Página 1 dos resultados de 18 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Análise do estado de conservação do Monumento a Ramos de Azevedo com utilização de métodos não destrutivos

Grossi, Danielle
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.08%
Grande parte dos monumentos, que constituem importantes registros da história da humanidade, é constituída por rochas, sobre as quais atuam processos intempéricos de ordem física e química, principalmente devido à ação do clima. Decorrente da atuação desses processos, essas rochas sofrem alterações que as degradam e colocam em risco a preservação patrimonial, levando, em casos extremos, à perda de parte da própria história da humanidade ou de um determinado local. Como a grande maioria dos monumentos é tombada e a retirada de amostras nem sempre é viável, a melhor maneira de estudá-los é por meio de métodos não destrutivos. O Monumento a Ramos de Azevedo, objeto deste estudo, é constituído pelo Granito Itaquera, apresenta também 7 figuras em bronze e está localizado na Praça Ramos de Azevedo, dentro da Cidade Universitária, na cidade de São Paulo. O estudo do estado de conservação deste monumento com métodos não destrutivos possibilita a verificação do estado de sanidade da rocha sem que a danifique, auxiliando na preservação do patrimônio histórico e cultural. Foram utilizadas técnicas de espectrofotometria, velocidade de onda ultrassônica, esclerômetro, também conhecido como martelo de Schmidt...

Avaliação do estado de conservação de duas espécies de Aegla Leach (Crustacea: Decapoda: Aeglidae) endêmicas do sul do Brasil

Gomes, Kelly Martinez
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
A degradação ambiental dos ecossistemas aquáticos é uma das consequências do desenvolvimento humano desordenado, colocando em risco a fauna e flora desses ambientes. Os crustáceos Aegla violacea e Aegla obstipa estão inseridas na porção leste da região hidrográfica do Guaíba, onde a agricultura é bastante expressiva. Essas áreas sofrem com as interferências humanas relacionadas à contaminação da água por agroquímicos e resíduos orgânicos, especialmente por dejetos de animais jogados nos rios, erosão e o assoreamento. Os objetivos deste estudo são: conhecer a distribuição dos eglídeos na região hidrográfica do Guaíba, estimar o tamanho de uma subpopulação para cada espécie, e avaliar as informações populacionais conforme os critérios da “International Union for Conservation of Nature” (IUCN). Para as coletas de distribuição utilizaram-se redes do tipo puçá, bem como para as amostragens populacionais, visitando os locais de possível ocorrência dos eglídeos. A partir destas informações, selecionou-se uma área para o desenvolvimento do estudo populacional para cada espécie. As amostragens foram no total de seis, realizadas de abril-novembro de 2011, utilizando a estimativa de Petersen para as populações fechadas. Para manter as premissas do método fecharam-se as extremidades do curso d’água com redes de malha fina e padronizou-se o esforço amostral. Assim...

Lisboa Cidade Africana: Percursos e Lugares de Memória da Presença Africana

Leite, Pedro Pereira; Henriques, Isabel de Castro; Fantasia, Ana
Fonte: Marca D'Agua Publicador: Marca D'Agua
Tipo: Livro
POR
Relevância na Pesquisa
26.37%
Lisboa, cidade de tantos vales e colinas quantos os mitos que envolvem a sua história e as populações que a inventaram, estende-se ao longo do Tejo, no lugar onde o rio termina o seu percurso por terras ibéricas e mergulha no oceano Atlântico. Lisboa nasceu na colina do Castelo de São Jorge, onde um povoado da Idade do Bronze deixou os seus vestígios, que cruzaram com muitas outras marcas gravadas por gregos, fenícios, lusitanos, romanos, visigodos, árabes, judeus e cristãos. Um longo caminho de gentes e de culturas, de estórias e de lendas, de deuses e de heróis que, como Ulisses o fundador mítico da cidade – Olisipo - que lhe deve o nome, construiram e reconstruiram este espaço urbano. Se os romanos, dando conta da posição estratégica da cidade desde 195 a.C., a organizaram em torno das actividades ligadas ao mar, construindo numerosos edifícios que permanecem, foram os árabes e os berberes, que a conquistaram aos visigodos e a ocuparam por volta de 714-719, assegurando, de forma irreversível, o desenvolvimento económico, comercial e cultural da cidade, a que chamaram Lisbûna. Durante quatro séculos, a presença muçulmana deixou no espaço da cidade, saberes, práticas, valores mouriscos, mas também patrimónios construídos - muralhas...

