contratuais. Neste contexto, o risco de contratação que este tipo de empreendimento apresenta além de estar diretamente relacionado às flutuações do preço da energia, também é bastante percebido nas condições contratuais de que tratam questões de ressarcimento no caso da não entrega da energia. São analisados três projetos de fonte incentivada de energia através do modelo de Markovitz: usina de biomassa...

A new media optimizer based on the mean-variance model

Fernandez,Pedro Jesus; Lauretto,Marcelo de Souza; Pereira,Carlos Alberto de Bragança; Stern,Julio Michael
Fonte: Sociedade Brasileira de Pesquisa Operacional Publicador: Sociedade Brasileira de Pesquisa Operacional
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 EN
Relevância na Pesquisa
35.97%
In the financial markets, there is a well established portfolio optimization model called generalized mean-variance model (or generalized Markowitz model). This model considers that a typical investor, while expecting returns to be high, also expects returns to be as certain as possible. In this paper we introduce a new media optimization system based on the mean-variance model, a novel approach in media planning. After presenting the model in its full generality, we discuss possible advantages of the mean-variance paradigm, such as its flexibility in modeling the optimization problem, its ability of dealing with many media performance indices - satisfying most of the media plan needs - and, most important, the property of diversifying the media portfolios in a natural way, without the need to set up ad hoc constraints to enforce diversification.

Model of Transcriptional Activation by MarA in Escherichia coli

Wall, Michael E.; Markowitz, David A.; Rosner, Judah L.; Martin, Robert G.
Fonte: Public Library of Science Publicador: Public Library of Science
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN
Relevância na Pesquisa
35.96%
The AraC family transcription factor MarA activates ∼40 genes (the marA/soxS/rob regulon) of the Escherichia coli chromosome resulting in different levels of resistance to a wide array of antibiotics and to superoxides. Activation of marA/soxS/rob regulon promoters occurs in a well-defined order with respect to the level of MarA; however, the order of activation does not parallel the strength of MarA binding to promoter sequences. To understand this lack of correspondence, we developed a computational model of transcriptional activation in which a transcription factor either increases or decreases RNA polymerase binding, and either accelerates or retards post-binding events associated with transcription initiation. We used the model to analyze data characterizing MarA regulation of promoter activity. The model clearly explains the lack of correspondence between the order of activation and the MarA-DNA affinity and indicates that the order of activation can only be predicted using information about the strength of the full MarA-polymerase-DNA interaction. The analysis further suggests that MarA can activate without increasing polymerase binding and that activation can even involve a decrease in polymerase binding, which is opposite to the textbook model of activation by recruitment. These findings are consistent with published chromatin immunoprecipitation assays of interactions between polymerase and the E. coli chromosome. We find that activation involving decreased polymerase binding yields lower latency in gene regulation and therefore might confer a competitive advantage to cells. Our model yields insights into requirements for predicting the order of activation of a regulon and enables us to suggest that activation might involve a decrease in polymerase binding which we expect to be an important theme of gene regulation in E. coli and beyond.

Speed adaptation in a powered transtibial prosthesis controlled with a neuromuscular model

Markowitz, Jared; Krishnaswamy, Pavitra; Eilenberg, Michael F.; Endo, Ken; Barnhart, Chris; Herr, Hugh
Fonte: The Royal Society Publicador: The Royal Society
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 27/05/2011 EN
Relevância na Pesquisa
35.92%
Control schemes for powered ankle–foot prostheses would benefit greatly from a means to make them inherently adaptive to different walking speeds. Towards this goal, one may attempt to emulate the intact human ankle, as it is capable of seamless adaptation. Human locomotion is governed by the interplay among legged dynamics, morphology and neural control including spinal reflexes. It has been suggested that reflexes contribute to the changes in ankle joint dynamics that correspond to walking at different speeds. Here, we use a data-driven muscle–tendon model that produces estimates of the activation, force, length and velocity of the major muscles spanning the ankle to derive local feedback loops that may be critical in the control of those muscles during walking. This purely reflexive approach ignores sources of non-reflexive neural drive and does not necessarily reflect the biological control scheme, yet can still closely reproduce the muscle dynamics estimated from biological data. The resulting neuromuscular model was applied to control a powered ankle–foot prosthesis and tested by an amputee walking at three speeds. The controller produced speed-adaptive behaviour; net ankle work increased with walking speed, highlighting the benefits of applying neuromuscular principles in the control of adaptive prosthetic limbs.

