Página 1 dos resultados de 44 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Jogos de papéis (RPG) em diálogo com a educação ambiental: aprendendo a participar da gestão dos recursos hídricos na Região Metropolitana de São Paulo; Role-playing games and Environmental Education: learning to take part in the water resources management in São Paulo 's metropolitan region

Camargo, Maria Eugenia Seixas de Arruda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
16.55%
Os jogos de papéis (role-playing games) têm sido utilizados em diversos projetos de gestão participativa dos recursos naturais em processos de formação, pesquisa e intervenção de apoio à negociação de conflitos em várias partes do mundo. Uma série de estudos demonstram o potencial destas metodologias para lidar com temas complexos num processo de Educação para a participação, principalmente de atores locais da sociedade civil. Partimos do pressuposto de que os fóruns de negociação de conflitos socioambientais exigem um aprendizado técnico e social para uma participação efetiva da sociedade civil. O objetivo da pesquisa consiste em analisar os potenciais e limites destas metodologias em relação aos princípios da Educação Ambiental. Primeiramente realizamos um levantamento e comparação de experiências brasieliras de formação relacionadas à gestão urbana e ambiental. Em seguida, analisamos de forma mais aprofundada um protótipo de jogo de papéis, com enfoque na modelagem de acompanhamento, que corresponde ao foco do trabalho - O Jogo dos Mananciais. O jogo em destaque trata da problemática da gestão dos recursos hídricos em áreas de mananciais peri-urbanos. Os resultados da análise mostram que o jogo apresenta diversas potencialidades como metodologia de apoio à formação...

Ação civil pública e ajustamento de conduta em áreas de proteção aos mananciais na região metropolitana de São Paulo; Ação civil pública and ajustamento de conduta in the protected area of mananciais of the metropolitan region of São Paulo

Lopes, Roberta Castilho Andrade
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.86%
Com a constatação de que a ocupação irregular em área de proteção aos mananciais cresceu e se consolidou nos últimos anos, o estudo AÇÃO CIVIL PÚBLICA E AJUSTAMENTO DE CONDUTA EM ÁREA DE PROTEÇÃO AOS MANANCIAIS NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO trata do conflito representado pela presença de assentamentos urbanos em áreas de proteção a mananciais e do tratamento jurídico e urbanístico que lhes vem sendo dado. Foram selecionados e analisados loteamentos em Área de Proteção aos Mananciais localizados nos Municípios de São Bernardo do Campo, Santo André, Diadema e Mauá. Tais loteamentos foram objeto de Ação Civil Pública e Termo de Ajustamento de Conduta. Essa análise foi contextualizada com a caracterização do momento pelo qual vem passando o sistema jurídico e a sociedade na modernidade e ainda, sobre pontos importantes para a compreensão dos institutos estudados: o funcionamento do Poder Judiciário, o surgimento das demandas de massa, a atuação do Ministério Público do Estado de São Paulo e do Poder Executivo, a efetividade da Ação Civil Pública e do Ajustamento de Conduta para a tutela dos interesses transindividuais. Buscou-se compreender possibilidades de interação entre o propósito jurídico e a prática espacial. Avaliou-se o impacto produzido na cidade...

Urbanização da natureza: da autoprovisão de infraestruturas aos projetos de recuperação ambiental nos mananciais do sul da metrópole paulistana; Urbanizing nature: from the self-provision of infrastructure to the environmental recovery projects in the water source region in the south of the metropolitan area of São Paulo

Ferrara, Luciana Nicolau
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.68%
A presente tese focaliza o processo de ocupação dos mananciais do sul da metrópole de São Paulo, abordando um quadro de relações que se estabeleceu na formação e consolidação de loteamentos precários. Os loteamentos irregulares estudados foram construídos durante os anos 1990, em São Bernardo do Campo, na bacia da Billings - área ambientalmente protegida por lei desde os anos 1970. A análise abrange desde a autoprovisão de infraestruturas, passando pela reivindicação de redes públicas pelos moradores, até a realização de projetos de urbanização. Abordam-se as articulações entre agentes públicos e privados, suas práticas espaciais, bem como as leis e as políticas de mananciais que, perpassadas pela especificidade da propriedade privada, engendraram, direta ou indiretamente, a forma urbana dos loteamentos irregulares. Esse quadro de agentes, num outro contexto, também construiu a necessidade da recuperação ambiental, na qual se associou à implementação de infraestruturas públicas a regularização fundiária e urbanística de interesse social. Os conflitos socioambientais que emergem nesse processo colocam em questão as concepções e a forma de expansão das redes de infraestrutura, o que extrapola a escala local...

