Página 1 dos resultados de 3660 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Associação do meio (urbano, semi-urbano e rural) ao crescimento físico humano, à maturação biológica, à actividade física e à aptidão na criança e no adolescente madeirense

Ramos, Elisa Cristina Abreu Viúla
Fonte: Universidade da Madeira Publicador: Universidade da Madeira
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
56.43%
O objectivo central do presente estudo consistiu em investigar a associação do meio (urbano, semi-urbano e rural) ao crescimento físico humano, à maturação biológica, à actividade física e à aptidão na criança e no adolescente madeirense. Amostra foi constituída por 1498 sujeitos, 758 rapazes e 740 raparigas, que participaram no ‘Estudo de Crescimento da Madeira’. As características de crescimento físico humano incluem a altura, o peso, os diâmetros ósseos, os perímetros musculares e as pregas de adiposidade subcutânea. A idade esquelética foi estimada usando o método Tanner-Whitehouse (TW2). A actividade física e a aptidão foram avaliadas através do questionário de Baecke e da bateria de testes motores Eurofit, respectivamente. Os rapazes e as raparigas do meio urbano e semi-urbano apresentaram uma tendência para valores médios mais elevados nos perímetros musculares e nas pregas de adiposidade subcutânea. Apenas aos 14-15 anos, os rapazes do meio urbano estavam avançados na sua maturação esquelética (escalas RUS, Carpal e TW2 20-ossos). As crianças e adolescentes madeirenses do meio urbano apresentaram valores mais elevados de prática regular e sistemática de um ou mais desportos. Os resultados para as componentes da aptidão física não favorecem um único meio sócio-geográfico. Os rapazes do meio urbano e/ou semi-urbano foram mais proficientes na flexibilidade...

A influência da depressão na aptidão funcional, no equilíbrio e medo de quedas analisando o perfil de idosos institucionalizados em meio urbano e rural

Pacheco, Ana Rita Serdoura Serra
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
Projeto de Graduação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Fisioterapia; Objectivo: Avaliar o perfil (défices auditivos, visuais, de marcha, quedas, medo de cair e prática de actividade física) de idosos institucionalizados em meio urbano (MU) e rural (MR) e se a depressão influencia a sua aptidão funcional, o equilíbrio e o medo de quedas. Metodologia: 20 idosas institucionalizadas, 10 do meio urbano (79,70±6,96 anos) e 10 do meio rural (79,90±8,98 anos), aos quais foi aplicado um Questionário, Escala Depressão Geriátrica, Falls Efficacy Scale, Escala de Berg, Mini Mental State Examination e Testes de Aptidão Funcional. Resultados: O grupo MU evidenciou maiores défices no perfil avaliado, com a excepção da prática de actividade física e do medo de cair. Denotou-se em ambos os grupos depressão ligeira, baixo risco de quedas e equilíbrio favorável, sem diferenças significativas entre grupos. No entanto, o grupo MU manifestou melhorias significativas de força dos membros superiores (p=0,002), em relação ao grupo MR. Conclusão: Apesar do MU apresentar um perfil mais debilitante, o mesmo reportou melhores resultados nos testes de aptidão funcional...

Fatores associados a quedas em idosos institucionalizados de meio urbano e rural

Machado, Thierry Alves
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
Trabalho de Projeto apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Fisioterapia, ramo de Fisioterapia da Senescência; Este estudo teve como principal objetivo analisar a ocorrência de quedas nos últimos 12 meses e os fatores de risco associados às mesmas, em idosos institucionalizados de meio urbano e rural. Foram avaliados 200 idosos, 100 idosos institucionalizados de meio urbano e 100 idosos institucionalizados de meio rural. Foi realizado um levantamento das variáveis sociodemográficas da amostra e as variáveis em análise foram: a ocorrência de quedas nos últimos 12 meses, a percepção que os idosos têm perante a sua visão e audição, a utilização de auxiliares de marcha, a realização de exercício terapêutico e a quantidade de medicação usada pelos idosos avaliadas através de um questionário multidimensional, o equilíbrio estático avaliado através do One Leg Standing Test (OLS), o equilíbrio dinâmico e a mobilidade através do Time Up and Go Test (TUGT), a velocidade da marcha através do 30-metre Walk Test (30mWT), a força dos membros inferiores através do 30-Seconds Chair Stand Test (30sCST), o medo de cair através da versão portuguesa da Falls Efficacy Scale (FES)...

