Página 1 dos resultados de 615 itens digitais encontrados em 0.097 segundos

Sugarcane trash management assessed by the interaction of yield with soil properties

Dalchiavon, Flávio Carlos; Carvalho, Morel De Passos E; Montanari, Rafael; Andreotti, Marcelo; Dal Bem, Edjair Augusto
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1709-1719
ENG
Relevância na Pesquisa
115.88%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Currently, sugarcane plays an important global role, particularly with a view to alternative energy sources. Thus, in a sugarcane field of the mill Vale do Paraná S/A Álcool e Açúcar, Rubineia, São Paulo State, managed under two green cane harvest systems (cane trash left on and cane trash removed from the soil), Pearson and spatial correlations between the sugarcane yield (variety RB855035 in the third cut) and soil physical and chemical properties were studied to identify the property best correlated with stalk yield and the best harvest method. For this purpose, two geostatistical grids (121 sampling points on 1.30 ha) were installed on a eutrophic Red Argisol (homogeneous slope of 0.065 m m-1), in 2011, to determine the properties: stalk yield and sugarcane plant population, and soil resistance to penetration, gravimetric moisture, bulk density, and carbon stock, in the layers 0-0.20 and 0.20-0.40 m. The data were analyzed by descriptive, linear correlation and geostatistical analysis. In both treatments, the property stand density was best correlated with sugarcane yield (r = 0.725 in the trash mulching treatment - TM and r = 0.769 in the trash removal treatment - TR). However...

Desenvolvimento e análise de uma rede neural artificial para estimativa da erosividade da chuva para o Estado de São Paulo

Moreira,Michel Castro; Cecílio,Roberto Avelino; Pinto,Francisco de Assis de Carvalho; Pruski,Fernando Falco
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
115.79%
O conhecimento do valor da erosividade da chuva (R) de determinada localidade é fundamental para a estimativa das perdas de solo feitas a partir da Equação Universal de Perdas de Solo, sendo, portanto, de grande importância no planejamento conservacionista. A fim de obter estimativas do valor de R para localidades onde este é desconhecido, desenvolveu-se uma rede neural artificial (RNA) e analisou-se a acurácia desta com o método de interpolação "Inverso de uma Potência da Distância" (ID). Comparando a RNA desenvolvida com o método de interpolação ID, verificou-se que a primeira apresentou menor erro relativo médio na estimativa de R e melhor índice de confiança, classificado como "Ótimo", podendo, portanto, ser utilizada no planejamento de uso, manejo e conservação do solo no Estado de São Paulo.

Impacto do manejo dos resíduos da colheita, do preparo do solo e da adubação na produtividade de eucalipto

Paes,Frederico Alfenas Silva Valente; Lima,Augusto Miguel Nascimento; Hakamada,Rodrigo Eiji; Barros,Nairam Félix de
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
105.94%
Tem sido cada vez maior a preocupação das empresas do setor florestal em adotar práticas pautadas na conservação do solo e da água. Nesse sentido, este trabalho teve por objetivo avaliar o impacto do manejo dos resíduos da colheita, do preparo do solo e do uso de resíduos industriais, na fertilidade do solo e produtividade de eucalipto. O experimento foi iniciado após o corte raso de um plantio comercial de EUCALYPTUS GRANDIS, onde os resíduos da colheita foram manejados (retirada de todo o resíduo; remoção da casca e dos galhos com diâmetro superior a 3,0 cm; e manutenção de todos os resíduos na superfície do solo). Em seguida, realizaram-se o preparo do solo (com subsolador de uma e três hastes), a aplicação dos resíduos industriais (resíduo de celulose e cinzas) na superfície do solo e o plantio de mudas de EUCALYPTUS GRANDIS X E. UROPHYLLA Foi utilizado o delineamento em blocos ao acaso, contendo oito tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos consistiram da combinação dos diferentes tipos de manejo dos resíduos da colheita, preparo do solo e aplicação dos resíduos industriais. Cada parcela experimental foi composta por cinco linhas com 19 plantas cada. Aos 83 meses após o plantio, foram medidos o DAP (diâmetro à altura do peito) e a altura das árvores...

