Página 1 dos resultados de 999 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Estudo da pressão plantar em indivíduos com e sem dor temporomandibular antes e depois de uma intervenção fisioterapêutica manual na coluna cervical

Liao Giovanetti, Claudia Oda Liao
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 63 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
56.13%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Engenharia Mecânica - FEG; O presente estudo teve por objetivo estimar a pressão plantar em indivíduos com e sem dor temporomandibular, antes e após a intervenção fisioterapêutica manual na porção cervical. Na metodologia, utilizou-se uma plataforma de força para aquisição da distribuição das pressões plantares dos pés em duas etapas: antes e após a intervenção. Foram comparadas as forças plantares das porções ântero-medial, ânterolateral, postero-medial e postero-lateral dos pés, as quais foram quantificadas e comparadas entre os pés direito e esquerdo dos indivíduos com e sem dor antes e após a manobra fisioterapêutica. Nas comparações entre as médias dos ensaios anteriores e posteriores à intervenção fisioterapêutica para as situações com e sem sintomatologia dolorosa foi utilizado o teste não paramétrico Mann-Whitney Wilcoxon, através do programa SSPS 15.0. As comparações dos valores médios do grupo com e sem sintomatologia dolorosa foram feitas comparando a força em cada sensor antes e depois do pé direito e esquerdo e para sensores de mesma localização antes e depois de pés diferentes. O nível de significância estatística adotado foi = 10%. Participaram 20 indivíduos de ambos os sexos...

Intervenção fisioterapeutica reduz o indice de estresse em vestibulandos; Manual physiotherapy intervention reduces stress levels in students during exam period

Heloisa Aparecida Ferreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.27%
Certo nível de estresse é benéfico ao desempenho e à sobrevivência, mas a constante ou inadequada resposta de estresse pode trazer sérios riscos à saúde e prejudicar o desempenho. Estudos com vestibulandos justificam-se pela alta concentração de cortisol encontrada em amostras de saliva coletadas nos meses em que são feitas as inscrições e nos dias dos exames vestibulares. Este trabalho propõe não somente avaliar os índices de estresse, mas também uma alternativa de abordagem terapêutica não medicamentosa para reduzir os índices de estresse no período que antecede o vestibular e, com isso, melhorar o desempenho nas provas. Em um primeiro estudo, o índice de estresse percebido foi avaliado em estudantes matriculados em um curso pré-vestibular, nos meses de março, setembro e novembro utilizando-se o Questionário de Estresse em Adolescentes (QEA). Os escores obtidos no QEA foram mais baixos em março do que em setembro e novembro, maior nas meninas que nos meninos e ainda diferentes entre os turnos matutino, vespertino e noturno. No estudo 2 uma mostra de 32 voluntários foi submetida à terapia manual de mobilização muscular e da fáscia, em duas sessões semanais, de 40 minutos, de setembro a novembro. Outro grupo não recebeu o tratamento. O índice de estresse percebido foi avaliado em setembro e...

Efeito de um programa de terapia manual sobre a variabilidade da frequência cardíaca e indicadores de estresse em vestibulandos; Effect of a manual therapy program (MTP) on heart rate variability (HRV) and on indicators of stress in school students

Heloisa Aparecida Ferreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.28%
O processo seletivo para ingresso nas universidades públicas brasileiras é competitivo e um agente estressor para adolescentes. Técnicas de relaxamento, propostas pela terapia manual (TM), são utilizadas em diferentes populações para redução de sintomas de estresse. Objetivamos, neste trabalho, avaliar os efeitos de um programa de terapia manual (PTM) sobre a variabilidade da frequência cardíaca (VFC) e indicadores de estresse em vestibulandos. O estudo seguiu o desenho experimental longitudinal com análises pré-pós-programa em população única. Sessões de TM foram aplicadas, 40-50 min, 2x/semana, ao longo de nove semanas. O estudo da variabilidade da frequência cardíaca foi utilizado para avaliar o efeito do PTM sobre o tônus do sistema nervoso autonômico sobre o coração. Para o estudo da VFC, registramos a frequência cardíaca (FC, bpm) durante 15 min em 16 voluntários em posição supina (18 a 20 anos; 8 mulheres e 8 homens) antes e após a primeira e última sessão de TM, S810i - Polar® -Finlândia. A VFC foi avaliada nos 5 min centrais (Kubios HRV Analysis Software). Os indicadores de estresse escolhidos foram o instrumento psicológico ¿ questionário de estresse para adolescentes (QEA) e a concentração e ritmicidade de produção de cortisol (Alka...

