Página 1 dos resultados de 27 itens digitais encontrados em 0.014 segundos

Genetic imbalances and numerical chromosomal alterations in glioblastomas as assessed by single-nucleotide polymorphism (SNP)-arrays and their impact on gene expression

Crespo, Ana Inês Rebelo
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
15.98%
Glioblastoma multiforme (GBM) is by far the most common malignant subtype of glial tumors. Despite implementation of intensive therapeutic strategies and supportive care, the disease invariably leads to death over a short period of time after diagnosis. Despite the inter- and intratumoral heterogeneity of these tumors at the histopathological, genomic and transcriptional levels, at present it is still not possible to identify already at diagnosis, which patients will benefit from different treatment strategies. In turn, the pathogenesis of glioblastoma is still far from being completely understood. Overall, GBM is considered to be a multifactorial disorder, which arises from complex interactions between a variety of genetic and epigenetic alterations, environmental exposure and genetic susceptibility. Accumulative DNA damage responsible for tumor transformation is believed to be due to a multistep process that involves functional inactivation of tumor suppressor genes and DNA repair genes, and/or activation of oncogenes. Multiple studies aimed at identifying genetic alterations in GBM which are involved in tumor development and progression, have been reported in the past. Commonly observed genetic alterations include amplification and/or mutation of the epidermal growth factor receptor (EGFR)...

Diversidade genética de enterobactérias endofíticas de diferentes hospedeiros e colonização de Catharantus roseus por endófitos expressando o gene gfp.; Genetic diversity of endophytic enterobacteria from different hosts and colonization of Catharantus roseus by endophytes expressing gfp gene.

Torres, Adalgisa Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/05/2005 PT
Relevância na Pesquisa
35.96%
Bactérias endofíticas são aquelas que habitam o interior de tecidos vegetais, sem causar dano aparente aos mesmos, além de desempenhar funções importantes no processo de adaptação das plantas. Especial interesse tem sido dado a tais bactérias devido ao seu potencial no controle biológico. Por isso, é muito importante estudar a diversidade genética de endófitos, além de avaliar o impacto da introdução de endófitos geneticamente modificados no ambiente. Estudos vêm sendo feitos nesse sentido, mas não com bactérias endofíticas da família Enterobacteriaceae. Desta forma, o presente trabalho teve como objetivos estudar a diversidade genética de bactérias endofíticas da família Enterobacteriaceae isoladas de plantas de cacau, cana-de-açúcar, citros, eucalipto e soja, utilizando diferentes técnicas moleculares. Análises por ARDRA e seqüenciamento do rDNA 16S identificaram 20 haplótipos e revelaram que os isolados pertenceram aos gêneros Enterobacter, Erwinia e Pantoea, sendo este último o mais freqüente. Tais estudos revelaram ainda que a diversidade dos isolados variou de acordo com a planta hospedeira. A técnica de BOX-PCR foi também utilizada para avaliar a diversidade dos isolados. Um total de 23 diferentes OTUs (operational taxonimic units) obtidas indicaram que o total de isolados avaliados compreenderam pelo menos 23 espécies diferentes. Dois isolados foram transformados com pPAgfp...

Evolução cromossômica de espécies de Crotalaria (L.) da seção Hedriocarpae, subseção Macrostachyae (Leguminosae-Papilionoideae); Karyotype evolution of Crotalaria (L.) species of the Hedriocarpae section, Macrostachyae subsection (Leguminosae-Papilionoideae)

Morales, Andressa Gois
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
35.98%
O gênero Crotalaria possui aproximadamente 600 espécies descritas, localizadas principalmente nas regiões tropicais e subtropicais. Estas espécies estão classificadas em oito seções e nove subseções botânicas definidas principalmente com base em caracteres florais. Estas seções botânicas podem ser subdivididas em dois grupos principais: um de espécies com flores especializadas e outro de espécies sem especialização das flores. Estudos citogenéticos anteriores mostraram que as características cromossômicas são conservadas dentro de uma mesma seção ou subseção botânica e foi proposto que as espécies com especialização das flores teriam uma organização cromossômica diferente das espécies sem especialização das flores. Dentro deste contexto, foram descritos os cariótipos e a organização do genoma de três espécies e duas sinonímias, da seção Hedriocarpae, subseção Macrostachyae, com a utilização de coloração convencional dos cromossomos pelo método de Feulgen, de coloração com fluorocromos específicos às regiões cromossômicas ricas em GC ou AT e mapeamento físico por hibridação molecular in situ fluorescente (FISH) dos locos de DNA ribossômicos 45S e 5S. A obtenção de marcadores cromossômicos característicos para esta subseção e a construção de mapas citogenéticos possibilitaram a identificação de uma inversão pericêntrica...

