Página 1 dos resultados de 6 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Avaliação de métodos preventivos de coccidiose para perus de corte

Milbradt, Elisane Lenita
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xi, 92 f.: il. color. , grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
17.01%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; Com o objetivo de avaliar a eficiência de diferentes métodos preventivos de coccidiose para perus de corte, foram utilizados 420 perus de corte, fêmeas da linhagem BUT 9 distribuídas em um delineamento experimental inteiramente casualizado dividido em quatro tratamentos: T1- dieta controle sem vacinação contra coccidiose e droga anticoccidiana, T2- dieta acrescida de droga anticoccidiana do 1º até os 60 dias de vida das aves (maduramicina 1%, 5ppm), T3- vacinação contra coccidiose (vacina comercial), T4- imunização pela exposição à cepas de campo (pool de oocistos). A administração da vacina e do pool de oocistos foi realizada via ração, no sétimo dia de vida das aves. As aves foram alojadas com densidade de 21 aves/m² até o sétimo dia, 9,8 aves/m² entre o oitavo dia e a sexta semana e, 4,2 aves/m² até a idade do abate, 70 dias. Aos 21 dias de idade, as aves foram submetidas ao desafio de coccidiose, representado por um pool de oocistos, sem a identificação das espécies, na dosagem de 20.000 oocistos por ave, a qual foi aplicada diretamente no esôfago. Os resultados foram submetidos à análise de variância (ANOVA) com auxílio do programa estatístico SAS...

Determinação de resíduos de ionóforos poliéteres em leite por LC-MS/MS

Pereira, Mararlene Ulberg
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
18.16%
Os ionóforos poliéteres são antibióticos utilizados em bovinos como promotores de crescimento, para aumentar a produção de leite em vacas lactentes e prevenir e tratar a coccidiose. Entretanto, poucos são os métodos para determinação destes resíduos em leite e não há dados de monitoramento disponíveis no Brasil. Este trabalho teve como objetivo desenvolver, validar e aplicar um método para a determinação de resíduos de seis antibióticos da classe dos ionóforos poliéteres (lasalocida, maduramicina, monensina, narasina, salinomicina e senduramicina) em leite cru, UHT, pasteurizado e em pó empregando a extração QuEChERS (Quick, Easy, Cheap, Effective, Rugged, Safe) e a cromatografia líquida de alta eficiência acoplada à espectrometria de massas sequencial (LC-MS/MS). Recuperações globais de 92,8 a 112,7% e desvios padrão relativos inferiores a 16% foram obtidos em condições de precisão intermediária. Os valores de CCα calculados não ultrapassaram 20% do Limite Máximo de Resíduo (LMR) para a monensina e 25% dos Níveis Máximos (NM) para as demais substâncias. Os limites de detecção estimados variaram de 0,03 µg/L a 0,4 µg/L e os limites de quantificação de 0,07 µg/L a 0...

Desenvolvimento e validação de uma metodologia analítica para a detecção simultânea de resíduos de coccidiostáticos em amostras de fígado por LC-MS/MS

Rodrigues, Ana Lúcia Filipe
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
28.16%
Tese de mestrado em Química, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2014; Os medicamentos veterinários são amplamente utilizados em sistemas de produção intensiva de animais para consumo humano, na profilaxia e terapia de patologias e como promotores de crescimento. Estes compostos são adicionados na água de bebida, em implantes ou como suplementos na alimentação animal. Os compostos avaliados no presente estudo foram os coccidiostáticos que são um grupo de compostos utilizados como aditivos alimentares ou como promotores de crescimento, para prevenção e tratamento de coccidiose, uma doença infecciosa causada por protozoários do género Eimeria. A coccidiose, , incide especialmente em frangos, perus e coelhos, sendo estes os principais sectores a utilizar medidas de controlo a fim de prevenir esta doença mortal. Contudo, pode também atingir bovinos e suínos. A utilização de coccidistáticos está permitida na União Europeia embora sujeita a restrições, estando estabelecidos limites máximos de resíduos (LMR), para cada composto nas diferentes espécies animais e para cada tecido ou produto edível. Este estudo centrou-se no desenvolvimento e na validação de uma metodologia analítica...

