Página 1 dos resultados de 500 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Almirante, "a mais alta patente do rádio", e a construção da história da música popular brasileira (1938-1958); Almirante, "the highest rank in the radio", and the construction of the history of Brazilian popular music (1938-1958)

Lima, Giuliana Souza de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
86.42%
Esta investigação tem como objetivo central discutir peculiaridades da historiografia da música popular brasileira na primeira metade do século XX, por meio da trajetória de um de seus precursores: Almirante (Henrique Foreis Domingues, Rio de Janeiro, 1908-1980). Além de ter se tornado conhecido como a mais alta patente do rádio já no final da década de 1930, em razão de sua importância para a profissionalização e diversificação da programação radiofônica, Almirante teve papel fundamental nos estudos sobre a história da música popular brasileira, integrando o que podemos chamar de sua primeira geração de historiadores. Seus programas eram caracterizados pela organização e preocupação em conferir valor científico aos temas abordados que abrangiam do folclore à música urbana difundida pelos meios de comunicação em massa , e baseados em pesquisas que contribuíram para a formação de um vasto arquivo sobre música popular, o qual deu origem e sentido ao Museu da Imagem e do Som (MIS-RJ), em 1965. Almirante, junto com outros nomes de sua geração, foi responsável pela seleção, organização, compilação, e arquivamento de registros, estabelecendo hierarquias, determinando recortes, problemas e, assim...

Compassos e descompassos – Notas sobre a história da música popular brasileira

Leal, Luã Ferreira
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Relevância na Pesquisa
96.4%
Em “Compassos e descompassos: notas sobre a história da música popular brasileira” trato das proposições de intelectuais acerca da identidade nacional e musical do Brasil. José Ramos Tinhorão, Ricardo Cravo Albin e Sérgio Cabral são os intelectuais escolhidos, pois em suas obras lançaram interpretações sobre as transformações ocorridas na esfera da produção musical a partir da década de 1960, quando começou a despontar no campo dos estudos e da crítica sobre a música popular. Tendo atuado como peritos do tema, em suas procuras pelo “autêntico” e pelo “nacional”, estes intelectuais construíram narrativas históricas sobre a música popular brasileira. Estas, forjadas por Tinhorão, Cravo Albin e Cabral, foram examinadas a fim de verificar como se insere em suas respectivas análises a busca pela autenticidade e pelo nacional-popular. Foram abordados os sistemas classificatórios em relação à categoria “música popular brasileira”. A metodologia privilegiou a análise textual para cotejar a produção intelectual desses mediadores culturais. A questão premente nesta investigação, portanto, é compreender a atuação desses mediadores culturais na constituição de lugares para determinados artistas e “gêneros” musicais em narrativas de longa duração das transformações no campo musical brasileiro. Para isso analisa-se em algumas obras de Tinhorão...

Zimbo Trio e o Fino da Bossa: uma perspectiva histórica e sua repercussão na moderna música popular brasileira

Machado, Cristina Gomes
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 410 f. : il. + 2 CD-ROMs
POR
Relevância na Pesquisa
96.22%
Pós-graduação em Música - IA; O principal objeto de estudo desta pesquisa é o grupo musical brasileiro Zimbo Trio, formado na década de 1960 e em plena atividade até os dias de hoje. O objetivo fundamental da dissertação é enfocar o grupo Zimbo Trio no programa O Fino e analisar, primeiramente, sua importância no desenvolvimento da Música Popular Brasileira como grupo de curadoria, divulgação e criação musical, além de sua presença positiva na construção e permanência de uma nova maneira de fazer música, mostrando seu legado por meio das concepções de arranjo, linguagem musical e pioneirismo na forma de tocar. Como as atuações e contribuições deste trio tiveram uma maior divulgação no Brasil em suas participações no programa O Fino, veiculado na televisão no período de 1965 a 1967, busca-se contextualizar este programa historicamente. Valendo-se de abordagens históricosócio- culturais e estético-musicais, a pesquisa é qualitativa e documental, utilizando, como material de pesquisa, críticas de jornais e revistas, capas e contracapas de LPs da época, tanto no Brasil como no exterior. Também, são levados em consideração depoimentos de músicos e artistas que vivenciaram direta ou indiretamente esse momento...