Inaptidão física e sedentarismo nos tempos livres : estudo comparativo de jovens de habitats predominantemente urbano e predominantemente rural

Nunes, Vanessa Alexandrina Prata Domingos
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.4%
Objectivo geral: O objectivo deste trabalho passa por conhecer os hábitos de actividade física e o seu grau de associação relativamente ao habitat urbano e rural. Metodologia: A amostra é constituída por 214 adolescentes do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 13 e os 16 anos, sendo 152 provenientes do meio rural e 62 provenientes do meio urbano. A análise da aptidão física teve como referência a bateria de testes AAHPERD (1988), utilizando o teste PACER, da bateria Prudential FITNESSGRAM (1994). A avaliação da actividade física foi efectuada através do diário de actividade física (adaptado de Bouchard, 1983) e acelerómetro (CSA). A classificação das áreas urbanas e rurais teve como base o INE (1996). Resultados: Os resultados sugerem que as raparigas provenientes do meio urbano são mais altas e mais magras, apesar de, as diferenças não se mostrarem significativas. Na aptidão física, as raparigas urbanas apresentam melhores desempenhos nas provas de força média e flexibilidade dos membros inferiores, enquanto as raparigas do meio rural apresentam melhores performances na prova do PACER e da milha. Na acelerometria, as jovens do meio rural parecem ser mais activas, dedicando maior percentagem de tempo em actividade física de intensidade ligeira e moderada e vigorosa...

Traços de personalidade e religião: meio rural versus meio urbano

Silva, Daniela Lopes da
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.35%
As relações do envolvimento religioso com os traços da personalidade em indivíduos do meio rural e indivíduos do meio urbano foram investigadas neste trabalho. Este estudo tem como objectivo o estabelecimento de associações entre traços de personalidade e religião, procedendo a um estudo comparativo entre uma amostra, constituída por indivíduos do meio urbano. A amostra rural foi recolhida no distrito de Portalegre e contou com a participação de 200 sujeitos escolhidos aleatoriamente, tendo sido também recolhida uma amostra de outros 200 sujeitos no meio urbano, em específico na região da Grande Lisboa, de uma forma aleatória. As idades dos participantes estão compreendidas entre os 18 e os 103 anos (M=44,20; DP=19,637), sendo os individuos de ambos os sexos. Procedeu-se a uma caracterização sociodemográfica da amostra e recorreu-se à aplicação de quatro instrumentos, a DUREL (Koening, 1997), o BFI (Oliver & John, 2001), o PANAS (Watson, Clark & Tellegen, 1988) e a PDS (Paulhus, 1998). Os resultados obtidos demonstraram associações sigmificativas entre as dimensões da personalidade, com as dimensões da religiosidade. Verificou-se que os indivíduos com alta religiosidade. Verificou-se que os indivíduos com uma religiosidade apresentam traços mais vincados de amabilidade e de conscienciosidade. Por outro lado verificou-se que os indivíduos com alta religiosidade no meio urbano apresentam um nível mais elevado de neuroticismo e de abertura à experiência do que no meio rural. ABSTRACT: The relation between the religious involvement with the personality traits in individuals from rural and urban environment were investigated in this work . This study aims to establish associations between personality traits and religion...

Impacto da altura de edifícios nas condições de ventilação natural do meio urbano; Impact of building height on the natural ventilation conditions in the urban environment

