Página 1 dos resultados de 466 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Estudo de genes associados com a maciez da carne em bovinos da raça Nelore; Study of genes associated with tenderness in Nelore cattle

Carvalho, Minos Esperândio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/05/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.47%
O Brasil é o maior exportador de carne bovina mundial com aproximadamente 1,7 mil toneladas, e o segundo em produção, estando atrás apenas dos Estados Unidos. A produção brasileira está embasada em técnicas extensivas de produção. No entanto, esse sistema de produção exige rebanhos resistentes as grandes adversidades encontradas no ambiente. Os bovinos da raça Nelore, de origem Bos taurus indicus, são predominantes no rebanho brasileiro, devido sua elevada resistência ao ambiente tropical e seu potencial de produção. Estudos sobre a ciência da carne estão sendo realizados para avançar na seleção de animais que atendam com qualidade os consumidores, pois bovinos de origem Bos taurus indicus são conhecidos por produzirem carne de menor maciez quando comparado as raças de origem taurina. Com o objetivo de descobrir possíveis genes que estejam associados a força de cisalhamento da carne de animais da raça Nelore, foi avaliada no presente estudo, em uma primeira população (n=76), a expressão de genes que codificam proteínas da família de heat shock: CRYAB, HSPB1 e DNAJA1, e genes envolvidos na proteólise do tecido muscular: -calpaína (CAPN1), calpastatina (CAST) e duas isoformas do gene da calpastatina. A maior expressão do gene CRYAB foi associada a maior maciez da carne (menor força de cisalhamento) aos sete e 14 dias de maturação...

Estudo proteômico da carne de bovinos castrados da raça Nelore com genótipos contrastantes para CAPN e UOGCAST em diferentes períodos de maturação; Proteomic study of beef from castrated Nellore with contrasting genotypes for CAPN and UOGCAST at different stages of aging

Silva, Vanessa Augusto de Mello e
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.74%
O Brasil dedica-se em grande parte à criação de animais Bos indicus, principalmente da raça Nelore e seus cruzamentos, já que são animais resistentes a doenças e adaptados ao clima tropical. Entretanto, em relação à característica de maciez da carne, restrições têm sido atribuídas a este tipo de animal. Particularmente neste aspecto, existe grande interesse pela seleção de animais cuja genética seja favorável à carne mais macia e com redução na variação da maciez da carne. Durante o período de maturação da carne, a proteólise é o fator que mais contribui com o aumento da maciez. As proteases neutras ativadas por íons de cálcio, denominadas calpaínas, são parcialmente responsáveis pela proteólise post mortem, conduzindo ao aumento progressivo da maciez da carne. Entretanto, existe dificuldade em obter dados fenotípicos relacionados à maciez. Assim, a Seleção Assistida por Marcadores (MAS) pode ter grande impacto para melhorar estas características de difíc il mensuração. Marcadores do gene da calpaína (CAPN) e da calpastatina (CAST), denominados SNPs (Single Nucleotide Polymorphisms), já foram analisados e polimorfismos foram associados favoravelmente com maciez da carne bovina. Entretanto...

Expressão gênica e protéica de isoformas de cadeia pesada de miosina e maciez da carne de bovinos de diferentes grupos genéticos

Castan, Eduardo Paulino
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: ix, 44 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.62%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Genética e Melhoramento Animal - FCAV; Sabendo que o processo de transformação do músculo em carne no estágio postmortem é largamente governado pela proporção de distintos tipos de fibras, e tendo em vista a necessidade de suprir as demandas do setor da pecuária bem como as exigências do consumidor por um produto de maior qualidade, inclusive da carne, o presente projeto objetivou relacionar a maciez da carne do músculo Longissimus dorsi (LD) com a expressão gênica e protéica das isoformas da cadeia pesada da miosina (MHC) em dois grupos genéticos de bovinos. Foram analisados 28 bovinos jovens de dois grupos genéticos, 14 Nelores e 14 Canchins. Os animais receberam a mesma dieta, o mesmo manejo no mesmo ambiente, com a finalidade de mantê-los no mesmo estado fisiológico. Atingindo o tempo pré-estabelecido de confinamento de 140 dias, os animais foram abatidos e amostras do músculo LD foram coletadas para análise da maciez da carne e também para a quantificação das expressões gênicas e protéicas das isoformas de MHC através das técnicas de RT-qPCR e de separação eletroforética (SDS-PAGE) respectivamente. O grupo Canchim apresentou maior maciez da carne em relação ao grupo Nelore em ambas as metodologias utilizadas...