Manual Therapy and Cervical Arterial Dysfunction, Directions for the Future: A Clinical Perspective

Kerry, Roger; Taylor, Alan J; Mitchell, Jeanette; McCarthy, Chris; Brew, John
Fonte: Journal of Manual & Manipulative Therapy, Inc. Publicador: Journal of Manual & Manipulative Therapy, Inc.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 EN
Relevância na Pesquisa
56.24%
This paper offers a contemporary, evidence-based perspective on the issue of adverse neurovascular events related to cervical spine manual therapy. The purpose of this perspective is to challenge traditional thought and practice and to recognize areas where practice and research should develop. By considering the themes presented in this paper, the clinician can broaden his or her approach to neurovascular assessment in line with contemporary evidence and thought. We present information based on clinically relevant questions. The nature of vertebrobasilar insufficiency and the utility of pre-treatment testing are examined in light of contemporary evidence. In addition, we report on internal carotid artery pathology, and the significance of appreciating atherosclerosis in clinical decision-making. These later two areas are not commonly recognized within manual therapy literature, and we suggest that their importance to differential diagnosis of head and neck pain, as well as estimating treatment related risk, is paramount. We propose that the term cervical arterial dysfunction is more appropriate than classically used nomenclature. This term refers more accurately and completely to the range of pathologies at different anatomical sites that manual therapists treating patients with head and neck pain are likely to encounter. Finally...

Chronic Mechanical Neck Pain in Adults Treated by Manual Therapy: A Systematic Review of Change Scores in Randomized Controlled Trials of a Single Session

Vernon, Howard; Humphreys, Barry Kim
Fonte: Journal of Manual & Manipulative Therapy, Inc. Publicador: Journal of Manual & Manipulative Therapy, Inc.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 EN
Relevância na Pesquisa
56.28%
We report a systematic analysis of group change scores of subjects with chronic neck pain not due to whiplash and without headache or arm pain, in randomized clinical trials of a single session of manual therapy. A comprehensive literature search of clinical trials of chronic neck pain treated with manual therapies up to December 2006 was conducted. Trials that scored above 60% on the PEDro Scale were included. Change scores were analyzed for absolute, percentage change and effect size (ES) whenever possible. Nine trials were identified: 6 for spinal manipulation, 4 for spinal mobilization or non-manipulative manual therapy (2 overlapping trials), and 1 trial using ischemic compression. No trials were identified for massage therapy or manual traction. Four manipulation trials (five groups) reported mean immediate changes in 100-mm VAS of −18.94 (9.28) mm. ES for these changes ranged from .33 to 2.3. Two mobilization trials reported immediate VAS changes of −11.5 and −4 mm (ES of .36 and .22, respectively); one trial reported no difference in immediate pain scores versus sham mobilization. The ischemic compression study showed statistically significant immediate decreases in 100-mm pain VAS (average = −14.6 mm). There is moderate-to-high quality evidence that immediate clinically important improvements are obtained from a single session of spinal manipulation. The evidence for mobilization is less substantial...

Effectiveness of Manual Physical Therapy for Painful Shoulder Conditions: A Systematic Review

Camarinos, James; Marinko, Lee
Fonte: Journal of Manual & Manipulative Therapy, Inc. Publicador: Journal of Manual & Manipulative Therapy, Inc.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 EN
Relevância na Pesquisa
46.35%
Multiple disease-specific systematic reviews on the effectiveness of physical therapy intervention for shoulder dysfunction have been inconclusive. To date, there have been two systematic reviews that examined manual therapy specifically but both considered effects within diagnoses. The purpose of this systematic review was to identify the effectiveness of manual therapy to the glenohumeral joint across all painful shoulder conditions. A search of MEDLINE, CINAHL, Web of Science, and Cochrane Central Register of Randomized Controlled Trials for articles dated 1996 to June 2009 was performed. Inclusion for review were manual therapy performed to the glenohumeral joint only; non-surgical painful shoulder disorders; subjects 18-80 years; and outcomes of range of motion, pain, function, and/or quality of life. Quality assessment was performed using the PEDro scale with subsequent data extraction. Seventeen related articles were found with seven fitting the inclusion criteria. The average PEDro score was 7.86, meeting the cutoff score for high quality. Significant heterogeneity in outcome measures prohibited meta-analysis. Five studies demonstrated benefits utilizing manual therapy for mobility, and four demonstrated a trend towards decreasing pain values. Functional outcomes and quality-of-life measures varied greatly among all studies. Manual therapy appears to increase either active or passive mobility of the shoulder. A trend was found favoring manual therapy for decreasing pain...