Prata, Alessandra Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
66.13%
Esta pesquisa teve como objetivo verificar a alteração do campo de vento na área de estudo, decorrente da alteração de gabarito quanto à ventilação natural, e avaliar o impacto nas condições de conforto dos pedestres. A verificação das condições de ventilação natural nas cidades, com estudos em modelos, auxilia na elaboração de projetos arquitetônicos, ou de planejamento, possibilitando uma análise da influência do efeito do vento em determinados locais da área em análise. O objeto de estudo da tese é a relação entre a alteração de gabarito (altura dos edifícios) e as mudanças ocasionadas na ventilação natural em espaços urbanos na área entre o Canal 1 e 2 (Bairro Pompéia) na cidade de Santos/SP. Partiu-se da hipótese que a ventilação natural em áreas urbanas depende da altura dos edifícios, da direção e velocidade dos ventos. Foi utilizado método experimental com simulação da configuração urbana em túnel de vento, medidas in loco para a verificação das condições climáticas, simulação com software CFD (Computer Fluids Dynamics) e a aplicação de um índice de neutralidade térmica. Trata-se de uma tese de caráter experimental e exploratório, onde os métodos utilizados demonstraram ser aplicáveis para o entendimento das condições de ventilação natural em meio urbano.; The objective of this research is to verify alterations of the wind pattern in the study area...

Aproveitamento de água de chuva no meio urbano e seu efeito na drenagem pluvial

Dornelles, Fernando
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.21%
O aproveitamento de água de chuva no meio urbano vem ganhando interesse por parte da sociedade devido aos benefícios que esta prática proporciona, tais como: econômico, ambiental e contra alagamentos urbanos. Este interesse pode ser percebido pelo surgimento de regulamentações governamentais e comercialização no mercado nacional de produtos específicos para a captação, tratamento e armazenamento de água. Assim, quantificar os beneficios é um ponto chave para que o aproveitamento de água de chuva torne-se popular no ambiente urbano. Dentre os benefícios mensuráveis, a redução de alagamentos urbanos é o menos abordado, e, com frequência, para casos específicos, que não permitem a transferência dos resultados ou da metodologia de quantificação. O presente trabalho teve como motivador a escassez de trabalhos que abordassem o efeito do aproveitamento de água de chuva na vazão da rede pluvial, que a princípio de sua concepção metológica careceu de um método de dimensionamento que permitisse a obtenção de índices de desempenho esperados para o sistema de aproveitamento de água de chuva. Foi proposta então, uma metodologa de dimensionamento por meio de ábacos, estes por sua vez, foram criados a partir da técnica de Monte Carlo para séries sintéticas usadas na simulação de balanço de massa no reservatório de água de chuva para a obtenção de índices de desempenho em função do volume e da demanda estimada por água não potável. Os ábacos foram produzidos para todas as capitais brasileiras mais o distrito federal como forma de verificação da sua aplicabilidade para os diversos regimes pluviométricos existentes no Brasil. A partir do método de dimensionamento foi possível estabelecer cenários e premissas de projeto de sistemas de aproveitamento de água de chuva que...

Influência da escola na homogeneização de padrões e comportamentos de saúde nas populações infanto-juvenis de meio rural e meio urbano

Gonçalves, Artur; Carvalho, Graça Simões de
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.33%
A partir de 1948, com a criação da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Homem passa a ser considerado na sua dimensão bio-psico-social, ou seja, numa nova concepção holística da saúde. A concretização do direito fundamental à saúde implica o assumir de responsabilidades a nível societal, governamental e individual, para que todos os cidadãos tenham acesso à escola e assim possam desenvolver capacitação e literacia em saúde. Procurando verificar em que medida a escola influencia a homogeneização dos padrões e dos comportamentos em saúde nas populações infanto-juvenis de meio rural (Boticas) e meio urbano (Braga), foi constituída uma amostra de 800 alunos, sendo 400 de meio rural e outros 400 de meio urbano. Na recolha de dados utilizou-se um questionário composto por 10 eixos de investigação onde se abordam várias dimensões relacionadas com a construção da saúde. Os dados obtidos mostram claramente que a acção educativa constitui um poderoso meio de homogeneização dos padrões de comportamentos de saúde em jovens de meio rural e de meio urbano, já que no início da escolaridade (1º ano) apresentavam concepções substancialmente diferentes, as quais se foram esbatendo progressivamente ao longo da escolaridade...