Marcas d\'água de autenticação para imagens binárias: marcas reversíveis e marcas para o padrão JBIG2.; Authentication watermaking techniques for binary images: reversible watermarks and watermarks for JBIG2.

Pamboukian, Sergio Vicente Denser
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.69%
Esteganografia é uma técnica utilizada para ocultar uma informação secreta dentro de outro tipo de informação sem perda de qualidade da informação hospedeira e com o objetivo de extrair a informação posteriormente. Esteganografia reversível permite a exata restauração (sem perda) do sinal hospedeiro original após a extração da informação oculta. Várias ténicas reversíveis têm sido desenvolvidas, mas nenhuma delas parece ser apropriada para imagens binárias. Uma técnica de marca d\'água faz uso de técnicas esteganográficas para inserir informação em uma imagem hospedeira, com o intuito de fazer uma asserção sobre a imagem no futuro. Uma marca d\'água de autenticação (AWT) insere uma informação oculta na imagem com a intenção de detectar qualquer alteração acidental ou maliciosa na imagem. Uma AWT normalmente usa criptografia de chave secreta ou chave pública para computar a assinatura de autenticação da imagem, inserindo-a na própria imagem. JBIG2 é um padrão internacional para compressão de imagens binárias (com ou sem perda). Ele decompõe a imagem em várias regiões (texto, meio-tom e genérica) e codifica cada região usando o método mais apropriado. A criação de AWTs seguras para imagens binárias comprimidas é um importante problema prático. Porém...

Uma alternativa publica para o metodo de marcas d'agua Raster em mapas vetoriais (RAWVec); A blind alternative for raster watermerking vector maps (RAWVec)

Karina Mochetti de Magalhães
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.89%
Marcas d'água vem sendo utilizadas em vários tipos de arquivos de multimídia, como áudio, vídeo e imagens de bitmap, para combater sua copia e distribuição ilegais. Somente com a popularização dos Sistemas de Informação Geográfica (GIS) e da utilização de dados espaciais na Web, marcas d'água para mapas vetoriais ganharam maior atenção, principalmente porque este tipo de imagem possui produção cara, mas pode ser reproduzido facilmente. Esse trabalho revisa o método RAWVec, que insere uma marca d'água representada por uma imagem raster ou bitmap num mapa vetorial, e apresenta uma alternativa publica para tal método; Watermarks have been used for a long time in several digital media to avoid the illegal copy and distribution of these items. Only with the popularization of Geographic Information Systems (GIS) and the use of spatial data on the Web, watermarks for vector maps gained more attention, mostly because vector maps are expensive to produce, but easy to copy. This work reviews the RAWVec Method that embeds a watermark, in the form of a bitmap image, into digital vector maps; and presents a semi-blind alternative method

Metodo de inserção de marcas d'agua robustas em sinais digitais

Dimitri do Brasil DeFigueiredo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2001 PT
Relevância na Pesquisa
56.65%
Este trabalho tem como objetivo o estudo de marcas d?água digitais robustas. Uma marca d?água digital robusta não pode ser facilmente retirada sem comprometer a qualidade do sinal no qual está inserida. A inserção de uma marca d?água robusta em um sinal digital pode ser utilizada para estabelecer uma ligação permanente entre o sinal digital e seu proprietário. Em um sistema de marca d?água digital assimétrico a capacidade de detectar uma marca não implica na capacidade de retirá-la. Estes sistemas têm, portanto, uma maior flexibilidade. Neste trabalho são estabelecidas algumas considerações importantes para a derivação de um sistema de marca d?água robusto e assimétrico. Em seguida, utilizando-se das mesmas e da distância de Hamming como medida de distorção, propõe-se um método assimétrico de inserção de marcas d?água. O método utiliza conhecimento do sinal para transmitir a maior quantidade de informação possível. São derivadas algumas condições que quando satisfeitas tornam o método seguro contra qualquer forma de ataque; A robust digital watermark cannot be removed from the marked signal without compromising its quality. Thus, these watermarks can be used to establish a permanent link between the watermarked signal and its owner. Asymmetric watermarking schemes have a wider range of applications than symmetric ones. In such systems...

