Página 1 dos resultados de 128 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Lições de coisas e sua transposição para livros de leitura brasileiros (1907-1945): a história da educação pela clivagem do impresso; Primeiras lições das cousas and its transposition to Brazilian reading books (1907-1945): the history of education seen through printing press process

Medina, Camila Beltrão
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.37%
Nos últimos anos, ampliaram-se significativamente os espaços de produção em história da educação no Brasil, provavelmente, em decorrência do crescente número de pesquisadores voltados a estudos que abarquem universos educacionais e escolares. Um balanço das pesquisas mais recentes nesse campo permite observar que as discussões historiográficas sobre a educação se estendem para além das fronteiras dos fatos e dados históricos e evidencia o grande interesse sobre temas voltados a desvendar práticas que constituíram o arcabouço do nosso sistema educacional e pedagógico contemporâneo. Um recurso investigativo reside na análise de materiais didáticos manipulados por professores e alunos que, por estarem presentes no interior das salas de aula, oferecem indícios do que acontecia na escola além do discurso. Desse modo, o trabalho aqui apresentado, pretende analisar Livros de Leitura produzidos entre os anos de 1907 e 1945 basicamente em duas perspectivas: como objeto de estudo e como fonte. No domínio da investigação que considera os materiais didáticos de leitura como objeto de estudo, propõe-se como uma das possibilidades de aprofundamento a melhor compreensão da sua materialidade, destacando o lugar do autor e do editor no contexto de sua produção e circulação. No que diz respeito à análise de conteúdos...

Das formas de ensinar e conhecer o mundo: lições de coisas e método de ensino intuitivo na imprensa periódica educacional do século XIX

Valdemarin, Vera Teresa; Pinto, Adriana Aparecida
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 163-187
POR
Relevância na Pesquisa
36.61%
This article analyses A Eschola Publica, an educational journal that circulated in São Paulo state between 1893-1894 and 1896-1897, whose editors, allied with the diffusion of republican ideas, helped the consolidation of objective method as a pedagogical efficient modern tool. It was possible gathering some sources that shows the acceptance of that method and the difficulties for its dissemination in the classroom, mainly those refers to teacher’s formation. Taking as referential bibliographical resources about schooling culture it was possible verifying that circulating in complementary parallel way to textbooks, the articles by A Eschola Publica endorse the innovative purposes and show barriers imposing on educational context. This journal produced a place for discussions and debates that contributed for controlling and producing symbolic resources; O presente artigo analisa A Eschola Publica, periódico educacional que circulou no estado de São Paulo em 1893-1894 e 1896-1897, cujos editores, aliados à propagação do ideário republicano no campo educacional, auxiliaram para consolidar o método de ensino intuitivo como instrumento pedagógico eficaz e modernizador. Identifica-se o consenso em torno da pertinência do referido método...

Ensino da leitura no método intuitivo: as palavras como unidade de compreensão e sentido

Valdemarin, Vera Teresa
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 157-182
POR
Relevância na Pesquisa
56.57%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); This article presents results of research about the objective methods, by Norman A. Calkins, especially to teaching reading method. For the author, the words are the units trough the teaching should happen, relating it to the propositions of analytic methods that appeared in the 19th Century, innovating the procedures of general teaching.; Este artigo apresenta resultados de pesquisa sobre o método de ensino intuitivo, elaborado por Norman A. Calkins, especialmente para o ensino da leitura. Para o autor, as palavras são as unidades a partir das quais o ensino deve se dar, filiando-se às proposições de marcha analítica que surgem no século XIX, inovando os procedimentos de ensino.