Efeito da escolarização na convergência de modelos e de comportamentos de saúde em jovens estudantes portugueses de meio rural e meio urbano; Schooling effect on the convergence of models and health behaviours in young rural and urban Portuguese students

Carvalho, Graça Simões de; Gonçalves, Artur
Fonte: ABRAPEC Publicador: ABRAPEC
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.33%
A concretização do direito fundamental à saúde implica assumir responsabilidades a nível societal, governamental e individual, para que todos os cidadãos tenham acesso à escola e assim possam desenvolver capacitação e literacia em saúde. Procurando verificar em que medida a escola influencia a homogeneização dos padrões e dos comportamentos em saúde nas populações infanto-juvenis de meio rural (Boticas) e meio urbano (Braga), foi constituída uma amostra de 800 alunos, 400 de meio rural e 400 de meio urbano. Na recolha de dados aplicou-se um questionário com 10 eixos de investigação abordando várias dimensões de saúde. No início da escolaridade (1º ano) as crianças de meio rural e de meio urbano apresentavam conceções substancialmente diferentes, que se foram esbatendo progressivamente ao longo da escolaridade, para, no final do ensino básico (9º ano), tenderem a convergir para valores aproximados em todas as dimensões analisadas, mostrando assim o efeito homogeneizador da ação educativa.; The realization of the fundamental rights to health involves responsibilities at societal, governmental and individual levels, so that all citizens have access to school and so they can develop skills and health literacy. In order to estimate to what extent the school influences the homogenization of standards and health behaviours in children and young people of rural (Boticas) and urban (Braga) areas...

Desenvolvimento do Potencial em Crianças em Idade Pré-Escolar em Meio Urbano/Meio Rural - Um Estudo Exploratório nos Concelhos de Évora e Viana do Alentejo

Monteiro, Luísa Rodrigues; Candeias, A. A.
Fonte: Dep. Pedagogia e Educação - Universidade de Évora Publicador: Dep. Pedagogia e Educação - Universidade de Évora
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
A educação pré-escolar assume um papel fundamental no desenvolvimento das crianças que se quer cada vez mais abrangente e transversal. O nosso estudo tem como objetivo compreender se o desenvolvimento do potencial das crianças em idade pré-escolar está associado à frequência de atividades extracurriculares e ao meio onde residem. Realizou-se com uma amostra de 46 crianças, em dois Jardins de Infância, um de meio urbano e outro rural, nos concelhos de Évora e Viana do Alentejo. Utilizámos os instrumentos de avaliação do Modelo de Spectrum (Krechevsky 2001). A análise de resultados demonstrou que a população urbana apresentou um desenvolvimento do potencial superior à população rural em quase todas as atividades. A concluir destacamos as implicações deste estudo para a educação pré-escolar, nomeadamente no que se refere à sua organização e avaliação.

Estudo comparativo da coordenação motora, entre crianças do meio rural e do meio urbano, com idades compreendidas entre os 3 e os 6 anos de idade, na região Alentejo

Miguel, Susana Filipa Proença
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
O Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação (TDC) é uma condição que afeta cerca de 5 a 6 % da população escolar. Como Psicmotricista, todos os esforços de tentar compreender melhor como ajudar as crianças a desenvolver a coordenação de uma maneira mais eficaz são importantes. Neste sentido, este estudo contou com a aplicação de um questionário sócio-demográfico em forma de entrevista e o uso da bateria Movement Assessment Battery for Children (M-ABC 2), objetivando a confirmação do modelo teórico para comparar a Coordenação Motora em crianças do meio rural e urbano com idades compreendidas dos 3 aos 6 anos de idade da região do Alentejo, Portugal. Como o ambiente em que o indivíduo está inserido, em particular a criança, afeta em muito as suas vivências e o seu Desenvolvimento Motor, realizamos um estudo comparativo para este população tendo em conta o facto de residirem em meio urbano ou rural. O estudo teve uma amostra com 318 crianças (159 do género feminino e 159 do género masculino), em que 225 são residentes de zonas urbanas e 93 de zonas rurais. Os resultados indicam a confirmação do modelo teórico do M-ABC 2, mostrando a sua adequação e, para além disso, indica que existem diferenças significativas nas provas de Dextralidade Manual...