Análise da expressão gênica no músculo esquelético de bovinos das raças Nelore e Aberdeen Angus e sua relação com o desenvolvimento muscular e a maciez da carne

Ferraz, André Luiz Julien
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xv, 93 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.47%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Zootecnia - FCAV; A divergência genética entre Bos taurus taurus e Bos taurus indicus é estimada em ~ 250.000 anos mas, apesar dessa proximidade filogenética, estes dois grupos de bovinos apresentam diferenças marcantes em relação à taxa de crescimento muscular e a maciez da carne. De maneira que este estudo foi delineado para avaliar perfil da expressão gênica diferencial no musculo Longissimus dorsi das raças Nelore e Aberdeen Angus com o objetivo de identificar conjuntos de genes cuja expressão está associada à manifestação das características acima mencionadas. Vinte bezerros machos de cada raça foram criados e terminados em regime de confinamento, metade dos quais foi abatida aos 15 e a metade restante aos 19 meses de idade. Nossos resultados sugerem fortemente que a ação autócrina e/ou parácrina do IGF-1 produzido no tecido muscular deve exercer um papel crucial na modulação da taxa de crescimento muscular e na maciez da carne de bovinos. Por outro lado, nossa análise das redes de interação gênica mostrou um grande número de genes que codificam proteínas que agem na proteólise muscular, pequeno número de inibidores e reguladores de proteases...

Efeito do processo Tender Tainer de maturação sob pressão na maciez da carne bovina

Francisco Mathias Ormenese
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/12/1995 PT
Relevância na Pesquisa
27.74%
O processo Tender Tainer de maturação sob pressão positiva em tanques especiais, mantidos a -1 a 2°C, foi desenvolvido e patenteado pela empresa VESTEN AG, da Suíça, para melhorar a maciez e reduzir a variabilidade dos resultados, sem afetar os demais atributos de qualidade da carne fresca. Entretanto, são raras as pesquisas sobre tal processo. Com o objetivo de comparar a eficácia do processo Tender Tainer* relativamente à maturação da carne embalada à vácuo (processo convencional), e, também, determinar possíveis diferenças entre a aplicação do novo processo na carne desossada pré e pós-rigor, foram realizados dois experimentos. No primeiro, comparou-se a maciez obtida na maturação, em períodos de 1, 14, 21 e 28 dias, pelos dois processos, e, no segundo, a maciez da carne, após 7, 14, 21 e 28 dias da aplicação do Tender Tainer* após a desossa a quente, comparada com a desossa convencional. Todas as comparações foram feitas com base na magnitude e variabilidade dos dados de força de cisalhamento (WB, célula de Warner-Bratzler acoplada ao Instron) e da avaliação sensorial da maciez da carne de: contrafilé (M. Longissimus dorsi, Ld), alcatra (M. Gluteus medius, Gm), coxão mole {M. Semimembranosus, Sm)...

Identificação de genes relacionados à maciez da carne de bovinos das raças Angus e Nelore por análise de expressão diferencial; Identification of genes involved in meat tenderness in Angus and Nellore breeds using differential expression analysis