Infraestrutura verde urbana na subprefeitura de Capela do Socorro (São Paulo - SP): Redes de Espaços Conservados em Áreas de Mananciais para Sustentação da Paisagem, da Biodiversidade e suas funções Socioambientais; Urban green infrastructure in the Subprefecture of Capela do Socorro (São Paulo City São Paulo State, Brazil): networks of conserved spaces in Fountainhead Areas for the conservancy of landscape, biodiversity and their environmental and social functions.

Almeida, Vinicius de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.55%
ALMEIDA, V. S. Infraestrutura verde urbana na subprefeitura da Capela do Socorro (São Paulo SP): redes de espaços conservados em áreas de mananciais para sustentação da paisagem, da biodiversidade e suas funções socioambientais. 2015. 250f. Dissertação (Mestrado) Programa de Pós-graduação em Ciência Ambiental, Instituto de Energia e Ambiente, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. A subprefeitura da Capela do Socorro fica na Zona Sul de São Paulo, entre as represas Guarapiranga e Billings e o rio Jurubatuba. Tem 600 mil habitantes e ocupações diversas, desde bairros residenciais de médio ou alto padrão e áreas industrias a loteamentos irregulares, favelas, clubes náuticos e áreas rurais. Essa paisagem vem sendo transformada por dinâmicas urbanas como projetos de ampliação de infraestrutura, reurbanização de favelas, construção de parques e, recentemente, pela forte retomada do crescimento descontrolado, marcado por invasões e desmatamentos. Nesse contexto, esta pesquisa fez um levantamento e um diagnóstico dos espaços que devem ser conservados por diferentes estratégias e diretrizes para a garantia de uma infraestrutura verde, isto é, uma rede de sustentação da biodiversidade, da produção de água...

Corredores fluviais urbanos : percepção ambiental e desenho urbano

Bochi, Thaís Caetano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
A temática abordada na pesquisa trata dos problemas associados aos rios urbanos, onde a degradação ambiental ocasionada pelo desenvolvimento das cidades afeta a qualidade das águas e do espaço urbano. No Brasil, a maioria dos rios e arroios urbanos é utilizada como parte integrante da rede de coleta de esgoto sanitário e, por isso, são frequentemente canalizados. A situação se agrava nas áreas de ocupação espontânea a beira de mananciais e cursos d’água. Nesses locais a inexistência ou precariedade da infraestrutura de drenagem e saneamento básico colaboram para o aumento da frequência de inundações que causam danos ambientais e sociais a cidade. No entanto, a revitalização de rios urbanos é uma ação adotada a fim de reverter os impactos negativos gerados pelos usos indevidos dos corredores fluviais. O estudo tem como objetivo contribuir no entendimento de aspectos associados a gestão pública, infraestrutura, estrutura, uso e estética na revitalização de arroios em áreas de ocupação espontânea. A Microbacia do Arroio Riacho Doce, integrante da Bacia Hidrográfica do Arroio Dilúvio, em Porto Alegre, foi escolhida como área de estudo. A metodologia utilizada no trabalho, fundamentada na área de estudos de Ambiente-Comportamento...