Produtividade de laranja correlacionada com atributos químicos do solo visando a zonas específicas de manejo

Costa,Nídia Raquel; Carvalho,Morel de Passos e; Dal Bem,Edjair Augusto; Dalchiavon,Flávio Carlos; Caldas,Rudgen Rodrigues
Fonte: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos/UFG Publicador: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos/UFG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
125.9%
A agricultura de precisão determina o exato manejo da lavoura, tendo como base o mapeamento de zonas específicas de manejo do solo. Assim, tentou-se caracterizar o conceito de zona específica de manejo do solo, pelo emprego de correlações espaciais, usando a cokrigagem ordinária entre a produtividade de laranja Valência e atributos do solo, objetivando selecionar o atributo do solo que mais eficientemente fosse relacionado com o aumento da referida produtividade, em malha geoestatística com 120 pontos amostrais, em 1,65 ha. Os atributos do solo pesquisados foram: P, MO, pH, K+, Ca2+, Mg2+, H++Al3+, S, T e V%. Foram aplicadas aos dados a análise descritiva, correlações de Pearson e análise geoestatística. Assim, a produtividade de laranja resultou em significativas cokrigagens ordinárias, tanto com o pH como com o teor de Mg do solo pesquisado. Essa técnica possibilitou a criação de duas zonas específicas de manejo do pH do solo intimamente associadas à referida produtividade. A obtenção de duas zonas específicas de manejo ratificou a importância da agricultura de precisão, frente ao aumento da produtividade de laranja, pois, mantendo-se as duas zonas específicas de manejo obtidas, a produtividade global da área seria de 16...

Qualidades físicas de um latossolo amarelo distrocoeso submetido á diferentes sistemas de manejo no cerrado do Leste Maranhense, MA.

MELO, F. de B.; CARDOSO, M. J.
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 18., 2010, Teresina. Novos caminhos para agricultura conservacionista no Brasil. Teresina: Embrapa Meio-Norte: Universidade Federal do Piauí, 2010. Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 18., 2010, Teresina. Novos caminhos para agricultura conservacionista no Brasil. Teresina: Embrapa Meio-Norte: Universidade Federal do Piauí, 2010.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 4 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.83%
Nos primeiros anos, as alterações sofridas pelo solo sob o sistema de preparo convencional são favoráveis às condições requeridas para o crescimento das culturas. No entanto, à medida que o solo é submetido a sucessivos anos de cultivo, há uma tendência para diminuir sua aptidão cultural, pela alteração das suas características físicas, principalmente quando o manejo é inadequado. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi avaliar e comparar propriedades relacionadas à qualidade física de um Latossolo Amarelo distrocoeso em condições de cultivo convencional e sob vegetação nativa de cerrado. O trabalho foi realizado no município de Anapurus,MA, com coordenadas geográficas de 03º 42? 04? S e de 43º 11? 23? W e 127 m de altitude. A área vem sendo utilizada, há mais de dez anos, em sistema de plantio convencional (uma aração e duas gradagens), utilizando-se como rotação as culturas de soja e milho. A área com cultivo convencional apresentou maiores valores de densidade do solo nas camadas de 0,10-0,20 m, 0,20-0,30 m e 0,30-0,40 m com conseqüentes reduções na porosidade total, chegando a valores inferiores a 35%. Nas condições de estudo, onde o solo foi submetido ao cultivo convencional, a porosidade total e o espaço aéreo atingiram valores inferiores a 35% e 15%...

Produção e composição nutricional de espécies para cobertura do solo.

SILVA, S. dos A. B. E.; SILVA, M. S. L. da; FERREIRA, G. B.; SÁ, M. S. M.; CUNHA, T. J. F.
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 16., 2006, Aracaju. Resumos e palestras... Aracaju: SBCS; UFS: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2006. Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 16., 2006, Aracaju. Resumos e palestras... Aracaju: SBCS; UFS: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2006.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
125.82%
No Pólo Petrolina-PE/Juazeiro-BA, região semi-árida do Nordeste brasileiro, muitos agricultores adotam no manejo do solo espécies vegetais plantadas em conjunto (misturadas) para produção de material orgânico. Essa mistura é conhecida como coquetel vegetal. Os resultados sobre a geração de conhecimentos relativos a produção de fitomassa dessas espécies cultivadas solteiras, bem como sua composição nutricional, em sistemas irrigados, em solos arenosos da região, é ainda muito insipiente. Diante do exposto, o presente estudo teve como objetivo avaliar a produção de fitomassa vegetais e composição nutricional de espécies para cobertura do solo utilizadas nos Perímetros Irrigados do Pólo Petrolina/Juazeiro. Foram testadas quatorze (14) espécies vegetais plantadas na Estação Experimental da Embrapa Semi-Árido, em Argissolo Amarelo. Todas as espécies estudadas apresentaram desenvolvimento vegetativo e nutricional favorável às condições ambientais do semi-árido nordestino, com destaque para a mucuna preta, lab-lab, Crotolaria juncea e Crotolaria spectabilis no grupo das leguminosas, mamona nas oleaginosas, sorgo e milho nas gramíneas.; 2006; 1 CD-ROM