Tecnicas contrapontisticas aplicadas em arranjos de canções da musica popular brasileira

Andrea dos Guimarães Alvim Nunes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/07/2004 PT
Relevância na Pesquisa
96.25%
Esta Dissertação tem como objetivo principal a discussão sobre o processo de criação, desenvolvido na elaboração de seis arranjos para canções da música popular brasileira, utilizando uma linguagem polifônica de caráter bachiano aplicada em formações instrumentais camerísticas. Algumas das técnicas contrapontísticas usadas nesta elaboração foram identificadas através da análise dos arranjos de quatro canções populares brasileiras que apresentam uma textura similar; The main purpose of this Dissertation is to discuss about the creative process involved in the elaboration of six arrangements for small groups of Brazilian popular songs, using a polyphonic texture in the style of J. S. Bach. Some of the counterpointal techniques applied in these arrangements were identified through an analysis of four Brazilian popular songs that have a similar texture

A prática de leitura da música popular brasileira e seus gêneros

Neckel, Malverique
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
86.41%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Lingüística.; O objetivo principal desta dissertação é desenvolver uma proposta interdisciplinar de ensino-aprendizagem de leitura da música popular brasileira e seus gêneros. O foco teórico da pesquisa centra-se na perspectiva sociointeracionista da linguagem e da leitura e numa perspectiva da música popular brasileira como união indissolúvel entre a linguagem verbal e não-verbal. A base empírica da pesquisa ação desenvolveu-se em uma sala de aula de Língua Portuguesa e Educação Artística, numa 8ª série do Ensino Fundamental da rede estadual de ensino de Santa Catarina. A metodologia contou com um período de observação e um de intervenção, considerado, mais precisamente, um período de participação ativa. O período de observação possibilitou verificar e comprovar como ocorre o ensino-aprendizagem de leitura na disciplina de Língua Portuguesa e, em ambas as disciplinas, como é abordado o objeto de ensino-aprendizagem (a música), como acontece o processo de apreensão de sentido na atividade de leitura em sala de aula e, até mesmo, como ocorre e é abordada a atividade de produção de textos na escola. O período de participação ativa foi contemplado com a leitura de várias músicas de diversos gêneros da música popular brasileira...

Desde que o samba é samba: a questão das origens no debate historiográfico sobre a música popular brasileira

Napolitano,Marcos; Wasserman,Maria Clara
Fonte: Associação Nacional de História - ANPUH Publicador: Associação Nacional de História - ANPUH
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2000 PT
Relevância na Pesquisa
96.16%
Este artigo, na linha de um ensaio bibliográfico, procura sistematizar o debate historiográfico e para-historiográfico que tem por objeto a discussão sobreas "origens da música popular brasileira". Neste sentido, procuramos examinar, criticamente, as bases argumentativas e as principais conclusões de duas tendências básicas: a) a tendência historiográfica que trabalha com o paradigma das origens como um lugar , situado no tempo e no espaço, a ser determinado pela pesquisa histórica; b) a tendência, mais atuante a partir do meio acadêmico, que coloca sob suspeita a própria questão das origens, com um lugar determinável, procurando analisar historicamente a dinâmica social e ideológica que os discursos de origem podem revelar.

Canção do Amor Demais: marco da música popular brasileira contemporânea

Bollos,Liliana Harb
Fonte: Escola de Música da UFMG Publicador: Escola de Música da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
96.25%
Discussão sobre a importância do LP Canção do Amor Demais dentro do panorama da cultura brasileira, mais do que do âmbito da música popular em si, a partir do texto de Vinícius de Moraes na contracapa do disco e da crítica de José da Veiga Oliveira. A fronteira existente entre o popular e erudito fica menos evidente neste disco, por conta do alto grau composicional das canções e pelos arranjos assinados por Jobim, tendo em vista que ali se deu a apresentação de João Gilberto em disco e da batida do violão que iria simbolizar a Bossa Nova.

