Página 1 dos resultados de 11 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Tuberculose Genital. Uma Causa Rara de Hemorragia Pós-Menopausa

Júlio, C; Amaral, N; Biscaia, I; Torrezão, I; Fatela, A
Fonte: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
26.54%
Introdução: A tuberculose continua um problema de saúde pública emergente. A incidência da tuberculose genito-urinária tem vindo a aumentar sendo o segundo local mais comum de infecção a seguir aos pulmões. Caso clínico: Os autores apresentam dois casos de mulheres com hemorragia vaginal pós-menopausa. O exame clínico não revelou alterações. A ecografia pélvica endocavitária detectou a presença de uma lâmina líquida na cavidade endometrial em ambos os casos. A histeroscopia identificou espessamentos focais do endométrio que foram biopsados. O exame anatomopatológico revelou granulomas de células epitelióides sem atipia celular. O exame cultural do endométrio foi positivo para Mycobacterium tuberculosis. Não foi detectado envolvimento de outros órgãos tendo as doentes iniciado terapêutica antibacilar. Conclusão: A tuberculose genital é rara na mulher pós-menopausa sendo responsável por cerca de 1% da hemorragia vaginal pós-menopausa. No entanto, é uma doença curável cujo diagnóstico precoce é importante, prevenindo a utilização de procedimentos invasivos desnecessários.

Metástase Uterina de Carcinoma da Mama. A Propósito de um Caso Clínico

Sobral, D; Ramalho, L; Lopes, AP; Serrano, A; Amaral, I; Baptista, F; Garrido, L
Fonte: Maternidade Dr. Alfredo da Costa Publicador: Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2001 POR
Relevância na Pesquisa
26.54%
Estão raramente descritos na literatura casos de metástases uterinas de cancros extra genitais, sendo o aparelho genital feminino normalmente invadido por contiguidade. Mais frequentes são contudo, as metástases ováricas de neoplasias extragenitais sobretudo do aparelho gastrointestinal e mama. Descrevemos o caso clínico de uma doente de 71 anos que recorreu ao serviço de urgência por metrorragias pós menopausa (sem THS), tendo sido diagnosticado pólipo do endocolo e efectuada polipectomia. No exame anatomopatológico foi identificada, no eixo do pólipo, uma infiltração neoplásica compatível com metástase de carcinoma lobular da mama. A doente encontra-se desde há um ano a efectuar Quimioterapia com boa resposta.

Falsos Negativos em Citologia Cervical. A Propósito de um Caso Clínico

Pargana, L; Vicente, L; Paula, T; Vitorino, A; Belo, AI; Borrego, J
Fonte: Maternidade Dr. Alfredo da Costa Publicador: Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2001 POR
Relevância na Pesquisa
26.54%
A redução na incidência e morbimortalidade do cancro do colo invasivo deveu-se, e deve-se, ao diagnóstico e terapêutica das lesões precursoras do cancro cervical, contribuindo para este objectivo a implementação de métodos e programas de rastreio eficazes com citologia cervical. É do conhecimento geral que a citologia cervical é um método de rastreio eficaz mas apresenta limitações. Os falso negativos podem atingir mais de 50%, uma taxa de 5 a 10% é considerada aceitável pela maioria dos autores. Taxas inferiores a 5% são apresentados nas melhores séries. Como a citologia é um exame de rastreio e não um teste diagnóstico, se a sintomatologia e/ou a clínica sugerirem patologia, a investigação deverá prosseguir, mesmo na presença de citologia negativa. O caso clínico que se apresenta ilustra e pede atenção para a problemática dos resultados falsamente negativos da citologia cervical.

