Página 1 dos resultados de 7636 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Os antecedentes e as dimensões do brand equity: uma comparação entre marcas de vestuário de fabricantes e de lojas da cidade de Fortaleza

Castelo, José Sarto Freire
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
O tema desta tese trata da identificação e avaliação do impacto dos antecedentes do brand equity. Entre estes antecedentes encontram-se não apenas os esforços de marketing da empresa materializados no seu mix de marketing, como também variáveis que derivam do comportamento pessoal relativos às marcas de vestuários de fabricantes e de lojas da cidade de Fortaleza. O objetivo central desta tese é responder quais as relações entre o valor das marcas de fabricantes e das marcas próprias de vestuários e qual o papel do marketing mix na criação desse valor. E também de uma forma global perceber as diferenças e semelhanças na formação do valor de ambos os tipos de marcas. Para responder a essas questões, em um primeiro momento recorreu-se à literatura sobre marketing e branding com a finalidade de definir o quadro conceitual bem como os construtos e variáveis assim como as respectivas métricas. Os resultados encontrados através do uso da modelagem de equações estruturais foram adequados para os patamares oferecidos na literatura. Dezesseis marcas de vestuários foram submetidas a uma amostra de 571 pessoas, sendo 54,6% do sexo feminino e 45,36% do sexo masculino, na sua maioria tinham o segundo grau completo e renda familiar entre 3 a 20 salários mínimos e 85% tinham alguma experiência com as marcas de fabricantes e 68% com as marcas de lojas. Os resultados alcançados demonstram que o modelo estrutural das marcas de fabricantes e de lojas demonstram uma similaridade significativa com relação às hipóteses apresentadas. Analogamente...

Lealdade às marcas de produtos e às marcas de lojas de varejo: um estudo comparativo entre consumidores de baixa e alta renda; Loyalty to product brands and retail store brands: a comparative study among low income and high income consumers

Santos, Sergio Antonio dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.95%
O interesse em entender o comportamento do consumidor de Baixa Renda vem ganhando importância nos últimos anos. Este interesse crescente baseia-se no entendimento de que o crescimento futuro das economias e organizações empresariais dependem, cada vez mais, da inserção desses consumidores no processo de consumo. Esta dissertação teve como objetivo verificar se os consumidores de Baixa Renda apresentam diferenças no que se relaciona ao comportamento de lealdade à marca de produto em comparação à marca de varejo. Adicionalmente buscou comparar o comportamento de lealdade à marca de produto e marca de varejo entre os indivíduos de baixa renda e alta renda, e identificar as causas possíveis das diferenças encontradas. Para tanto foi realizada uma pesquisa tipo survey com consumidores de Baixa Renda e Alta Renda através de dois questionários estruturados, um para marcas de produtos (televisores) e outro para marcas de varejo. O processo de análise envolveu testes de proporção de diferenças, de médias e associação e de análise de variância múltipla.Os resultados indicaram que a posição na classe de renda não influenciou, de maneira estatisticamente significativa, o comportamento de lealdade, seja em relação às marcas de produto...

Gestão de marcas na estratégia de internacionalização de empresas: estudo com franqueadoras brasileiras; Brand management at the internationalization strategy of firms: study with Brazilian franchisors

Khauaja, Daniela Motta Romeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.99%
Neste estudo combinam-se dois temas relevantes e atuais: a internacionalização de empresas e a gestão de marcas. A necessidade de inserção do Brasil no mercado global para o crescimento do país já é quase um consenso e cresce o número de empresas que buscam essa inserção de forma estruturada. Contudo, ainda há um longo caminho a ser percorrido para que o país, por meio de suas empresas, aumente sua participação nas transações internacionais. A fim de crescer e obter melhores resultados, empresas decidem competir no mercado internacional, agregando valor a suas ofertas por meio da construção e da gestão de marcas. Porém, as empresas brasileiras encontram-se, ainda, em estágio quase embrionário no cenário global e essas situação se reflete na academia, embora na última década tenha sido crescente a quantidade de estudos. Nessa tese, o objetivo foi analisar o processo de construção e de gestão de marcas no âmbito da estratégia de internacionalização e inserção de empresas no mundo globalizado. Para a sua consecução, foi utilizada uma fundamentação teórica sobre os assuntos pertinentes aos temas estudados, e, posteriormente, conduziu-se uma pesquisa empírica, qualitativa e de caráter exploratório. Para a coleta de dados...