Caracterização citogenética molecular de cromossomos marcadores extranumerários; Molecular Cytogenetic Characterization of Supernumerary Marker Chromosomes

Laus, Ana Carolina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/05/2008 PT
Relevância na Pesquisa
26.22%
Rearranjos cromossômicos envolvendo a presença de cromossomos marcadores extranumerário são achados citogenéticos freqüentes em pacientes que apresentam deficiência mental, alterações de crescimento, dismorfias e/ou malformações. A presença desse material é responsável por trissomia ou tetrassomia parcial de determinadas regiões cromossômicas, causando quadros clínicos distintos e inespecíficos. A variabilidade fenotípica está relacionada principalmente com os diferentes graus de mosaicismo, os genes presentes na região adicional, o cromossomo de origem, entre outros fatores. Sendo assim, a caracterização desse material cromossômico é de importância fundamental para a determinação do prognóstico e do aconselhamento genético dos pacientes e suas famílias. O presente estudo teve como objetivo a análise de cromossomos marcadores extranumerários por meio de técnicas de citogenética convencional e molecular. Foram selecionados onze pacientes que são acompanhados pelo o Serviço de Genética Médica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto USP, todos com diagnóstico citogenético convencional por bandeamentos GTG de cromossomo marcador extranumerário. Para determinação da origem e caracterização dos cromossomos marcadores foram aplicadas as técnicas de Cariótipo Espectral (SKY) e de Hibridação in situ Fluorescente (FISH). Em dez pacientes foi possível determinar a origem e composição dos marcadores. Dois pacientes apresentam cromossomos marcadores identificados como duplicações invertidas do cromossomo 15...

Estudo da cinética e dos mecanismos de fototransformação do corante Acridina Laranja na sua interação com sistemas micro-organizados sob a ação da luz visível; Study of Kinetics and Mechanisms of Acridine Orange phototransformation at its interaction with micro-organized systems under the action of visible light

Silva, Érika Ribeiro e
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
26.01%
O Acridina Laranja é um corante catiônico da família de Acridinas. Além de ser utilizado como um agente fototóxico contra bactérias e parasitas, devido a sua alta afinidade por estruturas biológicas, ele pode ser usado como um marcador fluorescente de compartimentos biológicos. Esta sua propriedade é também útil para o desenvolvimento de novos elementos micro e nanoeletrônicos. Ao ser irradiado, o corante pode sofrer fototransformação, causando uma série de transtornos, devido à perda da atividade ou o aumento de sua toxicidade, por exemplo. Por outro lado, a interação com estruturas nanoorganizadas pode alterar os mecanismos e as velocidades das fotoreações do fotossensibilizador. Isto torna importante o estudo da fototransformação do Acridina Laranja na sua interação com estruturas biológicas ou seus modelos. Neste trabalho foi realizado um estudo da dinâmica de fototransformação do corante Acridina Laranja na sua interação com DNA e micelas de SDS sob a ação da luz visível. O objetivo principal do trabalho foi avaliar o processo de fototransformação do Acridina Laranja na sua interação com sistemas micro/nanoorganizados de grande interesse biológico e médico, tendo em vista a sua possível aplicação prática. Para este estudo...