Proposta metodológica para ocupação urbana em áreas de mananciais hídricos: o caso de uma área da bacia hidrográfica do Guarapiranga

Nagata, Lyuko
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 78 f. : il., quadros + 11 mapas
POR
Relevância na Pesquisa
26.68%
Pós-graduação em Geociências e Meio Ambiente - IGCE; Sob o título: “Proposta Metodológica para Ocupação Urbana em Áreas de Mananciais Hídricos – O Caso de uma Área da Bacia Hidrográfica do Guarapiranga”, este trabalho apresenta uma metodologia para, através de estudos e análises do meio físico, obter a melhor forma de ocupação urbana de uma área de preservação aos mananciais. A área de estudo se localiza no Município de Embu-Guaçu e foi selecionada porque ainda possui um território preservado ambientalmente, está inserido 100 % em área de proteção aos mananciais e seu território se insere integralmente na Bacia Hidrográfica do Guarapiranga. Os trabalhos foram desenvolvidos abrangendo revisões bibliográficas que objetivou fundamentalmente os aspectos do meio físico e suas relações com a utilização do espaço para fins urbanos, a caracterização física de uma Bacia Hidrográfica utilizada como manancial hídrico, os fatores físicos do planejamento para implantação de área urbana, a delimitação de uma área de estudo e a sua contextualização nas realidades metropolitana e da bacia hidrográfica, materiais e métodos, aplicação dos conceitos de preservação dos mananciais e de planejamento urbano na área de estudo; Under the heading Methodological Proposal for Urban Growth in Areas of Water Source - The Case of the River basin area of the Reservoir...

Planejamento e gestão de recursos hídricos em ambiente urbano

Silva, Djalma Romes da
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xii, 127 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
16.41%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; As inovações tecnológicas e a disseminação de tecnologias aplicadas ao aproveitamento ambiental, na atualidade, ganharam proporções expressivas e grande relevância na política de planejamento do desenvolvimento econômico das nações, principalmente em ambientes urbanos, onde a pressão sobre o recurso é intensa. Contudo, essa pressão parece ser mais perigosa em países pobres como o Brasil, onde o crescimento urbano e a urbanização são relativamente recentes, desordenados e acelerados. O presente trabalho buscou analisar a importância do planejamento e gestão dos recursos hídricos em áreas urbanas, considerando as variáveis que envolvem o problema, pautando-se na legislação dos recursos hídricos vigente e no contexto sócio-econômico que envolve a questão. Para tanto, busca-se levantar e analisar as políticas de gestão dos recursos hídricos, voltadas para a proteção destes, frente à evolução urbana do município de Ituiutaba-MG, sendo esse o nosso estudo de caso. Esse trabalho procurou contextualizar historicamente a questão hídrica no Brasil, enfatizando os aspectos legais e institucionais...

Uma história ambiental dos mananciais da Serra do Mar

Cordeiro, Lorena de Pauli
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 210 f.| il., mapas
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História, Florianópolis, 2008; A conservação dos mananciais de abastecimento de água para consumo humano é um dos maiores desafios das grandes cidades. Sendo assim, os locais que servem para essa finalidade devem ser mantidos em condições de "produzir" água de boa qualidade, atentando-se à preservação das matas ciliares, à poluição dos rios e a expansão urbana sobre essas regiões. Atualmente, a Serra do Mar é a principal fornecedora da água de Curitiba. Mas, desde o início do século XX as nascentes do rio Iguaçu foram captadas e destinadas ao abastecimento da capital paranaense. A presente dissertação pretende identificar e analisar as premissas, as condições e o contexto da utilização dos mananciais da Serra do Mar como fonte de captação para o primeiro sistema de abastecimento de Curitiba, inaugurado em 1908. Em suma, o objetivo é compreender por que esses mananciais, e não outros, foram escolhidos para abastecer a cidade. Dentre as justificativas para a captação da água na Serra do Mar estava a afirmação de que o lugar era desabitado, compatível com todas as condições de potabilidade da água. As razões técnicas foram determinantes para a definição da Serra do Mar como manancial de abastecimento. Contudo...

Vulnerabilidades sociais e juvenil nos mananciais da zona sul da cidade de São Paulo

Borelli,Elizabeth
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.41%
Este artigo é um produto parcial da pesquisa "Reflexos da Vulnerabilidade Socioambiental nas Manifestações Musicais dos Jovens Paulistanos da Periferia", identificando como recorte geográfico a periferia da Zona Sul da cidade de São Paulo. Trata-se de uma região que começou a se formar devido à ocupação populacional desordenada em áreas de manancial, onde a vulnerabilidade social é agravada por situações de risco e degradação ambiental, dado o adensamento das áreas de favelas, configurando um processo de exclusão ambiental e urbana. Temporalmente, a pesquisa parte da década de 1980, quando se expande o padrão de extensão da periferia e surgem as manifestações culturais nas periferias dos grandes centros urbanos. Nesta reflexão, a relação entre política e cultura é apresentada através da análise dos mecanismos de sociabilidade que articulam os jovens afrodescendentes das periferias em torno de intervenções culturais coletivas, como formas de criação e reprodução da sua realidade social.

