Página 1 dos resultados de 12360 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

O valor da marca Crédito Agrícola na região de Bragança e Alto Douro

Pires, Daniela Cláudia Parreira
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.93%
O valor da marca tem atualmente destaque fundamental na gestão das empresas fazendo parte de um dos seus ativos principais, assim como um papel de relevo para os marketers na análise do comportamento dos consumidores. Deste modo, o presente trabalho tem como objetivo analisar o valor da marca do Crédito Agrícola na Caixa da Região de Bragança e Alto Douro na mente do consumidor. Pretende-se assim, compreender o valor que os clientes atribuem a esta marca considerando os fatores explicativos do valor da marca: a qualidade percebida, a notoriedade, a lealdade, as associações à marca e à avaliação global da marca, tendo para o efeito sido aplicado o modelo concetual de Aaker (1991). Seguindo esta linha de raciocínio este estudo foi realizado, através da aplicação de um inquérito por questionário aos clientes pertencentes a esta caixa distribuídos pelos 20 balcões que a constituem. A amostra encontrada para aferir sobre a população foi de 250 clientes selecionados proporcionalmente de acordo com o número de clientes por balcão. De referir que para tal se assumiu um erro de precisão de 6% e um nível de significância de 5%. Procurou-se obter a perceção e a importância atribuída ao valor da marca permitindo com os principais resultados concluir que os clientes manifestaram uma atitude positiva em relação ao valor total da marca Crédito Agrícola. Da investigação desenvolvida é possível concluir que o fator que mais influencia o valor da marca é a lealdade...

Brand equity : um estudo sobre a marca Apple

Palaio, Rui Eduardo Avelar
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.9%
A marca tem, nos dias de hoje, uma importância fundamental na gestão das empresas constituindo um dos seus principais activos. Saber gerir o brand equity de uma marca é fundamental para a comunidade que se empenha no estudo do comportamento dos consumidores, bem como para os gestores de activos das empresas. Neste contexto, o presente estudo pretende identificar e avaliar os factores explicativos do brand equity da uma marca considerada uma lovebrand de sucesso, aplicando o modelo conceptual de David Aaker, de forma a investigar a relação do brand equity com as suas dimensões, lealdade à marca, qualidade percebida, notoriedade da marca e associações da marca. Para o efeito o investigador procurou estudar o brand equity da marca Apple, tendo em conta as suas dimensões, e avaliando como o brand equity se reflecte em intenção de compra. Para este efeito, as variáveis relacionadas com a atitude face a produtos de marca e a atitude face ao dinheiro por parte dos consumidores foram também analisadas no presente estudo. Para testar a importância das dimensões do modelo optou-se por uma metodologia quantitativa, tendo sido desenvolvido um questionário via online. Os resultados obtidos revelaram que o brand equity da marca Apple está suportado pela lealdade à marca...

O amor à marca e seus determinantes : um estudo comparativo entre marcas Apple e Samsung

Clemente, Carolina
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.9%
O Amor à Marca é o objeto central de estudo da presente dissertação. Pretende-se compreender este fenómeno através de um estudo de cunho quantitativo, com o uso de inquéritos, e comparativo entre as marcas Apple e Samsung. Os dados foram recolhidos com a aplicação de um questionário a 405 pessoas, sendo este estruturado numa plataforma digital. O público alvo compreendia inquiridos com mais de 18 anos, de ambos os sexos, e de nacionalidades portuguesa e brasileira. O estudo da temática justifica-se pela necessidade de uma compreensão mais profunda que o mesmo permite obter sobre consumidores satisfeitos e suas diferentes formas de agir e sentir perante a marca. O Amor à Marca poderá ser, igualmente, um forte aliado das empresas na construção de relacionamentos fortes, duradouros e rentáveis, dada a postura pró-ativa do consumidor que ama a marca. Para a empresa, poderá conduzir a uma forma mais eficiente de comunicação gratuita e a uma propaganda positiva por parte do próprio cliente. Foram constatadas diferenças nos modelos finais de antecedentes e consequências do Amor à Marca da Apple relativamente à sua concorrente Samsung. Os antecedentes comprovados pelo estudo empírico compreenderam a Atitude Face ao Dinheiro ...