O estudo cultural da música popular brasileira: dois problemas e uma contribuição

Neder,Álvaro
Fonte: Escola de Música da UFMG Publicador: Escola de Música da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
96.34%
No estágio em que se encontram os estudos de música popular no Brasil, é crucial discutir a definição de "música popular" e as abordagens teóricas usadas para fundamentar sua análise. Ambas as questões são tratadas aqui por meio de uma articulação crítica que envolve estruturas musicais, sociedade e cultura. Propõe-se, portanto, uma contribuição teórica aos estudos de música popular brasileira, e não uma análise do conteúdo de tais estudos. A partir de uma discussão das principais classes de definições de música popular empregadas usualmente, defende-se uma concepção dinâmica e relacional de música popular, inserida em sociedades contemporâneas complexas e contraditórias. Metodologicamente, discutem-se diferentes abordagens que vêm se propondo a estudar culturalmente as contribuições singulares da música popular, irredutíveis aos métodos analíticos desenvolvidos para as músicas erudita e tradicional. O ensaio conclui com a defesa de uma musicologia renovada pelas discussões travadas no âmbito dos estudos culturais, para uma adequada investigação da música popular em sua especificidade.

O Modalismo em alguns compositores da música popular do Brasil pós Bossa Nova

Tiné,Paulo José de Siqueira
Fonte: Escola de Música da UFMG Publicador: Escola de Música da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
96.19%
Estudo sobre utilização de modalismo no período pós Bossa Nova na música popular brasileira da década de 1960. A partir da valorização da cultura popular via Canção de Protesto, aponta-se o uso comum de procedimentos modais em diversos compositores representativos da época (Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Edu Lobo, Geraldo Vandré, Baden Powell, Vinicius de Moraes, Moacir Santos, Egberto Gismonti, Milton Nascimento e Caetano Veloso). A ocorrência desses procedimentos é fundamentada em comparações com as manifestações do modal jazz norte-americano, bem como em antecedentes de tradições étnico-musicais brasileiras, que serviram de guia para uma tendência estética desse período.

A linhagem samba-bossa-MPB: sobre a construção de um discurso de tradição da música popular brasileira

Baia,Silvano Fernandes
Fonte: Escola de Música da UFMG Publicador: Escola de Música da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
96.33%
Este artigo apresenta um estudo acerca da construção dos discursos sobre música popular urbana no Brasil, desde o momento formativo dos primeiros textos historiográficos sobre o objeto, até a proposição da "linha evolutiva" e a institucionalização da MPB. Neste período, que vai da década de 1930 até o final dos anos 1960, constituiu-se uma linhagem da música popular no Brasil que tem como eixo central o samba carioca, em torno do qual formou-se um sistema sociocultural e um pensamento histórico-sociológico. A ideia desta linhagem, como articuladora da tradição da música popular brasileira, foi a concepção dominante sobre esta música até por volta dos anos 1980. Mesmo perdendo força e sendo submetida à crítica por pesquisas recentes, até hoje é um dos parâmetros para o debate sobre a produção e recepção da música no Brasil.

Sobre flores e canhões: canções de protesto em festivais de música popular

Freire,Vanda Lima Bellard; Augusto,Erika Soares
Fonte: Escola de Música da UFMG Publicador: Escola de Música da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
96.31%
O presente artigo aborda algumas canções de protesto apresentadas nos Festivais da Música Popular realizados no período 1965-1969, buscando compreendê-las em sua inserção no momento social e político em que surgiram e se fizeram ouvir. Foram realizadas análises de vídeos e áudio das apresentações das canções escolhidas, segundo a visão da História Cultural, baseada em aportes teórico-metodológicos da fenomenologia e da dialética. Desse modo, foram privilegiadas a escuta e as observações das autoras frente às gravações da época. Os festivais de música popular brasileira foram realizados durante a ditadura militar no Brasil, na década de 60 do século XX, abrigando, entre outras, manifestações das chamadas canções de protesto, da autoria de compositores como Chico Buarque, Geraldo Vandré, Caetano Veloso, Paulinho da Viola, entre outros. As conclusões apontam algumas convergências entre as características das canções analisadas, revelando também que elas atuaram veladamente como instrumento político de contestação.