Educação sexual na adolescência: meio rural versus meio urbano

Rosa, Rita Alexandra; Marques, António Manuel
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.25%
O presente estudo teve por objectivo compreender a influência do meio rural e do meio urbano nos conhecimentos dos adolescentes de ambos os sexos, na área da sexualidade. Sob uma óptica quantitativa e transversal, participaram 418 adolescentes a frequentar o 9º ano de escolaridade em escolas públicas inseridas em meios rural e urbano, aos quais foi aplicado um questionário de auto-preenchimento, procurando caracterizar os conhecimentos, as fontes de informação em matéria de sexualidade e as perspectivas acerca da concretização da educação sexual. Os resultados revelaram algumas diferenças nos conhecimentos e interesses dos adolescentes de ambos os contextos em alguns domínios específicos, evidenciando a importância de valorizar as necessidades específicas dos adolescentes e o contexto sócio-cultural e geográfico em que estes se inserem.; Abstract: This study aimed to understand the influence of rural and urban settings on the knowledge of adolescents of both sexes regarding sexuality. Under a quantitative and transversal approach, with a sample of 418 adolescents attending the 9th grade in public schools, inserted in urban or rural settings, data was collected through the application of a self-fulfilled questionnaire...

À espera do comboio na paragem do autocarro: Ou as implicações do stresse em meio urbano sobre a saúde e a qualidade de vida

Aguiar, Sandra Cristina Fialho
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2004 POR
Relevância na Pesquisa
56.35%
Dissertação de Mestrado em Psicologia Aplicada especialidade - Psicologia da Saúde; O crescimento exponencial das áreas urbanas e o elevado número de estímulos, códigos, barreiras e desafios semelhantes que diariamente são colocados aos habitantes da cidade torna imperativo o estudo dos condicionantes urbanos da saúde e das suas implicações sobre a qualidade de vida. O stress, enquanto produto desse contacto, tem implicações importantes sobre a vida do indivíduo, atingindo a esfera pessoal, familiar, social e laborai, entre outras. Constitui por isso e cada vez mais uma preocupação para a saúde pública, que exige uma análise dos aspectos ambientais, urbanísticos e sociais que lhes estão associados, bem como o estudo das características individuais que contribuem para este fenómeno. Para estudar a relação entre stress em meio urbano, saúde e qualidade de vida, assim como a influência da dimensão de personalidade abertura à experiência sobre as mesmas, foi desenvolvido um estudo transversal, de carácter exploratório, no qual foram levantadas as seguintes questões: (a) Qual a associação entre a variável stress em meio urbano e as variáveis saúde e qualidade de vida? (b) A abertura à experiência mostra um efeito moderador sobre esta relação? Participaram nesta investigação 668 indivíduos de ambos os sexos...

Reabilitação e valorização de cursos de água em meio urbano: o caso do Ribeiro da Roda na cidade de Moura

Mestre, Vanessa Alexandra dos Santos
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.27%
Dissertação de mest., Arquitetura Paisagista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Univ. do Algarve, 2012; O valor estético das paisagens de água e das zonas ribeirinhas constitui um tema extremamente apelativo, motivador de intervenções de vários tipos e que se apresenta, como uma forte justificação para ações de requalificação. A reabilitação de cursos de água é uma preocupação atual, nomeadamente no sentido de atingir uma melhoria do seu estado ecológico. Enquanto corredores ecológicos, são determinantes na melhoria da qualidade visual da paisagem, e de vida das populações. Em meio urbano, revestem-se ainda de uma maior importância, dado a intensa transformação das paisagens ribeirinhas, pela construção de habitações, áreas industrias, etc. O Ribeiro da Roda em Moura é um destes casos. Ao longo do seu “trajeto urbano” os impactos causados pelo homem foram de tão elevada magnitude, que em grande parte do seu percurso este deixa mesmo de ser visível, encontrando-se canalizado e aterrado. A sua recuperação é portanto um desafio, pois é o típico curso de água cuja importância é subestimada e no meio urbano, mais do que subestimado foi interpretado como um obstáculo a ultrapassar. O projeto de reabilitação e valorização deste elemento natural é o caminho a seguir num período em que a sustentabilidade e a melhoria da qualidade de vida da população são os objetivos principais das intervenções no espaço público urbano. É possível recuperar para a cidade um elemento que só tardiamente foi reconhecido como de elevado valor ambiental e lúdico...