A relação com a marca no mercado infantil : um estudo com crianças do ensino básico

Rocha, Diana Luisa Marques
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.95%
Tendo presente a noção do potencial que tem uma marca com clientes leais, cujos consumidores fazem parte dela e a representam no seu dia-a-dia, este estudo procura compreender as relações das pessoas com as marcas e o seu impacto na lealdade do mercado infantil. Torna-se assim relevante explorar os antecedentes da lealdade à marca, perceber o porquê de certos produtos terem sido capazes de manter a sua quota de mercado alcançando uma excecional longevidade. Propõe-se estudar os antecedentes da relação com a marca tendo em conta os aspetos intrínsecos desta mas também a felicidade e a atitude face ao dinheiro, sobretudo num contexto de crise. Focado na longevidade do produto e nos fatores que a influenciam: personalidade, confiança e notoriedade da marca, estes vão ainda contribuir para a relação com a marca, a memória autobiográfica e os hábitos de consumo com impacto na lealdade da marca. Desta forma, foram recolhidos cerca de 280 questionários respondidos por crianças com idades compreendidas entre os 10 e os 12 anos de idade. Com base na revisão da literatura foi definido o modelo conceptual e as hipóteses de estudo. Utilizou-se para o teste de hipóteses a regressão linear múltipla. Conclui-se assim que é mais fácil estabelecer uma relação com uma marca quando esta tem uma Personalidade...

Identidade de marca-país: comunicação da marca Brasil nos Estados Unidos da América; Country Brand Identity: Communication of the Brazil Brand in the United States of America

Mariutti, Fabiana Gondim
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.94%
O mercado de turismo está em plena expansão no mundo globalizado, diversificado mercadologicamente e competitivo internacionalmente, com um crescimento acelerado previsto para esta nova década. A consideração da marca-país, como sendo a percepção da imagem e as associações da marca de uma nação - vista pelos estrangeiros, é um aspecto frequentemente presente, seja no panorama econômico, político, social, acadêmico, na moda, no esporte, no cinema e, finalmente no turismo. Neste contexto multidimensional, o Brasil necessita de estudos sobre seu próprio conceito de país de origem e, principalmente, o fortalecimento de sua identidade de marca. Com a revisão da literatura obtida, verifica-se que há poucos trabalhos sobre a Marca Brasil, focados no incentivo aos negócios e, principalmente, para o turismo em um país alvo. Sendo assim, o objetivo geral deste estudo foi analisar a identidade da Marca Brasil com base na convergência entre as estratégias de comunicação definidas para a Marca Brasil pela Embratur no setor de turismo com as efetivamente utilizadas pelas agências de turismo nos Estados Unidos da América; país escolhido por estar em segundo lugar nos gastos com turismo no mundo e como segundo maior emissor de turistas ao Brasil nos últimos sete anos...

Extensões de marca: um estudo de caso; Brand extensions: a case study

Turatti, Luiz Fernando Andreotti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/10/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.9%
Este trabalho aborda diversos aspectos da extensão de marcas. A construção de marcas fortes tem sido uma alternativa para criar diferenciação e vantagem competitiva. O sucesso em um determinado mercado costuma ser decorrente de fatores que vão além do próprio produto; a percepção do consumidor sobre uma marca é formada por um complexo conjunto de associações onde coexistem aspectos racionais, funcionais e objetivos, bem como elementos emocionais, subjetivos e abstratos. A marca representa um código, um resumo de todas estas associações e percepções, e o posicionamento psicológico da marca influencia a decisão de compra dentro de uma categoria. Muitas empresas adotam as extensões de marca como uma estratégia de crescimento, o que resulta em uma proliferação de marcas estendidas para categorias adicionais de produto, categorias muitas vezes sem similaridade com a categoria original da marca. O objetivo principal e razão de ser da extensão é a transferência de valores da marca original para o novo produto, encurtando os caminhos que ele deve percorrer para sua consolidação e aumentando suas chances de sucesso. Entretanto, há diversos casos de extensão onde a marca não passa de um nome que caracteriza a origem do novo produto ou...