Antônio Bandeira Trajano e o método intuitivo para o ensino de Arithmetica (1879-1954)

Oliveira, Marcus Aldenisson de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.85%
O original desta publicação encontra-se depositado na Biblioteca da Universidade Tiradentes - Aracaju/SE, 142f.; Esta dissertação tem como objeto de estudo a composição metodológica pela qual as Arithmeticas – Progressiva, Elementar Illustrada e Primaria, de Antônio Bandeira Trajano, foram produzidas. Trata-se de uma leitura externa e interna destas obras, a partir da categoria de análise da materialidade, a qual consiste em estudar os elementos físicos e metodológicos que foram utilizados na composição dessas obras, tornando-as objeto material. Nesta direção, tomamos as Arithmeticas como fonte e objeto de investigação para este estudo, tendo o objetivo de analisar a configuração do método intuitivo presente na composição da trilogia Arithmetica. Assim, para a condução dos objetivos, o geral e os específicos, buscamos dialogar com estudiosos que tratam de objetos de pesquisas relacionados ao produto cultural, ao livro didático e ao método intuitivo, tendo em vista o campo da Nova História Cultural, História da Educação e da História da Educação Matemática. Pela análise que realizamos da trilogia Arithmetica, elementos dos postulados ligados ao método de intuir foram constatados. Tal comprovação iniciou-se no desvelar da formação metodológica do autor das obras; passou pelo re-conhecimento que cada uma das obras teve a sua composição metodológica; seguiu pela leitura externa e interna de cada uma das obras; continuou pelas ilustrações vinculadas aos conteúdos e atividades; prosseguiu nas organizações dos exercícios; e terminou na disposição dos assuntos matemáticos presentes no índice. Enfim...

Regimento Interno dos Grupos Escolares, 1916, MT.

Corrêa, Estevão Alves
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.37%
Este documento se encontra no Arquivo Público de Mato Grosso (APMT) no livro 213 e uma cópia digitada está disponível em http://gem.ufmt.br/gem/sistema/arquivos/19061211555355.pdf; O documento apresenta Regimento Interno para os Grupos Escolares do Estado de Mato Grosso, oficializado em 04 de novembro de 1916 pelo Dr. Estevão Alves Corrêa (Diretor Geral da Instrução Pública de Cuiabá). Este regimento está divido por sete (07) títulos e cada um desses ainda se encontra subdivido em capítulos. De modo geral, os capítulos foram: organização das classes dos Grupos Escolares; do ensino; do material escolar; da biblioteca; do arquivo e da arrecadação; da escritura; do tempo das funções escolares; da chamada dos alunos; da higiene escolar; da disciplina; dos prêmios; do recreio; do exercício militar e da ginástica; dos boletins; das penas; dos alunos dos grupos escolares; da matrícula; dos exames; das promoções; dos diplomas de habilitação; do pessoal docente e administrativo; das estatísticas mensais e semestrais; e, por fim, das disposições gerais. De modo particular, ficou registrado no Art. 4º, referente ao ensino, que as lições sobre as matérias de qualquer curso deverão, de acordo com o programa adaptado...

Relatório de Gabriel Prestes apresentado ao Secretário dos Negócios do Interior, 1895, SP.

Prestes, Gabriel
Fonte: Tipografia do Diário Oficial Publicador: Tipografia do Diário Oficial
Tipo: Documento
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.37%
Relatório apresentado ao Sr. Dr. Cesario Motta Junior (Secretário dos Negócios do Interior) por Gabriel Prestes (Diretor da Escola Normal). Documento datado de 1895, publicado pela Tipografia do Diário Oficial, SP.; Trata-se de um documento em que Gabriel Prestes, o então Diretor da Escola Normal/SP, no ano de 1895, dar uma ideia geral no que diz respeito a organização pedagógica da Escola. Há o Programa de ensino e dos horários das seções masculinas e femininas. Registra-se, ainda, que os alunos (futuros professores primários) estavam sendo preparados pedagogicamente a partir do método intuitivo. A exemplo, observa-se na página 138 que o ensino de Aritmética consta o cálculo mental, a leitura das cartas de número e para o ensino das operações emprega-se os tornos de sapateiros. Este documento está fotografado e foi devidamente autorizado e obtido na Escola Normal Caetano de Campos, SP. Este documento está disponível no Arquivo Público do estado de São Paulo.