Effects of Manual Therapy on Bowel Function of Patients with Spinal Cord Injury

Hu, Chunying; Ye, Miao; Huang, Qiuchen
Fonte: The Society of Physical Therapy Science Publicador: The Society of Physical Therapy Science
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN
Relevância na Pesquisa
56.26%
[Purpose] The purpose of this study was to observe the effects of manual therapy on bowel function of patients with spinal cord injury. [Subjects] The participants were 20 patients with spinal cord injury. [Methods] Manual therapy was applied to the intestine and along the colon ascendens, transverse colon, colon descendens and colon sigmoidem on the surface of abdomen. The results before and after 60 sessions (5 times/week, continued for 12 weeks) of manual therapy were compared. [Results] It was found that there were significant effects both on shortening of bowel time and decreasing dosage of glycerine enema every time patients needed to excrete. [Conclusion] Manual therapy had significant effects on bowel function of patients with spinal cord injury.

The Effects of Manual Therapy Using Joint Mobilization and Flexion-distraction Techniques on Chronic Low Back Pain and Disc Heights

Choi, Jioun; Hwangbo, Gak; Park, Jungseo; Lee, Sangyong
Fonte: The Society of Physical Therapy Science Publicador: The Society of Physical Therapy Science
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN
Relevância na Pesquisa
56.25%
[Purpose] The purpose of this study was to examine the effects of manual therapy using joint mobilization and flexion-distraction techniques on chronic low back pain and disc heights. [Subjects] This study was conducted with 31 chronic low back pain patients who were divided into a manual therapy group (MTG; n=16) and a spinal decompression therapy group (SDTG; n=15). [Methods] The MTG was treated using joint mobilization techniques and flexion-distraction techniques, and the SDTG was treated using spinal decompression therapeutic apparatuses. Conservative physical therapy was used in both groups, and the therapy was implemented three times per week for 6 weeks. The visual analog scale (VAS) was used to measure patient’s low back pain scores, and a picture archiving and communication system was used to measure disc height by comparing and analyzing the images. [Results] In comparisons of the VAS within each of the two groups, both the MTG and the SDTG showed significant decreases. In comparisons of disc height within each of the two groups, the MTG showed statistically significant increases. [Conclusion] Manual therapy using joint mobilization techniques and flexion-distraction techniques is considered an effective intervention for addressing low back pain and disc heights in patients with chronic low back pain.

Eficacia de la terapia manual en el tratamiento del síndrome del túnel del carpo: una revisión sistemática

Ares Díaz, Iago
Fonte: Universidade da Corunha Publicador: Universidade da Corunha
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
SPA
Relevância na Pesquisa
46.43%
Traballo fin de grao (UDC.FCS). Fisioterapia. Curso 2014/2015; [Resumen] Antecedentes: Diferentes revisiones sistemáticas han puesto en duda la eficacia de estrategias conservadoras basadas en ejercicios y movilización en el tratamiento del síndrome del túnel carpiano (STC). Sin embargo, no existe ningún trabajo de revisión que se haya centrado en evaluar de forma específica la eficacia de la terapia manual en el tratamiento del STC. Objetivos: Determinar la eficacia de los diferentes métodos de terapia manual (tratamiento de partes blandas, neuromovilización, movilización articular) sobre el STC. Fuente de datos: Se llevó a cabo una revisión sistemática en las bases de datos PubMed, Scopus, Web Of Science, CINAHL y PEDro. La búsqueda fue realizada en los meses de Febrero y Marzo de 2015. Criterios de elegibilidad, participantes e intervenciones: Dos revisores independientes sometieron los resultados a los criterios de inclusión/exclusión para determinar la validez de los estudios en la revisión. Se incluyeron ensayos clínicos aleatorizados con pacientes con diagnóstico clínico y/o electrofisiológico de STC. Los pacientes eran tanto hombre como mujeres, mayores de edad y con afectación unilateral o bilateral. Se incluyó cualquier forma de terapia manual administrada por un terapeuta...