Expressão gênica de proteínas de choque térmico como marcador molecular de termotolerância em vacas Nelore; Gene expression of heat shock proteins as molecular marker of thermotolerance in Nellore cows

Hooper, Henrique Barbosa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
46.2%
Objetivou-se com este estudo compreender as dinâmicas das temperaturas corporais em fêmeas da raça Nelore, e relacionar os aspectos fisiológicos da termorregulação com as respostas celulares pela expressão de proteínas de choque térmico. O projeto foi desenvolvido no Laboratório de Biometeorologia e Etologia, da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da Universidade de São Paulo, Pirassununga-SP. Foram utilizadas 20 vacas Nelore pluríparas, cíclicas, mantidas em sistema de pastejo. O período experimental precedeu a estação de monta de 2013 e terminou na inseminação artificial. Para classificar os animais quanto ao gerenciamento de calor foi monitorada a temperatura vaginal durante seis dias por meio de 16 data loggers (n=16). Com o intuito de melhor compreender o gerenciamento de calor, outras respostas fisiológicas, nomeadamente temperatura retal, caudal, ocular, frequência respiratória e taxa de sudação foram colhidas durante os quatro dias finais do monitoramento da temperatura vaginal. Para expressão gênica relativa colheram-se amostras de sangue (n=20). Foram realizados choques térmicos in vitro a 38ºC, 40ºC e 42ºC por duas horas. Após tratamento térmico obteve-se o pellet de leucócitos para posterior extração do RNA pelo método TRIzol. Foram escolhidas 10 vacas com os melhores resultados de concentração de RNA...

Estudos dos efeitos de carga e da hidrofobicidade na interação de peptídeos antimicrobianos e membranas modelo

Costa, Laiana Cristina da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 60 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
26%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Biofísica Molecular - IBILCE; Mastoparanos são uma família de peptídeos líticos, extraídos do saco de veneno de vespas sociais, que apresentam moderada a intensa atividade antimicrobiana e alguns são hemolíticos e citotóxicos. Embora o mecanismo de ação destes peptídeos não seja bem compreendido ainda, aceita-se que envolva desestabilização da fase lipídica da membrana celular. Acredita-se que a carga líquida do peptídeo e sua hidrofobicidade média contribuam na modulação da atividade lítica e na seletividade. Nesta dissertação apresentamos um estudo de quatro peptídeos mastoparanos que possuem resíduos ácidos e básicos resultando em uma carga elétrica líquida variando de +1 a +4. Este estudo envolve a análise conformacional destes peptídeos em vesículas zwitteriônicas e aniônicas por dicroísmo circular. Suas atividades líticas foram avaliadas usando espectroscopia de fluorescência monitorando a recuperação da intensidade de fluorescência devido à liberação de marcador fluorescente encapsulado em vesículas. As constantes de partição destes peptídeos em vesículas zwitteriônicas foram também determinadas por espectroscopia de fluorescência usando um método de análise que é independente de modelo. Com o objetivo de entender a influência de resíduos ácidos e a carga líquida dos peptídeos e sua hidrofobicidade na interação peptídeo-lipídio...

Obten????o e caracteriza????o molecular de mosquitos Aedes fluviatilis transg??nicos para o bloqueio da mal??ria avi??ria

Rodrigues, Fl??via Guimar??es
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
25.91%
[...] Teve como objetivo estudar duas mol??culas antiparas??ticas (gomesina e fosfolipase A2 (PLA2m)) como candidatas ?? express??o em mosquitos. O pept??deo antimicrobiano gomesina da aranha Acanthoscurria gomesiana, foi capaz de inibir o desenvolvimento das formas sangu??neas das cepas W2 e 3D7-GFP de P. falciparum, com valores de IC50 de 75,8 e86,6 (...). Anteriormente, experimentos in vitro, mostraram que aenzima fosfolipase A2 (PLA2) isolada do veneno de abelha apresentou a????o inibit??ria sobre o desenvolvimento de P. falciparum e P. gallinaceum, mas apresentou efeitos delet??rios em mosquitos transg??nicos, quando na sua forma ativa. Neste trabalho, expressamos em bact??rias e purificamos uma forma mutante da prote??na (PLA2m). Na concentra????o de 0,1(...) a prote??na recombinante foi capaz de reduzir em at?? 79 por cento o n??mero de oocistosde P. gallinaceum em mosquitos Aedes fluviatilis, quando adicionada ao sangue de aves dom??sticas (Gallus gallus domesticus) infectadas. Para a gera????o de mosquitostransg??nicos utilizamos o promotor da prote??na 1 da matriz peritr??fica de An. gambiae (AgPer1) para dirigir a express??o do gene da PLA2m. A constru????o do gene h??brido(AgPer1/PLA2m) foi inserida no elemento de transposi????o piggyBac...