Calculo dos principiantes, 1928, SP

Mennucci, Sud
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.26%
Este documento é uma matéria jornalista do Folhetim do Estado de São Paulo, publicado em 10 de março de 1928. Trata-se, em particular, de justificar a relevância da obra didática “Calculo dos principiantes” de autoria de José Ferraz de Campos, inspetor geral do ensino de São Paulo. O livro de cálculo propõe o ensino de Cálculo por meio do ensino intuitivo e prático. Há, ainda, uma apresentação das Cartas de Parker e sua utilidade para a Aritmética elementar.

Método intuitivo e lições de coisas por Ferdinand Buisson

Bastos, Maria Helena Camara
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Este documento apresenta a tradução da Conférence sur l’enseignement intuitif, faite aux instituteurs délégués à L’Exposition Universelle en 1878. Esta tradução visa contribuir para os estudos sobre o método intuitivo e lições de coisas. Ferdinand Buisson (1841-1931)1 é um dos intelectuais e educadores franceses que significativa influência teve nos escritos e nas atividades de figuras da elite intelectual brasileira, especialmente de Rui Barbosa e Menezes Vieira.

Tecnologias de ordenação escolar no século XIX Currículo e método intuitivo nas escolas primárias norte-americanas (1860-1880)

Souza, Rosa Fátima de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.69%
Este artigo consiste em um estudo sobre a construção do currículo da escola primária nos Estados Unidos e sobre a adoção do método intuitivo nesse país, no período de 1860 a 1880. Tomando como fontes de pesquisa os primeiros programas de ensino e os principais manuais de lições de coisas em circulação na época, o texto examina a renovação pedagógica norte-americana que serviu de referência para outros países. A configuração curricular e o método intuitivo são analisados considerando suas implicações para a institucionalização da escola primária, particularmente o modelo de escola graduada; eles também são analisados como tecnologias de governo – práticas racionais de controle de professores e alunos e de controle do ensino e da aprendizagem.

Methodologia da Arithmetica, 1926, PR.

Pilotto, Oswaldo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Documento
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.26%
O documento tem 20 (vinte) páginas, está dividido em 7 (sete) lições; metodologia do ensino de Arithmetica e Geometria; método intuitivo e lições de coisas.; Trata-se de uma Tradução de J.Patrascoiu, pelo Prof. Oswaldo Pilotto, ampliada e adaptada aos programas de ensino do Estado do Paraná Uma cópia física do documento encontra-se na Biblioteca Pública do Paraná.

Revista da Sociedade de Educação, 1923, v. 1, n. 2, out., SP.

Escobar, José Ribeiro; Dória, Sampio
Fonte: Monteiro Lobato & CIA. Publicador: Monteiro Lobato & CIA.
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.37%
Este documento é uma fotografia autorizada e obtida no Centro do Professorado Paulista (CPP), em São Paulo.; Neste documento encontram-se dois artigos: o primeiro de autoria de José Ribeiro Escobar, intitulado “Ensino concreto da Mudança de Base”; o segundo de autoria de Sampaio Dória, intitula-se “Applicações Didactica”. Ambos os artigos foram publicados na Revista da Sociedade de Educação, no seu segundo número, em 10 de outubro de 1923. No primeiro artigo, tem-se a partir do Sistema Decimal uma proposta de mudança de base. Tal proposta é acompanhada de ilustrações. No segundo artigo, Sampaio Dória faz recomendações de como ensinar os saberes da Matemática do curso primário pelo método intuitivo analítico.

Revista da Sociedade de Educação, 1924, n. 7, v. 3, ago., SP.

Dória, Sampaio
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Periódico
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.43%
Este documento é uma fotografia autorizada e obtida no Centro do Professorado Paulista (CPP), em São Paulo.; Documento composto por 23 páginas da Revista da Sociedade de Educação. Trata-se de um artigo de Sampaio Dória intitulado “O ensino da leitura”. No fundo, o que se evidência é um embate educacional da época. O tema central é o método de ensino que melhor se aplica às matérias do curso primário. Sampaio Dória, em particular, diz na página 38 do seu artigo que o método a ser aplicado em todas as matérias é o intuitivo analítico.