Medication Reconciliation: Work Domain Ontology, Prototype Development, and a Predictive Model

Markowitz, Eliz; Bernstam, Elmer V.; Herskovic, Jorge; Zhang, Jiajie; Shneiderman, Ben; Plaisant, Catherine; Johnson, Todd R.
Fonte: American Medical Informatics Association Publicador: American Medical Informatics Association
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN
Relevância na Pesquisa
35.88%
Medication errors can result from administration inaccuracies at any point of care and are a major cause for concern. To develop a successful Medication Reconciliation (MR) tool, we believe it necessary to build a Work Domain Ontology (WDO) for the MR process. A WDO defines the explicit, abstract, implementation-independent description of the task by separating the task from work context, application technology, and cognitive architecture. We developed a prototype based upon the WDO and designed to adhere to standard principles of interface design. The prototype was compared to Legacy Health System’s and Pre-Admission Medication List Builder MR tools via a Keystroke-Level Model analysis for three MR tasks. The analysis found the prototype requires the fewest mental operations, completes tasks in the fewest steps, and completes tasks in the least amount of time. Accordingly, we believe that developing a MR tool, based upon the WDO and user interface guidelines, improves user efficiency and reduces cognitive load.

Diseño de portafolios de inversión mediante el modelo de selección de Markowitz y el modelo CAPM

Valderrama Gómez, Santiago
Fonte: Pontifícia Universidade Javeriana Publicador: Pontifícia Universidade Javeriana
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de Grado Pregrado Formato: Pdf
Relevância na Pesquisa
36.29%
En este trabajo se trata la teoría del portafolio, la cual busca eficiencia en la construcción de una estrategia de inversión y por lo tanto dar cierta certidumbre en su desempeño. Se tienen en cuenta en este trabajo los modelos clásicos de toma de decisiones de inversión bajo riesgo, por medio del Modelo de Selección de Portafolios y Optimización de Markowitz y el Modelo de Sharpe también conocido como modelo CAPM, se estudian los parámetros para definir un portafolio óptimo de inversión. Se tomaron para este estudio las valoraciones de las acciones de la Bolsa de Valores de Colombia.; In this paper there is the portfolio theory, is which seeks efficiency in building an investment strategy and therefore provide some certainty in their performance. Classical models of investment decisions under risk are considered in this work, through Selection Portfolio and Optimization Model of Markowitz and Sharpe Model also known as CAPM, the parameters are studied to define an optimal investment portfolio. Were taken for this study the valuations of the Colombia Stock Exchange.

Comparação entre gestão activa e gestão passiva de um portfolio de acções: um estudo empírico com base no psi 20

Oliveira, Vitor Manuel Branco
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /03/2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.25%
Mestrado em Finanças; Este trabalho visa avaliar o contributo de uma gestão activa comparativamente a uma gestão passiva no desempenho de determinado portfolio, composto por acções do PSI20. A gestão activa teve em conta uma carteira de acções determinada com base no modelo de Markowitz, enquanto que, a gestão passiva tem por base uma carteira composta por acções com proporções iguais. Na gestão activa, as proporções a investir nos activos foram revistas tendo em conta a evolução do mercado, numa base mensal. No entanto, a determinação das ponderações óptimas teve em atenção diferentes cenários em "sistema de janela". Como segundo objectivo, foi definido o estudo do impacto dos custos de intermediação financeira na performance de ambos os portfolios anteriores. Foram utilizados títulos cotados do PSI 20 durante um período de 11 anos (entre 1 de Janeiro de 1996 e 31 de Dezembro de 2006). As conclusões mostram que não compensa optar por uma gestão activa face a uma gestão passiva, quando a carteira objecto da gestão seja composta por activos cotados no PSI20. Para esta conclusão contribuem dois factores: os custos de intermediação financeira e os erros cometidos na estimação dos principais inputs para cálculo das ponderações óptimas da carteira. A melhor opção revelou-se no investimento no índice de Mercado (PSI 20).; The goal of this Thesis is to evaluate the contribution of an active management versus passive management to the portfolio performance...