Comparative study between manual therapy and TENS Burst in patients with tension-type cephalalgia

Fernandes,Denise Vasconcelos; Viana,Fhelício Sampaio; Cardoso,Jefferson Paixão
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Paraná Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 EN
Relevância na Pesquisa
56.24%
Introduction Cephalgia or cephalalgia is one of the most common symptoms in the general population. Objective To compare the efficacy of physical therapy modalities, through manual therapy and the effect of Transcutaneous Nerve Stimulation (TENS) for tension-type cephalalgia. Materials and methods The study was compounded by 60 subjects, but only 40 of them completed it, due to the exclusion criteria. These were divided into control group and intervention group. The control group received treatment — manual therapy. The intervention group received TENS Burst. Patients underwent ten sessions of treatment, made at every two days on a week, lasting 30 minutes each session. Results The characteristics related to lifestyle, postural issues and range of motion are responsible for the main causes of tension-type cephalalgia. Discussion treatments showed effective results in all cases in relation to pain intensity, but the use of manual therapy techniques give the patient a better quality of life compared to the use of TENS. Final considerations The treatment of this condition deserves analysis and studies; however, there are only a few studying physical therapy techniques, especially regarding to the use of TENS.

Uso de terapias manuais em pacientes pediátricos com doenças respiratórias : revisão sistemática; Use of manual therapy in pediatric patients with respiratory diseases : systematic review

Vanessa Carina Pepino Stelini
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.22%
INTRODUÇÃO: O uso de Terapia Manual (TM) tem aumentado muito nos últimos anos, assim como os estudos científicos nesta área. Porém ainda há pouca comprovação sobre os mecanismos fisiológicos das TM, assim como sua eficácia nos tratamentos. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi identificar os tipos de TM utilizadas em pacientes pediátricos com doenças respiratórias e analisar de forma padronizada a qualidade dessas evidências. MÉTODO: Foi feita uma análise da metodologia dos trabalhos seguindo a Escala PEDro de avaliação, que pontua a qualidade metodológica de ensaios clínicos em fisioterapia, dando uma nota de 0-10. Foi realizada uma pesquisa em três bases de dados, SciELO, PEDro e Medline, buscando por ensaios clínicos que utilizassem algum tipo de TM como intervenção em pacientes pediátricos com doenças respiratórias. Dois avaliadores independentes analisaram os títulos, depois os resumos e selecionaram para estruturação desta revisão os que preencheram os critérios de seleção. RESULTADOS: Foram encontrados 1147 artigos somando as três bases de dados, dos quais 103 foram escolhidos para leitura do resumo e apenas 24 selecionados para leitura do texto na íntegra. Destes, apenas oito preencheram os critérios de inclusão. Dos 16 que foram excluídos...

Relatório de estágio em terapia manual ortopédica

Lopes, Marlene
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.26%
Este estudo visa descrever o caso de um paciente de 63 anos que recorreu aos serviços de Fisioterapia após uma crise de lombalgia com 3 dias de evolução. O doente apresentava dor intensa situada entre a zona lombar e sacro-ilíaca direita (7/10-EVA), irradiando pelas cristas ilíacas, virilha e face anterior da coxa direita. A intervenção dividiu-se em duas fases: aguda e sub-aguda. A primeira exigiu uma abordagem limitada e essencialmente orientada para a mecânica articular, em que foram utilizadas técnicas de terapia manual. A segunda, com um quadro clínico menos doloroso, permitiu avaliar o comprometimento de outras estruturas, nomeadamente miofasciais e neurológicas. Entre as várias etiologias possíveis, foram encontrados sinais e sintomas consistentes com síndroma miofascial do músculo Psoas ilíaco. A intervenção incluiu técnicas de terapia manual, exercício terapêutico e educação do paciente. No final de 9 semanas de tratamento o paciente mantém limitações mínimas relacionadas com a mecânica articular que se traduzem pela sensibilidade em L4-L5 (3/10), e observa-se uma atitude menos sedentária comparativamente ao que se apurou antes desta ocorrência. A abordagem terapêutica foi fundamentada pela anatomia...