Planeamento urbano: a engenharia de tráfego aplicada na melhoria da segurança e da mobilidade em meio urbano

Fernandes, Bruno Miguel Barata
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.37%
Os acidentes rodoviários são uma das principais causas das mortes violentas em Portugal. Com esta dissertação, pretende-se, com a introdução de técnicas simples de Engenharia de Tráfego, aumentar a qualidade do desenho urbano das cidades, de forma a que estas vejam as suas condições de circulação e mobilidades melhoradas. Para tal, estruturou-se o trabalho, dividindo-o em cinco partes principais: 1 – Introdução; 2 – Sistema Pedonal; 3 – Infra-estrutura Rodoviária; 4 – Casos Práticos; 5 - Conclusão. Os capítulos 2 e 3 apresentam boas regras de dimensionamento e manutenção das vias de comunicação, principalmente em meio urbano, do ponto de vista da engenharia rodoviária, centrando-se o capítulo 2 no sistema pedonal e o capítulo 3 na infra-estrutura rodoviária. No quarto capítulo apresentam-se os casos de estudo em meio urbano na cidade da Covilhã, onde se encontraram deficiências de dimensionamento que afectam a mobilidade e/ou a segurança pedonal e rodoviária e onde se propõe soluções que minorem os problemas detectados baseadas nos princípios de dimensionamento estudados nos anteriores capítulos.

Análise multicritério sobre estratégias de uso e conservação da água no meio urbano

Batista do Egito, Tuane; Costa Morais, Danielle (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.13%
A degradação e exploração dos recursos hídricos do nosso planeta tem sido algo preocupante nos últimos anos. O uso indiscriminado e a poluição da água vêm fazendo com que esse bem tão precioso se torne mais escasso. O aumento da população, as mudanças no padrão de vida do mundo moderno, a falta de políticas de conservação e a falta de cultura de preservação por parte da população nos centros urbanos, vem causando a degradação da qualidade e escassez da água, resultado de um aumento da demanda não compatível com a capacidade de renovação deste recurso. Por esse motivo a busca por novas alternativas de conservação e uso eficiente da água nas áreas urbanas vem crescendo consideravelmente. O levantamento e aplicação dessas alternativas devem levar em consideração alguns critérios relevantes para o decisor, que variam de acordo com as características de cada região. Dessa forma é importante utilizar um modelo de apoio a decisão multicritério que auxilie o decisor na escolha e priorização das melhores alternativas. A proposta desse trabalho é desenvolver um modelo de apoio a decisão que auxilie na seleção de algumas alternativas de conservação e uso eficiente da água que possam ser realizadas na Região Metropolitana do Recife (RMR)...

A representação social da doença em meio rural e em meio urbano

Carvalho, Lucília Maria Martins Neves Do Carmo
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
O presente trabalho, de cariz quantitativo, descritivo e analítico, tem a finalidade de contribuir para o conhecimento das diferenças entre as representações sociais da doença dos indivíduos de meio rural e de meio urbano. Os objectivos traçados foram: identificar os conteúdos e a estrutura das representações sociais da doença em meio rural e meio urbano; analisar comparativamente os conteúdos e a estrutura das representações sociais da doença em função do meio de pertença. Conceptualizando operacionalmente as representações sociais como um sistema sociocognitivo constituído por um conjunto organizado e estruturado de informações, crenças, opiniões e atitudes dos indivíduos de um grupo, relativamente à doença, passível de ser definido pelo seu conteúdo e pela sua estrutura interna, inquirimos 35 indivíduos do meio rural e 35 do meio urbano, através da aplicação de um formulário e de duas escalas de tipo Lickert: uma para medir o grau de significado dos sintomas da doença (1 a 5); outra para medir a importância atribuída às causas da mesma (1 a 5). As principais conclusões são que, apesar das representações sociais da doença (sintomas e causas) diferirem qualitativamente entre o meio rural e o meio urbano...