Fundo especial de investimento : commodities agrícolas

Barateiro, Ana Catarina Clemente
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.45%
Mestrado em Finanças; O principal objectivo deste trabalho baseou-se na constituição de um Fundo Especial de Investimento composto por treze séries de futuros sobre commodities agrícolas e a sua posterior análise. A carteira foi constituída com base no modelo de Markowitz, assumindo a existência de um activo sem risco e sem restrições ao short-selling. Procedeu-se a um back testing do desempenho da carteira nos três anos anteriores à sua constituição (2006-2008), contemplando uma análise comparativa com o desempenho dos seguintes índices accionistas: MSCI Global (carteira de mercado); MSCI Emerging Markets; S&P 500; DJ Stoxx 600 e PSI 20. Verificou-se que, no período em análise, a correlação entre a carteira constituída e os índices accionistas estudados, foi bastante baixa, reforçando a ideia de que faz sentido investir no mercado de commodities agrícolas, como forma de diversificação dos investimentos. O facto de na constituição desta carteira não terem sido consideradas restrições ao investimento nas séries, levou a que fossem assumidas posições muito elevadas nas mesmas, aumentando o risco da carteira. Constatou-se que, na prática, a aplicação do modelo de Markowitz deve ser conciliada com uma gestão activa da carteira...

A eficiência nas Carteiras de Markowitz, Variância Mínima e Naïve aplicada ao índice italiano

Martins, Luís Pedro Rosa
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.5%
Mestrado em Finanças; O objectivo deste trabalho é verificar as possíveis vantagens da gestão activa face à gestão passiva de uma carteira de acções com a mesma composição do índice de acções italiano FTSE MIB. A gestão passiva baseia-se no método Naïve (1/N), onde a composição da carteira inclui todos os activos do indice com proporções iguais. A gestão activa baseia-se no método de Markowitz que tem como objectivo maximizar a rendibilidade tendo definido um determinado nível de risco, ou minimizar o risco tendo em conta um nível de rendibilidade esperada. Também é utilizado o método da variância mínima que consiste em minimizar o risco independentemente da rendibilidade. Nesta abordagem as proporções a investir em cada activo são revistas mensalmente tendo em conta a evolução do mercado. Para as determinar são consideradas ?janelas? de dados de 1 e 2 anos. O segundo objectivo deste trabalho é determinar o efeito dos custos de intermediação financeira no desempenho da carteira. São utilizados os títulos que compõem o índice FTSE MIB, representativo do mercado italiano desde Janeiro de 2004 até Dezembro de 2013. Os resultados mostram a superioridade da gestão activa face à passiva, sendo a carteira de Markowitz a que obteve melhor desempenho. A carteira de variância mínima obteve resultados inferiores à de Markowtiz...

The efficiency in Markowitz, minimum-variance and naïve portfolios applied to smi