Marcas: a expansão simbólica da identidade: origem da metodologia projetual das marcas corporativas e revisão dos métodos de implantação dos sistemas de usos

Consolo, Maria Cecilia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.97%
A pesquisa está centrada no campo do design, mais precisamente no design de comunicação. O foco está nos sistemas de identidade e na expansão simbólicas das marcas corporativas. O uso de símbolos para a identidade de indivíduos e grupos é de origem remotíssima. A adoção de conjuntos de representações da realidade e de hábitos, por meio de uma síntese gráfica, está na base de todas as culturas. A primeira parte da pesquisa recupera as origens dos sistemas de identidade a partir do momento que, não mais um símbolo, mas, sim, um sistema é organizado para a Identificação de pessoas, propriedades e instituições. É traçado o percurso histórico, que desde a origem comprova como ainda são presentes em muitos sistemas contemporâneos de marcas. A tese apresenta um regaste da gramática heráldica medieval e relaciona, a metodologia de construção e concepção dos primeiros sistemas, com os métodos atuais para a construção e sistematização dos usos das marcas. A segunda etapa da pesquisa concentra-se na análise de marcas com grande penetração na economia e revela que ainda são mantidos alguns aspectos importantes, herdados desde a Idade Média. Alguns se perderam, e outros são importantes de ser recuperados para a defesa da tese proposta...

Processo de introdução de marcas próprias no varejo supermercadista brasileiro : um estudo de caso múltiplo

Veloso, Andres Rodriguez
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.95%
O crescimento das marcas próprias no varejo já é realidade há alguns anos no Brasil, como apontam os dados de mercado. Contudo, o potencial brasileiro ainda deve ser desenvolvido: enquanto a participação em volume das marcas próprias no país é de 5,6%, na Inglaterra este número chega a 40,8%. Isso propicia um campo fértil para a curiosidade acadêmica, na tentativa de se verificar qual o processo de introdução de marcas próprias dos varejistas nacionais. Como método de pesquisa mais adequado para o tema escolhido decidiu-se pelo método de estudo de caso. O estudo das redes de supermercado Carrefour, Sonae e Pão de Açúcar foram gerados a partir de uma análise de conteúdo dos dados coletados em entrevistas, troca de correios eletrônicos, palestras presenciadas pelo autor e material fornecido pelas empresas. Os casos receberam, posteriormente, uma análise conjunta. Como resultado, tem-se a construção de um modelo com as principais decisões e possibilidades estratégicas para empresas em processo de introdução de marcas próprias. O material levantado indica que as estratégias utilizadas pelas empresas estudadas convergem com as experiências estrangeiras. Essa tendência se confirma com a entrada do Grupo Pão de Açúcar no segmento de marcas próprias premium e pelas constantes iniciativas das empresas estudadas de diferenciar seus produtos em relação às marcas primeiro preço. Com isso...

A comunicação de marketing das marcas de luxo

Pereira, Samuel Alberto de Castro
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.97%
Dissertação de mestrado em Gestão; Num momento em que o mundo se depara com um severa crise económica à escala global, veem-se regularmente nos meios de comunicação notícias que dão conta do crescimento e desenvolvimento das marcas de luxo, contrariamente ao que seria de esperar tendo em conta os elevados preços dos seus produtos/serviços. Este facto aliado à escassez de trabalho científico na área em Portugal, torna o mundo das marcas de luxo um interessante objeto de estudo na atualidade. A presente investigação tem como objetivo estudar a Comunicação de Marketing das marcas de luxo de pronto-a-vestir e acessórios na atualidade e verificar opiniões/comportamentos do consumidor português acerca da mesma, verificando ainda de que forma alguns fatores sócio-demográficos exercem influência sobre algumas dessas opiniões e comportamentos. A metodologia do estudo passou pela recolha de opiniões através de inquéritos on-line (amostra de 203 indivíduos) e pela análise direta de websites e de outras ferramentas de comunicação de marketing utilizadas pelas marcas de luxo. A análise dos dados foi realizada com o auxílio de ferramentas específicas de análise estatística. As conclusões permitem ao leitor ter uma perceção geral sobre as políticas de comunicação de marketing das marcas de luxo...