Experiência com a marca : adaptação de uma escala a um contexto brasileiro e avaliação do seu impacto na personalidade da marca

Pinto, Rodrigo Amantea de Andrade
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.94%
As métricas de valor da marca baseadas no cliente levam em conta sua conscientização, conhecimento e o relacionamento dele com a marca. O valor da marca baseado no cliente, ou Brand Equity, consiste no efeito diferencial que o conhecimento da marca tem sobre as respostas do cliente a ela. O cliente cria uma imagem baseado no modo que avalia e retém as suas experiências, sempre que procura, compra, e consome um produto (bem e/ou serviço). Nestas situações está exposto a vários estímulos associados à marca (por exemplo, cores, formas, elementos de design, slogans, mascotes e caracteres), que aparecem como parte de sua identidade visual (por exemplo, nome, logo), embalagens, comunicações (por exemplo, anúncios, websites) e nos ambientes onde a marca é divulgada e vendida (eventos, lojas, sites, etc.). As respostas a estes estímulos formam a Experiência com a Marca (BRAKUS;SCHIMITT;ZARATONELLO, 2009). A abordagem mais comum das métricas de valor da marca baseado no cliente é mensurar as percepções, o conhecimento e o entendimento da marca, e rastrear suas mudanças no decorrer do tempo. Estas mudanças estão associadas às atividades de marketing conduzidas em nome da marca. Além disto, as abordagens que seguem este caminho têm três pilares: 1) o valor é resultado de observações...

A gestão da marca nas micro, pequenas e médias empresas: um estudo exploratório; The brand management in micro, small and medium-sized enterprises: an exploratory study

Alves, Beatriz Sofia Pinto Tomás
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.9%
Dissertação de mestrado em Marketing e Estratégia; A marca cumpre um duplo papel de identificação e diferenciação que pode contribuir para a lealdade comportamental e emocional dos consumidores. Tal pode produzir mais-valias para o consumidor e para a empresa. Qualquer empresa, independentemente da dimensão, pode alcançar essa série de benefícios, como a vantagem competitiva, se criar e trabalhar a marca. Esta ideia também se aplica às micro, pequenas e médias empresas (PME) que, em Portugal e na União Europeia, constituem o pilar da económica nacional e europeia, ao serem responsáveis por mais de 90% dos postos de trabalho. A investigação que versa o estudo da gestão da marca nas PME é relativamente recente, e sobretudo escassa a nível nacional. Porém, estudos anteriores demonstram que a gestão da marca não é uma preocupação das PME. Neste sentido, a presente investigação propõe conhecer a posição das PME relativamente à gestão das suas marcas. Para tal, selecionou-se o design da investigação exploratório e o método de pesquisa qualitativo. A estratégia de pesquisa é o estudo de caso que tem 11 PME como amostra. Os resultados demonstram que nas PME a marca é da responsabilidade do gestor da empresa que...

Extensão de Marca: Um Estudo sobre a Marca Herdade do Esporão

Santos, Marta Almeida
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 21/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.89%
A situação económica atual tende a criar menos oportunidades, levantando dificuldades. As empresas vivem esta realidade, no seu dia-a-dia, e como resposta passaram a atuar mais ativamente no mercado e a auscultá-lo continuamente. Como resultado encontram ainda algumas oportunidades de sucesso e o reconhecimento das suas marcas. A marca tem, nos dias de hoje, uma importância fundamental na gestão das empresas constituindo um dos seus principais ativos. Saber gerir o brand equity de uma marca é fundamental para a comunidade que se empenha no estudo do comportamento dos consumidores, bem como para os gestores de ativos das empresas. Como objeto de estudo foi escolhida a marca Herdade do Esporão. Fundada em 1973, conquistou uma presença indissociável nas preferências e na mente dos consumidores no que diz respeito aos vinhos. Em 1997 surge a Extensão de Marca, em estudo, com a abertura do Enoturismo, integrado na Rota Mundial dos Vinhos e o primeiro certificado em Portugal. Para testar a importância das dimensões do modelo optou-se por uma metodologia quantitativa, tendo sido desenvolvido um questionário via online. Os resultados obtidos revelaram que o Brand Equity da marca Herdade do Esporão, tanto nos vinhos, como na extensão de marca para o Enoturismo...