Marcas d'agua visuais em mapas vetoriais; Visual watermarks in vector maps

Douglas Aurelio Marques
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.68%
Com a proliferação dos sistemas de informação geográfica (GIS) e a disponibilidade crescente de dados espaciais, empresas de vários segmentos têm tido a oportunidade de criar bases de dados geográficas para uso próprio ou fornecimento de serviços. A representação de informações nessas bases de dados se dá através de mapas em formato vetorial, produzidos geralmente a um alto custo, mas de fácil reprodução. Este trabalho tem como objetivo a apresentação de um novo método para inserção de marcas d'água visuais em mapas vetoriais digitais, para combater a cópia e a distribuição ilegais desse tipo de mídia. Neste novo método, a marca d'água, formada pelos pixels de uma imagem, é inserida em um mapa através de deslocamentos controlados de suas coordenadas. A detecção da marca d'água em um mapa é feita com a extração da imagem inserida e sua comparação com a original. Vários experimentos práticos mostram que o método é bastante resistente a diversos tipos de ataque, como cropping, adição de coordenadas, alteração da ordem das entidades, inserção de ruído, transformações locais e globais e combinações desses ataques.; The proliferation of geographic information systems (GIS) and the increasing availability of spatial data makes it possible to create geographic databases for a large variety of ends and services. The information in these databases is represented by digital vector maps which are expensive to produce...

Equalização e identificação adaptativas utilizando marca d'agua como sinal de supervisão; Adaptative equalization and identification using watermark as supervision signal

Mario Uliani Neto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.65%
O objetivo deste trabalho é investigar o uso de uma marca d'água digital como sinal de referência na filtragem adaptativa supervisionada, aplicada aos problemas de equalização e identificação de canais. Ao contrário de métodos mais tradicionais, nos quais a comunicação é periodicamente interrompida para a transmissão de seqüências de treinamento, uma marca d'água é transmitida ininterruptamente, juntamente com o sinal de informação. Através da comparação entre o sinal recebido processado pelo filtro equalizador e a marca d'água original, ou entre o sinal recebido e a marca d' água processada pelo filtro identificador, os coeficientes deste filtro são continuamente adaptados para estimar e rastrear as características do canal ao longo do tempo. Tanto a transmissão de informação útil como a adaptação do filtro equalizador/identificador nunca são interrompidas. Para que o processo de detecção de uma marca d'água digital seja eficiente, é necessária a sincronização da marca no detector. Efeitos de dessincron}zação podem prejudicar a detecção, potencialmente inviabilizando a extração adequada da informação contida na marca d'água. Esta dissertação apresenta dois métodos de ressincronização para sistemas de filtragem empregando marca d'água. Ambos os métodos são baseados no uso de seqüências de treinamento embutidas na marca d'água e revertem os efeitos de uma ampla classe de ataques de dessincronização. No caso de sinais que apresentem uma interpretação sensorial (e.g. áudio...

Marca d'agua para documentos via modulação de luminância

Borges, Paulo Vinicius Koerich
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 130 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.31%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica.

Uma proposta de arquitetura para gerenciamento de direitos autorais em biblioteca digital

Kuzma, Sônia Martha Kesseler
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 106 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
26.08%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação.; A criação de uma Biblioteca Digital geralmente envolve o tratamento de direitos autorais das obras disponibilizadas. O Gerenciamento de Direitos Autorais (Digital Rights Management - DRM) consiste na definição das tecnologias de computação que podem ser utilizadas, conjuntamente, visando proporcionar a proteção das obras armazenadas em repositórios de dados. Esta proteção envolve desde o modo de acesso ao repositório de Dados, até o momento em que o usuário recebe o conteúdo solicitado (visualização, impressão ou cópia). Além de proteger os direitos autorais dos documentos, é possível definir um DRM para controlar o acesso às obras, estabelecendo restrições e permissões para o acesso ao conteúdo e inserindo informações sobre copyright nos objetos digitais. Esta dissertação propõe uma arquitetura para Gerenciamento de Direitos Autorais na Arquitetura Biblioteca Digital Multimídia (BDMm) proposta por PISTORI (2000). Esta extensão enfatiza a proteção dos direitos autorais e a definição de políticas para restrição de cópias não autorizadas na biblioteca BDMm.

Modelo posicional de marcas d'água digitais

Borges, Paulo Vinicius Koerich
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiii, 148 f.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
56.59%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica.; Este trabalho apresenta um novo metodo de sistema de marca d´agua digital para imagens, denominado m´etodo posicional. Nessa abordagem, a informaçao a ser transmitida é dada pela posiçao da marca d´agua, e nao exclusivamente pelo seu conteudo, como ocorre em sistemas usuais. Considerando uma imagem digital de tamanho M × N, existe um numero muito grande de alternativas (em termos de posicionamento) de como inserir sobre essa imagem um dado numero de blocos de marcas d´agua de dimensoes wh × ww, onde wh · ww M · N. Para cada uma dessas alternativas, fazendo uso de um esquema de codificaçao apropriado, pode ser atribuida uma sequencia de bits S. Assim, blocos de marca d´agua sao adicionados a uma imagem, e suas posiçoes correspondem `a informaçao a ser inserida. Resultados experimentais ilustram que a principal vantagem da proposta é a alta transparencia perceptual, pois apenas uma pequena parte da imagem é modificada. Equações para a capacidade do método sao deduzidas em funçao das dimensoes da imagem e da marca d´agua. Sao também apresentados aspectos de uma inserçao informada aplicada ao m´etodo...