Efectividade da terapia manual ortopédica num caso de lombociatalgia com um mecanismo dominante de sensibilização nervosa periférica: estudo de caso

Sousa, Paulo
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.29%
Introdução: Existem diversas causas e/ou estruturas responsáveis pela dor lombar, com ou sem irradiação para o membro inferior, pelo que o sucesso no tratamento deste problema depende do diagnóstico diferencial e, consequentemente, da escolha do tratamento mais adequado a cada situação. Objectivo: avaliar os efeitos da terapia manual ortopédica num caso de lombociatalgia, cujo mecanismo dominante é a sensibilização nervosa periférica, no final do tratamento e 8 semanas após a conclusão do mesmo, e descrever a avaliação e intervenção realizadas. Métodos: foi realizado um estudo de caso acerca dum utente do sexo masculino, com 35 anos de idade, e com um quadro clínico compatível com uma situação de sensibilização nervosa periférica. A intervenção consistiu em 5 sessões distribuídas ao longo de 3 semanas. Como instrumentos de avaliação foram utilizados o 'Índice de incapacidade de Oswestry para a lombalgia’ e a Escala Numérica da Dor (END), que foram aplicados na primeira e na última sessões de tratamento e 8 semanas após esta. Resultados: Após o tratamento, verificou-se uma diminuição da incapacidade (de 74 para 2/100) e da intensidade da dor (dor matinal: de 4 para 1/10; dor associada a actividades/posturas em flexão: de 7-8 para 2/10; dor ao fim do dia: de 3-4 para 1-2/10). Oito semanas após a conclusão do tratamento estes valores mantinham-se praticamente inalterados. Conclusão: O processo de raciocínio clínico utilizado na avaliação e intervenção deste caso foi demonstrado. Os resultados obtidos sugerem que a terapia manual ortopédica poderá ser eficaz na diminuição da dor e da incapacidade em casos de lombociatalgia por sensibilização nervosa periférica...

Efectividade do tratamento com terapia manual estudo de caso de lombociatalgia

Dias, Pedro
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.33%
Introdução: neste estudo foi avaliado um caso de lombociatalgia com hérnia discal lombar através de exame clínico confirmado por ressonância magnética. Foi efectuado um tratamento com terapia manual durante 4 semanas até à abolição dos sintomas e recuperação total da função. Objectivos: realizar um tratamento de terapia manual num paciente com lombociatalgia com hérnia discal lombar num período de 1 mês. Métodos: foi realizado um estudo num paciente de 40 anos do sexo masculino que apresentava um quadro de lombociatalgia com hérnia discal lombar. Para a avaliação foram utilizados testes palpatórios com movimento (teste de Mitchell lombar, teste de Gillet sacroilíaco); observação de assimetrias posturais; teste de mobilidade activa em pé; EVA para avaliação da dor; testes de compressão lombar na posição de sentado; testes de condução neurológica; testes neurodinâmicos. Os testes foram aplicados no início e final das 4 primeiras sessões de tratamento com terapia manual, com intervalo de uma semana e um follow-up realizado uma semana após a 4ª sessão. Resultados: após o tratamento de 4 sessões, verificou-se a ausência de postura antálgica. A dor diminuiu de 5/10 para 0/10 (EVA) nos movimentos de flexão...

Estudio de caso: terapia manual en una paciente de 18 años con escoliosis juvenil idiopática; Case Study: Manual Therapy in Patient of 18 Years with Youthful Scoliosis Idiopathic Summary