O impacto da presença no Facebook para as marcas de grande consumo

Coelho, Joana Isabel Pereira Desport
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.03%
Dissertação de mestrado em Marketing e Gestão Estratégica; Um nome, um termo, um design, um símbolo ou outra característica que identifique o produto ou serviço de um vendedor do dos distintos vendedores. É deste modo que o constructo principal desta dissertação – a marca – é definido pela American Marketing Association (2007). Por sua vez, as marcas foram estudadas no âmbito da sua presença na rede social Facebook. O Facebook nasceu em fevereiro de 2004 na Universidade norte-americana de Harvard e só a partir de 2006 é que passou a estar disponível a todos aqueles que tenham 13 anos ou mais e um endereço de e-mail válido. Este estudo tem como objetivo perceber o impacto que a presença no Facebook tem para as marcas de grande consumo. Para atingir este propósito, foi desenvolvida uma análise quantitativa. Para recolha de dados foram desenvolvidos dois questionários, um para os consumidores e outro para as marcas. Grande parte das perguntas coincidia nos dois questionários, visto que o objetivo era perceber o ponto de vista dos consumidores e o das marcas em aspetos comuns. A amostra dos consumidores é constituída por 269 inquiridos e a das marcas por 42 marcas de grande consumo. Esta dissertação aborda questões...

Marcas de moda sustentável : critérios de sustentabilidade e ferramentas de comunicação; Sustainable fashion brands : sustainability criteria and communication tools

Araújo, Mariana Bezerra Moraes de
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
Dissertação de mestrado em Design de Comunicação de Moda; O estudo sobre a comunicação nas marcas de moda sustentável com foco nos critérios de sustentabilidade e nas ferramentas de comunicação utilizadas por estas marcas foi o objeto de estudo desta dissertação. A temática da sustentabilidade está em destaque há alguns anos e passou a ser uma preocupação para a moda, que tem vindo a observar o surgimento de Marcas de Moda Sustentável e a incorporação deste conceito em marcas fortes no mercado. Paralelamente, também se observa o surgimento de um consumidor consciente que exige das marcas uma maior responsabilidade social e ambiental. Durante o estudo foram abordados assuntos como o conceito de sustentabilidade, a relação entre a sustentabilidade e a moda e a importância da comunicação para o sucesso das marcas de moda sustentável. A fim de recolher a base para este estudo, desenvolveramse duas grelhas de análise: a grelha de critérios de avaliação da sustentabilidade e a grelha de ferramentas/meios de comunicação. A primeira avaliou o grau de sustentabilidade das 29 marcas observadas neste estudo o seu nível de sustentabilidade, também foi possível verificar que essas marcas têm alguns problemas na comunicação do conceito de sustentabilidade...

Segmentação do consumidor de marcas próprias: caso português

Martins, Ariana Esteves da Cruz
Fonte: Escola Superior de Comunicação Social Publicador: Escola Superior de Comunicação Social
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Comunicação Social para obtenção de grau de mestre em Publicidade e Marketing.; Esta investigação teve como objectivo principal segmentar o consumidor português de marcas próprias com base nas características sociodemográficas, nos factores perceptuais e comportamentais relativos às marcas próprias. Os factores analisados consistiram nas percepções e na experiência em relação às marcas de distribuição, o seu impacto social e o entendimento da relação entre a qualidade e o preço. Em termos dos comportamentos de compra, este estudo focou-se na frequência e local de compra, e nas categorias de marcas próprias compradas. No geral, constatou-se que os consumidores analisados são compradores frequentes de marcas próprias e têm percepções positivas relativamente às mesmas. Verificou-se também que existem categorias de produto em que os consumidores costumam comprar marcas próprias e outras em que ainda existem alguns travões à sua compra. Relativamente à segmentação propriamente dita, foram encontrados seis segmentos de consumidores: os Preocupados, os Despreocupados, os Inteligentes, os Comodistas, os Jovens Compradores e os Anti-Marcas Próprias. Os Preocupados têm rendimentos médios baixos...