Um estudo sobre a historiografia da música popular brasileira: 1961-2000

de Assis Oliveira, Francisca; Guimarães Cittadino, Monique (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.34%
Este trabalho, que se encontra na linha de um debate historiográfico, procura mostrar o ponto de vista de estudiosos da música popular brasileira, focalizada na década de 60 e nos movimentos musicais Bossa Nova, Canção de Protesto e Tropicalismo. Além disso, sistematiza as obras selecionadas em autores com uma formação intelectual fora do campo de conhecimento da História e Ciências Sociais e autores com formação nestas duas áreas. Também trabalha com um exemplo da música popular brasileira desse período, centrado em Geraldo Vandré. Toda essa discussão, está apoiada no pensamento de Schopenhauer, Adorno e Hobsbawm, sobre música num sentido geral e sobre a música popular e a indústria cultural. Finalmente, procura-se ressaltar os diferentes olhares sobre os três movimentos musicais, dentro do contexto da música popular como um todo, tendo em vista as diferentes formação intelectual e áreas de conhecimento. Também analisa algumas composições de Vandré e tenta organizar idéias no sentido de desmitificar o mito Vandré; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Dos orixás ao black is beautiful: a estética da negritude na música popular brasileira

Santos, Kywza Joanna Fidelis Pereira dos; Trotta, Felipe da Costa (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
86.37%
No âmbito da música popular brasileira, as questões de “raça” encontram-se dispostas em fronteiras identitárias, nas trincheiras das disputas simbólicas. A MPB, como representante da identidade nacional, conquista seu status de legitimidade através de processos conflitivos que também estiveram ligados à racialização cultural. Assim, a música, que não poderia estar à margem desses processos, tornanou-se um vetor de discursos identitários e/ou racializados. Portanto, os discursos em torno das identidades negras e mestiças vão permear o repertório da música popular brasileira, em especial, durante o século XX. Entre os primeiros acionamentos das tradições afro-religiosas, no samba, e os diálogos transatlânticos com a cultura da diáspora negra, podemos constatar a emergência de uma estética da negritude. Esta é marcada pelos seguintes eixos temáticos: ancestralidade, religiosidade, africanidade, mestiçagem, brasilidade e orgulho negro; dentro das fronteiras culturais entre raça e identidade, em constante reconfiguração e ressignificação. Investigamos o processo de surgimento, delineamento e consolidação da estética da negritude na música popular brasileira, a partir de meados século XX. Para tanto...

O estilo composicional de Marco Pereira presente na obra Samba Urbano . Uma abordagem a partir de suas principais influências: a música popular brasileira, o jazz e a música erudita; The composicional style of Marco Pereira on the music "Samba Urbano". An view by his principals influences: the popular brazilian music, the jazz and the scholar music

LEMOS, Julio Cesar Moreira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Música; Linguística, Letras e Artes Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Música; Linguística, Letras e Artes
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.35%
This paper regards Contemporary Brazilian Popular Music and it aims to present the compositional style of Marco Pereira based on a case study of its work Samba Urbano , composed for solo guitar, in 1980. Marco Pereira presents elements of jazz, classical music, and Brazilian popular music, as well as idiomatic features of guitar, as his main references. The use of Parallelism , influenced by Villa-Lobos and Leo Brouwer, is found in Samba Urbano . As far as the rhythmic and harmonic aspects, it is possible to find the influence of Garoto, Radamés, Gnattali and Baden Powell. It can be seen in Samba Urbano aspects of jazz, such as the improvisation character, the use of modal harmonies and the changing of scales. Lastly, the influence of French impressionist music, by Debussy and Ravel, such as the use of harmonies over whole tones scales and chords of fourth.; Tendo em vista um panorama da música popular brasileira contemporânea este trabalho tem o objetivo de apresentar o estilo composicional de Marco Pereira a partir de um estudo de caso da obra Samba Urbano , composta para violão solo em 1980. Marco Pereira apresenta como suas principais referências elementos da música erudita, do jazz, e da música popular brasileira. bem como o uso de recursos idiomáticos do violão...