Franco Monsalve, Claudia Yaneth; Guerra Corena, Zorika María; Otero Samudio, María Patricia
Fonte: Universidade do Rosário Publicador: Universidade do Rosário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 18/05/2010 SPA
Relevância na Pesquisa
66.35%
La escoliosis es una desviación lateral de la columna vertebral desde la línea media, caracterizada por una curvatura lateral y por una rotación vertebral. Generalmente, es de carácter idiopático y se presenta, principalmente, en niñas adolescentes. Existen múltiples técnicas de tratamiento conservador para la escoliosis, entre las cuales se encuentran la terapia manual, que complementa el tratamiento para dicha patología. Esta terapia utiliza menos medios físicos, más manipulación de tejidos blandos y óseos, y logra así una recuperación más eficaz, con una mejor calidad de vida. El objetivo de este estudio de caso es comparar y describir los cambios en las condiciones de una paciente de 18 años, con escoliosis idiopática juvenil en columna toracolumbar izquierda, al aplicar un tratamiento de terapia manual. Se realizaron procedimientos de valoración integral mediante terapia manual, ortopedia, postura computarizada, análisis del puesto de trabajo, tratamiento con medios físicos y movilización de las articulaciones torácicas y lumbares, en los segmentos vertebrales que presentaban disminución del deslizamiento inferior de las carillas inferiores de la vértebra superior, sobre las carillas superiores de la vértebra inferior (segmentos T5-T6...

Publishing a Scientific Manuscript on Manual Therapy

Cook, Chad; Brismée, Jean-Michel; Courtney, Carol; Hancock, Mark; May, Stephen
Fonte: Journal of Manual & Manipulative Therapy, Inc. Publicador: Journal of Manual & Manipulative Therapy, Inc.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 EN
Relevância na Pesquisa
56.1%
Publication in peer-reviewed journals is the way to introduce new information that has clinical implications. However, clinicians may be reluctant to embark on the publication process because of lack of confidence or uncertainty about the process. The aim of this paper is to summarize the requirements of that process and to provide tips for successful publication to encourage potential clinical authors of manual therapy articles. In general, articles should contribute knowledge, corroborate or contradict previous knowledge, or summarize existing knowledge. Articles should be clearly structured, with abstract, introduction, methods, discussion, conclusion, and references; and often include tables and figures. The content of each of these sections is described. The use of standardized checklists is encouraged and the format should adhere to each journal's author guidelines. Submission is electronic and typically first the editor or deputy editor reviews for suitability, adherence to journal format, and quality of writing. If deemed suitable, the article is then sent out for blinded review by two reviewers with expertise in that area. Review typically takes 6–8 weeks, and all communication is via the editor. A decision is made then to either accept...

Effects of complex manual therapy on PTSD, pain, function, and balance of male torture survivors with chronic low back pain

Kim, Hyun Jin; Yu, Seong Hun
Fonte: The Society of Physical Therapy Science Publicador: The Society of Physical Therapy Science
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN
Relevância na Pesquisa
56.21%
[Purpose] This study aimed to identify the impact of physiotherapy using complex manual therapy as a part of an integrated treatment for sequelae in the musculoskeletal system of torture survivors. [Subjects] This study reviewed 30 male torture survivors presenting with chronic low back pain. They were randomly selected and divided into two groups: an experimental group and a control group. [Methods] For the experimental group, complex manual therapy was performed twice a week for 8 weeks to improve the physical sequelae of patients. Improvement was measured using the PDS-K for Post-traumatic Stress Disorder (PTSD), the Visual Analog Scale (VAS) for pain examination, the Korean Oswestry Disability Index (KODI) for back function assessment, and the Balance System SD as a dynamic balance test. The total period of the intervention for both groups was 8 weeks. [Results] For the experimental group, PDS-K, VAS, KODI, and the dynamic balance test all showed significant improvements after the intervention, which they did not for the control group. In the comparison of the groups, PDS-K, VAS, KODI, and the dynamic balance test all showed significant differences. [Conclusion] Complex manual therapy for torture survivors with chronic low back pain contributes to functional recovery by reducing back pain. The treatment can be considered to have positive effects on sequelae in the musculoskeletal system of torture survivors as they age.