Luís Augusto Eijy Nagai
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.55%
A carne bovina é um dos principais produtos que o Brasil comercializa no mercado internacional. Atualmente, o Brasil é líder nas exportações e tem o objetivo de melhorar sua produção para aumentar a competitividade. A carne bovina é consumida em várias partes do mundo e é uma das principais fontes de proteínas e vitaminas para o homem. A publicação em 2009 do genoma bovino, proveniente de um animal da subespécie Bos taurus taurus, beneficiou os estudos de caracterização de mecanismos moleculares responsáveis por características de interesse. Dentre várias características, a maciez da carne é considerada o atributo mais importante. As raças zebuínas, principalmente Nelore (Bos taurus indicus), possuem grande aceitação na pecuária de corte brasileira e adaptabilidade ao território, porém apresentam menor produtividade e qualidade da carne, em relação às raças taurinas como Angus (B. taurus taurus). Assim, o interesse pela identificação de genes relacionados com a qualidade da carne bovina justifica o investimento em pesquisas genéticas, moleculares e bioquímicas. As novas tecnologias de sequenciamento de alto rendimento promoveram um grande avanço nas pesquisas de avaliação da expressão de genes...

Cor, capacidade de retenção de água e maciez da carne de cordeiro maturada e injetada com cloreto de cálcio

Zeola,N.M.B.L.; Souza,P.A.; Souza,H.B.A.; Silva Sobrinho,A.G.; Barbosa,J.C.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.36%
Os músculos Biceps femoris, Longissimus e Triceps brachii submetidos aos efeitos do tempo de maturação e da injeção com cloreto de cálcio de cordeiros Morada Nova foram estudados quanto às características de cor, capacidade de retenção de água e maciez. Os cordeiros foram abatidos ao atingirem 25kg de peso vivo. Os músculos apresentaram diferenças na cor (luminosidade-L*, teor de vermelho-a* e teor de amarelo-b*) 24 horas após o abate. A maturação tendeu a escurecer a carne. O cloreto de cálcio não modificou a cor das carnes provenientes dos músculos Longissimus e Triceps brachii, entretanto as do Biceps femoris apresentaram-se mais vermelhas quando receberam cloreto de cálcio. Quanto à capacidade de retenção de água, a maturação afetou as carnes do Triceps brachii, mas não influenciou as carnes dos músculos Biceps femoris e Longissimus. O cloreto de cálcio não modificou a capacidade de retenção de água dos músculos avaliados. A maturação influiu sobre a maciez do Biceps femoris e do Longissimus.

Idade e sexo na maciez da carne de ovinos da raça Corriedale

Gularte,Márcia Arocha; Treptow,Rosa de Oliveira; Pouey,Juvêncio Luís Fernandes; Osório,José Carlos
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2000 PT
Relevância na Pesquisa
37.47%
A maciez da carne geralmente é o atributo mais importante para o consumidor. Vários são os fatores que influem sobre esSe aspecto no animal, como por exemplo: genótipo, idade, sexo, entre outros. Neste estudo, verificou-se a influência da idade e do sexo na maciez do músculo Longissimus dorsi de ovinos da raça Corriedale, através de métodos sensoriais e instrumentais. Após o abate, realizou-se a avaliação visual da textura do músculo pela granulação da superfície do mesmo. As amostras foram congeladas por 5 meses. Após a cocção, foi analisada a maciez da carne pelo equipamento Warner-Bratzler shear medindo a força de cisalhamento, e por avaliação sensorial realizada por uma equipe treinada de julgadores. Resultados obtidos pela avaliação sensorial e instrumental indicaram que o músculo Longissimus dorsi de fêmeas e de animais de menor idade foram mais macios.

Caracterização do processo de rigor mortis em músculos de eqüinos e maciez da carne