A Gestão das Marcas: O caso das marcas

Nevado, Gonçalo Albuquerque Picaluga
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.99%
Mestrado em Marketing; No século XXI, a gestão das marcas tornou-se uma prioridade na gestão de topo de qualquer organização. A revisão de literatura efectuada demonstra que as marcas mais exploradas são, na sua maioria, as comerciais, parecendo estar as marcas políticas pouco representadas. No entanto, com o aparecimento das sociedades de grande consumo, os partidos políticos têm-se tornado mais orientados para o marketing. Uma vez que as marcas fazem parte do dia-a-dia do comportamento dos consumidores, é possível que os partidos políticos actuem e os eleitores façam escolhas similares à forma como os consumidores escolhem marcas comerciais. Esta dissertação pretende percepcionar os factores explicativos das marcas partidárias em Portugal através da aplicação de um modelo reconhecido. Procedeu-se à recolha de dados quantitativos através de uma amostra por conveniência. Os resultados obtidos, através de uma análise multivariada, mostraram que a qualidade percebida, a lealdade e a notoriedade e associações das marcas têm um reflexo positivo directo no capital da marca no panorama partidário em Portugal, salientando-se a lealdade como a variável com maior impacto no capital da marca política. Demonstrou-se...

Análise do mercado calçadista de marcas próprias sob a perspectiva do fabricante

Lima, Alessandra Cristófoli de
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.05%
O presente estudo tem como foco a indústria calçadista e a sua relação com a fabricação de produtos de marcas próprias do varejo. O objetivo central está em analisar os fatores motivadores e restritivos da indústria do calçado em fornecer marcas próprias aos varejistas. A fundamentação teórica está baseada no tema Marca, seus conceitos, características, a divisão para marcas de fabricantes e marcas próprias. Também é abordado o Mercado de Marcas Próprias, subdividido em contexto internacional e nacional e indústrias de marcas próprias no varejo calçadista. E, por fim, trata sobre as Estratégias de Marcas, conceitos, características, vantagens competitivas, influências do marketing nas estratégias e estratégias para fabricantes de marcas. Através do método de estudo de casos múltiplos, foram realizadas entrevistas em profundidade, aplicadas em seis empresas calçadistas, selecionadas por julgamento, localizadas na Região Sul do Brasil. O roteiro de entrevistas é no formato semiestruturado com perguntas abertas, promovendo assim um estudo qualitativo da pesquisa. Para análise dos dados, foi realizado um estudo de conteúdo das entrevistas e posterior comparação dos casos. Os resultados foram avaliados sobre quatro categorias principais...

Gestão de marcas em uma empresa mineira de laticínios

Peghini, Patrícia
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.03%
O objetivo deste estudo é analisar a gestão de marcas em uma grande empresa do setor de laticínios originária e atuante no estado de Minas Gerais. O impacto das estratégias de marcas no desempenho financeiro das empresas é destaque em estudos nacionais e internacionais que, ao evidenciarem a marca como um valioso ativo financeiro, também estimulam o desenvolvimento de estratégias mais efetivas para a atuação dos gestores. Contudo, poucas pesquisas tem se dedicado à investigação de como o processo de gestão de marcas é conduzido. Além disso, o aprimoramento na construção de marcas brasileiras foi apontado como uma necessidade urgente para o país. Existe, pois, uma lacuna teórica relacionada à gestão de marcas nas indústrias, com poucos trabalhos acadêmicos publicados no Brasil. Assim, para o desenvolvimento deste estudo, inicialmente foram verificados na literatura os temas que deveriam ser abordados na gestão de marcas. Após identificados, esses temas foram agrupados em categorias, adaptadas de Tavares (2009): organização para a marca; portfólio de marca; construção da marca; avaliação e melhoria da marca. Os dados provenientes de entrevista, publicações institucionais e outros documentos foram submetidos à técnica de análise de conteúdo...