Intrinsic and Extrinsic Factors Important to Manual Therapy Competency Development: A Delphi Investigation

Sizer, Phillip; Sawyer, Steven; Felstehausen, Virginia; Couch, Sue; Dornier, Lanie; Cook, Chad
Fonte: Journal of Manual & Manipulative Therapy, Inc. Publicador: Journal of Manual & Manipulative Therapy, Inc.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 EN
Relevância na Pesquisa
46.34%
A learner's development of orthopaedic manual physical therapy (OMPT) psychomotor skills may be influenced by selected intrinsic and extrinsic factors. The purposes of this study were to identify the factors that influence learners' development of manual physical therapy competencies and to define each factor as intrinsic or extrinsic. A 3-round Delphi method survey and a retrospective review of the data were used to develop composite scores and rankings. Eighty manual physical therapy educators participated in the 3 rounds. Thirty-six factor descriptor statements associated with manual physical therapy competency were established and further categorized as intrinsic (19 total), extrinsic (10 total), or conceptual outliers (7 total). Cognitive Processing ranked as the most important factor influencing manual physical therapy competency development. Adaptation ranked second, followed by Science Knowledge. This study is the first to establish manual physical therapy educational factors associated with attainment of competency. The majority of the factors distill into the theory of extrinsic and intrinsic factors identified by Schmidt and Lee. The outcomes of this study identify the factors to which OMPT educators should give particular attention when developing and executing the learning experiences for their learners.

Eficácia da terapia manual craniana em mulheres com cefaléia; Cranium manual therapy effectiveness in women with headache

Macedo, Christiane Souza Guerino; Cardoso, Jefferson Rosa; Prado, Fabiana Maria Loureiro de Oliveira; Carvalho, Patricia Gubulin de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2007 POR
Relevância na Pesquisa
56.3%
Objetivou-se investigar, em mulheres com cefaléia, a eficácia da terapiamanual craniana sobre a intensidade, freqüência e duração da dor, bem como na qualidade de vida e depressão. A amostra foi composta por 37 pacientes com cefaléia crônica, divididas aleatoriamente em grupo tratamento (GT, n=19) e grupo controle (GC, n=18). Antes e após o tratamento, avaliou-se a intensidade da dor (por meio da escala visual analógica de dor), a freqüência de crises por mês e a duração da crise em horas. Para avaliar a qualidade de vida usou-se o questionário SF-36 e, para a depressão, o Inventário de Depressão de Beck. O GT foi submetido a 10 sessões de terapia manual durante 5 semanas. Os dadosforam tratados estatisticamente, com significância estatística estabelecida em 5% (P=0,05). A comparação dos resultados mostrou diferença significante nas variáveis intensidade da dor, freqüência e duração das crises (P<0,0001) favorável ao GT em relação ao GC. No GT também se observou melhora quanto à qualidade de vida e depressão. A terapia manual proposta proporcionou pois diminuição da intensidade e freqüência da dor e, ainda, redução da duração das crises, revelando-se útil como tratamento coadjuvante dessa disfunção.; The aim of this study was to investigate...

Terapia manual no tratamento da espondilólise e espondilolistese: revisão de literatura; Manual therapy for treating spondylolysis and spondylolisthesis: a literature review

Jassi, Fabrício José; Saita, Leila Suzuki; Grecco, Ana Carolina Pimenta; Tamashiro, Margarete Kazue; Catelli, Danilo Santos; Nascimento, Paulo Roberto Carvalho do; Kuriki, Heloyse Uliam; Negrão Filho, Rubén de Faria
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.28%
A espondilólise é um defeito na pars interarticularis da vértebra com descontinuidade óssea do segmento intervertebral; a progressão do defeito resulta em deslizamento de uma vértebra sobre a outra, chamado espondilolistese, o que pode provocar dor. O tratamento não-cirúrgico é a escolha inicial na maioria dos casos de espondilolistese, mas poucos estudos verificam a eficácia dos tratamentos conservadores. O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão da literatura sobre esses tratamentos, sobretudo no que concerne à terapia manual, a fim de ajudar os terapeutas na prescrição de intervenções eficazes. Os resultados mostram que tanto a terapia manual como a fisioterapia convencional apresentam efeitos benéficos na redução da dor lombar e na melhora funcional do paciente. As terapias manuais envolvem manipulação da coluna vertebral e articulação sacroilíaca, músculo-energia e alongamento dos músculos afetados. Exercícios de estabilização lombopélvica, fortalecimento dos músculos posturais e alongamento dos isquiotibiais e psoas também foram considerados importantes. O paciente deve ser avaliado individualmente em seu quadro clínico e radiográfico para determinação do plano de tratamento. Dentre as opções conservadoras de tratamento encontradas...