Rodrigues,Tatiana Pacheco; Silva,Teófilo José Pimentel da; Carvalho,Eulógio Carlos Queiroz de; Freitas,Mônica Queiroz de; Paulino,Flávia de Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.19%
Esta pesquisa utilizou 12 eqüinos de diferentes idades, abatidos em um matadouro-frigorífico (SIF 1803) em Araguari-MG, e estudou a temperatura, pH, comprimento de sarcômero em diferentes intervalos de tempo após abate (1h, 5h, 8h, 10h, 12h, 15h e 24h) e força de cisalhamento (maciez) dos músculos Longissimus dorsi e Semitendinosus, com intuito de caracterizar o desenvolvimento do processo de rigor mortis de eqüídeos durante o processamento industrial. A temperatura da câmara fria variou de 10,2°C a 4,0°C e a temperatura média inicial das carcaças foi de 35,32°C e a final de 4,15°C. O pH inicial médio do músculo Longissimus dorsi foi 6,49 e o final 5,63, e para o músculo Semitendinosus o pH inicial médio foi 6,44 e o final 5,70. A menor medida de sarcômero observada em ambos os músculos foi na 15ª hora após abate, ou seja, 1,44µm e 1,41µm, respectivamente. A carne dos eqüídeos adultos foi mais dura (p<0,05) do que a dos jovens, bem como do músculo Semitendinosus quando comparado com o Longissimus dorsi.

Caracterização do processo de rigor mortis do músculo Ilio-ischiocaudalis de jacaré-do-pantanal (Caiman crocodilus yacare) e maciez da carne

Vieira,Juliana Paulino; Silva,Teofilo José Pimentel da; Freitas,Monica Queiroz de; Fontenelle,Gabrielle; Lindote,Helen Cristiane Ferrareto; Freitas,Marcelo de Alcantara Martins
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.19%
Este trabalho utilizou seis carcaças de jacaré-do-pantanal (Caiman crocodilus yacare) com o objetivo de caracterizar o processo de rigor mortis do músculo Ílio-ischiocaudalis durante o resfriamento industrial e avaliar a maciez dessa carne. Os jacarés foram escolhidos aleatoriamente e abatidos na Cooperativa de Criadores do Jacaré do Pantanal (COOCRIJAPAN), Cáceres, Mato Grosso. Após a sangria, aferiu-se as variações das temperaturas da câmara de resfriamento, das carcaças e o pH. Foram colhidas amostras para determinação do comprimento de sarcômero, da força de cisalhamento e perdas por cozimento em diferentes intervalos de tempo (0,5, 3, 5, 7, 10, 12, 15, 24 e 36h). A temperatura da câmara de resfriamento variou de 2,6°C (0,5h) a 0,9°C (36h) e a temperatura média das carcaças variou de 21,0°C a 4,2°C, respectivamente. O pH médio inicial do músculo foi de 6,7 e o final 5,6 e a contração máxima do sarcômero do músculo Ilio-ischiocaudalis ocorreu na 15ª hora após a sangria (1,5µm). Essa carne apresentou força de cisalhamento menor que 6,0kg.

Composição centesimal, perdas de peso e maciez de lombo (longissimus dorsi) suíno submetido a diferentes tratamentos de congelamento e descongelamento

PIRES,Ivy Scorzi Cazelli; ROSADO,Gilberto Paixão; AZEREDO,Raquel Monteiro Cordeiro de; NEVES,Mariana Braga; MIRANDA,Lucilene Soares
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.36%
Foram avaliadas a composição centesimal, as perdas de peso e a maciez de porções de carne suína (Longissimus dorsi) grelhadas, submetidas a dois períodos de estocagem (15 e 60 dias) e descongeladas a 7ºC e 25ºC. Constatou-se que os bifes contendo teores mais elevados de umidade correspondem aos tratamentos com 15 dias de estocagem congelada e descongelamento a 7ºC (59,54%) e com 60 dias de estocagem congelada combinada com descongelamento a 25ºC (60,51%). Amostras armazenadas durante 60 dias apresentaram maior teor de minerais (5,58%) em relação àquelas estocadas por 15 dias (4,51%) (análise realizada em amostras grelhadas e pré-salgadas). Os teores de proteína e lipídios e a maciez não foram afetados por quaisquer dos procedimentos. A utilização de 25ºC para o descongelamento ocasionou maiores perdas de peso (40,19%) que 7ºC (33,17%). Os resultados do presente estudo sugerem a aplicação de períodos curtos de estocagem congelada e descongelamento sob resfriamento.

Associação de polimorfismos no gene da u-calpaína com a maciez da carne em animais da raça Nelore.