Restrição ambiental ou oportunidade para o desenvolvimento sustentável? Aquífero Carste na Região Metropolitana de Curitiba

Bollmann,Harry Alberto; Gasparin,Daniele Costacurta; Duarte,Fabio
Fonte: EDUC - Editora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Publicador: EDUC - Editora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.41%
Em termos ambientais, a expansão de áreas urbanas tornou-se um problema mais grave do que o crescimento demográfico em si. Para fazer frente a esse desafio, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) indica a necessidade de mudanças na gestão das cidades, com a adoção de estratégias participativas de intervenção como forma de reduzir os conflitos socioambientais e diminuir o efeito da poluição sobre o meio natural. Este artigo tem como pano de fundo a formulação de políticas para a ocupação de áreas de mananciais em contextos urbanos, tomando como estudo de caso a percepção da população residente e dos representantes das instituições de governo sobre a conservação de mananciais subterrâneos de formação cárstica na Região Metropolitana de Curitiba.

Transformações espaço-temporais da mata de dois irmãos a partir da avaliação dos processos de apropriação do espaço

Goretti Cabral de Lima Bezerra, Maria; Carlos de Barros Corrêa, Antonio (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.16%
A Mata de Dois Irmãos, localizada no município do Recife PE é um dos poucos remanescentes da Mata Atlântica neste Estado. Este ecossistema foi transformado em Parque Estadual em 1998, abrangendo 387,4 hectares e incluindo em seu perímetro a reserva da Mata Atlântica, os açudes do Prata, do Meio e de Dois Irmãos e o Horto Zoobotânico de Dois irmãos. A área reveste-se de grande importância ambiental, primeiro pela preservação da biodiversidade, motivo que faz da mesma objeto de pesquisas científicas, mas destaca-se também como área verde dentro do espaço urbano, servindo para influenciar o clima local. Vale salientar ainda sua importância por abrigar mananciais que são utilizados para abastecer parte da população recifense. Por fim, a Mata de Dois Irmãos serve também como área de lazer para a coletividade urbana. No entanto, apesar de ser uma unidade de conservação de proteção integral, este ecossistema vem sendo constantemente transformado em decorrência dos diversos usos que a população do entorno faz do mesmo. Usos estes, que vão desde a abertura de trilhas e derrubada de árvores, até a deposição de lixo e despejo de esgotos. Desta forma, o presente trabalho teve como principal objetivo identificar os usos desta unidade de conservação e a relação entre as alterações ocorridas na mesma e a intensa apropriação do seu entorno. Por fim constatou-se que apesar de ser protegida por diversas leis ambientais...

Hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) e Bifenilas Policloradas (PCBs) em sedimentos

Leite, Natalicio Ferreira
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
16.41%
Resumo: O presente trabalho consistiu no desenvolvimento de um procedimento para a determinacao de 16 hidrocarbonetos policiclicos aromaticos (HPAs) e 32 bifenilas policloradas (PCBs), visando avaliar a ocorrencia e distribuicao destas substancias toxicas persistentes (STPs), assim como investigar as provaveis fontes de HPAs nos sedimentos dos principais afluentes do Reservatorio Irai, na Area de Protecao Ambiental (APA) Irai, e rios urbanos da Bacia Hidrografica do Alto Iguacu, na Regiao Metropolita de Curitiba/PR (RMC). O desenvolvimento analitico fundamentou-se na extracao simultanea dos compostos com acetona/diclorometano, purificacao do extrato atraves da eluicao com n-hexano/diclorometano sob silica gel ativada e determinacao de HPAs por cromatografia a gas acoplada a espectrometria de massas de armadilha de ions quadrupolar (CG-EM) com monitoramento seletivo de ions. A seguir, as PCBs foram separadas atraves da purificacao do extrato pela eluicao com n-hexano sob silica acida e determinadas por CG-EM sequencial. Os fatores instrumentais potencialmente significativos para a sensibilidade analitica da determinacao de concentracoes traco dos compostos de interesse foram ajustados atraves da tecnica de planejamento fatorial. Os resultados obtidos demonstraram que estas STPs ocorrem em toda a bacia hidrografica...