Ligações afetivas com as marcas: análise dos relacionamentos dos consumidores com os festivais de verão em Portugal; Affctionate links with brands: analysis of consumer relationships with the summer festivals in Portugal

Guimarães, Filipa Santos
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
37%
Dissertação de mestrado em Marketing e Estratégia; A presente dissertação tem como tema principal o conceito de “Amor pelas Marcas”: um tipo de relacionamento profundo e duradouro estabelecido entre consumidores e marcas, que inclui sentimentos de avaliação, emoções positivas e declarações de amor face à marca e que resulta em consequências benéficas e lucrativas para as organizações. Tendo em conta a crescente importância dos serviços nas economias dos países desenvolvidos e as características específicas deste tipo de mercados - com estratégias de marketing distintas dos produtos tangíveis, esta dissertação definiu como objeto de estudo os Festivais de Verão em Portugal. Atendendo ao crescente boom na indústria deste tipo de eventos e à temática central do estudo, o problema de pesquisa que se pretendeu ver resolvido foi: “Quais os antecedentes e consequências do Amor pelas Marcas de serviços, no caso dos Festivais de Verão?”. Desta forma, foi elaborada uma análise quantitativa, com base num questionário aplicado online, que obteve 349 respostas válidas. Apesar das implicações do estudo, nomeadamente a escassez de informação sobre o “Amor pelas Marcas” no caso dos serviços ou a impossibilidade de generalização dos resultados obtidos...

Análisis de las estrategias de mercadeo de las experiencias de las marcas Nike, Adidas y Diesel en las redes sociales Facebook y Twiter

Fonte: Universidad Autónoma de Occidente; Comunicación Publicitaria Publicador: Universidad Autónoma de Occidente; Comunicación Publicitaria
Tipo: Bachelor Thesis; Pasantía Formato: PDF
SPA
Relevância na Pesquisa
37.01%
Esta investigación consistió en caracterizar las variables del mercadeo de la experiencia en los puntos de venta en los centros comerciales Unicentro y Chipichape de la ciudad de Santiago de Cali; el proceso llevado a cabo durante la realización de este estudio comprendió tres etapas, La primera etapa tuvo como fin identificar en su totalidad las marcas que cumplían con los criterios establecidos para la investigación (generación de experiencias de marca en el punto de venta), en la etapa dos se hizo necesario un acercamiento más profundo por lo cual se acudió a un minucioso estudio de documentación de fuentes tanto primarias como secundarias con el objetivo de recopilar información relevante sobre las marcas escogidas (11 marcas), En la etapa tres la teoría y el trabajo de campo sirvieron para retomar las once marcas elegidas en la segunda fase y analizar las estrategias de mercadeo de la experiencia implementadas por dichas marcas. Al conocer el proyecto y sus resultados parciales, resultó muy interesante seguir con el mismo lineamiento de investigación pero esta vez ya la investigación no se enfocaría en los centros comerciales (puntos de ventas) si no en la redes sociales y más específicamente en las dos que cuentan con el mayor número de usuarios: Facebook y Twitter...

La crítica a las marcas en el período 1991-2010 [recurso electrónico] : una investigación documental / Samuel David Cepeda Palacio