Influência do manejo do solo no acúmulo de matéria seca e na distribuição das raízes nas culturas.

CRUZ, L. C. J. da; ZATORRE, N. P.; FRANCHINI, J. C.; ALVES, B. J. R.; BODDEY, R. M.
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE FERTILIDADE DO SOLO E NUTRIÇÃO DE PLANTAS, 29.; REUNIÃO BRASILEIRA SOBRE MICORRIZAS, 13.; SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA DO SOLO, 11.; REUNIÃO BRASILEIRA DE BIOLOGIA DO SOLO, 8., 2010, Guarapari. Fontes de nutrientes e produção agrícola: modelando o futuro: anais. Viçosa: SBCS, 2010. 4 p. Trab. 826. 1 CD-ROM. FERTBIO 2010. Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE FERTILIDADE DO SOLO E NUTRIÇÃO DE PLANTAS, 29.; REUNIÃO BRASILEIRA SOBRE MICORRIZAS, 13.; SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA DO SOLO, 11.; REUNIÃO BRASILEIRA DE BIOLOGIA DO SOLO, 8., 2010, Guarapari. Fontes de nutrientes e produção agrícola: modelando o futuro: anais. Viçosa: SBCS, 2010. 4 p. Trab. 826. 1 CD-ROM. FERTBIO 2010.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
105.89%
A inclusão de uma cultura de inverno pode promover melhorias na conservação do solo e um considerável acúmulo de C do solo ao longo dos anos, através de resíduos vegetais na superfície do solo e do sistema radicular ao longo do perfil. O objetivo do trabalho foi verificar se o manejo ou sistema de preparo do solo afeta a distribuição das raízes no perfil do solo e da matéria seca da adubação verde em sistema de plantio direto e convencional. O trabalho foi realizado em Londrina, na área experimental da Embrapa Soja. O solo é classificado como Latossolo Vermelho com textura muito argilosa. A partir da safra de inverno de 1995, as áreas foram divididas em sistemas de plantio direto e plantio convencional, que envolvem as seguintes plantas: trigo, soja, milho, aveia-preta e tremoço-branco e nabo forrageiro. Este experimento foi amostrado na época da safra de inverno, 2010, no sistema de plantio direto e convencional em diferentes rotações de cultura. Foi realizada amostragem da matéria seca das culturas, nabo forrageiro e trigo, com o auxílio de um gabarito. A coleta do sistema radicular através de monólito de metal. Apesar das diferenças das espécies, utilizadas como coberturas, a quantidade de matéria seca foi similar em todos os tratamentos. Independentemente do sistema de preparo do solo...

Densidade e porosidade de um Latossolo Vermelho típico, submetido a diferentes usos e manejos.