Avaliação da aplicação do estudo de impacto ambiental em projeto de loteamento urbano localizado em área de proteção de mananciais

Rocha, Gisele Loise
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
26.73%
Resumo: O processo de crescimento desordenado e sem planejamento das cidades trouxe consequências desastrosas sobre o espaço urbano e a qualidade de vida da população, além de provocar profundas modificações nos ambientes, enfraquecendo continuamente os sistemas naturais que asseguram a vida no planeta. Com a criação da Política Nacional do Meio Ambiente surgiram as propostas de planejamento ambiental como forma de orientação para o ordenamento territorial. Deste modo, foi estabelecido que toda atividade modificadora do meio ambiente dependerá da elaboração do EIA, a ser submetido ao órgão competente como subsídios para a obtenção do licenciamento ambiental. A qualidade desses estudos ambientais tem extrema importância nos processos de licenciamento, pois são esses documentos que subsidiam as tomadas de decisões sobre o empreendimento. O presente trabalho procurou avaliar a aplicação do EIA em projeto de loteamento urbano localizado em áreas de proteção de mananciais. De acordo com a resolução do CONAMA n.º 001/86, o EIA é utilizado para obtenção do licenciamento ambiental em grandes loteamentos urbanos, com mais de 100 hectares ou localizados em áreas consideradas de relevante interesse ambiental. A escolha dos estudos de impactos ambientais se deu pela localização estratégica dos projetos de loteamentos...

Conflitos sócio ambientais urbanos no contexto de periferização da metrópole

Lopes, Edmilson Alves
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
26.81%
Resumo: Alardeada nacional e internacionalmente como um exemplo de sucesso em planejamento urbano, qualidade de vida e postura ecológica, a capital do Estado do Paraná não difere, na sua essência, dos contextos urbanos dos países não desenvolvidos. Através desta pesquisa verificou-se que a cidade de Curitiba e sua região metropolitana reproduziram a lógica comum das cidades e regiões metropolitanas do país, atestando problemas socioambientais muito graves, particularmente vistos na conflituosa relação entre o processo de expansão urbana e a preservação da natureza na área de mananciais hídricos da franja leste da RMC. A análise dessa relação entre a dinâmica da sociedade e a da natureza foi elaborada com base na metodologia do Sistema Ambiental Urbano (SAU). Essa metodologia mostrou-se eficiente e possibilitou melhor compreensão dos conflitos socioambientais no processo de periferização da metrópole. A pesquisa em questão revelou as transformações socioespaciais, ocorridas na franja leste da RMC, respaldadas na “Lei Especial de Proteção dos Mananciais da RMC” (1998) e no “Planejamento Estratégico-Competitivo”, instituído pelo PDI (2002). Essas transformações foram embasadas num discurso de “Desenvolvimento Sustentável” e indicavam à melhoria das condições sociais e ambientais sobre a área de mananciais...

Os custos socioecon?micos e ambientais dos impactos da urbaniza??o de Imperatriz nos mananciais urbanos: um estudo de caso na micro-bacia do Riacho Bacuri