CARVALHO, M. E.; ELER, J. P.; BALIEIRO, J. C. de C.; REGITANO, L. C. de A.; MEIRELLES, F. V.; FERRAZ, J. B. S.
Fonte: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 44., Jaboticabal, SP. Anais... Jaboticabal: SBZ: UNESP, 2007. Publicador: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 44., Jaboticabal, SP. Anais... Jaboticabal: SBZ: UNESP, 2007.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.55%
Os bovinos de origem Bos indicus são preferidos nos trópicos devido a sua maior resistência as adversidades ambientais. No entanto, estes animais não produzem carne tão macia quanto os taurinos. A seleção assistida por marcadores relacionados à maciez da carne, como é o caso da protease calpaína, pode auxiliar na melhoria da característica. Nesse trabalho, foram utilizados 229 animais da raça Nelore. Após a extração do DNA de amostras de sangue, por desproteinização em presença de NaCl a identificação e determinação dos polimorfismos para três marcadores (CAPN316, CAPN530 e CAPN4751) foi realizada pelo sistema de detecção TaqManTM utilizando-se PCR em Tempo Real. A análise de maciez da carne, aos 7, 14 e 21 dias de maturação, foi realizada com amostras de carne do Longissimus dorsi, retiradas entre a 12a e 13ª costela e cisalhadas utilizando-se um Warner Braztler Shear Force. Os polimorfismos dos marcadores CAPN316 e CAPN530 não apresentaram efeitos significativos (P>0,05) para a maciez da carne aos 7, 14 e 21 dias de maturação. Foram verificados efeitos significativos para os polimorfismos do CAPN4751 em relação à maciez da carne aos 7 (P=0.001), 14 (P=0.005) e 21 (P=0.006) dias de maturação.; 2007

Frequência de polimorfismos de nucleotídeo único (SNP) em genes relacionados à maciez de carne e à deposição de gordura em bovinos oriundos de abatedouro.

GROMBONI, J. G. G.; MELLO, S. C. de; ROCHA, M. I. P.; NICIURA, S. C. M.
Fonte: In: JORNADA CIENTÍFICA - EMBRAPA SÃO CARLOS, 2., 2010, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: Embrapa Instrumentação Agropecuária: Embrapa Pecuária Sudeste, 2010. Publicador: In: JORNADA CIENTÍFICA - EMBRAPA SÃO CARLOS, 2., 2010, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: Embrapa Instrumentação Agropecuária: Embrapa Pecuária Sudeste, 2010.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.36%
A bovinocultura de corte tem como objetivo a obtenção de carne de qualidade. A maciez e a deposição de gordura subcutânea e intramuscular são algumas características que estão diretamente relacionadas à produtividade, à qualidade e ao preço do produto final. A maciez da carne é um dos atributos mais apreciado pelo consumidor. Os genes e leptina estão relacionados a essas características de interesse comercial, sendo assim, o objetivo do presente trabalho foi determinar a frequência dos SNP descritos na literatura nos genes , , e leptina em amostras bovinas que foram obtidas a partir de 35 úteros gravídicos coletados em abatedouro. Para tanto as amostras de útero materno e de pele fetal foram submetidas à extração de DNA com solvente orgânico e à genotipagem por discriminação alélica em tempo real utilizando o sistema . Para a genotipagem dos polimorfismos nos genes (G>A, V530I), (A>G, 2.655 3?UTR), (G>A e C>A, K232A) e leptina (C>T, R25C), e sondas, sintetizados pelo serviço , foram utilizados na concentração de 1X com 1X de e 15 ng de DNA, em volume final de 5 μL. A reação foi iniciada por (60ºC por 1 min), seguida por 45 ciclos de amplificação (95ºC por 15 seg e 60ºC por 1 min) e para a designação dos alelos. A frequência dos SNP foi determinada por contagem direta dos alelos. Para o gene foram encontradas 29 mães com o genótipo GG (82...

Avaliação de diferentes combinações genotícas para polimorfismo no gene u-calpaína e calpastatina associados com a maciez da carne em animais da raça Nelore.