A utilizaçao da droga Halquinol® como promotor de crescimento e coadjuvante no controle da coccidiose

Cardoso, Maria Antoanete Brandalize; Flemming, Jose Sidney, 1949-
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
17.77%
O principal objetivo deste trabalho foi o estudo da influência da droga halquinol (Roxolin 60) como promotor de crescimento, bem como sua possível ação no controle da coccidiose, em frangos de corte. Foram analisados parâmetros como ganho de peso, conversão alimentar, viabilidade e índice de eficiência produtiva. Foram constituídos seis tratamentos, num total de 2.880 aves criadas em piso, com diferentes níveis da droga na ração. Observou-se que a utilização de halquinol como promotor de crescimento não alterou significativamente (P>.05) o ganho de peso, a conversão alimentar e viabilidade das aves. A associação de halquinol a outros promotores de crescimento também não influenciou positivamente (P>.05) os parâmetros zootécnicos avaliados. No segundo estudo, num experimento em gaiolas procurou-se avaliar a ação do halquinol no controle da coccidiose, comparando-se a ação de 30 ppm/ton. de halquinol associado ou não ao coccidiostático maduramicina frente a inoculação de diferentes Eimerias. Foram utilizadas 40 aves criadas em gaiolas que receberam um inoculo misto de E. tenella, E. acervulina e E. maxima, sendo então realizado score de lesões. Como resultado observou-se que a utilização do halquinol potencializa a ação da maduramicina no controle da E...

UTILIZAÇÃO DO HALQUINOL COMO PROMOTOR DE CRESCIMENTO E COADJUVANTE NO CONTROLE DA COCCIDIOSE EM FRANGOS DE CORTE

CARDOSO, M. A. B; FLEMMING, J. S.; FLEMMING, F. F.
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 21/10/2004 POR
Relevância na Pesquisa
17.77%
O principal objetivo deste trabalho foi o de estudar a influência da utilização do halquinol (uma mistura de 5,7-dicloro-8-quinolinol, 5-cloro-8 quinolinol e 7-cloro-8-quinolinol) como promotor de crescimento, bem como sua possível ação no controle da coccidiose, em frangos de corte. Foram analisados parâmetros como ganho de peso, conversão alimentar, viabilidade e índice de eficiência produtiva. Foram constituídos 6 tratamentos, num total de 2880 aves criadas em piso, com diferentes níveis da droga na ração. Observou-se que a utilização do halquinol como promotor de crescimento não alterou significativamente (P>0.05) o ganho de peso, a conversão alimentar e a viabilidade das aves. A associação do halquinol a outros promotores de crescimento também não influenciou positivamente (P>0.05) os parâmetros zootécnicos avaliados. No segundo estudo, num experimento em gaiolas procurou-se avaliar a ação do halquinol no controle da coccidiose, comparando-se a ação de 30 g/ton do produto associado ou não ao coccidiostático maduramicina frente à inoculação de diferentes Eimerias. Foram utilizadas 40 aves criadas em gaiolas que receberam um inoculo misto de E.tenella, E. acervulina e E. máxima, sendo então realizado escore de lesões. Como resultado observou-se que a utilização do halquinol potencializa a ação da maduramicina no controle da E. acervulina...

Avaliação da resistência de isolados de campo de Eimeria de frangos de corte a drogas anticoccidianas

Meireles, Marcelo Vasconcelos; Kavavata, Gláucia Mayumi; Almeida, Sílvia Maria; Hisano, Maurício; Santos, Rofson Falcão Siqueira
Fonte: Universidade Federal Fluminense Publicador: Universidade Federal Fluminense
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
17.01%
O controle da coccidiose em frangos de corte é realizado através da administração preventiva de drogas anticoccidianas naração ou através de vacinas. No entanto, alguns surtos. são observados mesmo em lotes medicados. Existem várias causaspossíveis para a ocorrência de falhas na profilaxia da coccidiose, entre elas, a resistência do parasito às drogas utilizadas.Estudos epidemiológicos têm demonstrado resistência a drogas anticoccidianas em vários países, inclusive no Brasil. Opresente experimento tevecomo objetivo a determinação de resistência a drogas anticoccidianas de isolados de Eimeria defrangos de corte. Foram realizados dez experimentos, utilizando-se, em cada um, isolados de Eimeria de um complexo avícolade corte. Foi analisada resistência contra nicarbazina, robenidina, monensina, narasina, salinomicina, maduramicina, diclazuril,semduramicina e lasalocida, através da análise do ganho de peso e escore de. lesões de aves infectadas, comparados aosde aves não infectadas. Os resultados obse.rvados indicaram resistência de E. tenella e E. acervulina a todas as drogasutilizadas, com exceção do diclazuril.