OLIVEIRA, Antonio Neres
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.41%
A an?lise tem como linha de pesquisa urbaniza??o, cidades da Amaz?nia e meio ambiente. Foi realizado um levantamento hist?rico do potencial hidrogr?fico da regi?o, onde est? localizada atualmente a cidade de Imperatriz-MA, identificando geograficamente todas as nascentes, mananciais e afluentes do rio Tocantins. De posse desses dados e informa??es, foi poss?vel tra?ar o perfil quantitativo e qualitativo dos riachos que cortam o per?metro urbano do munic?pio. O estudo faz uma abordagem tamb?m dos custos dos impactos provocados pelo processo da urbaniza??o do munic?pio de Imperatriz-MA, contra a micro-bacia do riacho Bacuri. An?lise do fato est? focada na problem?tica da polui??o do riacho, e as manifesta??es negativas advent?cia do processo de degrada??o. Faz-se um levantamento sistematizado intertemporal dos elementos da fauna e da flora aqu?tica que existiam e os que, ainda remanesce na localidade pr?xima a esse manancial, expondo os impactos socioecon?micos e ambientais, ocorrido ao longo dos anos, contra o homem e a natureza.; ABSTRACT: The analysis has as research line urbanization, cites of the Amazonian end environment. A historical survey of the hydrographic potential of the region, where the city of Imperatriz-MA is located currently...

Perspectiva socioambiental sobre a disposição de resíduos sólidos em arroios urbanos : um estudo na sub-bacia hidrográfica Mãe D'Água no município de Viamão - RS

Ungaretti, Ângela Rossana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.43%
As cidades brasileiras redefinidas pelo processo de industrialização são configuradas pela lógica dialética capitalista de ocupação das terras urbanas, ou seja, por um lado concentra trabalhadores no entorno das fábricas e outros locais de trabalho e ao mesmo tempo provoca sua segregação espacial em áreas que apresentam problemas de saneamento. A industrialização baseada em baixos salários determinou muitas características do ambiente construído, no qual a concentração de riquezas atrai, facilita e se apropria dos serviços urbanos, em detrimento da maioria empobrecida da população privada dos benefícios destes serviços. É o rápido processo de urbanização que fragiliza o Estado no seu papel de provedor da universalização do atendimento à população com água tratada, resíduos e esgotos coletados e destinados adequadamente. Assim, impossibilitado de atender a todos por igual, reproduz nos grandes centros a degradação ambiental dos mananciais hídricos e a exclusão da população menos favorecida. Este é o contexto no qual se constitui o palco desta pesquisa. É aqui, que situamos o problema a ser analisado e respondido, ao longo deste trabalho, centrado especificamente em uma sub-bacia pertencente à bacia hidrográfica do arroio Dilúvio...

Dinâmicas Urbanas e Pesquisas no Núcleo de Estudos da Paisagem na Área de Mananciais; Urban Dinamics and Reserchs of the Center of Landscape Studies in the Water Suplies Area

Sandeville Júnior, Euler; Ikematsu, Priscila; Radoll, Gabriella Roesler; Miketen, Simone
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.73%
Este trabalho apresenta os estudos do Núcleo de Estudos da Paisagem (NEP) desenvolvidos nas áreas de importantes reservatórios de água utilizados para o abastecimento público: as represas Billings e Guarapiranga. Os trabalhos são realizados em diferentes escalas de análise e estão focados na necessidade de compreender os processos urbanos e ambientais, além de formas de participação social. Os métodos utilizados são bastante diversos, incluindo trabalhos de campo, mapeamentos temáticos, cartografia de atores, entrevistas e observação participante, a fim de discutir as transformações da paisagem na escala regional e conflitos decorrentes, correlacionando-as com as escalas locais no cotidiano da população. Os resultados de tais estudos reforçam a urgência de ações voltadas à melhoria da qualidade socioambiental e urbana dessa região, mas indicam a necessidade de ampliação da equipe para trabalhos colaborativos com grupos locais, considerando a complexidade e a escala espacial dos fenômenos urbanos e ambientais. Com isso, é possível trazer nova compreensão desses processos, bem como iluminar e problematizar aspectos que contribuam para a análise das implicações das políticas públicas e dos processos de construção do urbano...