ALVARENGA, R. C.; CLEMENTE, E. P.; CASTRO, A. A. D. N.; FREITAS, G. C.; BRAZ, J. L.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 31., 2007, Gramado. Conquistas e desafios da ciência do solo brasileira: [resumos expandidos]. Porto Alegre: UFRGS: SBCS, 2007. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 31., 2007, Gramado. Conquistas e desafios da ciência do solo brasileira: [resumos expandidos]. Porto Alegre: UFRGS: SBCS, 2007.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.82%
A densidade e a poros idade do solo estão intimamente relacionadas com o movimento e o armazenamento de água e com o crescimento das raízes das plantas, assumindo, portanto, grande importância agronômica e no manejo e conservação do solo e da água. O trabalho foi conduzido na Embrapa Milho e Sorgo, em Sete Lagoas, MG, e teve como objetivo avaliar a densidade e a porosidade de um Latossolo Vermelho em diferentes tipos de usos e manejos e em várias profundidades do perfil. Foram testados quatro sistemas de manejo do solo: Preparo convencional de solo com arado de discos e duas gradagens (destorroadora e niveladora) (PC); sistema de plantio direto (SPD), ambos com cultivo do milho; cerrado nativo (CN) e floresta de pinus (FP). Apesar de a densidade do solo situar-se dentro de limites considerados adequados, o SPD apresentou valores mais elevados. Embora isso tenha ocorrido, acredita-se que eles não interferiram na taxa de infiltração de água, ao mesmo tempo em que não foi verificada alteração do crescimento de raízes e também não ocorreu erosão. O diferencial entre os tratamentos situou-se no volume dos macroporos. Enquanto este foi de 46%, em média, da porosidade total no CN, foi de 42% no FP, 31 % no PC e 23% no SPD. Considerando 0...

Sistemas agrosilvipastoris e seus efeitos sobre a qualidade química de um latossolo vermelho-amarelo na mesorregião geográfica centro maranhense.

COSTA, C. do N.; GALVÃO, S. R. da S.; LEITE, L. F. C.; JUNQUEIRA, N. T. V.; LEMOS, J. de O.; IWATA, B. de F.; SANTOS, F. S. R. dos.
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 18., 2010, Teresina. Novos caminhos para agricultura conservacionista no Brasil. Teresina: Embrapa Meio-Norte: Universidade Federal do Piauí, 2010. Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 18., 2010, Teresina. Novos caminhos para agricultura conservacionista no Brasil. Teresina: Embrapa Meio-Norte: Universidade Federal do Piauí, 2010.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.; 4 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
125.71%
O cultivo consorciado de pastagem e palmeiras tem se tornado alternativa para recuperação da fertilidade do solo. O objetivo deste trabalho foi quantificar os indicadores químicos do solo em sistemas exclusivo e consorciado de macaúba e pastagem sob diferentes épocas do ano, no município de Tuntum, mesorregião geográfica centro Maranhense.; 2010

Estoque de carbono e nitrogênio em latossolo amarelo sob sistema integração lavoura-pecuária no cerrado do Piauí.

CAMPOS, L. P.; LEITE, L. F. C.; MACIEL, G. A.; ABREU, J. A. L. de; COSTA, C. do N.; LEMOS, J. de O.; SILVA, D. R. M. da
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 18., 2010, Teresina. Novos caminhos para agricultura conservacionista no Brasil. Teresina: Embrapa Meio-Norte: Universidade Federal do Piauí, 2010. Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 18., 2010, Teresina. Novos caminhos para agricultura conservacionista no Brasil. Teresina: Embrapa Meio-Norte: Universidade Federal do Piauí, 2010.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.; 4 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.78%
A função do solo no seqüestro de carbono (C) atmosférico pode ser influenciada pelas práticas de manejo agrícola, devido à influência sobre o conteúdo de C orgânico do solo. O presente estudo teve por objetivo avaliar alterações nos teores e nos estoques de C e nitrogênio (N) em Latossolo Amarelo sob sistema integração lavourapecuária no cerrado do Piauí.; 2010

Estabilidade dos agregados de um Latossolo Vermelho Típico submetido a diferentes usos e manejos.

ALVARENGA, R. C.; CRUZ, J. C.; SANTANA, D. P.; PEREIRA FILHO, I. A.
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 16., 2006, Aracaju. Novos desafios do carbono no manejo conservacionista: resumos e palestras. Aracaju: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2006. Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 16., 2006, Aracaju. Novos desafios do carbono no manejo conservacionista: resumos e palestras. Aracaju: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2006.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
125.98%
A qualidade e a conservação do solo e da água dependem dos sistemas de uso e manejo dos solos que afetam diferentemente a sua qualidade física. ° tamanho e a estabilidade dos agregados em água são importantes indicadores dessas alterações, pois espelham a resposta do solo ao manejo imposto sendo acumulativa com o decorrer do tempo. Portanto, conhecer o grau de alteração destes atributos auxilia na avaliação dos manejos e na correção de rumos dentro do planejamento de uso e manejo dos solos agrícolas. Este trabalho foi conduzido na Embrapa Milho e Sorgo, em Sete Lagoas, MG, em um Latossolo Vermelho Típico Dístrófico. A estabilidade e o diâmetro médio ponderado (DMP) dos agregados foram determinados em quatro sistemas de uso e manejo: 1) Cerrado Nativo, 2) Floresta de Pinus, Sistema convencional de preparo de solo com arado de discos e sistema de plantio direto.; 2006

Atributos microbiológicos do solo em área desmatada da Floresta Amazônica na jazida petrolífera do Rio Urucu, Coari-AM.