CARVALHO, M. E.; ELER, J. P.; AFAZ, A. L. M.; FERRAZ, J. B. S.; REGITANO, L. C. de A.; MEIRELLES, F. V.; BALIEIRO, J. C. de C. A.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE CARNES, 4., 2007, Campinas, SP. Mercado do Século XXI: qualidade, segurança alimentar, certificação e rastreabilidade - anais. Campinas: ITAL: CTC, 2007. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE CARNES, 4., 2007, Campinas, SP. Mercado do Século XXI: qualidade, segurança alimentar, certificação e rastreabilidade - anais. Campinas: ITAL: CTC, 2007.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.; p. 253.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.62%
Por muito tempo a carne bovina foi comercializada como um produto tendo a única opção relacionada à qualidade, os cortes comumente conhecidos. No entanto, as exigências atuais dos consumidores não estão restritas somente a esta característica, e cada vez mais buscam novos produtos de maior qualidade. Assim, é crescente o movimento dos agentes da cadeia em busca de alternativas. Uma das maneiras utilizada para promover a diferenciação, é a busca por qualidades intrínsecas do produto final. Variações genéticas que possam ser associadas com características de qualidade da carne e que garantam maior satisfação aos consumidores, vêm assumindo papel de destaque por parte de pesquisadores do mundo inteiro. Entre essas características, a maciez da carne é sem dúvida, uma das mais importantes. Portanto, existe grande interesse pela seleção de animais cuja genética seja favorável a maior maciez da carne, particularmente em animais de orígem Bos indicus, que representam a base da produção de carne no Brasil. Estudos têm evidenciado que as proteases neutras ativadas por íons de cálcio, denominadas calpaínas e seu inibidor enzimático, a calpastatina, são parcialmente responsáveis pela proteólise pos mortem...

Associação genômica com maciez de carne na raça Nelore.

REGITANO, L. C. de A.; TIZIOTO, P. C.; OLIVEIRA, P. S. N. de; MUDADU, M. de A.; MOURÃO, G. B.; REDE BIFEQUALI
Fonte: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 9., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa: SBMA, 2012. Publicador: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 9., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa: SBMA, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.19%
As análises do genoma bovino, incluindo mapeamento de QTL (Quantitative Trait Loci), SNPs (Single Nucleotide Polymorphisms) e, mais recentemente, a genotipagem em larga escala, poderão contribuir para a seleção precoce de bovinos. A análise de associação genômica, utilizando dados da genotipagem de 470 animais no Illumina BovineHD BeadChip, identificou regiões associadas com força de cisalhamento medida 24 horas após o abate (P≤ 0,001) nos cromossomos 2, 10, 13, 16 e 21, em famílias de referência da raça Nelore. A análise dos genes localizados nessas regiões associadas com maciez de carne poderá permitir a identificação de genes de efeito maior, que poderão ser usados na seleção assistida por marcadores.; 2012

Expressão de genes ligados à maciez da carne em bovinos da raça Nelore.

CARVALHO, M. E.; GASPARIN, G.; SILVA, S. da L.; REGITANO, L. C. de A.; MOURÃO, G. B.; COUTINHO, L. L.
Fonte: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 9., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa: SBMA, 2012. Publicador: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 9., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa: SBMA, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.55%
Dentre as características da carne, a maciez é a mais desejada pelo consumidor. Bovinos de origem Bos taurus indicus são conhecidos por produzirem carne de menor maciez quando comparado às raças de origem taurina. O objetivo do estudo foi avaliar a expressão dos genes codificadores de proteínas da família ?heat shock? (CRYAB, HSPB1 e DNAJA1) em bovinos da raça Nelore (Bos taurus indicus). A expressão do gene CRYAB foi associada à maciez aos sete (P=0,003) e 14 dias (P=0,01) de maturação, e do gene HSPB1 associado à força de cisalhamento 24 horas (P=0,04) após abate e aos 7 (P=0,003) e 14 dias (P=003) de maturação. Baseado nos resultados, é possível sugerir que os genes CRYAB e HSBP1 podem ser potenciais marcadores de maciez da carne em bovinos da raça Nelore.; 2012