Litofácies, ambientes deposicionais e ciclicidade do grupo Paranoá : exemplo da região da Serra de São Domingos, nos municípios de Buritis e Formoso, MG

Feitosa, Icília de Lima
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
16.08%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, 2012; Na Serra de São Domingos (SSD) está exposta uma sucessão de mais de 1.000 metros, de rochas dominantemente siliciclásticas com intervalos carbonáticos na base e no topo, pertencentes ao Grupo Paranoá de idade Mesoproterozóica. A SSD inclui camadas com mergulho de 200 a 500 para oeste que se estendem entre Arinos (MG) e Alvorada do Norte (GO). Levantamentos estratigráficos na escala de 1:300 foram realizados ao longo de dois córregos que cruzam perpendicularmente a serra, expondo afloramentos contínuos e correlatos onde foi realizado um estudo faciológico, com caracterização de processos sedimentares e ambientes deposicionais. Foram reconhecidas 12 litofácies individualizadas e caracterizadas nas seções estudadas por: De (dolomito com estromatólitos), Dl (dolomito laminado), (arenito fino laminado), AFm (arenito fino com marcas onduladas de onda e corrente), AFh (arenito fino com estratificação cruzada hummocky), AMc1(arenito médio com estratificações cruzadas unidirecionais), AMc 2(arenito médio com estratificações cruzadas bidirecionais e/ou multidirecionais), AMe (arenito médio estratificado), AMs (arenito médio com geometria sigmoidal)...

Uma Arquitetura para Controle e Proteção de Direitos Autorais de Hiperdocumentos na Internet; An architecture for control and copyright protection of hyperdocuments on the internet

Prokopetz, Klaus
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.08%
Com o crescimento exponencial da WWW - World Wide Web, muitos hiperdocumentos, ou alguns de seus componentes, podem aparecer ilegalmente em algum site. O maior impedimento para o use generalizado da Internet como meio de disseminação de informações tem sido a facilidade de interceptar, copiar e redistribuir hiperdocumentos ou partes destes, exatamente como na sua forma original. Por esta razão, ate agora as aplicações na rede tem se destinado, com as devidas exceções, para publicações de documentos gratuitos ou de publicidade comercial ou artística [RUA97]. Devemos considerar que não ha e é pouco provável que se obtenha uma maneira absolutamente segura de proteger um hiperdocumento e todos seus componentes do ataque de piratas em um canal inseguro de comunicação como a Internet. No entanto, algumas técnicas podem tomar o hiperdocumento menos vulnerável. Com a certeza de que, dado tempo e recursos necessários, ainda poderá ser pirateado. Todavia, se esta tarefa for onerosa o suficiente a ponto de tornar mais fácil simplesmente adquirir uma copia legal do hiperdocumento ao invés de pirateá-lo, então podemos considerar que o hiperdocumento está seguro. Uma alternativa para dificultar o trabalho dos piratas seria tornar cada copia do hiperdocumento uma versão única...

Marca d'água digital : autenticação de imagens digitais; Digital watermark authentication of digital images

Nunes, Sílton Leonardo Paiva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.99%
A disseminação de imagens digitais pela internet criou novos desafios relacionados à autoria e integridade dos documentos transacionados. Um documento de texto submetido à criptografia ou certificação digital fica protegido contra qualquer alteração, por menor que ela seja. Ao contrário, uma imagem deve ser considerada autêntica mesmo que o seu código tenha sofrido alguns tipos de alterações, desde que não mudem a essência da informação contida na imagem, como compressão (JPEG por exemplo), ajuste de brilho, de contraste, entre outros tratamentos usuais. Neste contexto, uma das soluções para proteção de autoria e integridade de imagens digitais é o uso de marcas d'água digitais, as quais são conceitualmente semelhantes às marcas d'água usadas em documentos físicos, como o papel-moeda. Este trabalho tem por objetivo fornecer ao leitor um guia simples sobre marcas d'água digitais, incluindo características e aplicabilidade de marcas d'água imperceptíveis em imagens digitais. Ao final, uma bateria de testes avalia a robustez de marcas d'água inseridas por um software líder de mercado (Photoshop e Digimarc) contra ataques maliciosos e tratamentos usuais.; The spread of digital images throughout the Internet has created new challenges in regards to authorship and integrity of the exchanged documents. A text document submitted to criptography or digital certification is protected against any alteration...