MUNIZ, A. W.; NUNES, R. H. da S.; SILVA, T. A. de C. da; CORDEIRO, E. R.; SILVA, K. E. da
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 19., 2012, Lages. Conservação do solo e da água no Brasil: preceitos e ações no ensino, na pesquisa e na extensão: anais. s.l.: SBCS, 2012. 1 CD-ROM. Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 19., 2012, Lages. Conservação do solo e da água no Brasil: preceitos e ações no ensino, na pesquisa e na extensão: anais. s.l.: SBCS, 2012. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.79%
O objetivo do trabalho foi avaliar a qualidade do solo utilizando atributos microbiológicos em área uma área desmatada da Floresta Amazônica na jazida petrolífera do Rio Urucu no município de Coari-AM.; 2012

Agregação de Latossolo sob diferentes sistemas de uso e manejo no Cerrado.

SANTOS, I. L. dos; SCHOSSLER, T. R.; SANTOS, G. G.; MARCHAO, R. L.; SILVEIRA, P. M. da; BECQUER, T.
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 19., 2012, Lages. Conservação do solo e da água no Brasil: preceitos e ações no ensino, na pesquisa e na extensão: anais. S.l.: SBCS, 2012. Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 19., 2012, Lages. Conservação do solo e da água no Brasil: preceitos e ações no ensino, na pesquisa e na extensão: anais. S.l.: SBCS, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
105.9%
0 presente trabalho objetivou a avaliar a agregação de Latossolo sobre diferentes sistemas de manejo, comparando-os a vegetação nativa de cerrado.; 2012

Influência da aplicação de escória sobre atributos químicos do solo e teores de nutrientes em plantas de arroz de sequeiro.

BRASIL, E. C.; NASCIMENTO, E. V. S. do; SILVA, K. C. do R.
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 17., 2008, Rio de Janeiro. Manejo e conservação do solo e da água no contexto das mudanças ambientais. Rio de Janeiro: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro: Embrapa Solos; Seropédica: Embrapa Agrobiologia, 2008. 1 CD-ROM. Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 17., 2008, Rio de Janeiro. Manejo e conservação do solo e da água no contexto das mudanças ambientais. Rio de Janeiro: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro: Embrapa Solos; Seropédica: Embrapa Agrobiologia, 2008. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
135.88%
A escória é um resíduo gerado durante o processo de produção do ferro gusa, possuindo elevados teores de sílica e óxidos de Ca, Mg, Si, Fe e Mn. Para avaliar a influência da aplicação de escoria de siderurgia sobre atributos químicos do solo e teores de nutrientes na cultura do arroz, realizou-se um experimento em condições de casa de vegetação, utilizando-se amostras de dois Latossolos Amarelos distróficos, possuindo classificação textural argilosa e média. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, em esquema fatorial 2x2x4, correspondendo à dois solos, dois corretivos (escória e calcário dolomítico) e quatro doses. Utilizou-se uma escória, coletada em alto forno da Companhia Siderúrgica Paraense (Cosipar), localizada no município de Marabá-PA. Aos 60 dias de semeadura do arroz, os resultados indicaram que a aplicação de doses crescente de escória no solo promoveu melhorias nos atributos químicos, reduzindo a acidez e aumentando os teores de cálcio, magnésio e potássio. A escória propiciou maiores teores de potássio no solo, nas doses mais elevadas, em relação ao calcário. Os aumentos dos teores de cálcio e magnésio no solo se correlacionaram com as quantidades absorvidas pela cultura do arroz.; 2008; Disponível também on-line.