Qualidade de vida do idoso em meio urbano e meio rural: Na perspectiva da ecologia humana

Almeida, José Manuel Gonçalves de
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
O aumento generalizado das pessoas idosas levanta questões actuais, relativamente às suas necessidades específicas, às condições de vida num contexto de vida onde se insere. A terminologia Qualidade de Vida teve diferentes significados em diferentes períodos durante o século passado. Ganhou maior importância, quando se pretendeu medir o bem-estar das pessoas. Este estudo teve como questão central: comparar e analisar a Qualidade de Vida do Idoso, em meio urbano e meio rural, na perspectiva da ecologia humana e identificar os factores pessoais, factores situacionais e a sua importância no estudo. Nesse sentido, teve por base um trabalho de pesquisa exploratório, transversal, descritivo e comparativo entre idosos do meio urbano e do meio rural. Os participantes constituem uma amostra de indivíduos com idade igual ou superior a 65 anos e a viverem nas freguesias de São Julião e de São Sebastião, do Concelho de Setúbal, consideradas como meio urbano; e nas freguesias de Azinheira de Barros, Carvalhal, Melides e Santa Margarida da Serra, do Concelho de Grândola, consideradas como meio rural. Os métodos seleccionados para a recolha de dados foram a entrevista estruturada e a entrevista semi-estruturada, com a aplicação de um formulário. No tratamento dos dados foi utilizada a estatística descritiva e a análise de conteúdo. Os resultados deste estudo apontam no sentido de não existirem diferenças na Qualidade de Vida do Idoso...

Planeamento urbano: a engenharia de tráfego aplicada na melhoria da segurança e da mobilidade em meio urbano

Fernandes, Bruno Miguel Barata
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.37%
Os acidentes rodoviários são uma das principais causas das mortes violentas em Portugal. Com esta dissertação, pretende-se, com a introdução de técnicas simples de Engenharia de Tráfego, aumentar a qualidade do desenho urbano das cidades, de forma a que estas vejam as suas condições de circulação e mobilidades melhoradas. Para tal, estruturou-se o trabalho, dividindo-o em cinco partes principais: 1 – Introdução; 2 – Sistema Pedonal; 3 – Infra-estrutura Rodoviária; 4 – Casos Práticos; 5 - Conclusão. Os capítulos 2 e 3 apresentam boas regras de dimensionamento e manutenção das vias de comunicação, principalmente em meio urbano, do ponto de vista da engenharia rodoviária, centrando-se o capítulo 2 no sistema pedonal e o capítulo 3 na infra-estrutura rodoviária. No quarto capítulo apresentam-se os casos de estudo em meio urbano na cidade da Covilhã, onde se encontraram deficiências de dimensionamento que afectam a mobilidade e/ou a segurança pedonal e rodoviária e onde se propõe soluções que minorem os problemas detectados baseadas nos princípios de dimensionamento estudados nos anteriores capítulos.

O contributo do serviço de apoio domiciliário para a qualidade de vida em meio rural e em meio urbano

Toscano, Anabela Lopes
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
O presente trabalho foi desenvolvido no Centro Comunitário Paroquial de Famões e na Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos “Os Ferrinhos”. A parte teórica do presente trabalho incidiu sobre o envelhecimento. A parte da investigação contemplou a caracterização de cada uma das instituições bem como do meio urbano e rural, tendo sido feitas entrevistas tanto aos idosos como às coordenadoras técnicas (Assistente Social e Educadora Social) do Serviço de Apoio Domiciliário. Devido às alterações demográficas ocorridas nas últimas décadas, Portugal debate-se com uma subida no seu número de idosos, o que se tem vindo a traduzir numa necessidade de respostas sociais adequadas. O Serviço de Apoio Domiciliário é uma resposta social considerada por muitas pessoas em situação de dependência como uma forma de continuarem inseridas no seu meio habitual de vida, rodeadas dos seus afetos e pertences, dando-lhes a possibilidade de conviverem com os colaboradores e voluntários que se deslocam ao seu domicílio, constituindo para muitas dessas pessoas a sua única ligação com o exterior. O objetivo deste estudo foi o de avaliar o contributo do Serviço de Apoio Domiciliário para a melhoria da sua qualidade de vida...