Sequência Deformativa Associada a Hipocinésia ou Acinésia Fetal

Caro, I; Cohen, A; M, AT; Biscaia, I; Torrezão, I; Correia, J
Fonte: Maternidade Dr. Alfredo da Costa Publicador: Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2002 POR
Relevância na Pesquisa
26.35%

Alterações Estruturais dos Vasos Pulmonares e Artérias Coronárias na Síndrome do Coração Esquerdo Hipoplásico

Macedo, A; Pinto, E; Ramos, S; Brito, MJ; Costa, MM; Serrano, I; Torrezão, I; Lima, M; Silva, E; Roriz, ML; Silva, S; Sampayo, F
Fonte: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1991 POR
Relevância na Pesquisa
26.82%
Com o objectivo de correlacionar variantes anatómicas com alterações pulmonares e coronárias na síndrome do coração esquerdo hipoplásico (SCEH), fez-se o estudo morfológico e histológico de 15 peças de necrópsia coração-pulmão de recém-nascidos falecidos com aquela patologia. Encontrou-se a forma clássica de SCEH em II peças das quais 3 tinham atrésia da válvula mitral. Nas restantes 4 a aorta saía do ventrículo direito, com ventrículo esquerdo virtual e atrésia da válvula mitral. A histologia pulmonar mostrou aumento da percentagem de espessura das arteríolas e veias pulmonares e extensão intra-acinar da camada muscular das arteríolas em todas as peças. Mas em 8 peças com foramen ovale encerrado ou com diâmetro médio de 5 mm as alterações pulmonares foram mais marcadas do que nas restantes com diâmetro médio do foramen ovale de 9mm. A distribuição coronária foi normal, mas 4 das 8 peças com válvula mitral permeável apresentavam alterações das artérias coronárias não encontradas nas 7 peças com atrésia da válvula mitral. Conclui-se que na SCEH, a existência de foramen ovale encerrado ou restritivo, e de válvula mitral permeável, podem condicionar alterações pulmonares e coronárias...

Tuberculose Genital. Uma Causa Rara de Hemorragia Pós-Menopausa

Júlio, C; Amaral, N; Biscaia, I; Torrezão, I; Fatela, A
Fonte: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
26.54%
Introdução: A tuberculose continua um problema de saúde pública emergente. A incidência da tuberculose genito-urinária tem vindo a aumentar sendo o segundo local mais comum de infecção a seguir aos pulmões. Caso clínico: Os autores apresentam dois casos de mulheres com hemorragia vaginal pós-menopausa. O exame clínico não revelou alterações. A ecografia pélvica endocavitária detectou a presença de uma lâmina líquida na cavidade endometrial em ambos os casos. A histeroscopia identificou espessamentos focais do endométrio que foram biopsados. O exame anatomopatológico revelou granulomas de células epitelióides sem atipia celular. O exame cultural do endométrio foi positivo para Mycobacterium tuberculosis. Não foi detectado envolvimento de outros órgãos tendo as doentes iniciado terapêutica antibacilar. Conclusão: A tuberculose genital é rara na mulher pós-menopausa sendo responsável por cerca de 1% da hemorragia vaginal pós-menopausa. No entanto, é uma doença curável cujo diagnóstico precoce é importante, prevenindo a utilização de procedimentos invasivos desnecessários.

Metástase Uterina de Carcinoma da Mama. A Propósito de um Caso Clínico

Sobral, D; Ramalho, L; Lopes, AP; Serrano, A; Amaral, I; Baptista, F; Garrido, L
Fonte: Maternidade Dr. Alfredo da Costa Publicador: Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2001 POR
Relevância na Pesquisa
26.54%
Estão raramente descritos na literatura casos de metástases uterinas de cancros extra genitais, sendo o aparelho genital feminino normalmente invadido por contiguidade. Mais frequentes são contudo, as metástases ováricas de neoplasias extragenitais sobretudo do aparelho gastrointestinal e mama. Descrevemos o caso clínico de uma doente de 71 anos que recorreu ao serviço de urgência por metrorragias pós menopausa (sem THS), tendo sido diagnosticado pólipo do endocolo e efectuada polipectomia. No exame anatomopatológico foi identificada, no eixo do pólipo, uma infiltração neoplásica compatível com metástase de carcinoma lobular da mama. A doente encontra-se desde há um ano a efectuar Quimioterapia com boa resposta.