Valor da marca no fitness: estudo da imagem e das associações à marca na lealdade

Costa, Marisa Isabel dos Santos Ferraz da
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.9%
Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação; O objectivo deste estudo foi examinar o papel da imagem e das associações da marca na sua relação com a lealdade da marca no âmbito do mercado de serviços de fitness. Foram utilizados os modelos Customer-Based Brand Equity de Keller e o Psychological Continuum Model de Funk e James. A amostra caracterizou-se a partir de 300 inquiridos, num Health & Fitness Club, em Lisboa. Com essa amostra foi possível medir sete associações da marca: popularidade, gestão, logo, nostalgia, social, escape e identificação; quatro características da imagem da marca: conhecimento, confiança, afecto e importância; e dois elementos descritivos da lealdade da marca: compromisso e comportamento. Os resultados revelaram que existe relação entre a lealdade da marca e a imagem da marca e entre a lealdade da marca e as associações que os consumidores fazem da marca. Os inquiridos mostraram-se conscientemente ligados à marca, deixando de lado as suas emoções relacionadas com as suas escolhas, e manifestaram ter um comportamento assíduo no ginásio, embora não se considerem comprometidos à marca. Considera-se importante alargar este estudo a mais ginásios, a nível nacional...

Determinantes da percepção da personalidade da marca: uma aplicação à marca regional Açores

Cardoso, Isa Alexandra do Santos
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
Mestrado em Gestão Empresarial; Para fazer face à crescente competitividade no mercado global, com uma oferta infinita de marcas e produtos que satisfazem a mesma necessidade ou desejo, os gestores de marca devem procurar destacar a sua marca das restantes. Num mercado saturado de marcas globais, os consumidores valorizam e procuram cada vez mais produtos locais com características ímpares abrindo desta forma uma porta para as marcas locais. Da mesma forma que cada indivíduo se distingue entre os outros pela sua personalidade, as marcas também podem ser distinguidas e diferenciadas umas das outras através da personalidade. Desta forma, é importante para os gestores conhecerem quais os factores que determinam a percepção da Personalidade da Marca e qual a Personalidade da Marca percepcionada pelos consumidores de modo a conseguir gerir a mesma. Neste contexto, o presente estudo tem como principal objectivo determinar a Personalidade da Marca e identificar os principais determinantes da percepção da Personalidade da Marca Açores. Para testar a importância das variáveis do modelo teórico optou-se por uma metodologia quantitativa, tendo sido desenvolvido um questionário dirigido a todos os potenciais consumidores com mais de 18 anos. Os resultados obtidos revelaram que a Personalidade da Marca é explicada pelas seguintes variáveis: Experiência da Marca...