Cepeda Palacio, Samuel David
Fonte: Universidad EAFIT; Maestría en Ciencias de la Administración; Escuela de Administración. Departamento de Organización y Gerencia Publicador: Universidad EAFIT; Maestría en Ciencias de la Administración; Escuela de Administración. Departamento de Organización y Gerencia
Tipo: masterThesis; Tesis de Maestría; acceptedVersion
SPA
Relevância na Pesquisa
36.97%
1 CD-ROM (217 p.); ... La crítica a las marcas se muestra como eje longitudinal que acompaña el desarrollo del presente informe, en el que lo implícito en dichos textos, es decir, la lógica común de tales escritos y las formas de abordar tal crítica, se convierte en inquietudes constantes que procuraron ser desarrolladas a lo largo de este escrito, y de dichas inquietudes surge el problema de investigación, expresado como: la falta de evidencia de una lógica común implícita en la literatura de la crítica a las marcas, que permita develar el conocimiento generado por dichos textos en el período 1991 – 2010. Para el desarrollo de la investigación se plantean, a lo largo del texto, una serie de capítulos que pretenden fundamentar la forma en que este desarrollo es comprendido y desarrollado. Para ello se divide el informe en seis apartados que describen el proceso; estos corresponden a una primera unidad que contiene la descripción problema junto con los aspectos formales de la investigación; una segunda con los referentes teóricos centrados en los conceptos de marca y crítica; una tercera con la memoria metodológica que describe la construcción de la investigación, y tres capítulos más que obedecen a los diferentes resultados que emergen del proceso mismo...

Evaluación de categorias para introducción de productos de marcas propias en cadena de supermercados mayorista

Barrientos Lalanne, Diego Andrés
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
36.97%
No autorizada por el autor para ser publicada en texto completo en Portal de Tesis Electrónicas de la U. de Chile.; Ingeniero Civil Industrial; En distintos países del mundo, las cadenas de retail han desarrollado programas de marcas propias con la finalidad de entregar a sus clientes productos similares a las marcas tradicionales, pero generalmente a un costo menor. Existen diversos estudios que analizan las condiciones de mercado que favorecen la adopción de marcas propias y el efecto sobre la demanda, por ejemplo. Sin embargo, en la literatura no existe una metodología clara sobre cómo elegir categorías para introducir estos productos. El presente trabajo de título tiene como objetivo definir criterios para evaluar y seleccionar categorías de un supermercado mayorista para introducir marcas propias. Estos criterios tienen que ver con la forma de operar distintos indicadores y la definición de reglas para seleccionar las mejores categorías. La metodología contempla la evaluación de 73 categorías que concentran el 84% de las ventas del supermercado. En primer lugar se identifican los criterios actuales de introducción en distintos supermercados, para analizar oportunidades en la materia. Luego, se diseñan y calculan 9 indicadores transaccionales en base a factores que explican la expansión de marcas propias en una categoría. A continuación...

Plan de negocio para desarrollar una empresa comercializadora de marcas propias en Chile

Fernández Acevedo, Douglas Eugenio
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
37%
El presente trabajo, tiene como objeto la realización de un plan de negocios para la comercialización e incorporación de marcas propias en una cadena de retailers de supermercados y una cadena de farmacias, además de explorar un nuevo nicho de mercado marcas propias para hoteles o clínicas . El origen de este proyecto surge de las oportunidades existentes en el mercado del retail (supermercados y farmacias) por contar con marcas propias o blancas, lo que hace atractiva la creación de una empresa focalizada a este rubro. Para iniciar con este proyecto se incorporará en este mercado productos como las pastas dentales. Este mercado está dominado por 3 actores, quienes manejan el 90% del mercado y que traen sus productos desde el exterior y no tienen interés de desarrollar marcas propias para los principales retailers del país, lo que va en contra de las necesidades y requerimientos de ese sector, de hecho la cadena CENCOSUD, quiere tener en sus góndolas sólo 5 marcas por líneas de productos y contar con al menos una marca propia, lo que se traduce en una oportunidad clara de negocio. Para desarrollar este estudio, se parte realizando una revisión del mercado de las marcas propias en Chile como en el mundo...