Efeito da aplicação de escória de siderúrgica sobre a produção de matéria seca de plantas de arroz em latossolo amarelo distrífico

BRASIL, E. C.; NASCIMENTO, E. V. S. do; SILVA, K. C. do R.
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 17., 2008, Rio de Janeiro. Manejo e conservação do solo e da água no contexto das mudanças ambientais. Rio de Janeiro: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro: Embrapa Solos; Seropédica: Embrapa Agrobiologia, 2008. 1 CD-ROM. Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 17., 2008, Rio de Janeiro. Manejo e conservação do solo e da água no contexto das mudanças ambientais. Rio de Janeiro: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro: Embrapa Solos; Seropédica: Embrapa Agrobiologia, 2008. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.87%
O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito de doses de escória de siderúrgica sobre a produção de matéria seca da parte aérea e da raiz de plantas de arroz, em Latossolos com classes textural média e argilosa. O experimento foi conduzido em condições de casa de vegetação, no Instituto de Ciências Agrárias (ICA), da Universidade Federal Rural da Amazônia ? UFRA, Belém - Pará. Utilizou-se o delineamento em blocos casualizado em esquema fatorial 2 x 2 x 4, correspondendo a dois solos (Latossolo Amarelo Distrófico textura média - LAm e argilosa - LAarg), duas fontes de corretivos de acidez (escória e calcários dolomítico) e quatro doses destes corretivos. As quantidades aplicadas foram estimadas com base em curva de neutralização realizada em estudo prévio e corresponderam à 0; 2,4; 4,1 e 5,8 t ha-1, para o LAarg e 0; 2,2; 3,6 e 5,0 t ha-1, para o LAm. De acordo com os resultados, a aplicação de escória de siderurgia promoveu aumento na produção de matéria seca da parte aérea e da raiz de arroz, além favorecer o aumento dos teores de K no solo. Os resultados indicam que esse resíduo pode ser usado como corretivo de acidez do solo e fornecedor de nutrientes para cultura do arroz.; 2008; Disponível também on-line.

Variabilidade espacial do rendimento de culturas e dos atributos físicos de um latossolo vermelho sob semeadura direta.

GUEDES FILHO, O.; VIEIRA, S. R.; SIQUEIRA, G. M.; GREGO, C. R.
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 18., Anais eletrônico... Rio de Janeiro, 2008. Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 18., Anais eletrônico... Rio de Janeiro, 2008.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 5 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
125.83%
O conhecimento da variabilidade espacial dos atributos físicos do solo relacionados com o seu estado de compactação favorece o manejo específico dos fatores de produção. Desta maneira, o objetivo deste trabalho foi avaliar a variabilidade espacial de atributos físicos do solo e da produtividade de distintas culturas em um Latossolo Vermelho sob semeadura direta em Campinas (SP). A área em estudo está localizada no Centro Experimental Central do Instituto Agronômico. A área de 3,42 ha vem sendo manejada desde 1985 com semeadura direta em rotação de culturas. Os atributos físicos do solo estudados foram: textura (g kg -1), densidade (kg dm3), porosidade total (m3 m-3) e resistência do solo à penetração (MPa). As culturas envolvidas neste estudo foram: labelabe (2002), milho (2003), triticale (2004) e mamona (2005). Os resultados indicam que a área de estudo não apresenta problemas de compactação. A parte lateral esquerda da área apresentou os maiores valores de produtividade e os menores valores de densidade e os maiores valores de porosidade total.; 2008

Avaliação das propriedades físico-químicas do solo em sistema de corte e trituração da capoeira na Amazônia Central.

MARTINS, G. C.; PERIN, R.; TEIXEIRA, W. G.; GARCIA, M. V. B.; GARCIA, T. B.
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 17., 2008, Rio de Janeiro. Manejo e conservação do solo e da água no contexto das mudanças ambientais. Rio de Janeiro: SBCS: Embrapa Solos: Embrapa Agrobiologia, 2008. 1 CD-ROM. (Embrapa Solos. Documentos, 101). Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 17., 2008, Rio de Janeiro. Manejo e conservação do solo e da água no contexto das mudanças ambientais. Rio de Janeiro: SBCS: Embrapa Solos: Embrapa Agrobiologia, 2008. 1 CD-ROM. (Embrapa Solos. Documentos, 101).
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.85%
Com o objetivo de testar a tecnologia de corte e trituração em diferentes tipos de capoeiras na Amazônia, no Estado do Amazonas foram implantadas parcelas de 0,5 ha em seis lotes do Projeto de Assentamento do Tarumã-Mirim no município de Manaus. As características químicas e físicas do solo foram avaliadas no decorrer da decomposição dos resíduos de trituração da capoeira pelo período de dois anos.; 2008

Ocorrência de plantas daninhas em áreas submetidas a diferentes sistemas de manejo do solo.