Comunicação da marca : etiquetas

Graça, Tânia Gonçalves da
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.91%
O objectivo deste trabalho, é contribuir para uma melhor compreensão da importância da etiquetagem numa marca de moda, pertencendo deste modo à comunicação da marca. Assim, serão exploradas várias ferramentas que poderão ser usadas para comunicar entre marca e consumidor, determinando uma identidade e um posicionamento forte. Desta forma, foi construída uma marca com a colaboração de estratégias de branding para uma marca de sucesso. A marca propõe vender ao consumidor roupa e acessórios de moda, direccionados para o público feminino. Criou-se um logotipo, símbolo e marca, tendo como nome G better. Esta, é definida pelo conceito e focou-se numa pessoa exacta como público alvo, definindo um nome, idade, profissão, personalidade e hábitos do quotidiano. Através da linguagem visual da marca, definiram-se critérios que devem ser respeitados na marca. Como se pretende que G better seja uma marca que se distingue dos concorrentes pela diferença, criou-se uma marca com “etiqueta”, ou seja, as etiquetas das peças vendidas pela marca são etiquetas úteis. As etiquetas da marca são objectos, distinguindo-se das marcas concorrentes. Como a ideia é pensar na reciclagem, foram criados objectos para substituir meros cartões que vão para o lixo antes da peça de vestuário ser utilizada. Através de um inquérito a 370 pessoas definiu-se a preferência do consumidor relativamente à marca. Assim...

Um estudo sobre os antecedentes e os impactos das Comunidades de Marca

Peres, Filipa Antunes
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
Esta dissertação tem como objetivo estudar as Comunidades de Marca, identificando alguns dos seus antecedentes e o seu impacto nas atitudes e comportamentos do consumidor, nomeadamente no amor à marca, no passa-palavra, na advocacia e na lealdade da marca. Pretende-se com esta investigação compreender o impacto que as Comunidades de Marca exercem sobre o Amor à Marca, ou seja, em que medida pertencer a este tipo de Comunidades enaltece o amor de um consumidor a uma marca. Esta investigação tem um carácter quantitativo e baseia-se nos dados recolhidos através de um questionário estruturado em suporte on-line. Foram inquiridas 510 pessoas dentro do território português. Esta investigação fundamenta-se na necessidade de compreender em que medida as Comunidades de Marca são susceptíveis de influenciar o Amor à Marca, mas também que impacto estas comunidades exercem sobre a Passa Palavra Positiva, a Advocacia e a Lealdade à Marca. Este estudo pretende identificar novos antecedentes inovadores que ainda não foram descritos em outras investigações. Os resultados mostram que a identificação, a extroversão e a satisfação com o relacionamento são elementos chave para uma construção das comunidades de marca, e que estas impactuam no amor à marca...

O impacto dos sentidos na atitude face à marca : o estudo ao grupo Inditex

Pereira, Marisa Costa
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.91%
O marketing está em constante evolução e consequência disso é a crescente necessidade de satisfazer o consumidor. Atualmente, o marketing está focado em alcançar a mente dos consumidores, mas como só isso não basta, o marketing sensorial vai ter como papel, não só alcançar a mente, mas também o coração dos consumidores. Os consumidores têm de sentir-se envolvidos com o produto/serviço para terem experiências ricas em sensações, já que os sentidos são um meio eficaz para se atingir as emoções. Normalmente, são os conteúdos visuais e auditivos os mais utilizados. O ideal está em apostar em sensações como o olfato, o tato e o paladar. O Marketing Sensorial é a área do marketing que diz respeito a todas as perceções sensoriais que envolvem uma marca: os sentidos são usados para estimular a venda. Esta investigação tem como objetivo principal, determinar o impacto dos cinco sentidos nas atitudes e comportamentos face às marcas. Para este trabalho de investigação, o grupo INDITEX foi o escolhido para determinar a nossa amostra. É importante realçar que foi introduzida a variável da sensualidade da marca por ser ainda pouco estudada no marketing e por acharmos de verdadeira relevância para o nosso estudo...