Características quali quantitativas da carne e da carcaça de bovinos Nelore Mocho pertencentes a uma população segregante selecionada para maciez; Quantitative and qualitative characteristics of carcass and meat quality of Polled Nellore cattle beloning of a selected segregating population for meat tenderness

Moreira, Ligia da Cunha
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ); Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ); Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.47%
Genetic selection of animals with potential for improved carcass and meat quality is a strategy that should be employed in Brazilian livestock. The country occupies a prominent position in global agribusiness, possessing the largest commercial cattle herd in the world and being one of the largest exporters of beef. However, Brazilian beef is classified as medium to low quality. The aim of the present study was to evaluate quantitative and qualitative characteristics of the carcass and beef in Polled Nellore belonging to a segregating population selected for meat tenderness. There were 68 male animals, with age average six months and initial weights 215.5 kg. The animals were slaughtered when they reached a minimum weight of 500 kg and 5 millimeters of fat backfat, forming groups of 17 or 18 animals of each slaughter. The slaughter occurred in a commercial slaughterhouse under Federal Inspection (SIF 431). The experimental design was a randomized block design with two treatment types (low and high WBSF). Data were subjected to an analysis of variance using the GLM procedure in SAS. The treatment means were compared by the Duncan test at 5% significance. Sensory analyses were submitted to the NPAR1WAY procedure, and means were compared by the non-parametric Kruskal- Wallis test. There weren’t significant differences for the carcasses characteristics evaluated. The shear force was high for animals with high WBSF analyzed in both methods (1.55 kgf and 2.48 kgf texturometer Warner Bratzler). The high group WBSF had a value of 5.99 for pH...

Suspensão da carcaça pelo dianteiro para melhorar a maciez dos músculos Longissimus dorsi e Biceps femoris; Hanging the beef carcass by the forequarter to improve tenderness of the Longissimus dorsi and Biceps femoris muscles

Luchiari Filho, Albino; Macedo, Renato Prates; Pereira, Angélica Simone Cravo; Silva, Saulo da Luz e; Leme, Paulo Roberto; Feitosa, Guilherme
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2005 ENG
Relevância na Pesquisa
37.36%
Hanging beef carcasses in different configurations in the cooler affect some carcass muscle tenderness. Forty Nellore steer carcasses (ten per day) were chosen at random in a federally inspected slaughter plant and hanged alternate left and right sides either in the traditional way by the hindquarter (HQ) or by the forequarter (FQ) also called "tenderbife". Carcasses were selected from steers up to 30 months old and had an average hot carcass weight of 244.1 kg. These carcasses were chilled for 48 hours, when samples from the Longissimus dorsi (LD) at the 12th rib and the Biceps femoris (BF) at the P8 site were removed, kept under refrigeration (0-2ºC) for five days and frozen for future analysis. The temperature of the LD after 24 hours taken at the 12th rib was not different for HQ (1.0ºC) and FQ (0.9ºC). Fat thickness measured at the 12th rib was lower (P < 0.05) for HQ (3.8 mm) than FQ (4.3 mm). All samples were thawed during 48 hours under refrigeration for tenderness evaluation. Warner Bratzler Shear force from the LD was lower (P < 0.001) for FQ (3.53 kg) than HQ (4.78 kg) and was not different for BF. Total cooking losses were not different between HQ (19.7%) and FQ (18.9%). Hanging beef carcass by the forequarter caused an improvement in tenderness of the LD without any detrimental effect on the BF (cap of rump).; A suspensão da carcaça em diferentes formas na câmara fria influencia a maciez de alguns músculos da carcaça. As carcaças de 40 novilhos Nelore (dez por dia) com no máximo 30 meses de idade foram selecionadas ao acaso em frigorífico (SIF 2543) e lados alternados de suas carcaças foram resfriados e pendurados pelo Tendão de Aquiles do traseiro especial (TA) ou pelo músculo carpo radial dianteiro (DA)...