GONÇALVES, J. R. P.; FONTES, J. R. A.; RESCK, D. V. S.
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 17., 2008, Rio de Janeiro. Manejo e conservação do solo e da água no contexto das mudanças ambientais. Rio de Janeiro: SBCS: Embrapa Solos: Embrapa Agrobiologia, 2008. 1 CD-ROM. (Embrapa Solos. Documentos, 101). Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 17., 2008, Rio de Janeiro. Manejo e conservação do solo e da água no contexto das mudanças ambientais. Rio de Janeiro: SBCS: Embrapa Solos: Embrapa Agrobiologia, 2008. 1 CD-ROM. (Embrapa Solos. Documentos, 101).
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
105.89%
Os objetivos deste trabalho foram: 1- realizar um levantamento florístico de plantas daninhas em área cultivada com milho sob diferentes manejos do solo; e 2- comparar a similaridade das populações entre estas áreas.; 2008

Caracterização química e física da camada superficial do solo em clareiras com diferentes idades de revegetação na Província Petrolífera de Urucu, Coari-AM.

MACEDO, R. S.; TEIXEIRA, W. G.; MARTINS, G. C.; RODRIGUES, M. do R. L.
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 17., 2008, Rio de Janeiro. Manejo e conservação do solo e da água no contexto das mudanças ambientais. Rio de Janeiro: SBCS: Embrapa Solos: Embrapa Agrobiologia, 2008. 1 CD-ROM. (Embrapa Solos. Documentos, 101). Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 17., 2008, Rio de Janeiro. Manejo e conservação do solo e da água no contexto das mudanças ambientais. Rio de Janeiro: SBCS: Embrapa Solos: Embrapa Agrobiologia, 2008. 1 CD-ROM. (Embrapa Solos. Documentos, 101).
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
125.85%
Este estudo tem por objetivo a caracterização química e física da camada superficial do solo em clareiras com diferentes idades do início de processo de revegetação na Província Petrolífera de Urucu, Coari - AM.; 2008

Agricultura de precisão no Brasil: avanços, dificuldades e impactos no manejo e conservação do solo, segurança alimentar e sustentabilidade.

RESENDE, A. V. de; SHIRATSUCHI, L. S.; VILELA, M. de F.; COELHO, A. M.; CORAZZA, E. J.; INAMASU, R. Y.; BERNARDI, A. C. de C.; BASSOI, L. H.; NAIME, J. de M.
Fonte: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 18., 2010, Novos caminhos para agricultura conservacionista no Brasil: anais. Teresina, PI: Embrapa Meio-Norte: Universidade Federal do Piauí, 2010 Publicador: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 18., 2010, Novos caminhos para agricultura conservacionista no Brasil: anais. Teresina, PI: Embrapa Meio-Norte: Universidade Federal do Piauí, 2010
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
175.99%
De acordo com uma de suas definições, a agricultura de precisão (AP) consiste de um conjunto de princípios e tecnologias aplicados no manejo da variabilidade espacial e temporal associada à produção agrícola, objetivando aumentar a produtividade das culturas e a qualidade ambiental (Pierce & Nowak, 1999). Em termos práticos, envolve a obtenção e processamento de informações detalhadas e georreferenciadas sobre as áreas de cultivo agrícola, visando definir estratégias de manejo mais eficientes, em especial, o uso racional de insumos. Com desenvolvimento recente, a AP foi introduzida no Brasil a pouco mais de uma década, mas apresenta grande potencial de aplicação na produção de grãos e em culturas perenes, o que, certamente, contribuirá de forma positiva para a garantia da segurança alimentar, com sustentabilidade econômica e ambiental. As técnicas associadas à AP despertam crescente interesse no meio científico e entre aqueles que se dedicam à atividade agropecuária no Brasil, incluindo produtores rurais e, principalmente, fabricantes de equipamentos, prestadores de serviços e consultores agrícolas. Áreas muito expressivas, ocupadas sobretudo por culturas anuais e cana-de-açúcar, já são manejadas sob algum enfoque da AP...