O valor de uma marca-país e as conações em relação ao país: um estudo com consumidores estrangeiros sobre o Brasil; The value of a country brand and the country specific conations: a study of foreign consumers about Brazil

Montanari, Maria Gabriela
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.91%
Em um comércio internacional globalizado, tecnológico, dinâmico e competitivo, o conceito de marca passou a ser aplicado aos países, surgindo o termo marca-país. As nações passaram a ser vistas e a agir como marcas, a fim de adquirir vantagem competitiva e se desenvolver em grande escala. Uma marca-país deve ser forte e agregar valor aos seus consumidores estimulando e atraindo turistas, moradores, investidores e compradores ao país para ser bem sucedida nesse cenário. Para isso, é necessário um processo de nation branding (gestão de marca-país) bem estruturado. Mais ainda, uma marca-país deve ser capaz de provocar reações e intenções comportamentais nos consumidores internacionais, as denominadas conações em relação a um país e que abrangem o vínculo com tal país, a vontade de viajar, investir, fazer negócios, trabalhar e adquirir produtos e serviços provenientes dele. Deste modo, esta pesquisa teve como objetivo verificar a existência da relação entre o valor da marca-país do Brasil e as conações em relação a este país. O Brasil é um país emergente, cujo potencial da marca-país é grande, mas pouco estudado. O estudo foi iniciado por uma revisão de literatura sobre imagem de país e efeito país de origem...

Da mise en scene da identidade e personalidade da marca : um estudo exploratorio do fenomeno marca, para uma contribuição a seu conhecimento

Jean-Charles Jacques Zozzoli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/11/1994 PT
Relevância na Pesquisa
36.91%
As denominações e figuras, que diferenciam bens materiais, serviços, idéias, organizações... e a maior parte de suas mensagens, manifestam-se fortemente em nosso cotidiano, participando ativamente da modelização do ambiente que nos cerca e no qual atuamos.Porém, num nível tecnológico, o fenômeno da marcação comercial é ainda situado por muitos, quase que exclusivamente,no plano do signo inerte, encontrando-se relegado à ordem da assinatura. Procura-se portanto, nessa Dissertação, a partir da constatação de que a marca (signo social) é resultado de um trabalho, investigar algumas das formas de seu discurso. Analisa-se pois, na própria constituição das emissões da marca (de bens materiais, serviços, idéias e instituições... e da Marca como um todo), bem como nas suas reelaborações quando da recepção, processos de produção, circulação, troca e consumo de bens tangíveis e intangíveis, mascarados sob a produção, circulação, troca e consumo de bens simbólicos, dentro de um campo -lugar de uma social idade intersubjetiva - que integra marcos do contexto econômico, tecnológico, social, político e culturaL..., incluindo a. historicidade da situação e sua "normativização" pelo Direito. Para tanto...

O valor da marca CTT

Abreu, Maria Antelo de Noronha Franco Frazão Afonso de
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.9%
Mestrado em Marketing; O presente estudo pretende identificar os fatores que estão positivamente relacionados com o valor da marca CTT-Correios de Portugal, tendo em conta a eminente liberalização do mercado de distribuição postal. Na revisão da literatura é abordado o valor da marca e a sua relação com a imagem, com a recordação, com a identidade e com a fidelidade. Verificou-se que coexistem diferentes visões e definições de imagem de marca, que divergem sobretudo quanto ao nível de abstração e pela forma como é construída na mente do consumidor. Um dos elementos que diferencia a marca é a identidade, através da criação de uma pseudo personalidade própria. A identidade deve ajudar a estabelecer uma relação marca/consumidor e gerar valor. A construção da recordação é um processo importante, sendo necessário ter a certeza que os consumidores sabem qual é a marca que irá satisfazer as suas necessidades. A fidelidade a uma determinada marca faz com que o consumidor compre a marca de forma rotineira e resista à mudança para outra marca. À medida que os consumidores são leais à marca, o valor da marca vai aumentando. Para verificar a relação entre o valor da marca e as variáveis supra enumeradas foi realizado um estudo empírico...