Caracterização do processo de rigor mortis dos músculos da paleta (Triceps brachii) e dos músculos duros (Extensor/ Flexor) de javali (Sus scrofa) e maciez da carne

Fernandez, Alfredo Tavares; Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária (Doutorado) – Higiene Veterinária e Processamento Tecnológico de Produtos de Origem Animal, Faculdade de Veterinária, Universidade Federal Fluminense.; da Silva, Teófi
Fonte: Universidade Federal Fluminense Publicador: Universidade Federal Fluminense
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; Artigo Original; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 09/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
O objetivo do presente trabalho foi caracterizar o desenvolvimento do processo de rigor mortis dos músculos Triceps brachiie Extensor/Flexor, de seis carcaças de javalis, criados semiextensivos, durante o pré-resfriamento industrial e a maciez dacarne, utilizando medidas de temperatura de carcaças e da câmara de resfriamento, de pH, de comprimento de sarcômeroe da força de cisalhamento, nos intervalos de tempo de 0,5; 3,0; 5,0; 7,0; 9,0; 12,0 e 24,0 horas após a sangria. A temperaturada câmara fria variou de 19,6oC (0,5h) a – 0,5oC (24h) e a temperatura média das carcaças foi de 39,07oC e 0,28oC,respectivamente. O pH médio inicial do músculo Triceps brachii foi de 6,64 e o final 5,52 e nos músculos Extensor/Flexorfoi de 6,79 (0,5h) e 5,68 (24h), sendo de maior valor nos músculos Extensor/Flexor. A caracterização da contração máximade sarcômero durante o processo de rigor mortis ocorreu na 7a hora após sangria no músculo Triceps brachii (1,61mm) e na9a hora nos músculos Extensor/Flexor (1,63 mm) e o músculo T. brachii apresentou maior tamanho de sarcômero. Asperdas por cozimento foram proporcionais à força de cisalhamento onde as amostras de carne da paleta de javali foramconsideradas macias, ou seja, inferiores a 5kg.

Caracterização do processo de rigor mortis nos músculos Gastrocnemius e Pectoralis de perus (Meleagris gallopavo) e maciez da carne

da Costa, Fábio; Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária (Doutorado) – Higiene Veterinária e Processamento Tecnológico de Produtos de Origem Animal, Faculdade de Veterinária, Universidade Federal Fluminense – UFF.; da Silva, Teófilo
Fonte: Universidade Federal Fluminense Publicador: Universidade Federal Fluminense
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; Artigo Original; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 23/10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.36%
Este trabalho objetivou caracterizar o processo de rigor mortis dos músculos Gastrocnemius e Pectoralis de seis carcaças deperus durante o resfriamento industrial e a maciez da carne. Foram escolhidos ao acaso seis perus machos da marca B U TA (British United Turkeys of América), abatidos em matadouro sob Inspeção Federal em Carambeí, PR. Após a sangria,analisou-se a temperatura, pH, comprimento de sarcômero em diferentes intervalos de tempo (0,25h; 1,5h; 2,5h; 6h e 18,5h)e força de cisalhamento ou maciez dos músculos. Para a comparação dos valores obtidos utilizou-se a análise da variância(delineamento inteiramente ao acaso e fatorial); o teste de Tukey ao nível de 5% e a tendência de correlação linear de Pearson.A temperatura da câmara fria variou de 32,3oC (0,25h) a – 0,5oC (18,5h) e a temperatura média das carcaças foi de 40,83oC e2,40oC, respectivamente. O pH médio inicial do músculo Gastrocnemius foi de 6,39 (0,25h) e o final 5,91 (18,5h) e no Pectoralisfoi 6,15 e 5,59. A contração máxima do sarcômero dos músculos Gastrocnemius e Pectoralis ocorreu na 0,25 h ou 15 min. (1,59m e 1,61 m) após a sangria. Os dois músculos estudados podem ser considerados como macios pois apresentam uma forçade cisalhamento próximo de 6...