Improvisação ao contrabaixo acústico com uso de arco na música popular brasileira instrumental (MPBI): estratégias de estudo e performance; Improvisational acoustic bass with the use of arc in Brazilian popular music instrumental (MPBI): study strategies and performance

ASSIS, Paulo Dantas de Paiva
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Música; Linguística, Letras e Artes Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Música; Linguística, Letras e Artes
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.36%
This paper discusses the use of bowing technique in improvisation with the bass in the Brazilian Instrumental Popular Music (MPBI). The main objective is to develop study strategies through a brief literature review on the bowing technique, its application in North American jazz and the characteristics of improvisation in MPBI. Thus, the paper discusses the results and presents them in the form of suggestion implementation. The paper is organized into three parts: 1) Review of literature on the use of the bow on strings instruments, 2) MPBI improvisation and 3) strategies for improvisation study on double bass with the use of bowing technique in MPBI. It can be concluded that the processes involved in improvisation on the double bass with bowing technique in MPBI have some particularities that should be objects of attention and study. Moreover, there are similarities in the use of the bowing technique in Classical Music, particularly the technique preparation. It also follows that the greater the knowledge of the peculiarities of bowing technique in improvisation, preparing technical and stylistic knowledge of the bassist, the performance will be better.; O presente trabalho discute a utilização da técnica de arco na improvisação ao contrabaixo acústico na Música Popular Brasileira Instrumental (MPBI). O objetivo principal é desenvolver estratégias de estudo...

Fome, comida e bebida na música popular brasileira: um breve ensaio

Vasconcelos,Francisco de Assis Guedes de; Vasconcelos,Mariana Perrelli; Vasconcelos,Iris Helena Guedes de
Fonte: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
96.18%
O artigo reflete sobre como as temáticas fome, consumo de refrigerantes e consumo de feijão com arroz são enfocadas na música popular brasileira. Investigamos os anos de ditadura militar (1964-1985). O foco da análise é a chamada canção de protesto, gênero musical caracterizado por críticas estético-cultural, político-ideológica e social aos governos militares. Tomando como referencial teórico os estudos de ideologia e filosofia da linguagem de Mikhail Bakhtin, evidenciamos que a canção de protesto retratou elementos dos contextos econômico, político e social, e propiciou a difusão de hábitos e ideologias alimentares saudáveis ou não saudáveis, contribuindo para a construção da identidade alimentar brasileira.

Improvisação na música popular brasileira instrumental (MPBI): Aspectos da performance do contrabaixo acústico; Improvisation in instrumental brazilian popular music (MPBI): Aspects of the acoustic bass performance

Silva, Bruno Rejan
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Musica (EMAC); Escola de Música e Artes Cênicas - EMAC (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Musica (EMAC); Escola de Música e Artes Cênicas - EMAC (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.39%
This paper deals with improvisation procedures for double bass in Instrumental Brazilian Popular Music (MPBI). Available literature on instrumental popular music focuses on North American jazz, however there is much to be explored and released concerning the material produced and published in Brazil about MPBI, particularly on double bass. Authors such as Piedade (2005) and Cirino (2009) discuss the scarce available literature and ponder on improvisation in overall Brazilian music. These authors' ideas are references to this work, which deepens their proposed discussion of improvisation and spreads it to double bass improvisation, mostly in interpretation of Brazilian genres. This paper's main goal is to discuss the use of rythmic cells and idiomatic melodies in improvisation for Brazilian genres baião, choro and samba. The work's methodology is made up of three main steps: 1) literary review in Portuguese and English; 2) selection and discussion of elements through hearing of audiovisual recordings, 3) applying selected elements to improvisation on popular themes’s excerpts. The work will also bring appendixes with full sheets for the defense recital and audio samples for the suggested improvisations. The research's final results (final product for concluding the Master's Degree in Music course) are presented in two parts: the defense recital (including themes with MPBI improvisation)...