A perceção e o nível de congruência dos valores da marca corporativa dos colaboradores e clientes

Aveiro, Virgínia de Gouveia
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
Doutoramento em Gestão/ Classificação: M31; JEL: M14; Esta investigação tem como objetivo analisar a perceção e o Person-organisation Fit (P-O Fit) - nível de congruência entre os valores organizacionais e os valores pessoais - com os valores da Marca Corporativa, segundo uma abordagem comparativa entre clientes e colaboradores com quem mais diretamente contatam e lhe são visíveis. É dada particular relevância ao contexto geográfico, ao tipo de afiliação na empresa, comparando colaboradores efetivos com os em outsourcing, os quais embora pertencentes a outras empresas, exercem funções similares às dos colaboradores efetivos e desempenham o mesmo papel perante o Cliente. Se, por um lado, se constata um investimento crescente na comunicação da Marca Institucional, por outro a racionalização de custos tem fomentado a utilização de serviços de subcontratação externa, mesmo nas operações core business. Estas duas opções estratégicas incluem vários riscos na coesão da Cultura Organizacional e na construção e transmissão junto dos Clientes dos valores da Marca Institucional para Colaboradores com diferentes processos de socialização. Numa era que potencializa o trade-off entre relacionamento continuado com os Clientes e o racionamento de custos...

Comunicação da marca : etiquetas

Graça, Tânia Gonçalves da
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.91%
O objectivo deste trabalho, é contribuir para uma melhor compreensão da importância da etiquetagem numa marca de moda, pertencendo deste modo à comunicação da marca. Assim, serão exploradas várias ferramentas que poderão ser usadas para comunicar entre marca e consumidor, determinando uma identidade e um posicionamento forte. Desta forma, foi construída uma marca com a colaboração de estratégias de branding para uma marca de sucesso. A marca propõe vender ao consumidor roupa e acessórios de moda, direccionados para o público feminino. Criou-se um logotipo, símbolo e marca, tendo como nome G better. Esta, é definida pelo conceito e focou-se numa pessoa exacta como público alvo, definindo um nome, idade, profissão, personalidade e hábitos do quotidiano. Através da linguagem visual da marca, definiram-se critérios que devem ser respeitados na marca. Como se pretende que G better seja uma marca que se distingue dos concorrentes pela diferença, criou-se uma marca com “etiqueta”, ou seja, as etiquetas das peças vendidas pela marca são etiquetas úteis. As etiquetas da marca são objectos, distinguindo-se das marcas concorrentes. Como a ideia é pensar na reciclagem, foram criados objectos para substituir meros cartões que vão para o lixo antes da peça de vestuário ser utilizada. Através de um inquérito a 370 pessoas definiu-se a preferência do consumidor relativamente à marca. Assim...

El Cálculo del Valor de la Marca por Consumidor: Estudio Empírico en el Sector de Telefonía Móvel.; The Calculation of Brand Equity by the Consumer: An Empirical Study in the Mobile Phone Sector.; O Cálculo do Valor da Marca por Consumidores: Estudo Empírico no Setor de Telefonia Móvel.

D´Emidio, Marcelo; Rocha, Thelma Valéria; D´Emidio, Marília Gabriela Nogueira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 02/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
Este trabajo tiene como objetivo examinar los modelos de comportamiento de cálculo del valor de la marca, y presentar una propuesta de cálculo que permita el cómputo de ese valor por consumidor. El modelo propuesto fue testado por medio de una investigación de campo, de naturaleza cuantitativa, mediante el método survey, con clientes de operadoras de telefonía celular móvil en la ciudad de São Paulo. El cuestionario fue respondido por 156 entrevistados ─ 80 clientes de la operadora Vivo y 76 clientes de la operadora Claro ─ y validado. Para el cálculo del valor de la marca fue utilizada la técnica de modelaje por medio de ecuaciones estructurales, vía PLS (Partial Least Squares). Se efectuó el cálculo del valor de la marca de las operadoras y el análisis de la distribución de los valores correspondientes individualizados. Los resultados de la investigación muestran que el valor de la marca obtenido para las dos operadoras es muy próximo. Sin embargo, cuando se examina la dispersión de ese valor por consumidor, se percibe, en el caso de la Vivo, una distribución que se aproxima de una Normal. Ya en la Claro existe mayor dispersión, o sea, muchos consumidores perciben alto valor en la marca, mas la empresa también posee clientes que perciben su valor de marca como bajo. El estudio se revela innovador...