Unveiling the APP role in cell migration; Desvendando o papel da PPA na migração celular

Pinho, Ana Catarina Dinis de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
ENG
Relevância na Pesquisa
15.98%
A proteína precursora de amilóide de Alzheimer (PPA) é uma glicoproteína transmembranar com propriedades de adesão, descrita como reguladora positiva de migração celular. Embora ubíqua, a isoforma 695 da PPA está enriquecida no cérebro e pode funcionar na migração neuronal de novos neurónios que emergem de nichos neurogénicos existentes no cérebro adulto. No presente trabalho, objetivámos desvendar o papel da PPA e do seu fragmento secretado (sPPA) na migração celular, particularmente na migração de células do tipo neuronal, e os mecanismos moleculares subjacentes. Realizaram-se estudos de biologia celular em células SH-SY5Y humanas do tipo neuronal transfectadas com o cDNA de fusão PPA-GFP ou o vector EGFP, e sujeitas ao ensaio de ‘Scratch Wound Healing’ na presença ou ausência de sPPA. A eficiência de migração das células SH-SY5Y foi monitorizada a cada hora através de imagens de microscopia. O número de células migratórias recrutadas, e a distância e velocidade de migração da margem foram os parâmetros monitorizados nas células não transfectadas, para analisar o papel parácrino do sPPA. A coordenação, distância e velocidade de migração celular, e a distância migrada “fora-da-trajectória”...

Identification of the proteomes of C-Kit and SCA-1 expressing populations of mice cardiac stem cells

Gomes, Adriana Andreia Silva Pires
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 ENG
Relevância na Pesquisa
16.18%
Tese de mestrado, Bioquímica (Bioquímica Médica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2010; Heart failure and other heart diseases are the most important death causes in developed countries. When the heart fails, it heals by scar formation, which compromises its normal ability to pump sufficient blood to meet the metabolic demands of the body. As the heart was usually viewed as a post mitotic organ, the renewal of its tissue by endogenous cells was considered non-existent. However, recent studies in which small dividing cells with stem cell surface marker were found in the heart and identified as Cardiac Stem Cells (CSCs), changed this view and gave a new perspective in therapeutic approaches to heart related diseases. As CSCs are a recent discovery, it is essential to study and characterize these cells to better understand the way in which they regenerate the heart damaged tissue, the molecular factors involved in their mobilization and differentiation and the molecular factors produced by these cells. In the present work, the membrane and nucleus of CSCs expressing the stem cell markers Sca-1 and c-Kit were isolated using differential centrifugation, and the proteome of this nuclear and membrane fractions, along with a whole cell sample for the c-kit+ CSCs was analyzed by Peptide Mass Fingerprint...

Dissecting the pluripotent state of embryonic stem cells

Silva, Willianne Kaline Alves da, 1985-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 ENG
Relevância na Pesquisa
16.04%
Tese de mestrado. Biologia (Biologia Molecular e Genética). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2013; Embryonic Stem Cells(ESC) are undifferentiated cells derived from the blastocyst and are able to self-renew indefinitely in defined minimal conditions, in the presence of LIF, BMP4 and MEK/GSK3 inhibitors. Pluripotency is an ESC property regulated by a complex gene regulatory network (GRN) that have, at its core, the pluripotency genes Nanog, Oct4 and Sox2. While OCT4 and SOX2 are homogenously expressed in ESCs, NANOG expression fluctuates between states of high NANOG and low NANOG expression. In this way, NANOG is considered a master transcriptional regulator of self-renewal and pluripotency in ES cells, regulating the propensity of ESCs to differentiate. One question poorly understood is how this heterogeneity define a functional subpopulation. To address this question, one needs to be able to purify specific subpopulation of ESCs using cell surface markers. Starting with a mouse ESC line (Nd) containing a fluorescent Nanog:VNP reporter, we tested the ability of various surface markers to sort sub-populations of ESCs, in combination with Nanog:VNP, after culture in different cell culture media (GMEM/LIF, 2i/Lif and BMP4/LIF)...