O método intuitivo na aritmética primária de Calkins e Trajano

Carneiro, Rogerio dos Santos
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.69%
CARNEIRO, Rogerio dos Santos. O método intuitivo na aritmética primária de Calkins e Trajano. 2014. xii : 113 f. : 29,7 cm. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Matemática) – Universidade Severino Sombra, Vassouras/RJ, 2014.; A inquirição realizada para a construção desta dissertação, que pertence à linha de pesquisa: História da Educação Matemática, intentou investigar a conceituação e disseminação do método intuitivo, e a sua presença no Manual de Lições de Coisas, mais especificamente no que se refere ao ensino de aritmética, de Norman Allison Calkins, tradução de Rui Barbosa de Oliveira, e na Arithmetica Primária de Antônio Bandeira Trajano. Tendo um aporte teórico-metodológico da História Cultural, fundamentado por Marc Bloch, André Chervel, Alain Choppin e Dominique Julia, dentre outros autores/pesquisadores. Os dados levantados nesta pesquisa. e portanto tomados como fontes históricas, foram colhidos em livros, recortes de jornais, leis, decretos, dentre outros registros fundamentaram essa pesquisa. A análise das fontes revelou “novas” práticas pedagógicas, mudanças de significado para o ensino de número e a introdução de novos conteúdos na Aritmética escolar, à medida que vinha sendo constatada a presença do ensino alicerçado pelo método intuitivo na aritmética primária de Trajano e Calkins. Observou-se a importância destes livros...

Bergson: intuição e método intuitivo

Coelho,Jonas Gonçalves
Fonte: Universidade Estadual Paulista, Departamento de Filosofia Publicador: Universidade Estadual Paulista, Departamento de Filosofia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1999 PT
Relevância na Pesquisa
46.17%
Propomo-nos a mostrar que a intuição tal como aparece no pensamento de Bergson é tanto uma faculdade de conhecimento que se opõe à inteligência quanto um método filosófico constituído por procedimentos racionais, os quais a propiciam e enriquecem. Nesse sentido, ambos os aspectos da intuição estão intimamente ligados, sendo cada um imprescindível à compreensão do outro.

O método intuitivo e a percepção sensorial como legado de Pestalozzi para a geografia escolar

Zanatta,Beatriz Aparecida
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.37%
O artigo é uma contribuição para o entendimento da história da prática pedagógica da geografia escolar. Busca subsidiar a formação de professores com elementos que permitam a compreensão das concepções pedagógicas que, a partir do século XIX, passaram a nortear a prática de ensino de geografia. O principal objetivo é apresentar uma reflexão a respeito das contribuições de Pestalozzi acerca da metodologia de ensino de geografia, assim como, da repercussão dessas idéias no ensino da geografia brasileira. A conclusão aponta para o entendimento de que muitas das idéias e princípios pestalozzianos encontram-se presentes nas atuais propostas de ensino, porém enriquecidas pelas reflexões de renomados teóricos do pensamento pedagógico e geográfico contemporâneo.

Ensino da leitura no método intuitivo: as palavras como unidade de compreensão e sentido

Valdemarin,Vera Teresa
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2001 PT
Relevância na Pesquisa
56.57%
Este artigo apresenta resultados de pesquisa sobre o método de ensino intuitivo, elaborado por Norman A. Calkins, especialmente para o ensino da leitura. Para o autor, as palavras são as unidades a partir das quais o ensino deve se dar, filiando-se às proposições de marcha analítica que surgem no século XIX, inovando os procedimentos de ensino.