Fernandes, Cristiano Mateus Cunha
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 ENG
Relevância na Pesquisa
46.42%
Mestrado em Finanças; Esta dissertação tem como objectivo analisar vários modelos de gestão de carteiras, tendo em consideração gestão activa e passiva e o seu impacto na escolha eficiente de uma carteira ótima composta por activos do índice bolsista Suiço - SMI. A minha escolha recaíu sobre a Suiça por várias razões. Em primeiro lugar, seria interessante perceber o comportamento de um mercado europeu que não utilizasse a moeda única. Outra das razões foi por este mercado incorpora algumas grandes empresas multinacionais, tais como a Nestlé e a Swatch. A análise histórica das carteiras teve em conta o modelo Markowitz (média-variância), modelo Mínima-Variância e o modelo Naïve (pesos iguais). O horizonte temporal utilizado neste estudo foi de 10 anos, considerando o período de Janeiro de 2004 a Dezembro de 2013. Os dados foram retirados da base de dados académica Datastream. Para calcular o peso a investir em cada ativo, foram utilizados os sistemas de ?janelas de dados? a 1 e 2 anos. Por fim, será possível observer se, para 12 meses, existem ou não diferenças significativas entre os modelos de gestão de carteiras estudados nesta dissertação. Será também possível analisar se, para rendibilidades e rácios de Sharpe mais elevados...

Aplicación del modelo de Markowitz en la construcción de portafolios con las acciones de empresas seleccionadas más transadas en la Bolsa de Valores de Colombia entre julio 2012 y julio 2013.; Application of the model of Markowitz in the construction of portfolios with the actions of selected companies most traded in the Stock exchange of Colombia between July, 2012 and July, 2013.

Botero Buitrago, Diana P.; Fandiño, Victor H.
Fonte: Universidad Militar Nueva Granada; Facultad de Ciencias Económicas; Economía Publicador: Universidad Militar Nueva Granada; Facultad de Ciencias Económicas; Economía
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de grado Formato: pdf; pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
36.47%
El enfoque que se utiliza en el presente trabajo es de tipo descriptivo y evaluativo, en el sentido que describe el comportamiento histórico de las acciones que van a conformar diferentes portafolios; también se calcula la rentabilidad de las acciones, se evalúa su evolución y a través de el método científico (modelo Markowitz) se cuantifica el rendimiento y el riesgo asociado, con el fin de presentar soluciones óptimas de inversión, que favorezcan la toma de decisiones planificadas con máxima rentabilidad; esto debió a que es posible evidenciar que el tema de inversión para la mayoría de colombianos no es un tema frecuentemente usado, por ello el interés de realizar este trabajo es precisamente, mostrar y comprobar la funcionalidad y rentabilidad que ofrece este tipo de inversión bursátil, demostrando que mediante este método se disminuye el riesgo y que a su vez existe una posibilidad de inversión disponible para todos tal como lo plasmo en su trabajo el economista Harry Markowitz.; The approach used in this study is descriptive and evaluative, in that it describes the historical performance of the shares which shall form different portfolios; also the profitability of the actions is calculated, his evolution is evaluated and across the scientific method (model Markowitz) the performance and the associate risk is quantified...

Modelo de markowitz parametrizado por indicadores de análise técnica

Leite, Romulo de Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 92f. : il. algumas color., grafs., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.33%
Orientador : Prof. Dr. Anselmo Chaves Neto; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Métodos Numéricos em Engenharia. Defesa: Curitiba, 28/02/2014; Inclui referências; àrea de concentração: Programação matemática; Resumo: O Modelo de Markowitz é utilizado no problema da composição do portfolio de ações com melhor relação histórica entre risco e retorno. A Análise Técnica de ações, por sua vez, foi desenvolvida com a finalidade de fornecer ao investidor indicadores que o auxiliem na identificação de pontos de compra e venda de ações, através da análise de dados quantitativos. Fazendo uso dessas duas técnicas, este trabalho propõe a utilização do Moving Average Convergence-Divergence (MACD) e do Índice de Força Relativa (IFR), que são indicadores técnicos, como reguladores do parâmetro de aversão ao risco aplicado ao Modelo de Markowitz. Os desempenhos dos modelos propostos são testados através de simulações de negociações de ações na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), gerenciadas por um algoritmo de negociações aplicado a um Fundo Quantitativo. Como resultado, verifica-se que os modelos regulados pelos referidos indicadores técnicos apresentaram desempenhos superiores aos dos modelos de parâmetro fixo...