Sources and routes of transmission of Q fever: detection, identification and molecular typing of Coxiella burnetti in domestic and wild animals

Cumbassá, Aminata, 1981-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 ENG
Relevância na Pesquisa
26%
Tese de mestrado. Biologia (Microbiologia Aplicada). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2013; Query fever (Q fever) is a worldwide zoonosis, affecting many animal species, including Men. This zoonotic disease is caused by Coxiella burnetii, an obligate intracellular, Gram-negative filter-passing (0.3 μm) bacterium. Ticks are considered the natural primary reservoir of Coxiella burnetii, responsible for the spread of the infection in wild and domestic animals. Domestic ruminants contaminate the environment by shedding Coxiella in milk, feces, urine, saliva, vaginal secretions, placenta and amniotic fluids, being the main source of human infection. In animals, C. burnetii can cause abortion, premature birth, dead or delivery of weak offspring. Detection of sources of infection and routes of transmission, are essential for the control of C. burnetii spread among animals and transmission from animals to humans. The aim of this work is the molecular detection and characterization of Coxiella burnetii in animal samples, to elucidate the population structure of this agent in Portugal, for surveillance and epidemiological purposes. A nested-touchdown PCR assay (Trans-PCR), targeting the repetitive transposon-like element of C. burnetii insertion sequence IS1111...

Shedding light on enveloped viruses entry and its inhibition using optical techniques

Matos, Pedro, 1985-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2013 ENG
Relevância na Pesquisa
16.07%
Tese de doutoramento, Ciências Biomédicas (Bioquímica Médica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina, 2013; Enveloped virus attachment and fusion into the host cells constitutes the first and crucial step for the life cycle of a virus and is mediated by the envelope glycoproteins. This Thesis aimed to clarify some important factors that influence this process and the mechanism of action at the molecular level of drugs that inhibit it. First, the mode of action of HIV-1 fusion inhibitor peptides at the membrane level was studied using fluorescence spectroscopy. Interaction of these peptides with human cell membranes was assessed by dipole potential sensitive probes. C34-cholesterol, one of the latest generation fusion inhibitors had the highest cell membrane affinity, followed by T-1249, enfuvirtide and sifuvirtide. Sifuvirtide however showed strong preference for rigid membrane domains, mimicked by dipalmitoylphosphatidylcholine (DPPC), while C34-cholesterol strongly partitioned to cholesterol and sphingomyelin-rich model membranes. The overall results establish a relationship between these drugs antiviral activity and their membranotropism towards raft-like membrane compositions, following the trend C34-cholesterol > T-1249 > enfuvirtide. The capacity of the peptides to concentrate on lipid rafts microdomains...

Deciphering the role of inflammation in the organotypic hippocampal slice model of epileptogenesis

Magalhães, Daniela Cristina Melo, 1990-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 ENG
Relevância na Pesquisa
16.11%
Tese de mestrado. Biologia (Biologia Molecular e Genética). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2015; A epilepsia é uma das mais prevalentes desordens neurológicas em todo o mundo, afetando 0.4-1% da população mundial. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde a epilepsia é responsável por 1% dos encargos com doenças. O termo epilepsia inclui várias desordens neurológicas genéticas e adquiridas que têm em comum a ocorrência periódica e imprevisível de convulsões, isto é, de episódios de atividade neuronal excessiva. Embora estejam disponíveis vários fármacos antiepilépticos, estes não são eficazes em 30% dos pacientes que continuam a sofrer progressão da doença. Torna-se então imperativo encontrar novas terapias que previnam o início e/ou progressão desta desordem. Tradicionalmente a epilepsia tem sido considerada unicamente como uma doença neuronal. No entanto, na última década, vários estudos realizados em modelos animais de epilepsia e em tecido cerebral humano de pacientes com esta desordem demonstraram a influência e a contribuição de processos inflamatórios nos mecanismos de geração e recorrência dos ataques epiléticos. A neuroinflamação pode ser vista como uma resposta imune que têm como objetivo enfrentar uma ameaça que esteja a ocorrer no cérebro. No entanto...