Introdução à Filosofia - Filosofia e método. 03/03/2009

Lima, João
Fonte: Universidade Metodista de São Paulo Publicador: Universidade Metodista de São Paulo
Tipo: Trabalho em Andamento
OTHER
Relevância na Pesquisa
46.17%
Pensar a filosofia e o filosofar a partir do método intuitivo e do pensamento de Bergson. Link teleaula: http://www.umesp.edu.br/ead/1-2009/fil/010/joao_0303/

Representações e apropriações docentes do método intuitivo na educação paulista da Primeira (1890-1920); Representations appropration and intuitive method ofteaching in education paulista the First Republic (1890-1920)

Oscar Teixeira Junior
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.69%
O presente trabalho tem por objeto a apropriação, no plano discursivo, que os educadores paulistas fizeram do método intuitivo, possibilitando aos mesmos a reivindicação por uma participação ativa e diretiva sobre o sistema estadual de ensino que se organizara a partir da instauração do regime republicano. Como objetivo de pesquisa impôs-se problematizar o processo pelo qual uma determinada "leitura" do método intuitivo permitiu aos professores atuantes no magistério público estadual, notadamente aqueles que se expressaram pelas páginas da Revista do Ensino, órgão da Associação Beneficente do Professorado Público do Estado de São Paulo, elaborar uma racionalidade pedagógica cuja finalidade era a valorização da educação e da categoria docente. Dentro das estratégias docentes de valorização do campo educacional, observou-se o processo no qual a pedagogia paulista, paulatinamente, foi se desvinculando de seu caráter de "arte de ensinar", na tentativa de constituir-se como ciência da educação. Nesse contexto, as transformações ocorridas na definição de educação integral permitiram vislumbrar a originalidade da apropriação docente havida em São Paulo, na medida em que se rompeu com o conceito de currículo enciclopédico...

Construção do saber escolar – gramáticas da primeira infância; Título em inglês

Fávero, Leonor Lopes; Molina, Márcia Antônia Guedes
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 02/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.43%
A instrução primária no Império caminhava a passos lentos na primeirametade do século XIX. Vários projetos eram apresentados, mas só a partir de 1854 asituação começa a mudar, com a reforma Couto Ferraz. A escola primária dividia-se emduas classes, de primeiro e de segundo grau, e tinha um currículo básico que, no primeirograu, incluía “noções elementares de gramática” o que vai intensificar a publicação,aqui no Brasil, de gramáticas para a primeira infância. A partir de 1870, com odecreto de Leôncio de Carvalho e escudando-se na ideias de Pestalozzi e Froebel, lançaseum.novo olhar sobre o aluno e seu processo de aprendizagem. Trata-se da implantaçãodo método intuitivo ou “de lição de coisas” , abandonando-se o inglês proposto porLancaster. É nesse momento histórico que se situa o trabalho, analisando-se duas gramáticaspublicadas no período. Entendendo-se o estudo dessas obras como parte da históriacultural, observa-se de que forma foram pensadas e escritas. A análise está fundamentadana História das Ideias Lingüísticas no Brasil.; Primary instruction during the Empire was making little progress in the first half of the 19th century. Several projects had been presented with no practical results...

MÉTODO INTUITIVO E TRABALHO DOCENTE: INCURSÕES NA REVISTA “A ESCOLA” (1906-1910)

Zanlorenzi, Claudia Maria Petchak; Nascimento, Maria Isabel Moura
Fonte: Revista HISTEDBR On-line Publicador: Revista HISTEDBR On-line
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Os estudos da História da Educação registram o papel estratégico desempenhado pela educação na formação do homem novo no início do século XX, de acordo com os ideais republicanos. A imprensa e a educação foram importantes instrumentos de divulgação desses ideais. O presente artigo tem por objetivo apresentar incursões realizadas na revista “A Escola”, uma Revista do Grêmio dos Professores Públicos do Estado do Paraná, 1906-  1910, em relação ao método intuitivo e o trabalho docente no Paraná, com o intuito de discutir como a revista foi utilizada de forma preponderante para a disseminação dos ideais vigentes. Primeiramente, apresentamos brevemente as ideias que permeavam a sociedade republicana, e na sequência as reflexões realizadas nesse periódico educacional paranaense.