A gestão de carteira de acções aplicada ao mercado francês

Félix, João Pedro Santos Silva
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.26%
Mestrado em Finanças; O principal objectivo deste estudo é avaliar as possíveis vantagens de uma carteira caracterizada por uma gestão activa face a uma carteira caracterizada pela gestão passiva, com base no índice de acções CAC-40. A gestão activa teve por base em 2 modelos: Modelo de Markowitz (carteira óptima) e Modelo de Variância Mínima. Já a gestão passiva é baseada numa carteira composta por todas as acções em proporções iguais (carteira naïve). Na gestão activa as proporções dos activos constituintes de cada carteira foram revistos mensal, trimestral, semestral e anualmente tendo em conta a evolução do mercado. Foram consideradas janelas de dados de 1 e 2 anos para determinar as ponderações a investir em cada activo. O segundo objectivo foi analisar o impacto dos custos de intermediação financeira no desempenho das carteiras calculadas anteriormente. Foram utilizados os títulos que se mantiveram em bolsa durante o período compreendido entre Janeiro de 1997 e Dezembro de 2006, o que corresponde a 31 acções do CAC-40. Depois de realizado este trabalho, concluiu-se que a 1 mês a carteira naïve é a melhor opção de investimento e a 3 meses tanto esta carteira como a carteira de mercado são boas opções de investimento. Já a 6 e 12 meses...

A Gestão de Carteira de Acções aplicada ao mercado espanhol

Monteiro, Pedro Matoso Coimbra Sacramento
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.38%
Mestrado em Finanças; A presente dissertação teve como objetivo principal analisar e comparar a gestão ativa e passiva de um determinado portfolio constituído por ações do Índice Bolsista Espanhol (IBEX 35). Na gestão ativa utilizaram-se dois modelos: uma carteira de ações determinada através do modelo de otimização de Markowitz, e uma carteira de ações resultante do modelo de variância mínima. Na gestão passiva recorreu-se a uma carteira de ações com pesos iguais. O período de tempo considerado para o efeito foi de 10 anos, de 1997 a 2006. A gestão ativa do portfolio, com base nos dois modelos considerados, consistiu na revisão mensal das proporções investidas em cada uma das ações que compuseram a carteira tendo em conta a evolução do mercado. A gestão passiva implicou um investimento de proporções iguais nos ativos constituintes da carteira, proporções essas que se mantiveram inalteradas durante o período em análise e que, portanto, não tiveram em conta a evolução do mercado. Para a determinação das ponderações das carteiras dos três modelos, utilizou-se um ?sistema de janela? de 1 e 2 anos. Um segundo objetivo deste trabalho foi perceber o impacto dos custos de intermediação financeira no desempenho dos portfolios de ações. Com este estudo...

Model of Transcriptional Activation by MarA in Escherichia coli

Wall, Michael E.; Markowitz, David A.; Rosner, Judah L.; Martin, Robert G.
Fonte: Universidade Cornell Publicador: Universidade Cornell
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 05/02/2009
Relevância na Pesquisa
35.95%
We have developed a mathematical model of transcriptional activation by MarA in Escherichia coli, and used the model to analyze measurements of MarA-dependent activity of the marRAB, sodA, and micF promoters in mar-rob- cells. The model rationalizes an unexpected poor correlation between the mid-point of in vivo promoter activity profiles and in vitro equilibrium constants for MarA binding to promoter sequences. Analysis of the promoter activity data using the model yielded the following predictions regarding activation mechanisms: (1) MarA activation of the marRAB, sodA, and micF promoters involves a net acceleration of the kinetics of transitions after RNA polymerase binding, up to and including promoter escape and message elongation; (2) RNA polymerase binds to these promoters with nearly unit occupancy in the absence of MarA, making recruitment of polymerase an insignificant factor in activation of these promoters; and (3) instead of recruitment, activation of the micF promoter might involve a repulsion of polymerase combined with a large acceleration of the kinetics of polymerase activity. These predictions are consistent with published chromatin immunoprecipitation assays of interactions between polymerase and the E. coli chromosome. A lack of recruitment in transcriptional activation represents an exception to the textbook description of activation of bacterial sigma-70 promoters. However...