Análise da expressão do oncogene PML-RARalfa por PCR quantitativa em pacientes com leucemia aguda promielocítica

Vasconcellos, Jaíra Ferreira de
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
35.96%
O gene de fusão PML-RARα é o mais freqüente marcador molecular da Leucemia Aguda Promielocítica (LAP). Com o objetivo de comparar os métodos moleculares qualitativo e quantivo, avaliar os níveis de expressão do gene correlacionar com características biológicas foram de pacientes com LAP ao diagnostico e pós-consolidação. O RNA total foi extraído a partir de e o cDNA sintetizado por RT-PCR. O gene ABL foi utilizado como controle constitutivo e a análise quantitativa realizada por curva padrão. Ao diagnóstico houve concordância dos métodos na detecção do gene PML-RARα e o coeficiente normalizado de expressão foi 55,3. Após a consolidação do tratamento apenas um paciente apresentou a expressão do gene PML-RARα que foi detectado pela PCR quantitativa. Não foram encontradas diferenças significantes na análise de associação dos níveis de expressão do gene PML-RARα com carocteristicas biológicas. Os resultados permitiram estimar o nível de expressão do gene PML-RARα no grupo estudado e o estabelecimento de parâmetros para o seguimento de pacientes com LAP

Estudo da diversidade genética, por meio de marcadores moleculares de uma população de Coffea canephora var. Conilon

Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; PPBV - Programa de Pós-graduação em Biotecnologia Vegetal; UFLA; BRASIL Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; PPBV - Programa de Pós-graduação em Biotecnologia Vegetal; UFLA; BRASIL
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
35.96%
Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Vegetal, área de concentração em Biotecnologia Vegetal, para a obtenção do título de Mestre.; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)

Subtipos clínico-patológicos de carcinoma de mama e sua relação com a expressão da COX2 e da p53 = : Clinico-pathological subtypes of breast cancer related to COX2 and p53; Clinico-pathological subtypes of breast cancer related to COX2 and p53

Kátia Piton Serra
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
15.98%
Introdução: Na última década, doferentes subtipos moleculares de cancer de mama foram propostos. A classificação clinic-patológicas dos subtipos vem comprovando ser estratégica para predizer sobrevida e resposta ao tratamento. Modificação recente da classificação considera a avaliação semiquantitativa da expressão dos RP no curso clínico e resposta ao tratamento. Embora exista associação apreciável com o prognóstico e indicação de terapia citotóxica e endócrina, os subtipos parecem falhar em explicar completamente o comçortamento da doença e a resposta ao tratamento. Moléculas como as da família das cicloxigenases (COX), composta por três entidades (COX 1, 2 e 3) vem demonstrando associação com a carcinogênese mamária, e a análise da expressão da p53 nos tumores de mama pode também oferecer informações adicionais para determinação do prognóstico. Objetivos: Foi avaliada a associação entre os subtipos clinic-patológicos do cancer de mama com o prognóstico e fatores preditivos em uma relativamente grande casuística de pacientes Brasileiras com câncer de mama, que foram acompanhadas por cerca de quatro anos. Foram discutidas as vantagens e possíveis ressalvas relacionadas à nova classificação. Também foi mensurada a expressão da COX2 e da p53 em relação aos subtipos clínico-patológicos e avaliada se a expressão destas molécular poderia explicar a variabilidade no prognóstico ainda encontrada entre os subtipos clínico-patológicos do câncer de mama. Metodologia: Um total de 183 amostras de cancer de mama foram obtidas de mulheres tratadas no Hospital da Mulher da Universidade Estadual de Campinas...