Falsos Negativos em Citologia Cervical. A Propósito de um Caso Clínico

Pargana, L; Vicente, L; Paula, T; Vitorino, A; Belo, AI; Borrego, J
Fonte: Maternidade Dr. Alfredo da Costa Publicador: Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2001 POR
Relevância na Pesquisa
26.54%
A redução na incidência e morbimortalidade do cancro do colo invasivo deveu-se, e deve-se, ao diagnóstico e terapêutica das lesões precursoras do cancro cervical, contribuindo para este objectivo a implementação de métodos e programas de rastreio eficazes com citologia cervical. É do conhecimento geral que a citologia cervical é um método de rastreio eficaz mas apresenta limitações. Os falso negativos podem atingir mais de 50%, uma taxa de 5 a 10% é considerada aceitável pela maioria dos autores. Taxas inferiores a 5% são apresentados nas melhores séries. Como a citologia é um exame de rastreio e não um teste diagnóstico, se a sintomatologia e/ou a clínica sugerirem patologia, a investigação deverá prosseguir, mesmo na presença de citologia negativa. O caso clínico que se apresenta ilustra e pede atenção para a problemática dos resultados falsamente negativos da citologia cervical.

Sequência Deformativa Associada a Hipocinésia ou Acinésia Fetal

Caro, I; Cohen, A; M, AT; Biscaia, I; Torrezão, I; Correia, J
Fonte: Maternidade Dr. Alfredo da Costa Publicador: Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2002 POR
Relevância na Pesquisa
26.35%

Alterações Estruturais dos Vasos Pulmonares e Artérias Coronárias na Síndrome do Coração Esquerdo Hipoplásico

Macedo, A; Pinto, E; Ramos, S; Brito, MJ; Costa, MM; Serrano, I; Torrezão, I; Lima, M; Silva, E; Roriz, ML; Silva, S; Sampayo, F
Fonte: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1991 POR
Relevância na Pesquisa
26.82%
Com o objectivo de correlacionar variantes anatómicas com alterações pulmonares e coronárias na síndrome do coração esquerdo hipoplásico (SCEH), fez-se o estudo morfológico e histológico de 15 peças de necrópsia coração-pulmão de recém-nascidos falecidos com aquela patologia. Encontrou-se a forma clássica de SCEH em II peças das quais 3 tinham atrésia da válvula mitral. Nas restantes 4 a aorta saía do ventrículo direito, com ventrículo esquerdo virtual e atrésia da válvula mitral. A histologia pulmonar mostrou aumento da percentagem de espessura das arteríolas e veias pulmonares e extensão intra-acinar da camada muscular das arteríolas em todas as peças. Mas em 8 peças com foramen ovale encerrado ou com diâmetro médio de 5 mm as alterações pulmonares foram mais marcadas do que nas restantes com diâmetro médio do foramen ovale de 9mm. A distribuição coronária foi normal, mas 4 das 8 peças com válvula mitral permeável apresentavam alterações das artérias coronárias não encontradas nas 7 peças com atrésia da válvula mitral. Conclui-se que na SCEH, a existência de foramen ovale encerrado ou restritivo, e de válvula mitral permeável, podem condicionar alterações pulmonares e coronárias...

Ovarian Ectopic Pregnancy in Adolescence

Gonçalves Andrade, A; Rocha, S; Marques, C; Simões, M; Martins, I; Biscaia, I; Barros, C
Fonte: John Wiley & Sons Ltd. Publicador: John Wiley & Sons Ltd.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /11/2015 ENG
Relevância na Pesquisa
26.54%
Ovarian pregnancy is one of the rarest types of extrauterine pregnancy. Its preoperative diagnosis remains a challenge since it presents quite similarly to tubal pregnancy and complicated ovarian cysts. Although in most cases, histology is necessary to confirm the diagnosis, we present an ovarian pregnancy in a teenager, correctly diagnosed during ultrasound examination.