Percepción y valorización de marcas : un enfoque aplicado

Olivos Avendaño, Rodrigo Antonio.; Zuleta Callejas, Cristián Andrés.
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
37.02%
Seminario para optar al grado de Ingeniero Comercial, Mención Administración; Nuestro trabajo de investigación consiste en analizar varios aspectos en relación a las marcas. De esta manera se creó un nuevo sistema para valorizar las marcas, el cual consiste en la construcción de un índice bursátil, ISM (Índice de Súper Marcas), donde se da a conocer las marcas chilenas más fuertes, seleccionadas bajo ciertos criterios, que tranzan en la Bolsa de Comercio de Santiago. Dicho indicador se elaboró de acuerdo a la metodología del IPSA (Índice de Precios Selectivo de Acciones) para luego ser comparados durante el periodo comprendido entre el año 1997 y el año 2004. Dado lo anterior, se pudo apreciar que ambos indicadores tuvieron una tendencia similar solo hasta el segundo semestre del año 2002, a partir de este momento las marcas comienzan a tener una relevancia significativa, ya que el ISM presenta rendimientos crecientes mayores al IPSA. Posteriormente se realizó una investigación de mercado, cuya fuente de información primaria fue una encuesta, donde se buscaba conocer las percepciones y comportamientos de los consumidores hacia las marcas y sus implicancias. Se concluyó que en general a las personas si les importan las marcas que consumen y afirman estar de acuerdo que las marcas dicen mucho sobre sus personalidades. También se concluyó que los consumidores están dispuestos a pagar un precio mayor por una marca que les asegure una calidad superior y que la mayoría de los chilenos son poco leales a las marcas siendo el precio el factor decisivo en la elección de ellas. A modo de efectuar un estudio de una industria más acotada...

Un análisis de los antecedentes de confianza y la lealtad hacia las marcas de la industria automotriz en Chile

Aguayo Díaz, Diego Tomás; Arriagada Veyl, Rodrigo; Possell Galli, Cristobál Javier
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
36.97%
Seminario para optar al grado de Ingeniero Comercial, Mención Administración; El presente estudio, intenta analizar los determinantes de la lealtad de marca y la confianza hacia ésta en la industria automotriz, comprobando mediante un modelo causal las relaciones entre las principales variables que anteceden a la confianza y a la lealtad de los consumidores hacia una marca de automóviles. Como primer paso para la consecución de este estudio, se recopilaron datos sobre la industria automotriz en Chile, con la finalidad de definir tendencias, tasas de crecimiento en ventas, modelos más vendidos, relaciones con variables económicas, entre otros. Se encontraron resultados interesantes, en términos de la alta correlación entre la industria automotriz y las variables económicas, lo que significa que las variables del mercado afectan con mayor rapidez al rubro en cuestión, ya que es influenciado potentemente con las fuerzas foráneas altamente competitivas. Luego, mediante la construcción de una encuesta y su posterior testeo, se inició el proceso de muestreo haciendo un cuoteo (con una segmentación previa), por grupo socioeconómico. El total de encuestados ascendió a 301, donde un 41% pertenece al segmento ABC1, un 33% al segmento C2 y un 26% al segmento C3. El planteamiento de las hipótesis se realizó mediante un marco teórico de respaldo...

Determinantes de la compra de marcas privadas

Hidalgo,Pedro; Manssur,Enrique; Olavarrieta,Sergio; Farías,Pablo
Fonte: Instituto de Investigaciones Universidad del Zulia (LUZ) Publicador: Instituto de Investigaciones Universidad del Zulia (LUZ)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 ES
Relevância na Pesquisa
36.97%
Dada la alta penetración de las marcas privadas en Europa, uno esperaría encontrar un similar éxito en América Latina. Sin embargo, éste no es el caso. Un perfil detallado de los compradores de marcas privadas puede ayudar a los detallistas a mejorar la posición de sus marcas privadas en el mercado y ofrecer explicaciones del porque las marcas privadas no han sido exitosas en América Latina. El principal objetivo de este artículo es examinar cómo once variables psicográficas de los compradores determinan la compra de marcas privadas. Usando análisis discriminante, fue evaluada la importancia relativa de cada variable psicográfica para explicar la compra de marcas privadas. Los resultados muestran que la conciencia por el precio, el riesgo social percibido en las marcas privadas y la presión por el tiempo son las variables que mejor determinan la compra o no compra de marcas privadas.