Quality control of gene expression in the mammalian cell nucleus

Custódio, Noélia Maria Fernandes, 1971-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em //2008 ENG
Relevância na Pesquisa
26.14%
Tese de doutoramento em Ciências Biomédicas (Ciências Morfológicas) apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Medicina, 2008; Protein-encoding genes are transcribed in the nucleus by RNA polymerase II as precursor RNAs that undergo extensive processing before being translocated to the cytoplasm for translation by the ribosomes. This spatial and temporal separation between RNA and protein synthesis offers an immense opportunity for regulation and quality control.When this study was initiated it was known from biochemical studies that human ß-globin (HBB) transcripts with mutations that impaired splicing or 3' end formation were unable to be exported to the cytoplasm, a phenotype identical to that seen in ß-thalassemia patients harbouring similar mutations (Antoniou et al., 1998). This result was consistent with the retention in the nucleus of incorrectly processed transcripts. Based on this initial observation we hypothesised the existence of a quality control mechanism to retain the incorrectly processed transcripts in the nucleus and proposed to elucidate the mechanism responsible for the observed retention. The first goal of this work was to determine the intranuclear localisation of the retained transcripts. To address this we used as a model system murine erythroleukemia (MEL) cells stably transfected with either wild-type or processing mutant HBB genes. The experimental approach was based on the direct visualisation of both normal and defective HBB transcripts using fluorescence in situ hybridisation and confocal microscopy. Nuclear transcripts of both wild-type and mutant HBB genes were detected only as intranuclear foci co-localising with the template gene locus. To determine the kinetics of transcript release from the site of transcription the cells were treated with the transcriptional inhibitors actinomycin D...

La proteína verde fluorescente ilumina la biociencia

Pérez Millán,María Inés; Becú-Villalobos,Damasia
Fonte: Medicina (Buenos Aires) Publicador: Medicina (Buenos Aires)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 ES
Relevância na Pesquisa
26.25%
La proteína verde fluorescente (o GFP, por sus siglas en inglés, Green Fluorescent Protein) es una proteína producida por la medusa Aequorea victoria que emite bioluminiscencia en la zona verde del espectro visible. El gen que codifica esta proteína ha sido clonado y se utiliza habitualmente en biología molecular como marcador. Los descubrimientos relacionados a la GFP merecieron el Premio Nobel de Química 2008, en conjunto a los tres investigadores, Dres Shimomura, Chalfie y Tsien que participaron escalonadamente en dilucidar la estructura y función de la proteína. El Dr. Shimomura descubrió y estudió las propiedades de GFP, el Dr. Chalfie usando técnicas de biología molecular logró introducir el gen que codificaba para la GFP en el ADN del gusano transparente C. elegans, e inició la era de GFP como marcador de procesos en células y organismos. Finalmente el Dr. Tsien modificó la estructura de la proteína para producir moléculas que emiten luz a distintas longitudes de onda, extendiendo la paleta de colores de las proteínas. Las proteínas fluorescentes, entre las cuales se encuentra la GFP, son muy versátiles y se utilizan en diversos campos como la microbiología, ingeniería genética, fisiología, e ingeniería ambiental. Permiten ver procesos previamente invisibles...

Radicales libres y citotoxicidad del etanol en los leucocitos humanos de sangre venosa periférica

Colomé Pavón,J.A.; Jordá Tormo,J.; Fernández Requeijo,G.; Segoviano Mateo,R.; Díaz Fernández,A. J.; Espinós Pérez,D.
Fonte: Anales de Medicina Interna Publicador: Anales de Medicina Interna
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/08/2003 SPA
Relevância na Pesquisa
16.07%
Introducción: La ingesta de alcohol desencadena stress oxidativo generador de radicales libres de oxígeno y de etanol que, por su capacidad reactiva molecular, juegan un importante papel en la producción de las lesiones que aparecen en el hígado y en otros órganos y tejidos. Hemos realizado un estudio "in vitro" analizando el estado oxidativo en reposo y la explosión respiratoria desencadenada por Etanol, a concentraciones finales de 50 y 25 mM y por la fagocitosis de un concentrado de bacterias (E.coli) previamente opsonizadas, en los leucocitos humanos de sangre periférica de seis donantes sanos. Método: Como marcador oxidativo hemos utilizado la 1.2.3. dihidrorodamina,(no fluorescente) cuya oxidación la transforma en rodamina que es fluorescente y se examina cuantitativamente por Citometría de flujo. Resultados: El stress oxidativo máximo se alcanza con las bacterias en las células fagocíticas (monocitos 50% y granulocitos 90%) con diferencia significativa con respecto al grupo control. Con Etanol 50 mM se comprueba stress oxidativo con diferencia estadísticamente significativa en los tres tipos de células (linfocitos 9,19%, monocitos 32% y granulocitos 36%). A concentración 25 mM, aunque aumenta el estado oxidativo...