VALORAÇÃO DE RECURSOS HÍDRICOS COMO SUBSÍDIO NA GESTÃO DO MANANCIAL URBANO DO RIBEIRÃO DO FEIJÃO, SÃO CARLOS – SP

Machado, Fernando Henrique; Dupas, Francisco Antonio
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2013 POR
Relevância na Pesquisa
26.16%
Com o intuito de proteger a bacia hidrográfica do manancial do Ribeirão do Feijão, São Carlos, SP, este estudo visou: (i) estimar a disposição a pagar (DAP) da população são-carlense para a proteção ambiental; (ii) identificar o nível de conhecimento sobre a origem dos recursos hídricos utilizados do Ribeirão do Feijão entre sujeitos da população urbana; (iii) estimar o lucro líquido da produção agropecuária desta bacia. Para determinar a disposição a pagar (DAP) da população o Método de Valoração Contingente (MVC) com a técnica de eliciação jogos de leilão foi utilizado. Foram aplicados 280 questionários em uma amostra probabilística da população durante o mês de outubro de 2010. Foi construído um modelo de regressão logística multivariado. Para identificar as atividades agropecuárias foi utilizado como fonte de dados o mapa de cobertura do solo da bacia. As estimativas do lucro líquido foram feitas com base nos custos e receitas das culturas utilizando o Valor Presente Líquido (VPL). A DAP média da população foi de R$ 3,07 resultando em um montante financeiro anual de R$ 8.176.638,00. A estimativa do lucro líquido para todas as culturas foi de R$ 13.392.119,95 por ano para uma área produtiva de 14.694 ha...

Três propostas para a solução do abastecimento de água em São Paulo (1902-1904); Three proposals for solving the water supply in São Paulo (1902-1904); Tres propuestas para resolver el abastecimiento de agua en São Paulo (1902-1904)

Bernardini, Sidney Piochi
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 25/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
26.16%
La ciudad de São Paulo todavía tenía en las dos primeras decadas delsiglo 20, importantes problemas con el suministro de agua para supoblación. Las grandes inversiones para mejorar la infraestructura desalud y la implementación de redes de agua y aguas residualesrealizados desde los días del Imperio, no eran suficientes parasatisfacer las necesidades de una ciudad que habia crecido ydiversificado económicamente, con la expansión de actividadescomerciales e industriales. La Companhia Cantareira e Esgotos,contratada en 1875 por el gobierno de la provincia de São Paulo parainstalar el sistema de abastecimiento de agua en la capital, no trajomuchos exitos durante largos años, donde se desempeño, teniendorescindido su contrato en los primeros años de la República despuésde turbulenta crisis administrada por la Superintendencia de ObrasPúblicas del Gobierno del Estado que asumió, en 1892, los serviciosde instalación de la red. Al final de la Primera República, ha habidomuchos intentos de solucionar los graves problemas de abastecimientoque la ciudad había. Entre 1902 y 1904, tres propuestas para ladistribución de agua en São Paulo se presentaron como respuesta delgobierno estatal a la crisis de suministro causadas por la sequía y elaumento progresivo de la población urbana. Este trabajo presenta cadauna de estas tres propuestas para mostrar no sólo los diferentes puntosde vista y soluciones en la organización del sistema de saneamientourbano...

Vulnerabilidades sociais e juvenil nos mananciais da zona sul da cidade de São Paulo; Social Vulnerabilities and Youth in the Water Catchment Areas of the Southern Zone of the City of São Paulo

Borelli, Elizabeth; PUC - São Paulo - SP
Fonte: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc) Publicador: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.41%
http://dx.doi.org/10.1590/S1414-49802012000100006Este artigo é um produto parcial da pesquisa “Reflexos da Vulnerabilidade Socioambiental nas Manifestações Musicais dos Jovens Paulistanos da Periferia”, identificando como recorte geográfico a periferia da Zona Sul da cidade de São Paulo. Trata-se de uma região que começou a se formar devido à ocupação populacional desordenada em áreas de manancial, onde a vulnerabilidade social é agravada por situações de risco e degradação ambiental, dado o adensamento das áreas de favelas, configurando um processo de exclusão ambiental e urbana. Temporalmente, a pesquisa parte da década de 1980, quando se expande o padrão de extensão da periferia e surgem as manifestações culturais nas periferias dos grandes centros urbanos. Nesta reflexão, a relação entre política e cultura é apresentada através da análise dos mecanismos de sociabilidade que articulam os jovens afrodescendentes das periferias em torno de intervenções culturais coletivas, como formas de criação e reprodução da sua realidade social.; This article is a partial product of the study “Reflexes of the Socio-environmental Vulnerability in the Musical Manifestations of Paulista Youth from the Periphery...