Esteganografia e marcas d'água : a busca por algoritmos robustos

Hoppen, Caesar Ralf Franz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.31%
O ser humano sempre sentiu necessidade de privacidade. Em um mundo que a informação pode ser vista e/ou interceptada por todos, métodos que garantem a privacidade de nossa comunicação são criados a todo momento. Um dos ramos mais explorados é chamado de Esteganografia. Neste trabalho de conclusão iremos demonstrar dois algoritmos de Esteganografia para imagens que utilizam-se da anonimidade da informação para criar mensagens robustas. O primeiro é considerado o algoritmo mais simples, e insere cada bit da mensagem no bit menos significativo (LSB) dos pixels de uma imagem. O segundo, utiliza-se do domínio frequência e subamostragem da imagem original. No fim, o propósito dos dois será o mesmo: Servir como métodos para inserção de Marca D’água. Uma análise mostrará que não poderemos usar o primeiro algoritmo, pois além de ser muito frágil, teremos mudanças visuais significativas para aumentar sua robustez. No entanto, resultados mostrarão que o segundo método além de ser bastante invisível, garante robustez contra distúrbios altos na imagem, como compressão JPEG.; The human being always felt the need for privacy. In a world where information can be viewed and/or interpreted by everyone, methods that can ensure the privacy of our communications are created every moment. One branch of methods which are increasingly being exploited is called Steganography. This work will show two Steganography algorithms for images that uses information anonymity to create robust messages. The first one is considered the most simple algorithm...

Identificaçăo de propriedade em imagens com marcas d'água no domínio da transformada wavelet /

Sans, Diovani Rafael
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Formato: manuscripttext
POR
Relevância na Pesquisa
46.49%
Orientador: Hélio Pedrini; Inclui apęndice; Inclui bibliografia

Multi-marcação de vídeo baseada em marca d'água LWT-SVD usando abordagem lateral

Fung, Charles Way Hun
Fonte: Curitiba Publicador: Curitiba
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.89%
Digital videos have become the most used way to communicate, however these data are easily copied and distributed. That happen due the growing number of tools that are create with this goal, causing breach of copyright and illegal distribution of content. The most studied solution that can solve this problem are the digital watermarks that provide security like authentication and tamper detection. In this work, we developed a new method of embedding and extracting watermarks in a video using a process called side view. This process allows watermark a block of frames. The several watermarks embedded can be used like redundance to grow the robustness of the method against attacks. The tests followed the standard benchmarks Vidmark and Stirmark that show the performance of the method in keep the watermark even after attacks.; CAPES; Vídeos digitais se tornaram uma forma de comunicação altamente utilizada na rede, entretanto estes dados são facilmente copiados e distribuídos. Isto se deve ao crescente número de ferramentas que surgiram com este objetivo, causando quebra dos direitos autorais e distribuição ilegal de conteúdo. A solução mais estudada para este problema são as marcas d'água digitais, que provêm segurança em forma de autenticação e verificação de violação. Neste trabalho...

Processos organizativos, memória e identidade: Etnografia e História da Transmissão Cultural do Congo em uma Comunidade Afrobrasileira - Cariacica (ES)

Santos, José Elias R. dos
Fonte: Anais do Seminário Nacional da Pós-Graduação em Ciências Sociais - UFES Publicador: Anais do Seminário Nacional da Pós-Graduação em Ciências Sociais - UFES
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 03/09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
16.08%
O congo é uma das mais importantes marcas da cultura popular do Espírito Santo e está ou já esteve presente na maior parte do território deste Estado. No Município de Cariacica/ES a Região de Roda d’Água é riquíssima nesta manifestação, onde existem várias bandas de congo. Este artigo vai discutir essa tradição utilizando o caso de transmissão cultural entre três gerações de mestres de congo, enfatizando os conceitos de memória e identidade. Para se conhecer o congo em todos os nuances, é necessário buscar compreender o pensamento das pessoas que guardam e transmitem essa manifestação cultural. Este artigo pretende estudar algumas concepções dos congueiros a partir do estudo de uma família de mestres.