A guitarra elétrica na música popular brasileira : os estilos dos músicos José Menezes e Olmir Stocker; The electric guitar in brazilian popular music : The styles of the musicians José Menezes and Olmir Stocker

Eduardo de Lima Visconti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
86.37%
O tema desta tese é a inserção da guitarra elétrica na música popular brasileira, processo que se deu de forma gradativa a partir de meados do século XX. Através do estudo dos estilos de José Meneses e Olmir Stocker, dois músicos que se dedicaram a esse instrumento, procuro compreender o modo pelo qual a guitarra elétrica não apenas foi introduzida, mas se adequou ao repertório da nossa música popular. Identificada como instrumento dotado de dispositivos artificiais (captadores eletrônicos) e portadora de uma carga de significados associados ao jazz e à música pop anglo-americana, a guitarra foi objeto de veneração e rejeição por parte de críticos e músicos. Ao mesmo tempo em que fora repudiada por uns como símbolo de "estrangeirismo" ou até mesmo do imperialismo cultural sobre a nação brasileira, era reconhecida por outros como elemento de sofisticação e de modernidade musical. Apoiado em análises de composições e gravações de José Meneses e Olmir Stocker, procurei demonstrar que os estilos desses músicos expressam, de certa forma, uma gama de conflitos simbólicos que permearam o meio musical ao longo de décadas, balizados pelas oposições entre nacional x internacional, erudito x popular, comercial x não comercial...

O velho na música popular brasileira

Hack, Olga; Vianna, Lucy Gomes; Tavares, Adriano Bueno
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.19%
A relação que se faz entre cultura e música popular brasileira promove uma seleção de letras que se abre para um imaginário criativo e constitutivo de suas origens, como nas bases fundantes da história de vida de quem a compôs. Essas músicas em suas representações repercutem os significados deixados como marcas das experiências observadas e vividas sobre o velho, a velhice, a visão do processo de envelhecimento e a criação de lugares a serem ocupados nas formas de inclusão e exclusão social. Foram levantadas para análise músicas em tempos diferenciados, buscando-se um processo comparativo e interativo das visões criadas dos reflexos sociais vivenciados em cada época, procurando-se verificar se houve mudanças nas relações estabelecidas com o ato de se ver velho. Vislumbramos a interação criativa e plástica entre o ato de viver e de morrer, sobre o envelhecimento em sua identidade cultural e a maneira como é observada essa construção partilhada. As músicas em sua sonoridade e letra trazem à tona um construto mítico a mostrar um alguém singularmente transposto para a realidade de mundo criado ao se inserir em um meio cósmico captável por outras pessoas. A melodia apresentada no embalar para com as notas musicais...

Pixinguinha, Quintessência da Música Popular Brasileira; Pixinguinha, the Brazilian Popular Music Quintessence

Giron, Luís Antônio
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/1997 POR
Relevância na Pesquisa
96.31%
A obra de Pixinguinha é uma das mais representativas para a música popular brasileira do século XX. No âmbito da arte da improvisação contrapontística e da qualidade de composições (duas, mil), é a mais importnte. Desenvolvo neste texto a idéia de que Pixinguinha é um caso único na história da MPB, em que um instrumentista popular, atinge a condição de maestro, arranjador e compositor, além de criar um estilo da execução. Não deixa, portanto, de ser espantoso o fato de el não ter deixado seguidores e de não haver criado uma escola. Para entender o fenômeno, o associo a vida do músico a sua obra, sem postular a precedência de um sobre outra.; The work of the composer, arranger and composer Pixinguinha is one of the most important to the brazilian popular music progress during this century. The Pixinguinha´s quality of contrapunctual imprivisation and his productivity (2.000 titles) place him on the top of the popular music tradition. Pixinguinha ocupies a single place in the MPB history: a popular instrumentist who reached the status of conductor, arranger and composer, besides the invention of a style of improvisation. It is amazing Pixinguinha didn´st let followers or disciples. He didn´s even create a school. The purpose of the article is to understand his fact by linking life and work...